SlideShare uma empresa Scribd logo
Os 10 sabotadores do seu sucesso!
• Honestidade e Comprometimento
COM VOCÊ!
Quando você quer conquistar algo
costuma desistir antes de tentar?
Tem certeza que quer mesmo fazer
seu negócio Mary Kay dar certo para
você?
Você tem um bom motivo para fazer
isso?
O que são esses sabotadores?
Sabotadores são pequenos vícios que você
não se apercebe que faz, mas que
destroem carreiras, relacionamentos,
negócios, a felicidade, o bem-estar,
impedem no fundo que seja bem sucedido
naquilo a que se propõe.
sabotadores tornam seu negócio mais difícil em vários aspectos. Incentivam você a
não fazer o que precisa ser feito. Minam a sua autoconfiança.
Eles projetam pensamentos na sua mente, muitas vezes, com a seguinte frase:
“Eu sei que deveria ter saído hoje e fazer novos contatos e vendas, mas tudo bem
porque...”
e terminam com inúmeras desculpas, como, por exemplo...
... tive um dia difícil;
... é só uma comemoração;
... já fiz isso antes e não funcionou;
... eu quero tanto, mas as pessoas...;
... não vai fazer diferença, não vou conseguir mesmo...
Em vez de simplesmente dizer para si mesmo:
“Tudo bem, eu errei; eu não poderia ter ficado em casa hoje, mas vou fazer tudo
correto AGORA!
Vamos conhecer algumas das
características e atitudes sabotadoras.
Se você se identificar com alguma
dessas atitudes, não desespere, é
sempre tempo de mudar.
FAZEM AS COISAS POR FAZER
São pessoas que estão recorrentemente preocupadas,
agitadas e atarefadas, o que fazem é sempre de extrema
importância. Elas são como aquele jogador de futebol que
corre sem objetivo pelo campo, sem pensar que, se
tivesse uma noção clara do que fazer, poderia esforçar-se
menos e obter melhores resultados.
NÃO TERMINAM O QUE FAZEM
São pessoas que não completam o curso de inglês ou
de música, etc. Iniciam tantas atividades ao mesmo
tempo, todas com a mesma prioridade, que não têm
fôlego para completar nenhuma delas.
ESTÃO SEMPRE COMEÇANDO ALGO
Como não completam os objetivos a que se
propuseram, essas pessoas apegam-se à ilusão de
que algo novo salvará as suas vidas: um novo projeto,
um novo trabalho, um novo amor, um novo terapeuta,
um novo estilo administrativo etc. Depois de algum
tempo, a motivação desaparece como por uma passe
de mágicas e elas têm que esquematizar uma nova
promessa de salvação para suas vidas.
NÃO PLANEJAM
Começam tudo por impulso, porque ficam
fascinados à primeira vista, sem analisar as
consequências. Quando surgem as
dificuldades, correm em busca de soluções
mágicas.
QUANDO PLANEJAM NÃO REALIZAM ESSES
OBJETIVOS
Estão constantemente tendo novas ideias, o que leva
à modificação de todo o planejamento, desvalorizando
o que havia sido combinado anteriormente. O seu
método preferido é iniciar algo sempre que uma crise
se instala.
NÃO TÊM NOÇÃO DE RITMO
Tendem a dedicar-se muito no inicio, com muita energia,
e por vezes um pouco fora da realidade, mas aos poucos
vão desanimando para mais tarde desistirem. São como
aquelas pessoas que, ao começar um curso de piano,
estudam 6 horas por dia, fazem aulas extras e compram
todos os discos. Mas aos poucos vão perdendo o ímpeto
até que, após alguns meses, chegam ao ponto de
esquecer que têm um piano.
PROCURAM SEMPRE SOLUÇÕES FANTÁSTICAS
O sucesso é construído de hábitos que devem ser implementados
diariamente, pouco a pouco e com a noção das capacidade que se tem.
Por exemplo, em vez de se consciencializarem de que um corpo bonito
e saudável é resultado de uma dieta adequada, acompanhada de
exercícios físicos, essas pessoas acreditam sempre que existe algum
tipo de regime fantástico que permite comer o que quiser e quanto
quiser. Nunca pagam o preço de nada.
VIVEM NO “QUASE”
Quase me formei, quase me casei, quase tive filhos. O “quase”
mantém a ilusão de sucesso dessas pessoas, pelo fato de terem
chegado perto do topo da montanha. Na verdade, elas procuram
não se comprometer. Usam muito a palavra “talvez” e a expressão
“pode ser”. Correm sempre “atrás” do futuro: gostaria, faria, levaria.
Note que a percepção interior e o comprometimento de alguém que
diz “vou a sua casa hoje às 9 horas” é muito diferente de uma
pessoa que diz simplesmente “talvez eu apareça em sua casa”.
NÃO LIGAM AOS DETALHES DIFERENCIADORES
O assistente vai à reunião de decisão sem o relatório. O
Carpinteiro vai à casa do cliente tirar as medidas para a
construção da mobília e não leva o instrumento de
medida. Não lê os informes da empresa e nem da diretora.
Nunca sabe de nada.
São os detalhes que fazem a diferença entre uma vitória e
uma derrota.
NÃO MANTÉM OS COMPROMISSOS
Como mudam de ideia com frequência, qualquer contratempo
é motivo suficiente para não cumprir os acordos previamente
estabelecidos. Estabelece-se um padrão sabotador de si
mesmo, perde-se a responsabilidade e a credibilidade.
Se você sabe onde se encontra o
problema ou sabe a melhor solução
para atingir seu objetivo, então isso
quer dizer que os resultados não
dependem de outras pessoas?
Concorda com isso?
Mas com tanta pressão, como vou
conseguir fazer tudo de forma assertiva?
Você precisa deixar de lado as crises existenciais
desnecessárias. A nossa mente, esforça-se sempre por ser
coerente, por contar uma história que tenha sentido. Se você
se sente mal, tem de existir uma justificação. E essa história é
apenas para proteger o seu ego e criar uma ilusão, para não
encarar a dura realidade que a responsabilidade é sua.
Como resolver?
 Deve esforçar-se para perceber que tipo de conflitos internos(sabotador) possui,
e prejudicam a obtenção dos seus resultados.
 Foque-se nas ações que lhe permitem atingir a meta.
 Não se trata de estabelecer um sistema rígido, em que completar o que começou
seja uma obrigação, sem permissão para crise ou sem flexibilidade para
mudanças, mas sim de aprender a decidir e a realizar o que é importante na vida,
sem adiar nem procurar justificações antecipadas.
 Quebre o padrão de percepção de incapacidade e comece a levar-se a sério.
 Acredite em si, leve as coisas até ao fim, mesmo que julgue ir fracassar.
 Aceite a possibilidade de fracassar/falhar, mas assuma esse risco. A aceitação
dessa possibilidade, permite-lhe ganhar experiência e testar as suas capacidades
e limites.
O que devemos mudar?
Talvez neste momento você esteja consciente de que têm alguns desses hábitos
que sabotam o seu sucesso (na verdade, todos nós em algumas áreas da nossa
vida cometemos alguns destes comportamentos inadequados).
A conscientização é o primeiro passo para a mudança.
A partir de agora observe esse hábito cada vez que ele surgir, analise as
consequências negativas para a sua vida e comece a desenvolver novos hábitos.
Simplifique a sua vida. O sucesso virá de forma natural.
ASSUMA-SE COMO É!
Olhe-se de frente, aceite-se com as suas virtudes e
defeitos, faça uma autoanálise e perceba o que
necessita melhorar. O que é que se propõe a
mudar, sem desculpas, sem “mas”, sem “se
isto…”, “se aquilo?”
 Quais são os sabotadores dos seus objetivos?
 Que hábitos tem que gostaria de mudar?
“ Torne-se líder do seu futuro e estabeleça metas. A diferença
entre as pessoas que estão no topo e as que não estão é a
diferença entre as metas que cada uma estabeleceu. Por isso,
torne-se uma pessoa que estabelece metas, inspire-se nelas e
transforme-as em realidade. E agora, mais uma coisa: aumente
um pouco essa meta. Não custa nada torná-la um pouco maior.”
(Mary Kay Ash)
OBRIGADA !

