SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Baixar para ler offline
Parte 1
Jogos: discussão teórica
>Jogos e Aprendizagem.
>Autoria, Autonomia, Interação e Colaboração.
>Avaliação em atividades com uso de jogos.
>Proposta para uso de jogos no contexto
escolar.
Unanimidade sobre a importância da utilização dos jogos no processo de
ensino aprendizagem.
Por que utilizar jogos educativos no processo
ensino aprendizagem?
Mattar (2010) jogos só pela sensação de prazer à qual os jogadores são submetido acaba propiciando
um aprendizado involuntário e descompromissado, sem pressão. Qual o problema em aplicar esta
estratégia de aprendizado leve e sem cobranças em nossas escolas? Metodologia esta onde o aluno
aprende quando menos espera e reproduz este conhecimento de forma natural e na maioria das vezes
coletivamente. Prensky, sempre faz referência a jogos, afirma que todos eles tem algo a ensinar. Por que
não introduzir jogos ao contexto escolar ou então transformar o aprendizado em algo tão prazeroso
quanto os games?
O aprendizado baseado em jogos digitais (Digital Game Based Learning, (...) DGBL) está baseado em‐
duas premissas: os aprendizes mudaram em diversos pontos fundamentais e são de uma geração que
experienciou profundamente, enquanto crescia, pela primeira vez na história, uma forma radicalmente
nova de jogar computadores e videogames.‐
Assistimos então a uma descontinuidade, inclusive na maneira como essas gerações aprendem. Por isso,
boa parte dos dados que colhemos e das teorias que formulamos no passado, sobre como as pessoas
pensam e aprendem, podem não se aplicar mais. Devemos levar em consideração novos estilos de
aprendizagem. DGBL, ainda utilizado timidamente, não é o único método, mas é um método que
consegue atingir essa nova geração. E o DGBL não serve apenas para atividades de revisão, mas para
o
aprendizado efetivo de diversos temas. (MATTAR, 2009)
Pontos para discutir...
> Aprendizagem exige experiência, não apenas memorização
abstrata
> Cenários simulados (papeis ativos, autorais):
# Os objetivos da aprendizagem precisam ser autênticos:
# Problematizar situações reais.
# Desenvolver a cidadania do estudante.
# Trabalhar colaborativamente, aprender a argumentar, negociar
textos mais bem fundamentados (concertar resultados), intervir
na realidade com responsabilidade (ética profissional).
Que tipo de jogos fomentam a autoria, autonomia, interação e
colaboração estudantil?
> Os que tem como objetivo ou permitem ao professor orientar e
avaliar os procedimentos de aprendizagem, sem serem
intrusivos.
Autoria, Autonomia, Interação, Colaboração e
uso de jogos educativos.
Como é a avaliação no contexto do uso de jogos educativos?
> Avaliação diagnóstica (ex: ludo educativo).
> Permitem ao professor conhece as dificuldades dos
estudantes.
> Os erros no jogo evidenciam os pontos serem rediscutidos
com os estudantes.
> As dificuldades para avançar no jogo podem mostrar a
necessidade de trabalhar o desenvolvimento de algumas
competências.
É preciso estar atento?
O que fazer com os resultados dos jogos?
Avaliação em atividades com uso de
jogos.
1. Planejamento.
2. Experimentação.
3. Síntese rápida dos conteúdos mencionados em cada jogo.
4. Verificação das regras.
5. Proposta de atividades relacionadas aos conteúdos dos jogos.
Atenção para algumas
questões didáticas!
> Jogo: Estação da multiplicação.
> Conteúdo: Multiplicação.
> Objetivos: Desenvolver a percepção de sequência
numérica.
Análise coletiva de uso e jogo educativo.
Exemplo 1
Qual atividade associada pode ser proposta?
> Jogo: Ludo Educativo.
> Conteúdo: Diversos conteúdos (9° ano/E.M).
> Objetivos: Revisar o conteúdo de História do 9° ano E.M.
Análise coletiva de uso e jogo educativo.
Exemplo 2
Qual atividade associada pode ser proposta?
> Jogo: Jogo da Migração.
> Conteúdo: Migração e mecanismos de adaptação.
> Objetivos: Reconhecer as características das aves
migratórias e estudar as adaptações ao voo.
Análise coletiva de uso e jogo educativo.
Exemplo 3
Qual atividade associada pode ser proposta?
> Jogo: Jogo da memória do futebol.
> Conteúdo: Passes e jogadas do futebol.
> Objetivos: Conhecer os passes e jogadas do futebol.
Análise coletiva de uso e jogo educativo.
Exemplo 4
Qual atividade associada pode ser proposta?
Explorando recursos
>CD com sugestões do NTE-Regional:
>PhET (Physics Education Technology):
Simuladores de fenômenos físicos,
químicos, biológicos e matemáticos.
# Online: https://phet.colorado.edu/pt/
# Offline: http://www.baixaki.com.br/download/phet.htm
Observação – problematização – explicação – jogo entre grupos.
> Formação de grupos de professores.
> Exploração do CD e das simulações.
> Elaboração de proposta inicial contendo:
# Conteúdo e objetivo(s).
# Atividade associada ao uso do jogo.
# Avaliação.
> Socialização:
# Novas possibilidades.
# Discussão da adequação das propostas.
# Socialização de recursos já utilizados pelo grupo.
Atividade 1 – Proposta de atividade com uso
de jogo educativo:
Oficina Jogos e Gamificação - Parte 1 (jogos)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gamificação Educacional aplicada ao Ensino a Distância
Gamificação Educacional aplicada ao Ensino a DistânciaGamificação Educacional aplicada ao Ensino a Distância
Gamificação Educacional aplicada ao Ensino a DistânciaCláudia Gomes
 
