TRAINING MANUAL OF THEBRAZILIAN CONFEDERATION OF  TRADITIONAL KICKBOXING     CBKBT GLOBAL 2009 MANUAL DE TREINAMENTO DA CO...
Confederacao Brasileira de Kickboxing Tradicional       Congresso Tecnico de Kickboxing    Regras e Regulamentos para Semi...
Uniformes de competicaoOs competidores deverao usar em suas competices de vestimentas de treinorepresentando as cores de s...
FIGHTING POSITION ate que o Juiz diga: READY!, FIGHT! Ai entao eles seaproximam e iniciam a peleja.Cada competicao deve se...
controlada velem 1 ponto. Todos os golpes de perna, com um pe em apoio que toque otronco vale 1 ponto. Vale 1 ponto o chut...
O arbitro tem a tarefa de fazer com o que o combate seja executado com respeito dasregras. Toda vez que ocorrer uma acao i...
Quando o arbitro se confrontar com uma das infracoes que foram descritas no artigo   anteriror, deve intervir prontamente....
Constitui um torneio de Semi-contact. uma secessao de encontros amistosos feitos emlocal aberto ao publico ou que forme um...
O Light Contact KickboxingCaracteristicas do EsporteO Atleta Amador de Light contact combate em publico por puro espirito ...
-   Peso Pesado – 91 kg   -   Peso Superpesado - + 91 kg    A nivel internacional:   - Mosca – ate 51 kgAntes de cada enco...
Sobre as calcas devem ser usadas a coquilha. O Atleta de Light Contact deve usar aparatibia que nao contenha metal ou plas...
O Titulo Brasileiro de qualquer categoria pode ser colocado em jogo pela secretaria daCBKBT, quando a categoria estiver va...
obrigatoria nos encontros de full;- Controle de todas as protecoes;- Convocar ao centro do quadrado os dois lutadores com ...
- Colocar as maos no rosto do adversario, ou cabeca abaixo do queixo no corpo a corpo;- Desfrutar a elasticidade das corda...
- Break para fazer os lutadores se separarem;- Contact ou Fight para fazer retornar ou comecar o combate.O arbitro tem o p...
palavra “ vencedor’ e fara os dois atletas, darem as maos. Depois podera descer doringue.O arbitro de Light contact nao in...
obrigatorio a presenca do ringue oficial. Entretanto devido certos estados nao terem umring o evento podera ser conduzido ...
- Avisar o apresentador dez segundos do inicio dos rounds para que o mesmo pronunciea frase “ segundos fora “ ;- o numero ...
O TECNICOE permitido ao atleta o acompanhamento de no maximo duas pessoas sobre o ringue ( otecnico e seu auxiliar). Os me...
CBKBT-GO  Confederacao Brasileira de Kickboxing TradicionalRegras Oficiais para as Competicoes de Formas e Armas          ...
REGRAS GERAIS PARA MUSICAL FORMSTodas as divisoes de formas devem ser acompanhadas de musicas.Formas com as maoslivres (Em...
3. Grau de dificuldade  Chutes, saltos, combinacoes e movimentos de ginastica.   -   “ Hard”: Nao mais do que um movimento...
Criterios de julgamento:1. Manipulacao de Arma                      10,002. Sincronizacao                            10,00...
5. Basico  Golpes a mao, chutes e bloqueios de acordo com as tecnicas basicas.Notas:
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Regras de Semi e Light de Kickboxing

7.186 visualizações

Publicada em

Regras para o semi contact Kickboxing

Publicada em: Esportes
  • Seja o primeiro a comentar

Regras de Semi e Light de Kickboxing

  1. 1. TRAINING MANUAL OF THEBRAZILIAN CONFEDERATION OF TRADITIONAL KICKBOXING CBKBT GLOBAL 2009 MANUAL DE TREINAMENTO DA CONFEDERACAO BRASILEIRA DE KICKBOXING TRADICIONALCBKBT GLOBAL REGRAS PARA LIGHT E SEMI-CONTACT E MUSICA;L FORMS (PORTUGUESE) Programa de Avaliacao Tecnica de Atletas e Instrutores da CBKBT no Brasil.
  2. 2. Confederacao Brasileira de Kickboxing Tradicional Congresso Tecnico de Kickboxing Regras e Regulamentos para Semi e Light Contact e Musical Forms (Kata Livre) Semi-contact KickboxingCaracteristicas da CompeticaoAs competicoes de Semi-contact sao competicoes abertas, podendo participar qualquerestilo ou arte, desde que se respeite as regras da CBKBT estabelecidas para o evento.Oatleta de Semi-Contact participa de competicoes publicas em tabladosde 6 por 6 metroscom um juiz, munido de duas banderolas uma vermelha e outra azul , sendo a vermelhana mao direita e a azul na mao esquerda. O atleta deve ser acompanhado de um tecnico,que se responsabilizara pela integridade fisica e moral de seu competidor, nao cabendo aoatleta nenhum direito de se antepor sobre a mesa julgadora o pedir recurso de decisao anao ser atravez de seu tecnico.Cada competicao devera se composta de times ou equipes, que competem com o mesmonumero de participantes cada equipe. Se equipe A tem 10 participantes equipe B, C, D eetc tambem devera ter o mesmo numero e este numero devera ser estabelecidopreviamente atravez de um acordo entre equipes, de modo que, no dia do evento asequipes tenham o mesmo numero de participantes. Nao ha competicoes profissionais deSemi-contact.O TabladoO Tablado devera ser uma superficie de quadrado perfeito, de 6 por 6 metros de lado, lisae constituida de material de borracha sintetica macia e de espessura de pelos menos 5centimetros, podendo ser usado tambem superficie de Madeira nao polida para evitarquedas, que possam resultar em lesoes aos contendentes. Durante a competicao os atletasque sairem deste tablado colocando um pe for a dele deverao ser penalizados com a perdade 1 ponto sendo considerado desclassificado o atleta que sair da area de competicao pormais de 3 vezes. O Juiz devera advertir o infrator quando de sua saida, alem alem denotificar a mesa sobre o fato.