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Liderança com Inteligência Emocional
Liderança com Inteligência EmocionalLiderança com Inteligência Emocional
Liderança com Inteligência Emocional
Leonardo Filardi
 
AUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMA
AUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMAAUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMA
AUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Desenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocionalDesenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocional
Alexandre Rivero
 
Autorresponsabilidade
AutorresponsabilidadeAutorresponsabilidade
Autorresponsabilidade
Lorena Wagner Moreira Caetano
 
Inteligência emocional
Inteligência emocionalInteligência emocional
Inteligência emocional
Viviane Gonçalves
 
FOCO
FOCOFOCO
PNL - Crenças
PNL - CrençasPNL - Crenças
PNL - Crenças
Antonino Silva
 
Autoestima
AutoestimaAutoestima
O Que são Crenças Limitantes
O Que são Crenças LimitantesO Que são Crenças Limitantes
O Que são Crenças Limitantes
Getulio Chaves
 
A auto estima
A auto estimaA auto estima
A auto estima
Sara Baptista
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
Gerisval Pessoa
 
Palestra Inteligência Emocional - WLMBR
Palestra Inteligência Emocional - WLMBRPalestra Inteligência Emocional - WLMBR
Palestra Inteligência Emocional - WLMBR
Alessandra Gonzaga
 
