O Mundo dos AdultosAFETOSLíngua PortuguesaTrabalho realizado por:Ana Mara Faria … nº2Ana Rita Cunha …nº3Anishá Ramnicial …...
• Fizemos este trabalho com o objetivo de fazer as pessoasperceberem, um pouco melhor, o que é realmente o afeto e o quant...
• É a demonstração de sentimentos e emoções por um outro alguém. Estetipo de demonstração pode acontecer, numa amizade, nu...
• Os afetos entre os casais vai variando consoante o desenvolvimentoda relação.• No inicio da relação, a demonstração de a...
• Para alguns casaishomossexuais, os afetos são umpoucoconstrangedores, principalmenteem público.• Este facto deve-se ao t...
• O preconceito não é só sentido na homossexualidade, mas também emcasais constituídos, por pessoas de culturas diferentes...
• Muitos adultos, continuam sozinhos derivado a uma desilusão, oudevido à falta de coragem para admitirem a sua orientação...
• Os afetos entre pais efilhos, são dos mais fortesque se pode sentir.• Eles já fazem parte dafamília, ou quase sãotratado...
CONCLUSÃO9A F E T O S N O M U N D O D O S A D U L T O S• Com este trabalho, podemos concluir que amor e afeto, são muitopa...
BIBLIOGRAFIA10A F E T O S N O M U N D O D O S A D U L T O S•http://relacaopaisefilhos.blogspot.pt/• http://www.robertogiro...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Afetos (2)

374 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
374
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Afetos (2)

  1. 1. O Mundo dos AdultosAFETOSLíngua PortuguesaTrabalho realizado por:Ana Mara Faria … nº2Ana Rita Cunha …nº3Anishá Ramnicial …nº4Bárbara Neves …nº6Mafalda Isidro …nº26Prof.: Mª Fátima Pedro2012 / 20139.º3.ª
  2. 2. • Fizemos este trabalho com o objetivo de fazer as pessoasperceberem, um pouco melhor, o que é realmente o afeto e o quantoé importante na nossa vida e no nosso quotidiano.“Amar não é olhar um para o outro, é olhar juntos na mesma direção.”de Antoine de Saint-ExupéryINTRODUÇÃO2A F E T O S N O M U N D O D O S A D U L T O S
  3. 3. • É a demonstração de sentimentos e emoções por um outro alguém. Estetipo de demonstração pode acontecer, numa amizade, numa relaçãoamorosa, em muitas e diferentes situações.O QUE É O AFETO ?3A F E T O S N O M U N D O D O S A D U L T O S
  4. 4. • Os afetos entre os casais vai variando consoante o desenvolvimentoda relação.• No inicio da relação, a demonstração de afetos é maior, pois o casalainda se está a conhecer. Depois, a relação sofre algumas mudanças, ocasal decide viver junto e , nessa altura,vão ter de lidar um com ooutro, todos os dias. Vão ter de aprender a conhecer e respeitarosdefeitos e qualidades de cada um, com o estado de espírito que cadaum vai tendo ao longo do tempo, entre outros exemplos.• Recentemente, a maior parte dos casais divorcia-se, porque já nãoama (o)a parceiro(a) ,porque ficaram apaixonados por outra pessoaou descobriram a sua orientação sexual;Muitas vezes, os casais, quando recorrem ao divórcio, implicamsempre os filhos, o que não é muito saudável, se os mesmos nãoforem devidamente orientados e acompanhados.CASAIS HETEROSSEXUAIS4A F E T O S N O M U N D O D O S A D U L T O S
  5. 5. • Para alguns casaishomossexuais, os afetos são umpoucoconstrangedores, principalmenteem público.• Este facto deve-se ao tipo desociedade que temos, umasociedade que olha de lado, quecritica, que está aindaculturalmente cheia depreconceitos.• Em alguns casos, os casaispreferem separar-se, para nãocontinuarem a ser julgados.5A F E T O S N O M U N D O D O S A D U L T O SCASAIS HOMOSSEXUAIS
  6. 6. • O preconceito não é só sentido na homossexualidade, mas também emcasais constituídos, por pessoas de culturas diferentes.Vivemos uma grande evolução, nesse sentido mas ainda não ésuficiente. Ainda existe muito preconceito.• Talvez um dia, a nossa civilização “acorde” e chegue à conclusão quenão se trata de uma questão de cor, mas sim de amor.O PROBLEMA DA COR6A F E T O S N O M U N D O D O S A D U L T O S
  7. 7. • Muitos adultos, continuam sozinhos derivado a uma desilusão, oudevido à falta de coragem para admitirem a sua orientação sexual;• Mas nem sempre os motivos são esses, alguns adultos preferemmesmo estar solteiros, afinal não é preciso ter-se umnamorado(a), marido ou mulher, para se ser feliz.• A felicidade depende somente de nós mesmos.OS SOLTEIROS7A F E T O S N O M U N D O D O S A D U L T O S
  8. 8. • Os afetos entre pais efilhos, são dos mais fortesque se pode sentir.• Eles já fazem parte dafamília, ou quase sãotratados como filhos.8A F E T O S N O M U N D O D O S A D U L T O SISTO TAMBÉM SÃO AFETOS
  9. 9. CONCLUSÃO9A F E T O S N O M U N D O D O S A D U L T O S• Com este trabalho, podemos concluir que amor e afeto, são muitoparecidos, quase sinónimos.• Esperemos também que tenham percebido, que não importa se apessoa por quem nos apaixonamos é de uma etnia diferente ou se édo mesmo sexo, ou não, se é verdadeiro, se há amor, então maisnada interessa.• E não se esqueçam, demonstrem o vosso afeto sempre quepuderem.
  10. 10. BIBLIOGRAFIA10A F E T O S N O M U N D O D O S A D U L T O S•http://relacaopaisefilhos.blogspot.pt/• http://www.robertogirola.com.br/artigos/vida-amorosa-e-sexualidade/85-afeto-gay• http://google/imagens

×