SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 28
Baixar para ler offline
Associação Brasileira de Captadores de Recursos
www.captacao.org
presidente@captacao.org
ABCR
A ABCR - Associação Brasileira de Captadores
de Recursos, é uma organização da sociedade
civil com o objetivo de promover a profissão,
apoiar os captadores e disseminar conteúdo
de relevância na área.
Fundada em 1999, conta com mais de 650
associados em todo o país, e um cadastro de
mais de 3.000 mil captadores.
NOSSA MISSÃO
Promover, desenvolver e regulamentar a atividade de captação
de recursos no Brasil, segundo o seu Código de Ética e apoiando
o Terceiro Setor na construção de uma sociedade melhor.

NOSSA VISÃO
A ABCR pretende ser referência em capacitação, conhecimento e
informação para captação ética de recursos no Brasil,
legitimando e dando visibilidade à atividade.
HISTÓRICO
• 1999 – FUNDBR e Constituição formal na EAESP-FGV
no dia 07 de dezembro de 1999
• 1999 - CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA PROFISSIONAL
• 2008 – Site e Boletim da ABCR
• 2008 – Encontro ABCR de Captadores
• 2009 – FLAC – Festival Latino Americano de Captação de
Recursos
• 2010 – Núcleos Regionais e Grupos Temáticos
• 2012 – Regimento Eleitoral
CÓDIGO DE ÉTICA E PADRÕES DA PRÁTICA
PROFISSIONAL
• Aprovado em 1999, é inspirado nos códigos de ética
das associações de captadores dos EUA e da Europa;
• Versa sobre:
–Legalidade da atuação do profissional;
–Remuneração do captador de recursos;
–Confidencialidade e lealdade aos doadores;
–Transparência nas informações;
–Conflitos de Interesse;
–Estatuto do Doador;
–Sanções.
ESTRUTURA
ATUAL
s

• 650 associados ativos – cadastro de 3.000
captadores;
• Núcleos Regionais ABCR ativos: São Paulo, Rio
de Janeiro, Bahia, Rio Grande do Sul, Minas
Gerais, Espírito Santos e Paraná;
• Grupos Temáticos: Cultura, Educação e Direito;
• Comitê de Pesquisa da ABCR;
• Portal: www.captacao.org;
• 13.000 cadastrados no boletim semanal;
• Sede em São Paulo.
DIRETORIA GESTÃO 2012 - 2015
Diretoria Executiva:
• Presidente: João Paulo Vergueiro
• Vice-Presidente: Fagna Freitas
• Administrativo-Financeiro: Daniela Weiers
Diretoria Ampliada:
• Relações Institucionais e Conduta: Jonas Flores
• Relações Internacionais: Rodrigo Alvarez
• Conteúdo e Capacitação: Sandra Helena Pedroso
• Comunicação: Ana Flavia Godoi
• Associados: Juliana Barrena
• Maisa Signor e Sonia Bonici
Festival ABCR -

www.festivalabcr.or g.br
ATIVIDADES
• Festival ABCR 2014 –
V itória/Espírito Santos;
• Núcleos: Encontros temáticos
mensais;
• Encontros on line;
• Reunião mensal do Gr upo
Cultur a.
Grupo de Direito da ABCR

 Criado em 2013
 Abrangência nacional
Contribui para
 Segurança jurídica nas relações de
mobilização de recursos
 Tornar a atividade de mobilização cada
vez mais transparente, legítima e
juridicamente adequada
Grupo de Direito da ABCR

Objetivos
 Realizar estudos e debates sobre
mobilização de recursos e seus aspectos
jurídicos
 Aumentar o conhecimento do profissional de
captação sobre legislação
 Apoiar o aprimoramento da legislação que
rege a atividade de captação de recursos
Grupo de Direito da ABCR
Alguns temas de interesse
 Estatuto Social (Associações e Fundações) e
captação de recursos
 Governança e captação de recursos
 Tributos relacionados à atividade de captação de
recursos
 Imunidade, isenções e incentivos fiscais
Títulos Qualificações e certificados (CEBAS, OSCIP,
OS, UP, etc.) e seus reflexos na mobilização de
recursos
Grupo de Direito da ABCR
Alguns temas de interesse
 Questões jurídicas relacionadas às estratégias de
captação de recursos
 Contratos e convênios para mobilização de recursos
 Aspectos trabalhistas relacionados à captação de
recursos e formas de remuneração do captador
Captação de recur sos via
LEGADOS é possível?
MS Sandra Helena Pedroso
São Paulo: novembro/2013
Legados?
 É quando uma pessoa deixa um bem para uma