Liderança segundo o monge e o executivo
Liderança segundo o monge e o executivoLiderança segundo o monge e o executivo
Liderança segundo o monge e o executivo
Andre Nascimento
 
A importancia da auto estima na mulher graça
A importancia da auto estima na mulher  graçaA importancia da auto estima na mulher  graça
A importancia da auto estima na mulher graça
Liene Campos
 
E-book Eliminando Crenças Limitantes.pdf
E-book Eliminando Crenças Limitantes.pdfE-book Eliminando Crenças Limitantes.pdf
E-book Eliminando Crenças Limitantes.pdf
Olival Paulino
 
Saúde emocional da mulher
Saúde emocional da mulherSaúde emocional da mulher
Saúde emocional da mulher
Pra Paula Barros
 
Inteligência emocional e o perfil do empreendedor
Inteligência emocional e o perfil do empreendedorInteligência emocional e o perfil do empreendedor
Inteligência emocional e o perfil do empreendedor
Yonara Mateus
 
Comunicação Não Violenta
Comunicação Não ViolentaComunicação Não Violenta
Comunicação Não Violenta
Anny Caroline Sousa
 
Ppt apostila liderança de equipes_prof. randes_13.02.13
Ppt apostila liderança de equipes_prof. randes_13.02.13Ppt apostila liderança de equipes_prof. randes_13.02.13
Ppt apostila liderança de equipes_prof. randes_13.02.13
Prof. Randes Enes, M.Sc.
 
Auto estima.ppt 2014 (hj)
Auto estima.ppt 2014 (hj)Auto estima.ppt 2014 (hj)
Auto estima.ppt 2014 (hj)
Edmilson POV 2011 Siqueira de Sá
 

Mais procurados (20)

Liderança com Inteligência Emocional
Liderança com Inteligência EmocionalLiderança com Inteligência Emocional
Liderança com Inteligência Emocional
 
AUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMA
AUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMAAUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMA
AUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMA
 
Desenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocionalDesenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocional
 
Autorresponsabilidade
AutorresponsabilidadeAutorresponsabilidade
Autorresponsabilidade
 
Inteligência emocional
Inteligência emocionalInteligência emocional
Inteligência emocional
 
FOCO
FOCOFOCO
FOCO
 
PNL - Crenças
PNL - CrençasPNL - Crenças
PNL - Crenças
 
Autoestima
AutoestimaAutoestima
Autoestima
 
O Que são Crenças Limitantes
O Que são Crenças LimitantesO Que são Crenças Limitantes
O Que são Crenças Limitantes
 
A auto estima
A auto estimaA auto estima
A auto estima
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
 
Palestra Inteligência Emocional - WLMBR
Palestra Inteligência Emocional - WLMBRPalestra Inteligência Emocional - WLMBR
Palestra Inteligência Emocional - WLMBR
 
Liderança segundo o monge e o executivo
Liderança segundo o monge e o executivoLiderança segundo o monge e o executivo
Liderança segundo o monge e o executivo
 
A importancia da auto estima na mulher graça
A importancia da auto estima na mulher  graçaA importancia da auto estima na mulher  graça
A importancia da auto estima na mulher graça
 
E-book Eliminando Crenças Limitantes.pdf
E-book Eliminando Crenças Limitantes.pdfE-book Eliminando Crenças Limitantes.pdf
E-book Eliminando Crenças Limitantes.pdf
 
Saúde emocional da mulher
Saúde emocional da mulherSaúde emocional da mulher
Saúde emocional da mulher
 
Inteligência emocional e o perfil do empreendedor
Inteligência emocional e o perfil do empreendedorInteligência emocional e o perfil do empreendedor
Inteligência emocional e o perfil do empreendedor
 
Comunicação Não Violenta
Comunicação Não ViolentaComunicação Não Violenta
Comunicação Não Violenta
 
Ppt apostila liderança de equipes_prof. randes_13.02.13
Ppt apostila liderança de equipes_prof. randes_13.02.13Ppt apostila liderança de equipes_prof. randes_13.02.13
Ppt apostila liderança de equipes_prof. randes_13.02.13
 
Auto estima.ppt 2014 (hj)
Auto estima.ppt 2014 (hj)Auto estima.ppt 2014 (hj)
Auto estima.ppt 2014 (hj)
 

Destaque

Las librerías (algunas) como agentes culturales Contextualización y propuesta...
Las librerías (algunas) como agentes culturales Contextualización y propuesta...Las librerías (algunas) como agentes culturales Contextualización y propuesta...
Las librerías (algunas) como agentes culturales Contextualización y propuesta...
José María Barandiarán Galdós
 
Flexim
FleximFlexim
actividad._12
actividad._12actividad._12
actividad._12
samuel
 
