ANO XI - MARÇO 2014 Diretor Responsável: Jornalista EDISON TORRES
JORNAL DO MUNICÍPIO
MARICÁ
www.obarao.blogspot.com jorna...
2 - JORNAL DO MUNICÍPIO MARÇO 2014
Repórter ET
Expediente:
JORNAL DO MUNICÍPIO de Maricá
Editora JC - Av. Rio Branco, 14 -...
MARÇO 2014 JORNAL DO MUNICÍPIO ----- 3
REPORTAGEM
A edição de Abril de 2007 do Jornal do Município
publicou uma entrevista...
4 - JORNAL DO MUNICÍPIO MARÇO 2014
A oposição se polariza em torno do nome de advogado
Julio Carolino. Com grande desgaste...
MARÇO 2014 JORNAL DO MUNICÍPIO ----- 5
EMPRESAS DE ÔNIBUS NÃO ESTÃO RECEBENDO REPASSE DAS TARIFAS
Segundo resultado da lic...
6 - JORNAL DO MUNICÍPIO MARÇO 2014
Dra. Márcia Braz
CARTASQUAQUÁ E O
PROGRESSO !
O Menino pobre da Mumbuca, cresceu
queren...
MARÇO 2014 JORNAL DO MUNICÍPIO - 7- 7- 7- 7- 7
Comandante Nardim
Nosso jornal dá provas inequívocas da democracia
que rein...
8 - JORNAL DO MUNICÍPIO MARÇO 2014
SERESTEIROS DE MARICÁ E 3ª IDADE HOMENAGEIAM A
CANTORA MIRENE
No meio musical de Maricá...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

JORNAL DO MUNICÍPIO - MARÇO 2014

818 visualizações

Publicada em

NO ENREDO SOBRE MARICÁ, SÓ DEU MAYSA

3 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
818
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
211
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
3
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

JORNAL DO MUNICÍPIO - MARÇO 2014

  1. 1. ANO XI - MARÇO 2014 Diretor Responsável: Jornalista EDISON TORRES JORNAL DO MUNICÍPIO MARICÁ www.obarao.blogspot.com jornal.domunicipio@yahoo.com.br Maricá e seu bicentenário foram ofuscados pela falecida cantora que teve fim trágico num acidente de carro na ponte Rio – Niterói. A paulistana que morava no Rio era uma cantora de sucesso. Conhecida nacionalmente e por isso roubou a cena. Maysa era apenas uma veranista que tinha casa em Maricá onde curtia seus fins de semana. Participação na história do município ela não teve nenhuma e é lamentável que nomes com serviços prestados a nossa história tenham ficado de fora como os do professor Darcy Ribeiro, do ator Carlos Alberto que teve participação política como candidato a prefeito, da cantora Núbia Lafaiete que morava em Maricá, do Barão de Inoã e de Jacinto Caetano. Agora, homem bala no enredo sobre Maricá foi uma tremenda piada de mau gosto, no milionário carnaval da Grande Rio. Página 2 R$ 4,5 MILHÕES JOGADOS FORA NOENREDOSOBREMARICÁ,SÓDEUMAYSA EMPRESASDEÔNIBUSNÃOESTÃO RECEBENDOREPASSEDASTARIFAS Essa fato foi denunciado pelo Jornal Barão de Inohan em sua última edição. Só a Viação Costa Leste tem mais de R$ 15 milhões a receber da prefeitura. Página 5 POLÍCIA APONTA CULPADOS NA MORTE DE PILOTO E JUIZ FEDERAL. O bi – motor em que viajaram foi proibido de pousar no aeródromo de Maricá, caindo logo em seguida na lagoa de São José. Página 5 Brasil, sucursal do inferno. Página 5 Viação Nª. Sª. doAmparo renova sua frota. Repórter ET Ano eleitoral agita mundo político. Repórter ET Prometida para quatro anos a cidade não mudou nada. Página 3 Quaquá e o progresso. Leia coluna de Márcia Braz Página 6 A Democracia no Jornal do Município Página 7 Quá Quá Quá Quá. É pra gargalhar! Homem bala na história de Maricá PDT: CAUTELA PARA TOMAR DECISÕESPágina 4
  2. 2. 2 - JORNAL DO MUNICÍPIO MARÇO 2014 Repórter ET Expediente: JORNAL DO MUNICÍPIO de Maricá Editora JC - Av. Rio Branco, 14 - 18º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ Diretor Executivo: Tiago Salles - Editor Responsável: Edison Torres, RP 385-DRT-PA Redação: jornalismopr@hotmail.com / jornal.domunicipio@yahoo.com.br Digitação: Pery Salgado e Stephanie Dalliany Programação Visual: PR PRODUÇÕES www.obarao.blogspot.com Representante:TRÁFEGO PUBLICIDADE Distribuição: Central de Jornalismo - Rua Barão de Inohan 233 - Centro - Maricá > Tel.: 2637-4170 Impressão: A TRIBUNA Fotos: Pery Salgado e Rosemery Oliveira Os artigos assinados e opiniões são de responsabilidade de seus autores ANO ELEITORAL Esse ano de 2014 vale tudo. Mentiras, promessas, tapinhas nas costas e tudo mais que envolva a população. Na propaganda gratuita na televisão os •gprofissionais•h da política já começaram a iludir o eleitor que tem que sofrer por ser o responsável por essa esculhambação que se chama política no Brasil. O Senado será renovado em parte e a Câmara Federal e as Assembleias Legislativas na sua totalidade. Está na hora do povo pensar e mandar procurar emprego aqueles que tentam fazer da política, uma profissão. Chega de carreiristas políticos. É hora de renovação. Inclusive Maricá precisa de um representante no legislativo estadual. Expulsemos os vendilhões do tempo, isto é, aqueles que vem aqui em busca de voto sem que tenham nenhum compromisso com Maricá. Está dado o alerta. HOMEM BALA