  3. 3. Uniformes de competicaoOs competidores deverao usar em suas competices de vestimentas de treinorepresentando as cores de seu estado ou a cor padrao de sua federacao. Na CBKBT, naosera permitido em competicoes oficiais o uso de roupas individuais, mas sim as cores decada estado, por exemplo vermelho e preto para Paraiba, e a nivel nacional azul eamarelo.A CBKBT autoriza o uso das cores nacionais, azul e amarelo, para qualquerequipe.O uniforme devera ser composto de calcas longas, ate o tornozelo, com lista na lateral, nocaso de cores do estado, por exemplo a Paraiba podera se usar o preto predominante comlistas vermelhas ou o vermelho predominante com listras pretas. Se o time prefere usar ascores nacionais sera sempre o azul predominante com listras preta.O Tecido fino, tipo seda ou tactel, devera ser descartado o uso de tecido grosso ou lona,por tirar a mobilidade do atleta durante a competicao com o adicionamento dosimpressindiveis EPI (Equipamentos de Protecao Individual). Na cintura os atletasdeverao usar por cima de sua graduacao uma fita vermelha ou azul para indicar aos juizesde que time eles fazem parte. A cada time devera ser dada uma cor vermelha ou azul paratodos os competidores dequele time.EPI (Equipamentos de Protecao Individual)Os atletas nao deverao competir sem o EPIs, que sao obrigatorios de uso, abaixo ou amostra uma coquilhas, conhecido como protetor genital, feito de material reistente e denome no mercado., um par de paratibia, conhecidos como protetores de canela, e osmesmo nao podem conter material de pastico duro ou metal. Luvas de foco americanas ebotas de foco, conhecidas com protetores de pe todos feitos de material suave e fofo demodo a nao provocar danos nos atletas competidores.Os atletas deverao cortar as suas unhas assim com lavar as suas maos antes de por asluvas. Devera ser exigido aonde seja possivel comprovacao de exame de HIVprincipalmente se a competicao e de nivel nacional. E proibido o uso de qualquer objetometalico(correntes, aneis, oculos, The Match ( A Luta) pulseiras, amuletos ou cruzes,etc)que possam causar ferimentos ao competidor ou seu adversario. Em nenhuma hipoteseusar luvas de Light ou Full-contact nas competicoes.Os combatentes deverao estar em posicao em pe, com separacao dos pes de pelo menosdois palmos entre eles, e entre os competidores a separacao devera ser de dois metros.Entao o Juiz deve dizer BAW (traduz inclinem-se). Eles deverao estar postos face a facee devem se saldar com a mao direita fechada sendo levada sobre o peito e indo parafrente um palmo de distancia, ou a mao direita sobre o peito da mesma forma aberta comos dedos esticados e juntos sendo elevados para cima. Os contendentes deverao fazer umaligeira inclinacao e assumir a posicao posicao de competicao READY POSITION, depois
  4. 4. FIGHTING POSITION ate que o Juiz diga: READY!, FIGHT! Ai entao eles seaproximam e iniciam a peleja.Cada competicao deve ser de 2 a 3 rounds de dois minutos dependendendo do numero decompetidores. Entretanto, devera se observar que durante uma seletiva os combatesobedecam 2 rounds de 2 minutos de competicao por 1 minuto de descanso ou 2 por 2,como e conhecido e nas semi e finais 3 por 3 sendo isto acordado em congresso tecnico ecurso de arbitragem, antes da competicao.Os competidores deveram chutar e/ou socar durante todo processo da luta com afinalidade de fazer pontos, um chute na regiao do plexo solar ou peito vale 1 ponto, socono plexo tambem vale um ponto, tambem e considerado o plexo a regiao abdominal paraqual chute e soco valerao tambem 1 ponto. Chute na regiao da cabeca assim como socovalem 2 pontos. Os socos podem ser diretos ou as costas da mao. Entretanto, por questaode seguranca dos atletas a intensidade dos golpes devera ser de leve a moderada, sendomoderada para o plexo solar e leve para o rosto.Definitivamente, nao se leva um adversario a KNOCK OUT no Semi-contact. Saopermitidos qualquer chute, convencional para se atingir o alvo desejado com a devidocontrole, chutes malucos e inventados nao deverao ser considerados, apenas aqueleschutes padroes dentro das artes marciais. O mesmo para socos, individuos que socam demaneira violenta e sem controle nao devem competir e um previa devera ser feita antesda competicao onde os atletas deverao participar de um aquecimento antes da pesagem etodos deveram seguir um ritual de execucao das tecnicas de competicao para que a mesaveja a qualidade dos competidores.Como muitas vezes, Atletas que nao desempenham bem ou executam mal as tecnicas,podem ter um grande espirito competitivo e as vezes se sobressairem na competicao otecnico devera participar isto a mesa que deve considera aprovar ou desaprovar aparticipacao desta atleta nao competicao com faixas avancadas.Atletas da faixa branca ate a laranja competem entre si, da verde ate a marrontambem competem entre si, Faixa preta competem unicamente entre si, sob nenhumahipotese um faixa preta devera competir com um colorida mesmo em Kata livre ouQuebramento. A selecao devera tambem obedecer a idade dos competidores, Junior de16 a 20 anos e Senior de 21 a 40 anos.Ao final do tempo regulamentar os competidores deverao voltar a posicao de READYPOSITION.farao novamente a saldacao e depois da proclamacao do vencedor, devem secomprimentar e mostrar respeito e deixar o tablado seguindo a orientacao do arbitrocentral. No combate de Semi-contact vence o atleta que ao final to tempo regulamentarde 4 ou 6 minutos totalizar mais pontos.No combate de Semi-contact. pode-se atacar so a parte frontal e lateral do rosto comgolpes de punho ( fechado ou mao aberta com o dorso da mao ) e de pernas. Todas astecnicas de punho ou cortes de mao, que forem julgados corretas e aplicadas de maneira
