SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Baixar para ler offline
1
br
LAÉLIA RODRIGUES BARROS BEIRAL
ALCIONE CABRAL SILVA CARDOSO
RELATÓRIO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO III:
GESTÃO EDUCACIONAL E ESPAÇOS NÃO ESCOLARES
FACULDADES INTEGRADAS NORTE DO PARANÁ - UNOPAR
PEDAGOGIA - LICENCIATURA
São Francisco do Itabapoana
2021
2
São Francisco do Itabapoana
2021
ALCIONE CABRAL SILVA CARDOSO
RELATÓRIO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO III:
GESTÃO EDUCACIONAL E ESPAÇOS NÃO ESCOLARES
Relatório apresentado a Faculdades Integradas
Norte do Paraná - Unopar, como requisito
parcial para o aproveitamento da disciplina de
Estágio Curricular Obrigatório III do Curso de
Pedagogia.
3
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO......................................................................................................4
2 ATIVIDADES.........................................................................................................5
2.1 Atividade A: Ler o texto indicado...........................................................................5
2.2 Atividade B: Conhecer o Regimento Escolar/PPP e sua utilidade no âmbito da
gestão escolar, com destaque para a atuação da equipe diretiva (Diretor,
Coordenador Pedagógico)....................................................................................7
2.3 Atividade C: Conhecer a Atuação da Equipe Diretiva...........................................9
2.4 Atividade D: Elaborar Plano de Ação..................................................................10
CONSIDERAÇÕES FINAIS ....................................................................................122
REFERÊNCIAS.........................................................................................................18
4
1 INTRODUÇÃO
O presente trabalho é decorrente da análise de textos, vídeos e pesquisas
que mostraram como a pedagogia vem atuando em vários locais e como a gestão
escolar tem toda importância na formação do pedagogo, pois, possibilita ter uma
visão ampla da estrutura administrativa e pedagógica da escola e do sistema
educacional. Percebe-se que o mundo tem passado por um momento nunca
vivenciado antes na história, uma pandemia anda mudando os dias e os canais de
educação tiveram que se adaptar a esta nova realidade.
Nota-se que a educação escolar é essencial para cidadania, considerando tal
afirmativa, pode-se perceber a indispensabilidade de garantir que o aluno chegue e
permaneça na escola. Todo direito deve ser preservado pela lei que o ordena,
devendo o Estado promover ações políticas públicas que viabilizem o acesso do
aluno.
A gestão escolar é um gênero de modelo educacional que visa estimular e
coordenar diferentes dimensões das habilidades, dos talentos e, também da
competência educacional, sempre otimizando o ensino. Seu objetivo é utilizar de
princípios e estratégias necessárias para acrescentar a eficácia dos processos
dentro da instituição. Para que a gestão escolar funcione bem, ela conta com seis
pilares fundamentais, que são: gestão pedagógica, gestão administrativa, gestão
escolar financeira, gestão de recursos humanos, gestão de comunicação e gestão
de tempo e eficiência dos processos. Mas neste trabalho serão abordadas
principalmente as duas gestões mais importantes que são a pedagógica e
administrativa.
A gestão pedagógica tem como intuito organizar e planejar na criação e
aplicação de projetos pedagógicos. Já a gestão administrativa visa tratar de
assuntos que envolvem cada recurso da instituição, como materiais, físicos e
financeiros.
A gestão escolar é uma perspectiva, um ângulo de atuação, um meio e não
um fim em si mesmo, visto que a finalidade da gestão é a aprendizagem efetiva e
significativa dos alunos.
5
2 ATIVIDADES
2.1 Atividade A: Ler o texto indicado
O processo histórico pelo qual passou a pedagogia, com suas mudanças e
ajustes aos diferentes momentos vividos no país, expandiu o campo de trabalho do
pedagogo. Hoje vemos a pedagogia como uma soma de técnicas, princípios,
métodos e ferramentas de educação e do ensino, que ajudam a entender a
educação relacionada à administração de escolas, entre outras tantas áreas.
Quando se fala em pedagogo, logo se vem à imagem do professor em mente, mas o
que nem todos sabem, é que este profissional pode atuar em outras áreas que não
sejam a docência, como gestor escolar, supervisor, coordenador ou orientador
educacional.
Vale lembrar que não é só na escola que o pedagogo pode exercer função,
pois o curso de pedagogia traz também a probabilidade de atuação não-escolar,
capacitando para desempenhar uma função de mediador e articulador da
aprendizagem. Nos últimos anos, o aparecimento de espaços educacionais não
formais abriu para o Pedagogo novas oportunidades de atuação.
Libâneo (2001) diz que os vastos campos de atuação do pedagogo vão desde
construção civil, órgãos municipais, estaduais e federais, hotéis, ONGs, instituições
de capacitação profissional, assessoria de empresas, museus, hospitais, entre
outros. Diante disso percebem-se a grande necessidade de desenvolver ações
educativas nos mais diversos espaços, pois o ato de ensinar não se faz apenas no
interior das escolas.
Segundo Matos, “no hospital se trabalha diariamente na luta entre a vida e a
morte, o corpo, pode estar doente, no entanto, a mente é sã, portanto, não se detêm
o sonhar, o fantasiar e se planejar a vida que ficou do lado de fora” (MATOS, 2009,
p. 49).
Fontes (2008), mostra que há duas formas de contribuição da pedagogia
hospitalar para o bem-estar da criança hospitalizada. A primeira acontece por meio
do lúdico como meio de comunicação e distração, enquanto a outra se destina em
