CARLOS MAURICIO DA
COSTA RAMOS
Bacharel em Design
Mestre em Design
Doutorando em Design
ESTUDO DAS CORES
Como se forma a cor
ESTUDO DAS CORES - Reflexão da cor (Constatação)
A cor de um objeto é dada sempre pela cor que ele reflete. As
demais do e...
ESTUDO DAS CORES - Reflexão da cor (Comprovação)
No século XVII, Newton Colocou um prisma de vidro diante da luz
solar e c...
Em 1666, Isaac Newton descobriu que a soma de todas as cores
gerava a cor branca.
Essa descoberta foi comprovada por ele, ...
Uma delas, que até hoje é sustentada para comprovar a
interpretação das cores pelo ser humano, foi escrita por Thomas
Youn...
ESTUDO DAS CORES - Sobre a distinção das cores (Consequências)
A COR-LUZ primária é representada
pelas cores:
VERDE - AZUL...
ESTUDO DAS CORES - Sobre a distinção das cores
A COR-PIGMENTO primária é
representada pelas cores:
CIAN - MAGENTA - AMAREL...
ESTUDO DAS CORES - Sobre a distinção das cores
Assim, na Cor Luz as cores
secundárias são as primárias
na Cor Pigmento.
To...
Vamos realizar um exercício super
importante para quem trabalha
com design gráfico.
Vamos realizar um círculo
cromático e ...
ESTUDO DAS CORES
Círculo Cromático
(cores primárias no pigmento)
ESTUDO DAS CORES – Círculo Cromático
1º passo: Desenhe as três cores primárias no pigmento
A partir do Disco Cromático
ver...
São aquelas originadas pela mistura de duas cores primárias.
• Misture azul com amarelo e obterá verde.
• Misture amarelo ...
São cores que se conseguem misturando uma cor primária com
uma cor secundária.
Misturando-se o amarelo (primária) com o ve...
ESTUDO DAS CORES – Círculo Cromático (Primeira Conclusão)
Cores Complementares
São aquelas que estão em oposição no círcul...
ESTUDO DAS CORES – Complementares
Baixo contraste
A comparação abaixo mostra como se pode fazer o azul discordar
do amarel...
ESTUDO DAS CORES – Complementares
Vantagem de usar cores complementares
A comparação abaixo mostra como se pode fazer o az...
Frias Quentes
ESTUDO DAS CORES – Círculo Cromático (Segunda conclusão)
Cores Quentes e Frias
As cores frias
tendem para o
...
ESTUDO DAS CORES – Contrastes
Então, como escolher a melhor combinação de cores?
• No 1º, a artista usou cores complementa...
ESTUDO DAS CORES – Contrastes
Vibrante e colorido
Como as cores usadas na casa, primeiro plano, são quentes, essas
áreas p...
ESTUDO DAS CORES – Círculo Cromático (Terceira conclusão)
Cores Neutras
Incluem os amarelos acinzentados, os vermelhos, la...
ESTUDO DAS CORES – Complementares
Contraste Simultâneo - Pós-imagem
Primeiro tente acompanhar o
movimento da imagem, você
...
ESTUDO DAS CORES – Complementares
Contraste Simultâneo - Pós-imagem
Olhe para a imagem por 30 segundos até saturar (embasa...
Aula de estudo da cores aula 10 minutos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula de estudo da cores aula 10 minutos

297 visualizações

Publicada em

Aula de estudo das cores

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
297
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula de estudo da cores aula 10 minutos

