Estudando o filme Amistad

38.553 visualizações

Publicada em

Apresentação ilustrativa de aula sobre o uso do filme "Amistad" para fazer oaluno compreender os mecanismos da "escravidão comercial" praticada nos séculos XVI a XIX.

Publicada em: Educação, Turismo
0 comentários
13 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
38.553
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
157
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
13
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estudando o filme Amistad

  1. 1. “ Amistad” EXERCÍCIO DO CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA DINAMIZADORES Carlos Teles de Menezes Junior Proposta(s) para exploração de recurso(s) de mídia(s)
  2. 2. FICHA TÉCNICA FILME: “AMISTAD” PAIS: Estados Unidos. ANO: 1997 DURAÇÃO: 148 minutos. DIRETOR: Steven Spilberg ELENCO: Morgan Freeman, Anthony Hopkins, Djimon Hounsou, Mattew McConaughey, Nigel Hawthorne, David Paymer, Pete Postlethwaite. TRILHA SONORA: John Williams. SINOPSE: Baseado em um evento real, relata a história de um grupo de escravos africanos que se rebela e se apodera do controle do navio que os transporta e tenta retornar à sua terra de origem em Serra Leoa. Quando o navio, La Amistad , é aprisionado, esses escravos são levados para os Estados Unidos, onde são acusados de assassinato e são jogados em uma prisão à espera de seu destino. Uma empolgante batalha se inicia, o que capta o interesse de toda uma nação e confronta os alicerces do sistema judiciário norte-americano. Entretanto, para os homens e mulheres sendo julgados, trata-se simplesmente de uma luta pelos seus direitos básicos de toda a humanidade, a liberdade. MÍDIA: DVD
  3. 3. Cena em destaque <ul><li>Capítulo 11 do DVD </li></ul><ul><li>Tempo de duração da cena: 16 minutos aproximadamente </li></ul>
  4. 4. Questionamento <ul><li>No capítulo escolhido para o trabalho, o personagem Cinque explica ao advogado que os defende sobre o porque dele ter sido escolhido como o líder do grupo, e também responde a pergunta de “como ele chegara até ali”, onde a partir acontece uma recapitulação toda a sua trajetória desde a sua aldeia até o motim no navio Amistad . </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Neste fragmento do filme ela nos descreve com riqueza de detalhes como se dava o processo do tráfico negreiro atlântico entre a África e a América. </li></ul>
  6. 6. Identificações: Aprisionamento feito pelos próprios africanos
  7. 7. O porto, para onde os cativos eram levados e a partir daí trocados por diversos produtos, com os traficantes europeus.
  8. 9. Vemos rapidamente a figura de um padre, provavelmente jesuíta, a “batizar” (ou a “abençoar”) os negros que embarcam no navio negreiro.
  9. 10. Traficante Navio negreiro
  10. 11. “ Mercadoria” jogada ao mar, ou por excesso de lotação, livrar-se dos doentes, falta de comida à bordo ou para evitar o flagrante dos navios ingleses que proibiam o tráfico nos mares do Atlântico.
  11. 12. O “valongo”, era o local onde os negros eram leiloados e vendidos como escravos.
  12. 13. Propostas de Exercícios: <ul><li>Dentre as várias propostas de exercícios possíveis, algumas sugestões: </li></ul><ul><li>Sobre africano capturando e vendendo o seu irmão de raça, explorar a questão da “mercantilização do escravo” na África. </li></ul><ul><li>Na parte do jesuíta orando, abordar sobre a questão da Igreja no trato com a escravidão. </li></ul><ul><li>Entrar em detalhes sobre a figura do traficante de escravos, que é pouco abordada nas aulas. </li></ul><ul><li>Na travessia do navio negreiro, usar trechos do poema homônimo de Castro Alves. </li></ul><ul><li>Debater as causas dos suicídios dos negros durante a travessia e deles serem jogados ao mar, ou, abordar a lei “Aberdeen” na qual a Inglaterra combatia o tráfico escravo. Qual motivo da Inglaterra ser contrária a escravidão? </li></ul><ul><li>Aproveitar as cenas do “valongo” para deter na questão do negro como mera “mercadoria”. </li></ul>

×