conhecer esse ambiente, que muitas vezes é tenebroso, isso ajuda a desmistificar, e
trazer outros sinônimos, outros meios de atendimento, para assim, fazer com que a
criança deixe parte de seus medos, resistências e possa confiar e se ambientar com
a equipe multidisciplinar e o espaço, no qual se passa o seu processo de tratamento.
6
Saindo da pedagogia hospitalar para a pedagogia empresarial. A pedagogia
empresarial é um método que foi criado para otimizar a produtividade e engajamento
geral de uma empresa. Tudo isso focando nos seus colaboradores. Assim, pode ser
aplicada para apresentar e introduzir mudanças na empresa e na ampliação e
aquisição de conhecimento no espaço organizacional. Também, é uma metodologia
utilizada na reconstrução de conceitos como criatividade, espírito de equipe, entre
outros. Resumidamente: treinar e capacitar os funcionários é a principal função da
pedagogia empresarial.
A sua missão é designar atividades e estimular o desenvolvimento
profissional e pessoal dos colaboradores. Cursos, palestras e atividades lúdicas
podem ser utilizados para preparar o seu colaborador para as atividades do dia a
dia. Cursos de capacitação podem ser utilizados para aprimorar o desempenho e o
conhecimento deles nos softwares utilizados com freqüência. Assim sendo, a
pedagogia empresarial visa mudar e condicionar o comportamento do seu
colaborador. O objetivo é melhorar a qualidade de atuação dos funcionários.
O pedagogo sempre teve uma atuação maior na área da educação escolar.
Porém, com o passar dos anos e do entendimento do colaborador como uma pessoa
que deve passar por uma qualificação contínua, o pedagogo empresarial começou a
ganhar espaço no mercado.
É importante ressaltar que esse tipo de abordagem busca estratégias e
metodologias que garantam uma melhor aprendizagem e apropriação de
conhecimentos aos colaboradores.
As organizações aprendentes buscam estimular a ampliação do
conhecimento de todos, de forma democrática e coexistindo em uma política
participativa. PILETTI (1995, p. 16) cita: "educação não se confunde com
escolarização, pois a escola não é o único lugar onde a educação acontece. A
educação também se dá onde não há escolas". A pedagogia vem de encontro ao
aperfeiçoamento das relações nesta fase de reorganização do ambiente
organizacional e de gestão das pessoas.
7
2.2 Atividade B: Conhecer o Regimento Escolar/PPP e sua utilidade no
âmbito da gestão escolar, com destaque para a atuação da equipe diretiva
(Diretor, Coordenador Pedagógico)
1. Qual a função do regimento no ambiente escolar?
O regimento escolar é um manual prático, de caráter legal que deve ser
elaborado pela gestão com a participação de toda a comunidade escolar. Sendo
assim, é um conjunto de normas que definem as competências administrativas,
didáticas e pedagógicas.
Ele estabelece as regras para que cada pessoa que tenha algum cargo na
escola possa saber o que lhe cabe realizar, evitando que o gestor concentre todas
as ordens. O objetivo do regimento é o cumprimento das ações educativas
estabelecidas no Projeto Político Pedagógico da escola. Pode-se entender que o
regimento escolar é essencial para uma instituição escolar que busca a qualidade do
ensino numa perspectiva democrática.
2. Quais aspectos são contemplados em um regimento escolar?
O regimento deve seguir padrão determinado pela secretaria de educação,
pois deve está de acordo com a legislação que é aplicada no País, Estado e
Município. O que cada escola deve fazer é acrescentar detalhes das especificidades
que cada instituição tem sobre si para promover a discussão, a reflexão e a tomada
de decisões pelos membros da escola.
No regimento deve conter as etapas da educação básica oferecidas, a
organização administrativa e técnico pedagógico (direção, corpo decente e discente,
secretaria, serviços auxiliares, corpo técnico-pedagógico), o funcionamento dos
órgãos colegiados, o calendário, as normas para matrícula, cancelamento e
transferência, as normas de convivência, as sanções para os membros da
comunidade escolar, as regras para utilização do espaço, o sistema de controle de
freqüência, as condições de aprovação e reprovação de alunos e os projetos
especiais da instituição, entre outras informações.
O que é específico de cada instituição, como normas de convivência devem
ser definidas nos espaços de discussão coletiva da escola, com a comunidade
8
escolar. Depois de pronto, o documento deve passar por aprovação do conselho
escolar e por homologação em um órgão regional da secretaria de educação
estadual ou municipal.
9
2.3 Atividade C: Conhecer a Atuação da Equipe Diretiva
1. Descreva quais são as principais atribuições do (a) diretor (a) da escola
A gestão administrativa existe para assegurar a manutenção do espaço físico
e do patrimônio da escola, a administração dos recursos para que a escola esteja
organizada em todos os seus setores. Toda atuação da gestão administrativa e suas
estratégias devem estar presentes no Projeto Político Pedagógico e no Regimento
Escolar. A postura de liderança do gestor é necessária para o relacionamento e
sucesso da comunidade escolar, ele deve ser um líder pro ativo, dedicado, estar
sempre aberto a participação e ao diálogo, também deve estar presente durante
planejamentos oferecendo apoio e orientação.
O diretor é um administrador que tem uma função administrativa e
institucional. Através das ações administrativas, dar condições adequadas para o
desenvolvimento das ações pedagógicas.
São muitas as atribuições da gestão administrativa escolar, algumas delas
são as adoções de estratégias gerenciais que favorecem a prevenção de problemas