  1. 1. CARLOS MAURICIO DA COSTA RAMOS Bacharel em Design Mestre em Design Doutorando em Design
  2. 2. ESTUDO DAS CORES Como se forma a cor
  3. 3. ESTUDO DAS CORES - Reflexão da cor (Constatação) A cor de um objeto é dada sempre pela cor que ele reflete. As demais do espectro são absorvidas pelo objeto em forma de ondas. Por exemplo, quando a luz do Sol incide sobre um objeto azul, todas as cores são absorvidas, exceto a cor azul que é refletida. Um objeto é visto BRANCO quando reflete todas as cores. Newton Colocou um prisma de vidro diante da luz solar e constatou que esta se dividia em sete cores sucessivas - vermelho, alaranjado, amarelo, verde, azul, anil e violeta.
  4. 4. ESTUDO DAS CORES - Reflexão da cor (Comprovação) No século XVII, Newton Colocou um prisma de vidro diante da luz solar e constatou que esta se dividia em sete cores sucessivas: Vermelho, Laranja, Amarelo, Verde, Azul, Anil e violeta.
  5. 5. Em 1666, Isaac Newton descobriu que a soma de todas as cores gerava a cor branca. Essa descoberta foi comprovada por ele, através da construção de um disco, com as sete cores, que ao ser girado em alta velocidade gerava a cor branca. A partir daí várias outras teorias foram sendo formuladas... ESTUDO DAS CORES - Reflexão da cor (Comprovação)
  6. 6. Uma delas, que até hoje é sustentada para comprovar a interpretação das cores pelo ser humano, foi escrita por Thomas Young e Hermann Helmoltz, que supõe: A existência de três tipos de receptores oculares (os "cones"): um mais sensível ao vermelho, outro ao verde e outro ao azul. Essa teoria foi primordial para a invenção da televisão, que utiliza até hoje a composição dessas três cores para a formação das demais. Que foram chamadas de cores primarias. ESTUDO DAS CORES - Reflexão da cor (Comprovação)
  7. 7. ESTUDO DAS CORES - Sobre a distinção das cores (Consequências) A COR-LUZ primária é representada pelas cores: VERDE - AZUL - VERMELHO Quando todas as três cores se juntam formam a cor branca. Quando se juntam em pares formam as três cores secundárias: Cian – Magenta - Amarelo Conhecida também como RGB, tradução das cores para o Inglês
  8. 8. ESTUDO DAS CORES - Sobre a distinção das cores A COR-PIGMENTO primária é representada pelas cores: CIAN - MAGENTA - AMARELO. Quando todas as três cores se juntam formam a cor preta. Quando se juntam em pares formam as três cores secundárias: Vermelho – Azul - Verde Conhecida também como CMY, tradução das cores para o Inglês.
  9. 9. ESTUDO DAS CORES - Sobre a distinção das cores Assim, na Cor Luz as cores secundárias são as primárias na Cor Pigmento. Todas juntas formam BRANCO E na Cor Pigmento as cores secundárias são as primárias na Cor Luz. Todas juntas formam PRETO
  10. 10. Vamos realizar um exercício super importante para quem trabalha com design gráfico. Vamos realizar um círculo cromático e entender como as cores são formadas...
  11. 11. ESTUDO DAS CORES Círculo Cromático (cores primárias no pigmento)
  12. 12. ESTUDO DAS CORES – Círculo Cromático 1º passo: Desenhe as três cores primárias no pigmento A partir do Disco Cromático veremos a formação de vários grupos de cores que influenciam toda nossa concepção artística e contribuem como técnica para ambientação de criações.
  13. 13. São aquelas originadas pela mistura de duas cores primárias. • Misture azul com amarelo e obterá verde. • Misture amarelo com magenta e obterá vermelho. • A mistura do azul com o magenta resulta roxo. Especialmente nas cores primárias as cores secundárias e complementares são as mesmas. ESTUDO DAS CORES – Círculo Cromático 2º Passo: Formação das Cores Secundárias 2ª
  14. 14. São cores que se conseguem misturando uma cor primária com uma cor secundária. Misturando-se o amarelo (primária) com o vermelho (secundária), consegue-se laranja. Misturando-se o magenta (primária) com o vermelho (secundária), chega-se ao vermelho escuro (grená). Misturando-se o magenta (primária) com o roxo (secundária) consegue-se violeta. E assim por diante.... ESTUDO DAS CORES – Círculo Cromático 3º Passo: Formação das Cores Terciárias 2ª
  15. 15. ESTUDO DAS CORES – Círculo Cromático (Primeira Conclusão) Cores Complementares São aquelas que estão em oposição no círculo cromático numa linha reta passando pelo ponto central. • A cor complementar do azul (primária) é vermelho (secundária). Esse conhecimento é fundamental na composição de ambientes.
  16. 16. ESTUDO DAS CORES – Complementares Baixo contraste A comparação abaixo mostra como se pode fazer o azul discordar do amarelo acrescentando-se branco até que as duas cores fiquem com o mesmo tom.
  17. 17. ESTUDO DAS CORES – Complementares Vantagem de usar cores complementares A comparação abaixo mostra como se pode fazer o azul discordar do amarelo acrescentando-se branco até que as duas cores fiquem com o mesmo tom. Reparem se algum quadrado amarelo fica mais intenso.
  18. 18. Frias Quentes ESTUDO DAS CORES – Círculo Cromático (Segunda conclusão) Cores Quentes e Frias As cores frias tendem para o azul, e as matizes entre o verde, azul e violeta. Transmitem calma. As cores quentes tendem para o amarelo, e suas matizes com os alaranjados e avermelhados. Transmitem calor. Traçando uma linha vertical no círculo cromático conseguiremos separar os grupos de cores quentes e frias.
  19. 19. ESTUDO DAS CORES – Contrastes Então, como escolher a melhor combinação de cores? • No 1º, a artista usou cores complementares. • No 2º, tentou um esquema com predomínio de cores quentes. • No 3º, optou por cores frias, mais adequadas ao ar de desinteresse que ela pretendia realçar no animal. Os esboços ao lado, são todos do mesmo motivo de Bet Borgeson - EUA.
  20. 20. ESTUDO DAS CORES – Contrastes Vibrante e colorido Como as cores usadas na casa, primeiro plano, são quentes, essas áreas projetam-se para frente, distanciando-se do verde e azuis frios do fundo. Observe como o uso de cores complementares acrescenta mais vigor a cena.
  21. 21. ESTUDO DAS CORES – Círculo Cromático (Terceira conclusão) Cores Neutras Incluem os amarelos acinzentados, os vermelhos, laranjas e violetas amarronzados, os verdes e azuis cinzentos entre outras. Para criar cores neutras a partir do disco cromático misturamos uma cor qualquer acrescentada das três cores primárias ou com qualquer par de cores complementares.
  22. 22. ESTUDO DAS CORES – Complementares Contraste Simultâneo - Pós-imagem Primeiro tente acompanhar o movimento da imagem, você verá que um círculo se apaga por vez. Entretanto quando se olha para a cruz central enxerga-se no lugar daquele que sumiu, um círculo de tom complementar a original. Nesse caso, o verde.
  23. 23. ESTUDO DAS CORES – Complementares Contraste Simultâneo - Pós-imagem Olhe para a imagem por 30 segundos até saturar (embasar) a vista. Depois olhe para uma superfície branca e verá as cores complementares. Explicando: As células do olho ficam saturadas e até incapacitadas de perceber outras cores, para que o olho volte ao seu equilíbrio, o cérebro projeta a cor complementar e anular seus efeitos e alcançar o cinza. Chamamos isso de “pós-imagem”.

×