SlideShare uma empresa Scribd logo
Texto Argumentativo
Tese: As redes sociais contribuem para a qualidade de vida. Só têm vantagens.
Na minha opinião, as redes sociais não contribuem para a
qualidade de vida e não existem só vantagens na sua utilização.
Em primeiro lugar, no tempo dos nossos avós não existiam
redes socias e havia qualidade de vida; o tempo, em vez de ser
desperdiçado nas redes sociais, era utilizado para, por exemplo,
conviverem realmente com as outras pessoas, em vez de ser
virtualmente como é o caso da população actual, e para, por
exemplo, estarem mais em contacto com a natureza.
Em segundo lugar, as redes sociais não têm só vantagens
visto que muitas pessoas as usam para cometer crimes como, por
exemplo, a pedofilia, o trágico humano, o roubo de identidades e
burlas.
Em terceiro lugar, existem pessoas que utilizam as redes
sociais para maltratar, denegrir e insultar uma pessoa, fazendo
aquilo a que de chama “cyberbullying” que, por vezes, provoca
mesmo o suicido por parte da vítima.
Em suma, para mim, as redes sociais não têm um grande
impacto na vida da sociedade, apesar de esta as utilizar
regularmente. Contudo reconheço que a tecnologia, incluindo a
Internet, poderá contribuir para a qualidade de vida da maior parte
da população actual.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Enc11 amor perdicao_sintese_unidade
Enc11 amor perdicao_sintese_unidadeEnc11 amor perdicao_sintese_unidade
Enc11 amor perdicao_sintese_unidade
Fernanda Pereira
 
Diferença entre fato e opinião
Diferença entre fato e opiniãoDiferença entre fato e opinião
Diferença entre fato e opinião
Eliete Sampaio Farneda
 
Orações coordenadas e subordinadas esquema
Orações coordenadas e subordinadas   esquemaOrações coordenadas e subordinadas   esquema
Orações coordenadas e subordinadas esquema
Paulo Portelada
 
Aula formação cidadã
Aula formação cidadãAula formação cidadã
Aula formação cidadã
Socorro Vasconcelos
 
Exemplos de Artigo de Opinião
Exemplos de Artigo de OpiniãoExemplos de Artigo de Opinião
Exemplos de Artigo de Opinião
7 de Setembro
 
O artigo de apreciação crítica
O artigo de apreciação críticaO artigo de apreciação crítica
O artigo de apreciação crítica
Fernanda Monteiro
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
Ana Arminda Moreira
 
Texto Argumentativo
Texto Argumentativo Texto Argumentativo
Texto Argumentativo
Fernanda Monteiro
 
A reportagem
A reportagemA reportagem
A reportagem
becastanheiradepera
 
Exercícios sobre classes de palavras
Exercícios sobre classes de palavrasExercícios sobre classes de palavras
Exercícios sobre classes de palavras
ma.no.el.ne.ves
 
Crítica, cartoon e crónica
Crítica, cartoon e crónicaCrítica, cartoon e crónica
Crítica, cartoon e crónica
Fernanda Monteiro
 
FICHA - GÊNEROS LITERÁRIOS - EXERCÍCIOS - Gabarito.pdf
FICHA - GÊNEROS LITERÁRIOS - EXERCÍCIOS - Gabarito.pdfFICHA - GÊNEROS LITERÁRIOS - EXERCÍCIOS - Gabarito.pdf
FICHA - GÊNEROS LITERÁRIOS - EXERCÍCIOS - Gabarito.pdf
Natália Moura
 
Tipos de sujeito
Tipos de sujeitoTipos de sujeito
Tipos de sujeito
5julho55
 
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP02) D15
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP02) D15LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP02) D15
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP02) D15
GernciadeProduodeMat
 
Texto de opinião
Texto de opiniãoTexto de opinião
Texto de opinião
Susana Sobrenome
 
Prova de português 3º ano médio gabarito
Prova de português   3º ano médio gabaritoProva de português   3º ano médio gabarito
Prova de português 3º ano médio gabarito
Vera Oliveira
 
Diferenças entre texto dissertativo argumentativo e artigo de opinião
Diferenças entre texto dissertativo argumentativo e artigo de opiniãoDiferenças entre texto dissertativo argumentativo e artigo de opinião
Diferenças entre texto dissertativo argumentativo e artigo de opinião
Elaine Maia
 