Nenhum livro que conta a história de Maricá, faz referência ao homem bala caindo na cidade como mostrou a escola de samba na avenida. PAULO MAURÍCIO Quem diria, o ex-vereador Paulo Maurício figura destacada na política maricaense como presidente da Câmara Municipal, vive hoje no ostracismo (para quem não sabe, esquecimento) como simples secretário municipal sem nenhum poder de mando. NA FESTA PARA MARICÁ SÓ DEU MAYSA A prefeitura gastou mais de R$ 4,5 milhões para que uma escola de samba exaltasse Maricá no ano de seu bicentenário. Mas quem foi para o sambódromo para ver Maricá, viu Maysa a falecida cantora que tinha casa de veraneio aqui no município. Como poderia ter visto o professor Darci Ribeiro, o jornalista João Saldanha, o ator Carlos Alberto e a cantora Nubia Lafaiete, todos já falecidos e esquecidos nessa homenagem fraquíssima em que teve até homem bala, que nada tem a ver com a história de Maricá. A letra do samba falava em proteção da santa. Ora, santa tem muitas e o povo ficou sem saber que Nossa Senhora do Amparo é a protetora de Maricá. Outros esquecidos foram o Barão de Inoã, o criador de nossa estrada de ferro e o senhor Jacinto Caetano, grande exportador de laranjas e o pioneiro na introdução do transporte público. Os comentaristas de televisão falaram na economia de Maricá. Que economia? Maricá não produz mais nada a não ser uma meia duzia de aipim e banaca, contrastando com épocas passadas quando figurava como um dos principais produtores de limão, coco, laranja, banana e aipim. Não existe economia aqui e o que se observa é um esbanjamento de dinheiro público com uma propaganda fajuta e mentirosa. O que deveria ter acontecido o prefeito jogou no lixo e ignorou. Se reuniria todas as escolas de samba do município, fazia-se um desfile com enredo girando para todas sobre a história de Maricá. O melhor seria o vencedor e ganharia o troféu e ainda se gastaria menos com toda a certeza. COPA DO MUNDO As convenções partidárias este ano serão com toda certeza ofuscadas pela realização da copa do Mundo, que começa no dia 12 de Junho se estendendo até o dia 13 de Julho. E é exatamente quando os partidos estarão re reunindo para escolher seus candidatos ao Parlamento, ao governo do Estado e a Presidência da República. Certamente as convenções ficarão em segundo plano, mas é bom o povo ficar de olho nos candidatos, aos empregos mais cobiçados no país. PRESTÍGIO MEDIDO EM MINUTOS Na contabilidade da eleição de Outubro, um ex-ministro vale mais do que um atual. Calculadora acionada, o presidente estadual do PT, Washington Quaquá, estendeu os olhinhos cobiçosos para o colega do PDT e ex-ministro do Trabalho, Carlos Lupi, neste carnaval. O sonho dourado dos petistas é ter o apoio de Lupi, dono de um bom naco de tempo de TV, para completar os tais cinco minutos de que o senador e pré-candidato a governador Lindbergh Farias tanto precisa. Quaquá aproveitou o som das baterias das escolas de samba para oferecer ao pedetista, ao pé do ouvido, na Sapucaí, o posto de candidato a senador. NÃO SAI CARO Mas, de bobo, Lupi, não tem nadica de nada. Antes de visitar Quaquá no camarote da Grande Rio, deu uma passadinha lá no espaço carnavalesco do governo do estado, para um beija-mão com Sérgio Cabral. Afinal, não custa ouvir os dois lados da disputa. Até por que, a vaga ao Senado o PMDB também já lhe ofereceu. DRA. JANETE A dra. Janete Valadão, não foi exonerada do cargo de secretária de saúde. Pediu demissão, motivo: não aguentou a pressão do todo poderoso donatário da capitania (secretaria) da Saúde, um nobre da Câmara Municipal. TESTE PARA 2016 O prefeito Quaquá vai fazer um teste com o presidente da Câmara Municipal, Fabiano Horta, lançando sua candidatura a deputado federal em Outubro próximo. O resultado das urnas será avaliado para uma possível e quase certa candidatura de Horta à prefeito em 2016. Com isso, Marcus Ribeiro roda! VIAÇÃO NOSSA SENHORA DO AMPARO RENOVA FROTA A Viação Nossa Senhora do Amparo já colocou em circulação 20 novos ônibus urbanos. Destes, alguns estarão fazendo parte da linha Maricá - Rio do Ouro (544R) e outros da linha Centro - Recanto (10). Alguns serão usados também nas linhas que ligam Niterói a bairros de São Gonçalo, feitas pela Viação Nossa Senhora do Amparo. Com a chegada destes 20 ônibus, sobem para 73 o número de novos ônibus colocados em circulação pela empresa nos últimos 4 meses, sendo 40 urbanos e 33 do tipo TARIFAA que integram as linhas Maricá - Castelo, Maricá - Niterói, Itaipuaçu - Niterói e Itaipuaçu - Castelo. Segundo informações do gerente administrativo do centro de controle de operações, Sr. Márcio Paulo, novos ônibus chegarão nos próximos meses, renovando e aumentando a frota que hoje conta com 296 veículos. JORNAL DO MUNICÍPIO A verdade sempre!