organização em testamento;
Dádiva deixada em testamento;
 É coisa certa e determinada deixada a alguém,
este será denominado de legatário, que pode ser
qualquer pessoa, parente ou estranha, natural ou
jurídica, civil ou comercial, só há legado por via
do testamento.
Her ança?
 Aquilo que se tr ansmite por
hereditariedade;
 É o conjunto de bens ou o patrimônio
deixado por uma pessoa que faleceu;
 É a totalidade ou par te ideal do
patrimônio do de cujus, a her ança pode
dar-se por lei ou por disposição de
última vontade, testamento.
Her deiro x Le gatário
• Aufer e todos ou
fr ação dos direitos • Recebe coisa
determinada e
patrimoniais do de
precisa, ou seja,
cujus sem
uma porção
discriminar o valor
concreta do acervo
ou objeto, além de
hereditário;
repr esentar o
defunto nos efeitos • Não representa o
falecido;
patrimoniais.
• Responderá pelas
dívidas quando a
herança for
insolvável ou por
determinação do
testador.
Testamento
• É o ato pelo qual uma pessoa, o
testador, deter mina como
deseja dispor seus bens depois
de sua mor te.
• Ser ve par a que a pessoa
disponha dos seus bens de
acor do com sua vontade.
Testamenteiro
•Pode ser qualquer pessoa, desde
que capaz e idônea.
•A obrigação é de cumprir as
disposições testamentárias.
•Na falta deste é nomeado pelo
juiz.
Testamento
• É o ato pelo qual uma pessoa, o
testador, deter mina como
deseja dispor seus bens depois
de sua mor te.
• Ser ve par a que a pessoa
disponha dos seus bens de
acor do com sua vontade.
Testamenteiro
•Pode ser qualquer pessoa, desde
que capaz e idônea.
•A obrigação é de cumprir as
disposições testamentárias.
•Na falta deste é nomeado pelo
juiz.
Quais tipos
• Le gado de coisa alheia: não lhe
per tence;
• Le gado de coisa comum: objeto
per tence somente em par te ao
testador ;
• Le gado de coisa
singularizada:coisa especificada
por suas car acterísticas;
Quais tipos
• Le gado de Crédito ou de
Quitação de Dívida: par a
quitação de dívida;
• Le gado de Alimentos: se par a
medicamentos, ou par a
habitação, ou educação;
• Le gado de Usufr uto: r ecebe um
dir eito, o dir eito de usar e fr uir
de uma pr opriedade alheia;
O que deixar?
•
•
•
•

Dinheiro;
Bem móvel;
Bem imóvel;
Ações.
Como fazer?
Particular: no cartório, na presença de três
testemunhas. As testemunhas devem estar
presentes para confirmar na abertura do
testamento.
Público: no cartório, as declarações são
registradas por um tabelião na presença de
duas testemunhas.
Impostos
• Verifique na localidade da
her ança;
• De 1% a 8%.
Referência
• http://fer nandonogueir acosta.wor dpr ess.com/2012/1
0/04/testamento-sucessao-e-par tilha-de-bens-aindaem-vida/
• http://www.r eceita.fazenda.gov.br/PessoaFisica/DOI
/Per guntas/Her ancaLe gadoMeacao.htm
• http://www.assisefe.or g.br/editoriais/her anca-oule gado/
• http://www.viajus.com.br/viajus.php?
pa gina=ar tigos&id=3385&idAr eaSel=5&seeAr t=yes
• http://www.icr c.or g/por/donations/bequestsle gacies/index.jsp
• http://www.gr eenpeace.or g/ar gentina/es/sobr enosotr os/le gados/
conteudo@captacao.org
ABCR

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Associação de Captadores promove profissão

2016 Ética e Captação de Recursos
2016 Ética e Captação de Recursos2016 Ética e Captação de Recursos
2016 Ética e Captação de RecursosABCR
 
Ética e Remuneração na Captação de Recursos - Palestra
Ética e Remuneração na Captação de Recursos - PalestraÉtica e Remuneração na Captação de Recursos - Palestra
Ética e Remuneração na Captação de Recursos - PalestraABCR
 
Festival 2014 - Legados: uma nova forma de captação de recursos
Festival 2014 - Legados: uma nova forma de captação de recursosFestival 2014 - Legados: uma nova forma de captação de recursos
Festival 2014 - Legados: uma nova forma de captação de recursosABCR
 
2016 - Palestra Seminário Captação - Itaipú Binacional
2016 - Palestra Seminário Captação - Itaipú Binacional2016 - Palestra Seminário Captação - Itaipú Binacional
2016 - Palestra Seminário Captação - Itaipú BinacionalABCR
 
140813_ PALESTRA SOBRE EMPRESA CIDADÃ REALIZADA NO RC RECIFE-LARGO DA PAZ
140813_ PALESTRA SOBRE EMPRESA CIDADÃ REALIZADA NO RC RECIFE-LARGO DA PAZ140813_ PALESTRA SOBRE EMPRESA CIDADÃ REALIZADA NO RC RECIFE-LARGO DA PAZ
140813_ PALESTRA SOBRE EMPRESA CIDADÃ REALIZADA NO RC RECIFE-LARGO DA PAZAlberto Bittencourt
 