Dicotomia cidade campo
Dicotomia cidade campoDicotomia cidade campo
Dicotomia cidade campo
1103sancho
 
Auto da Barca do Inferno
Auto da Barca do InfernoAuto da Barca do Inferno
Auto da Barca do Inferno
Rosalina Simão Nunes
 
Ensaio Filosófico
Ensaio FilosóficoEnsaio Filosófico
Ensaio Filosófico
nanasimao
 

Mais procurados (20)

Enc11 amor perdicao_sintese_unidade
Enc11 amor perdicao_sintese_unidadeEnc11 amor perdicao_sintese_unidade
Enc11 amor perdicao_sintese_unidade
 
Diferença entre fato e opinião
Diferença entre fato e opiniãoDiferença entre fato e opinião
Diferença entre fato e opinião
 
Orações coordenadas e subordinadas esquema
Orações coordenadas e subordinadas   esquemaOrações coordenadas e subordinadas   esquema
Orações coordenadas e subordinadas esquema
 
Aula formação cidadã
Aula formação cidadãAula formação cidadã
Aula formação cidadã
 
Exemplos de Artigo de Opinião
Exemplos de Artigo de OpiniãoExemplos de Artigo de Opinião
Exemplos de Artigo de Opinião
 
O artigo de apreciação crítica
O artigo de apreciação críticaO artigo de apreciação crítica
O artigo de apreciação crítica
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
 
Texto Argumentativo
Texto Argumentativo Texto Argumentativo
Texto Argumentativo
 
A reportagem
A reportagemA reportagem
A reportagem
 
Exercícios sobre classes de palavras
Exercícios sobre classes de palavrasExercícios sobre classes de palavras
Exercícios sobre classes de palavras
 
Crítica, cartoon e crónica
Crítica, cartoon e crónicaCrítica, cartoon e crónica
Crítica, cartoon e crónica
 
FICHA - GÊNEROS LITERÁRIOS - EXERCÍCIOS - Gabarito.pdf
FICHA - GÊNEROS LITERÁRIOS - EXERCÍCIOS - Gabarito.pdfFICHA - GÊNEROS LITERÁRIOS - EXERCÍCIOS - Gabarito.pdf
FICHA - GÊNEROS LITERÁRIOS - EXERCÍCIOS - Gabarito.pdf
 
Tipos de sujeito
Tipos de sujeitoTipos de sujeito
Tipos de sujeito
 
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP02) D15
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP02) D15LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP02) D15
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP02) D15
 
Texto de opinião
Texto de opiniãoTexto de opinião
Texto de opinião
 
Prova de português 3º ano médio gabarito
Prova de português   3º ano médio gabaritoProva de português   3º ano médio gabarito
Prova de português 3º ano médio gabarito
 
Diferenças entre texto dissertativo argumentativo e artigo de opinião
Diferenças entre texto dissertativo argumentativo e artigo de opiniãoDiferenças entre texto dissertativo argumentativo e artigo de opinião
Diferenças entre texto dissertativo argumentativo e artigo de opinião
 
Dicotomia cidade campo
Dicotomia cidade campoDicotomia cidade campo
Dicotomia cidade campo
 
Auto da Barca do Inferno
Auto da Barca do InfernoAuto da Barca do Inferno
Auto da Barca do Inferno
 
Ensaio Filosófico
Ensaio FilosóficoEnsaio Filosófico
Ensaio Filosófico
 

Destaque

Por que es malo fumar
Por que es malo fumarPor que es malo fumar
Por que es malo fumar
JEPEREIRA
 
Texto argumentativo
Texto argumentativoTexto argumentativo
Texto argumentativo
feli1125
 
Texto argumentativo
Texto argumentativo Texto argumentativo
Texto argumentativo
bearo22
 
Texto Argumentativo La destrucción de la capa de ozono
Texto Argumentativo La destrucción de la capa de ozonoTexto Argumentativo La destrucción de la capa de ozono
Texto Argumentativo La destrucción de la capa de ozono
MANUELA FERNÁNDEZ
 
Texto argumentativo no fumes!!!
Texto argumentativo no fumes!!!Texto argumentativo no fumes!!!
Texto argumentativo no fumes!!!
evives1
 
Texto argumentativo Escuela N° 97
Texto argumentativo Escuela N° 97Texto argumentativo Escuela N° 97
Texto argumentativo Escuela N° 97
Divia Soria
 