na unidade escolar, e de todo o funcionamento da escola; acompanhamento e
cumprimento da legislação, das normas educacionais; busca pelo padrão de
qualidade de ensino; proporcionar um ambiente que permite à escola cumprir sua
missão, os seus objetivos e as suas metas, fundamentado nos seus valores, dando
suporte de supervisão, garantia de funcionamento e de manutenção dos diversos
recursos de infra estrutura.
2. Atuação desse profissional quanto ao atendimento aos alunos e aos
docentes
O diretor deve buscar atender as exigências de todos os setores que
envolvem essa prática, desde funcionários, estrutura física da escola até em relação
aos pais e alunos. É imprescindível que ele faça a promoção do envolvimento da
comunidade escolar, fazendo uso da liderança e dos meios de comunicação
disponíveis, com base na cooperação e compromisso, favorecendo a qualidade das
relações interpessoais, e mantém o fluxo de informações atualizado e regular entre a
direção, os professores, pais e a comunidade.
10
2.4 Atividade D: Elaborar Plano de Ação
1. Descrição da situação-problema
A escola municipal de ensino fundamental “Ler e Saber”, vem passando por
problemas na alimentação das crianças, pois todos os dias são enviados pela
prefeitura legumes, frutas e verduras que acabam estragando, porque as crianças
não gostam e não querem se alimentar de forma mais saudável.
2. Proposta de solução
Será feito a semana da alimentação saudável e dividir a semana de acordo
com a pirâmide alimentar que seria: cada dia será para aprender, sobre um grupo da
pirâmide. Ex.: segunda-feira estudará sobre os carboidratos e assim
sucessivamente.
O professor de cada turma deverá ensinar mostrando alguns alimentos e
explicando suas qualidades e defeitos na nossa saúde, é importante mostrar
desenhos e jogos lúdicos sobre o assunto, para atrair a atenção e o gostar dos
alunos. Na sexta-feira será feito a “Feira da alimentação saudável” onde cada turma
apresentará sobre um alimento de cada grupo da pirâmide alimentar para toda a
escola e depois terá a degustação dos alimentos escolhidos
3. Objetivos do plano de ação
Criar o hábito correto de alimentação para que as crianças comecem a se
alimentar de forma melhor e mais saudável e reconheçam a variedade de alimentos
que existem e aprendam a importância de cada um para o nosso corpo.
4. Abordagem teórico-metodológica
É preciso ser criado na criança o hábito correto de alimentação, levar o aluno
a entender a importância dos hábitos alimentares, o valor que os alimentos têm para
a nossa saúde, conscientizando-os para uma alimentação saudável e natural. A
aprendizagem do comportamento alimentar inicia-se na infância, tendo a família e
11
todo o contexto sócio cultural onde as refeições ocorrem, um papel determinante no
processo de formação dos hábitos alimentares da criança, tendo estes grandes
probabilidades de prevalecerem na vida adulta.
Reconhece-se, hoje, que uma alimentação saudável durante a infância é
duplamente benéfica, pois, por um lado, facilita o desenvolvimento intelectual e o
crescimento adequado para a idade, e, por outro, previne uma série de patologias
relacionada com uma alimentação incorreta e desequilibrada, como a anemia,
obesidade, desnutrição, cáries dentárias, atraso de crescimento, entre outras (REGO
ET AL., 2004).
5. Recursos
Slides sobre alimentação, livros e computadores para pesquisa, cadernos,
lápis, alguns alimentos para mostrar aos alunos os jogos lúdicos.
Compreender as benfeitorias dos alimentos, conhecer mais sobre o assunto
para que não sobre e estrague mais alimentos na escola.
12
CONSIDERAÇÕES FINAIS
Em virtude dos fatos mencionados, pode-se considerar que compete a gestão
escolar determinar o sentido e a movimentação capazes de sustentar e estimular a
cultura na escola, de modo que oriente para resultados.
Os resultados positivos de uma escola só são realmente garantidos, através
de um trabalho coletivo, coordenado pela equipe diretiva e que envolva a todos:
corpo administrativo, funcionários, professores, estudantes, Conselho Escolar e
outras instituições que mantenham relação direta ou indireta com a escola. Pois a
escola exerce um importante, estratégico e fundamental papel social, pois a mesma
deve ser um agente transformador, que leva em conta as necessidades e carências
do meio em que estiver inserida, sendo uma fonte de conhecimentos e informações
para todos que nela buscam uma melhoria na qualidade de vida e um
aperfeiçoamento como indivíduo e ser humano consciente. A Gestão Escolar
compreende a Gestão Administrativa e Financeira, Gestão Pedagógica e de
Recursos Humanos.
A escola é um local que se exerce a cidadania e por isso, é necessário que
todos que ali estão, conheçam os direitos e deveres fundamentais enquanto
pessoas, para que seja possível criar uma boa convivência entre todos.
13
REFERÊNCIAS
ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. História da educação e da pedagogia: geral e
Brasil. 3 ed. Ver. e ampl. SP: Moderna, 2006.
OLIVEIRA, Emanuelle. Regimento Escolar. Disponível em:
https://www.infoescola.com/educacao/regimento-escolar/ Acesso em: 18 de fev. de
2021.
Principais conceitos de gestão escolar. Disponível em:
http://www.connectescolas.com.br/blog/principai-conceitos-de-gestao-escolar.
Acesso em: 19 de fev. de 2021.
SAVIANI, Dermeval. História das idéias pedagógicas no Brasil. 2ª ed. rev. e amp.
Campinas, SP. Autores Associados, 2008.
O Que é Pedagogia? Conceito, Histórico e mais. Disponível em:
https://www.editora2b.com.br/blog/o-que-e-pedagogia-conceito-historico-e-tudo-mais
Acesso em: 18 de fev. de 2021.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Regimento Escolar e sua importância na gestão pedagógica e administrativa da escola