Conectados pela alma
Conectados pela almaConectados pela alma
Conectados pela alma
Mensagens Virtuais
 
A Influência da Igreja Católica Romana no cotidiano do homem medieval - Rosim...
A Influência da Igreja Católica Romana no cotidiano do homem medieval - Rosim...A Influência da Igreja Católica Romana no cotidiano do homem medieval - Rosim...
A Influência da Igreja Católica Romana no cotidiano do homem medieval - Rosim...
CAHRA
 
Client Side Exploration
Client Side ExplorationClient Side Exploration
Client Side Exploration
Eduardo Burgasí
 
DecàLeg. Emilio Calatayud
DecàLeg. Emilio CalatayudDecàLeg. Emilio Calatayud
DecàLeg. Emilio Calatayud
aboix25
 
20 ans en (r)évolutions technologiques
20 ans en (r)évolutions technologiques20 ans en (r)évolutions technologiques
20 ans en (r)évolutions technologiques
Jean-Christophe Anex
 
Subliminal images in Watchtower art (part 1) imágenes subliminales en las p...
Subliminal images in Watchtower art (part 1)   imágenes subliminales en las p...Subliminal images in Watchtower art (part 1)   imágenes subliminales en las p...
Subliminal images in Watchtower art (part 1) imágenes subliminales en las p...
mikesulivan34
 
Resmen tema 1
Resmen tema 1Resmen tema 1
Resmen tema 1
martroiity
 
Blue Ocean Strategy
Blue Ocean StrategyBlue Ocean Strategy
Blue Ocean Strategy
jravish
 
Circuitos Operacionales
Circuitos OperacionalesCircuitos Operacionales
Circuitos Operacionales
F Blanco
 
Presentation #CAMBIOMEXICO por @jorgeavilam
Presentation #CAMBIOMEXICO por @jorgeavilamPresentation #CAMBIOMEXICO por @jorgeavilam
Presentation #CAMBIOMEXICO por @jorgeavilam
Jorge Avila
 
Dpf 20 ก.พ. format_การนำเสนอเพื่อขอรับรางวัล_พยามให้ดีทีสุด_2014
Dpf 20 ก.พ. format_การนำเสนอเพื่อขอรับรางวัล_พยามให้ดีทีสุด_2014Dpf 20 ก.พ. format_การนำเสนอเพื่อขอรับรางวัล_พยามให้ดีทีสุด_2014
Dpf 20 ก.พ. format_การนำเสนอเพื่อขอรับรางวัล_พยามให้ดีทีสุด_2014
Kruthai Kidsdee
 
Guide COS Hérault
Guide COS HéraultGuide COS Hérault
Guide COS Hérault
Alvidis
 
Terapia ocupacional, reflexoes em saude mental
Terapia ocupacional, reflexoes em saude mentalTerapia ocupacional, reflexoes em saude mental
Terapia ocupacional, reflexoes em saude mental
LUIZ PASCOAL
 
Bloque PACIE
Bloque PACIEBloque PACIE
Bloque PACIE
Universidad
 
Protocolo atencion polimedicado
Protocolo atencion polimedicadoProtocolo atencion polimedicado
Protocolo atencion polimedicado
SociosaniTec
 
Curso upct13
Curso upct13Curso upct13
Tutoria Lenguaje C++
Tutoria Lenguaje C++Tutoria Lenguaje C++
Tutoria Lenguaje C++
ruth_reategui
 

Destaque (20)

Las librerías (algunas) como agentes culturales Contextualización y propuesta...
Las librerías (algunas) como agentes culturales Contextualización y propuesta...Las librerías (algunas) como agentes culturales Contextualización y propuesta...
Las librerías (algunas) como agentes culturales Contextualización y propuesta...
 
Flexim
FleximFlexim
Flexim
 
actividad._12
actividad._12actividad._12
actividad._12
 
Conectados pela alma
Conectados pela almaConectados pela alma
Conectados pela alma
 
A Influência da Igreja Católica Romana no cotidiano do homem medieval - Rosim...
A Influência da Igreja Católica Romana no cotidiano do homem medieval - Rosim...A Influência da Igreja Católica Romana no cotidiano do homem medieval - Rosim...
A Influência da Igreja Católica Romana no cotidiano do homem medieval - Rosim...
 
Client Side Exploration
Client Side ExplorationClient Side Exploration
Client Side Exploration
 
DecàLeg. Emilio Calatayud
DecàLeg. Emilio CalatayudDecàLeg. Emilio Calatayud
DecàLeg. Emilio Calatayud
 
20 ans en (r)évolutions technologiques
20 ans en (r)évolutions technologiques20 ans en (r)évolutions technologiques
20 ans en (r)évolutions technologiques
 
Subliminal images in Watchtower art (part 1) imágenes subliminales en las p...
Subliminal images in Watchtower art (part 1)   imágenes subliminales en las p...Subliminal images in Watchtower art (part 1)   imágenes subliminales en las p...
Subliminal images in Watchtower art (part 1) imágenes subliminales en las p...
 