Ejemplo de texto argumentativo
Ejemplo de texto argumentativoEjemplo de texto argumentativo
Ejemplo de texto argumentativo
Yocelin Herrera Tinta
 
Ejemplos de textos argumentativos
Ejemplos de textos argumentativosEjemplos de textos argumentativos
Ejemplos de textos argumentativos
Lili Mayorga
 
Textos argumentativos
Textos argumentativosTextos argumentativos
Textos argumentativos
Carlos Pera Ubiergo
 
Sesion 5 texto argumentativo
Sesion 5 texto  argumentativoSesion 5 texto  argumentativo
Sesion 5 texto argumentativo
patitavd
 

Destaque (10)

Por que es malo fumar
Por que es malo fumarPor que es malo fumar
Por que es malo fumar
 
Texto argumentativo
Texto argumentativoTexto argumentativo
Texto argumentativo
 
Texto argumentativo
Texto argumentativo Texto argumentativo
Texto argumentativo
 
Texto Argumentativo La destrucción de la capa de ozono
Texto Argumentativo La destrucción de la capa de ozonoTexto Argumentativo La destrucción de la capa de ozono
Texto Argumentativo La destrucción de la capa de ozono
 
Texto argumentativo no fumes!!!
Texto argumentativo no fumes!!!Texto argumentativo no fumes!!!
Texto argumentativo no fumes!!!
 
Texto argumentativo Escuela N° 97
Texto argumentativo Escuela N° 97Texto argumentativo Escuela N° 97
Texto argumentativo Escuela N° 97
 
Ejemplo de texto argumentativo
Ejemplo de texto argumentativoEjemplo de texto argumentativo
Ejemplo de texto argumentativo
 
Ejemplos de textos argumentativos
Ejemplos de textos argumentativosEjemplos de textos argumentativos
Ejemplos de textos argumentativos
 
Textos argumentativos
Textos argumentativosTextos argumentativos
Textos argumentativos
 
Sesion 5 texto argumentativo
Sesion 5 texto  argumentativoSesion 5 texto  argumentativo
Sesion 5 texto argumentativo
 

Semelhante a Texto argumentativo

Português
PortuguêsPortuguês
Português
edusoaresaraujo
 
Anonimato em Evidência
Anonimato em EvidênciaAnonimato em Evidência
Anonimato em Evidência
oliviahamada
 
Escrever para exprimir opiniões, argumentar e contra argumentar - trabalho po...
Escrever para exprimir opiniões, argumentar e contra argumentar - trabalho po...Escrever para exprimir opiniões, argumentar e contra argumentar - trabalho po...
Escrever para exprimir opiniões, argumentar e contra argumentar - trabalho po...
Miguel Monteiro
 
A ética nas redes sociais
A ética nas redes sociaisA ética nas redes sociais
A ética nas redes sociais
raquel machado
 
Redes sociais e cyberbullying
Redes sociais e cyberbullyingRedes sociais e cyberbullying
Redes sociais e cyberbullying
Teresa Marques
 
midias.docx
midias.docxmidias.docx
midias.docx
PastorFabricioPires
 
Redes Sociais - Riscos e Benefícios [Délcio de Carvalho]
Redes Sociais - Riscos e Benefícios [Délcio de Carvalho]Redes Sociais - Riscos e Benefícios [Délcio de Carvalho]
Redes Sociais - Riscos e Benefícios [Délcio de Carvalho]
Délcio de Carvalho
 
Espetacularização da morte no ambiente virtual
Espetacularização da morte no ambiente virtualEspetacularização da morte no ambiente virtual
Espetacularização da morte no ambiente virtual
Leandro Santos
 
Os perigos escondidos nas redes sociais
Os perigos escondidos nas redes sociaisOs perigos escondidos nas redes sociais
Os perigos escondidos nas redes sociais
marcosfarias30
 
ReflexãO Critica
ReflexãO CriticaReflexãO Critica
ReflexãO Critica
claudia amaral
 
Problemas sociais - Redes Sociais
Problemas sociais - Redes SociaisProblemas sociais - Redes Sociais
Problemas sociais - Redes Sociais
Vinícius Barros
 
Problemas sociais
Problemas sociaisProblemas sociais
Problemas sociais
Vinícius Barros
 