Educação integral otp
Educação integral   otpEducação integral   otp
Educação integral otpJorci Ponce
 
Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.
Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.
Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.Najara Nascimento
 
Como compreender os elementos que fundamentam a concepção do Estudo Orientado?
Como compreender os elementos  que fundamentam a concepção do  Estudo Orientado?Como compreender os elementos  que fundamentam a concepção do  Estudo Orientado?
Como compreender os elementos que fundamentam a concepção do Estudo Orientado?PanteraNegra21
 
carderno-estudo-oriegfcghvgvghcghcntado.pdf
carderno-estudo-oriegfcghvgvghcghcntado.pdfcarderno-estudo-oriegfcghvgvghcghcntado.pdf
carderno-estudo-oriegfcghvgvghcghcntado.pdfCleyberFernandoLimaP
 
Relatório_Formação de Professores (Educação Especial)
Relatório_Formação de Professores (Educação Especial)Relatório_Formação de Professores (Educação Especial)
Relatório_Formação de Professores (Educação Especial)Adriana Melo
 
PROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICA
PROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICAPROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICA
PROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICALidia Carvalho
 
Tecnologia de-gestao-educacional
Tecnologia de-gestao-educacionalTecnologia de-gestao-educacional
Tecnologia de-gestao-educacionalFabiano Alves
 
Áreas de atuação do pedagogo
Áreas de atuação do pedagogoÁreas de atuação do pedagogo
Áreas de atuação do pedagogoBeatriz
 
Áreas de atuação do pedagogo
Áreas de atuação do pedagogoÁreas de atuação do pedagogo
Áreas de atuação do pedagogoBeatriz
 
Supervisor educacional
Supervisor educacionalSupervisor educacional
Supervisor educacionalDavi Brandão
 
Parametros curriculares pcns
Parametros curriculares pcnsParametros curriculares pcns
Parametros curriculares pcnspibidsociais
 
Caderno 4 – conselho escolar e o aproveitamento significativo do tempo pedagó...
Caderno 4 – conselho escolar e o aproveitamento significativo do tempo pedagó...Caderno 4 – conselho escolar e o aproveitamento significativo do tempo pedagó...
Caderno 4 – conselho escolar e o aproveitamento significativo do tempo pedagó...Najara Nascimento
 
01 estudos orientados eo 2022
01 estudos orientados   eo 202201 estudos orientados   eo 2022
01 estudos orientados eo 2022LEODINEIAGAMA
 

Semelhante a Regimento Escolar e sua importância na gestão pedagógica e administrativa da escola (20)

Educação integral otp
Educação integral   otpEducação integral   otp
Educação integral otp
 
A escola
A escolaA escola
A escola
 
Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.
Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.
Caderno 2 – conselho escolar e a aprendizagem na escola.
 
