SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
Constelação Sistêmica Familiar Quem Sou Eu? Psicólogo formado no Instituto Metodista de Ensino Superior, hoje Universidade Metodista – São Bernardo Pedagogo formado pela Universidade do ABC  Curso especialização em Psicomotricidade; Curso de análise de desenho; Massagem bioenergética; Pós Graduado em Gestão Escolar; Curso de Constelação realizado em Barcelona – Espanha e em Guarulhos – São Paulo Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2 
Constelação Sistêmica Familiar O QUE É  ?   Constelação Sistêmica Familiar é um trabalho filosófico e terapêutico desenvolvido pelo pedagogo alemão  Bert Hellinger.  Considerado um dos psicoterapeutas contemporâneos mais inovadores em trabalho com indivíduos, casais e família. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
Constelação Sistêmica Familiar É um método que trás à luz os sistemas familiares e seus emaranhamentos, que podem ser causadores de muitas doenças, dificuldades, fracassos, depressões, etc., na vida das pessoas. O QUE É  ? Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
Constelação Sistêmica Familiar O QUE É  ? Quando membros de uma geração da família deixam situações por resolver, membros das gerações posteriores podem, inconscientemente, assumir a responsabilidade de restabelecer a “ordem” nesta família, trazendo à tona problemas e/ou dificuldades pelos quais não são responsáveis. Muitas vezes assumimos encargos provenientes de nossa família e satisfazemos expectativas que são estranhas  a nós mesmos. Elas nos conduzem a um comportamento desnecessário e incompreensível.   Através da constelação familiar podemos trazer à luz tal comportamento e elucidá-lo Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
Constelação Sistêmica Familiar O que é um sistema?   Sistema é um grupo de pessoas ou coisas que permanecem unidos ou vinculados, em função de um interesse comum ou forças que os permeiam.   Nascemos dentro de um sistema familiar que existe há muitos anos e onde não sabemos direito o seu histórico. Foram gerações atrás de gerações com muitas histórias, acontecimentos, e situações felizes e trágicas. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
Constelação Sistêmica Familiar Não temos como falar de Constelação Familiar sem falar da visão sistêmica. Herdamos, através dos nossos pais, toda carga morfogenética (genética da forma física) e não nos damos conta dos padrões das crenças e até mesmo dos “ repetecos”  de histórias dentro da nossa família. Por ex: quando temos algum comportamento como violência, abandonos, dificuldade de relacionamento, depressão, muitas vezes podemos estar identificados com um membro da família que pode ser pai/mãe, avô (a), tio (a), ou mesmo de gerações anteriores, sejam pessoas vivas ou falecidas. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2 O que é um sistema?
Constelação Sistêmica Familiar ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
1ª Lei: Pertinência Todos têm o igual direito de pertencer As Leis do Amor na Constelação Familiar Constelação Sistêmica Familiar O que isso quer dizer? Quer dizer que não importa o que uma pessoa faça de “condenável”, “pecaminoso”, “reprovável” ou “errado” ela continua tendo o direito de pertencer ao sistema familiar. Isso não quer dizer que ela esteja isenta de repreensões, restrições e até de punições legais, mas apensar de tudo ela continua tendo o mesmo direito de pertencer a um sistema familiar. Suas atitudes podem diminuir sua credibilidade, confiabilidade e até sua proximidade, mas não tiram seu pertencimento. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
Quando esses membros da família são reconhecidos é possível haver uma reconciliação pacífica entre todos. Esses momentos demandam uma grande coragem, pois exige dos membros de uma família que superem seus julgamentos morais em favor da reinclusão daquele membro excluído. Constelação Sistêmica Familiar As Leis do Amor na Constelação Familiar 1ª Lei: Pertinência Todos têm o igual direito de pertencer Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
Constelação Sistêmica Familiar As Leis do Amor na Constelação Familiar 1ª Lei: Pertinência Todos têm o igual direito de pertencer Pelo bem maior da família que transcende a condenação moral os membros incluídos ganham um espaço precioso no coração de seus membros. Dessa forma todos podem voltar a sentir a paz que foi interrompida pelo acontecimento doloroso do passado. O resultado individual é que um dos membros que carregava a sensação de não se sentir aceito em nenhum lugar acaba. A sensação de “voltar para casa” dentro de si é incrivelmente libertadora e a felicidade é possível… Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
Constelação Sistêmica Familiar As Leis do Amor na Constelação Familiar 2ª Lei: Dar e Receber Na conhecida oração de Francisco de Assis se diz que “é dando que se recebe”. E essa frase resume muito do pensamento religioso. Bert Hellinger, no entanto, percebeu que nas famílias existe uma ordem natural do dar e receber entre pais e filhos e nos casais. A ordem natural vem do mais antigo para o mais jovem. Os pais dão e os filhos recebem. Os pais dão a vida e os filhos a aceitam. Os pais dão amor e os filhos o tomam em seu coração. Daí decorre um grande aprendizado:  os filhos precisam dos pais, mas os pais não precisam dos filhos . Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
Constelação Sistêmica Familiar As Leis do Amor na Constelação Familiar 2ª Lei: Dar e Receber Mas esse amor é cego e não traz solução real e sim um agravamento do problema. Muitos pais acabam abdicando de sua vida de casal para nutrir 100% das necessidades dos filhos e se esquecem que a base da família é o casal fortalecido. Os desejos dos filhos se alegram quando os pais deixam de amarem um ao outro para serem exclusivos deles, mas suas almas se sobrecarregam. E inconscientemente eles acabam pagando com um sentimento de expiação. E toda expiação é sem sentido, não traz crescimento, pois nenhum mal se paga com sofrimento. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