Jogos educativos computadorizados
Jogos educativos computadorizadosJogos educativos computadorizados
Jogos educativos computadorizadosguestf960fc6
 
Que características deverá então ter o software educativo
Que características deverá então ter o software educativoQue características deverá então ter o software educativo
Que características deverá então ter o software educativoErica Santos
 
Game Design & Desing Instrucional
Game Design & Desing InstrucionalGame Design & Desing Instrucional
Game Design & Desing InstrucionalJoao Mattar
 
Digital Game-based Learning
Digital Game-based LearningDigital Game-based Learning
Digital Game-based Learningjuangp3
 
Jogo na sala de aula
Jogo na sala de aulaJogo na sala de aula
Jogo na sala de aulaErikatanji
 
Softwares educacionais
Softwares educacionaisSoftwares educacionais
Softwares educacionaisNaysa Taboada
 
Perspectivas sobre a Gamificação
Perspectivas sobre a GamificaçãoPerspectivas sobre a Gamificação
Perspectivas sobre a GamificaçãoSandra Oliveira
 
Palestra Gamificação na Educação - Congresso Internacional do IESPES 2018
Palestra Gamificação na Educação - Congresso Internacional do IESPES 2018Palestra Gamificação na Educação - Congresso Internacional do IESPES 2018
Palestra Gamificação na Educação - Congresso Internacional do IESPES 2018Márcio Darlen Lopes Cavalcante
 
Games Em Educação: como os nativos digitais aprendem
Games Em Educação: como os nativos digitais aprendemGames Em Educação: como os nativos digitais aprendem
Games Em Educação: como os nativos digitais aprendemJoao Mattar
 
Avaliação de jogos na EI
Avaliação de jogos na EIAvaliação de jogos na EI
Avaliação de jogos na EICaroldias17
 
Jogos matemáticos slide
Jogos matemáticos slideJogos matemáticos slide
Jogos matemáticos slideMarli Franca
 
Gamificação como estratégia no ensino superior online: qual o investimento?
Gamificação como estratégia no ensino superior online: qual o investimento?Gamificação como estratégia no ensino superior online: qual o investimento?
Gamificação como estratégia no ensino superior online: qual o investimento?Cláudia Gomes
 

Mais procurados (18)

