ANO 11 - Dezembro 2014 E 03 
ESPORTES culturarteen.com (5) 
EM RITMO FRENÉTICO! 
J 
Já está em ritmo frenético, mas com ce...
ANO 11 - Dezembro 2014 O INFORMATIVO OFICIAL DA FAMÍLIA DE MARICÁ 
(6) www.culturarteen.com E 04 HISTÓRIA culturarteen.com...
P 
SAÚDE, VIDA, CULTURA e LAZER 
Parte integrante do 
Informativo 
CulturarTEEN. 
ORGÃO INFORMATIVO DE MARICÁ – ANO 08 – N...
ANO 11 - Dezembro 2014 O INFORMATIVO OFICIAL DA FAMÍLIA DE MARICÁ 
(8) www.culturarteen.com C 02 EVENTOS culturarteen.com ...
www.culturarteen.com (9) Mundo PLUS SIZE culturarteen.com 
DANIELLE RAMALHO É A MISS CARIOCA PLUS SIZE 2014 
A 
O INFORMAT...
ANO 11 - Dezembro 2014 O INFORMATIVO OFICIAL DA FAMÍLIA DE MARICÁ 
(10) www.culturarteen.com C 04 SÁUDE E VIDA culturartee...
CIDADE culturarteen.com (11) 
ATESTADO DE ÓBITO DE ANA JULIA CONFIRMA H1N1 
O 
E 
Garota COMPLETA 
N 
ANO 11 - Dezembro 20...
E 06 ANO 11 - Dezembro 2014 
(12) EDUCAÇÃO culturarteen.com 
CCEELL NNOOTTÍÍCCIIAASS 
Dezembro 2014 - n° 05 
EDUCAÇÃO INFA...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Completa 104 - dezembro de 2014

2.083 visualizações

Publicada em

Parte integrante do CulturarTEEN 141

Publicada em: Estilo de vida
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.083
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.617
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Completa 104 - dezembro de 2014

  1. 1. ANO 11 - Dezembro 2014 E 03 ESPORTES culturarteen.com (5) EM RITMO FRENÉTICO! J Já está em ritmo frenético, mas com certeza será o ritmo do verão, bem a cara do brasileiro ou da brasileira, seu público alvo. Apesar de ter nascido na Colômbia pelas mãos do coreógrafo Beto Perez ainda na década de 90, a dança está presen-te em 150 países, a maioria de povos latinos. A zumba é uma mistura de samba, salsa, merengue e mambo (todos ritmos bem latinos que o coreógrafo colombiano soube mesclar muito bem) e por este motivo, é muito utilizada em acadêmias para a prática do fitness, por promover o condicionamento físico de um modo geral. Mad Betânia (foto acima), professora de educação física formada pela Famath, trouxe para a Rede Gigio Fitness esse ritmo, essa aula que fervilha. Agora, com o reforço de Kellen Gardel, as duas estão bombando ou “zumbando” as mulheres mais lindas de Inoã, Itaipuaçu e por que não dizer de toda Maricá, que procuram as academias da rede Gigio, em três endereços. A partir do dia 8, os horários serão: 2° e 4° das 7:45 às 8:45 h e 19:40 às 20:40h em Itaipuaçu com Mad Betânia e 3° e 5° das 19 às 20 horas com Kellen em Inoã, na Caio de Figueiredo. Estes poderão ser ajustados. Informações direto nas secretarias das unidades Gigio. E vem ai, as festas de confraternização das unidades Gigio. Compareça!
  2. 2. ANO 11 - Dezembro 2014 O INFORMATIVO OFICIAL DA FAMÍLIA DE MARICÁ (6) www.culturarteen.com E 04 HISTÓRIA culturarteen.com OS FESTIVAIS DE MÚSICA NO BRASIL Em Maricá, no dia 21 de agosto de 1999 acon-tecia a primeira edição dó Festival de Voz e Violão criado por Pery Salgado e Oldemar Bandeira e produzido pela então OP Produções que em 2002 passaria a se chamar PR Produções, quando Pery Salgado tomou a frente da organização do Festi-val, que no período de 2004 a 2010 foi reconhe-cido como um dos 15 mais importantes festivais do Brasil, segundo guia da IBM.e do site Festivais do Brasil. os maiores nomes dos festivais do Brasil na atualidade já passaram por aqui. Em 2008, Vercesi comemorou 700 festivais, vencendo com Lalaiá o IX Festval Nacional de Voz e Violão. Em 2013, a PR Produções comemorou numa festa de 14 horas de duração os seus 15 anos de existência e este ano sendo realizado pela ex-cepcionalmente no mês de dezembro vem no for-mato exclusivo para os músicos de Maricá e des-sa vez, com o apoio da Pirão Elétrico Produções. Em 2015, voltará a ter o formato nacional que o consagrou, sendo o único festival exclusiva-mente de voz e violão do Brasil. tinha como favorita “Planeta água” (Guilherme Arantes). Em 1982, foi realizado o MPB-82, no qual Eduardo Dusek foi desclassificado ao apre-sentar a música “Barrados no baile”, de sua auto-ria, no lugar da música que havia inscrito como concorrente, “Valdirene, a paranormal”, também de sua autoria. Em 1985, também pela TV Globo, foi realiza-do o “Festivais dos Festivais”. Na década de 1990, festivais de âmbito naci-onal foram promovidos por empresas privadas como o “FestValda” e o “Prêmio Visa”, entre ou-tros. Porém, esses festivais não tiveram a mesma repercussão dos da década de 1960 e início da de 1970. Em 2000, a TV Globo promoveu o Festival da Música Brasileira, no qual nomes conhecidos como Toninho Horta e Zé Renato figuravam ao lado de desconhecidos, concorrendo pelo prêmio de me-lhor canção. Com o advento da internet, muitos concursos, mostras e premiações passaram a ser realizados “on line”. Rua Marajó 460, São José do Imbassaí - Maricá (entrada pela RJ 106, km 22 ao lado do Posto Shell) Oferecimento: Pousada Vovó Bellina, resgatando a História do Brasil FAÇA JÁ SUA RESERVA! (21) 2634-8624 AA história da Música Popular Brasileira foi marcada pela presença de inúmeros festivais, pro-movidos por emissoras de rádio, redes de televi-são, teatros e movimentos estudantis. Esses festi-vais cumpriram (e ainda o fazem na atualidade) a função de revelar intérpretes, compositores e instrumentistas ao grande público. Os mais antigos festivais foram os de música para o carnaval nos anos 1930, patrocinados pela Pre-feitura do Rio de Janeiro ou por empresas comer-ciais, jornais e revistas. Somente no final dos anos 1950, os festivais de música popular para o cha-mado período “meio de ano” começaram a apare-cer. A segunda metade da década de 1960, em especial, foi marcada pela consagração de artis-tas que passaram a figurar entre os grandes no-mes da MPB, tais como Elis Regina, Edu Lobo, Chico Buarque, Caetano Veloso, Milton Nascimento e Gilberto Gil, entre tantos outros. O Festival Nacional de Música Popular Brasileira, promovido pela TV Excelsior de São Paulo, teve sua primeira edição em 1965 e sua segunda edi-ção em 1966, e apresentou como respectivas ven-cedoras as canções “Arrastão” (Edu Lobo e Vinicius de Moraes), interpretada por