No momento que os pais identificam que a criança passou a ter mais importância na família é momento de refletir sobre essa dinâmica da relação. Reassumirem o papel de pais e tirarem a sobrecarga dos filhos para que eles sigam suas vidas. A melhor forma de os filhos retribuírem o amor que receberam dos pais é passando isso adiante para as próximas gerações. Constelação Sistêmica Familiar As Leis do Amor na Constelação Familiar 2ª Lei: Dar e Receber Portanto, para que o amor dê certo é fundamental que o equilíbrio entre dar e receber seja respeitado. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
Constelação Sistêmica Familiar As Leis do Amor na Constelação Familiar 3ª Lei: Hierarquia Os pais vêm primeiro e os filhos vêm depois. Na prática quer dizer que os pais são grandes e os filhos são pequenos. A relação dos pais é a prioridade numa família e os filhos vêm depois para completar o sentido da união do casal. Os pais dão aos filhos e os filhos recebem. Quando os filhos se sentem maiores, mais importantes e mais capazes que os pais e se portam como se os pais fossem incapazes isso fere esse princípio. A alma do filho sente um desconforto que se manifesta em forma de sofrimento autoimposto. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
Constelação Sistêmica Familiar As Leis do Amor na Constelação Familiar 3ª Lei: Hierarquia Filhos que se arrogam o direito de mandar na vida dos pais ou de exigir tudo desses por longos anos da vida acabam se impondo (inconscientemente) uma vida turbulenta e cheia de dor. Mas quando conseguem reconhecer a grandeza da vida e perceber que isso é o bastante, a ordem se restabelece no sistema familiar e o amor pode voltar a fluir livremente. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
Existem, segundo Hellinger, 3 tipos de consciência: pessoal, a coletiva e a espiritual.  A  consciência pessoal  é aquela que nos faz sentir bem ou mal perante um grupo. Todo grupo tem suas regras, exigências, limites e leis morais. Lá é dito explícita ou implicitamente o que devemos ou não fazer, o que é permite ou não sentir e expressar. Constelação Sistêmica Familiar A  consciência coletiva   é aquela que garante o pertencimento de todos os membros do grupo. Como dissemos no segundo artigo sobre as leis do amor, todos tem o igual direito de pertencer. A  consciência espiritual   é uma dimensão mais ampla de entendimento que só surgiu para Bert Hellinger nos anos recentes. Ele notou que essa consciência supera os limites das demais consciências para além do bem e do mal e do pertencimento e da exclusão. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
Constelação Sistêmica Familiar O que pode ser trabalhado dentro da Constelação Sistêmica Familiar? ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
Constelação Sistêmica Familiar O que eu ganho com isso ? O trabalho de Constelação Familiar é diferente. Enquanto, o analgésico procura aliviar o incômodo, nosso trabalho e responsabilidade é propiciar um campo para olhar a causa daquilo que atua no desconforto. O incômodo faz com que o cliente olhe para algo. Geralmente, é algo que foi excluído ou rejeitado. Há tensão. Quando as dinâmicas do tema do cliente vem à tona, ele entra em contato com aquilo que atua em si mesmo, e a partir daí há uma nova possibilidade. Algo se transforma. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
Constelação Sistêmica Familiar O que eu ganho com isso ? Todos que participam deste campo, inclusive aqueles que não constelam um tema, são trabalhados. Todos tem a chance de descobrir novas possibilidades, insights e caminhos para sua vida. Pode ser que isso ocorra a partir de um tema pessoal que foi trabalhado ou pode ser que ocorra a partir da participação do tema de uma outra pessoa.  Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
Constelação Sistêmica Familiar O que eu ganho com isso ? Pode ser que aconteça no momento da constelação ou pode ser que leve alguns dias ou semanas. A alma tem seu próprio tempo e pega para si o essencial do que foi trabalhado. A transformação ocorre naturalmente, sem forçar a barra. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
Assim como a Vida, não temos controle do trabalho de Constelações Familiares. Não sabemos o que emergirá do sistema da pessoa. Não se trata de arrumar ou consertar o sistema ou a pessoa. Não se trata de controle. Trata-se de se conectar com algo que atua em você mesmo e olhar com Amor para aquilo que foi rejeitado ou excluído. E para isso, é necessário coragem. Constelação Sistêmica Familiar O que eu ganho com isso ? Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
Constelação Sistêmica Familiar Lista das qualidades do terapeuta: ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2 
Constelação Sistêmica Familiar Lista das qualidades do terapeuta: ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2 
Constelação Sistêmica Familiar Lista das qualidades do terapeuta: ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2 
Constelação Sistêmica Familiar Reflexão:   “ Quando alguém pára no caminho e não quer avançar, o problema não está no saber. Ele busca segurança quando é preciso coragem, e quer liberdade quando o certo não lhe deixa escolha.   Assim, fica dando voltas”  Bert Hellinger Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Desafios da vida em família!
Desafios da vida em família!Desafios da vida em família!
Desafios da vida em família!Leonardo Pereira
 
