OMG!Over the Meshes and Grids
Conceito de marca1. Ato ou efeito de marcar; 2. Sinal que se faz num objetopara reconhecê-lo; 3. Desenho ou etiqueta de pr...
- Marcas sugestivas: são aquelesnomes que sugerem certas qualidades.Exemplo: Speedy.- Marcas arbitrárias: não há correlaçã...
PERAÍ!!!é MARCA      ou LOGO?
Os elementos e complementosde uma marcaSímbolo                        LogotipoCor e Alfabeto institucional
Sinalização externaAssinaturas de publicidade
GridTrabalhar geometricamente um elemento gráfico afim delimitar proporcionalmente o mesmo.Grade base para desenhos e diag...
Metrô / Alexandre Wollner
Malha Construtiva/MeshA Malha construtiva é o produto das formas geométricasaplicadas ao grid, em harmonia ao logo pré-Pro...
Porque usar malhaconstrutiva?Motivo 1: Tecnologia não unificadaMotivo 2: ControleMotivo 3: Problemas com a própria tecnolo...
O que pensar aocriar uma marca?Ao seguir o briefing não ter receio de propor idéiasdiferentes, por mais primárias que seja...
A criação sempre foi e sempre será livre, independente delimitações e medidas exatas.A malha construtiva é uma técnica que...
Eduardo Design
Elita / Ajam Choi
Apple / Rob Janoff
Atitude Legal / Beto Nunes
Mecson Eletromecânica / Agência Trio
Itaú / Alexandre Wollner
Gian Piero Designer Gráfico /Gian Piero Ferrara              Cebrace / Sebastiany
Ecolabor / Sebastiany
Cone Sul / SebastianyBiogroup / Sebastiany
PropostaBriefingBrainstormEscolhaDesenvolvimentoAplicação da malhaArte final
Conclusão
BibliografiaPEÓN, LUÍSA MARIA. Sistemas de Identidade Visual. Rio deJaneiro: Base Design, 2000.FISHEL, CATHARINE. Como rec...
SEBASTIANY, GUILHERME. Porque fazer malhas construtivas?Disponível em: < http://www.sebastiany.blog.br/index.php/porque-fa...
Apresentação OMG! (Interdesigners 2011)
Apresentação OMG! (Interdesigners 2011)
Apresentação OMG! (Interdesigners 2011)
Apresentação OMG! (Interdesigners 2011)
Apresentação OMG! (Interdesigners 2011)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação OMG! (Interdesigners 2011)

1.115 visualizações

Publicada em

Apresentação feita no nosso workshop do Interdesigners 2011 sobre malhas construtivas.

  • Seja o primeiro a comentar

Apresentação OMG! (Interdesigners 2011)

  1. 1. OMG!Over the Meshes and Grids
  2. 2. Conceito de marca1. Ato ou efeito de marcar; 2. Sinal que se faz num objetopara reconhecê-lo; 3. Desenho ou etiqueta de produtos in-dustriais- Marcas genéricas: consideradas não-distintivas,não identificam o que é, tampouco a qualidadedo produto ou serviço.Exemplo: A Lusitana.- Marcas descritivas: explicitam a ação doproduto ou serviço.Exemplo: Compre bem.
  3. 3. - Marcas sugestivas: são aquelesnomes que sugerem certas qualidades.Exemplo: Speedy.- Marcas arbitrárias: não há correlaçãoentre o nome e o produto.Exemplo: Apple.- Marcas inventadas: nomes criadosexclusivamente para a marca, semnenhum correspondente ao produto ouserviço ao qual pertencem.Exemplo: Google.
  4. 4. PERAÍ!!!é MARCA ou LOGO?
  5. 5. Os elementos e complementosde uma marcaSímbolo LogotipoCor e Alfabeto institucional
  6. 6. Sinalização externaAssinaturas de publicidade
  7. 7. GridTrabalhar geometricamente um elemento gráfico afim delimitar proporcionalmente o mesmo.Grade base para desenhos e diagramação, com divisõesiguais e proporcionais.A diferença básica entre Grid e Malha, é que o grid podeser aplicado de várias maneiras (páginas, diagramação,outdoors, etc.) enquanto a malha é funcional para a criaçãoda marca em si.
  8. 8. Metrô / Alexandre Wollner
  9. 9. Malha Construtiva/MeshA Malha construtiva é o produto das formas geométricasaplicadas ao grid, em harmonia ao logo pré-Projetado, ouseja, com formas geométricas e proporções ligadas ao Grid,faz-se a forma da marca, construindo-a a partir dos símbolosjá planejados (Desenho, Sketch), aplicando formas similaresbásicas (Linhas inclinadas ou retas, círculos, triângulos)
  10. 10. Porque usar malhaconstrutiva?Motivo 1: Tecnologia não unificadaMotivo 2: ControleMotivo 3: Problemas com a própria tecnologiaMotivo 4: Aperfeiçoamento
  11. 11. O que pensar aocriar uma marca?Ao seguir o briefing não ter receio de propor idéiasdiferentes, por mais primárias que sejam.Pensar na identidade da instituição como um todo. Formas funcionais Cores ProporcionalidadeAplicações Quais mídias? Diferentes versões da marca Positivo/Negativo Redução
  12. 12. A criação sempre foi e sempre será livre, independente delimitações e medidas exatas.A malha construtiva é uma técnica que ajuda a manter aproporção a uma composição de elementos, tornando amarca mais harmônica.
  13. 13. Eduardo Design
  14. 14. Elita / Ajam Choi
  15. 15. Apple / Rob Janoff
  16. 16. Atitude Legal / Beto Nunes
  17. 17. Mecson Eletromecânica / Agência Trio
  18. 18. Itaú / Alexandre Wollner
  19. 19. Gian Piero Designer Gráfico /Gian Piero Ferrara Cebrace / Sebastiany
  20. 20. Ecolabor / Sebastiany
  21. 21. Cone Sul / SebastianyBiogroup / Sebastiany
  22. 22. PropostaBriefingBrainstormEscolhaDesenvolvimentoAplicação da malhaArte final
  23. 23. Conclusão
  24. 24. BibliografiaPEÓN, LUÍSA MARIA. Sistemas de Identidade Visual. Rio deJaneiro: Base Design, 2000.FISHEL, CATHARINE. Como recriar a imagem corporativa, es-tratégias de design gráfico bem sucedidas. Barcelona: GG,2003.WOLLNER, ALEXANDRE. Visual Design 50 years. São Paulo:Cosac Naify, 2003.STRUNCK, GILBERTO L. T. L. Como criar identidades visuaispara marcas de sucesso. Rio de Janeiro: Rio Books, 2007.CONSOLO, CECILIA. Anatomia do Design. São Paulo: EditoraBlucher, 2009.
  25. 25. SEBASTIANY, GUILHERME. Porque fazer malhas construtivas?Disponível em: < http://www.sebastiany.blog.br/index.php/porque-fazer-malhas-construtivas/> Acessado em outubro de2011.http://www.flickr.com/photos/sebastiany/http://www.ferdi.com.br/wp-content/uploads/doutorado/fer-nanda_henriques.pdf

×