Elis Regina, e “Porta-estandarte” (Geraldo Vandré e Fernando Lona), interpretada por Airto Moreira e Tuca. O Festival da Música Popular Brasileira, pro-movido pela TV Record de São Paulo, teve qua-tro edições, em 1966, 1967, 1968 e 1969, com as seguintes vencedoras: 1966: “A banda” (Chico Buarque) empatada com “Disparada” (Téo de Barros e Geraldo Vandré), a primeira interpretada por Nara Leão e a segunda por Jair Rodrigues; 1967: “Ponteio” (Edu Lobo e Capinam), inter-pretada por Edu Lobo e Marília Medalha. Vale ainda ressaltar que, nessa edição, a segunda, terceira e quarta colocações foram respectivamente para as canções “Domingo no parque” (Gilberto Gil), interpretada por Gil e Os Mutantes, “Roda viva” (Chico Buarque), interpretada pelo autor e pelo MPB-4, e “Alegria, alegria” (Caetano Veloso), interpretada pelo compositor e pelo grupo argen-tino Beat Boys; 1968: “São São Paulo meu amor” (Tom Zé), interpretada por Tom Zé, Canto 4 e Os Brasões, na votação do júri especial, e “Benvinda” (Chico Buarque), interpretada por Chico Buarque e MPB 4, na votação do júri popular; 1969: “Sinal fechado” (Paulinho da Viola), inter-pretada pelo autor. O Festival Internacional da Canção (FIC), em sua fase nacional, teve sua primeira edição reali-zada no Maracanãzinho, Rio de Janeiro, e foi ini-cialmente promovido pela TV-Rio (I FIC) e em seguida pela TV Globo (demais edições). No total, foram sete edições realizadas entre os anos de 1966 e 1972. Canções como “Sabiá” (Chico Buarque e Tom Jobim) e “Fio maravilha” (Jorge Ben, hoje Jorge Benjor), premiadas com o primei-ro lugar, passaram a fazer parte dos clássicos da MPB. O II FIC revelou ainda Milton Nascimento como Melhor Intérprete, com “Travessia”, sua composição em parceria com Fernando Brant, que recebeu a segunda colocação. Outro fato impor-tante de ser lembrado foi a antológica participação de Caetano Veloso no III FIC, com sua composi-ção “É proibido proibir”. A música foi vaiada pela platéia levando Caetano a discursar ao público: “Vocês não estão entendendo nada.” A canção foi desclassificada. Segundo o historiador Jairo Severiano, a canção “Andança”, de Danilo Caymmi, Edmundo Souto e Paulinho Tapajós, foi uma das mais aplaudidas pelo público nessa ter-ceira edição do FIC. A música, interpretada por Beth Carvalho e o conjunto Golden Boys, obteve a terceira colocação. Nesse dia, o público vaiou a grande vencedora, “Sabiá”, em favor de “Cami-nhando (Pra não dizer que não falei de flores)”, de Geraldo Vandré, que acabou levando a se-gunda colocação, interpretada pelo autor e o Quar-teto Livre (nas eliminatórias, Vandré apresentou-se sozinho ao violão). Para Jairo Severiano “o VII FIC (realizado em 1972) foi o último do ciclo dos festivais, encerrando assim uma fase auspiciosa da MPB na televisão, com grande pro-veito para ambas as partes” (“A canção no tem-po” vol.2, p.174, Editora 34). A partir de 1967, em plena época dos festivais de MPB transmitidos pelas redes de televisão, o Museu da Imagem e do Som (MIS) fez voltar os concursos para escolher as melhores músicas produzidas para o carnaval. O primeiro, intitulado I Concurso de Música para o Carnaval, foi presi-dido por Ricardo Cravo Albin, então diretor do MIS, e dele saiu vencedor “Máscara negra” (Zé Keti e P. Filho), em 1967. Houve apenas mais duas edições, transmitidas do Maracanãzinho, Rio de Janeiro. O ano de 1968 ainda foi marcado pelo I Fes-tival Universitário de Música Popular Brasileira, promovido pela TV Tupi, que teve entre os candi-datos o jovem estudante do quarto ano de quími-ca da UFRJ, Ivan Guimarães Lins, que concor-reu com sua parceria com Waldemar Correia dos Santos “Até o amanhecer”, interpretada por nin-guém menos que Cyro Monteiro. Esse festival lançaria também nomes como Aldir Blanc e Sílvio da Silva Júnior, entre muitos outros. Ainda em 1968 foi realizada a I Bienal do Samba, promovida pela TV Record de São Paulo, que teve como primeira colocada a composição “Lapinha” (Baden Powell e Paulo César Pinhei-ro), defendida por Elis Regina. Caetano Veloso foi impedido de participar dessa Bienal por utilizar guitarras elétricas para acompanhar sua compo-sição. Nessa primeira Bienal do Samba, foram desclassificados pioneiros como Pixinguinha e Donga, além de compositores do porte de Adoniran Barbosa, Herivelto Martins e muitos outros. Em 1979, a TV Tupi realizou o Festival 79 de Música Popular, que projetou artistas como Oswaldo Montenegro, que teve sua composição “Bandolins” colocada em terceiro lugar. Nesse mesmo ano, o programa “Flávio Cavalcanti” pro-moveu o 1º Festival dos Estudantes. A TV Globo promoveu na década de 1980 o MPB-80, conferindo o primeiro lugar à canção “Agonia” (Mongol), interpretada por Oswaldo Montenegro, que recebeu o prêmio de Melhor Intérprete na quarta eliminatória. Nesse mesmo festival, Eduardo Dusek ganhou projeção nacio-nal quando defendeu sua composição “Nostradamus”. No ano seguinte, o MPB-81 con-feriu a primeira colocação à canção “Purpurina” (Jerônimo Jardim), interpretada por Lucinha Lins. Esse resultado provocou vaias da platéia, que Informativo CULTURARTEEN ano 11 nº 141 - Dezembro/2014 - Propriedade PR PRODUÇÕES. Diagramação e Fotos: José Pery Salgado e Rosemery Oliveira. Edição: Rosemery Oliveira Jornalista Responsável: Pery Salgado (R.P. 34659/RJ) Colaboradores: Roberta Salabert, Luana Lessa, Rosy Oliveira, Kito e Daiane Machado. Impressão: Editora Esquema. Distribuição Gratuita e Dirigida ao público jovem e a família de Maricá. CULTURARTE, Culturateen, Culturartween e CulturartKids são marcas de propriedade da PR Produções. Edição mensal. As matérias assinadas são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Contatos: (21) 99281-4037 jornalismopr@hotmail.com INFORMATIVO ESPÍRITA, CULTURARTE, CULTURARTEEN, BARÃO DE INOHAN, JORNAL DA MICROLINS, INFORMATIVO FRK, INFORMAÇÃO COMPLETA e INFORMATIVO PRofissionalizar, HÁ-NIMAL, SER!, UNIversitariUSS, MAIS UM e informativo NET FOX são criações do Eng. José Pery Salgado. Luz Sonora e ECOLOUCOS são produzidos e editados pela PR Produções. Tiragem 5000 exemplares Matérias e anúncios são de inteira responsabilidade de seus autores e não nos responsabilizamos pelo seu conteúdo.