Palestra familia como educadora dos sentimentos
Palestra familia como educadora dos sentimentosPalestra familia como educadora dos sentimentos
Palestra familia como educadora dos sentimentosSandra Cecília Rocha
 
Autoconhecimento
AutoconhecimentoAutoconhecimento
AutoconhecimentoDalila Melo
 
Família, Vida e Paz
Família, Vida e PazFamília, Vida e Paz
Família, Vida e Pazigmateus
 
Conflitos familiares
Conflitos familiaresConflitos familiares
Conflitos familiaresLisete B.
 
Desafios da vida em família
Desafios da vida em famíliaDesafios da vida em família
Desafios da vida em famíliaLeonardo Pereira
 
Slides palestra família
Slides palestra famíliaSlides palestra família
Slides palestra famíliaClarice-Borges
 
Missão dos pais
Missão dos paisMissão dos pais
Missão dos paisLisete B.
 
O homem e sua eterna busca de sentido
O homem e sua eterna busca de sentidoO homem e sua eterna busca de sentido
O homem e sua eterna busca de sentidoRebecca Athayde
 
Constelação Familiar - Rodrigo da Costa Rocha - 05/2012
Constelação Familiar - Rodrigo da Costa Rocha - 05/2012Constelação Familiar - Rodrigo da Costa Rocha - 05/2012
Constelação Familiar - Rodrigo da Costa Rocha - 05/2012Ricardo Rozgrin
 
A família na visão espírita
A família na visão espíritaA família na visão espírita
A família na visão espíritaJerri Almeida
 
Família e seus desafios.pptx
Família e seus desafios.pptxFamília e seus desafios.pptx
Família e seus desafios.pptxRossana Silva
 
Palestra Sobre Gratidão
Palestra Sobre GratidãoPalestra Sobre Gratidão
Palestra Sobre GratidãoMarcelo Suster
 

Mais procurados (20)

Saude Mental e Espiritualidade
Saude Mental e EspiritualidadeSaude Mental e Espiritualidade
Saude Mental e Espiritualidade
 
Workshop Dinâmicas Sistêmicas Organizacionais
Workshop Dinâmicas Sistêmicas OrganizacionaisWorkshop Dinâmicas Sistêmicas Organizacionais
Workshop Dinâmicas Sistêmicas Organizacionais
 
Desafios da vida em família!
Desafios da vida em família!Desafios da vida em família!
Desafios da vida em família!
 
Palestra familia como educadora dos sentimentos
Palestra familia como educadora dos sentimentosPalestra familia como educadora dos sentimentos
Palestra familia como educadora dos sentimentos
 
Autoconhecimento
AutoconhecimentoAutoconhecimento
Autoconhecimento
 
Palestra 19 mae uma homenagem
Palestra 19 mae uma homenagemPalestra 19 mae uma homenagem
Palestra 19 mae uma homenagem
 
Família, Vida e Paz
Família, Vida e PazFamília, Vida e Paz
Família, Vida e Paz
 
Doenças da alma
Doenças da alma Doenças da alma
Doenças da alma
 
Conflitos familiares
Conflitos familiaresConflitos familiares
Conflitos familiares
 
Desafios da vida em família
Desafios da vida em famíliaDesafios da vida em família
Desafios da vida em família
 
Conviver é preciso
Conviver é precisoConviver é preciso
Conviver é preciso
 
Slides palestra família
Slides palestra famíliaSlides palestra família
Slides palestra família
 
Conflitos Familiares
Conflitos Familiares Conflitos Familiares
Conflitos Familiares
 
VOCÊ E A PAZ
VOCÊ E A PAZVOCÊ E A PAZ
VOCÊ E A PAZ
 
Missão dos pais
Missão dos paisMissão dos pais
Missão dos pais
 
O homem e sua eterna busca de sentido
O homem e sua eterna busca de sentidoO homem e sua eterna busca de sentido
O homem e sua eterna busca de sentido
 
Constelação Familiar - Rodrigo da Costa Rocha - 05/2012
Constelação Familiar - Rodrigo da Costa Rocha - 05/2012Constelação Familiar - Rodrigo da Costa Rocha - 05/2012
Constelação Familiar - Rodrigo da Costa Rocha - 05/2012
 