  3. 3. MARÇO 2014 JORNAL DO MUNICÍPIO ----- 3 REPORTAGEM A edição de Abril de 2007 do Jornal do Município publicou uma entrevista com o tabelião Ronaldo Maiato Dias, em que ele afirmava que um grande número de projetos estavam prontos para serem executados em oito anos, mas que em quatro anos Maricá começaria a mudar. Já se passaram sete e não mudou nada. O município continua o mesmo, emperrado, sem economia e sem administração competente. O que se observa hoje é um grande volume de dinheiro jogado fora com propaganda enganosa. Mas o que aconteceu e por quê Maricá não mudou como previu Ronaldo Maiato? Em primeiro lugar o nosso entrevistado declarou que essas mudanças viriam de fora com a chegada do capital estrangeiro, que seria aplicado aqui. Mas esse capital não chegou e a tal profecia entusiasmada de Ronaldo não se concretizou. A geração de 40 mil empregos que viriam por conta de investimentos da Brascan, uma empresa formada com capital canadense, de um grupo italiano que comprou uma fazenda no pé da Serra do Mato Grosso e de um grupo ibero lusitano que havia comprado a restinga, pelo menos até agora, decorridos sete anos, não foi adiante. MOMENTO HISTÓRICO Naquela oportunidade, Ronaldo declarou que estávamos vivendo um momento histórico e acrescentou: “são projetos previstos para os próximos oito anos (já se passaram sete), mas em quatro a cidade começará a mudar. (O que estava previsto para 2011 não aconteceu). Ronaldo chegou até a falar na nova Maricá com os grandes investimentos que a Brascan pretendia fazer aqui. PROMETIDAPARA4ANOSACIDADENÃOMUDOUNADA festança, tomaram banho na praia de Ponta Negra, foram embora e nunca mais. O QUE ACONTECEU? Será que todos os projetos esbarram na burocracia como previu Ronaldo, que na ocasião declarou: “sabemos, entretanto que os grupos turísticos terão grandes dificuldades na obtenção das aprovações dos empreendimentos, tanto pela burocracia das empresas ambientais em todos os níveis como pela falta de empresas de formação de mão de obra qualificada na região, além da falta de ações do Poder Executivo para o fornecimento de uma infraestrutura adequada ao nível dos empreendimentos, considerando desde a escolha do manancial hídrico para abastecimento de água potável a todo o município, esgotamento sanitário e estações de tratamento, livrando a lagoa de Maricá de receber todos os resíduos poluentes que hoje lhe são despegados, destruindo o ecossistema. Talvez tenha sido isso uma das razões das empresas não executarem os seus projetos. Na lembrança da população ainda uma fábrica de cerveja que tentou se instalar aqui, mas não fez pelo problema de água e no governo Uilton Viana que prometeu isenção de impostos para indústrias não poluentes que quisessem se instalar aqui. Só veio uma fábrica de queijo que depois faliu. Tudo por conta da construção do polo petroquímico de Itaboraí. O grupo iria investir pesado em resorts e prédios residenciais. Ronaldo previu que nesse espaço de tempo seria construindo um centro administrativo no pé da Serra onde seriam empregados investimentos italianos, surgindo, assim, uma nova Maricá. Esse centro teria lojas e shoppings com uma infra estrutura moderna e que seria com toda certeza num futuro próximo (esse futuro já chegou) um ponto desenvolvimentista da região. Na entrevista Ronaldo até chegou a chamar a atenção do povo que segundo ele “precisaria ter consciência para ajudar a alavancar e não atravancar o progresso que está chegando”. (E não chegou). AINDA EXISTE ESPERANÇA? Dos oito anos prometidos por Ronaldo já se passaram sete e nada aconteceu. Novo centro administrativo na entrada de Ponta Negra não passou de um sonho. Mas o que estão esperando os prováveis investidores para executar seus projetos? O grupo ibero lusitano que estava investindo eco turismo no Nordeste, estava se programando para investir em Maricá. Mas até agora não aconteceu. Isso nos leva a um passado não muito distante quando espanhóis e portugueses estiveram aqui no governo Uilton Viana. O prefeito chegou a ir à Portugal e o vice Polívio Baiense foi a Espanha. De prático só o passeio dos dois à Europa. Mais recentemente os árabes que chegaram aqui para investir, visitaram a cidade cortejados por autoridades municipais, almoçaram num restaurante com direito a Além dos comerciantes que estão descontentes já no segundo mês de circulação do Cartão Mumbuca, agora são os usuários que além de descontentes estão passando constrangimentos. O valor de R$ 70,00 que deveria ser creditado todo dia 5 de cada mês aos beneficiados pelo programa social do governo municipal de Maricá, ainda não foi feito neste mês de março. Segundo um funcionário do Banco Palmas localizado próximo ao colégio Joana Benedicta Rangel, o problema aconteceu por que a PREFEITURA DE MARICÁ ainda não repassou os recursos para o banco fazer os créditos aos usuários. Ainda segundo este funcionário, até sexta (dia 21) todos já deverão estar com seus créditos em conta, 16 dias após da data acordada entre Prefeitura e beneficiados. Com isso, muitos usuários estão passando por sérios constrangimentos, pois chegam nos comércios QUE AINDA ACEITAM O CARTÃO (comerciantes também não estão recebendo seus créditos - leia no parágrafo mais abaixo) e ao fazer suas compras são surpreendidos pela falta de crédito nos cartões. “Isso tem gerado muitos problemas. Só podemos liberar as compras feitas com o cartão tendo crédito e na maioria das vezes isso não acontece e o usuário acha que o problema é nosso ou da máquina fornecida pelo tal Banco Palmas, mas fiquei sabendo que não colocaram ainda os créditos de março nos usuários do cartão. Isso é uma sacanagem” disse o comerciante que pediu para não se identificar por medo de represálias. A reportagem do Barão de Inohan percorreu neste final de semana desde a nossa primeira reportagem feita na sexta feira dia 14/03, estabelecimentos do centro, Flamengo, Itapeba, Condado e Marques, e TODOS sem exceção não estão aceitando o CARTÃO MUMBUCA. Até sábado, dois dos 11 estabelcimentos visitados, ainda aceitavam mas os usuários chegavam sem nenhum crédito no cartão. CRÉDITO AO INVÉS DE DÉBITO Outra coisa que está chateando muito os comerciantes, é que ao fecharem o contrato com a Prefeitura, a informação recebida por eles é que o CARTÃO MUMBUCA é um CARTÃO DE DÉBITO, mas a história não é bem assim. Na verdade, ela só é de DÉBITO para o usuário, que tem o valor de sua compra DEBITADO IMEDIATEMENTE no momento da compra, mas segundo os comerciantes, o valor só está sendo CREDITADO em suas contas com 30 dias ou mais. Os primeiros a trabalhar com o cartão MUMBUCA CREDIBILIDADE NÃO SE FAZ DA NOITE PARAO DIA, SECONQUISTA AOLONGODOSANOS. JORNAL DO MUNICÍPIO 10 ANOS reclamam que ainda não receberam os CRÉDITOS de fevereiro. Ao perguntarmos ao funcionário do Instituto Palmas sobre o assunto, este (que pediu para não ser identificado) disse que nesta segunda feira (17 de março) todos os comerciantes terão seus créditos de fevereiro depositados em suas contas. Informou ainda que a demora aconteceu por falta de liberação de recursos por parte da Prefeitura. O mesmo funcionário (já irritado) não soube informar sobre o cartão ser de DÉBITO OU CRÉDITO para o comerciante. USUÁRIOSPASSAMCONSTRANGIMENTOSEMLOJASQUEAINDAACEITAMAMUMBUCA Acompanhe também as notícias em tempo real acessando o BARÃO ON LINE www.obarao.blogspot.com