  3. 3. P SAÚDE, VIDA, CULTURA e LAZER Parte integrante do Informativo CulturarTEEN. ORGÃO INFORMATIVO DE MARICÁ – ANO 08 – NÚMERO 104 – DEZEMBRO 2014 – jornalismopr@hotmail.com - www.culturarteen.com (7) STEPHANY CAROLINE: MIRANDO EM 2016 E E Primeira no ranking INDOOR e segunda no ranking OUTDOOR, Stephanie é uma das grandes promessas de ouro para o Brasil nas olimpía-das de 2016. Estivemos na manhã da segunda feira 24 de novembro na sede da Confederação Brasileira de Tiro ao Arco, no bairro de Itapeba. A entidade que recebe apoio do governo federal, do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) e de algumas empresas privadas como a Nike (que patrocina o uniforme dos atletas da seleção brasileira), está em Maricá desde 2009 quando a prefeitura do município ce-deu a área para a instalação das dependências da confederação. Em 2009 e 2010, o esporte começou a ser conhecido em Maricá quando a Secretaria de Esportes criou um projeto que incentivada os alunos de escolas da prefeitura a participar de esportes em Maricá, em especial o Tiro ao Arco. Hoje, a entidade recebe apoio do Vereador Marcello Vianna e tem como diretor técnico o Sr. Eros Fauni. São aproximadamente 40 atletas que treinam sob o comando da treinadora Dirma Miranda, um dos maiores nomes do Tiro ao Arco no Brasil, literalmente uma referência. Tem como instrutor, Isaias Costa. Essa foi a segunda vez que o CulturarTEEN esteve no CBTArco fazendo uma entrevista. E a atleta que conversamos dessa vez foi com Stephany Caroline (16). Natural de Itaboraí, veio para Maricá há 11 anos. Estudou no colégio Cenecista, Santa Mônica, Carlos Magno, Cacilda Silva e agora está fazendo Técnica de Edificações no Joana Benedicta Rangel: ela quer ser engenheira. Mas isso é lá para frente, pois agora o negócio dela é ser uma das grandes promessas do Tiro ao Arco do Brasil, sendo já prepa-rada para competições internacionais e sendo olhada com muito carinho pelos técnicos da seleção brasileira, de olho nas olimpíadas do Rio em 2016. Quando estava no Cacilda Silva, na mesma avenida do CBTarco, foi selecionada pela diretora do colégio pela sua performance nos estudos, em outros esportes que praticava além do excelente entrosamento que sempre teve com professores e PREPARAÇÃO INTENSA Em 30 de novembro, Stephany viajou para o Mé-xico onde ficará até 21 de dezembro, junto com Dirma e Isaias (técnico e instrutor), além dos atletas Daniela, Maria Eduarda, Gabriel, Lugui e Lucas. Eles estarão sendo treinados intensamente por técnicos sul coreanos, tidos hoje, como os melhores do mundo. Stephany é filha de Roberto Ricardo Rosa Junior e Ana Maria Barcelos Pereira, e irmã de Juan Ricardo Pereira da Rosa. Para Stephany, tudo isso é a realização de um sonho: “É muito emocionante conhecer o mundo pelo esporte, pelo meu próprio mérito”. E nós, ficamos na torcida por mais vitórias dessa linda menina, que também está participando na catego-ria ESPORTES, no concurso GAROTA MARICÁ 2014. OS TÍTULOS DE STEPHANY Infantil (2012) 1°lugar- Campeonato Brasileiro de Field 1°lugar- Campeonato Brasileiro de Indoor 1°lugar- Campeonato Brasileiro de Outdoor 1°lugar- Ranking Brasileiro de Indoor 2°lugar- Campeonato Brasileiro de Base 3°lugar- Copa Brasil 3°lugar- Ranking Brasileiro de Outdor Cadete (2013) 1°lugar- Campeonato Fluminense de Outdoor 1°lugar- Campeonato Fluminense de Indoor 1°lugar- Copa Argentina (Equipe) 2°lugar- MICA (Camp. Intern. das Américas) (Equipe) 2°lugar- Ranking Brasileiro de Outdoor 2°lugar- Copa Brasil 3°lugar- Campeonato Brasileiro de Base 3°lugar- Campeonato Brasileiro de Indoor 3°lugar- Ranking Brasileiro de Indoor Cadete (2014) 1°lugar- MICA (Camp. Intern. das Américas) (Equipe) 1°lugar- Ranking Brasileiro de Indoor 1°lugar- Dupla Mista- Campeonato brasileiro de Base 2°lugar- Ranking Brasileiro de Outdoor 5°lugar- 40°Campeonato Brasileiro de Adulto (Sambódromo Rio) colegas de escola, e em outubro de 2011 ingressou no projeto da prefeitura no CBTarco. Muita luta, muitos treinos, muita garra, muita força de vontade. Em 2012 começou a competir e sua primeira competição foi na categoria infantil, onde os atletas atiram em distâncias de 40/30/20 e 15 metros. Em 2013, passou para a categoria cadete, onde os atletas treinam e participam de competições disputando distância de 60/50/ 40 e 30 metros. Em 2014 sua evolução foi a olhos vistos, impressionando à todos. Passou da categoria cadete para a juvenil a adulto e está treinando e competindo em distâncias de 60 e 70 metros (esta última a oficial em jogos olímpicos). Mas sua preparação não é só no Tiro ao Arco. Precisa cuidar do corpo, não para mantê-lo bonitinho (aliás ela é uma gatinha!), mas para ter um reforço muscular e adaptar o corpo e músculos às exigências específicas do esporte. Ela faz treinamento dirigido na academia Arnaldo Prima. Sua primeira competição internacional foi em 2013 na Argenti-na, onde vencendo “los hermanos” e outros atletas, trouxe seu primeiro ouro internacional para o Brasil. Em outubro, competiu no Sambódromo do Rio de Janeiro, mais precisamente na praça da apoteose (local que será usado como raia nos jogos olímpicos de 2016) e das 33 concorrentes ficou em quinto lugar, desbancando muitas “cobras criadas” do esporte, com muitos anos de prática. O mundo do tiro ao arco não tirou mais olhos dessa menina, onde nosso outro atleta – Marcus Vinicius (que disputa o prêmio Brasil Olímpico 2014) também é um dos grandes destaques. Stephany hoje está em segundo lugar no ranking nacional de OUTDOOR (60 metros) e em primeiro lugar no ranking nacional INDOOR (18 metros). Ela é hoje uma atleta de alto rendimento, recebendo bolsas e todos os incentivos possíveis do governo federal e do COB.