A família na visão espírita
A família na visão espíritaA família na visão espírita
A família na visão espírita
 
Família e seus desafios.pptx
Família e seus desafios.pptxFamília e seus desafios.pptx
Família e seus desafios.pptx
 
Palestra Sobre Gratidão
Palestra Sobre GratidãoPalestra Sobre Gratidão
Palestra Sobre Gratidão
 

Destaque

Pensamento Sistêmico e Constalações para Coaching - Cornelia Benesch
Pensamento Sistêmico e Constalações para Coaching - Cornelia BeneschPensamento Sistêmico e Constalações para Coaching - Cornelia Benesch
Pensamento Sistêmico e Constalações para Coaching - Cornelia BeneschIBC Coaching
 
Constelações Organizacionais, a nova forma de evoluir pessoas! - Scrum Gather...
Constelações Organizacionais, a nova forma de evoluir pessoas! - Scrum Gather...Constelações Organizacionais, a nova forma de evoluir pessoas! - Scrum Gather...
Constelações Organizacionais, a nova forma de evoluir pessoas! - Scrum Gather...Annelise Gripp
 
Constelação Familiar (CF) e Experiência Somática® (SE): duas terapias comple...
Constelação Familiar (CF) e Experiência Somática®  (SE): duas terapias comple...Constelação Familiar (CF) e Experiência Somática®  (SE): duas terapias comple...
Constelação Familiar (CF) e Experiência Somática® (SE): duas terapias comple...Reno Bonzon
 
I Simpósio Brasileiro de Constelações Sistêmicas
I Simpósio Brasileiro de Constelações SistêmicasI Simpósio Brasileiro de Constelações Sistêmicas
I Simpósio Brasileiro de Constelações Sistêmicasmaristela_andre
 
Abordagens sistêmica e contingencial
Abordagens sistêmica e contingencialAbordagens sistêmica e contingencial
Abordagens sistêmica e contingencialCelia Carvalho
 
Conflitos familiares
Conflitos familiaresConflitos familiares
Conflitos familiaresVictor Passos
 
Mediunidade no relacionamento
Mediunidade no relacionamento Mediunidade no relacionamento
Mediunidade no relacionamento Victor Passos
 
Autocontrole Emocional Através de 7 Técnicas Milenares Que REvigoram REvitali...
Autocontrole Emocional Através de 7 Técnicas Milenares Que REvigoram REvitali...Autocontrole Emocional Através de 7 Técnicas Milenares Que REvigoram REvitali...
Autocontrole Emocional Através de 7 Técnicas Milenares Que REvigoram REvitali...Fabiano Benassi
 
3. Mergulho Livre - Respiração e Relaxamento (v5.7.1)
3. Mergulho Livre - Respiração e Relaxamento (v5.7.1)3. Mergulho Livre - Respiração e Relaxamento (v5.7.1)
3. Mergulho Livre - Respiração e Relaxamento (v5.7.1)João Costa
 
Constelação Familiar, por Ana da Fonte
Constelação Familiar, por Ana da FonteConstelação Familiar, por Ana da Fonte
Constelação Familiar, por Ana da Fonteinstitutoconstelar
 
Constelação sistêmica na restauração da cultura da paz
Constelação sistêmica na restauração da cultura da pazConstelação sistêmica na restauração da cultura da paz
Constelação sistêmica na restauração da cultura da pazinstitutoconstelar
 

Destaque (17)

Pensamento Sistêmico e Constalações para Coaching - Cornelia Benesch
Pensamento Sistêmico e Constalações para Coaching - Cornelia BeneschPensamento Sistêmico e Constalações para Coaching - Cornelia Benesch
Pensamento Sistêmico e Constalações para Coaching - Cornelia Benesch
 
Abordagem sistêmica
Abordagem sistêmicaAbordagem sistêmica
Abordagem sistêmica
 
Constelações Organizacionais, a nova forma de evoluir pessoas! - Scrum Gather...
Constelações Organizacionais, a nova forma de evoluir pessoas! - Scrum Gather...Constelações Organizacionais, a nova forma de evoluir pessoas! - Scrum Gather...
Constelações Organizacionais, a nova forma de evoluir pessoas! - Scrum Gather...
 
Constelação Familiar (CF) e Experiência Somática® (SE): duas terapias comple...
Constelação Familiar (CF) e Experiência Somática®  (SE): duas terapias comple...Constelação Familiar (CF) e Experiência Somática®  (SE): duas terapias comple...
Constelação Familiar (CF) e Experiência Somática® (SE): duas terapias comple...
 