  5. 5. controlada velem 1 ponto. Todos os golpes de perna, com um pe em apoio que toque otronco vale 1 ponto. Vale 1 ponto o chute saltado que toque o tronco. Vale 2 pontos atecnica de perna que toque a cabaca, estando o outro pe apoiado. Vale 3 pontos a tecnicade pernas que chegar a cabeca sem haver nenhum pe apoiado.No combate Semi-contact e valido porjetar e “ passer rasteira” no adversario, desde quesejam baixos ( no tornozelo). Uma projecao que leve o adversario ao chao ou umarasteira que faca cair o adversario (e suficiente que toque o chao com 1 ou 2 maos ) vale1 ponto.O tempo do cambate e estabelecido anteriormente pela organizacao oucomissario de Reunioes.Esse pode variar de acordo com a necessidade.Se os atletasempatam no encontro, sera efetuado um tempo complementar de 1 minuto.No caso de terminar novamente empatados vencera o atleta que tiver marcado o 1*ponto. Cabe ao Comissario de Reunioes aplicar ou modificar este artigo em caso denecessidade.Quando o tempo estabelecido e terminado, o arbitro deve ser avisado comum sinal acustico.Uma tecnica aplicada juntamente com o sinal de final de combate, serajulgada valida.Uma tecnica aplicada quando um atleta ou ambos estao fora do quadrado ejulgada nula. Sera julgada valida, a tecnica aplicada no atleta que tiver um pe for a doquadrado ( Sendo que o outro pe esta ainda dentro ).Julgamento do CombateAs decisoes dos arbitros sao definitivas e sem possibilidade de apelo.O combate de Semi-contact pode ser arbitrado por 2, 3 ou 5 arbitros. Sera o comissario de reunioes quedecidira quantos arbitros utilizara, sendo o no. de participantes para os combates ouqualquer outro motivo.O arbitro central tera a autorizacao para conduzir o encontro. Eledeve se colocar dentro do perimetro do quadrado, podendo se mover ao longo dos ladosdo quadrado, administrando o combate.Os juizes devem assistir ao arbitro indicando-lhes prontamente todas as acoes validas dosdois combatentes. Todas as vezes que os juizes verem uma tecnica valida, devem fazer osinal imediatamente.O encontro Semi-contact e avalidado pela maioria: se dois juizes, emtres sao de acordo sobre um ponto, o arbitro central deve assinalar esse ponto.O arbitrocentral cessa o combate com a palavra “stop!” todas as vezes que um dos atletas marcarpontos com uma tecnica regular. Sabendo o parecer dos juizes, fara os atletas tornarem aoposto de partida. Coloca-se em posicao ereta, pernas unidas de frente a mesa do juri ecom voz alta deve dizer o ponto que foi dado, ajudando as palavras com gesto da mao. Osjuizes ficam na posicao de marcacao de pontos.O arbitro central e os juizes de linha devem atribuir os pontos. Com base na primeiratecnica marcada de um atleta e nao a sucessiva. Ao sinal acustico de final de combate, oarbitro central cessa o encontro com o commando “stop”; chama os atletas perto dele,pega pelos pulsos e espera que a mesa venha anunciar o vencedor e o total de pontos. Aofinal deve levanter o braco do mesmo, pronunciando a palavra “vencedor!”.
  6. 6. O arbitro tem a tarefa de fazer com o que o combate seja executado com respeito dasregras. Toda vez que ocorrer uma acao incorreta por parte de um atleta, deve intervirreprimindo com palavras ou penalizando com 1 ponto. No caso da acao ser grave, oculpado pode ser desclassificado.O arbitro tem tambem a autorizacao de parar o encontroou os encontros se em torno do quadrado existirem pessoas que impecam o regulardesenvolvimento da competicao; ou mesmo se o tecnico durante o combate se comportarincorretamente, falando ou incitando em alta voz o proprio atleta, ou se faltar com orespeito ao arbitro. Neste ultimo caso, ele tem o poder de desclassificar o atleta.O arbitro pode tambem interromper o combate ordenando para a mesa do juri parar ocronometro chamado “tempo”, quando:- Um atleta esta no chao ferido ou molestado por um golpe;- Quando o chao esta muito molhado;- Quando um atleta sai do lugar de combate;- Quando um combatente deve acertar seu uniforme;- Quando ele achar oportuno por qualquer razao.Em caso de acidente, o arbitro deve cessar o tempo e chamar a intervencao medica. Cabeao medico decider se o atleta pode continuar ou nao o encontro. Verificado o acidente, oarbitro deve conferir com os juizes, e decider qual atleta deve ser penalizado,desclassificado, ou deve ser dada a vitoria.Depois de 3 saidas do quadrado, com umaparte do corpo tocanto o pavimento ( chao), mesmo apos um golpe, o atleta e penalizadode um ponto. A terceira serie de tres saidas o atleta e penalizado de um ponto edesqualificado. Na pratica, e desqualificado apos 9 saidas ao todo do quadrado decombate por round.Acoes ProibidasSao tidas como proibida as seguintes acoes: a) Golpear, sem controle algum de pernas e maos; b) Atacar com a cabeca, joelhos e cotovelos; c) Atacar ou similar um ataque aos olhos; d) Morder ou arranhar; e) Golpear a garganta, nuca e parte posterior da cabeca; f) Executar leves torcoes articulares; g) Atacar abaixos da cintura (testiculos, baixo ventre, costas e joelhos); h) Passer um “rasteira” em sentido contrario a articulacao; i) Gritar sem razao, fazer gestos que desacatem o adversario ou os arbitros; j) Esquecer em qualquer momento a etica esportiva; k) Perder tempo voluntariamente e assim evitar o combate; l) Sair do lugar do combate m) Colocar o uniforme em ordem sem autorizacao do arbitro; n) Falar durante o combate; o) Nao obedecer imediatamente as ordens do arbitro.
  7. 7. Quando o arbitro se confrontar com uma das infracoes que foram descritas no artigo anteriror, deve intervir prontamente. Julgamento de uma tecnica valida Uma tecnica e tida como validad ao final do combate de Semi-contact quando: a) E lancada c/ forma correta; b) E correta na distancia; c) E dinamica, contem forca, decisao, velocidade, precisao e for controlada. P.S. Se a tecnica nao parecer suficientemente eficaz, o arbitro pode fazer continuar o encontro, ou mesmo depois de ter parado, declarer “ nao suficiente”, e fazer voltar ao encontro com as palavras “ contact” ou combate.Um atleta pode em qualquer momento retirar-se da competicao, levantando o braco em sinal. Neste casao, o arbitro chamara perto dele o outro e o proclamara “Vendedor”, por abandono do adversario. As Categorias de Peso As categories de peso de Semi-contact. sao as seguintes: - Mosca - ate 57 kg - Super ligeiro - ate 63 kg. - Ligeiro - 69 kg. - Medio ligeiro - 74 kg - Medio - 79 kg. - Medio Maximo - 84 kg. - Maximo - + 84 kg. - Senior – 21 a 40 anos P.S. Para as mulheres sao 4 a nivel nacional(fazem parte desta categoria mulheres de 15 a 35 anos de idade). - Ligeiro – 50 kg. - Medio – 60 kg. - Medio maximo – 70 kg. - Maximo - + 70 kg.SELETIVAS PARA SE ESCOLHER O CAMPEAO BRASILEIROOs campeonatos brasileiros pra homens e mulheres serao regionais e darao acesso a fasefinal. O no. destas serao fixados pela CBKBT.REGULAMENTO DO TORNEIO DE SEMI CONTACT.
