Grupo:
Carina Derschum
Misséia Rodrigues
Pedro Feijó
Rodrigo Moreno
Tamara Stern
Vinicius Amaro
Utilitarismo
“É um pressuposto utilitarista de que a
moral consiste em pesar custos e
benefícios, e apenas espera uma aval...
Utilitarismo
Bentham
(de acordo com Sandel)
“O mais elevado objetivo da moral é maximizar a
felicidade, assegurando a hege...
Utilitarismo
Jonh Stuart Mill
(ainda de acordo com Sandel)
“Os únicos atos pelos quais uma pessoa deve explicação à
socied...
A ideologia libertária
Alegação principal:
“Cada um de nós tem o direito fundamental à liberdade –
temos o direito de faze...
Exemplo:
Taxação do rico para ajudar o pobre
X
desigualdade econômica justa
Cobrar do rico pra ajudar o pobre viola sua li...
Estado mínimo: Limitado
“Muitas atividades estatais amplamente aceitas são infrações ilegítimas da
liberdade individual.” ...
A ideologia libertária
Uma pessoa é a única proprietária de si mesma.
 direitos individuais.
Se eu pertenço a mim mesmo, ...
A famosa noção de liberdade de Kant consiste na capacidade de
agir de modo autônomo. Liberdade é agir de acordo com uma
le...
“Uma boa ação não é boa devido ao que dela resulta ou por
aquilo que ela realiza” – Kant. Pág. 143
Para que uma ação seja ...
WikiLeaks
É uma organização de mídia sem fins lucrativos,
com sede na Suécia, lançada em dezembro de
2006. Seu principal o...
Fonte: http://www.estadao.com.br/especiais/wikileaks-a-pedra-no-sapato-dos-governos,126467.htm
WikiLeaks: Como funciona
WikiLeaks: Histórico
Fonte: http://www.estadao.com.br/especiais/wikileaks-a-pedra-no-sapato-dos-governos,126467.htm
WikiLeaks: Histórico
Fonte: http://www.estadao.com.br/especiais/wikileaks-a-pedra-no-sapato-dos-governos,126467.htm
WikiLeaks: No Brasil
Fonte: http://www.estadao.com.br/especiais/wikileaks-a-pedra-no-sapato-dos-governos,126467.htm
WikiLeaks: No Brasil
Fonte: http://www.estadao.com.br/especiais/wikileaks-a-pedra-no-sapato-dos-governos,126467.htm
O WIKILEAKS
Órgãos de inteligência que produzem conhecimento sensível
para a tomada de decisão dos governantes: confidenci...
O acesso à informação é uma garantia de todas as pessoas. (Art 5º. Inciso
XIV)
• Em proveito individual ou coletivo?
• Os ...
Os libertários
“Consequências não são tudo com o que devemos nos preocupar,
moralmente falando, devemos observar certos di...
Ideais Kantianos
• O que seria a coisa certa a se fazer?
O Wikileaks divulga as informações que obtém, pois acham que o ce...
Entrevista - MIRIAM NISBET
Diretora do Gabinete de Serviços de Informação
do Governo Americano
“Outra coisa importante par...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Wikileaks e as correntes do Direito

663 visualizações

Publicada em

Apresentação final para a disciplina de Ética e Legislação - ECO - UFRJ

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
663
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Wikileaks e as correntes do Direito