Problemas sociais - Redes Sociais 2011
Problemas sociais - Redes Sociais 2011Problemas sociais - Redes Sociais 2011
Problemas sociais - Redes Sociais 2011
Vinícius Barros
 
Texto informativos.
Texto informativos.Texto informativos.
Texto informativos.
adrianna41
 
MAPA- IFPC- HOMEM E PROCESSO CIVILIZATRIO ANTROPOLOGIA E PSICOLOGIA 522023.pdf
MAPA- IFPC- HOMEM E PROCESSO CIVILIZATRIO ANTROPOLOGIA E PSICOLOGIA 522023.pdfMAPA- IFPC- HOMEM E PROCESSO CIVILIZATRIO ANTROPOLOGIA E PSICOLOGIA 522023.pdf
MAPA- IFPC- HOMEM E PROCESSO CIVILIZATRIO ANTROPOLOGIA E PSICOLOGIA 522023.pdf
D&H ASSESSORIA ACADÊMICA
 
Jerdeson e lucas
Jerdeson e lucas Jerdeson e lucas
Jerdeson e lucas
Lucas Rodrigues
 
Acerca destas mudanças, acompanhe o fragmento da pesquisa a seguir:​ ​ Com o...
Acerca destas mudanças, acompanhe o fragmento da pesquisa a seguir:​ ​  Com o...Acerca destas mudanças, acompanhe o fragmento da pesquisa a seguir:​ ​  Com o...
Acerca destas mudanças, acompanhe o fragmento da pesquisa a seguir:​ ​ Com o...
Unicesumar
 
CYBERBULLYING NO CONTEXTO ESCOLAR: INTERVENÇÕES POSSÍVEIS
CYBERBULLYING NO CONTEXTO ESCOLAR: INTERVENÇÕES POSSÍVEIS CYBERBULLYING NO CONTEXTO ESCOLAR: INTERVENÇÕES POSSÍVEIS
CYBERBULLYING NO CONTEXTO ESCOLAR: INTERVENÇÕES POSSÍVEIS
Unicesumar
 
2- Why (por que será feito?):
2- Why (por que será feito?): 2- Why (por que será feito?):
2- Why (por que será feito?):
Unicesumar
 
Provocação incendiária: mediante discussões que se iniciam online e se propag...
Provocação incendiária: mediante discussões que se iniciam online e se propag...Provocação incendiária: mediante discussões que se iniciam online e se propag...
Provocação incendiária: mediante discussões que se iniciam online e se propag...
Unicesumar
 

Semelhante a Texto argumentativo (20)

Português
PortuguêsPortuguês
Português
 
Anonimato em Evidência
Anonimato em EvidênciaAnonimato em Evidência
Anonimato em Evidência
 
Escrever para exprimir opiniões, argumentar e contra argumentar - trabalho po...
Escrever para exprimir opiniões, argumentar e contra argumentar - trabalho po...Escrever para exprimir opiniões, argumentar e contra argumentar - trabalho po...
Escrever para exprimir opiniões, argumentar e contra argumentar - trabalho po...
 
A ética nas redes sociais
A ética nas redes sociaisA ética nas redes sociais
A ética nas redes sociais
 
Redes sociais e cyberbullying
Redes sociais e cyberbullyingRedes sociais e cyberbullying
Redes sociais e cyberbullying
 
midias.docx
midias.docxmidias.docx
midias.docx
 
Redes Sociais - Riscos e Benefícios [Délcio de Carvalho]
Redes Sociais - Riscos e Benefícios [Délcio de Carvalho]Redes Sociais - Riscos e Benefícios [Délcio de Carvalho]
Redes Sociais - Riscos e Benefícios [Délcio de Carvalho]
 
Espetacularização da morte no ambiente virtual
Espetacularização da morte no ambiente virtualEspetacularização da morte no ambiente virtual
Espetacularização da morte no ambiente virtual
 
Os perigos escondidos nas redes sociais
Os perigos escondidos nas redes sociaisOs perigos escondidos nas redes sociais
Os perigos escondidos nas redes sociais
 
ReflexãO Critica
ReflexãO CriticaReflexãO Critica
ReflexãO Critica
 
Problemas sociais - Redes Sociais
Problemas sociais - Redes SociaisProblemas sociais - Redes Sociais
Problemas sociais - Redes Sociais
 
Problemas sociais
Problemas sociaisProblemas sociais
Problemas sociais
 
Problemas sociais - Redes Sociais 2011
Problemas sociais - Redes Sociais 2011Problemas sociais - Redes Sociais 2011
Problemas sociais - Redes Sociais 2011
 
Texto informativos.
Texto informativos.Texto informativos.
Texto informativos.
 