  4. 4. ANO 11 - Dezembro 2014 O INFORMATIVO OFICIAL DA FAMÍLIA DE MARICÁ (8) www.culturarteen.com C 02 EVENTOS culturarteen.com E E “VEM COM NÓS” E MR. DODÔ NESSA ENTREVISTA EXCLUSIVA Jociely, Nayara, Mr. Dodô, Juliana e Mylena O Mas com o tempo foi acreditando e partiu para a Stronda e chegou a participar de shows na Lapa e batalhas de Rap também no bairro boêmio do Rio. Já fez parcerias com Leandro MC (de São Paulo), Gege DG (de Campinas), Menezes MC (de Maricá) e MC Neblina (também de Maricá). Animador de festas, é DJ já conhecido e na verdade sobrevive destas festas. Mas também faz suas músicas ou seus “raps”. Já tem quase 50 composições que são mostradas já em programas na Rádio Ultra FM (91,7 mHz) com Raphael Valloury e na Rádio Tupi AM do Rio de Janeiro 1280 kHz no programa “Som do Gueta” que rola sábado das 23 às 24 horas. Mas seu grande sonho se realizou agora com a confecção do seu primeiro clip, da sua música criada em meados deste ano (2014) chamada VEM COM NÓS. Com altíssima e esmerada produção da PB BEACH (que além de produzir, editou e masterizou) lá do Vidigal, o clip VEM COM NÓS contou com a participação das super gatas JULIANA SANTOS, NAYARA DIAS, MYLENA MENDES e JOCIELY MARQUES, além do DJ Johran e Michael Douglas e do super Camaro do André (uau!). O clip ficou fantástico e segundo Mr. Dodô, foi uma vitória, foi o fruto de muita ralação, de muitas festas e apresentações onde juntei minhas economias para realizar este lindo sonho. O clip já passou das 1000 visualizações e você vai curtir muito. E Mr. Dodô já tem vários convites para shows inclusive fora do estado. Ele está bombando galera e foi também convidado para fazer o show do intervalo do XVI FESTIVAL NACIONAL DE VOZ E VIOLÃO que acontecerá no domingo dia 14 de dezembro na Toca do Biguá na Lagoa de Jacaroá em Maricá. Mr. Dodô convida a todos para entrarem no seu canal do You Tube - DOUGLAS MOREIRA. Contatos para show (21) 97220-0064 (Vivo). Ah sim, nessa entrevista ele esteve com sua assessora e namorada Beatriz Cunha (14). O nome dele é Douglas Moreira Hilário.Tem 20 anos e é um predestinado como gosta de dizer o humorista José Simão. Douglas é hilário. Hilário no sobrenome, no jeito de ser, mas também é um jovem cheio de luz, de garra, de vontade de crescer e vencer. Talvez você não conheça Douglas Hilário, mas com certeza já ouviu falar no Mister Dodô. É isso ai galera, Mr. Dodô aqui nas páginas do CulturarTEEN, lançando seu primeiro clipe oficial e que ficou muito show. Batemos um papo com ela, na tarde da terça feira 04 de novembro em frente a Central de Jornalismo, no centro de Maricá. Douglas, ou Mr. Dodô (é melhor chamá-lo assim), começou na verdade jogando futebol e aos 14 para 15 anos já se destacava nos campos. Participou do time do Esporte Clube Maricá treinado por Henrique Ribeiro. E foi nos campos de futebol que conheceu um colega que o chamou para entrar para o mundo da música que de início ele não levou muita fé. GAROTA MARICÁ 2014 REÚNE 11 CANDIDATAS DE VÁR Este ano o concurso Garota Maricá além de comemorar sua décima quar-ta edição, tem uma motivação mais que especial: a vencedora será a GARO-TA MARICÁ 200 ANOS terminando as comemorações do aniversário de 200 anos de emancipação politico-administrativa do nosso município. O Garota Maricá, não se preocupa apenas com a menina bonita, de corpo bem feito. O grande intuito deste concurso, é a valorização do jovem que tenha feito algo de grande relevância em Maricá ou por Maricá, aqui e fora do nosso município nas áreas de Cultura, Saúde, Esportes, Trabalho, Moda e Beleza. As jovens são selecionadas pela produção do evento (PR Produções) e são escolhidas pelos leitores do CulturarTEEN em votação que começou em 27 de novembro e irá até 13 de dezembro, onde as três mais votadas irão direto para a final. Outras duas serão escolhidas por um júri de notáveis e se juntarão às três escolhidas pelos leitores. Essas cinco receberão notas de seis jurados (de 5 a 10) que serão somadas as notas da votação (10 para a mais votada, 8 para a segunda e 7 para a terceira). As duas escolhidas pelos notáveis receberão nota 8. Participam desta edição especial dos 200 anos de Maricá: Bruna Soares Mendes (24 região. Já participou de div Danielle Antunes (34) é a a Miss Lagos Plus Size 2014 Fabrícia Moreira (20) é a a Face 2014 no concurso est Gabriele Faria (19) é A Ma Ivini Moraes (29) é profes academias de Maricá e reg Karollyne Vianna (19), su maior destaques em trabalh Kelly Bernardos (15) é a Maria Julia Robinson (20 Mariane Nunes é grande c Nathália Bolsanello (15) é Stephany Caroline (16), é para as olimpíadas de 2016 www.culturarteen.com Está chegando a grande final do XVI Festival Naci-onal de Voz e Violão. Criado por Pery Salgado e Oldemar Bandeira em 1999, este é o evento particular mais antigo de Maricá, completando 16 anos consecutivos nesta edição. Até a décima quarta edição, recebeu mpusicos de todo o Brasil, revelando novos nomes e recebendo grandes nomes dos festivais e música do Brasil, tais como, Tibério Gaspar, Mongol, Paulinho Tapajós, Marcia Tauil, Ivania Catarina, Carlos Gomes, Vercesi (recordista mundial em participações em festivais de música), Dimas Deptulski, Biel, José Alexandre, Beto Gaspari, dentre tantos outros. Foi considerado de 2004 a 2010 como um dos 15 mais importantes festivais de música do Brasil, e faz parte do calendário nacional de festivais do nosso país. É o único no estilo Voz Violão, o que segundo o próprio Tibério Gaspar (uma lenda viva da nossa MPB e vencedor de vários festivais, incluse do FIC - Festival Internacional da Canção) nivela todos os participantes por cima: “Aqui tem que ser realmente bom. Quem errar perdeu, não é salvo pela banda ou orquestra. Todos perceberão o erro”, sentenciou o grande Tibério em uma das suas inúmeras participações. Em 2013, comemorou seu décimo quinto aniversário, em um grande evento chamado ARTE NA ESTRADA onde reuniu vários nomes da música e das artes de Maricá e região. Foram 14 horas de festa. Uma das marcas do festival é a presença do Coral Maricanto, uma das marcas do nosso município. Desde a terceira edição (2001), que o Coral do Maestro Eduardo Lannes faz a abertura do festival. Como gosta de dizer o produtor Pery Salgado “É o nosso pé de coelho!”