Captação de Recursos Internacionais
Captação de Recursos InternacionaisCaptação de Recursos Internacionais
Captação de Recursos InternacionaisABCR
 
Programa de Advocacy 2019 da ABCR
Programa de Advocacy 2019 da ABCRPrograma de Advocacy 2019 da ABCR
Programa de Advocacy 2019 da ABCRABCR
 
Direito civil pessoas juridicas
Direito civil pessoas juridicasDireito civil pessoas juridicas
Direito civil pessoas juridicasPitágoras
 
Palestra Captacao de Recursos e Parcerias
Palestra Captacao de Recursos e ParceriasPalestra Captacao de Recursos e Parcerias
Palestra Captacao de Recursos e ParceriasElinaudo Barbosa
 
Como Captar Recursos no 3º Setor?
Como Captar Recursos no 3º Setor?Como Captar Recursos no 3º Setor?
Como Captar Recursos no 3º Setor?Allan Vieira
 
2013 ABCR Legados Action Aid
2013 ABCR Legados Action Aid2013 ABCR Legados Action Aid
2013 ABCR Legados Action AidABCR
 
01 - Aulas RELAÇÕES SÓCIO PROFISSIONAIS, CIDADANIA E ÉTICA.pptx
01 - Aulas RELAÇÕES SÓCIO PROFISSIONAIS, CIDADANIA E ÉTICA.pptx01 - Aulas RELAÇÕES SÓCIO PROFISSIONAIS, CIDADANIA E ÉTICA.pptx
01 - Aulas RELAÇÕES SÓCIO PROFISSIONAIS, CIDADANIA E ÉTICA.pptxFillipeNolascoFrana
 
Festival 2018 - Certificação de Organizações
Festival 2018 - Certificação de OrganizaçõesFestival 2018 - Certificação de Organizações
Festival 2018 - Certificação de OrganizaçõesABCR
 
(Transformar) Aspectos Jurídicos 1
(Transformar) Aspectos Jurídicos 1(Transformar) Aspectos Jurídicos 1
(Transformar) Aspectos Jurídicos 1Ink_conteudos
 
Formalizando e Escalando o Negócio
Formalizando e Escalando o NegócioFormalizando e Escalando o Negócio
Formalizando e Escalando o NegócioFelipe Pereira
 
Captação de Recursos, Estratégias e Tendências
Captação de Recursos, Estratégias e TendênciasCaptação de Recursos, Estratégias e Tendências
Captação de Recursos, Estratégias e TendênciasABCR
 
Festival 2019 - Transparência como instrumento para captação
Festival 2019 - Transparência como instrumento para captaçãoFestival 2019 - Transparência como instrumento para captação
Festival 2019 - Transparência como instrumento para captaçãoABCR
 
Cidadania, Direitos e Deveres.pptx
 Cidadania, Direitos e Deveres.pptx Cidadania, Direitos e Deveres.pptx
Cidadania, Direitos e Deveres.pptxEdsonMariano11
 
Integração de refugiados na Cáritas RJ
Integração de refugiados na Cáritas RJIntegração de refugiados na Cáritas RJ
Integração de refugiados na Cáritas RJEduarda Lazari
 

Semelhante a Associação de Captadores promove profissão (20)

2016 Ética e Captação de Recursos
2016 Ética e Captação de Recursos2016 Ética e Captação de Recursos
2016 Ética e Captação de Recursos
 
Ética e Remuneração na Captação de Recursos - Palestra
Ética e Remuneração na Captação de Recursos - PalestraÉtica e Remuneração na Captação de Recursos - Palestra
Ética e Remuneração na Captação de Recursos - Palestra
 
Festival 2014 - Legados: uma nova forma de captação de recursos
Festival 2014 - Legados: uma nova forma de captação de recursosFestival 2014 - Legados: uma nova forma de captação de recursos
Festival 2014 - Legados: uma nova forma de captação de recursos
 
2016 - Palestra Seminário Captação - Itaipú Binacional
2016 - Palestra Seminário Captação - Itaipú Binacional2016 - Palestra Seminário Captação - Itaipú Binacional
2016 - Palestra Seminário Captação - Itaipú Binacional
 
140813_ PALESTRA SOBRE EMPRESA CIDADÃ REALIZADA NO RC RECIFE-LARGO DA PAZ
140813_ PALESTRA SOBRE EMPRESA CIDADÃ REALIZADA NO RC RECIFE-LARGO DA PAZ140813_ PALESTRA SOBRE EMPRESA CIDADÃ REALIZADA NO RC RECIFE-LARGO DA PAZ
140813_ PALESTRA SOBRE EMPRESA CIDADÃ REALIZADA NO RC RECIFE-LARGO DA PAZ
 
Captação de Recursos Internacionais
Captação de Recursos InternacionaisCaptação de Recursos Internacionais
Captação de Recursos Internacionais
 
Programa de Advocacy 2019 da ABCR
Programa de Advocacy 2019 da ABCRPrograma de Advocacy 2019 da ABCR
Programa de Advocacy 2019 da ABCR
 
Direito civil pessoas juridicas
Direito civil pessoas juridicasDireito civil pessoas juridicas
Direito civil pessoas juridicas
 
Palestra Captacao de Recursos e Parcerias
Palestra Captacao de Recursos e ParceriasPalestra Captacao de Recursos e Parcerias
Palestra Captacao de Recursos e Parcerias
 
Como Captar Recursos no 3º Setor?
Como Captar Recursos no 3º Setor?Como Captar Recursos no 3º Setor?
Como Captar Recursos no 3º Setor?
 
