Boletim 5 Projeto Alfabetizar

326 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
326
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Boletim 5 Projeto Alfabetizar

  1. 1. CASA DA ROCHA Boletim da parceria B O L E T I M I N F O R M A T I V O N º 5 . D A T A 1 2 / 1 2 / 2 0 1 1 IBRAEMA visita projeto Geração Mulher Recebemos durante a aula do dia 05/12 a visita de Danielle Rodrigues, do IBRAEMA– Insti- tuto Brasileiro de Educação e Meio Ambiente. Ela conversou com as alunas sobre a importân- cia de não faltarem as aulas e de estudar em casa as lições, para que o seu rendimento seja me- lhor. Além disto, Dani também falou sobre as oportunidades de capacitação profissional que surgirão a partir de março de 2012 para aquelas que estiverem matriculadas e frequentando os cursos de alfabetização. Ela questionou as mulheres sobre seus interesses nas áreas profis- sionais e as incentivou a conti- nuarem seus estudos e a come- As alunas Ana, Ilza, a facilitadora Fernanda, çarem a pensar nos cursos gos- Danielle, a facilitadora Elza e as alunas Lia e tariam de fazer no próximo ano. Carmem durante a entrega dos certificados. Na oportunidade, também foi feita a entrega dos certificados das facilitadoras Elza Nunes e Fernanda Fonseca. O IBRAEMA é a instituição que capacitouAbre a boca, nossas facilitadoras para alfabeti- zação de adultos e nos doou julga todo o material didático neces- retamente e sário para as aulas.faze justiça ao Para conhecer mais o pobre a ao IBRAEMA, acesse o site www.ibraema.org.br. necessitado. Pv 31-9 A facilitadora Elza e as alunas durante a aula
  2. 2. PÁGINA 2 Projeto Geração Mulher é apresentado no encerramento de curso de Missão Integral e Responsabilidade Social Após 14 meses de aula, sensibilizar as igrejas como resultado do curso Denise Lima, do ministé- para o tema Missão Inte- surgiu o projeto Geração rio AMMAR, concluiu o gral, que tem como base Mulher, que foi apresen- curso promovido pela a ideia de que ação soci- tado no dia 10 de dezem- Visão Mundial, como al e evangelismo andam bro durante a cerimônia representante da Igreja de mãos dadas, logo não de encerramento do cur- Episcopal Carismática, devemos desassociá-los. so. Louvamos a Deus Catedral da Trindade. O Foi um tempo de apren- pela oportunidade. curso tinha como objetivo dizado e crescimento eMotivosde oração Conheça mais o projeto Geração Mulher Kátia Correia, Geração Mulher é um pro- nhecimento sobre matemá- uma das nossa jeto de Alfabetização, ci- tica formal. Quanto a ques- alunas, desistiu do dadania e oportunidades tão de geração de renda, o solidárias para ex- projeto irá incentivar a cria- curso devido ao moradoras de rua. Tem ção de um grupo de oportu- fato de ter dois como público alvo as mu- nidades de geração de ren- lheres das Vilas São Fran- da, onde os problemas e as bebês (um filho e cisco e Nossa Senhora de soluções serão discutidas uma neta) que Fátima, do Cordeiro, que com todos da comunidade. não tem com são responsáveis por seus Deste grupo surgirão as domicílios e que não sa- ideias para geração de ren- quem deixar. bem ler nem escrever, bem da e as demandas para Estamos orando a como dependem, em sua capacitação. Ao término do maioria, de ajuda financeira projeto pelo menos uma Deus por uma de bolsas sociais do gover- ação para geração de ren- estratégia para no e de ONGs. Por acredi- da deverá ter sido criada. O trazermos Kátia tar no potencial destas mu- último eixo é o de cidada- lheres para transformação nia, este será trabalhado Denise Lima durante a de volta para o da vida de suas famílias, o com base no livro Raimun- AMMAR e a CASA DA do Nonato, do