  4. 4. 4 - JORNAL DO MUNICÍPIO MARÇO 2014 A oposição se polariza em torno do nome de advogado Julio Carolino. Com grande desgaste da esposa do prefeito no município, ocasionado por vários fatores, em especial o grande valor doado à escola de samba Grande Rio, onde o município carente em vários setores, observa mais R$ 4,5 milhões ir embora sem retorno algum. Até agora só há duas pré-candidaturas com base no município, a deputado estadual, uma da situação, no caso de Zeidan, e outra da oposição, no caso Julio Carolino, assim a campanha do jovem advogado vem obtendo grandes adesões, e a simpatia do eleitor com vontade de mudança. É bom lembrar que com Marcelo Delaroli e Uilton Viana inelegíveis, coube ao PDT/Maricá, liderar a oposição. Mesmo que os dois insistam em pedir registro de candidatura as mesmas serão negadas, tendo em vista a condenação dos dois pelo Tribunal, sendo que os votos que eles possam ter, serão anulados. Maricá não poderá perder a chance de eleger um deputado da cidade, ligado a oposição municipal, que combate todos os descasos que vêm sendo praticados pelo prefeito atual. PDT: CAUTELA PARA TOMAR DECISÕES A CHANCE DE ELEGER UM DEPUTADO Na última semana o PDT, realizou durante dois dias um seminário afim de montar um plano de governo para apresentar aos partidos que vêm oferecendo propostas de alianças, como já informado em edições anteriores deste jornal, o partido de Brizola, é o fiel da balança, sendo convidado a compor chapa tanto com Lindebergh, como com Pezão. As duas candidaturas são as mais prováveis, sendo uma com apoio massisso do governo estadual, no caso do Pezão e a outra com o apoio de parte do governo federal, no seminário o PDT deu ênfase a educação e a saúde, sem se esquecer do trabalhismo, porém não deixou de discutir todos os outros problemas do estado, a equipe de Maricá participou do grupo da educação, encabeçada pelo prefeito de São João de Meriti, Sandro Matos e pelo deputado federal, Marcelo Matos. A comitiva de Maricá, esteve presente com Dra. Márcia Braz, Dr. Julio Carolino, Presidente da Juventude Alexandre Flores, Vanda Rubio membro do diretório municipal, e a Profª Paula Guerra. FIEL DA BALANÇA PT x PMDB A briga entre PT e PMDB tem como líder o deputado federal Eduardo Cunha do Rio de Janeiro, deputado este ligado ao governador Sérgio Cabral e ao pré-candidato a governo Pezão. Além dos Ministérios que o PMDB está de olho tem também a disputa estadual, onde o PT insiste em lançar candidatura própria encabeçada pelo senador Lindebergh esta candidatura, já não tinha apoio do PT nacional, sendo que tudo indica a candidatura de Lindebergh também será usada como moeda de troca para acalmar o PMDB, em especial o PMDB do Rio de Janeiro, nos bastidores já se fala até em intervenção na regional do PT, tirando o atual presidente Quaquá, que é favorável a candidatura de Lindebergh. Cabral, não abre mão de cobrar a fatura da eleição passada, quando ele mesmo afirmou ao Jornal O Globo, que sacrificou dez prefeituras do PMDB para ajudar o PT. O médico Dr. Carolino, presidente do PDT de Maricá, participou das comemorações na igreja de São José, representando os profissionais da saúde e católico praticante, acompanhou a procissão ao lado de sua esposa, da Praça do Mineiro em São José, até a igreja local, por Carolino foi dito ser um momento de grande emoção participar de uma celebração como esta. Julio Carolino participou junto com o deputado Marcelo Matos e o prefeito Sandro Matos, das discussões sobre as alianças que o PDT estadual poderá estabelecer, Julio Carolino que também é membro da direção estadual do partido, enfatizou em seu discurso que o partido vive um momento muito importante, porém necessita de uma grande cautela para tomar as decisões. Também foi enfatizado por Julio que, este momento foi construído ao longo de todo ano passado, quando Sandro Matos, montou uma comitiva e durante todos os finais de semana visitou todas as regiões do estado, e praticamente todos os municípios, em alguns deles, como foi o caso de Friburgo, Cordeiro, a recepção foi feita inclusive na Câmara de Vereadores, essas visitas foram que acenderam o brizolismo, mostrando assim a força pedetista. O jovem advogado em sua fala também lembrou que Marcelo Matos, foi o mais votado deputado federal nas ultimas eleições pelo partido, sendo o único dos três eleitos que permaneceu na sigla, demonstrando assim a sua postura partidária e o seu compromisso com os ideais do partido.CAROLINO NA FESTA DE SÃO JOSÉ POSSÍVEIS ALIANÇAS Depois de constatar que o rompimento com o principal aliado era inevitável e passar as duas secretarias ocupadas pelo PT para as mãos do PSD e Solidariedade, o governador Sérgio Cabral (PMDB) deu mais um golpe na pré candidatura de Lindbergh Farias ao Palácio Guanabara. O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, afirmou que Cabral deu um xeque-mate e atraiu o partido para apoiar a campanha do vice-governador Luiz Fernando Pezão (PMDB). Dessa maneira, o governador tenta isolar Lindbergh e assegura pouco mais de nove minutos de TV para Pezão, mais que o dobro do que teria o petista. A exemplo do Solidariedade, que ontem aceitou formalmente o convite para que o deputado estadual Pedro Fernandes comande a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, os pedetistas estavam em negociações avançadas com o pré-candidato do PT. Lindbergh tinha oferecido a vaga de vice ao PDT. Lupi já se preparava para dar a notícia a Cabral, quando o governador se adiantou e ofereceu uma vaga na chapa majoritária. - Cabral deu o xeque-mate. Nós estamos no governo temos duas secretarias, ele nos deu a vaga na chapa majoritária. É difícil, depois de quatro anos no governo, dizer “tchau, estou indo embora”. Estamos mais próximos de fechar com ele, mas vou ouvir o partido – disse Lupi. A esperança petista é atrair o tradicional aliado PCdoB e outros partidos como PROS, PRB e até o PSB. - A gente conversa com todos os partidos que não sejam PMDB, que joga muito pesado com a máquina – disse o presidente do PT no Rio, Washington Quaquá. CABRALCABRALCABRALCABRALCABRAL AAAAATRAITRAITRAITRAITRAI AAAAAGORA O PDTGORA O PDTGORA O PDTGORA O PDTGORA O PDT JORNAL DO MUNICÍPIO A verdade sempre!