  8. 8. Constitui um torneio de Semi-contact. uma secessao de encontros amistosos feitos emlocal aberto ao publico ou que forme um objeto de reprise de televisao ou cinema.Todotorneio ou manifestacao de semi contact deverao ser autorizados pela associacaocompetente.A Organizacao e sua Implantacao (Idem para Light Contact)O organizador ( e sua associacao ) e responsavel tembem pela disciplina nas reunioes edo empenho dos atlets de semi contact.A organizacao (academia) deve portanto garantirdurante todo o torneio uma ordem adequada.O organizador deve oferecer a secretaria daCBKBT uma descricao completa do desenvolvimento do torneio. O lugar do torneiodevera ser conforme normas ja vistas. O organizador tera que ter a disposicao:- Uma ou mais balancas para pesagem dos atletas;- Fita crepe ou faixa para a formacao do quadrado do combate;- Caneta e papel sobre a mesa dos jurados:- Gongo e cronometro em no. suficientes;- Assegurar a presence de um medico durante todo o torneio;- Um microfone;- Uma mesa grande para o cronometrista, orador e o arbitro geral;- Postos adequados para arbitros e juizes de luta.Prestacao de ServicosPrestam services no torneio Semi-contact: - o comissario de torneio ou reunioes; - os arbitros e juizes designados; - o medico em servico; - o cronometrista; - o orador.REGRA GERAL PARA SEMI E LIGHT CONTACT KICKBOXINGOs atletas e os tecnicos nao podem ficar perto da mesa de juri, conferir o cronometrista,juiz da mesa ou presidente do juri. Caso haja alguma contestacao, essa devera serapresentada por escrito ao Comissario de Reunioes.
  9. 9. O Light Contact KickboxingCaracteristicas do EsporteO Atleta Amador de Light contact combate em publico por puro espirito de lazer e nao afins de lucro. Os atletas terao que aceitar na totalidade estatuto e regulamento da CBKBTe serem filiados a mesma. Essa se empenhara a colocar-se a disposicao da mesma para aefetuacao de combates de interesse regional, inter-regional, nacional e internacional. Oatleta de Light Contact e amador enquanto nao infringir as normas que regularmentam oamadorismo internacioal; ou ate completar 21 anos quando podera se profissionalizar.O filiado a CBKBT podera participar dos combates de Light Contact dos 16 aos 40 anosde idade. E levado em consideracao carater tecnico de cada atleta, as categoriesamadoras podem ser divididas em duas series: A e B ( primero e segunda classerespectivamente). Ao inicio de cada ano, o atleta deve submeter-se a avaliacao medica naCBKBT ou apresentar atestado medico.A juizo da Comissao Tecnica seraodesclassificados atletas que durante o ano esportivo nao apresentarem uma atividadeadequada ou mesmo nao serem mais fisicamente ou tecnicamente aptos para uma boaapresentacao.Os encontros dos altetas a nivel nacional, serao de 3 rounds e para atletas daserie B, somente 2 rounds. Para lutes validas pelo titulo brasileiro serao 5 rounds.Sao proibidos todos os combates a categoria do outro atleta, mesmo em exibicoes.Afiliacao de atletas que ainda nao completram 18 anos tera de vir munida de autorizacao dePai ou responsavel.O atleta de Light Contact que se submete a um KO por gole na cabecadevera repousar por um periodo minimo de 1 mes e devera ter controle medico ao retornoda atividade de. Neste periodo sao cessados combates, demonstracoes e treinamento comluvas.O atleta de Light Contact nao pode ser submetido a um combate antes do periodode 12 meses (a partir da data da filiacao) , para preparacao especifica na academia.Normas da AtividadeAs categorias de peso sao fixados em no. de 9 a nivel nacional na CBKBTe 10 ainternacional para todoas as entidades as quais a CBKBT esta filiada. Sao elas: - Peso Galo – ate 54 kg - Peso Pena – 57 kg. - Peso Leve – 60 kg - Peso Meio Medio Ligeiro – 63,500 kg - Peso Meio Medio – 67 kg - Peso Medio - 71 kg - Peso Meio Pesado – 81 kg
  10. 10. - Peso Pesado – 91 kg - Peso Superpesado - + 91 kg A nivel internacional: - Mosca – ate 51 kgAntes de cada encontro ( torneio ou campeonato) e obrigatorio o controle do peso epesagem por medico. Essa operacao tem que ser fixada pelos organizadores.O torneio sopode ter inicio quando o inicio quando o Comissario de peso declare que todos os atletasestao aptos a participacao.O Controle de peso devera ocorrer com um minimo de 3 ( treshoras de antecedencia ao inicio da competicao, e um maximo de 24 ( vinte e quarto )horas.Na operacao de pesagem so participarao o atleta e seu tecnico(ou representante daacademia). Se apos a pesagem o atleta estiver fora do peso, este tera 60 minutos paratentar tentar voltar ao peso de sua categoria. Se apos os 60 minutos, o atleta nao estiverna sua categoria, sera retirado do torneio.Se dois atletas que irao se confrontar na mesmacategoria estiveram acima do peso, os dois serao retirados do torneio.Protecoes e FaixaOs atletas de Light Contact deverao usar para o combate luvas de 8 a 10 oncas conformea categoria de peso. ( 8 oncas ate a categoria medio ligeiro, e 10 oncas de medio acima).As luvas deverao ser de pele macia e lisa, com alcochoado unoforme distribuido pelodorso e pulso. O arbitro do encontro, a seu juizo, podera ordenar a substituicao das luvascaso essas lhe parecam irregulares.A bandagem para os atletas de Light Contact sao obrigatorias, devendo medir de 4,5 decomprimento e 4,5 cm de largura. A bandagem ou gaze deve ser colocada nas maos ebem fixadas que nao saiam das luvas. E absolutamente proibido endurecer a bandagemou aplicar qualquer outro material. As bandagens serao colocadas nos vestiarios dedeverao ser controladas pelo arbitro antes de serem colocadas as luvas no inicio docombate.Podera acontecer em torneio, que a organizacao peca aos atletas para seapresentarem ja com as luvas. Nesse caso, havera um responsavel para fazer a inspecaono vestiario.ROUPAS DOS ATLETAS DE KICKBOXING LIGHT CONTACTOs atletas de Light Contact deverao apresentar-se ao juiz vestindo calcas longas dematerial que consinta a liberdade de movimento. Nao se pode utilizar calcas de Karate.As calcas podem ser apresentadas de qualquer cor, contanto que estejam limpas e bemapresentadas.Regras sobre faixa e outras protecoes
