Lesões Orgânicas Induzidas pela
Ventilação Mecânica
CaioVeloso da Costa
História daVentilação Mecânica
• Descrição deVentilação Artificial desde os tempos Antigos
1. Profeta Eliseu e a Ventilaçã...
História daVentilação Mecânica
• Ventilação com Pressão Negativa:
1. Início nos anos 1800's
2. "Iron Lungs"
RESPIRATORY CA...
RESPIRATORY CARE. 2011;56(8).1170-80
RESPIRATORY CARE. 2011;56(8).1170-80
RESPIRATORY CARE. 2011;56(8).1170-80
História daVentilação Mecânica
• Início da "Era da Pressão Positiva"
1. Final da Década de 1960 - Surgimento dos VM da pri...
RESPIRATORY CARE. 2011;56(8).1170-80
Ventilator Induced Lung Injury
Lesão Pulmonar Induzida pelaVentilação
Ventilator Induced Lung Injury -VILI
• Lesão orgânica decorrente de altas pressõesTranspulmonares, causando contínua
diste...
Barotrauma
• Lesão causada devido Pressão Alveolar exacerbada ocasionando lesão traumática
do alvéolo;
• Pneumotórax e Pne...
Volutrauma
• Lesão causada por hiperdistensão repetida de alvéolos com menores
Constante deTempo e melhor Complacência dev...
Atelectrauma
• Lesão decorrente de Distensão e Colapso cíclico de unidades alveolares;
• Inativação de Surfactante e Liber...
Estratégias de Minimização
• Ajuste adequado dos Alarmes doVentilador;
• Volumes Correntes entre 6-8 mL/Kg de PBW;
• Press...
Ventilator Induced Diaphragm
Dysfuntion
Disfunção Diafragmática Induzida pela
Ventilação
American Journal of Physiology . 2013,305(5)R464-R47
Mecanismos
• Alteração Estrutural
• Lesão Oxidativa
• Alterações de Contratilidade
American Journal of Physiology . 2013,3...
Alterações Estruturais
• Redução de Área de SecçãoTransversa;
• Alteração de Síntese-Ressíntese de proteínas;
• Redução de...
Critical Care. 2009;13:221
Lesão Oxidativa
American Journal of Physiology . 2013,305(5)R464-R47
Alteração de Contratilidade
American Journal of Physiology . 2013,305(5)R464-R47
Relação entre Modos eVIDD
Crit Care Med. 2012; 40(4):1254–60
Papel do Exercício naVIDD
J Appl Physiol. 2012; 112: 501–10.
Perspectivas...
• Uso de Adaptive SupportVentilation;
• Uso de Hipercapnia Permissiva;
Anesthesiology. 2010; 112(6):1435-43
Critical Care. 2014;18:R28
Estratégias de Minimização
• PSV o mais cedo que possível;
• RealizarTestes de Respiração Espontânea;
• Mobilização Precoc...
fisioterapiahospital.blogspot.com.br
Contato
• caiovelosodacosta@yahoo.com.br
• Reflexões sobre Fisioterapia Hospitalar – fanpage no Facebook
Muito Obrigado!
Aula - Lesões Orgânicas induzidas pela Ventilação Mercânica
Aula - Lesões Orgânicas induzidas pela Ventilação Mercânica
Aula - Lesões Orgânicas induzidas pela Ventilação Mercânica
Aula - Lesões Orgânicas induzidas pela Ventilação Mercânica
Aula - Lesões Orgânicas induzidas pela Ventilação Mercânica
Aula - Lesões Orgânicas induzidas pela Ventilação Mercânica
Aula - Lesões Orgânicas induzidas pela Ventilação Mercânica
Aula - Lesões Orgânicas induzidas pela Ventilação Mercânica
Aula - Lesões Orgânicas induzidas pela Ventilação Mercânica
Aula - Lesões Orgânicas induzidas pela Ventilação Mercânica
Aula - Lesões Orgânicas induzidas pela Ventilação Mercânica
Aula - Lesões Orgânicas induzidas pela Ventilação Mercânica
Aula - Lesões Orgânicas induzidas pela Ventilação Mercânica
Aula - Lesões Orgânicas induzidas pela Ventilação Mercânica
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula - Lesões Orgânicas induzidas pela Ventilação Mercânica

331 visualizações

Publicada em

Aula sobre Lesões pulmonares e diafragmáticas induzidas pela Ventilação Mecânica

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
331
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula - Lesões Orgânicas induzidas pela Ventilação Mercânica