Como compreender os elementos que fundamentam a concepção do Estudo Orientado?
Como compreender os elementos  que fundamentam a concepção do  Estudo Orientado?Como compreender os elementos  que fundamentam a concepção do  Estudo Orientado?
Como compreender os elementos que fundamentam a concepção do Estudo Orientado?
 
carderno-estudo-oriegfcghvgvghcghcntado.pdf
carderno-estudo-oriegfcghvgvghcghcntado.pdfcarderno-estudo-oriegfcghvgvghcghcntado.pdf
carderno-estudo-oriegfcghvgvghcghcntado.pdf
 
Apresentação.pptx
Apresentação.pptxApresentação.pptx
Apresentação.pptx
 
Ppp 05 Set
Ppp 05 SetPpp 05 Set
Ppp 05 Set
 
Plano de gestão CHAPA 1
Plano de gestão CHAPA 1Plano de gestão CHAPA 1
Plano de gestão CHAPA 1
 
Relatório_Formação de Professores (Educação Especial)
Relatório_Formação de Professores (Educação Especial)Relatório_Formação de Professores (Educação Especial)
Relatório_Formação de Professores (Educação Especial)
 
PROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICA
PROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICAPROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICA
PROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICA
 
Proposta pedagógica 2016
Proposta pedagógica 2016Proposta pedagógica 2016
Proposta pedagógica 2016
 
Gestão escolar
Gestão escolarGestão escolar
Gestão escolar
 
Tecnologia de-gestao-educacional
Tecnologia de-gestao-educacionalTecnologia de-gestao-educacional
Tecnologia de-gestao-educacional
 
3 modelogestao
3 modelogestao3 modelogestao
3 modelogestao
 
Áreas de atuação do pedagogo
Áreas de atuação do pedagogoÁreas de atuação do pedagogo
Áreas de atuação do pedagogo
 
Áreas de atuação do pedagogo
Áreas de atuação do pedagogoÁreas de atuação do pedagogo
Áreas de atuação do pedagogo
 
Supervisor educacional
Supervisor educacionalSupervisor educacional
Supervisor educacional
 
Parametros curriculares pcns
Parametros curriculares pcnsParametros curriculares pcns
Parametros curriculares pcns
 
Caderno 4 – conselho escolar e o aproveitamento significativo do tempo pedagó...
Caderno 4 – conselho escolar e o aproveitamento significativo do tempo pedagó...Caderno 4 – conselho escolar e o aproveitamento significativo do tempo pedagó...
Caderno 4 – conselho escolar e o aproveitamento significativo do tempo pedagó...
 
01 estudos orientados eo 2022
01 estudos orientados   eo 202201 estudos orientados   eo 2022
01 estudos orientados eo 2022
 

Último

Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 

Último (20)

Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 

Regimento Escolar e sua importância na gestão pedagógica e administrativa da escola