  11. 11. Sobre as calcas devem ser usadas a coquilha. O Atleta de Light Contact deve usar aparatibia que nao contenha metal ou plastico, sobre a calca. Ao inicio do combate oarbitro tem a obrigacao de controlar as protecoes dos combatentes. E obrigacao do Lightcontatista usar calcados para os pes, que devem ser do mesmo material das luvas. Eobrigacao tambem usar o protetor de dentes e de calcas.O atleta que durante o combatedeixar cair o protetor de dentes, reclamara ao arbitro que cessara o combate e depois delava-lo, colocara outra vez no atleta. Na 2a. vez o arbitro lhe tirara um ponto e na 3 a. vezcessara a luta e o outro atleta sera o vencedor do combate.Os Torneios e Campeonatos de Kickboxing Light ContactQualquer associacao regularmente filiada a CBKBT podera organizer torneio ecompeonatos regionais de Light Contact, desde que seja autorizado e controlado pelaCBKBT Brasil.A requisicao da autorizacao devera ser enviada a CBKBT com pelomenos um mes de antecedencia do torneio.Quem pretende promover um torneio deveradar todas as informacoes a respeito do mesmo (despesas, datas, local dos combatentes,horario de pesagem, etc.)A CBKBT Brasil, depois da autorizacao concedida, tera a responsabilidade de designararbitros e juizes e o Responsavel do Campeonato.Uma vez fechada a pesagem e controlemedico, nenhum outro podera ser inserido na tabela de lutas.Ao terminar a pesagem, far-se-a a tabela mediante sorteio afetuado pelos jurados do torneio. Salvo casos em que oscombates foram previamente acertados.Se houver alguma contestacao relativa a emissaoou exclusao de algum atleta, esta sera escrita ao responsavel do campeonato que decidira.Terminado o sorteio nao se aceitarao mais reclamacoes.Em torneios de Light Contact o sistema e de eliminatoria simples, pois o torneio tem uese desenvolver nos dias previstos.A inscricao para o campeonato de Light Contact e feitadiretamente no local do campeonato. E feita a apresentacao da filiacao a CBKBT, e feitoo pagamento da taxa de inscricao.ResponsabilidadeA CBKBT Brasil nao assume qualquer responsabilidade por incidents de qualquer generoque possam aos atletas de Light contact, antes, durante e depois do acontecimento doencontro. CAMPEONATO BRASILEIRO DE LIGHT CONTACTPara participar da competicao para o titulo brasileiro e necessario: - Ser cidadao brasileiro; - Ser filho de brasileiro (um dos pais pelo menos brasileiro).
  12. 12. O Titulo Brasileiro de qualquer categoria pode ser colocado em jogo pela secretaria daCBKBT, quando a categoria estiver vaga, por um oficio de um desafiante classificado noranking e da associacao que participar.Fixada uma data e um local para a disputa de um titulo brasileiro, essa nao podera serdesmarcada, a menos que os dois atletas estejam de acordo com a mudanca. Uma vezmarcado o encontro, e proibido aos atletas participarem de campeonatos por um periodominimo de 3 semanas.O combate tera 5 rondos de 2 minutos cada com intervalo de umminuto para cada round.O desafiante official ao titulo brasileiro e designado atraves doranking nacional, baseado nos varios eventos anuais.Deixa de ser campeao brasileiro: - O campeao derrotado no combate com seu desafiante legal; - Se nao estiver no limite de peso de sua categoria, nas duas pesagens oficiais; - Se nao comparecer no dia do combate official; - Deixar de combater por nao estar de acordo com o regulamento geral e plos arbitros fixados pela CBKBT - Se for suspenso da CBKBT por motivo tecnico ou disciplinar; - Se combater pelo titulo for a do controle da CBKBT; - Se machucar-se ou acidentar-se numa atividade paralela e nao comparecer ao combate; - Se renunciar ao titulo, por oficio enviado a CBKBT; - Se deixar de colocar seu titulo em jogo por um periodo maximo de 04 (quarto) meses. Salvo autorizacao especial da CBKBT.Um atleta nao pode ostentar titulo brasileiro em mais de uma categoria. Se isso ocorrerdevera renunciar, perante a CBKBT, ao titulo de uma categoria.Um campeao brasileiro,pode ostentar ainda o titulo sul Americano, continental e mundial. Optando ainda serenuncia ou poe em jogo qualquer um desses titulos.Um campeao brasileiro pode desafiaro titulo sulamericano continental ou mundial de sua categoria. O desafio official deveraser encaminhado a CBKBT que fara ao orgao internacional legal.O campeao brasileiroque detiver titulos internacionais devera sempre defender o titulo nacional nos prazosespecificados pela CBKBT ou optar em renunciar o titulo. SEMELHANCAS EM ORGANIZACAO DO SEMI CONTACT O DO LIGHT CONTACT E SUAS REGRASO arbitro geral ou o organizador do campeonato controlara nos vestiarios a bandagem dosatletas antes do encontro, quando for pedido aos atletas subirem no ringue coma asprotecoes ja colocadas.O arbitro subira primeiro no quadrado, depois o atleta e seutecnico que deverao sauda-lo. Apos isso ocuparao seus lugares. Se um dos combatentesstiver atrasado, o orador o chamara novamente e se apos 2 minutos nao comparecer,perdera por desistencia. Antes de comecar o combate de Light Contact, o arbitro deveraproceder da sequinte maneira:- Controle da vestimenta dos atletas e dos respectivos tecnicos, inclusive coquilha –
  13. 13. obrigatoria nos encontros de full;- Controle de todas as protecoes;- Convocar ao centro do quadrado os dois lutadores com seus respectivos tecnicos e daras instrucoes do combate; sobretudo devera informar aos atletas que sera inflexivel nocaso de irregularidades na conduta do combate;- Convidar os lutadores a apertarem as maos e tornarem ao proprio canto;- Assegurar-se que o quadrado esteja perfeitamente regular e que apos “ Segundos fora”pronunciado pelo SPEAKER, no mesmo nao fiquem garrafas, banquinhos ou outra coisa;e que sobre tudo os “segundos” tenham realmente descido do ringue;- Assegurar-se que os juizes e que cronometrista estejam em sues lugares e que tenhamna frente todo o necedssario para cumprirem seus deveres;- No sinal do gongo, dar a ordem de “combate” ou “contact”. PARTES DO CORPO USADOS PARA GOLPEAR NO LIGHT CONTACTNo Light Contact sao usados chutes e socos. Com os membros inferiores e valido golpearcom rasteira baixa na altura do tornozelo,e com corte do pe, com colo do pe e comcalcanhar. Com os membros superiores, e valido golpear com os punhos bem fechado, naparte frontal (osso metacarpus), dorsal, na arte do martelo da mao. E levado em contanovamente a regra do numero minimo de chutes por round: devem ser 8 chutes uteis, ouseja, com intecoes de golpear o adversario.Com as ja ditas partes do corpo, e validogolpear so a parte frontal e lateral do corpo da cintura para cima e a mesma coisa para acabeca.P.S. Nao e