  1. 1. Lesões Orgânicas Induzidas pela Ventilação Mecânica CaioVeloso da Costa
  2. 2. História daVentilação Mecânica • Descrição deVentilação Artificial desde os tempos Antigos 1. Profeta Eliseu e a Ventilação Boca-Boca (2º Livro de Reis, cap 4, ver. 34-35) ; 2. Hipócrates fez a primeira descrição de Intubação Traqueal e VM através de uma Via aérea artificial - Tratado do Ar (460 a.C.); 3. Paracelcius descreve o uso de Fole conectado em um tubo orotraqueal para assistir a Ventilação de um paciente (1530 d. C). RESPIRATORY CARE. 2011;56(8).1170-80
  3. 3. História daVentilação Mecânica • Ventilação com Pressão Negativa: 1. Início nos anos 1800's 2. "Iron Lungs" RESPIRATORY CARE. 2011;56(8).1170-80
  4. 4. RESPIRATORY CARE. 2011;56(8).1170-80
  5. 5. RESPIRATORY CARE. 2011;56(8).1170-80
  6. 6. RESPIRATORY CARE. 2011;56(8).1170-80
  7. 7. História daVentilação Mecânica • Início da "Era da Pressão Positiva" 1. Final da Década de 1960 - Surgimento dos VM da primeira geração; 2. Início dos anos 80 - Primeiro VM com Disparo pelo Paciente; 3. Final dos anos 80 - Surgem os VM Microprocessados (3ª Geração); 4. Final dos anos 90 - Modos Avançados. RESPIRATORY CARE. 2011;56(8).1170-80
  8. 8. RESPIRATORY CARE. 2011;56(8).1170-80
  9. 9. Ventilator Induced Lung Injury Lesão Pulmonar Induzida pelaVentilação
  10. 10. Ventilator Induced Lung Injury -VILI • Lesão orgânica decorrente de altas pressõesTranspulmonares, causando contínua distensão de áreas e modificando ciclicamente seus volumes de repouso. • Barotrauma/Volutrauma • Atelectrauma • Biotrauma Eur Respir J 2003; 22: Suppl. 42, 2s–9s
  11. 11. Barotrauma • Lesão causada devido Pressão Alveolar exacerbada ocasionando lesão traumática do alvéolo; • Pneumotórax e Pneumomediastino; • Pinsp. máx. sempre que possível < 40 cmH2O. Eur Respir J 2003; 22: Suppl. 42, 2s–9s
  12. 12. Volutrauma • Lesão causada por hiperdistensão repetida de alvéolos com menores Constante deTempo e melhor Complacência devido uso de altosVolumes inspiratórios; • Liberação de Mediadores inflamatórios e alteração da estrutura alveolar; • Volumes Correntes "Altos" vs Ideais Eur Respir J 2003; 22: Suppl. 42, 2s–9s
  13. 13. Atelectrauma • Lesão decorrente de Distensão e Colapso cíclico de unidades alveolares; • Inativação de Surfactante e Liberação de Mediadores Inflamatórios; • PEEP como fator de proteção e manejo. Eur Respir J 2003; 22: Suppl. 42, 2s–9s
  14. 14. Estratégias de Minimização • Ajuste adequado dos Alarmes doVentilador; • Volumes Correntes entre 6-8 mL/Kg de PBW; • Pressão de Platô < 30 cmH2O / Pressure < 16 cmH2O; • Uso de PEEP.
  15. 15. Ventilator Induced Diaphragm Dysfuntion Disfunção Diafragmática Induzida pela Ventilação
  16. 16. American Journal of Physiology . 2013,305(5)R464-R47
  17. 17. Mecanismos • Alteração Estrutural • Lesão Oxidativa • Alterações de Contratilidade American Journal of Physiology . 2013,305(5)R464-R47
  18. 18. Alterações Estruturais • Redução de Área de SecçãoTransversa; • Alteração de Síntese-Ressíntese de proteínas; • Redução de Força de Contração American Journal of Physiology . 2013,305(5)R464-R47
  19. 19. Critical Care. 2009;13:221
  20. 20. Lesão Oxidativa American Journal of Physiology . 2013,305(5)R464-R47
  21. 21. Alteração de Contratilidade American Journal of Physiology . 2013,305(5)R464-R47
  22. 22. Relação entre Modos eVIDD Crit Care Med. 2012; 40(4):1254–60
  23. 23. Papel do Exercício naVIDD J Appl Physiol. 2012; 112: 501–10.
  24. 24. Perspectivas... • Uso de Adaptive SupportVentilation; • Uso de Hipercapnia Permissiva;
  25. 25. Anesthesiology. 2010; 112(6):1435-43
  26. 26. Critical Care. 2014;18:R28
  27. 27. Estratégias de Minimização • PSV o mais cedo que possível; • RealizarTestes de Respiração Espontânea; • Mobilização Precoce; • Se disponível, utilizar Modos Avançados (ASV/NAVA).
  28. 28. fisioterapiahospital.blogspot.com.br
  29. 29. Contato • caiovelosodacosta@yahoo.com.br • Reflexões sobre Fisioterapia Hospitalar – fanpage no Facebook
  30. 30. Muito Obrigado!

×