I Simpósio Brasileiro de Constelações Sistêmicas
I Simpósio Brasileiro de Constelações SistêmicasI Simpósio Brasileiro de Constelações Sistêmicas
I Simpósio Brasileiro de Constelações Sistêmicas
 
Constelação Familiar
Constelação FamiliarConstelação Familiar
Constelação Familiar
 
Abordagens sistêmica e contingencial
Abordagens sistêmica e contingencialAbordagens sistêmica e contingencial
Abordagens sistêmica e contingencial
 
Conflitos familiares
Conflitos familiaresConflitos familiares
Conflitos familiares
 
Minha OraçAo
Minha OraçAoMinha OraçAo
Minha OraçAo
 
Mediunidade no relacionamento
Mediunidade no relacionamento Mediunidade no relacionamento
Mediunidade no relacionamento
 
Elo - pais e filhos
Elo - pais e filhosElo - pais e filhos
Elo - pais e filhos
 
Autocontrole Emocional Através de 7 Técnicas Milenares Que REvigoram REvitali...
Autocontrole Emocional Através de 7 Técnicas Milenares Que REvigoram REvitali...Autocontrole Emocional Através de 7 Técnicas Milenares Que REvigoram REvitali...
Autocontrole Emocional Através de 7 Técnicas Milenares Que REvigoram REvitali...
 
3. Mergulho Livre - Respiração e Relaxamento (v5.7.1)
3. Mergulho Livre - Respiração e Relaxamento (v5.7.1)3. Mergulho Livre - Respiração e Relaxamento (v5.7.1)
3. Mergulho Livre - Respiração e Relaxamento (v5.7.1)
 
Terapia de casal
Terapia de casalTerapia de casal
Terapia de casal
 
A Tecnica
A TecnicaA Tecnica
A Tecnica
 
Constelação Familiar, por Ana da Fonte
Constelação Familiar, por Ana da FonteConstelação Familiar, por Ana da Fonte
Constelação Familiar, por Ana da Fonte
 
Constelação sistêmica na restauração da cultura da paz
Constelação sistêmica na restauração da cultura da pazConstelação sistêmica na restauração da cultura da paz
Constelação sistêmica na restauração da cultura da paz
 

Semelhante a Constelação Familiar

Pais e Filhos - Workshop CESFI Santa Maria, RS - 31.08.2018
Pais e Filhos - Workshop CESFI Santa Maria, RS - 31.08.2018Pais e Filhos - Workshop CESFI Santa Maria, RS - 31.08.2018
Pais e Filhos - Workshop CESFI Santa Maria, RS - 31.08.2018Université de Montréal
 
Aconselhamento pastoral e da família uma proposta sistemica
Aconselhamento pastoral e da família uma proposta sistemicaAconselhamento pastoral e da família uma proposta sistemica
Aconselhamento pastoral e da família uma proposta sistemicaNatanael Ribeiro de Sousa
 
A MEDIAÇÃO DE CONFLITOS RESGATANDO VALORES FAMILIARES
A MEDIAÇÃO DE CONFLITOS RESGATANDO VALORES FAMILIARESA MEDIAÇÃO DE CONFLITOS RESGATANDO VALORES FAMILIARES
A MEDIAÇÃO DE CONFLITOS RESGATANDO VALORES FAMILIARESAdriana Ferreira
 
Parentela corporal e espiritual[681]
Parentela corporal e espiritual[681]Parentela corporal e espiritual[681]
Parentela corporal e espiritual[681]Helio Cruz
 
Autismo e Espiritismo.pdf
Autismo e Espiritismo.pdfAutismo e Espiritismo.pdf
Autismo e Espiritismo.pdfKarineGiotti
 
4 família, psicanálise e sociedade
4 família, psicanálise e sociedade4 família, psicanálise e sociedade
4 família, psicanálise e sociedadefaculdadeteologica
 
Segundo Módulo - Aula 07 - Lei de sociedade
Segundo Módulo - Aula 07 - Lei de sociedadeSegundo Módulo - Aula 07 - Lei de sociedade
Segundo Módulo - Aula 07 - Lei de sociedadeCeiClarencio
 
Workshop: Divórcio e Conflito Interparental
Workshop: Divórcio e Conflito Interparental Workshop: Divórcio e Conflito Interparental
Workshop: Divórcio e Conflito Interparental Judite Peixoto
 
“Um Tio em Casa – O Amigo da Minha Mãe”: A Monoparentalidade e os Desafios d...
“Um Tio em Casa – O Amigo da Minha Mãe”:  A Monoparentalidade e os Desafios d...“Um Tio em Casa – O Amigo da Minha Mãe”:  A Monoparentalidade e os Desafios d...
“Um Tio em Casa – O Amigo da Minha Mãe”: A Monoparentalidade e os Desafios d...Université de Montréal
 
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 10
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 10Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 10
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 10Jordano Santos Cerqueira
 
22 de maio 2015 maternidade e paternidade adotiva
22 de maio 2015   maternidade e paternidade adotiva22 de maio 2015   maternidade e paternidade adotiva
22 de maio 2015 maternidade e paternidade adotivaLar Irmã Zarabatana
 
22 de maio 2015 maternidade e paternidade adotiva
22 de maio 2015   maternidade e paternidade adotiva22 de maio 2015   maternidade e paternidade adotiva
22 de maio 2015 maternidade e paternidade adotivaLar Irmã Zarabatana
 