valido enderecar os golpes abaixo da cintura, em direcao as articulacoes daspernas ou dos bracos, na nuca e em cima da cabeca.Em particular nao e valido:- Golpear com o doros da mao em rotacao;- Golpear com a palma, com o pulso, com o corte da mao, nem com a cabeca, os joelhos,cotovelos, os onbros e antebracos;- Golpear o adversario no chao;- Golpear de raspao, com intencao de arranhar;- Golpear os ombros e os rins (esta ultima acao nao sera consederada falta se oadversario, durante acao de ataque, de algum modo order em si mesmo e portanto tomaro golpe por sua propria culpa);- Executar projecoes “altas” e rerigosas para o adversario, mas sao validas as projecoesbaixas;- Executar alavancas articulares de nenhum tipo.Nao e valido (e constitui falta):- Segurar os bracos do adversario para tras com as maos, os ombros e cabeca;- Adotar uma conduta de combate como segurar a cabeca muito baixa para frente e detodo modo em baixo da cintura do adversario;
  14. 14. - Colocar as maos no rosto do adversario, ou cabeca abaixo do queixo no corpo a corpo;- Desfrutar a elasticidade das cordas para golpear o adversario ou mesmo abandone-seem cima destas, pegar impulse e golpear;- Agarrar-se nas cordas e golpear;- Nao parar sua propria acao no “stop” do arbitro ou mesmo nao seguir suas ordens;- Adotar uma conduta de combate pouco esportiva, como atirar-se no chaovoluntariamente, ser muito passivo, etc.Nao cumpre falta o atleta que a isto e induzido pela necessidade de defender-se de acao“faltosa” do adversario. Em cada um desses casos, o arbitro devera avaliar prontamente asituacao e adotar os procedimentos do caso (advertencia simples, chamada atencaoofficial, penalizacao e desclassificacao). Quando os 2 lutadores estao presos um com ooutro e se acham em fase de “ clinch”, o arbitro deve intervir prontamente e dar ordem de“ break” – separar ! – No caso dos lutadores recorrerem ao “clinch” muitofrequentemente, devera advertir-los, ou ate penaliza-los.O arbitro tem que parar imediatamente o encontro quando:- Um dos 2 lutadores achar-se com parte do corpo for a das cordas:- Um deles segura nas cordas para levanter do chao ou para reentrar no quadrado;- Um deles golpeado violentamente, nao esta em condicoes de continuar o combate;- Mesmo estando de pe, um dos 2 lutadores mostra sinais evidentes de impotencia, ouesta cansado demais, ou incapaz de defender-se;- Um dos lutadores nao estiver em condicoes de continuar o combate neste caso, mandarao adversario a um angulo neutron, e devera imediatamente iniciar a contagem.P.S.O arbitro tem a obrigacao de contar ate 8 segundos. Findo tempo o atleta atingido lheindicara se quer continuar, levantando os bracos. E poder do arbitro de parar um doslutadores se este, a seu juizo, nao esta em condicoes de continuar o combate, quando umdos lutadores sangra muito ou tem ferimentos ( o arbitro central tem que parar a luta epedir intervencao medica).E do medico o direito de estabelecer se o atleta esta ou nao em condicoes de continuar: - um lutador esta ferido, o arbitro para o combate e concede 1 minuto de tempo ( demodo que o tecnico ou o medico possam intervir ) para voltar ao encontro;- o sangue de um dos 2 nao parar no tempo concedido, o arbitro terminaradefinitivamente o combate e dara vitoria ao adversario, e sera declarado perdedor porintervencao medica.Poderes do arbitro a direcao do encontroA direcao do encontro e exclusive do arbitro, que a cada momento deve vigiar a fim deque sejam respeitadas as regras do esporte do full contact: Nao pode tolerar qualquerinfracao do regulamento. Durante o desenvolvimento do combate, fara uso das ordens de“STOP”- “ BREAK “ e “CONTACT” ou “FIGHT”:
  15. 15. - Break para fazer os lutadores se separarem;- Contact ou Fight para fazer retornar ou comecar o combate.O arbitro tem o poder de chamar atencao ou desclassificar os lutadores, chamar atencaoda equipe dos tecnicos de compate. Tem o poder de suspender o encontro, quando aconduta do publico prejudique o desenvolvimento regular do combate. Pode parar ocombate se uma bandagem ou uma protecao estiver fora de lugar.O arbitro deve parar o encontro no caso de falta ou quando um ou ambos os atletasutilizam golpes proibidos. E de acordo com gravidade devera:a) Advertir verbalmente o golpeador no seu canto durante o intervalo;b) Penalize-lo de 1 ponto, sinalizando aos 3 juizos;c) Desclassifica-lo.Para dar penalidades b e c do artigo anterior, o arbitro devera interromper com a ordemde “Stop”. Advertira com voz alta o golpe recorrendo a sinais apropriados (de modo quetambem o publico entenda o que esta acontecendo), aplicara a pena e ( se for o caso ) fararecomecar o combate com a ordem de “Contact” . A intervencao do arbitro devera serintempestiva.Quando os 2 lutadores estao em fase de clinch, o arbitro deve estar proximoe comandar a ordem de “Break” batendo neste tempo levemente uma mao no ombro deum dos dois.Os atletas deverao dar um passo para tras seguindo esta ordem. O arbitronunca pode passar entre os lutadores.Logo que um dos lutadores esta no chao por um golpe do adversario, o arbitro, depois defazer ir para um lugar neutro o atleta em pe, devera dar inicio a contagem que devera sercadenciada em intervalos de 1 segundo. Ate o numero de 8. No caso de atleta naolevantar os bracos nesse tempo de contagem, em sinal de querer continuar o combate, oarbitro devera continuar a contagem ate 0 no. 10, depois que decretara o “ for a decombate” ou K.O.Se toca o gongo ( para terminar o round) durante a contagem, o arbitro devera continuar enao permitir aos tecnicos do lutador em dificuldade intervirem.Um arbitro pode decretaro KO mesmo antes da contagem definitive se perceber que o atleta necessita de socorros.Se um dos dois lutadores e derrubado ao chao por motivo de golpe, tres vezes no mesmoround, este e interrompido o atleta ao seu canto, sendo decretado K.O.Terminado o encontro, o arbitro enviara os lutadores aos seus respectivos cantos,esperarar que os juizes tenham dado seu julgamento oficial, recebendo deles aspapeletasassinadas e enviadas a mesa. Cabera ao Comissario de reunioes. Fazer as necessariascontas e decretar a vitoria final pelo orador.Antes da leitura do veredito, o arbitro deve estar no centro do quadrado virado de frentepara a mesa onde esta sentado o Comissario de Reunioes, segurando os dois lutadorespelos antebracos. Na leitura do veredito, devera o braco do vencedor e pronunciar a