2013 ABCR Legados Action Aid
2013 ABCR Legados Action Aid2013 ABCR Legados Action Aid
2013 ABCR Legados Action Aid
 
01 - Aulas RELAÇÕES SÓCIO PROFISSIONAIS, CIDADANIA E ÉTICA.pptx
01 - Aulas RELAÇÕES SÓCIO PROFISSIONAIS, CIDADANIA E ÉTICA.pptx01 - Aulas RELAÇÕES SÓCIO PROFISSIONAIS, CIDADANIA E ÉTICA.pptx
01 - Aulas RELAÇÕES SÓCIO PROFISSIONAIS, CIDADANIA E ÉTICA.pptx
 
Festival 2018 - Certificação de Organizações
Festival 2018 - Certificação de OrganizaçõesFestival 2018 - Certificação de Organizações
Festival 2018 - Certificação de Organizações
 
(Transformar) Aspectos Jurídicos 1
(Transformar) Aspectos Jurídicos 1(Transformar) Aspectos Jurídicos 1
(Transformar) Aspectos Jurídicos 1
 
Formalizando e Escalando o Negócio
Formalizando e Escalando o NegócioFormalizando e Escalando o Negócio
Formalizando e Escalando o Negócio
 
Captação de Recursos, Estratégias e Tendências
Captação de Recursos, Estratégias e TendênciasCaptação de Recursos, Estratégias e Tendências
Captação de Recursos, Estratégias e Tendências
 
Festival 2019 - Transparência como instrumento para captação
Festival 2019 - Transparência como instrumento para captaçãoFestival 2019 - Transparência como instrumento para captação
Festival 2019 - Transparência como instrumento para captação
 
Cidadania, Direitos e Deveres.pptx
 Cidadania, Direitos e Deveres.pptx Cidadania, Direitos e Deveres.pptx
Cidadania, Direitos e Deveres.pptx
 
Integração de refugiados na Cáritas RJ
Integração de refugiados na Cáritas RJIntegração de refugiados na Cáritas RJ
Integração de refugiados na Cáritas RJ
 
Apadrinhamento civil
Apadrinhamento civilApadrinhamento civil
Apadrinhamento civil
 

Mais de ABCR

fabcr22_apresentação_Marketing de Causas no IPE: muito além de Havaianas e D...
fabcr22_apresentação_Marketing de Causas no IPE:  muito além de Havaianas e D...fabcr22_apresentação_Marketing de Causas no IPE:  muito além de Havaianas e D...
fabcr22_apresentação_Marketing de Causas no IPE: muito além de Havaianas e D...ABCR
 
fabcr22_ppt palestrantes_Masterclass_ESG: O que isso tem a ver com a captação...
fabcr22_ppt palestrantes_Masterclass_ESG: O que isso tem a ver com a captação...fabcr22_ppt palestrantes_Masterclass_ESG: O que isso tem a ver com a captação...
fabcr22_ppt palestrantes_Masterclass_ESG: O que isso tem a ver com a captação...ABCR
 
fabcr22_apresentação_Engajamento e Conversão de Doadores: reduzindo o investi...
fabcr22_apresentação_Engajamento e Conversão de Doadores: reduzindo o investi...fabcr22_apresentação_Engajamento e Conversão de Doadores: reduzindo o investi...
fabcr22_apresentação_Engajamento e Conversão de Doadores: reduzindo o investi...ABCR
 
fabcr22_apresentação_Estratégias de cooperação nas periferias e o trabalho da...
fabcr22_apresentação_Estratégias de cooperação nas periferias e o trabalho da...fabcr22_apresentação_Estratégias de cooperação nas periferias e o trabalho da...
fabcr22_apresentação_Estratégias de cooperação nas periferias e o trabalho da...ABCR
 
fabcr22_apresentação_O que as ONGs que mais arrecadam têm em comum? Dados par...
fabcr22_apresentação_O que as ONGs que mais arrecadam têm em comum? Dados par...fabcr22_apresentação_O que as ONGs que mais arrecadam têm em comum? Dados par...
fabcr22_apresentação_O que as ONGs que mais arrecadam têm em comum? Dados par...ABCR
 