Gamificação Educacional aplicada ao Ensino a Distância
Gamificação Educacional aplicada ao Ensino a DistânciaGamificação Educacional aplicada ao Ensino a Distância
Gamificação Educacional aplicada ao Ensino a Distância
 
Jogos educativos computadorizados
Jogos educativos computadorizadosJogos educativos computadorizados
Jogos educativos computadorizados
 
Que características deverá então ter o software educativo
Que características deverá então ter o software educativoQue características deverá então ter o software educativo
Que características deverá então ter o software educativo
 
Game Design & Desing Instrucional
Game Design & Desing InstrucionalGame Design & Desing Instrucional
Game Design & Desing Instrucional
 
Software educacional roseli
Software educacional roseliSoftware educacional roseli
Software educacional roseli
 
Digital Game-based Learning
Digital Game-based LearningDigital Game-based Learning
Digital Game-based Learning
 
Jogo na sala de aula
Jogo na sala de aulaJogo na sala de aula
Jogo na sala de aula
 
Softwares educacionais
Softwares educacionaisSoftwares educacionais
Softwares educacionais
 
Software educativo
Software educativoSoftware educativo
Software educativo
 
Perspectivas sobre a Gamificação
Perspectivas sobre a GamificaçãoPerspectivas sobre a Gamificação
Perspectivas sobre a Gamificação
 
Palestra Gamificação na Educação - Congresso Internacional do IESPES 2018
Palestra Gamificação na Educação - Congresso Internacional do IESPES 2018Palestra Gamificação na Educação - Congresso Internacional do IESPES 2018
Palestra Gamificação na Educação - Congresso Internacional do IESPES 2018
 
Games Em Educação: como os nativos digitais aprendem
Games Em Educação: como os nativos digitais aprendemGames Em Educação: como os nativos digitais aprendem
Games Em Educação: como os nativos digitais aprendem
 
Avaliação de jogos na EI
Avaliação de jogos na EIAvaliação de jogos na EI
Avaliação de jogos na EI
 
Jogos matemáticos slide
Jogos matemáticos slideJogos matemáticos slide
Jogos matemáticos slide
 
Softwares Educacionais
Softwares EducacionaisSoftwares Educacionais
Softwares Educacionais
 
Gamificação como estratégia no ensino superior online: qual o investimento?
Gamificação como estratégia no ensino superior online: qual o investimento?Gamificação como estratégia no ensino superior online: qual o investimento?
Gamificação como estratégia no ensino superior online: qual o investimento?
 
Ativ1 8roberto
Ativ1 8robertoAtiv1 8roberto
Ativ1 8roberto
 
Ufopa - Gamificação na Educação Palestra 2
Ufopa -  Gamificação na Educação Palestra 2Ufopa -  Gamificação na Educação Palestra 2
Ufopa - Gamificação na Educação Palestra 2
 

Destaque

Apostila módulo 4 - Editor de apresentação - Impress
Apostila módulo 4  - Editor de apresentação - ImpressApostila módulo 4  - Editor de apresentação - Impress
Apostila módulo 4 - Editor de apresentação - ImpressDirce Cristiane Camilotti
 
Formação continuada e PROGETECs no NTE-Regional/MS
Formação continuada e PROGETECs no NTE-Regional/MSFormação continuada e PROGETECs no NTE-Regional/MS
Formação continuada e PROGETECs no NTE-Regional/MSDirce Cristiane Camilotti
 
Formação inicial - PROGETECs - NTE-Regional/MS
Formação inicial - PROGETECs - NTE-Regional/MSFormação inicial - PROGETECs - NTE-Regional/MS
Formação inicial - PROGETECs - NTE-Regional/MSDirce Cristiane Camilotti
 
Unid 3 blog - Curso IED - Proinfo
Unid 3 blog - Curso IED - ProinfoUnid 3 blog - Curso IED - Proinfo
Unid 3 blog - Curso IED - ProinfoBenilde Ramalho
 
Gerenciamento e registros de uso das TIC - NTE-Regional/MS
Gerenciamento e registros de uso das TIC - NTE-Regional/MSGerenciamento e registros de uso das TIC - NTE-Regional/MS
Gerenciamento e registros de uso das TIC - NTE-Regional/MSDirce Cristiane Camilotti
 