  • 1. 1 br LAÉLIA RODRIGUES BARROS BEIRAL ALCIONE CABRAL SILVA CARDOSO RELATÓRIO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO III: GESTÃO EDUCACIONAL E ESPAÇOS NÃO ESCOLARES FACULDADES INTEGRADAS NORTE DO PARANÁ - UNOPAR PEDAGOGIA - LICENCIATURA São Francisco do Itabapoana 2021
  • 2. 2 São Francisco do Itabapoana 2021 ALCIONE CABRAL SILVA CARDOSO RELATÓRIO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO III: GESTÃO EDUCACIONAL E ESPAÇOS NÃO ESCOLARES Relatório apresentado a Faculdades Integradas Norte do Paraná - Unopar, como requisito parcial para o aproveitamento da disciplina de Estágio Curricular Obrigatório III do Curso de Pedagogia.
  • 3. 3 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO......................................................................................................4 2 ATIVIDADES.........................................................................................................5 2.1 Atividade A: Ler o texto indicado...........................................................................5 2.2 Atividade B: Conhecer o Regimento Escolar/PPP e sua utilidade no âmbito da gestão escolar, com destaque para a atuação da equipe diretiva (Diretor, Coordenador Pedagógico)....................................................................................7 2.3 Atividade C: Conhecer a Atuação da Equipe Diretiva...........................................9 2.4 Atividade D: Elaborar Plano de Ação..................................................................10 CONSIDERAÇÕES FINAIS ....................................................................................122 REFERÊNCIAS.........................................................................................................18
  • 4. 4 1 INTRODUÇÃO O presente trabalho é decorrente da análise de textos, vídeos e pesquisas que mostraram como a pedagogia vem atuando em vários locais e como a gestão escolar tem toda importância na formação do pedagogo, pois, possibilita ter uma visão ampla da estrutura administrativa e pedagógica da escola e do sistema educacional. Percebe-se que o mundo tem passado por um momento nunca vivenciado antes na história, uma pandemia anda mudando os dias e os canais de educação tiveram que se adaptar a esta nova realidade. Nota-se que a educação escolar é essencial para cidadania, considerando tal afirmativa, pode-se perceber a indispensabilidade de garantir que o aluno chegue e permaneça na escola. Todo direito deve ser preservado pela lei que o ordena, devendo o Estado promover ações políticas públicas que viabilizem o acesso do aluno. A gestão escolar é um gênero de modelo educacional que visa estimular e coordenar diferentes dimensões das habilidades, dos talentos e, também da competência educacional, sempre otimizando o ensino. Seu objetivo é utilizar de princípios e estratégias necessárias para acrescentar a eficácia dos processos dentro da instituição. Para que a gestão escolar funcione bem, ela conta com seis pilares fundamentais, que são: gestão pedagógica, gestão administrativa, gestão escolar financeira, gestão de recursos humanos, gestão de comunicação e gestão de tempo e eficiência dos processos. Mas neste trabalho serão abordadas principalmente as duas gestões mais importantes que são a pedagógica e administrativa. A gestão pedagógica tem como intuito organizar e planejar na criação e aplicação de projetos pedagógicos. Já a gestão administrativa visa tratar de assuntos que envolvem cada recurso da instituição, como materiais, físicos e financeiros. A gestão escolar é uma perspectiva, um ângulo de atuação, um meio e não um fim em si mesmo, visto que a finalidade da gestão é a aprendizagem efetiva e significativa dos alunos.
  • 5. 5 2 ATIVIDADES 2.1 Atividade A: Ler o texto indicado O processo histórico pelo qual passou a pedagogia, com suas mudanças e ajustes aos diferentes momentos vividos no país, expandiu o campo de trabalho do pedagogo. Hoje vemos a pedagogia como uma soma de técnicas, princípios, métodos e ferramentas de educação e do ensino, que ajudam a entender a educação relacionada à administração de escolas, entre outras tantas áreas. Quando se fala em pedagogo, logo se vem à imagem do professor em mente, mas o que nem todos sabem, é que este profissional pode atuar em outras áreas que não sejam a docência, como gestor escolar, supervisor, coordenador ou orientador educacional. Vale lembrar que não é só na escola que o pedagogo pode exercer função, pois o curso de pedagogia traz também a probabilidade de atuação não-escolar, capacitando para desempenhar uma função de mediador e articulador da aprendizagem. Nos últimos anos, o aparecimento de espaços educacionais não formais abriu para o Pedagogo novas oportunidades de atuação. Libâneo (2001) diz que os vastos campos de atuação do pedagogo vão desde construção civil, órgãos municipais, estaduais e federais, hotéis, ONGs, instituições de capacitação profissional, assessoria de empresas, museus, hospitais, entre outros. Diante disso percebem-se a grande necessidade de desenvolver ações educativas nos mais diversos espaços, pois o ato de ensinar não se faz apenas no interior das escolas. Segundo Matos, “no hospital se trabalha diariamente na luta entre a vida e a morte, o corpo, pode estar doente, no entanto, a mente é sã, portanto, não se detêm o sonhar, o fantasiar e se planejar a vida que ficou do lado de fora” (MATOS, 2009, p. 49). Fontes (2008), mostra que há duas formas de contribuição da pedagogia hospitalar para o bem-estar da criança hospitalizada. A primeira acontece por meio do lúdico como meio de comunicação e distração, enquanto a outra se destina em conhecer esse ambiente, que muitas vezes é tenebroso, isso ajuda a desmistificar, e trazer outros sinônimos, outros meios de atendimento, para assim, fazer com que a criança deixe parte de seus medos, resistências e possa confiar e se ambientar com a equipe multidisciplinar e o espaço, no qual se passa o seu processo de tratamento.