. A partir de 2002, Oldemar Bandeira se afastou por motivos profissionais da produção do festival, e Pery Salgado passou a tocar o barco com sua esposa Rosy Rodrigues. Músicos vindos dos quatro cantos do Brasil já participaram deste festival, recebendo toda a atenção da produção e saindo daqui maravilhados com a beleza de Maricá e com o carinho da PR Produções, produtora do evento. Infelizmente este festival que poderia ser uma das marcas oficiais de Maricá, num recebeu o devido incentivo (só foi ajudado em alguns anos do primeiro governo Ricardo Queiroz) das prefeituras, e de 2012 para cá, vem sentindo um grande declínio no apoio financeiro devido ao estado crítico por que vem passando o combalido comércio de Maricá, grande incentivador do nosso festival. Este ano, a produção revolveu fazer um festival menor mas não sem o mesmo brilho de sempre, e convidou a produtora Raquel Simões
  5. 5. www.culturarteen.com (9) Mundo PLUS SIZE culturarteen.com DANIELLE RAMALHO É A MISS CARIOCA PLUS SIZE 2014 A O INFORMATIVO OFICIAL DA FAMÍLIA DE MARICÁ ANO 11 - Dezembro 2014 C 03 A professora Danielle Ramalho moradora do Leblon no Rio de Janeiro, conquistou a quinta edição do Miss Carioca Plus Size que acontecei no sábado 22/11 na Casa de Espanha no bairro do Humaitá no Rio. Vinte e três candidatas disputaram o título máximo da beleza Plus Size do estado do Rio de Janeiro em evento criado e organizado por Eduardo Araúju, pioneiro no Brasil neste segmento. Decorado por Fabiane Abreu, o evento mostrou muito glamour, reunindo diversas modelos e misses do mundo Plus Size, onde destacamos Déborah Chagas (Miss Niterói Plus Size 2013), Renata Tavares (A Mais Bela Gordinha Senior do Brasil 2014), Drielli Braga (Miss Elegant Carioca Plus Size 2013 e Gata Verão Plus Size 2014), Nilma Duarte (Miss Méier Plus Size 2014), Cleide Marques (Miss Realengo Plus Size 2014), Jiovanna Muniz (Miss Maricá Plus Size Sênior 2014), Roberta Augusta (Miss Minas Gerais Plus Size), Géssica Carneiro (Miss Carioca 2012), Marlúcia Felix (Miss Sim-patia 2012), Aline Bittencourt, Ranielli Real (Miss Espíri-to Santo Plus Size) dentre tantas outras beldades. Diversos eventos musicais aconteceram durante a noite com Julio Ramos, Tarso Marchesano e Patrícia Corina, e a atriz Narjara Turetta dividiu o palco com Eduardo Araúju na apresentação do evento. Após o desfile das candidatas, enquanto os 15 jura-dos confirmavam suas notas, aconteceu o desfile com as formandas do Curso de Modelos e Manequins para Maturidade e Plus Size do ano de 2014, curso este ministrado também por Eduardo. O título de Miss Virtual ficou com LUANA AIRES DA COSTA da Ilha do Governador e o título de Miss Elegant 2014 ficou com Renata Cerqueira da Pavuna. O TOP 3 do concurso ficou com DANIELLE RAMALHO, DANIELLE BARBOSA e MARCELLY PACHECO e Eduardo anunciou MARCELLY PACHECO de Duque de Caxias como terceira colocada. A vice campeã do concurso foi DANIELLE BARBOSA de Rio das Ostras e a grande cam-peã foi DANIELLE RAMALHO do bairro do Leblon, que recebeu a faixa e coroa das mãos de JOSIANE LIRA – Miss Carioca Plus Size 2014. A seguir, foi feito o lançamento oficial do ca-lendário de 2015 do projeto SENHORAS DO CALENDÁRIO, onde a modelos neste ano ou-saram em fotos nuas mas muito artísticas. Seguindo-se o evento, Eduardo coroou a Miss Maturidade 2014, a Rainha da Maturidade e a Rainha das Rainhas da Maturidade – Vera Zucarreli (de Maricá) 2014. Mas o grande momento sem dúvida foi o do anúncio da nova Miss Carioca Plus Size 2014. Neste ano, não foram apresentadas as TOP 12 e Eduardo foi direto para a entrega dos prê-mios da noite, onde a primeira agraciada foi THATHIANE ASSUMPÇÃO de Nilópolis, esco-lhida pelas suas colegas como Miss Simpatia Carioca Plus Size 2014. Acima, Danielle Ramalho - Miss Carioca Plus Size 2014, após receber a faixa e a coroa de Josiane Lira - Miss Carioca Plus Size 2013, recebe prêmio de Ale Firmino. Abaixo, o produtor Pery Salgado (PR Produções), Danielle Antunes (Miss Maricá Plus Size 2014 e Miss Lagos PLus Size 2014) e Eduardo Araúju (criador e produtor do Miss Carioca Plus Size) RIAS ÁREAS DE ATUAÇÃO 4) é cantora, compositora. Faz shows em Maricá e versos concursos e programas de tv. atual Miss Maricá Plus Size. Conquistou o título de e ficou no TOP 10 do Miss Carioca Plus Size 2014. atual Miss Maricá. Conquistou o t´tiulo de Miss Best tadual onde ficou em oitavo lugar. ais Bela Estudante 2014. sora de educação física com grande atuação em ião, onde tem se destacado pelo seu trabalho. uper Top Cult Model 2014, é hoje a modelo com hos em Maricá e região. Miss Teen Saquarema e Miss Teen Maranhão. ), é cantora e atriz atuando no Rio de Janeiro. campeã de Jiu Jitsu estadual, brasileira e mundial é a Miss Teen Maricá e Miss Teen Rio Gr. do Sul. super campeã e grande promessa do Tiro Ar Arco 6. Para votar basta entrar no Culturarteen on line: do Pirão Elétrico Produções que tem desenvolvido vários e excelentes trabalhos culturais em Maricá (também sem o devido apoio governamental), para fazer parte da produção do festival. Raquel não só aceitou como caiu de cara e tem movimentado bastante o mundo musical de Maricá em prol do festival. As inscrições aconteceram no breve espaço de 12 dias, terminando no último dia 30 de novembro. As músicas classificadas (doze), serão conhecidas na segunda feira 8 de dezembro e além da apresentação na grande final, farão parte do CD oficial do festival (outra marca deste) e da edição extra do CulturarTEEN sobre o festival, que também é tradição. Este ano não haverá premiação em espécie, mas o glamour continuará com os belíssimos e criativos troféus do grande artesão Osias Silveira, parceiro deste o sétimo festival em 2005. Este ano, recebendo também um enorme apoio de Renato e Alexandre, proprietários do Restaurante Toca do Biguá, o evento acontecerá nas dependências deste restaurante, no domingo 14 de dezembro a partir das 18 horas com entrada franca. Na mesma noite acontecerá a grande final do concurso Beleza Negra 2014. Venha conferir e participar!