  5. 5. MARÇO 2014 JORNAL DO MUNICÍPIO ----- 5 EMPRESAS DE ÔNIBUS NÃO ESTÃO RECEBENDO REPASSE DAS TARIFAS Segundo resultado da licitação feita em 2005 das linhas municipais de Maricá, vencido pela Viação Nossa Senhora do Amparo nas linhas que atendem os distritos de Inoã e Itaipuaçu e pela Costa Leste nas linhas que atendem o 1º e 2º distritos (Centro, Ubatiba, Retiro, Caxito, Espraiado, Bambui, Ponta Negra e Barra), caberá a prefeitura Municipal de Maricá de acordo com a cláusula oitava “Dos Encargos do Poder Concedente”: 1) fazer cumprir as disposições regulamentares do serviço e as Cláusulas do Contrato de Concessão; 2) fiscalizar permanentemente a prestação dos serviços concedidos; 3) INIBIR O TRANSPORTE CLANDESTINO E/OU ALTERNATIVO, MEDIANTE AÇÕES DE NATUREZA ADMINISTRATIVA E/OU JUDICIAL, DEVENDO ADOTAR AS PROVIDÊNCIAS PARA A SUA PARALISAÇÃO E A CESSAÇÃO DO DANDO À CONCESSIONÁRIA, NO PRAZO MÁXIMOP DE 5 (cinco) DIAS, CONTADOS DO SEU CONHECIMENTO OFICIAL; ... 6) proceder a revisão das tarifas e autorizar seu reajustamento, nos termos do contrato; 7) manter o equilíbrio econômico financeiro deste contrato, atendendo as suas condições previstas; 8) zelar pela boa qualidade do serviço e receber, apurar e solucionar queixas e reclamações dos usuários; ... 9) fiscalizar outros serviços de transporte rodovi[ário municipal de passageiros delegados pelo município de Maricá, estabelecendo sua forma de exploração de modo que não intefiram coma as linhas objetos do presente contrato. uniformizados e que residam a MAIS DE 1000 METROS DO ESTABELECIMENTO DE ENSINO em que estejam matriculados. Pessoas portadoras de deficiência motora ou sensorial que dificulte a sua locomoção, além de pessoas portadoras de patologias que exijam tratamento continuado, cuja interrupção possa acarretar risco à vida. As isenções de trata o dispositivo serão concedidas exclusivamente em ônibus do tipo SA (urbanos). O custeio das isenções de trata o dispositivo deveria ser feito da seguinte forma: as empresas informariam a Secretaria de Transporte a quantidade de isenções concedidas. O setor de Contabilidade da Prefeitura, apuraria o valor total do custeio. Este poderia ser compensado dos tributos devidos (NUNCA FOI, AS EMPRESAS PAGAM TODOS OS TRIBUTOS DEVIDOS), mas tal fato nunca aconteceu. Segue ainda o dispositivo: “apurada a compensação, se restar crédito a favor da empresa operadora, este deverá ser EMPENHADO a favor da mesma, dando-se tramitação normal para a sua QUITAÇÃO. O valor referencial de isenção não poderá ser inferior a 60% (sessenta) do valor da tarifa básica de transporte cobrada no município. Acontece que nada disso vem acontecendo e em momento algum, nenhuma das duas empresas foram ressarcidas conforme reza o contrato de licitação. A Viação Costa Leste, que já teve 32 ônibus mas devido a dificuldades impostas pela prefeitura teve que se desfazer de 7 veículos, hoje com apenas 25 ônibus, tem aproximadamente R$ 15 milhões de crédito. E quanto terá a receber a Viação Nossa Senhora do Amparo, que possui 38 ônibus nas linhas municipais? Se formos analisar apenas estas cláusulas objeto da licitação em vigor desde 2005 (governo Ricardo Queiroz), com prazo de 15 anos, renováveis pelo periodo de mais 15, veremos que a prefeitura (atual) não faz cumprir na integra as disposições regulamentares do serviço. Não existe mais a fiscalização que deveria ser permanente nos terminais rodoviários municipais (centro e itaipuaçu). A prefeitura não só não inibe, como criou pela lei 183- 2011 o serviço de vans, que está sendo analisado sua legalidade pela justiça. Em momento algum, a prefeitura se esforçou para terminar com o serviço e na verdade, numa ação eleitoreira, confirmou a existência do serviço. As tarifas não são reajustadas anualmente conforme reza o contrato e se lembrarmos, no primeiro governo ficou por 3 anos congelada no valor de R$ 2,30. Este ano, ainda não houve reajuste das tarifas. Com isso, a prefeitura prejudica e não mantem o equilíbrio econômico financeiro das empresas vencedoras do contrato, não atendendo as condições previstas, e por consequencia, não tem MORAL para zelar pela boa qualidade do serviço, apenas recebendo reclamações, sem apurar e solucionar as queixas e reclamações dos usuários. Um substitutivo do projeto de lei n 07de 09 de maio de 2006, assinado pelo Cel. Pedro Gomes, vereador, presidente e relator da comissão responsável pelo assunto, fala das gratuidades. É bem claro que terão direito a gratuidade nas linhas municipais de ônibus de Maricá, pessoas maiores de 65 anos e menores de 7 anos (estes acompanhados). Terão também direito a gratuidade estudantes da Rede Pública de Ensino (municipal), no horário e período letivos, POLÍCIA APONTA CULPADOS NA MORTE DE PILOTO E JUIZ FEDERAL O delegado Julio Cesar Mulatinho - 82 DP (foto) entregou ao Ministério Público na quarta feira 19 de fevereiro o resultado das investigações sobre as mortes do Juiz Federal Carlos Alfredo Flores da CunhaedopilotoAdelmo Louzada de Souza que aconteceram em 21 de outubro de 2013 por volta das 16 horas quando o avião bimotor onde eles viajavam teve pane mecânica e foi proibido de fazer um pouso de emergência no aeródromo de Maricá, caindo logo a seguir na lagoa de São José. AtitulardaterceirapromotoriadeJustiçadeMaricá,Dra.Clarisse LagoeiroLourençoavaliouoinquéritoquetemmaisde300páginas. A partir de sua análise, ela decidirá ou não se fará denúncia à Justiça. O inquérito indicia o prefeito de Maricá, Washington Siqueira (que tem foro privilegiado), o secretário de desenvolvimento econômico Lourival Casula e o secretário de segurança pública Fabrício Bittencourt além de cinco guardas municipais envolvidos no episódio. Magistradoscomemoraramoresultadodasinvestigaçõesfeitas pelos investigadores e pelo delegado (foto) da 82 DP (Maricá). BRASIL