fabcr22_apresentação_Para além das fronteiras: captação internacional indepen...
fabcr22_apresentação_Para além das fronteiras: captação internacional indepen...fabcr22_apresentação_Para além das fronteiras: captação internacional indepen...
fabcr22_apresentação_Para além das fronteiras: captação internacional indepen...ABCR
 
fabcr_apresentação_Filmes de captação de recursos: entre a razão e a emoção.
fabcr_apresentação_Filmes de captação de recursos: entre a razão e a emoção.fabcr_apresentação_Filmes de captação de recursos: entre a razão e a emoção.
fabcr_apresentação_Filmes de captação de recursos: entre a razão e a emoção.ABCR
 
fabcr22_apresentação_Clube de Benefícios: inovando na captação de recursos
fabcr22_apresentação_Clube de Benefícios: inovando na captação de recursosfabcr22_apresentação_Clube de Benefícios: inovando na captação de recursos
fabcr22_apresentação_Clube de Benefícios: inovando na captação de recursosABCR
 
fabcr22_apresentação_Captação integrada, arrecadação maximizada
fabcr22_apresentação_Captação integrada, arrecadação maximizadafabcr22_apresentação_Captação integrada, arrecadação maximizada
fabcr22_apresentação_Captação integrada, arrecadação maximizadaABCR
 
fabcr22_apresentação_Conhecendo o seu doador: uso de dados e nudges
fabcr22_apresentação_Conhecendo o seu doador: uso de dados e nudges fabcr22_apresentação_Conhecendo o seu doador: uso de dados e nudges
fabcr22_apresentação_Conhecendo o seu doador: uso de dados e nudges ABCR
 
fabcr22_apresentação_A Captação Institucional no Divã
fabcr22_apresentação_A Captação Institucional no Divã fabcr22_apresentação_A Captação Institucional no Divã
fabcr22_apresentação_A Captação Institucional no Divã ABCR
 
fabcr22_apresentação_Conhecendo o Observatório do Terceiro Setor e Prêmio Mel...
fabcr22_apresentação_Conhecendo o Observatório do Terceiro Setor e Prêmio Mel...fabcr22_apresentação_Conhecendo o Observatório do Terceiro Setor e Prêmio Mel...
fabcr22_apresentação_Conhecendo o Observatório do Terceiro Setor e Prêmio Mel...ABCR
 
fabcr22_apresentação_Plano de Ação de Sucesso para Captação com Leis de Incen...
fabcr22_apresentação_Plano de Ação de Sucesso para Captação com Leis de Incen...fabcr22_apresentação_Plano de Ação de Sucesso para Captação com Leis de Incen...
fabcr22_apresentação_Plano de Ação de Sucesso para Captação com Leis de Incen...ABCR
 
fabcr22_apesentação_Design e Execução de Campanhas de Marketing: uma campanha...
fabcr22_apesentação_Design e Execução de Campanhas de Marketing: uma campanha...fabcr22_apesentação_Design e Execução de Campanhas de Marketing: uma campanha...
fabcr22_apesentação_Design e Execução de Campanhas de Marketing: uma campanha...ABCR
 
fabcr22_apresentação_Inovações em captação com emenda parlamentar
fabcr22_apresentação_Inovações em captação com emenda parlamentarfabcr22_apresentação_Inovações em captação com emenda parlamentar
fabcr22_apresentação_Inovações em captação com emenda parlamentarABCR
 
fabcr22_apresentação_Construindo o Mapa de Oportunidades da sua OSC
fabcr22_apresentação_Construindo o Mapa de Oportunidades da sua OSCfabcr22_apresentação_Construindo o Mapa de Oportunidades da sua OSC
fabcr22_apresentação_Construindo o Mapa de Oportunidades da sua OSCABCR
 
fabcr22_apresentação_Estratégias de investimento em Impacto Social da Ambev
fabcr22_apresentação_Estratégias de investimento em Impacto Social da Ambevfabcr22_apresentação_Estratégias de investimento em Impacto Social da Ambev
fabcr22_apresentação_Estratégias de investimento em Impacto Social da AmbevABCR
 
fabcr 22_apresentação_Auditoria como instrumento de Marketing na captação de ...
fabcr 22_apresentação_Auditoria como instrumento de Marketing na captação de ...fabcr 22_apresentação_Auditoria como instrumento de Marketing na captação de ...
fabcr 22_apresentação_Auditoria como instrumento de Marketing na captação de ...ABCR
 
fabcr22_apresentação_Desafios da Captação Regional
fabcr22_apresentação_Desafios da Captação Regionalfabcr22_apresentação_Desafios da Captação Regional
fabcr22_apresentação_Desafios da Captação RegionalABCR
 
fabcr22_apresentação_Talentos em Captação - Como está o mercado e a seleção d...
fabcr22_apresentação_Talentos em Captação - Como está o mercado e a seleção d...fabcr22_apresentação_Talentos em Captação - Como está o mercado e a seleção d...
fabcr22_apresentação_Talentos em Captação - Como está o mercado e a seleção d...ABCR
 