  6. 6. ANO 11 - Dezembro 2014 O INFORMATIVO OFICIAL DA FAMÍLIA DE MARICÁ (10) www.culturarteen.com C 04 SÁUDE E VIDA culturarteen.com A NOVA JUVENTUDE U UM QUINTO DOS CASADOS FAZ SEXO SÓ 10 VEZES POR ANO Segundo pesquisa de psicólogo americano, ter menos de um relação por mês é cada vez mais comum T Ter menos de uma relação sexual por mês – ou no máximo 10 momentos íntimos com o parceiro ao ano - é cada vez mais comum entre os casados. A constatação é de uma pesquisa conduzida nos EUA pelo psicólogo e diretor do Centro Cambridge de Estudos do Comportamento, Robert Epstein. Conforme o estudo, entre 10% e 20% dos americanos que vivem juntos, um total de 40 milhões de pessoas, está nesta situação atualmente. Apesar disso, o número de “desanimados” pode ser maior, já que muitas vezes as pessoas se recusam a falar sobre sua vida sexual. E a grande questão é que muitos deles aparentam ter um bom relacionamento, mas a vontade de ir para a cama simplesmente desapareceu quase completamente. Segundo o jornal “El País”, estudos científicos apontam que, normalmente, as mulheres são as primeiras a deixarem de se inte-ressar pelo sexo, o que poderia ser ocasionado por puro tédio. Os homens, por sua vez, se cansariam de ter sempre que tomar inici-ativa de levar a companheira para a cama e também de lidar com o mito de que estão sempre disponíveis. Não ver o sexo como tão importante na relação é normal, o problema é o sumiço da vontade de uma hora para outra. Fatores físicos podem influenciar, mas normalmente o problema pode ser psicológico. Ou seja, um alerta de que, apesar de na superfície estar tudo calmo, o casal não estaria tão bem assim quando o relacionamento é visto em profundidade. QUEM FAZ SEXO 3 VEZES POR SEMANA NÃO É SEDENTÁRIO Segundo cardiologista, relações frequentes ajudam a S manter a saúde do coração Se você não está conseguindo achar tempo para se exerci-tar, mas está com a vida entre quatro paredes ativa, pode relaxar e aproveitar: segundo o Instituto Nacional de Cardiologia (INC), quem faz sexo com frequência não é considerado sedentário. “O sexo praticado três vezes na semana está em dia com a atividade física boa para o coração”, diz o cardiologista do INC Stephan Lachtermacher, que recomenda também duas caminha-das semanais como aliadas na prevenção às doenças cardiovasculares. Mesmo com os benefícios que a atividade sexual traz para o coração, o médico do INC faz um alerta aos pacientes que sofreram infartos recentemente: o ideal é que seja feito um teste ergométrico depois de duas semanas nesses pacientes para que sejam libera-dos tanto para atividade física, quanto sexual. “Nos primeiros dias pós-infarto, o paciente fica eufórico, quer voltar às atividades normais, mas deve ter cautela. Se tudo correr bem, depois de duas semanas o paciente pode retornar à atividade sexual. Mas tem um detalhe importante: deve ser com seu compa-nheiro ou companheira habitual. Uma relação nova ou extra conju-gal pode gerar um nível de estresse que pode ser muito perigoso ao coração nesse momento”, alerta o especialista. JUNK FOOD E O CÉREBRO Um artigo publicado na revista “New Scientist” relaciona o consumo de alimentos gordurosos e açucarados à demência, alegando que esta dieta causaria resistência à insulina no organismo. Como a insulina é necessária para regular a química cerebral responsável pela memória, pelo aprendizado e pelas conexões entre os neurônios, além de manter os vasos sanguíneos que oxigenam o cérebro, os pesquisadores acreditam que uma dieta pobre em nutrientes e vitaminas também seja uma das causas relacionadas ao Alzheimer. MAIS UM CAFEZINHO, POR FAVOR BUMBUM DE DAR INVEJA IMPLANTE DE SILICONE NA REGIÃO GLÚTEA A TEM AUMENTO DE 30% As “curvas” das mulheres brasileiras fazem sucesso e, como se sabe, o BUMBUM foi eleito preferência nacional. Pre-ocupados em não ficarem de fora dessa “eleição”, muitas mu-lheres investem pesado na ma-lhação, porém, quando mesmo intensificando a série de aga-chamentos passa a não ser su-ficiente, elas partem para uma medida um pouco mais incisiva: o implante de silicone. Segundo o cirurgião plástico José Augusto Peçanha, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, nos últimos anos ocorreram muitos avan-ços da técnica e da qualidade das próteses , além do aumento de 30% no uso das próteses. “Atualmente, as próteses são colocadas por uma pequena incisão no sulco interglúteo e posicionadas internamente dentro do músculo glúteo, o que confere a elas um aspecto mais natural. As próteses evoluíram com diversas opções de formato redondo ou anatômico e também de projeção, além do gel de preenchimento ser capaz de reproduzir os tecidos moles e ter melhor adequação do implante”, ressalta Peçanha, acrescentando que o corpo reage à prótese como se fosse um corpo estranho, criando uma cápsula fibrosa na intenção de isolação, uma reação normal. O cirurgião plástico Marcos André Trindade diz que a gluteoplastia é indicada para pacientes maiores de 16 anos, quando a estrutura corporal já está quase toda formada. “Pacientes que não foram ajuda-dos pela genética, que tenham glúteos pequenos e disformes, que tiveram uma perda de peso importante, com muita flacidez ou que estão sob efeito do tempo ou da gravidade, são ótimas candidatas”, observa o especialista que prefere trabalhar com os implantes redondos. “Eles proporcionam formato e contornos mais atraentes, além de terem a projeção perfeitamente adequada ao padrão brasileiro”, enfatiza. Marcos André Trindade, que faz parte da equipe do cirurgião Ivo Pitanguy, ressalta, ainda que as próteses lisas ao invés das revestidas e texturizadas diminuem os riscos de sangramento e lesões. As próteses têm 30 anos de durabilidade e não existe nenhuma contra indicação, quanto à gluteoplastia, mesmo nos adeptos a esportes sujeitos à que-da. Segundo o médico, todos os pacientes passam por exames pré-operatórios e poucos são reprovados. “No primeiro mês não se pode realizar esforços físicos e não se deve usar salto alto. Dirigir, só 30 dias após a cirurgia, quando já se pode sentar e dormir de lado. Após dois meses da cirurgia, os pacien-tes poderão realizar qualquer esforço, como corrida ou mesmo voltar para a academia e fazer exercícios com peso. O sexo está também liberado”, observa o cirurgião, que aproveita para fazer um alerta: “Uma vez realizada a cirurgia de glúteos com próteses de silicone, o paciente não pode mais fazer uso de medicamentos injetáveis na re-gião, pelo alto risco de perfuração dos implantes”. O cirurgião plástico José Peçanha atenta que muitos métodos dis-poníveis podem não ser satisfatórios para determinados pacientes como a lipoaspiração mais lipoenxertia, que é um procedimento onde se lipoaspira a gordura do abdome e das costas e injeta (lipoenxertia) no glúteo. Esta técnica tem a vantagem