Resmen tema 1
Resmen tema 1Resmen tema 1
Resmen tema 1
 
Blue Ocean Strategy
Blue Ocean StrategyBlue Ocean Strategy
Blue Ocean Strategy
 
Circuitos Operacionales
Circuitos OperacionalesCircuitos Operacionales
Circuitos Operacionales
 
Presentation #CAMBIOMEXICO por @jorgeavilam
Presentation #CAMBIOMEXICO por @jorgeavilamPresentation #CAMBIOMEXICO por @jorgeavilam
Presentation #CAMBIOMEXICO por @jorgeavilam
 
Dpf 20 ก.พ. format_การนำเสนอเพื่อขอรับรางวัล_พยามให้ดีทีสุด_2014
Dpf 20 ก.พ. format_การนำเสนอเพื่อขอรับรางวัล_พยามให้ดีทีสุด_2014Dpf 20 ก.พ. format_การนำเสนอเพื่อขอรับรางวัล_พยามให้ดีทีสุด_2014
Dpf 20 ก.พ. format_การนำเสนอเพื่อขอรับรางวัล_พยามให้ดีทีสุด_2014
 
Guide COS Hérault
Guide COS HéraultGuide COS Hérault
Guide COS Hérault
 
Terapia ocupacional, reflexoes em saude mental
Terapia ocupacional, reflexoes em saude mentalTerapia ocupacional, reflexoes em saude mental
Terapia ocupacional, reflexoes em saude mental
 
Bloque PACIE
Bloque PACIEBloque PACIE
Bloque PACIE
 
Protocolo atencion polimedicado
Protocolo atencion polimedicadoProtocolo atencion polimedicado
Protocolo atencion polimedicado
 
Curso upct13
Curso upct13Curso upct13
Curso upct13
 
Tutoria Lenguaje C++
Tutoria Lenguaje C++Tutoria Lenguaje C++
Tutoria Lenguaje C++
 

Semelhante a 10 sabotadores do sucesso!

como ter sucesso na vida (2)
como ter sucesso na vida  (2)como ter sucesso na vida  (2)
como ter sucesso na vida (2)
hygormacdo
 
11 passos de autoconfianca
11 passos de autoconfianca11 passos de autoconfianca
11 passos de autoconfianca
fetchsawt
 
11passosdeautoconfianca-150120033054-conversion-gate01.pdf
11passosdeautoconfianca-150120033054-conversion-gate01.pdf11passosdeautoconfianca-150120033054-conversion-gate01.pdf
11passosdeautoconfianca-150120033054-conversion-gate01.pdf
SIMONEANDRADE78
 
4 passos para se tornar uma pessoa emocionalmente forte
4 passos para se tornar uma pessoa emocionalmente forte4 passos para se tornar uma pessoa emocionalmente forte
4 passos para se tornar uma pessoa emocionalmente forte
Júlio Cesar Serrão de Araujo
 
Motivacional
MotivacionalMotivacional
Motivacional
tania m f contrim
 
Modelos Mentais de Sucesso
Modelos Mentais de SucessoModelos Mentais de Sucesso
Modelos Mentais de Sucesso
Ernesto Costa Santos
 
Desafio mental
Desafio mentalDesafio mental
Desafio mental
SGC
 
O segredo para desenvolver uma mentalidade de sucesso
O segredo para desenvolver uma mentalidade de sucessoO segredo para desenvolver uma mentalidade de sucesso
O segredo para desenvolver uma mentalidade de sucesso
Agendor
 
Hábitos comuns que impedem o seu sucesso
Hábitos comuns que impedem o seu sucesso Hábitos comuns que impedem o seu sucesso
Hábitos comuns que impedem o seu sucesso
Agendor
 
E book sim, você pode!
E book sim, você pode!E book sim, você pode!
E book sim, você pode!
Pra Fazer Melhor
 
Mente Disciplinada.pdf
Mente Disciplinada.pdfMente Disciplinada.pdf
Mente Disciplinada.pdf
BillyIbn1
 
13704090 o-poder-das-afirmacoes
13704090 o-poder-das-afirmacoes13704090 o-poder-das-afirmacoes
13704090 o-poder-das-afirmacoes
antonio ferreira
 
Mindset de sucesso desenvolva sua mente ao maximo
Mindset de sucesso desenvolva sua mente ao maximoMindset de sucesso desenvolva sua mente ao maximo
Mindset de sucesso desenvolva sua mente ao maximo
laissaamerico97
 