Mais de ABCR (20)

fabcr22_apresentação_Marketing de Causas no IPE: muito além de Havaianas e D...
fabcr22_apresentação_Marketing de Causas no IPE:  muito além de Havaianas e D...fabcr22_apresentação_Marketing de Causas no IPE:  muito além de Havaianas e D...
fabcr22_apresentação_Marketing de Causas no IPE: muito além de Havaianas e D...
 
fabcr22_ppt palestrantes_Masterclass_ESG: O que isso tem a ver com a captação...
fabcr22_ppt palestrantes_Masterclass_ESG: O que isso tem a ver com a captação...fabcr22_ppt palestrantes_Masterclass_ESG: O que isso tem a ver com a captação...
fabcr22_ppt palestrantes_Masterclass_ESG: O que isso tem a ver com a captação...
 
fabcr22_apresentação_Engajamento e Conversão de Doadores: reduzindo o investi...
fabcr22_apresentação_Engajamento e Conversão de Doadores: reduzindo o investi...fabcr22_apresentação_Engajamento e Conversão de Doadores: reduzindo o investi...
fabcr22_apresentação_Engajamento e Conversão de Doadores: reduzindo o investi...
 
fabcr22_apresentação_Estratégias de cooperação nas periferias e o trabalho da...
fabcr22_apresentação_Estratégias de cooperação nas periferias e o trabalho da...fabcr22_apresentação_Estratégias de cooperação nas periferias e o trabalho da...
fabcr22_apresentação_Estratégias de cooperação nas periferias e o trabalho da...
 
fabcr22_apresentação_O que as ONGs que mais arrecadam têm em comum? Dados par...
fabcr22_apresentação_O que as ONGs que mais arrecadam têm em comum? Dados par...fabcr22_apresentação_O que as ONGs que mais arrecadam têm em comum? Dados par...
fabcr22_apresentação_O que as ONGs que mais arrecadam têm em comum? Dados par...
 
fabcr22_apresentação_Para além das fronteiras: captação internacional indepen...
fabcr22_apresentação_Para além das fronteiras: captação internacional indepen...fabcr22_apresentação_Para além das fronteiras: captação internacional indepen...
fabcr22_apresentação_Para além das fronteiras: captação internacional indepen...
 
fabcr_apresentação_Filmes de captação de recursos: entre a razão e a emoção.
fabcr_apresentação_Filmes de captação de recursos: entre a razão e a emoção.fabcr_apresentação_Filmes de captação de recursos: entre a razão e a emoção.
fabcr_apresentação_Filmes de captação de recursos: entre a razão e a emoção.
 
fabcr22_apresentação_Clube de Benefícios: inovando na captação de recursos
fabcr22_apresentação_Clube de Benefícios: inovando na captação de recursosfabcr22_apresentação_Clube de Benefícios: inovando na captação de recursos
fabcr22_apresentação_Clube de Benefícios: inovando na captação de recursos
 
fabcr22_apresentação_Captação integrada, arrecadação maximizada
fabcr22_apresentação_Captação integrada, arrecadação maximizadafabcr22_apresentação_Captação integrada, arrecadação maximizada
fabcr22_apresentação_Captação integrada, arrecadação maximizada
 
fabcr22_apresentação_Conhecendo o seu doador: uso de dados e nudges
fabcr22_apresentação_Conhecendo o seu doador: uso de dados e nudges fabcr22_apresentação_Conhecendo o seu doador: uso de dados e nudges
fabcr22_apresentação_Conhecendo o seu doador: uso de dados e nudges
 
fabcr22_apresentação_A Captação Institucional no Divã
fabcr22_apresentação_A Captação Institucional no Divã fabcr22_apresentação_A Captação Institucional no Divã
fabcr22_apresentação_A Captação Institucional no Divã
 
fabcr22_apresentação_Conhecendo o Observatório do Terceiro Setor e Prêmio Mel...
fabcr22_apresentação_Conhecendo o Observatório do Terceiro Setor e Prêmio Mel...fabcr22_apresentação_Conhecendo o Observatório do Terceiro Setor e Prêmio Mel...
fabcr22_apresentação_Conhecendo o Observatório do Terceiro Setor e Prêmio Mel...
 
fabcr22_apresentação_Plano de Ação de Sucesso para Captação com Leis de Incen...
fabcr22_apresentação_Plano de Ação de Sucesso para Captação com Leis de Incen...fabcr22_apresentação_Plano de Ação de Sucesso para Captação com Leis de Incen...
fabcr22_apresentação_Plano de Ação de Sucesso para Captação com Leis de Incen...
 
fabcr22_apesentação_Design e Execução de Campanhas de Marketing: uma campanha...
fabcr22_apesentação_Design e Execução de Campanhas de Marketing: uma campanha...fabcr22_apesentação_Design e Execução de Campanhas de Marketing: uma campanha...
fabcr22_apesentação_Design e Execução de Campanhas de Marketing: uma campanha...
 