de não ser usado nenhum material estranho ao corpo humano, o que diminui as chances de rejeição. Uma promessa que pode ser perigosa são as aplicações de polimetilmetacrilato, que é a plástica sem bisturi, simples barata e que é uma técnica sedutora de resultado imediato, porém não indicada. “A desvantagem da lipoaspiração mais a lipoenxertia, que conse-gue dar um bonito contorno corporal para a paciente, é que não dá para fazer em mulheres muito magras que não tem gordura para doar. Ocorre sempre absorção de parte da gordura, logo, em alguns casos, existe necessidade de nova intervenção cirúrgica”, explica o especia-lista. Já com a polimetilmetacrilato, o cirurgião explica que a injeção para aumento dos glúteos pode ser desastrosa. O polimetilmetacrilato é um derivado do acrílico e considerado um preenchimento não absorvido pelo corpo. Meses ou anos após a aplicação, essa substância pode inflamar e causar necrose nos tecidos onde foi injetada provocando graves deformidades. “A Agência Nacional de Vigilância Sanitária não proíbe o uso do metilmetacrilato. Já o Ministério da Saúde autoriza o uso somente em pacientes com HIV que sofrem perda de gordura na face, um dos possíveis efeitos colaterais do tratamento da doença”, finaliza Peçanha. O O que não falta é frase satirizando a primeira etapa da vida. Exemplo: “A juventude é um defeito facilmente superável com a idade” Outro: “A juventude é uma coisa maravilhosa, pena des-perdiça- la em jovens”. Quem ultrapassou essa fase dourada hoje olha para ela com certo desprezo. Não de todo equivoca-do: a maturidade, de fato, se não é nosso período mais fértil, certamente é o mais sabido. Algum benefício tinha que trazer essa tal passagem do tempo. No entanto, em vez de fazer coro com a soberba habitual dos maduros, vale dar uma espiada mais generosa para a garotada. Afora os NEORRETARDADOS que proliferam nas redes esbanjando pobreza de espírito, a geração atual tem uma postura mais humanizada em relação a questões importantes da vida. Vale a pena escuta-los. O tema da homossexualidade, ainda debatido à exaustão na mídia. Já saiu de pauta entre os adolescentes. Nada mais natural do que meninos e meninas namorarem parceiros do mesmo sexo. Ser favorável ou desfavorável a causa gay? Concordo com eles: chega a ser constrangedor a gente se declarar a favor ou contra o que não nos diz respeito. É muita arrogância. Quanto à busca por uma profissão, mudanças visíveis tam-bém. O dinheiro continua sendo uma preocupação, mas já não ocupa o topo das paradas. O que se deseja é fazer diferença para a sociedade, trabalhar no que se gosta, personalizar sua atuação, deixar marcada uma ideia, uma consciência, um cami-nho diferente, um novo olhar. Nem que para isso se invente uma profissão que nunca existiu, que se formalizem atividades que antes não eram consideradas. Estudar segue fundamental, mas a seqüência colégio- vestibular-faculdade vem ganhando bifurcações. Se a felicidade não estiver na vida sólida e estável que os pais sonharam, paciência. Os sonhos dos velhos terão que se adaptar a uma realidade menos regrada. Sim, ainda existem os adolescentes convencionais que so-nham com casamentos convencionais e empregos convencio-nais e que querem enriquecer, consumir e ser “alguém”. A dife-rença é que esse alguém padrão, que se amparava em hierar-quias para estabelecer juízos de valor, não representa o jovem moderno que quer construir uma sociedade mais horizontalizada. A noção de riqueza está mudando de foco: ir para o trabalho de bicicleta pode dar mais status do que conquistar uma vaga no estacionamento reservado aos patrões. Outro dia falava sobre tatuagens com duas garotas e me peguei aplicando o velho discurso a respeito do cuidado que elas deveriam ter antes de tomar decisões definitivas. Foi quan-do me dei conta de que até o definitivo mudou de configuração. Elas não veneram o “pra sempre” – o que acho ótimo, mas então por que fazer uma tatuagem? Simplesmente para homenagear uma etapa da vida. Não haverá arrependimento se o assunto não for levado com tanto drama. Tatuagem deixou de ser uma condecoração vitalícia. Nada mais é vitalício. Basta que seja sustentável. Martha Medeiros – colunista da Revista O Globo S Seis xícaras de café por dia diminuem em 40% os riscos de câncer no intestino, segundo pesquisa do Instituto de Cãncer de Rcokville (EUA). Os hábitos aliemnatres de 490 mil homens e mulheres foram examinados desde meados da década de 90, e os índices da doença foram comparados entre bebedores e não bebedores de café. Os resultados foram publicados no “American Journal of Clinical Nutrition”.
  7. 7. CIDADE culturarteen.com (11) ATESTADO DE ÓBITO DE ANA JULIA CONFIRMA H1N1 O E Garota COMPLETA N ANO 11 - Dezembro 2014 E 05 N PREFEITURA DE MARICÁ TENTA ABAFAR O CASO Este é o terceiro caso de H1N1 no Brasil em 2014 preso por nossa medicina não ser referencia mundial com a capa-cidade que certos supostos profissionais de saúde tem de fazer diagnósticos só de olhar o paciente e mandar ele pra casa ( é uma vergonha) . Esse hospital é uma vergonha! O único do Município e não tem um CTI ou UTI ou equipamentos ou medicamentos ou se quer uma administração para da um minimo de assistência decen-te para os cidadãos trabalhadores e que pagam seus impostos. Essa prefeitura é e sempre foi um lixo antro de corrupção onde todos só enxergam os próprios umbigos. Estou indignado enoja-do… Quero agradecer de todo o coração ao Dr. Gaúcho que se não fosse por ele minha filha não teria sido transferida desse hospital nojento e também a mais dois médicos aos quais eu não lembro o nome mais assim que puder eu coloco e também a Dra. Simone e aos funcionários que ficaram indignados pela falta de recursos para poder ajudar minha filha. Quero tbm agradecer as enfermeiras que salvaram minha fi-lha descobrindo que ela estava com a glicose muito elevada e tirado mi-nha filha do soro após um médico ir-responsável ter colocado minha filha no soro e saído as pressas pra curtir o feriado sem se quer ter se dado ao trabalho de examina-la ou saber do histórico dela, não fosse por essas enfermeiras minha filha teria morrido ali mesmo naquele hospital de menti-ra. tenho muito mais detalhes a dizer de todo histórico ocorrido nas duas semanas suplicio nesse hospital que levou a morte de minha filha mas no momento é só.” Mas as especulações continua-ram e para por fim a tentativa da pre-feitura de Maricá de OMITIR os fatos reais, na noite deste sábado (29/11), o pai de Ana Julia postou também em seu perfil na rede social Facebook, a certidão de jovem de sua filha, CON-FIRMANDO que a “causa mortis” foi SEPSE PULMONAR PNEUMONIA POR ESTAFILOCOCOS INFLUENZA H1N1 conforme repro-dução abaixo: Ao publicar o atestado de óbito, o pai de Ana Julia acabou com todas as especulações e omissões da prefeitura