  16. 16. palavra “ vencedor’ e fara os dois atletas, darem as maos. Depois podera descer doringue.O arbitro de Light contact nao intervem no resultado da luta .O VEREDITOO encontro de Light contact pode acabar por:- Pontos, ou seja os dois lutadores terminarem em pe o combate;- Abandono de um dos dois (seja pela palavra abandono pronunciada por um dos dois, ouainda porque de um dos cantos foi lancada uma toalha);- KO, quando um dos dois foi contado ate 10 e nao emitiu sinais de poder ou quererrecomecar o combate;- K.O.T.(KNOCK OUT TECNICO) quando o arbitro intervem para suspender o combatevisto a inferioridade de um dos dois;- Intervencao medica, quando o medico geral ou de servico declara que um dos dois estaimpossibilitado de continuar porque esta ferido;- Desclassificacao de um dos dois lutadores por talta grave, cometida em dano do outro;- Empate no caso dos 2 lutadoes terem sido julgados assim pelos tres juizes ( neste caso ocampeao conserva seu titulo).REGULAMENTOS DOS COMBATES DE LIGHT CONTACTREGRAS GERAIS- Sao considerados reunioes de Light contact aqueles que ocorrem entre atletas deassociacao distintas, aberto ao publico com ou sem transmissao para T.V. ou cinema.- Todas as reunioes deverao ser previamente autorizadas pela CBKBT.- O organizador e responsavel pela disciplina e todo o desenvolvimento tecnico dareuniao. Deve garantir presteza dos fatos bem como o decorrer organizado da reuniao. Eobrigado a manter local para as autoridades da CBKBT, bam Como de seus convidados.- O organizador deve informar previamente a CBKBT sobre os procedimentos tecnicosda reuniao. E entregar apos 24 horas no maximo o relatorio com resultado de todos oscombates.- O organizador e obrigado ter a disposicao:- uma balanca;- um ringue official (490 a 6.00 m);- um gongo;- luvas e protetores de pes para todos os atletas;- assegurar a presence de um medico durante toda a reuniao;- uma mesa com lugares para o apresentador, cronometrista;- Comissario geral e o Medico;- local adequado para os arbitros e jurados;- agua potavel para todos os que estao em servico, bem como para os atletas em combate.P.S. O ringue devera ter as medidas oficiais (minimo de 4.90 m e maximo 6.00 m entre ascordas) e ser similar ao de pugilismo, sempre com 4 cordas. O piso devera ser de Madeirarecoberto de feutro e lona, e ter superficie total e plana.Nas reunioes de Light contact e
  17. 17. obrigatorio a presenca do ringue oficial. Entretanto devido certos estados nao terem umring o evento podera ser conduzido no tablado de Semi contact.O ringue devera ter doiscantos pintados com as cores azul e vermelha respectivamente e frontalmente. Os outrosdois devem ser brancos.OFICIAIS DE SERVICOSPrestam servico na reuniao de Light contact: - O comissario de reunioes; - Os arbitros e juizes; - O cronometrista; - O apresentador; - Todos indicados pela CBKBT.O COMISSARIO DE REUNIOESO comissario de reunioes e designado como representante oficial da CBKBT na reuniao eresponde por ele durante todo o transcurso da mesma. E a unica pessoa que deve serinformada sobre todas as ocorrencias durante o evento e todos devem estar a suadisposicao. O comissario e diretamente designado pelo Presidente da CBKBT.O Comisario devera controlar todo o que ocorre antes do inicio da reuniao, bem comoassegurar-se do desenvolvimento correto do regulamento, como:- Controle de balanca;- Inspecao do ringue;- Presenca dos arbitros e juizes designados;- Assistir a pesagem oficial;- Controle do uniforme dos atletas e seu tecnico;- Controlar as protecoes utilizadas pelos atletas;- Advertir ou mesmo expulsar qualquer um que nao estiver observando a devidadisciplina ou regularmento, se necessario utilizando-se de intervencao policial;- Redigir o relatorio final de reuniao.P.S. O Comissario nao deve abandoner seu posto durante toda a reuniao. Se necessario,deve colocar um substitute temporario, Nao deve ainda ser arbitro ou juiz de qualquercombate.O CRONOMETRISTADeve ter lugar a mesa do comissario, devendo controlar o tempo dos “ rounds” eintervalos, Segundo as normas:- O tempo deve transcorrer direto, salvo a pedido do arbitro central;- Soar o gongo ao final do tempo;
  18. 18. - Avisar o apresentador dez segundos do inicio dos rounds para que o mesmo pronunciea frase “ segundos fora “ ;- o numero do inicio do round dando por inicio o round.No caso de “queda de um dos combatentes”, deve cadenciar os segundos de contagem doarbitro central, com gestos manuais de contagem.O APRESENTADORDeve ter lugar a mesa do comissario, devendo esclarecer ao publico todo o desenrolar doevento, bem como cominicar avisos ou resultados do comissario de reunioes. Deveraanunciar os atletas, seu tecnico, o arbitro e juizes de cada encontro. Devera comunicar onumero de cada “round” antes do inicio do mesmo.OS ARBITROS E JUIZES- O arbitros devera subir ao ringue antes dos atletas e uniformizado oficialmente ( calcase sapatos pretos, camisa branca com distintivo da CBKBT).- Os arbitros e juizes no exercicio de suas funcoes sao autonomos e nao poderao receberordens de ninguem, salvo do comissario de reuniao, porem somente no intervalo doscambates.- Os arbitros e juizes devem assinar a sumula do combate.- No caso de um Knock.Out (K.O.) seguido de desmaio, o arbitro central devera retirarimediatamente o protetor de boca, chamar o medico, nao sendo necessario a contagemprotetora.P.S. O arbitro e os juizes nao podem abandonar o ringue sem a autorizacao do comissariode reunioes.O LIGHT CONTATISTAO atleta devera respeitar todas as autoridades bem como seu adversario e o publicopresente. Deve sempre observer o regulamento e cumpri-lo corretamente. So poderafalara como o seu tecnico durante os intervalos. Por razao alguma podera falar com oarbitro central.Durante o combated eve observa o silencio absolute, somente podera falar“Abandono” se necessario.Deve seguir e escutar atentamente o arbitro central. Apos o final do combate deveracolocar-se lateralmente ao arbitro central esperando o resultado, apos o que devecumprimentar seu adversario e tecnico. Deve comparecer ao combate devidamenteuniformizado.E permitido utilizar nome de patrocinadores em sua calca ou camisa.Eproibido utilizar qualquer outro material, ou mesmo usar broncos, aneis, correentes,pulseiras etc. ou todo material que possa ferir seu adversario.