fabcr22_apresentação_Inovações em captação com emenda parlamentar
fabcr22_apresentação_Inovações em captação com emenda parlamentarfabcr22_apresentação_Inovações em captação com emenda parlamentar
fabcr22_apresentação_Inovações em captação com emenda parlamentar
 
fabcr22_apresentação_Construindo o Mapa de Oportunidades da sua OSC
fabcr22_apresentação_Construindo o Mapa de Oportunidades da sua OSCfabcr22_apresentação_Construindo o Mapa de Oportunidades da sua OSC
fabcr22_apresentação_Construindo o Mapa de Oportunidades da sua OSC
 
fabcr22_apresentação_Estratégias de investimento em Impacto Social da Ambev
fabcr22_apresentação_Estratégias de investimento em Impacto Social da Ambevfabcr22_apresentação_Estratégias de investimento em Impacto Social da Ambev
fabcr22_apresentação_Estratégias de investimento em Impacto Social da Ambev
 
fabcr 22_apresentação_Auditoria como instrumento de Marketing na captação de ...
fabcr 22_apresentação_Auditoria como instrumento de Marketing na captação de ...fabcr 22_apresentação_Auditoria como instrumento de Marketing na captação de ...
fabcr 22_apresentação_Auditoria como instrumento de Marketing na captação de ...
 
fabcr22_apresentação_Desafios da Captação Regional
fabcr22_apresentação_Desafios da Captação Regionalfabcr22_apresentação_Desafios da Captação Regional
fabcr22_apresentação_Desafios da Captação Regional
 
fabcr22_apresentação_Talentos em Captação - Como está o mercado e a seleção d...
fabcr22_apresentação_Talentos em Captação - Como está o mercado e a seleção d...fabcr22_apresentação_Talentos em Captação - Como está o mercado e a seleção d...
fabcr22_apresentação_Talentos em Captação - Como está o mercado e a seleção d...
 

Último

AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxrenatacolbeich1
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024SamiraMiresVieiradeM
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 

Último (20)

AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 

Associação de Captadores promove profissão

  • 1. Associação Brasileira de Captadores de Recursos www.captacao.org presidente@captacao.org
  • 2. ABCR A ABCR - Associação Brasileira de Captadores de Recursos, é uma organização da sociedade civil com o objetivo de promover a profissão, apoiar os captadores e disseminar conteúdo de relevância na área. Fundada em 1999, conta com mais de 650 associados em todo o país, e um cadastro de mais de 3.000 mil captadores.
  • 3. NOSSA MISSÃO Promover, desenvolver e regulamentar a atividade de captação de recursos no Brasil, segundo o seu Código de Ética e apoiando o Terceiro Setor na construção de uma sociedade melhor. NOSSA VISÃO A ABCR pretende ser referência em capacitação, conhecimento e informação para captação ética de recursos no Brasil, legitimando e dando visibilidade à atividade.
  • 4. HISTÓRICO • 1999 – FUNDBR e Constituição formal na EAESP-FGV no dia 07 de dezembro de 1999 • 1999 - CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA PROFISSIONAL • 2008 – Site e Boletim da ABCR • 2008 – Encontro ABCR de Captadores • 2009 – FLAC – Festival Latino Americano de Captação de Recursos • 2010 – Núcleos Regionais e Grupos Temáticos • 2012 – Regimento Eleitoral
  • 5. CÓDIGO DE ÉTICA E PADRÕES DA PRÁTICA PROFISSIONAL • Aprovado em 1999, é inspirado nos códigos de ética das associações de captadores dos EUA e da Europa; • Versa sobre: –Legalidade da atuação do profissional; –Remuneração do captador de recursos; –Confidencialidade e lealdade aos doadores; –Transparência nas informações; –Conflitos de Interesse; –Estatuto do Doador; –Sanções.
  • 6. ESTRUTURA ATUAL s • 650 associados ativos – cadastro de 3.000 captadores; • Núcleos Regionais ABCR ativos: São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Espírito Santos e Paraná; • Grupos Temáticos: Cultura, Educação e Direito; • Comitê de Pesquisa da ABCR; • Portal: www.captacao.org; • 13.000 cadastrados no boletim semanal; • Sede em São Paulo.
  • 7. DIRETORIA GESTÃO 2012 - 2015 Diretoria Executiva: • Presidente: João Paulo Vergueiro • Vice-Presidente: Fagna Freitas • Administrativo-Financeiro: Daniela Weiers Diretoria Ampliada: • Relações Institucionais e Conduta: Jonas Flores • Relações Internacionais: Rodrigo Alvarez • Conteúdo e Capacitação: Sandra Helena Pedroso • Comunicação: Ana Flavia Godoi • Associados: Juliana Barrena • Maisa Signor e Sonia Bonici
  • 9. ATIVIDADES • Festival ABCR 2014 – V itória/Espírito Santos; • Núcleos: Encontros temáticos mensais; • Encontros on line; • Reunião mensal do Gr upo Cultur a.
  • 10. Grupo de Direito da ABCR  Criado em 2013  Abrangência nacional Contribui para  Segurança jurídica nas relações de mobilização de recursos  Tornar a atividade de mobilização cada vez mais transparente, legítima e juridicamente adequada
  • 11. Grupo de Direito da ABCR Objetivos  Realizar estudos e debates sobre mobilização de recursos e seus aspectos jurídicos  Aumentar o conhecimento do profissional de captação sobre legislação  Apoiar o aprimoramento da legislação que rege a atividade de captação de recursos
  • 12. Grupo de Direito da ABCR Alguns temas de interesse  Estatuto Social (Associações e Fundações) e captação de recursos  Governança e captação de recursos  Tributos relacionados à atividade de captação de recursos  Imunidade, isenções e incentivos fiscais Títulos Qualificações e certificados (CEBAS, OSCIP, OS, UP, etc.) e seus reflexos na mobilização de recursos
  • 13. Grupo de Direito da ABCR Alguns temas de interesse  Questões jurídicas relacionadas às estratégias de captação de recursos  Contratos e convênios para mobilização de recursos  Aspectos trabalhistas relacionados à captação de recursos e formas de remuneração do captador
  • 14. Captação de recur sos via LEGADOS é possível? MS Sandra Helena Pedroso São Paulo: novembro/2013
  • 15. Legados?  É quando uma pessoa deixa um bem para uma organização em testamento; Dádiva deixada em testamento;  É coisa certa e determinada deixada a alguém, este será denominado de legatário, que pode ser qualquer pessoa, parente ou estranha, natural ou jurídica, civil ou comercial, só há legado por via do testamento.
  • 16. Her ança?  Aquilo que se tr ansmite por hereditariedade;  É o conjunto de bens ou o patrimônio deixado por uma pessoa que faleceu;  É a totalidade ou par te ideal do patrimônio do de cujus, a her ança pode dar-se por lei ou por disposição de última vontade, testamento.
  • 17. Her deiro x Le gatário • Aufer e todos ou fr ação dos direitos • Recebe coisa determinada e patrimoniais do de precisa, ou seja, cujus sem uma porção discriminar o valor concreta do acervo ou objeto, além de hereditário; repr esentar o defunto nos efeitos • Não representa o falecido; patrimoniais. • Responderá pelas dívidas quando a herança for insolvável ou por determinação do testador.
  • 18. Testamento • É o ato pelo qual uma pessoa, o testador, deter mina como deseja dispor seus bens depois de sua mor te. • Ser ve par a que a pessoa disponha dos seus bens de acor do com sua vontade.
  • 19. Testamenteiro •Pode ser qualquer pessoa, desde que capaz e idônea. •A obrigação é de cumprir as disposições testamentárias. •Na falta deste é nomeado pelo juiz.
  • 20. Testamento • É o ato pelo qual uma pessoa, o testador, deter mina como deseja dispor seus bens depois de sua mor te. • Ser ve par a que a pessoa disponha dos seus bens de acor do com sua vontade.
  • 21. Testamenteiro •Pode ser qualquer pessoa, desde que capaz e idônea. •A obrigação é de cumprir as disposições testamentárias. •Na falta deste é nomeado pelo juiz.
  • 22. Quais tipos • Le gado de coisa alheia: não lhe per tence; • Le gado de coisa comum: objeto per tence somente em par te ao testador ; • Le gado de coisa singularizada:coisa especificada por suas car acterísticas;
  • 23. Quais tipos • Le gado de Crédito ou de Quitação de Dívida: par a quitação de dívida; • Le gado de Alimentos: se par a medicamentos, ou par a habitação, ou educação; • Le gado de Usufr uto: r ecebe um dir eito, o dir eito de usar e fr uir de uma pr opriedade alheia;
  • 24. O que deixar? • • • • Dinheiro; Bem móvel; Bem imóvel; Ações.
  • 25. Como fazer? Particular: no cartório, na presença de três testemunhas. As testemunhas devem estar presentes para confirmar na abertura do testamento. Público: no cartório, as declarações são registradas por um tabelião na presença de duas testemunhas.
  • 26. Impostos • Verifique na localidade da her ança; • De 1% a 8%.
  • 27. Referência • http://fer nandonogueir acosta.wor dpr ess.com/2012/1 0/04/testamento-sucessao-e-par tilha-de-bens-aindaem-vida/ • http://www.r eceita.fazenda.gov.br/PessoaFisica/DOI /Per guntas/Her ancaLe gadoMeacao.htm • http://www.assisefe.or g.br/editoriais/her anca-oule gado/ • http://www.viajus.com.br/viajus.php? pa gina=ar tigos&id=3385&idAr eaSel=5&seeAr t=yes • http://www.icr c.or g/por/donations/bequestsle gacies/index.jsp • http://www.gr eenpeace.or g/ar gentina/es/sobr enosotr os/le gados/