MAPA- IFPC- HOMEM E PROCESSO CIVILIZATRIO ANTROPOLOGIA E PSICOLOGIA 522023.pdf
MAPA- IFPC- HOMEM E PROCESSO CIVILIZATRIO ANTROPOLOGIA E PSICOLOGIA 522023.pdfMAPA- IFPC- HOMEM E PROCESSO CIVILIZATRIO ANTROPOLOGIA E PSICOLOGIA 522023.pdf
MAPA- IFPC- HOMEM E PROCESSO CIVILIZATRIO ANTROPOLOGIA E PSICOLOGIA 522023.pdf
 
Jerdeson e lucas
Jerdeson e lucas Jerdeson e lucas
Jerdeson e lucas
 
Acerca destas mudanças, acompanhe o fragmento da pesquisa a seguir:​ ​ Com o...
Acerca destas mudanças, acompanhe o fragmento da pesquisa a seguir:​ ​  Com o...Acerca destas mudanças, acompanhe o fragmento da pesquisa a seguir:​ ​  Com o...
Acerca destas mudanças, acompanhe o fragmento da pesquisa a seguir:​ ​ Com o...
 
CYBERBULLYING NO CONTEXTO ESCOLAR: INTERVENÇÕES POSSÍVEIS
CYBERBULLYING NO CONTEXTO ESCOLAR: INTERVENÇÕES POSSÍVEIS CYBERBULLYING NO CONTEXTO ESCOLAR: INTERVENÇÕES POSSÍVEIS
CYBERBULLYING NO CONTEXTO ESCOLAR: INTERVENÇÕES POSSÍVEIS
 
2- Why (por que será feito?):
2- Why (por que será feito?): 2- Why (por que será feito?):
2- Why (por que será feito?):
 
Provocação incendiária: mediante discussões que se iniciam online e se propag...
Provocação incendiária: mediante discussões que se iniciam online e se propag...Provocação incendiária: mediante discussões que se iniciam online e se propag...
Provocação incendiária: mediante discussões que se iniciam online e se propag...
 

Mais de Carol Guedes

Existe qualidade de vida em portugal
Existe qualidade de vida em portugalExiste qualidade de vida em portugal
Existe qualidade de vida em portugal
Carol Guedes
 
Grupo 5 fq espelhos - rei, miguel e carolina
Grupo 5   fq espelhos - rei, miguel e carolinaGrupo 5   fq espelhos - rei, miguel e carolina
Grupo 5 fq espelhos - rei, miguel e carolina
Carol Guedes
 
A política dos 3 r’s
A política dos 3 r’sA política dos 3 r’s
A política dos 3 r’s
Carol Guedes
 
Caderno de Leitura
Caderno de LeituraCaderno de Leitura
Caderno de Leitura
Carol Guedes
 
Richie campbell
Richie campbellRichie campbell
Richie campbell
Carol Guedes
 
Cinderela
CinderelaCinderela
Cinderela
Carol Guedes
 
íNdice de massa corporal
íNdice de massa corporalíNdice de massa corporal
íNdice de massa corporal
Carol Guedes
 
A simbologia dos alimentos
A simbologia dos alimentosA simbologia dos alimentos
A simbologia dos alimentos
Carol Guedes
 
D. Beatriz e a Crise de 1383-85
D. Beatriz e a Crise de 1383-85D. Beatriz e a Crise de 1383-85
D. Beatriz e a Crise de 1383-85
Carol Guedes
 
Medição de volumes
Medição de volumesMedição de volumes
Medição de volumes
Carol Guedes
 
Pensamentos carolina 7ºa
Pensamentos carolina 7ºaPensamentos carolina 7ºa
Pensamentos carolina 7ºa
Carol Guedes
 
Almeida garrett
Almeida garrettAlmeida garrett
Almeida garrett
Carol Guedes
 
Terra no espaço pwp
Terra no espaço pwpTerra no espaço pwp
Terra no espaço pwp
Carol Guedes
 