AUTO-MOTIVAÇÃO - 09 PASSOS PARA DESENVOLVER HÁBITOS MOTIVACIONAIS
AUTO-MOTIVAÇÃO - 09 PASSOS PARA DESENVOLVER HÁBITOS MOTIVACIONAISAUTO-MOTIVAÇÃO - 09 PASSOS PARA DESENVOLVER HÁBITOS MOTIVACIONAIS
AUTO-MOTIVAÇÃO - 09 PASSOS PARA DESENVOLVER HÁBITOS MOTIVACIONAIS
Ricardo Bozzeda
 
Orientações Alimentares e Receitas Fit Low Carb - Raphael Capel
Orientações Alimentares e Receitas Fit Low Carb - Raphael CapelOrientações Alimentares e Receitas Fit Low Carb - Raphael Capel
Orientações Alimentares e Receitas Fit Low Carb - Raphael Capel
RaphaelCapel
 
Dicas para mudar de vida
Dicas para mudar de vidaDicas para mudar de vida
Dicas para mudar de vida
Rui Magalhães
 
Palestra Crença de Heroi
Palestra Crença de Heroi Palestra Crença de Heroi
Palestra Crença de Heroi
Edhyr Motta
 
O QUE VOCÊ PRECISA SABER, MAS NÃO APRENDE NA FACULDADE. slideshare
O QUE VOCÊ PRECISA SABER, MAS NÃO APRENDE NA FACULDADE.   slideshareO QUE VOCÊ PRECISA SABER, MAS NÃO APRENDE NA FACULDADE.   slideshare
O QUE VOCÊ PRECISA SABER, MAS NÃO APRENDE NA FACULDADE. slideshare
Joel Moraes
 
Como mudar a autoestima no trabalho?
Como mudar a autoestima no trabalho?Como mudar a autoestima no trabalho?
Como mudar a autoestima no trabalho?
Maria Cristina Santos Araujo
 
Realizando Um Sonho Com Metas
Realizando Um Sonho Com Metas Realizando Um Sonho Com Metas
Realizando Um Sonho Com Metas
Fran-Oliveira-LW
 

Semelhante a 10 sabotadores do sucesso! (20)

como ter sucesso na vida (2)
como ter sucesso na vida  (2)como ter sucesso na vida  (2)
como ter sucesso na vida (2)
 
11 passos de autoconfianca
11 passos de autoconfianca11 passos de autoconfianca
11 passos de autoconfianca
 
11passosdeautoconfianca-150120033054-conversion-gate01.pdf
11passosdeautoconfianca-150120033054-conversion-gate01.pdf11passosdeautoconfianca-150120033054-conversion-gate01.pdf
11passosdeautoconfianca-150120033054-conversion-gate01.pdf
 
4 passos para se tornar uma pessoa emocionalmente forte
4 passos para se tornar uma pessoa emocionalmente forte4 passos para se tornar uma pessoa emocionalmente forte
4 passos para se tornar uma pessoa emocionalmente forte
 
Motivacional
MotivacionalMotivacional
Motivacional
 
Modelos Mentais de Sucesso
Modelos Mentais de SucessoModelos Mentais de Sucesso
Modelos Mentais de Sucesso
 
Desafio mental
Desafio mentalDesafio mental
Desafio mental
 
O segredo para desenvolver uma mentalidade de sucesso
O segredo para desenvolver uma mentalidade de sucessoO segredo para desenvolver uma mentalidade de sucesso
O segredo para desenvolver uma mentalidade de sucesso
 
Hábitos comuns que impedem o seu sucesso
Hábitos comuns que impedem o seu sucesso Hábitos comuns que impedem o seu sucesso
Hábitos comuns que impedem o seu sucesso
 
E book sim, você pode!
E book sim, você pode!E book sim, você pode!
E book sim, você pode!
 
Mente Disciplinada.pdf
Mente Disciplinada.pdfMente Disciplinada.pdf
Mente Disciplinada.pdf
 
13704090 o-poder-das-afirmacoes
13704090 o-poder-das-afirmacoes13704090 o-poder-das-afirmacoes
13704090 o-poder-das-afirmacoes
 
Mindset de sucesso desenvolva sua mente ao maximo
Mindset de sucesso desenvolva sua mente ao maximoMindset de sucesso desenvolva sua mente ao maximo
Mindset de sucesso desenvolva sua mente ao maximo
 
AUTO-MOTIVAÇÃO - 09 PASSOS PARA DESENVOLVER HÁBITOS MOTIVACIONAIS
AUTO-MOTIVAÇÃO - 09 PASSOS PARA DESENVOLVER HÁBITOS MOTIVACIONAISAUTO-MOTIVAÇÃO - 09 PASSOS PARA DESENVOLVER HÁBITOS MOTIVACIONAIS
AUTO-MOTIVAÇÃO - 09 PASSOS PARA DESENVOLVER HÁBITOS MOTIVACIONAIS
 