SUCURSAL DO INFERNOBRASIL SUCURSAL DO INFERNOBRASIL SUCURSAL DO INFERNOBRASIL SUCURSAL DO INFERNOBRASIL SUCURSAL DO INFERNO Parece pesadelo, mas é verdade. O nível da bagunça e do descalabro é tanto que já atingiu a índices insuportáveis. O país está entregue a sua própria sorte. É como se fosse um barco à deriva. Uma presidente que mais parece uma presidenta no comando de uma nave sem rumo, navegando ao sabor das ondas de um mar de lama podre e fétida. A criminalidade a cada dia que passa aumenta mais. Os bandidos cada vez mais ousados, organizados e articulados agem, certos de que jamais serão exemplarmente punidos, pois as leis dos direitos humanos aí estão para protegê-los e defendê-los do assédio da população que atônita grita e clama por justiça. E não tendo mais a quem recorrer, em vão procura os centros evangélicos em busca de socorro e proteção Divina. A situação de descalabro e pouco caso é tanto que no último dia 07/02/2014, houve uma manifestação contra o aumento das passagens dos ônibus que foi de nove por cento, enquanto que o aumento salarial dos trabalhadores dificilmente passa dos sete por cento. Essa manifestação foi ali na Central do Brasil, bem próximo ao Ministério do Exército. Houve confronto entre policiais e manifestantes com pessoas gravemente feridas. Tudo isso nas portas do mencionado Ministério, sem que houvesse nenhuma intervenção ou pelo menos que tivesse tomado conhecimento do fato. Além desses, ainda tem os bandidos e ladrões de casaca da marca Henrique Pizzolato que foi mensaleiro e diretor do Banco do Brasil, durante o governo do grande e majestoso presidente Lula. E para terminar, antes que eu esqueça, ainda tem aquela do ex-jogador de futebol que jogou no fluminense, no flamengo e por último jogou no vasco. Hoje deputado federal, em pleno exercício do seu mandato, virou garoto propaganda de cerveja. E vez por outra, ele aparece em alguns comerciais televisivos anunciando a tal cerveja. Enquanto isso, aqui, na SUCURSAL DO INFERNO o povo pede e clama por uma DEVASSA, literalmente. Gilberto Barbosa “A Viação Costa Leste, hoje com apenas 25 ônibus, tem aproximadamente R$ 15 milhões de crédito. E quanto terá a receber a Viação Nossa Senhora do Amparo, que possui 38 ônibus nas linhas municipais?”
  6. 6. 6 - JORNAL DO MUNICÍPIO MARÇO 2014 Dra. Márcia Braz CARTASQUAQUÁ E O PROGRESSO ! O Menino pobre da Mumbuca, cresceu querendo ser Presidente! Parece que ele sempre quis seguir os passos do Ex-Presidente Lula, pois o discurso é o mesmo, só que adaptado para nossa Maricá, as desculpas são as mesmas, também adaptadas a nossa Realidade e os MOTIVOS PARA GASTAR O DINHEIRO PÚBLICO? IGUALZINHOS! O Presidente do PT do Rio de Janeiro, por acaso, ainda prefeito de Maricá, utiliza verbas de diárias, como por exemplo quase 19.000,00(dezenove mil) em dois dias no mês de fevereiro de 2014. É isso mesmo em um único dia foi gasto quase dezenove mil, com empenhado já formalizado em R$38.000,00 (trinta e oito mil) na previsão orçamentária, tudo isso é encontrado no site da prefeitura de Maricá na parte de transparência. O prefeito que quer ser Presidente da República, com breve passagem pelo Governo do estado do Rio de Janeiro, gasta milhões dos cofres da prefeitura, a exemplo o valor atribuído a diárias. Mas o prefeito justifica tudo isso, viagens, diárias, feiras internacionais com stands afirmando que está trazendo investimentos para nosso Município tão castigado. Agora estão na França, alegando que estão trazendo investimento par propiciar um metrô, trem-bala ou sei lá o que, num percurso que ligará Niterói à Ponta Negra. O povo já está cansado, mas muitos ainda acreditam ou querem acreditar que o prefeito está trazendo investimentos para nossa Cidade, além de projetar Maricá para o Mundo, pois foi essa a desculpa, digo, a justificativa do prefeito para gastar mais de 4,5 milhões e meio de nossos cofres públicos com o Carnaval da Escola de Samba Grande Rio, que teve um desempenho medíocre no sexto lugar, mas é claro que foi comemorado como se primeiro fosse para que o povo não ache que o dinheiro foi jogado no lixo. Como se não bastasse a gastança com o dinheiro público com mídia carnavalesca com a alegação de que Maricá seria difundida no Mundo inteiro, logo após o Carnaval o prefeito e sua comitiva foram para a França, para expor nossa Cidade em uma feira de negócios que trará investimentos para o trem-bala, esquecendo-se do mesmo prometido com os ônibus Municipais, que estão se estragando no aeródromo de Maricá, que ficam no tempo expostos a corrosão. Alguns até acreditam que o fato dos ônibus terem sido comprados antes da audiência pública e antes mesmo da criação da empresa Municipal de Transporte é a tentativa da prefeitura em fazer ônibus aéreo, pois possivelmente pelo tempo que os ônibus lá se encontram já aprenderam a decolar e a pousar. Logo chegaremos ao Rio e Niterói no ônibus canhão ou ônibus aéreo, quem sabe? Fato é que já sambamos em 4,5 milhões e meio e sambaremos muito mais, se não colocarmos um ponto final nessa festa com o dinheiro público. Só mudaremos nossa realidade se não acreditarmos nas fantasias de um prefeito que não está preocupado com a saúde, educação e o bem estar da sociedade Maricaense. Porque enquanto gastamos com “propaganda” e “divulgação” de nossa Cidade a nossa Vizinha Saquarema já inaugurou uma Escola Técnica e agora inaugura um Hospital referência na Região, mesmo já possuindo um hospital reformado e dois ou três postos de saúde 24h. Saquarema tem um Deputado Estadual que é presidente da Assembleia Legislativa, mesmo possuindo menos habitantes e menos eleitores que nossa querida Maricá. Agora que já colocaremos Maricá de vez no mapa Mundial, pelas mãos da Grande Rio, será que conseguiremos investimentos em saúde, educação e saneamento básico? Começo a me perguntar