Curso linux educacional
Curso linux educacional Curso linux educacional
Curso linux educacional Naysa Taboada
 
Planejamento e atividades com uso das TDIC - NTE0Regional/MS
Planejamento e atividades com uso das TDIC - NTE0Regional/MSPlanejamento e atividades com uso das TDIC - NTE0Regional/MS
Planejamento e atividades com uso das TDIC - NTE0Regional/MSDirce Cristiane Camilotti
 
Apostila Linux Educacional 3.0
Apostila Linux Educacional 3.0Apostila Linux Educacional 3.0
Apostila Linux Educacional 3.0Adriana Sousa
 
Slides linux educacional 3
Slides linux educacional 3Slides linux educacional 3
Slides linux educacional 3Faustinho006br
 

Destaque (20)

Sistema operacional linux
Sistema operacional linuxSistema operacional linux
Sistema operacional linux
 
Proinfo integrado
Proinfo integradoProinfo integrado
Proinfo integrado
 
Apresentacao linux basico-nte-reg
Apresentacao linux basico-nte-regApresentacao linux basico-nte-reg
Apresentacao linux basico-nte-reg
 
Módulo I - Linux Básico
Módulo I - Linux BásicoMódulo I - Linux Básico
Módulo I - Linux Básico
 
Módulo i
Módulo iMódulo i
Módulo i
 
Apostila módulo 4 - Editor de apresentação - Impress
Apostila módulo 4  - Editor de apresentação - ImpressApostila módulo 4  - Editor de apresentação - Impress
Apostila módulo 4 - Editor de apresentação - Impress
 
Formação continuada e PROGETECs no NTE-Regional/MS
Formação continuada e PROGETECs no NTE-Regional/MSFormação continuada e PROGETECs no NTE-Regional/MS
Formação continuada e PROGETECs no NTE-Regional/MS
 
Apostila Módulo 6 - Internet e Mozilla
Apostila Módulo 6  - Internet e MozillaApostila Módulo 6  - Internet e Mozilla
Apostila Módulo 6 - Internet e Mozilla
 
Formação inicial - PROGETECs - NTE-Regional/MS
Formação inicial - PROGETECs - NTE-Regional/MSFormação inicial - PROGETECs - NTE-Regional/MS
Formação inicial - PROGETECs - NTE-Regional/MS
 
Unid 3 blog - Curso IED - Proinfo
Unid 3 blog - Curso IED - ProinfoUnid 3 blog - Curso IED - Proinfo
Unid 3 blog - Curso IED - Proinfo
 
Ppp informatica
Ppp informaticaPpp informatica
Ppp informatica
 
Gerenciamento e registros de uso das TIC - NTE-Regional/MS
Gerenciamento e registros de uso das TIC - NTE-Regional/MSGerenciamento e registros de uso das TIC - NTE-Regional/MS
Gerenciamento e registros de uso das TIC - NTE-Regional/MS
 
Apostila módulo 5 - Calc - fonte IFRS
Apostila módulo 5 - Calc - fonte IFRSApostila módulo 5 - Calc - fonte IFRS
Apostila módulo 5 - Calc - fonte IFRS
 
Curso linux educacional
Curso linux educacional Curso linux educacional
Curso linux educacional
 
Planejamento e atividades com uso das TDIC - NTE0Regional/MS
Planejamento e atividades com uso das TDIC - NTE0Regional/MSPlanejamento e atividades com uso das TDIC - NTE0Regional/MS
Planejamento e atividades com uso das TDIC - NTE0Regional/MS
 
Projetos - NTE-Regional
Projetos - NTE-RegionalProjetos - NTE-Regional
Projetos - NTE-Regional
 
Apostila módulo 3c
Apostila módulo 3cApostila módulo 3c
Apostila módulo 3c
 
Minha apresentação
Minha apresentaçãoMinha apresentação
Minha apresentação
 
Apostila Linux Educacional 3.0
Apostila Linux Educacional 3.0Apostila Linux Educacional 3.0
Apostila Linux Educacional 3.0
 