com o seguinte desabafo: “Tô sabendo que a prefeitura de Maricá anda tentando abafar o caso então posto aqui a foto do atestado de óbito de minha filha mostrando a causa morte causada por Influenza H1N1” - Alexsandro Costa Pessoa. ATENÇÃO PARA OS SINTOMAS DA GRIPE SUÍNA - H1N1 Os sintomas da gripe H1N1 são semelhantes aos causados pelos vírus de outras gripes. No entanto, requer cuidados especiais a pessoa que apresentar febre alta, acima de 38º, 39º, de início repentino, dor muscular, de cabeça, de garganta e nas articula-ções, irritação nos olhos, tosse, coriza, cansaço e inapetência. Em alguns casos, também podem ocorrer vômitos e diarreia. Na sexta feira 21 de novembro veio a óbito a jovem ANA JULIA (14) com suspeita de gripe H1N1. Seu sepultamento aconteceu na manhã de sábado e a família consternada com todo o sofrimento da linda jovem não deu declara-ções a nenhuma mídia, que como sempre especulou. O CulturarTEEN e o Barão de Inohan entraram em contato com amigos e familiares mas como não recebeu informações con-sistentes, declinou de passar aos seus leitores fatos não totalmente verídicos. Um site local publicou na semana seguinte ao óbito da jovem a matéria sem a autorização dos pais da jovem, o que causou grande rebuliço. A TV Copacabana entrou no circuito e ouviu a Dra.Simone que passou informações em nome do Hospital Municipal Conde Modes-to Leal, tranquilizando a população e esclarecendo alguns fatos. A prefeitura de Maricá emitiu um comunicado tranquilizando a população da cidade informando que o laudo médico não teria detectado a presença do vírus H1N1 na jovem que veio a falecer na UTI de um Hospital em Itaboraí, para onde foi transferida. Segundo o pai da jovem - Alexsandro Costa Pereira -, a família procurou atendimento médico no HMCML por mais de 10 vezes em apenas duas semanas sem receber os devidos cuidados. O último atendimento foi feito na madrugada da última quinta-feira (20), onde um médico de plantão se disponibilizou em levar a paciente até o Hospital de Itaboraí para uma UTI, quando o quadro já era grave. “O ‘Dr. Gaúcho’ deixou de fazer uma cirurgia para levar a minha filha para ter atendimento. Ele foi uma das únicas pessoas que se empenharam de verdade para salvar a vida da minha filha.” infor-mou o pai de Ana Julia. Segundo a secretaria de Saúde de Maricá, a paciente deu entrada no Hospital Municipal Conde Modesto Leal às 6h do dia 20/ 11 (quinta-feira) com o quadro de descompenasação metabólica aguda provocada por diabetes e infecção nas vias respiratórias. Ela teria sido transferida no mesmo dia para a UTI em Itaboraí. No decorrer desta semana, após a publicação feita sem autori-zação dos pais, o pai de Ana Julia, Alexsandro Costa Pessoa deu a seguinte declaração postada em seu perfil na rede social Facebook, tornando público sua indignação e repulsa, e contando a verdadei-ra história da triste sina de sua filha:“Eu sou o pai da Ana Júlia, ainda estou muito abalado com tudo isso e por isso não queria me expressar e não autorizei publicação de nada referente á este assunto. Mas como foi colocado uma matéria nesse espaço sem minha autorização e de forma muito superficial vou tentar detalhar um pouco mais o ocorrido. Minha filha deu entrada no Hospital Conde Modesto Leal em Maricá mais de dez vezes nas últimas 2 semanas e nada foi feito sequer um exame só ficando em obser-vação e depois era mandada para casa cada dia com um médico irresponsável diferente inventado um novo diagnostico. Fico sur- COMPLETA 10 ANOS Ele nasceu em dezembro de 2003. O número “zero” foi para a rua, tentando vender a ideia de que os jovens de Maricá precisa-vam ter um veículo de informação, num tempo que não havia Facebook, o Orkut estava engatinhando e quem mandava era o e-mail, isso para quem tinha computador e internet (que na época era discada). Celulares, quase não existiam e os que tinham, eram caríssimos e o sinal quase não existia. Foi então que o CulturarTEEN foi para a rua e em janeiro de 2004, saiu o número 1, a pedido dos jovens de Maricá, que diziam que não liam os jornais que existiam aqui na época pois só falavam de política. Nasceu e continua apolítico. É claro que em época de eleições, procura instruir, explicar sobre política, mas de um modo correto, sadio e por isso, é bastante procurado por candidatos, onde não fechamos as portas. Sempre tentando fazer um jornalismo limpo, correto, sadio e verdadeiro, o CulturarTEEN não é só um jornal ou uma revista: é um informativo, que ensina, explica, e evolui com o tempo. Sua versão on line foi criada em final de 2009 e hoje já ultrapassou bem mais de um milhão de acessos. Valorizar o jovem, o ser humano, mostrar que ele serve de exemplo para outros jovens, para outros seres humanos nessa nossa Terra tão mal tratada mas ainda tão linda. Junto com seu co-irmão Classilagos e com seu irmão Barão de Inohan, estes são os únicos jornais (ou informativos) que saem todos os meses de modo ininterrupto nestes últimos 10 anos (5 anos de Barão). Nosso sucesso é graças a vocês nossos amigos e leitores das versões impressa e on line e as queridos parceiros anunciantes, aqueles que nos sustentam, verdadeiros heróis nesse combalido comércio de Maricá. E que venham mais 10. FERNANDA MARTINS RECEBE PRÊMIO Nossa querida e belíssima Mais Bela Estudante 2014 na categoria infanto juvenil (título conquis-tado em 19 e outubro passado) Fernanda Martins recebeu seu prêmio pela sua conquista oferecido pela loja Ousada.Com. Em breve ela estará fazendo um belissimo ensaio para a loja, que servirá também para o seu book digital, prêmio a que ela também tem direito. Pela sua conquista, Fernanda Martins é nossa arota Completa deste mês. Flávia da Ousada.Com entregou o prêmio a Fernanda, um belíssimo vestido vermelho e acessórios.
  8. 8. E 06 ANO 11 - Dezembro 2014 (12) EDUCAÇÃO culturarteen.com CCEELL NNOOTTÍÍCCIIAASS Dezembro 2014 - n° 05 EDUCAÇÃO INFANTIl : R$ 295,00 Do 1º ao 5º ano: R$ 320,00 Do 6º ao 9º ano: R$ 430,00 Preços Promocionais até 15/12/14. EJA/SUPLETIVO 2º grau em até 6 meses 1º grau e 2º grau em até 12 meses Semi presencial A partir de R$ 176,00 INGLÊS/MÉTODO OXFORD Turmas aos sábados R$ 55,00 MATRÍCULAS ABERTAS PARA 2015 AA vitoriosa família CEL vem desejar a todos os alunos, familiares, profissionais de ensi-no, amigos e leitores, uma Natal cheio de luz, de paz e harmonia e um ano de 2015 repleto de sucesso, vitórias e conquistas como a familia CEL teve no decorrer de 2014. Aproveitamos pra informar que já estão abertas as matrículas para 2015 no Centro Educacional Lagomar. Aproveite os preços promocionais até 15 de dezembro e venha fazer parte da nossa história. Rua 90 s/n° - Cordeirinho - Maricá site: www.cel90.com.br e-mail cel90@cel90.com.br Rua Abreu Rangel 420 (Ed. Imperial) sala 109 (prédio da Casa & Video) - Centro - Maricá

×