Psicologia e direito civil
Psicologia e direito civilPsicologia e direito civil
Psicologia e direito civilNathyDT
 
Guia -separação do casal
Guia -separação do casal Guia -separação do casal
Guia -separação do casal Ana Campelos
 
O papel do cuidador e seus aspectos psicossociais
O papel do cuidador e seus aspectos psicossociaisO papel do cuidador e seus aspectos psicossociais
O papel do cuidador e seus aspectos psicossociaisAlinebrauna Brauna
 

Semelhante a Constelação Familiar (20)

Pais e Filhos - Workshop CESFI Santa Maria, RS - 31.08.2018
Pais e Filhos - Workshop CESFI Santa Maria, RS - 31.08.2018Pais e Filhos - Workshop CESFI Santa Maria, RS - 31.08.2018
Pais e Filhos - Workshop CESFI Santa Maria, RS - 31.08.2018
 
Aconselhamento pastoral e da família uma proposta sistemica
Aconselhamento pastoral e da família uma proposta sistemicaAconselhamento pastoral e da família uma proposta sistemica
Aconselhamento pastoral e da família uma proposta sistemica
 
A MEDIAÇÃO DE CONFLITOS RESGATANDO VALORES FAMILIARES
A MEDIAÇÃO DE CONFLITOS RESGATANDO VALORES FAMILIARESA MEDIAÇÃO DE CONFLITOS RESGATANDO VALORES FAMILIARES
A MEDIAÇÃO DE CONFLITOS RESGATANDO VALORES FAMILIARES
 
Parentela corporal e espiritual[681]
Parentela corporal e espiritual[681]Parentela corporal e espiritual[681]
Parentela corporal e espiritual[681]
 
Autismo e Espiritismo.pdf
Autismo e Espiritismo.pdfAutismo e Espiritismo.pdf
Autismo e Espiritismo.pdf
 
4 família, psicanálise e sociedade
4 família, psicanálise e sociedade4 família, psicanálise e sociedade
4 família, psicanálise e sociedade
 
Segundo Módulo - Aula 07 - Lei de sociedade
Segundo Módulo - Aula 07 - Lei de sociedadeSegundo Módulo - Aula 07 - Lei de sociedade
Segundo Módulo - Aula 07 - Lei de sociedade
 
Workshop: Divórcio e Conflito Interparental
Workshop: Divórcio e Conflito Interparental Workshop: Divórcio e Conflito Interparental
Workshop: Divórcio e Conflito Interparental
 
Cartilha Alienação Parental
Cartilha Alienação ParentalCartilha Alienação Parental
Cartilha Alienação Parental
 
Parentela Corporal E Espiritual2
Parentela Corporal E Espiritual2Parentela Corporal E Espiritual2
Parentela Corporal E Espiritual2
 
“Um Tio em Casa – O Amigo da Minha Mãe”: A Monoparentalidade e os Desafios d...
“Um Tio em Casa – O Amigo da Minha Mãe”:  A Monoparentalidade e os Desafios d...“Um Tio em Casa – O Amigo da Minha Mãe”:  A Monoparentalidade e os Desafios d...
“Um Tio em Casa – O Amigo da Minha Mãe”: A Monoparentalidade e os Desafios d...
 
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 10
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 10Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 10
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 10
 
22 de maio 2015 maternidade e paternidade adotiva
22 de maio 2015   maternidade e paternidade adotiva22 de maio 2015   maternidade e paternidade adotiva
22 de maio 2015 maternidade e paternidade adotiva
 
22 de maio 2015 maternidade e paternidade adotiva
22 de maio 2015   maternidade e paternidade adotiva22 de maio 2015   maternidade e paternidade adotiva
22 de maio 2015 maternidade e paternidade adotiva
 
Psicologia e direito civil
Psicologia e direito civilPsicologia e direito civil
Psicologia e direito civil
 
Guia -separação do casal
Guia -separação do casal Guia -separação do casal
Guia -separação do casal
 
Idiotismo, Loucura
Idiotismo, LoucuraIdiotismo, Loucura
Idiotismo, Loucura
 
A familia
A familiaA familia
A familia
 
Histórico e evolução da cana ii
Histórico e evolução da cana iiHistórico e evolução da cana ii
Histórico e evolução da cana ii
 
O papel do cuidador e seus aspectos psicossociais
O papel do cuidador e seus aspectos psicossociaisO papel do cuidador e seus aspectos psicossociais
O papel do cuidador e seus aspectos psicossociais
 