Orientações Alimentares e Receitas Fit Low Carb - Raphael Capel
Orientações Alimentares e Receitas Fit Low Carb - Raphael CapelOrientações Alimentares e Receitas Fit Low Carb - Raphael Capel
Orientações Alimentares e Receitas Fit Low Carb - Raphael Capel
 
Dicas para mudar de vida
Dicas para mudar de vidaDicas para mudar de vida
Dicas para mudar de vida
 
Palestra Crença de Heroi
Palestra Crença de Heroi Palestra Crença de Heroi
Palestra Crença de Heroi
 
O QUE VOCÊ PRECISA SABER, MAS NÃO APRENDE NA FACULDADE. slideshare
O QUE VOCÊ PRECISA SABER, MAS NÃO APRENDE NA FACULDADE.   slideshareO QUE VOCÊ PRECISA SABER, MAS NÃO APRENDE NA FACULDADE.   slideshare
O QUE VOCÊ PRECISA SABER, MAS NÃO APRENDE NA FACULDADE. slideshare
 
Como mudar a autoestima no trabalho?
Como mudar a autoestima no trabalho?Como mudar a autoestima no trabalho?
Como mudar a autoestima no trabalho?
 
Realizando Um Sonho Com Metas
Realizando Um Sonho Com Metas Realizando Um Sonho Com Metas
Realizando Um Sonho Com Metas
 

10 sabotadores do sucesso!

