A construção do espaço brasileiro5

600 visualizações

Publicada em

As características da vegetação no território brasileiro e os domínios morfoclimáticos

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
600
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A construção do espaço brasileiro5

  1. 1. A Construção do Território Brasileiro PHG – Geografia 3º ano
  2. 2. Trabalhando o tema “vegetação” em Geografia • Quando trabalhamos com o tema “vegetação” em Geografia, abordamos esse assunto de forma geral, ou seja, em grandes extensões. • Nesse caso, para tratarmos de vegetação no Brasil, realizamos um procedimento denominado “generalização”, que consiste em definir aspectos gerais predominantes no fenômeno que se deseja expor ou estudar.
  3. 3. Por que Domínios? • A Geografia fala de domínios de vegetação porque aborda o assunto de forma generalizante. • Assim, mesmo que exista uma diversidade maior de formações vegetais, a Geografia se preocupa com aquele tipo de formação que ocorre de forma predominante. Daí a expressão “domínio”.
  4. 4. Os Domínios de Vegetação no Brasil
  5. 5. A Distribuição Original das Principais Formações Vegetais
  6. 6. O Domínio Amazônico Clima Equatorial Vegetação adaptada à altas temperaturas, grande insolação e chuvas intensas o ano inteiro Em partes da floresta , a vegetação adaptou –se á diferentes graus de inundação: Mata de Igapó Mata de Várzea Mata de Terra Firme A Floresta Amazônica apresenta grande biodiversidade O desmatamento é a maior ameaça, pois a floresta pouco depende do solo para se manter
  7. 7. Mata de Igapó
  8. 8. O Domínio do Cerrado Clima Tropical Típico (alternando estação úmida e seca) Vegetação adaptada a solos pobres, calor e um período seco ao longo do ano A vegetação se compõe de pequenas árvores, arbustos e gramíneas Dependendo da umidade a densidade de vegetação arbustiva é maior ou menor
  9. 9. A soja no Cerrado
  10. 10. A principal ameaça ao Cerrado é a expansão da agropecuária. Desde a década de 1970 pesquisas na área agronômica possibilitaram a ocupação intensiva das áreas de cerrado com culturas anuais, como a soja, o milho e, em alguns lugares, até mesmo a cana. A utilização de pastagens plantadas também ajudou na expansão da pecuária.
  11. 11. O Domínio da Mata Atlântica Clima Tropical Úmido A umidade sofre forte influência do relevo de planalto, em especial nas proximidades do litoral (Serra do Mar) Originalmente, estendia-se desde o Rio Grande do Norte até Santa Catarina Por situar-se na área de maior desenvolvimento econômico e urbano do país sofreu grande alteração, existindo somente em áreas protegidas
  12. 12. O que sobrou da Mata Atlântica
  13. 13. O Domínio das Caatingas Clima Tropical Semi-árido A grande questão do clima semi- árido é a irregularidade das chuvas: um ano chove muito, outro pouco e outro não chove nada; ou ainda, a chuva pode vir bem distribuída ou de forma concentrada Por tudo isso, a vegetação adaptou-se a essas condições através do xerofitismo: algumas plantas perdem as folhas na estação seca e outras possuem estruturas para armazenar água (cactáceas)
  14. 14. O Domínio das Araucárias Clima Subtropical Sofre influencia do relevo de planalto (altitude) O Pinheiro de Araucária é um fóssil vivo Ele é um vestígio de um período em que o clima era mais frio no Brasil Quando o clima esquentou, a espécie conseguiu adaptar-se em nichos específicos de umidade e temperatura Sua utilização como matéria-prima na indústria de móveis quase determinou sua extinção Atualmente, é encontrada principalmente em áreas protegidas
  15. 15. O Domínio das Pradarias Clima Subtropical As pradarias do sul do Brasil (Pampas) também podem ser consideradas fósseis vivos Elas desenvolveram-se em um período no qual o clima no Brasil era mais frio e seco Quando o clima mudou, a vegetação adaptou-se às mudanças em razão de sua melhor relação com o solo da região (arenoso e, em alguns casos, encharcado) A pecuária se adaptou perfeitamente ao ambiente dos Pampas Atualmente, o avanço das plantações de arroz e eucalipto são a principal ameaça ao domínio
  16. 16. Faixas de Transição Entre os grandes domínios de vegetação encontramos ambientes de transição, nos quais as espécies de vegetação misturam-se sem o predomínio de uma ou de outra São exemplos de faixas de transição o Pantanal Matogrossense e a Zona dos Cocais
  17. 17. Zona ou Mata dos Cocais A Zona ou Mata dos Cocais representa uma faixa de transição entre os domínios Amazônico, do Cerrado e da Caatinga

×