Constelação Familiar

  • 1. Constelação Sistêmica Familiar Quem Sou Eu? Psicólogo formado no Instituto Metodista de Ensino Superior, hoje Universidade Metodista – São Bernardo Pedagogo formado pela Universidade do ABC Curso especialização em Psicomotricidade; Curso de análise de desenho; Massagem bioenergética; Pós Graduado em Gestão Escolar; Curso de Constelação realizado em Barcelona – Espanha e em Guarulhos – São Paulo Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2 
  • 2. Constelação Sistêmica Familiar O QUE É ?   Constelação Sistêmica Familiar é um trabalho filosófico e terapêutico desenvolvido pelo pedagogo alemão Bert Hellinger. Considerado um dos psicoterapeutas contemporâneos mais inovadores em trabalho com indivíduos, casais e família. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
  • 3. Constelação Sistêmica Familiar É um método que trás à luz os sistemas familiares e seus emaranhamentos, que podem ser causadores de muitas doenças, dificuldades, fracassos, depressões, etc., na vida das pessoas. O QUE É ? Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
  • 4. Constelação Sistêmica Familiar O QUE É ? Quando membros de uma geração da família deixam situações por resolver, membros das gerações posteriores podem, inconscientemente, assumir a responsabilidade de restabelecer a “ordem” nesta família, trazendo à tona problemas e/ou dificuldades pelos quais não são responsáveis. Muitas vezes assumimos encargos provenientes de nossa família e satisfazemos expectativas que são estranhas  a nós mesmos. Elas nos conduzem a um comportamento desnecessário e incompreensível.   Através da constelação familiar podemos trazer à luz tal comportamento e elucidá-lo Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
  • 5. Constelação Sistêmica Familiar O que é um sistema?   Sistema é um grupo de pessoas ou coisas que permanecem unidos ou vinculados, em função de um interesse comum ou forças que os permeiam.   Nascemos dentro de um sistema familiar que existe há muitos anos e onde não sabemos direito o seu histórico. Foram gerações atrás de gerações com muitas histórias, acontecimentos, e situações felizes e trágicas. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
  • 6. Constelação Sistêmica Familiar Não temos como falar de Constelação Familiar sem falar da visão sistêmica. Herdamos, através dos nossos pais, toda carga morfogenética (genética da forma física) e não nos damos conta dos padrões das crenças e até mesmo dos “ repetecos” de histórias dentro da nossa família. Por ex: quando temos algum comportamento como violência, abandonos, dificuldade de relacionamento, depressão, muitas vezes podemos estar identificados com um membro da família que pode ser pai/mãe, avô (a), tio (a), ou mesmo de gerações anteriores, sejam pessoas vivas ou falecidas. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2 O que é um sistema?
  • 7.
  • 8. 1ª Lei: Pertinência Todos têm o igual direito de pertencer As Leis do Amor na Constelação Familiar Constelação Sistêmica Familiar O que isso quer dizer? Quer dizer que não importa o que uma pessoa faça de “condenável”, “pecaminoso”, “reprovável” ou “errado” ela continua tendo o direito de pertencer ao sistema familiar. Isso não quer dizer que ela esteja isenta de repreensões, restrições e até de punições legais, mas apensar de tudo ela continua tendo o mesmo direito de pertencer a um sistema familiar. Suas atitudes podem diminuir sua credibilidade, confiabilidade e até sua proximidade, mas não tiram seu pertencimento. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
  • 9. Quando esses membros da família são reconhecidos é possível haver uma reconciliação pacífica entre todos. Esses momentos demandam uma grande coragem, pois exige dos membros de uma família que superem seus julgamentos morais em favor da reinclusão daquele membro excluído. Constelação Sistêmica Familiar As Leis do Amor na Constelação Familiar 1ª Lei: Pertinência Todos têm o igual direito de pertencer Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
  • 10. Constelação Sistêmica Familiar As Leis do Amor na Constelação Familiar 1ª Lei: Pertinência Todos têm o igual direito de pertencer Pelo bem maior da família que transcende a condenação moral os membros incluídos ganham um espaço precioso no coração de seus membros. Dessa forma todos podem voltar a sentir a paz que foi interrompida pelo acontecimento doloroso do passado. O resultado individual é que um dos membros que carregava a sensação de não se sentir aceito em nenhum lugar acaba. A sensação de “voltar para casa” dentro de si é incrivelmente libertadora e a felicidade é possível… Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
  • 11. Constelação Sistêmica Familiar As Leis do Amor na Constelação Familiar 2ª Lei: Dar e Receber Na conhecida oração de Francisco de Assis se diz que “é dando que se recebe”. E essa frase resume muito do pensamento religioso. Bert Hellinger, no entanto, percebeu que nas famílias existe uma ordem natural do dar e receber entre pais e filhos e nos casais. A ordem natural vem do mais antigo para o mais jovem. Os pais dão e os filhos recebem. Os pais dão a vida e os filhos a aceitam. Os pais dão amor e os filhos o tomam em seu coração. Daí decorre um grande aprendizado: os filhos precisam dos pais, mas os pais não precisam dos filhos . Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