Slides linux educacional 3
Slides linux educacional 3Slides linux educacional 3
Slides linux educacional 3
 

Semelhante a Oficina Jogos e Gamificação - Parte 1 (jogos)

Jogos didáticos no ensino de Português como Língua Estrangeira
Jogos didáticos no ensino de Português como Língua EstrangeiraJogos didáticos no ensino de Português como Língua Estrangeira
Jogos didáticos no ensino de Português como Língua EstrangeiraCarol Lacerda
 
Como os nativos digitais aprendem
Como os nativos digitais aprendemComo os nativos digitais aprendem
Como os nativos digitais aprendemtecampinasoeste
 
Aprendizagem baseada em Jogos Digitais: Entrevistas com professores que uti...
Aprendizagem baseada em Jogos Digitais:Entrevistas com professores que uti...Aprendizagem baseada em Jogos Digitais:Entrevistas com professores que uti...
Aprendizagem baseada em Jogos Digitais: Entrevistas com professores que uti...Ruth S. Contreras Espinosa
 
Jogos no ensino da Matemática.ppt
Jogos no ensino da Matemática.pptJogos no ensino da Matemática.ppt
Jogos no ensino da Matemática.pptdenizewan17
 
Gamecognição - Aprendendo a aprender
Gamecognição - Aprendendo a aprenderGamecognição - Aprendendo a aprender
Gamecognição - Aprendendo a aprenderFrederico Alencar
 
Digital Natives and Videogames
Digital Natives and VideogamesDigital Natives and Videogames
Digital Natives and VideogamesMário
 
Jogos didáticos mb (1)
Jogos didáticos mb (1)Jogos didáticos mb (1)
Jogos didáticos mb (1)mariamaricota1
 
Formação História Geografia 15 09
Formação História Geografia 15 09Formação História Geografia 15 09
Formação História Geografia 15 09Marco Santos
 
Design de jogos educacionais na perspectiva histórico-cultural
Design de jogos educacionais na perspectiva histórico-culturalDesign de jogos educacionais na perspectiva histórico-cultural
Design de jogos educacionais na perspectiva histórico-culturalUTFPR
 
Caderno-de-Jogos MATEMATICA PACTO.pdf
Caderno-de-Jogos MATEMATICA PACTO.pdfCaderno-de-Jogos MATEMATICA PACTO.pdf
Caderno-de-Jogos MATEMATICA PACTO.pdfLília Marques
 
Vamos brincar de ping pong? O Jogo como alternativa na prática educativa mate...
Vamos brincar de ping pong? O Jogo como alternativa na prática educativa mate...Vamos brincar de ping pong? O Jogo como alternativa na prática educativa mate...
Vamos brincar de ping pong? O Jogo como alternativa na prática educativa mate...Luciana Mendonça
 
Atividade avaliativa final
Atividade avaliativa finalAtividade avaliativa final
Atividade avaliativa finalordele
 
Uso de jogos na escola
Uso de jogos na escolaUso de jogos na escola
Uso de jogos na escolaCamila Dantas
 
Apostila capacitacao matematica
Apostila capacitacao matematicaApostila capacitacao matematica
Apostila capacitacao matematicaMarcela Fernandes
 

Semelhante a Oficina Jogos e Gamificação - Parte 1 (jogos) (20)

Jogos didáticos no ensino de Português como Língua Estrangeira
Jogos didáticos no ensino de Português como Língua EstrangeiraJogos didáticos no ensino de Português como Língua Estrangeira
Jogos didáticos no ensino de Português como Língua Estrangeira
 
Como os nativos digitais aprendem
Como os nativos digitais aprendemComo os nativos digitais aprendem
Como os nativos digitais aprendem
 
Aprendizagem baseada em Jogos Digitais: Entrevistas com professores que uti...
Aprendizagem baseada em Jogos Digitais:Entrevistas com professores que uti...Aprendizagem baseada em Jogos Digitais:Entrevistas com professores que uti...
Aprendizagem baseada em Jogos Digitais: Entrevistas com professores que uti...
 