Trabalho de grupo a terra como sistema
Trabalho de grupo   a terra como sistemaTrabalho de grupo   a terra como sistema
Trabalho de grupo a terra como sistema
Carol Guedes
 
A europa cristã e o islão no século
A europa cristã e o islão no séculoA europa cristã e o islão no século
A europa cristã e o islão no século
Carol Guedes
 
História
HistóriaHistória
História
Carol Guedes
 
Actividade 3 ficha interdisciplinar história e matemática
Actividade 3   ficha interdisciplinar história e matemáticaActividade 3   ficha interdisciplinar história e matemática
Actividade 3 ficha interdisciplinar história e matemática
Carol Guedes
 

Mais de Carol Guedes (20)

Louvre
LouvreLouvre
Louvre
 
Louvre2
Louvre2Louvre2
Louvre2
 
Existe qualidade de vida em portugal
Existe qualidade de vida em portugalExiste qualidade de vida em portugal
Existe qualidade de vida em portugal
 
Grupo 5 fq espelhos - rei, miguel e carolina
Grupo 5   fq espelhos - rei, miguel e carolinaGrupo 5   fq espelhos - rei, miguel e carolina
Grupo 5 fq espelhos - rei, miguel e carolina
 
A política dos 3 r’s
A política dos 3 r’sA política dos 3 r’s
A política dos 3 r’s
 
Caderno de Leitura
Caderno de LeituraCaderno de Leitura
Caderno de Leitura
 
Richie Campbell
Richie CampbellRichie Campbell
Richie Campbell
 
Richie campbell
Richie campbellRichie campbell
Richie campbell
 
Cinderela
CinderelaCinderela
Cinderela
 
íNdice de massa corporal
íNdice de massa corporalíNdice de massa corporal
íNdice de massa corporal
 
A simbologia dos alimentos
A simbologia dos alimentosA simbologia dos alimentos
A simbologia dos alimentos
 
D. Beatriz e a Crise de 1383-85
D. Beatriz e a Crise de 1383-85D. Beatriz e a Crise de 1383-85
D. Beatriz e a Crise de 1383-85
 
Medição de volumes
Medição de volumesMedição de volumes
Medição de volumes
 
Pensamentos carolina 7ºa
Pensamentos carolina 7ºaPensamentos carolina 7ºa
Pensamentos carolina 7ºa
 
Almeida garrett
Almeida garrettAlmeida garrett
Almeida garrett
 
Terra no espaço pwp
Terra no espaço pwpTerra no espaço pwp
Terra no espaço pwp
 
Trabalho de grupo a terra como sistema
Trabalho de grupo   a terra como sistemaTrabalho de grupo   a terra como sistema
Trabalho de grupo a terra como sistema
 
A europa cristã e o islão no século
A europa cristã e o islão no séculoA europa cristã e o islão no século
A europa cristã e o islão no século
 
História
HistóriaHistória
História
 
Actividade 3 ficha interdisciplinar história e matemática
Actividade 3   ficha interdisciplinar história e matemáticaActividade 3   ficha interdisciplinar história e matemática
Actividade 3 ficha interdisciplinar história e matemática
 

Texto argumentativo

  • 1. Texto Argumentativo Tese: As redes sociais contribuem para a qualidade de vida. Só têm vantagens. Na minha opinião, as redes sociais não contribuem para a qualidade de vida e não existem só vantagens na sua utilização. Em primeiro lugar, no tempo dos nossos avós não existiam redes socias e havia qualidade de vida; o tempo, em vez de ser desperdiçado nas redes sociais, era utilizado para, por exemplo, conviverem realmente com as outras pessoas, em vez de ser virtualmente como é o caso da população actual, e para, por exemplo, estarem mais em contacto com a natureza. Em segundo lugar, as redes sociais não têm só vantagens visto que muitas pessoas as usam para cometer crimes como, por exemplo, a pedofilia, o trágico humano, o roubo de identidades e burlas. Em terceiro lugar, existem pessoas que utilizam as redes sociais para maltratar, denegrir e insultar uma pessoa, fazendo aquilo a que de chama “cyberbullying” que, por vezes, provoca mesmo o suicido por parte da vítima. Em suma, para mim, as redes sociais não têm um grande impacto na vida da sociedade, apesar de esta as utilizar regularmente. Contudo reconheço que a tecnologia, incluindo a Internet, poderá contribuir para a qualidade de vida da maior parte da população actual.