  • 12. Constelação Sistêmica Familiar As Leis do Amor na Constelação Familiar 2ª Lei: Dar e Receber Mas esse amor é cego e não traz solução real e sim um agravamento do problema. Muitos pais acabam abdicando de sua vida de casal para nutrir 100% das necessidades dos filhos e se esquecem que a base da família é o casal fortalecido. Os desejos dos filhos se alegram quando os pais deixam de amarem um ao outro para serem exclusivos deles, mas suas almas se sobrecarregam. E inconscientemente eles acabam pagando com um sentimento de expiação. E toda expiação é sem sentido, não traz crescimento, pois nenhum mal se paga com sofrimento. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
  • 13. No momento que os pais identificam que a criança passou a ter mais importância na família é momento de refletir sobre essa dinâmica da relação. Reassumirem o papel de pais e tirarem a sobrecarga dos filhos para que eles sigam suas vidas. A melhor forma de os filhos retribuírem o amor que receberam dos pais é passando isso adiante para as próximas gerações. Constelação Sistêmica Familiar As Leis do Amor na Constelação Familiar 2ª Lei: Dar e Receber Portanto, para que o amor dê certo é fundamental que o equilíbrio entre dar e receber seja respeitado. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
  • 14. Constelação Sistêmica Familiar As Leis do Amor na Constelação Familiar 3ª Lei: Hierarquia Os pais vêm primeiro e os filhos vêm depois. Na prática quer dizer que os pais são grandes e os filhos são pequenos. A relação dos pais é a prioridade numa família e os filhos vêm depois para completar o sentido da união do casal. Os pais dão aos filhos e os filhos recebem. Quando os filhos se sentem maiores, mais importantes e mais capazes que os pais e se portam como se os pais fossem incapazes isso fere esse princípio. A alma do filho sente um desconforto que se manifesta em forma de sofrimento autoimposto. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
  • 15. Constelação Sistêmica Familiar As Leis do Amor na Constelação Familiar 3ª Lei: Hierarquia Filhos que se arrogam o direito de mandar na vida dos pais ou de exigir tudo desses por longos anos da vida acabam se impondo (inconscientemente) uma vida turbulenta e cheia de dor. Mas quando conseguem reconhecer a grandeza da vida e perceber que isso é o bastante, a ordem se restabelece no sistema familiar e o amor pode voltar a fluir livremente. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
  • 16. Existem, segundo Hellinger, 3 tipos de consciência: pessoal, a coletiva e a espiritual. A consciência pessoal é aquela que nos faz sentir bem ou mal perante um grupo. Todo grupo tem suas regras, exigências, limites e leis morais. Lá é dito explícita ou implicitamente o que devemos ou não fazer, o que é permite ou não sentir e expressar. Constelação Sistêmica Familiar A consciência coletiva é aquela que garante o pertencimento de todos os membros do grupo. Como dissemos no segundo artigo sobre as leis do amor, todos tem o igual direito de pertencer. A consciência espiritual é uma dimensão mais ampla de entendimento que só surgiu para Bert Hellinger nos anos recentes. Ele notou que essa consciência supera os limites das demais consciências para além do bem e do mal e do pertencimento e da exclusão. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
  • 17.
  • 18. Constelação Sistêmica Familiar O que eu ganho com isso ? O trabalho de Constelação Familiar é diferente. Enquanto, o analgésico procura aliviar o incômodo, nosso trabalho e responsabilidade é propiciar um campo para olhar a causa daquilo que atua no desconforto. O incômodo faz com que o cliente olhe para algo. Geralmente, é algo que foi excluído ou rejeitado. Há tensão. Quando as dinâmicas do tema do cliente vem à tona, ele entra em contato com aquilo que atua em si mesmo, e a partir daí há uma nova possibilidade. Algo se transforma. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
  • 19. Constelação Sistêmica Familiar O que eu ganho com isso ? Todos que participam deste campo, inclusive aqueles que não constelam um tema, são trabalhados. Todos tem a chance de descobrir novas possibilidades, insights e caminhos para sua vida. Pode ser que isso ocorra a partir de um tema pessoal que foi trabalhado ou pode ser que ocorra a partir da participação do tema de uma outra pessoa. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
  • 20. Constelação Sistêmica Familiar O que eu ganho com isso ? Pode ser que aconteça no momento da constelação ou pode ser que leve alguns dias ou semanas. A alma tem seu próprio tempo e pega para si o essencial do que foi trabalhado. A transformação ocorre naturalmente, sem forçar a barra. Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
  • 21. Assim como a Vida, não temos controle do trabalho de Constelações Familiares. Não sabemos o que emergirá do sistema da pessoa. Não se trata de arrumar ou consertar o sistema ou a pessoa. Não se trata de controle. Trata-se de se conectar com algo que atua em você mesmo e olhar com Amor para aquilo que foi rejeitado ou excluído. E para isso, é necessário coragem. Constelação Sistêmica Familiar O que eu ganho com isso ? Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25. Constelação Sistêmica Familiar Reflexão:   “ Quando alguém pára no caminho e não quer avançar, o problema não está no saber. Ele busca segurança quando é preciso coragem, e quer liberdade quando o certo não lhe deixa escolha. Assim, fica dando voltas” Bert Hellinger Eduardo Di Giorgio Filho CRP 06/34941-2