  1. 1. Grupo: Carina Derschum Misséia Rodrigues Pedro Feijó Rodrigo Moreno Tamara Stern Vinicius Amaro
  2. 2. Utilitarismo “É um pressuposto utilitarista de que a moral consiste em pesar custos e benefícios, e apenas espera uma avaliação mais ampla das consequências sociais.” Fonte: SANDEL, Michael: Justiça - O que é a coisa a fazer Página 47
  3. 3. Utilitarismo Bentham (de acordo com Sandel) “O mais elevado objetivo da moral é maximizar a felicidade, assegurando a hegemonia do prazer sobre a dor” “Utilidade é qualquer coisa que produza prazer ou felicidade e que evite a dor e o sofrimento” Página 48 – livro base
  4. 4. Utilitarismo Jonh Stuart Mill (ainda de acordo com Sandel) “Os únicos atos pelos quais uma pessoa deve explicação à sociedade, segundo Mill, são aqueles que atingem os demais” (pag. 64) “ Mill acredita que devemos maximizar a utilidade em longo prazo, e não caso a caso” (pag. 65)
  5. 5. A ideologia libertária Alegação principal: “Cada um de nós tem o direito fundamental à liberdade – temos o direito de fazer o que quisermos com aquilo que nos pertence, desde que respeitemos os direitos dos outros de fazer o mesmo.” (SANDEL, Michael: Justiça - O que é a coisa a fazer Página 78)
  6. 6. Exemplo: Taxação do rico para ajudar o pobre X desigualdade econômica justa Cobrar do rico pra ajudar o pobre viola sua liberdade de utilizar o dinheiro como quer. A ideologia libertária
  7. 7. Estado mínimo: Limitado “Muitas atividades estatais amplamente aceitas são infrações ilegítimas da liberdade individual.” (Milton Friedman) Ex.: previdência social, salário mínimo, leis contra a discriminação no mercado de trabalho, exigências para os exercícios de profissões, etc. A ideologia libertária
  8. 8. A ideologia libertária Uma pessoa é a única proprietária de si mesma.  direitos individuais. Se eu pertenço a mim mesmo, é errado que eu sacrifique meus direitos em favor do bem-estar alheio.
  9. 9. A famosa noção de liberdade de Kant consiste na capacidade de agir de modo autônomo. Liberdade é agir de acordo com uma lei que concedo a mim mesmo. Liberdade como autonomia. De acordo com Kant, o valor moral de uma ação não consiste em suas consequências, mas na intenção com a qual a ação é realizada. O que importa é o motivo, que deve ser de uma determinada natureza. O que importa é fazer a coisa certa porque é a coisa certa, e não por algum outro motivo exterior a ela. Pág. 143 Immanuel Kant
  10. 10. “Uma boa ação não é boa devido ao que dela resulta ou por aquilo que ela realiza” – Kant. Pág. 143 Para que uma ação seja moralmente boa, “não basta que ela se ajuste à lei moral – ela deve ser praticada em prol da lei moral. Pág. 143 Immanuel Kant
  11. 11. WikiLeaks É uma organização de mídia sem fins lucrativos, com sede na Suécia, lançada em dezembro de 2006. Seu principal objetivo é trazer à público novas e importantes informações sigilosas, geralmente ligadas à diplomacia.
  12. 12. Fonte: http://www.estadao.com.br/especiais/wikileaks-a-pedra-no-sapato-dos-governos,126467.htm WikiLeaks: Como funciona
  13. 13. WikiLeaks: Histórico Fonte: http://www.estadao.com.br/especiais/wikileaks-a-pedra-no-sapato-dos-governos,126467.htm
  14. 14. WikiLeaks: Histórico Fonte: http://www.estadao.com.br/especiais/wikileaks-a-pedra-no-sapato-dos-governos,126467.htm
  15. 15. WikiLeaks: No Brasil Fonte: http://www.estadao.com.br/especiais/wikileaks-a-pedra-no-sapato-dos-governos,126467.htm
  16. 16. WikiLeaks: No Brasil Fonte: http://www.estadao.com.br/especiais/wikileaks-a-pedra-no-sapato-dos-governos,126467.htm
  17. 17. O WIKILEAKS Órgãos de inteligência que produzem conhecimento sensível para a tomada de decisão dos governantes: confidencialidade. (Higor Vinicius Nogueira Jorge) Discussão sobre os limites da divulgação de notícias e até que ponto o cidadão tem o direito de ter acesso a informações confidenciais salvaguardadas pelo governo.
  18. 18. O acesso à informação é uma garantia de todas as pessoas. (Art 5º. Inciso XIV) • Em proveito individual ou coletivo? • Os órgãos de comunicação devem fazer chegar ao público todo tipo de notícia? OU • A liberdade de imprensa deve ser relativizada? • Os meios de comunicação devem trabalhar com responsabilidade? . O WIKILEAKS
  19. 19. Os libertários “Consequências não são tudo com o que devemos nos preocupar, moralmente falando, devemos observar certos direitos e deveres por razões que não dependem das consequências sociais de nossos atos” (Michael Sandel – prof. Harvard) • Acesso à informação X segurança nacional. • O cidadão tem direito de receber qualquer tipo de notícia e decidir qual postura adotar. • A informação é uma aquisição, uma propriedade. • O direito individual de obter e divulgar informação está acima do bem-estar conjunto. . O WIKILEAKS
  20. 20. Ideais Kantianos • O que seria a coisa certa a se fazer? O Wikileaks divulga as informações que obtém, pois acham que o certo é que toda a população tenha acesso a elas, independentemente da segurança nacional. • Eles são realmente livres para fazerem o que quiser com esse tipo de informação, consideradas sigilosas? Assange defende a liberdade de expressão acima de tudo. E argumenta que, enquanto cidadão livre, ele pode repassar as informações que obteve, desde que sejam verídicas. O WIKILEAKS
  21. 21. Entrevista - MIRIAM NISBET Diretora do Gabinete de Serviços de Informação do Governo Americano “Outra coisa importante para nossas mudanças ao longo dos anos foi o envolvimento dos jornalistas, da sociedade e a constante fiscalização do Congresso.” ÉPOCA – Qual é a maior dificuldade para implementar uma lei de acesso à informação e fazer o governo cumpri-la? Miriam – O mais difícil é mudar a cultura. É convencer os funcionários públicos a não pensar que a informação é deles, que pertence a eles. A informação pertence às pessoas que vivem no país, pertence ao público. Há boas razões para manter algumas informações em sigilo. Mas, sem uma boa razão, divulgue. Fonte: http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI247566-15223,00- MIRIAM+NISBET+A+INFORMACAO+E+DOS+CIDADAOS.html

×