se não é melhor eu solicitar uma entrevista com o papa Francisco, a final ele é argentino, quem sabe dá um empurrãozinho na gente. MAIS VEREADORES A edição passada desse jornal noticiou que a Câmara de Maricá terá mais oito vereadores. Pra quê? Já não bastam onze que não fazem nada? Edgar Augusto MAIS VEREADORES II Que emprego bom esse de vereador. Já tem onze que não fazem nada e ainda querem colocar mais oito para sugar as tetas do Executivo. Antero Morais MAIS VEREADORES III Sou contra o aumento do número de vereadores na Câmara. Se onze não fazem nada, imagina dezenove. Carlos Pereira ANO ELEITORAL Estamos em ano de eleições. Já estão começando as mentiras e as promessas. Fica de olho povo do meu Brasil. Antonio Fábio REFORMA POLÍTICA? Nesse país, uma reforma política de verdade, é conversa fiada. Pra quê obrigar o cidadão a votar. Pra quê senador com mandato de oito anos. Essa esculhambação não acaba nunca. MEGA PORTO Quem acreditou na promessa do mega porto de Jaconé? Eu não acreditei. Estamos cheios de mentiras. Adolfo Luís FALTA OPOSIÇÃO Esse jornal acertou ao dizer que na Câmara Municipal não tem oposição. Estão todos comendo no mesmo prato que o prefeito. José Luís Albuquerque CUBA Perguntar não ofende. O que foram fazer em Cuba os secretários de turismo e a do idoso? Carla Vasconcelos EMANCIPAÇÃO Emancipação é nosso assunto e que para os contrários deve soar de forma bastante massante, porém para aqueles que são favoráveis, serve de alento ver que existe alguém com o mesmo pensamento e disposição para continuar falando e lutando para que o país volte a ter uma legislação reguladora da criação de novos municípios, através das emancipações em atendimento a vontade popular como rege em nossa Constituição de 1988 e que sentencia em seu PARÁGRAFO ÚNICO DOARTIGO PRIMEIRO (SIC) “todo poder emano do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente nos termos desta Constituição”. Considerando que a Constituição é o Estatuto maior de uma Nação, Estado e Município e enquanto o artigo que regula a criação de Estados e Municípios não for retirado da Constituição Federal, a ninguém é lícito proibir que o povo lute pela emancipação de seu pedaço (distrito) com o fito da criação de um novo município, e isto juntamente com diversas outras pessoas vimos fazendo, e enquanto vida tivermos continuaremos fazendo, até que seja conseguido o intento que não é só nosso, mas de grande número de habitantes de Inoã/Itaipuaçu, qual seja a criação do município de BARÃO DE INOÃ. Rodovaldo Coutinho CONCESSÃO DE LICENÇA POSTO BRAGA’S DE ITAIPUAÇU LTDA CNPJ: 08.027.198/0001-09 A Empresa POSTO BRAGA’S DE ITAIPUAÇU LTDA, CNPJ: 08.027.198/0001-09, torna público que recebeu da Secretaria de Meio ambiente de Maricá (SMA), a Licença de Operação LO nº 13/20, com validadede05(cinco)anosacontardadatadesuaemissão,aprovando a operação do posto de abastecimento de combustíveis líquidos no seguinteendereço:AVENIDAVITÓRIARÉGIA,s/n,Lote3B–Itaipuaçu, Maricá/RJ. Maricá, 26 de Novembro de 2013. Proc. nº 15268/2013.
  7. 7. MARÇO 2014 JORNAL DO MUNICÍPIO - 7- 7- 7- 7- 7 Comandante Nardim Nosso jornal dá provas inequívocas da democracia que reina nos bastidores. Fui criticado pelo meu colega de Marinha Mercante e Diretor deste Jornal, Edson Torres, por uma matéria que escrevi em 2012, sobre o porto de Jaconé. O colega Edson, com muita propriedade, criticou e me cobrou pelo fato de eu ter afirmadoque o porto estaria funcionando em capacidade plena em 2015 e até aos nossos dias nem sinal do início da obra. Respondendo ao nobre colega chamaria a atenção para o fato de que no Brasil todos os mega projetos se arrastam como tartarugas até serem concluídos. Se não, vejamos: A transposição das aguas do Rio São Francisco, que acabará com a seca do nordeste, está sendo cogitada desde D.PedroII ;Aconstrução de Brasília esteve engavetada há anos até que Juscelino Kubshek pôs em prática e a construção saiu do papel; A estrada Belém x Brasília, a Hidrelétrica de Itaipu, a Hidrelétrica de Belo Monte, a Hidrelétrica do Rio Madeira e o Porto de Jacoé seguirão o mesmo passo até se tornarem realidade. Acontece que o nosso sistema político, que deveria tudo fazer para que esses projetos alavancassem o desenvolvimento do nosso pais, cria entraves, fazendo com que os políticos sepreocupem, tão somente, com a hegemonia do poder, o que nos leva a crer no “Slogan”: Se a política atrapalha o Brasil, para-se o Brasil. Essa é a cultura que vem sendo praticada desde a época do Império e infelizmente grande parte dos brasileiro se esquecem do espírito de brasilidade e visam somente o seu bem estar, ignorando o fato de que não poderemos ser felizes se pensarmos somente na nossa felicidade. Caro colega Edson, ainda viveremos o suficiente para vermos muitas obras inacabadas no Brasil, mas, em contra partida, veremos nosso país progredir, embora a passos de tartarugas; desculpe a metáfora. ADEMOCRACIANOJORNALDOMUNICÍPIO Não faria uma análise sucinta dos projetos aqui citados em respeito ao nosso leitor que não tem interessepor matérias enfadonhas, mas, vamos nos cingir a uma breve análise do Porto de Jaconé, que diz respeito à nossa região. Fomos críticos dos que eram contrários a construção do porto, justificando tecnicamente o que afirmávamos sobre a obra e acredito que conseguimos convencer alguns segmentos de que o porto seria construído sob a égide do “Desenvolvimento Sustentável”, que traz o benefício sem degradar o meio ambiente; Que seria inviável a construção do porto em Angra dos Reis, como algunsacreditavam, pelo fato daquele porto não suportar a demanda que ocorrerá com a operação plena do pré- sal e concluímos que Jaconé não foi escolhido por acaso e sim porque é o ponto mais próximo do poço de petróleo de Marlim, de onde virá a matéria prima para o complexo de