  • 6. 6 Saindo da pedagogia hospitalar para a pedagogia empresarial. A pedagogia empresarial é um método que foi criado para otimizar a produtividade e engajamento geral de uma empresa. Tudo isso focando nos seus colaboradores. Assim, pode ser aplicada para apresentar e introduzir mudanças na empresa e na ampliação e aquisição de conhecimento no espaço organizacional. Também, é uma metodologia utilizada na reconstrução de conceitos como criatividade, espírito de equipe, entre outros. Resumidamente: treinar e capacitar os funcionários é a principal função da pedagogia empresarial. A sua missão é designar atividades e estimular o desenvolvimento profissional e pessoal dos colaboradores. Cursos, palestras e atividades lúdicas podem ser utilizados para preparar o seu colaborador para as atividades do dia a dia. Cursos de capacitação podem ser utilizados para aprimorar o desempenho e o conhecimento deles nos softwares utilizados com freqüência. Assim sendo, a pedagogia empresarial visa mudar e condicionar o comportamento do seu colaborador. O objetivo é melhorar a qualidade de atuação dos funcionários. O pedagogo sempre teve uma atuação maior na área da educação escolar. Porém, com o passar dos anos e do entendimento do colaborador como uma pessoa que deve passar por uma qualificação contínua, o pedagogo empresarial começou a ganhar espaço no mercado. É importante ressaltar que esse tipo de abordagem busca estratégias e metodologias que garantam uma melhor aprendizagem e apropriação de conhecimentos aos colaboradores. As organizações aprendentes buscam estimular a ampliação do conhecimento de todos, de forma democrática e coexistindo em uma política participativa. PILETTI (1995, p. 16) cita: "educação não se confunde com escolarização, pois a escola não é o único lugar onde a educação acontece. A educação também se dá onde não há escolas". A pedagogia vem de encontro ao aperfeiçoamento das relações nesta fase de reorganização do ambiente organizacional e de gestão das pessoas.
  • 7. 7 2.2 Atividade B: Conhecer o Regimento Escolar/PPP e sua utilidade no âmbito da gestão escolar, com destaque para a atuação da equipe diretiva (Diretor, Coordenador Pedagógico) 1. Qual a função do regimento no ambiente escolar? O regimento escolar é um manual prático, de caráter legal que deve ser elaborado pela gestão com a participação de toda a comunidade escolar. Sendo assim, é um conjunto de normas que definem as competências administrativas, didáticas e pedagógicas. Ele estabelece as regras para que cada pessoa que tenha algum cargo na escola possa saber o que lhe cabe realizar, evitando que o gestor concentre todas as ordens. O objetivo do regimento é o cumprimento das ações educativas estabelecidas no Projeto Político Pedagógico da escola. Pode-se entender que o regimento escolar é essencial para uma instituição escolar que busca a qualidade do ensino numa perspectiva democrática. 2. Quais aspectos são contemplados em um regimento escolar? O regimento deve seguir padrão determinado pela secretaria de educação, pois deve está de acordo com a legislação que é aplicada no País, Estado e Município. O que cada escola deve fazer é acrescentar detalhes das especificidades que cada instituição tem sobre si para promover a discussão, a reflexão e a tomada de decisões pelos membros da escola. No regimento deve conter as etapas da educação básica oferecidas, a organização administrativa e técnico pedagógico (direção, corpo decente e discente, secretaria, serviços auxiliares, corpo técnico-pedagógico), o funcionamento dos órgãos colegiados, o calendário, as normas para matrícula, cancelamento e transferência, as normas de convivência, as sanções para os membros da comunidade escolar, as regras para utilização do espaço, o sistema de controle de freqüência, as condições de aprovação e reprovação de alunos e os projetos especiais da instituição, entre outras informações. O que é específico de cada instituição, como normas de convivência devem ser definidas nos espaços de discussão coletiva da escola, com a comunidade
  • 8. 8 escolar. Depois de pronto, o documento deve passar por aprovação do conselho escolar e por homologação em um órgão regional da secretaria de educação estadual ou municipal.
  • 9. 9 2.3 Atividade C: Conhecer a Atuação da Equipe Diretiva 1. Descreva quais são as principais atribuições do (a) diretor (a) da escola A gestão administrativa existe para assegurar a manutenção do espaço físico e do patrimônio da escola, a administração dos recursos para que a escola esteja organizada em todos os seus setores. Toda atuação da gestão administrativa e suas estratégias devem estar presentes no Projeto Político Pedagógico e no Regimento Escolar. A postura de liderança do gestor é necessária para o relacionamento e sucesso da comunidade escolar, ele deve ser um líder pro ativo, dedicado, estar sempre aberto a participação e ao diálogo, também deve estar presente durante planejamentos oferecendo apoio e orientação. O diretor é um administrador que tem uma função administrativa e institucional. Através das ações administrativas, dar condições adequadas para o desenvolvimento das ações pedagógicas. São muitas as atribuições da gestão administrativa escolar, algumas delas são as adoções de estratégias gerenciais que favorecem a prevenção de problemas na unidade escolar, e de todo o funcionamento da escola; acompanhamento e cumprimento da legislação, das normas educacionais; busca pelo padrão de qualidade de ensino; proporcionar um ambiente que permite à escola cumprir sua missão, os seus objetivos e as suas metas, fundamentado nos seus valores, dando suporte de supervisão, garantia de funcionamento e de manutenção dos diversos recursos de infra estrutura. 