Estudos de Viabilidade para
Captação de Recursos
Rodrigo Alvarez
Objetivo dessa sessão
Conceituar o que são os estudos de
viabilidade, quando eles devem ser
realizados e quais os aprendiz...
O que é um Estudo de Viabilidade?
O Estudo de viabilidade ou estudo de potencial de CR é
uma ferramenta usada por organiza...
Por que realizar um
Estudo de Viabilidade?
• Para testar suas premissas de captação junto a
doadores;
• Dimensionar o pote...
Etapas de um Estudo de Viabilidade
Preparação do CASO
O CASO tem o objetivo de apresentar as necessidades de uma causa e a solução
para esse problema de mane...
Entrevistas Exploratórias
As entrevistas têm como objetivo:
• Avaliar a imagem que a organização têm perante o público alv...
Entrevistas Exploratórias
montagem da lista
Atuais
Parceiros
Parceiros
do passado
Parceiros de organizações
Congêneres no ...
Aprendizados
• Brasileiros têm dificuldade de se posicionar claramente.
Entrevistador precisa de muita habilidade para ext...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Festival 2014 - Estudos de Viabilidade

501 visualizações

Publicada em

Palestra apresentada por Rodrigo Alvarez no Festival ABCR 2014, em Guarapari, Espírito Santo.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
501
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
43
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • 5
  • Festival 2014 - Estudos de Viabilidade

    1. 1. Estudos de Viabilidade para Captação de Recursos Rodrigo Alvarez
    2. 2. Objetivo dessa sessão Conceituar o que são os estudos de viabilidade, quando eles devem ser realizados e quais os aprendizados práticos da realização de estudos dessa natureza nos últimos 4 anos no Brasil.
    3. 3. O que é um Estudo de Viabilidade? O Estudo de viabilidade ou estudo de potencial de CR é uma ferramenta usada por organizações da sociedade civil para determinar se o esforço de captação de recursos planejado tem os elementos necessários e a chance de ser bem sucedido. Ele identifica quanto a organização tem potencial de arrecadar, quanto de tempo o esforço levaria, com que custo e forma de abordagem. Também identifica potenciais doadores, pontos forte e fracos da iniciativa e traz recomendações de como readequar a iniciativa frente aos achados do estudo.
    4. 4. Por que realizar um Estudo de Viabilidade? • Para testar suas premissas de captação junto a doadores; • Dimensionar o potencial a ser captado, e conseqüentemente ter a oportunidade de readequar seu esforços, investimentos e metas de captação; • Identificar potenciais doadores e apoiadores para a campanha de captação; • Determinar as estratégias da campanha; • Desenvolver planos específicos para determinados doadores.
    5. 5. Etapas de um Estudo de Viabilidade
    6. 6. Preparação do CASO O CASO tem o objetivo de apresentar as necessidades de uma causa e a solução para esse problema de maneira articulada e convincente de forma a estimular/convencer o leitor a investir em sua iniciativa. Necessidade • Estabelecer a necessidade de forma clara; • Apresentar o problema de forma adequada ao contexto do doador; PropostadeValor • Mostrar que somos a organização adequada para enfrentar o problema exposto; • Explicar nossa Teoria de Mudança. Conviteàparceria • Explicar o que será feito, qual o plano; • Identificar a participação possível do parceiiro;
    7. 7. Entrevistas Exploratórias As entrevistas têm como objetivo: • Avaliar a imagem que a organização têm perante o público alvo da Campanha; • Checar a compreensão e relevância do caso, se a sua estruturação é forte o suficiente e como podemos melhorá-lo; • Avaliar se o público alvo está disposto a investir na campanha, a viabilidade dos planos de investimento x retorno e o montante aproximado que os entrevistados investiriam; • Gerar potenciais parceiros que seriam visitados durante a campanha. O estudo não pode ser confundido com solicitação, mas é uma importante oportunidade de cultivo de um doador futuro; • Indica se a organização tem a equipe suficiente e habilitada (staff e conselho) para implementar a campanha com sucesso.
    8. 8. Entrevistas Exploratórias montagem da lista Atuais Parceiros Parceiros do passado Parceiros de organizações Congêneres no BrasilEmpresas de ramos congruentes com a causa Empresas com políticas de RS alinhadas com a causa Lista final de entrevistas
    9. 9. Aprendizados • Brasileiros têm dificuldade de se posicionar claramente. Entrevistador precisa de muita habilidade para extrair o que seria um provável posicionamento do entrevistado; • Necessário senioridade do entrevistador; • Grandes planos trazem grandes doadores; • CASO deve ter apelo visual; • Estudo acaba sendo também um espaço para aquecer a relação com o potencial parceiro;

    ×