  • 1. Os 10 sabotadores do seu sucesso!
  • 2. • Honestidade e Comprometimento COM VOCÊ!
  • 3. Quando você quer conquistar algo costuma desistir antes de tentar?
  • 4. Tem certeza que quer mesmo fazer seu negócio Mary Kay dar certo para você? Você tem um bom motivo para fazer isso?
  • 5. O que são esses sabotadores?
  • 6. Sabotadores são pequenos vícios que você não se apercebe que faz, mas que destroem carreiras, relacionamentos, negócios, a felicidade, o bem-estar, impedem no fundo que seja bem sucedido naquilo a que se propõe.
  • 7. sabotadores tornam seu negócio mais difícil em vários aspectos. Incentivam você a não fazer o que precisa ser feito. Minam a sua autoconfiança. Eles projetam pensamentos na sua mente, muitas vezes, com a seguinte frase: “Eu sei que deveria ter saído hoje e fazer novos contatos e vendas, mas tudo bem porque...” e terminam com inúmeras desculpas, como, por exemplo... ... tive um dia difícil; ... é só uma comemoração; ... já fiz isso antes e não funcionou; ... eu quero tanto, mas as pessoas...; ... não vai fazer diferença, não vou conseguir mesmo... Em vez de simplesmente dizer para si mesmo: “Tudo bem, eu errei; eu não poderia ter ficado em casa hoje, mas vou fazer tudo correto AGORA!
  • 8. Vamos conhecer algumas das características e atitudes sabotadoras. Se você se identificar com alguma dessas atitudes, não desespere, é sempre tempo de mudar.
  • 9. FAZEM AS COISAS POR FAZER São pessoas que estão recorrentemente preocupadas, agitadas e atarefadas, o que fazem é sempre de extrema importância. Elas são como aquele jogador de futebol que corre sem objetivo pelo campo, sem pensar que, se tivesse uma noção clara do que fazer, poderia esforçar-se menos e obter melhores resultados.
  • 10. NÃO TERMINAM O QUE FAZEM São pessoas que não completam o curso de inglês ou de música, etc. Iniciam tantas atividades ao mesmo tempo, todas com a mesma prioridade, que não têm fôlego para completar nenhuma delas.
  • 11. ESTÃO SEMPRE COMEÇANDO ALGO Como não completam os objetivos a que se propuseram, essas pessoas apegam-se à ilusão de que algo novo salvará as suas vidas: um novo projeto, um novo trabalho, um novo amor, um novo terapeuta, um novo estilo administrativo etc. Depois de algum tempo, a motivação desaparece como por uma passe de mágicas e elas têm que esquematizar uma nova promessa de salvação para suas vidas.
  • 12. NÃO PLANEJAM Começam tudo por impulso, porque ficam fascinados à primeira vista, sem analisar as consequências. Quando surgem as dificuldades, correm em busca de soluções mágicas.
  • 13. QUANDO PLANEJAM NÃO REALIZAM ESSES OBJETIVOS Estão constantemente tendo novas ideias, o que leva à modificação de todo o planejamento, desvalorizando o que havia sido combinado anteriormente. O seu método preferido é iniciar algo sempre que uma crise se instala.
  • 14. NÃO TÊM NOÇÃO DE RITMO Tendem a dedicar-se muito no inicio, com muita energia, e por vezes um pouco fora da realidade, mas aos poucos vão desanimando para mais tarde desistirem. São como aquelas pessoas que, ao começar um curso de piano, estudam 6 horas por dia, fazem aulas extras e compram todos os discos. Mas aos poucos vão perdendo o ímpeto até que, após alguns meses, chegam ao ponto de esquecer que têm um piano.
  • 15. PROCURAM SEMPRE SOLUÇÕES FANTÁSTICAS O sucesso é construído de hábitos que devem ser implementados diariamente, pouco a pouco e com a noção das capacidade que se tem. Por exemplo, em vez de se consciencializarem de que um corpo bonito e saudável é resultado de uma dieta adequada, acompanhada de exercícios físicos, essas pessoas acreditam sempre que existe algum tipo de regime fantástico que permite comer o que quiser e quanto quiser. Nunca pagam o preço de nada.
  • 16. VIVEM NO “QUASE” Quase me formei, quase me casei, quase tive filhos. O “quase” mantém a ilusão de sucesso dessas pessoas, pelo fato de terem chegado perto do topo da montanha. Na verdade, elas procuram não se comprometer. Usam muito a palavra “talvez” e a expressão “pode ser”. Correm sempre “atrás” do futuro: gostaria, faria, levaria. Note que a percepção interior e o comprometimento de alguém que diz “vou a sua casa hoje às 9 horas” é muito diferente de uma pessoa que diz simplesmente “talvez eu apareça em sua casa”.
  • 17. NÃO LIGAM AOS DETALHES DIFERENCIADORES O assistente vai à reunião de decisão sem o relatório. O Carpinteiro vai à casa do cliente tirar as medidas para a construção da mobília e não leva o instrumento de medida. Não lê os informes da empresa e nem da diretora. Nunca sabe de nada. São os detalhes que fazem a diferença entre uma vitória e uma derrota.
  • 18. NÃO MANTÉM OS COMPROMISSOS Como mudam de ideia com frequência, qualquer contratempo é motivo suficiente para não cumprir os acordos previamente estabelecidos. Estabelece-se um padrão sabotador de si mesmo, perde-se a responsabilidade e a credibilidade.
  • 19. Se você sabe onde se encontra o problema ou sabe a melhor solução para atingir seu objetivo, então isso quer dizer que os resultados não dependem de outras pessoas? Concorda com isso?
  • 20. Mas com tanta pressão, como vou conseguir fazer tudo de forma assertiva? Você precisa deixar de lado as crises existenciais desnecessárias. A nossa mente, esforça-se sempre por ser coerente, por contar uma história que tenha sentido. Se você se sente mal, tem de existir uma justificação. E essa história é apenas para proteger o seu ego e criar uma ilusão, para não encarar a dura realidade que a responsabilidade é sua.
  • 21. Como resolver?  Deve esforçar-se para perceber que tipo de conflitos internos(sabotador) possui, e prejudicam a obtenção dos seus resultados.  Foque-se nas ações que lhe permitem atingir a meta.  Não se trata de estabelecer um sistema rígido, em que completar o que começou seja uma obrigação, sem permissão para crise ou sem flexibilidade para mudanças, mas sim de aprender a decidir e a realizar o que é importante na vida, sem adiar nem procurar justificações antecipadas.  Quebre o padrão de percepção de incapacidade e comece a levar-se a sério.  Acredite em si, leve as coisas até ao fim, mesmo que julgue ir fracassar.  Aceite a possibilidade de fracassar/falhar, mas assuma esse risco. A aceitação dessa possibilidade, permite-lhe ganhar experiência e testar as suas capacidades e limites.
  • 22. O que devemos mudar? Talvez neste momento você esteja consciente de que têm alguns desses hábitos que sabotam o seu sucesso (na verdade, todos nós em algumas áreas da nossa vida cometemos alguns destes comportamentos inadequados). A conscientização é o primeiro passo para a mudança. A partir de agora observe esse hábito cada vez que ele surgir, analise as consequências negativas para a sua vida e comece a desenvolver novos hábitos. Simplifique a sua vida. O sucesso virá de forma natural.
  • 23. ASSUMA-SE COMO É! Olhe-se de frente, aceite-se com as suas virtudes e defeitos, faça uma autoanálise e perceba o que necessita melhorar. O que é que se propõe a mudar, sem desculpas, sem “mas”, sem “se isto…”, “se aquilo?”  Quais são os sabotadores dos seus objetivos?  Que hábitos tem que gostaria de mudar?
  • 24. “ Torne-se líder do seu futuro e estabeleça metas. A diferença entre as pessoas que estão no topo e as que não estão é a diferença entre as metas que cada uma estabeleceu. Por isso, torne-se uma pessoa que estabelece metas, inspire-se nelas e transforme-as em realidade. E agora, mais uma coisa: aumente um pouco essa meta. Não custa nada torná-la um pouco maior.” (Mary Kay Ash)
  • 25.