IBRAEMA. apresentação do projeto grupo. Kátia teve ROCHA iniciaram em agos- Ações para valorização da 11 filhos, dois são a continuarem os seus es- to deste ano este projeto mulher também serão pro- tudos, o que viabilizará falecidos, e é que tem como base três movidas, tais como chá da melhores oportunidades de pilares: alfabetização, gera- tarde, Dia da Beleza, ofici- catadora de trabalho no futuro. As ativi- ção de renda e cidadania. nas educativas, entre ou- dades voltadas para a eco- reciclados. No eixo de alfabetização, a tras. Acreditamos que a nomia solidária possibilita- Contamos com as proposta é alfabetizar, no alfabetização das mulheres rão geração de renda qua- período de um ano, uma responsáveis pelos domicí- orações de vocês. se que imediata, iniciando, turma com sete mulheres. lios, aliada a conscientiza- desta forma, um processo Ao término do curso elas ção sobre cidadania e a de transformação que im- deverão estar aptas a ler a fomentação de um grupo pactará a vida de famílias escrever, bem como a in- de oportunidades solidárias inteiras. Beneficiários indi- terpretar pequenos textos. irá melhorar a autoestima retos do projeto: Mais de Além disto, elas terão co- das mulheres e motivá-las 60 crianças e adolescen- tes. BOLETIM DA PARCERIA
  3. 3. BOLETIM PÁGINA 3 Como ajudar  Com suas orações;  Com doações mensais no valor de R$ 50,00 para pagamento dos custos fixos do projeto (aluguel da sala, luz, água, lanches, entre ou- tros);  Como voluntários. Mais informações: Denise Lima 81 9174-8843 deniselima04@hotmai.com A aluna Carmem, a facilitadora Fernanda, Delza (apoio) e as alunas Lia e Marinalva na sala de aula www.ministerioammar.com.br Testemunhos das alunas BOL ETI M D A PAR C ER IA“Esta sendo bom porque antigamente eu não sabia juntar as letras e agora já sei. Lo-go eu não vou precisar pedir para a vizinha ler as receitas, quando chego do posto,para saber qual remédio tenho que dar aos meninos.” Maria do Carmo (Carmem)“Primeiro Deus, segundo as tias porque estão dando oportunidade para a genteaprender. Não sabia fazer meu nome, agora já sei sem olhar e também escrevo algu-mas palavras. Peço a Deus para aprender mais a ler e escrever para trabalhar, ler umdocumento, assinar um papel - que as vezes a gente não sabe o que é, ler receita deremédio.” Maria José (Lia)“Aprendi a juntar as letras e a estudar e, já sei ler alguma coisa. Também gosto dasorações, pois elas ensinam algumas coisas, como: ter paciência e se dar bem com aspessoas.” MarinalvaMais Social visita projeto Geração Mulher Jailson Júnior, coordenador de projetos da Mais Social, visitou o projeto Geração Mulher no dia 21/11 e foi recebido por Denise e Roseane Nas- cimento. Agradecemos as dicas do Jr e espera- mos que nossa parceria possa ser ampliada! Para conhecer os trabalhos da Mais Social, acesse http://www.maissocial.org. Denise, Roseanne e Júnior
  4. 4. Prestando contas!Conforme publicadono boletim anterior,fechamos o mês deoutubro com um défi-cit de R$ 467,34, devi-do aos adiantamentosdos três primeirosmeses de aluguel quefizemos em agosto e areforma da sala. Mas,em novembro, graçasa Deus fechamos noazul! Mais uma vez,obrigada a cada um devocês que contribuiu.Que Deus os aben-çoe! Ao lado segueresumo das despesas ereceitas até novem-bro. Ao Senhor empresta o que se compadece do pobre, Ele lhe pagará o seu benefício. Pv 19:17 Organização CASA DA ROCHA ONG recém-criada com o objetivo de atuar na área de Roseanne revisando os exercícios com as assistência social visando o resgate alunas. da cidadania das pessoas em situação de rua e vulnerabilidade social, com base em princípios cristãos.

×