Jogos no ensino da Matemática.ppt
Jogos no ensino da Matemática.pptJogos no ensino da Matemática.ppt
Jogos no ensino da Matemática.ppt
 
Care marcia
Care marciaCare marcia
Care marcia
 
Gamecognição - Aprendendo a aprender
Gamecognição - Aprendendo a aprenderGamecognição - Aprendendo a aprender
Gamecognição - Aprendendo a aprender
 
Comunicacoes orais co0021
Comunicacoes orais co0021Comunicacoes orais co0021
Comunicacoes orais co0021
 
Digital Natives and Videogames
Digital Natives and VideogamesDigital Natives and Videogames
Digital Natives and Videogames
 
Jogo matemático
Jogo matemáticoJogo matemático
Jogo matemático
 
Jogo matemático
Jogo matemáticoJogo matemático
Jogo matemático
 
Jogos didáticos mb (1)
Jogos didáticos mb (1)Jogos didáticos mb (1)
Jogos didáticos mb (1)
 
Formação História Geografia 15 09
Formação História Geografia 15 09Formação História Geografia 15 09
Formação História Geografia 15 09
 
Design de jogos educacionais na perspectiva histórico-cultural
Design de jogos educacionais na perspectiva histórico-culturalDesign de jogos educacionais na perspectiva histórico-cultural
Design de jogos educacionais na perspectiva histórico-cultural
 
Pre projeto
Pre projetoPre projeto
Pre projeto
 
Caderno-de-Jogos MATEMATICA PACTO.pdf
Caderno-de-Jogos MATEMATICA PACTO.pdfCaderno-de-Jogos MATEMATICA PACTO.pdf
Caderno-de-Jogos MATEMATICA PACTO.pdf
 
Vamos brincar de ping pong? O Jogo como alternativa na prática educativa mate...
Vamos brincar de ping pong? O Jogo como alternativa na prática educativa mate...Vamos brincar de ping pong? O Jogo como alternativa na prática educativa mate...
Vamos brincar de ping pong? O Jogo como alternativa na prática educativa mate...
 
Jogos Educacionais Computadorizados
Jogos Educacionais ComputadorizadosJogos Educacionais Computadorizados
Jogos Educacionais Computadorizados
 
Atividade avaliativa final
Atividade avaliativa finalAtividade avaliativa final
Atividade avaliativa final
 
Uso de jogos na escola
Uso de jogos na escolaUso de jogos na escola
Uso de jogos na escola
 
Apostila capacitacao matematica
Apostila capacitacao matematicaApostila capacitacao matematica
Apostila capacitacao matematica
 

Mais de Dirce Cristiane Camilotti

Planejamento de aula - receitas de famílias - patrimônio cultural
Planejamento de aula - receitas de famílias - patrimônio culturalPlanejamento de aula - receitas de famílias - patrimônio cultural
Planejamento de aula - receitas de famílias - patrimônio culturalDirce Cristiane Camilotti
 
Apresentacao da curadoria_digital_-_projetos_e_praticas_ii
Apresentacao da curadoria_digital_-_projetos_e_praticas_iiApresentacao da curadoria_digital_-_projetos_e_praticas_ii
Apresentacao da curadoria_digital_-_projetos_e_praticas_iiDirce Cristiane Camilotti
 
Slides educacao inclusiva-e_educacao_especial
Slides educacao inclusiva-e_educacao_especialSlides educacao inclusiva-e_educacao_especial
Slides educacao inclusiva-e_educacao_especialDirce Cristiane Camilotti
 
Nosso lugar no mundo-EESolonBorges-welington
Nosso lugar no mundo-EESolonBorges-welingtonNosso lugar no mundo-EESolonBorges-welington
Nosso lugar no mundo-EESolonBorges-welingtonDirce Cristiane Camilotti
 

Mais de Dirce Cristiane Camilotti (16)

Planejamento de aula - receitas de famílias - patrimônio cultural
Planejamento de aula - receitas de famílias - patrimônio culturalPlanejamento de aula - receitas de famílias - patrimônio cultural
Planejamento de aula - receitas de famílias - patrimônio cultural
 