Itaboraí. Alertamos os interessados pelo projeto que, quanto maior a distânciade onde o barril de petróleo for produzido, mais caro se tornará o custo de produção e se esses detalhes não forem observados dias virão em que o pré-sal se tornará inviável economicamente. Reconhecemos o atraso e absorvemos as críticas de Edson Torres, mas, alertamos para o fato de que previsões no Brasil ainda está muito longe de se equiparar, em eficiência,à Teoria da Relatividade de Albert Einstein. Dia 25/03/2014 haverá uma reunião para explicar o que é a Agenda 21 em local ainda não determinada aqui em Maricá, momento em que os interessados terão oportunidade de expor suas opiniões, tirar suas dúvidase tomar conhecimento do mega projeto da COMPERJ na nossa região. Quem participar dessa reunião ficará sabendo porque as obras estão atrasadas e o que motivou esse atraso. Prevenimos, contudo que pelo fato das eleições que se aproximam haverá políticos que tentarão tirar proveito e chamar para si o empreendimento do Porto de Jaconé/ Ponta Negra. É bom que se diga que esse projeto da COMPERJ não é fruto da política municipal nem estadual. É um projeto de âmbito nacional do Ministério do Planejamento e com investimento exclusivamente da PETROBRAS razão pela qual no momento propício veremos o projeto se alavancar e sair do papel. É de fundamental importância que os interessados participem dos debates, mesmo sendo contra ou a favor do projeto, porque da discussão nasce a luz. Não fiquem colocando na boca a palavra dos outros, porque os políticos de plantão estão a postos para agir e angariar o seu voto a custa de falácias descabidas, dizendo que o projeto é obra do politico tal etc. Muito pelo contrário a classe política é que tem dificultado os mega projetos brasileiros. Como exemplo citamos a transposição das águas do Rio São Francisco que acabará com a seca do nordeste brasileiro. Sabemos que as gerações políticas que enriqueceram com a seca do nordeste e não querem de forma alguma que que a obras seja concluída; A Hidrelétrica de Belo Monte no Xingu já sofreu inúmeras paralizações decorrente de ação dos políticos que não querem que a obra prossiga e tudo fazem para apontar irregularidades e dificultar os trabalhos. As liminares se sucedem e emperramo desenvolvimento das obras até que a justiça julgue e autorize o prosseguimento. Como se tudo isso não bastasse surge agora a intenção de distribuir os royaltes do petróleo com todos os estados brasileiros. Ora, os royaltesimpostos cobrados pelo governo, e sim uma indenização pelos possíveis danos que a operação do petróleo possa causar ao meio ambiente no estado onde ele é explorado: Pergunto , que dano a operação do petróleo no Rio de Janeiro pode causar ao Estado do Acre, de Rondônia ou no Amazonas? Todas essas ingerências, movidos por políticos, é o que causam os atrasos nos projetos que a sociedade, com justa razão, cobra dos responsáveis. Apesar de tudo caro leitor, confie no projeto da COMPERJ e se prepare para em breve verem seus filhos recebendo capacitação profissional da Petrobras, inteiramente gratuita, para atuar na rentável indústria petrolífera, sem sair de Maricá para trabalhar em Niteroi ou lugares distantes daqui. Às 10h00 do dia 15 de Janeiro de 2014 no pátio do Hospital, foi empossado como novo Diretor do Hospital Naval de Salvador o Capitão de Mar e Guerra (Md) Antônio Carlos Barbosa Nardin Lima em substituição ao Capitão de Mar e Guerra Claudio Luis da Silva Fraga. O evento foi organizado pelaVice-Diretora Carlae contou com a presença das mais altas autoridades civis e militares da região nordeste, terminando com o discurso dos ilustres comandantes, exonerado e empossado, seguindo-se de um coquetel oferecido às autoridades presentes. Abaixo, o novo Diretor do Hospital Naval de Salvador, ao lado do seu pai- comandante Nardin. Nos próximos dois anos, caberá ao diretor Nardin comandar um contingente de cerca de quatrocentos homens, entre oficiais e praças, elevar o padrão do hospital a níveis compatíveis com as necessidade da região nordestes e oferecer aos usuários a medicina de alto padrão reconhecidamente praticada pelo corpo de saúde da Marinha do Brasil. Nossos cumprimentos ao Capitão de Mar e Guerra Antonio Carlos Barbosa Nardin Lima pela confiança que lhe foi depositada pelo Comandante da Marinha do Brasil e temos certeza que será mais uma missão brilhantemente cumprida pelo jovem oficial. CERIMÔNIA DE POSSE DO DIRETOR DO HOSPITAL NAVAL DE SALVADOR-BAHIA
  8. 8. 8 - JORNAL DO MUNICÍPIO MARÇO 2014 SERESTEIROS DE MARICÁ E 3ª IDADE HOMENAGEIAM A CANTORA MIRENE No meio musical de Maricá a cantora Mirene, sempre será destaque. Recentemente ela recebeu uma homenagem de seus amigos seresteiros na adega, onde se apresenta todo primeiro domingo de cada mês. Acompanhada de Léo 7 Cordas, que também recebe os amigos que ali chegam com seus instrumentos e suas vozes. E a pedida é a seguinte: quem quiser ouvir Mirene Alves cantar, é só comparecer a partir das 15h na Adega Amaral Peixoto ao lado da fábrica de gelo em Itapeba. OUTRA HOMENAGEM A terceira idade de Maricá tendo a frente a secretária do Idoso, Lezirre de Figueiredo também homenageou a nossa cantora que representou muito bem o nosso município trazendo para cá o troféu “Chiquinha Gonzaga”. Quem gosta de uma boa música não pode perder e aproveitar parar almoçar e passar os melhores momentos curtindo o som dos seresteiros de Maricá. Nesse evento não faltam aquela cerveja bem gelada e um bom tira gosto. Grupo Musical da Terceira Idade homenageia Mirene Mirene exibe o troféu “Chiquinha Gonzaga” no Encontro dos Seresteiros Aniversário Regina Farias (foto) completou 45 anos de idade no dia 20 de março. Regina trabalha como secretária na residência do companheiro Artur Marques Ribeiro, o Pedro Azulão diretor do jornal A VOZ DE MARICÁ.

×