  19. 19. O TECNICOE permitido ao atleta o acompanhamento de no maximo duas pessoas sobre o ringue ( otecnico e seu auxiliar). Os mesmos deverao estar uniformizados adequadamente ( roupaesportiva e identica). Durante o combate deverao manter silencio podendo falar a seuatleta somente durante o intervalo. Durante o intervalo somente um (01) podera entrar noringue, o outro devera manter-se na borda do mesmo.Logo apos a frase “segundos fora “ deverao descer prontamente do ringue, retirando todoseu material e colocar-se de modo a nao atrapalhar a visao do publico. Essa attitude deveser rapida para nao atrasar o andamento do combate.Os segundos sao obrigados arespeitar as autoridades, o publico, bem como seus adversarios, seguindo rigorosamente oregulamento.E de sua responsabilidade assistir seu atleta antes durante e apos o combate, sendoresponsavel por seu comportamento dentro e for a do ringue. Deve vigiar que o seu atletanao utilize qualquer substancia proibida, por meio liquido ou nao, nao sendo diretamenteresponsavel port al attitude.Deve maner silencio durante o encontro, so podera falar comseu atleta durante o intervalo. O Segundo que nao seguir o regulamento podera seradvertido e estar sujeito ao regulamento disciplinar da CBKBT.O Segundo e autorizado a interromper o combate se observar que seu atleta nao possuicondicoes tecnicas ou fisicas para continuar, bastando atirar a toalha ao ringue.
  20. 20. CBKBT-GO Confederacao Brasileira de Kickboxing TradicionalRegras Oficiais para as Competicoes de Formas e Armas com Musica (Musical Forms and Wepons Competition)
  21. 21. REGRAS GERAIS PARA MUSICAL FORMSTodas as divisoes de formas devem ser acompanhadas de musicas.Formas com as maoslivres (Empty hands forms).Definicao: Coreografia de movimentos do Karate com musica.Origens: “Hard”: Japao, Okinawa, Coreia “Soft” : China: Kung Fu , Wushu, etc.Criterios de julgamento: 1. Sincronizacao 10,00 2. Montagem da apresentacao 10,00 3. Grau de dificuldade 10,00 4. Basico 10,00 5. Equilibrio, forca, foco 10,00Nota: 1. As notas sao dadas com 2 decimais ( ex. 8,75) 2. A nota minima para qualquer categoria e 5,00Descricao dos Criterios:1. Sincronizacao - “Hard” : perfeita sincronia, relacao entre movimento e musica. - “Soft” : estilo, relacao entre movimento e musica.2. Montagem e apresentacao A presence do competidor e o desempenho, e a apresentacao da coreografia.
  22. 22. 3. Grau de dificuldade Chutes, saltos, combinacoes e movimentos de ginastica. - “ Hard”: Nao mais do que um movimento de ginastica - “ Soft” : De acordo com o estilo4. Basico. Golpes com a mao, chutes, e bloqueios de acordo com as tecnicas basicas.5. Equilibrio, forca, foco Equilibrio perfeito e movement realizados com energia - Uniforme: Estilo “hard”: uniformes regulares do Karate e do Taekwon Do, sem preferencia de cor. - Musica: A creografia e desempenhada com musica de escolha do competidor. Formas com armas e musica (Musical Weapon Forms)Definicao: Coreografia musical de formas com armas mostrando um dominio perfeitoda arma.Origens: “Hard”: Japao, Okinawa, Korea Uso de: Bo, Sal, Kama, espada, tonfa, jo, nunchaku. “Soft” : China Uso de: Bastao longo, espada Tai Chi, espada dupla, espada simples, corrente Chicote, corda, espada pequena, espada curva, etc.
  23. 23. Criterios de julgamento:1. Manipulacao de Arma 10,002. Sincronizacao 10,003. Grau de dificuldade 10,004. Montagem da apresentacao 10,005. Basico 10,00 TOTAL 50,00Nota: 1. As notas sao dadas com 2 decimais ( ex: 8,75) 2. A nota minima para qualquer categoria e 5,00Descricao dos criterios:1. Manipulacao da arma: P.S. O competidor deve mostrar perfeito controle e mestria da arma que esta sendoutilizada, atravez de manipulacao excepcional.2. Sincronizacao Perfeita sincronia, a relacao entre o corpo, os movimentos da arma e a musica.3. Grau de dificuldade O fator dificuldade esta no trabalho realizado com a arma.4. Montagem da apresentacao.P.S. A presenca do participante, a apresentacao da coreografia e o desempenho de seupapel.
  24. 24. 5. Basico Golpes a mao, chutes e bloqueios de acordo com as tecnicas basicas.Notas:

×