Imersão na prática ed. patrimonial
Imersão na prática   ed. patrimonialImersão na prática   ed. patrimonial
Imersão na prática ed. patrimonial
 
Apresentacao da curadoria_digital_-_projetos_e_praticas_ii
Apresentacao da curadoria_digital_-_projetos_e_praticas_iiApresentacao da curadoria_digital_-_projetos_e_praticas_ii
Apresentacao da curadoria_digital_-_projetos_e_praticas_ii
 
Slides educacao inclusiva-e_educacao_especial
Slides educacao inclusiva-e_educacao_especialSlides educacao inclusiva-e_educacao_especial
Slides educacao inclusiva-e_educacao_especial
 
Apostila módulo 3b
Apostila módulo 3bApostila módulo 3b
Apostila módulo 3b
 
Apostila módulo 3a
Apostila módulo 3aApostila módulo 3a
Apostila módulo 3a
 
Apostila Módulo 2 - Linux Educacional
Apostila Módulo 2  - Linux EducacionalApostila Módulo 2  - Linux Educacional
Apostila Módulo 2 - Linux Educacional
 
Nosso lugar no mundo-EESolonBorges-samuel
Nosso lugar no mundo-EESolonBorges-samuelNosso lugar no mundo-EESolonBorges-samuel
Nosso lugar no mundo-EESolonBorges-samuel
 
Nosso lugar no mundo-EESolonBorges-matheus
Nosso lugar no mundo-EESolonBorges-matheusNosso lugar no mundo-EESolonBorges-matheus
Nosso lugar no mundo-EESolonBorges-matheus
 
Nosso lugar no mundo-EESolonBorges-welington
Nosso lugar no mundo-EESolonBorges-welingtonNosso lugar no mundo-EESolonBorges-welington
Nosso lugar no mundo-EESolonBorges-welington
 
Uso pedagógico do tablet
Uso pedagógico do tabletUso pedagógico do tablet
Uso pedagógico do tablet
 
Manual do tablet educacional
Manual do tablet educacionalManual do tablet educacional
Manual do tablet educacional
 
Lousa Digital - NTE Regional
Lousa Digital - NTE RegionalLousa Digital - NTE Regional
Lousa Digital - NTE Regional
 
Apostila do Módulo VI - Internet
Apostila do Módulo VI - InternetApostila do Módulo VI - Internet
Apostila do Módulo VI - Internet
 
Módulo v - Planilha Eletrônica
Módulo v - Planilha EletrônicaMódulo v - Planilha Eletrônica
Módulo v - Planilha Eletrônica
 
Webquest
WebquestWebquest
Webquest
 

Último

EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 

Oficina Jogos e Gamificação - Parte 1 (jogos)