2. Atuação desse profissional quanto ao atendimento aos alunos e aos docentes O diretor deve buscar atender as exigências de todos os setores que envolvem essa prática, desde funcionários, estrutura física da escola até em relação aos pais e alunos. É imprescindível que ele faça a promoção do envolvimento da comunidade escolar, fazendo uso da liderança e dos meios de comunicação disponíveis, com base na cooperação e compromisso, favorecendo a qualidade das relações interpessoais, e mantém o fluxo de informações atualizado e regular entre a direção, os professores, pais e a comunidade.
  • 10. 10 2.4 Atividade D: Elaborar Plano de Ação 1. Descrição da situação-problema A escola municipal de ensino fundamental “Ler e Saber”, vem passando por problemas na alimentação das crianças, pois todos os dias são enviados pela prefeitura legumes, frutas e verduras que acabam estragando, porque as crianças não gostam e não querem se alimentar de forma mais saudável. 2. Proposta de solução Será feito a semana da alimentação saudável e dividir a semana de acordo com a pirâmide alimentar que seria: cada dia será para aprender, sobre um grupo da pirâmide. Ex.: segunda-feira estudará sobre os carboidratos e assim sucessivamente. O professor de cada turma deverá ensinar mostrando alguns alimentos e explicando suas qualidades e defeitos na nossa saúde, é importante mostrar desenhos e jogos lúdicos sobre o assunto, para atrair a atenção e o gostar dos alunos. Na sexta-feira será feito a “Feira da alimentação saudável” onde cada turma apresentará sobre um alimento de cada grupo da pirâmide alimentar para toda a escola e depois terá a degustação dos alimentos escolhidos 3. Objetivos do plano de ação Criar o hábito correto de alimentação para que as crianças comecem a se alimentar de forma melhor e mais saudável e reconheçam a variedade de alimentos que existem e aprendam a importância de cada um para o nosso corpo. 4. Abordagem teórico-metodológica É preciso ser criado na criança o hábito correto de alimentação, levar o aluno a entender a importância dos hábitos alimentares, o valor que os alimentos têm para a nossa saúde, conscientizando-os para uma alimentação saudável e natural. A aprendizagem do comportamento alimentar inicia-se na infância, tendo a família e
  • 11. 11 todo o contexto sócio cultural onde as refeições ocorrem, um papel determinante no processo de formação dos hábitos alimentares da criança, tendo estes grandes probabilidades de prevalecerem na vida adulta. Reconhece-se, hoje, que uma alimentação saudável durante a infância é duplamente benéfica, pois, por um lado, facilita o desenvolvimento intelectual e o crescimento adequado para a idade, e, por outro, previne uma série de patologias relacionada com uma alimentação incorreta e desequilibrada, como a anemia, obesidade, desnutrição, cáries dentárias, atraso de crescimento, entre outras (REGO ET AL., 2004). 5. Recursos Slides sobre alimentação, livros e computadores para pesquisa, cadernos, lápis, alguns alimentos para mostrar aos alunos os jogos lúdicos. Compreender as benfeitorias dos alimentos, conhecer mais sobre o assunto para que não sobre e estrague mais alimentos na escola.
  • 12. 12 CONSIDERAÇÕES FINAIS Em virtude dos fatos mencionados, pode-se considerar que compete a gestão escolar determinar o sentido e a movimentação capazes de sustentar e estimular a cultura na escola, de modo que oriente para resultados. Os resultados positivos de uma escola só são realmente garantidos, através de um trabalho coletivo, coordenado pela equipe diretiva e que envolva a todos: corpo administrativo, funcionários, professores, estudantes, Conselho Escolar e outras instituições que mantenham relação direta ou indireta com a escola. Pois a escola exerce um importante, estratégico e fundamental papel social, pois a mesma deve ser um agente transformador, que leva em conta as necessidades e carências do meio em que estiver inserida, sendo uma fonte de conhecimentos e informações para todos que nela buscam uma melhoria na qualidade de vida e um aperfeiçoamento como indivíduo e ser humano consciente. A Gestão Escolar compreende a Gestão Administrativa e Financeira, Gestão Pedagógica e de Recursos Humanos. A escola é um local que se exerce a cidadania e por isso, é necessário que todos que ali estão, conheçam os direitos e deveres fundamentais enquanto pessoas, para que seja possível criar uma boa convivência entre todos.
  • 13. 13 REFERÊNCIAS ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. História da educação e da pedagogia: geral e Brasil. 3 ed. Ver. e ampl. SP: Moderna, 2006. OLIVEIRA, Emanuelle. Regimento Escolar. Disponível em: https://www.infoescola.com/educacao/regimento-escolar/ Acesso em: 18 de fev. de 2021. Principais conceitos de gestão escolar. Disponível em: http://www.connectescolas.com.br/blog/principai-conceitos-de-gestao-escolar. Acesso em: 19 de fev. de 2021. SAVIANI, Dermeval. História das idéias pedagógicas no Brasil. 2ª ed. rev. e amp. Campinas, SP. Autores Associados, 2008. O Que é Pedagogia? Conceito, Histórico e mais. Disponível em: https://www.editora2b.com.br/blog/o-que-e-pedagogia-conceito-historico-e-tudo-mais Acesso em: 18 de fev. de 2021.