  • 1. Parte 1 Jogos: discussão teórica >Jogos e Aprendizagem. >Autoria, Autonomia, Interação e Colaboração. >Avaliação em atividades com uso de jogos. >Proposta para uso de jogos no contexto escolar.
  • 2. Unanimidade sobre a importância da utilização dos jogos no processo de ensino aprendizagem. Por que utilizar jogos educativos no processo ensino aprendizagem?
  • 3. Mattar (2010) jogos só pela sensação de prazer à qual os jogadores são submetido acaba propiciando um aprendizado involuntário e descompromissado, sem pressão. Qual o problema em aplicar esta estratégia de aprendizado leve e sem cobranças em nossas escolas? Metodologia esta onde o aluno aprende quando menos espera e reproduz este conhecimento de forma natural e na maioria das vezes coletivamente. Prensky, sempre faz referência a jogos, afirma que todos eles tem algo a ensinar. Por que não introduzir jogos ao contexto escolar ou então transformar o aprendizado em algo tão prazeroso quanto os games? O aprendizado baseado em jogos digitais (Digital Game Based Learning, (...) DGBL) está baseado em‐ duas premissas: os aprendizes mudaram em diversos pontos fundamentais e são de uma geração que experienciou profundamente, enquanto crescia, pela primeira vez na história, uma forma radicalmente nova de jogar computadores e videogames.‐ Assistimos então a uma descontinuidade, inclusive na maneira como essas gerações aprendem. Por isso, boa parte dos dados que colhemos e das teorias que formulamos no passado, sobre como as pessoas pensam e aprendem, podem não se aplicar mais. Devemos levar em consideração novos estilos de aprendizagem. DGBL, ainda utilizado timidamente, não é o único método, mas é um método que consegue atingir essa nova geração. E o DGBL não serve apenas para atividades de revisão, mas para o aprendizado efetivo de diversos temas. (MATTAR, 2009)
  • 4.
  • 5. Pontos para discutir... > Aprendizagem exige experiência, não apenas memorização abstrata > Cenários simulados (papeis ativos, autorais): # Os objetivos da aprendizagem precisam ser autênticos: # Problematizar situações reais. # Desenvolver a cidadania do estudante. # Trabalhar colaborativamente, aprender a argumentar, negociar textos mais bem fundamentados (concertar resultados), intervir na realidade com responsabilidade (ética profissional). Que tipo de jogos fomentam a autoria, autonomia, interação e colaboração estudantil? > Os que tem como objetivo ou permitem ao professor orientar e avaliar os procedimentos de aprendizagem, sem serem intrusivos. Autoria, Autonomia, Interação, Colaboração e uso de jogos educativos.
  • 6. Como é a avaliação no contexto do uso de jogos educativos? > Avaliação diagnóstica (ex: ludo educativo). > Permitem ao professor conhece as dificuldades dos estudantes. > Os erros no jogo evidenciam os pontos serem rediscutidos com os estudantes. > As dificuldades para avançar no jogo podem mostrar a necessidade de trabalhar o desenvolvimento de algumas competências. É preciso estar atento? O que fazer com os resultados dos jogos? Avaliação em atividades com uso de jogos.
  • 7. 1. Planejamento. 2. Experimentação. 3. Síntese rápida dos conteúdos mencionados em cada jogo. 4. Verificação das regras. 5. Proposta de atividades relacionadas aos conteúdos dos jogos. Atenção para algumas questões didáticas!
  • 8. > Jogo: Estação da multiplicação. > Conteúdo: Multiplicação. > Objetivos: Desenvolver a percepção de sequência numérica. Análise coletiva de uso e jogo educativo. Exemplo 1 Qual atividade associada pode ser proposta?
  • 9. > Jogo: Ludo Educativo. > Conteúdo: Diversos conteúdos (9° ano/E.M). > Objetivos: Revisar o conteúdo de História do 9° ano E.M. Análise coletiva de uso e jogo educativo. Exemplo 2 Qual atividade associada pode ser proposta?
  • 10. > Jogo: Jogo da Migração. > Conteúdo: Migração e mecanismos de adaptação. > Objetivos: Reconhecer as características das aves migratórias e estudar as adaptações ao voo. Análise coletiva de uso e jogo educativo. Exemplo 3 Qual atividade associada pode ser proposta?
  • 11. > Jogo: Jogo da memória do futebol. > Conteúdo: Passes e jogadas do futebol. > Objetivos: Conhecer os passes e jogadas do futebol. Análise coletiva de uso e jogo educativo. Exemplo 4 Qual atividade associada pode ser proposta?
  • 12. Explorando recursos >CD com sugestões do NTE-Regional: >PhET (Physics Education Technology): Simuladores de fenômenos físicos, químicos, biológicos e matemáticos. # Online: https://phet.colorado.edu/pt/ # Offline: http://www.baixaki.com.br/download/phet.htm Observação – problematização – explicação – jogo entre grupos.
  • 13. > Formação de grupos de professores. > Exploração do CD e das simulações. > Elaboração de proposta inicial contendo: # Conteúdo e objetivo(s). # Atividade associada ao uso do jogo. # Avaliação. > Socialização: # Novas possibilidades. # Discussão da adequação das propostas. # Socialização de recursos já utilizados pelo grupo. Atividade 1 – Proposta de atividade com uso de jogo educativo: