BARÃO DE INOHAN 99 - 26 de junho de 2014

414 visualizações

Publicada em

Veja nesta edição do Barão de Inohan
- SaraMARICAndaia - OS DOIS LADOS DE INOÃ
- CONDADO LARGADO
- MOEDA MUMBUCA: CARTÃO DE CRÉDITO OU CARTÃO DESCRÉDITO?
- VERMELHINHOS PROMETIDOS AGORA PARA 1º DE AGOSTO
- ESCOLA SOLIDÁRIA
- FIFA NÃO SABE QUEM ENTREGARÁ A TAÇA
- AMPARO DE PORTAS ABERTAS
Tudo isso e muito mais no seu Barão de Inohan

Publicada em: Notícias e política
2 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
414
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
216
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
2
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

BARÃO DE INOHAN 99 - 26 de junho de 2014

  1. 1. ANO 06 - NÚMERO 99 Maricá, 25 de junho de 2014 www.obarao.blogspot.com jornalismopr@hotmail.com O INFORMATIVO DO MUNICÍPIO DE MARICÁ VERMELHINHOS PROMETIDOS AGORA PARA 1º DE AGOSTO SARAMARICANDAIA OS DOIS LADOS DE INOÃ COMÉRCIO DE MARICÁ AGONIZA DENÚNCIA: USUÁRIOS TROCAM AS 70 MUMBUCAS POR R$ 50,00 EM VÁRIOS COMÉRCIOS MOEDA MUMBUCA: CARTÃO DE CRÉDITO OU CARTÃO DESCRÉDITO? AMPARO DE PORTAS ABERTAS AViaçãoNossaSenhorado AmparoparticipoupelasegundavezdoprogramadaFETRANSPOR “EMPRESA DE PORTAS ABERTAS” onde clientes que fazem sua reclamações vão conhecer as instalaçõesdasempresaseficamsabendocomoéasistemáticadetrabalho.Oníveldesatisfaçãoapós oencontrofoimuitograndeeagrandemaioriasaiusatisfeitaesurpresacomaorganizaçãodaViação Nossa Senhora do Amparo. Página 8 Cresceonúmerodelojase comérciosfechadosemMaricá. Comerciantes não conseguem pagarsuascontas,omovimento devendasestádiminuindocada vez mais e os novos comerciantes se queixam da enorme demora para tirar um simplesHabite-se,fazendocom que a fábrica de Habite-se Provisórioscresça,aumentando o caixa da prefeitura sem resolver o problema dos novos empreendedores. Página 5 Criado como loteamento de alto luxo em 1978, o Condado de Maricá foi elevado a categoria de bairro em 1990 quando da promulgação da Lei Orgânica Municipal por Orpheu dos Santos Salles. Com características de condomínio, um grupo tentou por anos na justiça transformar o enorme loteamento (maior do que todo o centro de Maricá e Parque Eldorado) em condomínio, o que o tornaria inviável. Em 1991 um grupo liderado por Otávio Chinelli, José Pery Salgado, Ireval Joppeert eNelsonBraida,criaramaAPAC(AssociaçãodosProprietárioseAmigosdoCondado)colocandofim as brigas na justiça. Com a nova associação e com a ajuda do governo de Uilton Vianna, o Condado viver dias de glória, mas desde o segundo governo de Luciano Rangel, passando pelos dois governos de Ricardo Queiroz e pelos dois governos de Washington Siqueira, o Condado vem sendo esquecido por todos esse anos, sem receber nenhuma ajuda e nenhum investimento do poder público apesar de ser um dos IPTUs mais caros do município. Página 5 Que Inoã viveu uma grande revitalização nos últimos cinco anos, não podemos negar. Novas calçadas, novo ordenamento, ruas asfaltadas, novos comércios e antigos revitalizados, novos e ordenados pontos de ônibus. vans e de táxi. Mas enquanto o centro de Inoã vive a redenção e uma grande melhora no comércio, locais antigos e tradicionaiscomooROUPA MANIA e POLO MANIA antigos centro comerciais, estão esquecidos e desaquecidos. Página 5 CONDADO LARGADOCONDADO LARGADOMotoristas insistem em entrar no Condado em alta velocidade e pela contra mão, causando inúmeros acidentes, muitos com vítimas fatais. DER e Prefeitura nada fazem para resolver o problema.
  2. 2. O BARÃO DE INOHAN ano 06 nº 99 - 25 de junho de 2014 Propriedade PR PRODUÇÕES. Diagramação e Fotos: José Pery Salgado Edição e Fotos: Rosemery Oliveira Jornalista Responsável: Edison Torres (R.P. 385 DRT-PA) Impressão: A Tribuna RJ. Distribuição Gratuita e Dirigida ao público de Maricá. CULTURARTE, Culturateen, Culturartween e CulturartKids são marcas de propriedade da PR Produções. Edição mensal. As matérias assinadas são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Contatos: (21) 99281-4037 jornalismopr@hotmail.com INFORMATIVO ESPÍRITA, CULTURARTE, JORNAL DA MICROLINS, INFORMATIVO FRK, INFORMAÇÃO COMPLETA e INFORMATIVO PRofissionalizar, PRETO NO BRANCO, MAIS UM, CADERNO E e o BARÃO DE INOHAN são criações de Pery Salgado. Tiragem 4000 exemplares. 2 - BARÃO DE INOHAN CIDADEwww.obarao.blogspot.com CURTAS E BOAS (Nem sempre tão boas) SECRETARIA DE TRANSPORTE FAZ NOVAS MUDANÇAS NO CENTRO MARICÁ VIROU ROTA DE TÓXICOS Definitivamente com o cerco e aperto nas UPPs no Rio, os bandidos estão migrando para ascidadesfluminenses,emespecialregiãoserrana edoslagos.EMaricá,portãodeentradadaregião dos lagos e mais próxima do Rio e Niterói é rumo certo para a entrada de diversos tipos de drogas. Mas meliantes de todos os tipos e idades (inclusiveadolescentes)estãoencontrandoalguma dificuldade,devidoaoexcelentetrabalhofeitopelos policiais da 4º Cia do 12 BPM (Maricá) e pelos policiaismilitaresdoBPRVqueatuamnasRJ104 e RJ 106, sempre fazendo blitizes, inclusive em ônibusevans.Doisexemplosrecentesfoiaprisão e apreensão de drogas no sábado 7 de junho pelamanhãondeummenorfoidetidocomdrogas a caminho de Maricá numa van. Com ele foram encontradas121cápsulasdecocaínaeumtablete comumquillodemaconha. Nofimdesemanaanterior,nodia01dejunho, MichaelBrandão(23)foipresoeumaadolescente queestavacomelafoiapreendidaporpoliciaisdo PTOU - Patrulhamento Transportado em Ônibus UrbanodoBPRV.Osdoisestavamtransportando drogas dentro de ônibus da Viação Amparo na linhaNiterói-Maricáecomelesforamencontradas 36cápsulasdecocaína,umtabletedemaconhae doisocmprimidosdeecstasy. Segundo os policiais eles estavam em operaçãoderotinaquandonaRJ104abordaram o ônibus daAmparo fazendo revista em todos os passageiros, encontrando o acusado de posse do material entorpecente. Segundo informações do próprio acusado, eles voltavam do Baile do Amarelinho na Favela do Acari no Rio. O fato foi registrado na 78 DP (Alameda) e Michael ficou preso por tráfico de drogas e a adolescente por fato análogo ao mesmo crime. (Fonte: O Fluminense) Está cada vez mais feio e desorganizado e já foi tema de diversas reuniões entre comerciantes e autoridades do setor. A praça Conselheiro Macedo Soares foi invadida há alguns meses nas sextas e sábado por barracas supostamente de artesãos que hoje vendem frutas, pizzas, docinhos, flores e muito pouco artesanato durante o dia e à noite, é invadida por barracas que além de produzirem muito lixo (sábado pela manhã a praça está uma imundice), produzem alimentos de forma totalmente precária, no chão da praça e sem nenhuma condição de higiene. Tudo começou quando a Secretaria de Turismo começou o projeto Sob o Céu, Sob o Sol deMaricá,natentativadedescentralizar(ouretirar da praça Orlando de Barros Pimentel) os shows quenormalmenteacontecemnocentrodeMaricá, e com isso, levar shows, cultura e divertimento para outros bairros de Maricá. Tudoissoéótimo,desdequehajamcondições dehigiene(combanheirosquímicos)ouquesejam colocadososshowspróximoacomérciosafimde estimularecrescimentodosmesmos. A praça Conselheiro Macedo Soares só tem um bar que não tem capacidade de servir a contento seus clientes (por limitações físicas) e a proliferação de barracas aconteceu como erva daninha, danificando o local público. Durante o dia, as barracas de “artesanato” que hoje vendem de tudo, deveriam ser deslocadas para o Mercado dasArtes ou para o entorno do mesmo onde iriam compor o cenário idealenolocaladequadojuntoàCasadeCultura, estimulando o Mercado dasArtes, cada vez mais esquecido e mal explorado. Os vendedores de frutas e legumes, deveriamserdeslocadosaomercadodeprodutor, assim como os vendedores de lanches, que poderiamtambémserdeslocadasparaoMercado dasArtes. Comerciantes estabelecidos na praça há anos estão descontentes com a situação e a população mais ainda, pois na sexta e no sábado não podem usufruir da praça, uma vez que as barracassãomontadasjustamenteondeexistem as mesas e os bancos que deveriam ser usados normalmente pela população. Outro fato lamentável é a presença de vez em quando do caminhão do peixe que insistem em colocá-lo em cima da praça, danificando o espaço público. Será que o pessoal do urbanismo não consegue visualizar o problema? O FAVELÃO EM QUE SE TRANSFORMOU A PRAÇA CONSELHEIRO MACEDO SOARES COMEÇA A SER CONSTRUÍDO NOVO ESPAÇO PARA OS CAMELÔS EmaçãoconjuntadaSecretariadeUrbanismo eObras,começouaserconstruídoonovoespaço quereceberáoscamelôsqueserãoretiradosdas ruas Ribeiro de Almeida e Senador Macedo Soares e da praça Conselheiro Macedo Soares. Todos serão realocados para o atual Mercado Popular que receberá (pelo menos é o que foi previsto mais uma vez) e para a rua Capitão Guilherme Cunha onde haverá uma extensão do Mercado Popular com barracas padronizadas e onde todos os camelôs serão cadastrados. Para estarem regulares e usufruindo do Mercado Popular, estes terão que comprovar seremmoradoresdeMaricácomresidênciafixae terem renda máxima de dois salários e não possuírem outra fonte de renda. As obras já começaram na rua Capitão Guilherme Cunha (rua que dá acesso ao colégio HMS), onde foram eliminadas onze vagas de veículoseoestacionamentodoladodireitodarua foi proibido em toda sua extensão. No local destas onze vagas é que está sendo feito a obra para poder receber as futuras acomodaçõesparaasbarracasdoscamelôs.Com isso, a secretaria de urbanismo poderá concluir a retiradadoscamelôsdasruasdocentrodeMaricá, voltanto a dar mobilidade urbana aos pedestres. Depoisdematériadenúnciasobreoscamelôs que ocupavam de modo irregular e perigoso a curva da Rua Ribeiro de Almeida ao lado do Correio, a secretaria de urbanismo fez a retirada das barracas realocando os camelôs para outro localdandosegurançaaospedestresquetinham que andar pelo meio da rua devido as barracas instaladas na curva junto a um poste. Uma luta de mais de sete anos do Barão de Inohan e do CulturarTEEN. Desde os dois últimos anos do governo Ricardo Queiroz, estamos defendendo que o trânsito no centro de Maricá não permite mais ruas de mão dupla. E depois de várias INTELIGENTES intervenções do atual secretário LEANDRO COSTA e sua equipe, com vários estudos, conversas com técnicos e muitas conversas com nossa reportagem, outra grande mudança aconteceu na madruga desta terça feira - 10 de junho em várias ruas do centro de Maricá. Quase tudo que sugerimos ao longo destes anos a vários vereadores, pessoal ligado as secretarias de transporte e diretamente aos secretários, agora, mesmo recebendo algumas críticas, o secretário Leandro Costa colocou em prática,comtotalapoio(segundoosecretário)do atual prefeito, que deu carta branca para que ele esuaequipefizessemtaismudanças,essenciais ao trânsito do centro de Maricá. Parte da avenida Vereador Francisco Sabino da Costa (a partir da ponte da Mumbuca) e parte da Abreu Rangel (até a rua Senador Macedo Soares) agora viraram MÃO ÚNICA no sentido hospital. Para quem quer retornar para a RJ 106 ou acessar o bairro do Flamengo, deverá entrar a esquerda na Rua Athayde Parreiras que teve o sentido de mão invertido. Nesta rua, além do carga e descarga, o estacionamento continua permito do lado direto da via e foi criada uma vaga para idosos e outro deparadaporaté15minutosemfrenteafarmácia Teriaga, desde que o veículo pare com o pisca alerta ligado. ABREU SODRÉ TEM MÃO UNICA EM DIREÇÃO A RJ 106 Outra grande mudança foi a mão única na rua Abreu Sodré (hipermercado Princesa) no sentido Praça Conselheiro Macedo Soares avenida Vereador Francisco Sabino da Costa, para quem quer acessar o bairro da Mumbuca, Pedreiras ou RJ 106. Com isso, o gargalo de entrada do estacionamento do hipermercado Princesa que tantoinfernizavaavidadosmotoristas,iráacabar, ou com certeza diminuir, pois os mesmos terão uma faixa para entrarem no estacionamento, enquanto a outra faixa ficará livre para o trânsito em direção a Vereador Francisco Sabino da Costa. QUASE TUDO PERFEITO - Secretaria faz nova intervenção na praça Macedo Soares e pode implantar sugestão do Barão Apenas uma falha em relação ao projeto que apresentamos e que havia sido aceito,mas ainda não foi implantado: os veículos que saem da rua Athayde Parreiras estão tendo que virar a direita e contornar a praça Conselheiro Macedo Soares oquecomcertezafaráUMENORMEGARGALO, principalmente no horário do rush. Nossa sugestão seria que na praça Conselheiro Macedo Soares não houvesse mais contorno na praça, e que os veículos quisessem acessar o terminal rodoviário ou o bairro do Flamengo,contornariamapraçapegandoapista do lado direito da praça (lado da Citycol e Mercatto) virando a direita na avenida Roberto Silveira e quem quisesse retornar ouacessaraRJ106eosbairrosdaMumbuca e Pedreiras, pegariam a pista da esquerda (lado da agência antiga da CEF) virando logo à esquerda na direção da Abreu Sodré. Quem viesse do bairro do Flamengo e quisesse retornar entraria na rua ao lado da secretaria de turismo que seria invertida sua mão. Umasugestãonossapublicadanaversão on line no dia 10 de junho já foi colocada em prática. Quem vem do bairro do Flamengo para pegar o centro de Maricá (hospital, bancos, etc), sairia da avenida Roberto Silveira, pegando a Abreu Sodré e fazendo o retorno em frente a Rua dos Quintanilhas, virando a esquerda acessando a avenida Vereador Francisco Sabino da Costa (passando em frente a LBV), e seguindo em frente. A pista do lado esquerdo da praça Conselheiro Macedo Soares deveria receber os veículos que teriam destino a RJ 106, Pedreiras, Mumbuca e retorno, saindo da Athayde Parreiras ou da Macedo Soares. O trânsito fluiria mais facilmente.
  3. 3. CIDADE BARÃO DE INOHAN - 3www.obarao.blogspot.com MAISUMAGRANDEJOGADA ELEITORAL? VERMELHINHOS PROMETIDOS AGORA PARA 1º DE AGOSTO, A TRÊS MESES DAS ELEIÇÕES. Parece até brincadeira de gato e rato. Foram prometidos para outubro de 2013, depois para dezembro e nada. O secretario de transporte(coitado,colocamelequeestáfazendoumbelotrabalho à frente da secretaria para ficar dando datas inverídicas para a população)LeandroCostaprometeuentãoparaocarnavalecomo não conseguiu o feito,prometeupara odiadoaniver´sario dos 200 anos do município. Deuchabúmais uma vez. Nanossaúltima edição, onde mostramos as grandes obras do autal governo na capa mais polémica dos5anosdoBarão de Inohan, pois estava toda em branco tal qual as grandes obras que este atual governo fez, citamos as promessas que não foramcumpridaspeloatualprefeito,desdeoseuprimeiromandato ecitamosapromessadosvermelhinhoseasdatasnãocumpridas. Interessantequemenosdeumasemanaapósapublicaçãodo Barão de Inohan (edição 98), alguns ônibus foram vistos andando pelacidade(segundofuncionáriosdaprefeitura)emtesteparauso. Alguns com a linha Jaconé e outros com a linha Recanto para que os tolos municípes tivessem a ilusão de que finalmente eles iriam circular. Acontececaríssimosleitores,queaempresaaindanãoexiste, não tem endereço fixo, a garage (último investimento feito pela prefeituranaordemdeR$1.460mil)aindaestánoprojetoenenhum funcionário foi contratado (agora terão que ser contratados por concurso público pois a empresa não será mais de ecnonomia mista).TemosinformaçõestambémqueoDetransóqueremplacar osveículoscomochapabranca(umavezquesãoveículosoficiais) e veículos chapa branca não podem transportar passageiros cobrando passagens, apenas e modo gratuíto. E é aí que mora o perigo! Outras informações garantem que eles serão emplacados na cidade de Duque de Caxias. Será que isso lhe lembra algo? Segundo informações vindas de dentro da prefeitura, a nova data para os vermelhinhos começarem a rodar será em 1º de agosto, exatamente três meses antes das eleições e segundo as mesmas informações, transportará passageiros gratuitamente, enterrando de vez a Viação Costa Leste e prejudicando vários proprietáriosdevansquepagampesadasparcelasdeseusveículos e ainda não conseguiram o validador para que os passageiros possamusaroscartõestambémnessemeiodetransporte. Seistoacontecerpoderásermaisumgrandeeleitoralperpetrado pelo atual governo e (assim como a Moeda Mumbuca) será mais uma ação que o governo local copia da cidade de Silva Jardim (criadora da moeda Capivari que ninguem mais quer usar), onde a prefeitura local anunciou no último dia 08 de maio que enquanto o prefeitoAndersonAlexandreestivercomomandatário,otransporte público no município será totalmente gratuíto. É bom lembrar que SilvaJardimtemaproximadamente30milhabitantes. DENÚNCIA: USUÁRIOS TROCAM AS 70 MUMBUCAS POR R$ 50,00 EM VÁRIOS COMÉRCIOS MOEDA MUMBUCA: CARTÃO DE CRÉDITO OU CARTÃO DESCRÉDITO? Maisdenúnciaschegamànossaredaçãoatravésdee-mails,efomosconfirmar juntoaoscomércios.BeneficiáriosdocartãoMumbucaestariamtrocandoseuscréditos de M$ 70,00 por R$ 50,00 em vários comércios credenciados a receber a moeda. AochegarnumdesteslocaisencontramosumbeneficiáriodocartãoMumbuca e ao questionarmos por que estaria procedendo de tal maneira, no primeiro momento o beneficiário quis negar o fato mas depois concordouemfalarsemseridentificadoedissequeeramelhorterR$50,00namãoparafazeroquequisessedoqueterusaroscréditos nos locais credenciados se sujeitando a preços muitas vezes mais caros. Outradenúnciaquerecebemos,estafeitaporcomerciantesquevendembebidas,dizemrespeitoabeneficiáriosqueestariamusando amoedaparacompradecachaçaebebidasalcóolicas.Oscomerciantesnãosenegamaprocederavenda,masinformamqueocartão Mumbucadeveriateralgumasrestrições,poismesmomovimentandoocomércioestescomerciantesachamqueavendadeveriaserde produtosquenãoestimulassemovícioerealmentebeneficiassemasfamílias. Fica ai boa dica dada pelos comerciantes para que a secretaria de Direitos Humanos, diretamente envolvida na Moeda Mumbuca possa rever tais procedimentos. COMÉRCIO DE MARICÁ AGONIZAGrandes EMPREENDIMENTOS estão chegando à Maricá, mas grandes investimentos ainda estão longe de estacionar por aqui. O único grande empreendimento comercial ainda é da época do final do governo de Ricardo Queiroz, quando a Rede Economia começou a construir o Inoã Center, trazendo para Maricá novas lojas e um novo conceito de compras e lazer que ainda não se via por aqui. No local chegaram lojas como o supermercado da rede que ancoraoshopping,chegouaprimeiralojadaAmericanasemMaricá, depois o Habib’s e outras marcas tais como Subway e algumas outras lojas locais e novos comerciantes que vieram tentar a sorte em Maricá. Com isso, o atual governo deu uma melhorada no visual de Inoã, embora o tão esparado terminal rodoviário de Inoã que seria onde hoje ainda reina uma loja de rações, tenha sido diminuído e transformadonumpontodeparadamelhoradaantesdaentradada Rua Caio de Figueiredo (estrada de Itaipuaçu). Mas o comércio do centro de Inoã, que estava largado e sem incentivos, deu uma melhorada com a chegada do Inoã Center e novas lojas abriram revitalizando o comércio na região. Mas não é isso que vemos no restante do bairro, assim como na maior parte da cidade. OjornalBarãodeInohanemváriasediçõesjáfaloudocomércio deMaricásemnenhumincentivo,delojastradicionaisfechandoeo queestamosvendonesseúltimoanosãocomerciantesentristecidos, altamentetaxadosdeimpostos,semretornodeseusinvestimentos e por falta de clientes, fechando as portas. Lojas tradicionais como a Tapiti com 18 anos de Maricá, está fechandosuasportas.AtradicionalRiquinhocomquaseonzeanos de Maricá, fechou uma de suas lojas. Emváriasruasvemoscadavezmaislojasfechadas,passando o ponto (o crescimento da REDE PASSO O PONTO que sempre falamos),alugandolojas,vendendosuaspropriedadesparasaldar dívidas e não vemos as entidades de classe (ACEIM e CDL) se empenharem para ajudar os comerciantes e empresários, muito menos o poder público que só arrocha sem nada dar em troca. E não adianta dizer que a moeda Mumbuca seria a salvação. Precisamos de incentivos reais, de apoio ao comércio, de ações que venham mobilizar o comércio, atrair clientes, movimentar a cidade. LEIA NA PÁGINA 5, A MATÉRIA “OS DOIS LADOS DE INOÔ
  4. 4. 4 - BARÃO DE INOHAN CIDADEwww.obarao.blogspot.com CCS RECEBE PETROBRÁS NA ACEIM JORGINHO É O BICHO! Flávia Lanari presidente da APALMA começoucomasdevidas explicações para os questionamentos que iriam ser feitos à Petrobrás. Neste momento o jornalista Pery Salgado notando a presença de três representantes da Petrobrás, informou à presidente do CCS que solicitasseapresençade uma delas à mesa diretora dos trabalhos daquela tarde. Em momento oportuno isso foi feito, o que deu mais significado à reunião. RepresentandoaPetrobrás,sentou-seentão na mesa diretora a Srta. Luciana LemosAntunes do departamento de Diálogo Social do Comperj, ligada a gerência de Comunicação e Desenvolvimento Regional da Petrobrás. Esta após algumas considerações solicitou que uma nova reunião fosse marcada o mais breve possível para que a empresa pudesse trazer técnicos responsáveis ao projeto e aos questionamentosqueseriamfeitos. Coube então ao CCS informar que haverá uma reunião ainda na semana de 23 a 27 de junho no bairro de Santa Paula para que os questionamentos possam ser formulados e enviados à Petrobrás. A próxima reunião ficou marcada para 03 de julho às 14 horas no mesmo local, na sede da AssociaçãoComercialdeMaricáquegentilmente cedeu o espaço para o encontro. Na tarde da quarta feira 18 de junho, o Conselho Comunitário de Segurança de Maricá recebeu autoridades da área de segurança representando a 4ª Cia e o 12º BPM, a Polícia Ambiental e a Polícia Civil (82 DP) e representantesdaPetrobrásparaareuniãoonde foram colocadas diversas dúvidas que não foram tiradas na audiência pública realizada no início do mês de junho na quadra do Esporte Clube Maricá pela Petrobrás. Após a abertura da reunião (onde apenas o Barão de Inohan esteve presente pela imprensa de Maricá), a presidente do CCS Maricá - Carla Elpydia, informou aos presentes que a Petrobrás não havia mandado representantes para que pudessem ser respondidas os vários questionamentos da sociedade civil quanto à instalaçãoeposteriorfuncionamentodoemissário do COMPERJ que cortará boa parte do nosso município,emáreadensamentepovoadas,como Cassorotiba, Santa Paula, Inoã e Itaipuaçu. Arraiá do Bicho criado por Jorginho e amigos chega aos 24 anos de sucesso Jorginho do Som, Jorginho da Guarda, Jorginho Vendedor de Picolé, Jorginho Peão, melhordizendo,bombrilcomotodosfalam.Aos19 anos de iadade juntou com Guto, Betinho e Sandra fizeram o primeiro ARRAIÁ DO BICHO na Rua Pedro José Alves (atrás da Macomar). Dúvidas, desconfianças e um grupo muito jovem, não foram impecílhos para que os quatro metessem as caras e fizessem o primeiro arraiá nos dias 21, 22 e 23 de julho de 1990. Foi um sucesso! E o sucesso foi tanto que nos jáem1991aruaPedroJoséAlves ficoupequenaparatantaspessoas e Jorginho procurou o apoio de Pery e Quindú (na época comerciantes na pracinha) que o convidaram para fazer a festa na praçaDirceuSantosondecontinua até hoje, sendo uma das maiores e melhores festas caipiras do município. Jorginho com seu carisma e humildade conseguiu cativar moradores e comerciantes da localidade que o ajudaram e ajudam apoiando o evento, assim como a prefeitura que há alguns anos vêm dando o apoio logístico paraqueoArraiádoBichocontinue sendoumadasmelhoresfestasde Maricá.
  5. 5. CIDADE BARÃO DE INOHAN - 5www.obarao.blogspot.com OS DOIS LADOS DE INOÃ CONDADO LARGADO HOSTILIDADES A DILMA DEIXAM FIFA SEM SABER QUEM ENTREGARÁ A TAÇA AFIFAadmite que, até agora, não se sabe quem entregará a taça da Copa do Mundo ao vencedor do torneio, no dia 13 de julho no Maracanã. Por enquanto, a única certeza é que o presidente da FIFA, Joseph Blatter, estará entre os que levarão o troféu ao vencedor. Mas não há nenhuma indicação ainda se a presidente DilmaRoussefftambémparticiparádomomentodaentrega,momento auge do Mundial. DilmanãodiscursounaaberturadaCopaparaevitararepetição das vaias recebidas em 2013 na Copa das Confederações, mas sua presença foi suficiente para que uma parte da torcida a ofendesseempelomenostrêsmomentosdojogo. Blattertambémpassouaservaiadoemcadaumdoslocaispor onde passou e quando sua imagem era mostrada nos telões do Itaquerão. Para a final, a FIFA garante que o cartola vai levar a taça ao vencedor mas pelo Brasil, não se sabe quem irá junto com Blatter. Na África do Sul, Jacob Zuma foi quem entregou o troféu para a Espanha. Quanto a presença de Gisele Bunchen no momento da taça, o que está sendo debatido é a possibilidade de que ela entre em campo trazendo o troféu, mas não será ela que fará a entrega ao campeão. Umasugestão:porquenãoPelé,oReidoFutebolqueestána sua terra, é querido por todos e sempre nos representou dignamente? Será que não será chamado só porque criticou a FIFA, e o governo na preparação para a Copa? Será que não se pode ser honesto e verdadeiro nos governos do PT? Que Inoã viveu uma grande revitalização nos últimos cinco anos, não podemos negar. Novas calçadas, novo ordenamento, ruas asfaltadas, novos comércios e antigos revitalizados, novos e ordenados pontos de ônibus. vans e de táxi. Além do antigo centro de Inoã e ruas vizinhas, a grande virada deu-se com a chegada do INOÃ CENTER e o hiper mercado Rede Economia ancorando o empreendimento que tem muitas lojas, Habib’s, Americanas e agora Boticário e Subway dentre outras. Mas enquanto Inoã vive a redenção e uma grande melhora nocomércio,locaisantigosetradicionaiscomooROUPAMANIAe POLO MANIA antigos centro comerciais, estão esquecidos e desaquecidos. Até mesmo o entorno deste último mostra bem a cara de duas INOÃS. Uma progressista e outra esquecida. Apesar de estar ao lado no INOÂ CENTER, as ruas que dão continuidade aos serviços, estão largadas e não são asfaltadas como as que estão em frente do centro comercial. Empreendimento lançado em 2000 como grande pólo de lojas e confecções, sempre teve altos e baixos, mas nada igual ao que está vivendo agora, com inúmeras lojas vazias, sendo alugadas ou vendidas, inclusive com empresas que há anos atuavam no local, fechando suas portas. Enquanto o poder público não der atenção a este espaço, suas lojas sucumbirão. O que ainda mantém o Polo Mania vivo é a mega academia Gigio, que trás sempre grande movimento (pelo menos de passantes) ao local. Já o tradicional ROUPAMANIA(dois anos mais antigo que o Polo Mania) está revivendo dias de glória com o novo e importante vizinhoALPHAVILLE que já deu uma melhorada enorme em seu entorno, beneficiando e valorizando as lojas. No final de semana de 06 a 08 de junho, o ROUPA MANIA, agora PÓLO DAS CONFECÇÕES fez um grande feirão, revitalizando o local e trazendo bons resultados, embora a sujeira e desordem tenham ficado como marca triste do evento. Ao colocarmos essa matéria na nossa versão on line, a prefeitura estava começando a colocar os meios fios para provavelmenteasfaltarocomplementodaruaquepassaemfrente ao estacionamento do Inoã Center, Habib’s e Polo Mania. Esperamos que aconteça logo e não seja mais uma promessa para inglês ver. QUANDO A PREFEITURAACORDARÁ PARA ESSE LADO DE INOÂ? INOÃ: O LADO PRÓSPERO E O LADO ESQUECIDO O tradicional shopping Polo Mania sempre teve alta rotatividade em suas lojas, mas nunca ficou com 40% de suas lojas vazias como está acontecendo agora. Falta de incentivos? A exceção da rua 1 (Alameda Maricá), todas as ruas do Condado não tem calçamento e estão em estado deplorável. ESQUECIDO PELO PODER PÚBLICO E LARGADO PELA ATUAL ASSOCIAÇÃO, CONDADO VIVE DIAS DE OSTRACISMO Criado como loteamento de alto luxo em 1978 em uma Maricá de 30 mil habitantes, o Condado de Maricá foi elevado a categoria de bairro em 1990 após a promulgação da Lei Orgânica Municipal em 05 de abril de 1990 por Orpheu dos Santos Salles. Com características de condomínio, um grupo tentou por anos na justiça transformar o enorme loteamento (maior do que todo o centro de Maricá e Parque Eldorado) em condomínio, o que o tornaria inviável. Em 1991 um grupo liderado por Otávio Chinelli, José Pery Salgado, Ireval Joppeert e Nelson Braida, criaram a APAC (Associação dos Proprietários e Amigos do Condado) colocandofimasbrigasnajustiça. Com a nova associação e com a ajuda do governo de Uilton Vianna, o Condado viver dias de glória, mas desde o segundo governo de Luciano Rangel, passando pelos dois governos de Ricardo Queiroz e pelos dois governos de Washington Siqueira, o Condado vem sendo esquecido por todos esse anos, sem receber nenhumaajudaenenhuminvestimentodopoderpúblicoapesarde ser um dos IPTUs mais caros do município. Com sérios problemas que começam na sua entrada na RJ 106,ondemuitaspessoasjámorreramemuitosseferirametiveram gravesprejuízosemterríveisacidentes,poisinsistemementrarem alta velocidade e pela contra-mão, desrespeitando ou desconhecendooqueéumarotatória,oCondadoéumdosbairros mais inteligentes do país, uma vez que em seus 11,5 km de ruas, não existem cruzamentos; todas as ruas perpendiculares e duas rotatórias(umanaentrada)eoutranoencontrodarua1comrua7, evitam (ou evitariam) perigosos acidentes, que ainda assim acontecem.Asecretaria de transporte já foi acionada e prometeu para breve placas de sinalização na entrada do Condado, ordenando o perigoso trânsito do local. Enquantoisso,asruas-aexceçãodaAlamedaMaricá(rua1), toda de paralelepípedo e que foi calçada com recursos dos proprietários ainda na primeira metade da década de 90 por Pery Salgado e Nelson Braida, as demais ruas não tem calçamento e estou em péssimo estado, visto que a prefeitura não faz nenhum trabalho de manutenção. A última vez que foi vista foi a um ano, quando fez uma limpeza básica naAlameda Maricá, mas ficou só nisso. AatualdireçãodaAPAC(associaçãolocal)conseguiuperdera maioria dos associados e não consegue mais se manter e fazer a manutençãomínimanaentrada,portariaecentrocomunitário(este abandonado e que poderia ser uma grande área de lazer para os moradores locais). Sem contar em moradores mal educados que cuidam apenas do próprio umbigo prejudicando seus vizinhos ao fazermanutençõesemsuaspiscinaseesgotaremtodaaáguapara a rua, ajudando a esburacar mais ainda a via. QuandoseráqueaprefeituravailembrardoCondadosemser na época de distrubuir os carnês de IPTU?
  6. 6. 6 - BARÃO DE INOHAN EDUCAÇÃOwww.obarao.blogspot.com O RETORNOÀSAULAS OSDESAFIOSDEUMNOVOANO H B Prof. Marlon Mencari Felix Coordenador Pedagógico do Colégio HMS A A escola desempenha um papel fundamental na formação do cidadão, principalmente, quando trabalha valores que são de suma importância para a sociedade. Cabe, portanto, às instituições de ensino a missão de trabalhar valores no âmbito do desenvolvimento moral dos educandos, através da seleção de conteúdos e metodologias que favoreçam temas transversais (justiça, solidariedade, ética etc.), presentes em todas as matérias do currículo escolar, utilizando-se, para tanto, de projetos interdisciplinares de educação em valores, aplicados em contextos determinados, fora e dentro da escola. Entre as diferentes ambiências humanas, a escola tem sido, historicamente, a instituição escolhida pelo Estado e pela família como o melhor lugar para o ensino e a aprendizagem dos valores, de modo a cumprir, em se tratando de educação para a vida em sociedade, a finalidade do pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o mundo do trabalho. O HMS desenvolve vários projetos com o objetivo de despertar no educando o senso de justiça e solidariedade (a exemplo da Páscoa solidária). Procuramos mostrar para crianças e adolescentes que a data é um momento importante de reflexão acerca das mazelas de nossa sociedade. Desde sempre, nessa época, lançamos a campanha de arrecadação de donativos destinados a instituições que cuidam de crianças, idosos, doentes, pessoas especiais etc. Julgamos adequado que essas instituições convidadas pelos envolvidos no projeto a receberem os donativos das mãos dos nossos alunos. Ao longo do ano letivo, procuramos atrelar a outros eventos esse modelo de preocupação social, como é caso da Hamilíada -a Olimpíada Interna do Colégio HMS- , em que, além das atividades esportivas, existem gincanas associadas às competições em que se arrecadam roupas, brinquedos, material de higiene, alimentos não perecíveis etc. A mesma proposta ocorre quando do passeio ciclístico, em homenagem às mães, em que os participantes têm de doar 1 kg de alimento. É nossa intenção, através desse processo de construção da cidadania, desse modo de trabalhar em que alunos debatem a condição social e política (no Projeto Atualizar para Pensar coletivamente) das classes, estimular em nossas crianças e adolescentes o olhar piedoso, a compaixão (o colocar-se no lugar do outro), a solidariedade e a condição de reivindicar os direitos individuais e da coletividade – já que, aqui, são conscientizados de seus deveres – além de podermos (e de poderem eles) colaborar para a formação dos indivíduos que trabalharão e contribuirão para o desenvolvimento de uma nação mais justa. ESCOLA SOLIDÁRIA Por estar inserida em determinada comunidade, a escola traz para o seu interior os conflitos, as aflições e as mais diversas demandas comunitárias que levam professores, alunos e gestores escolares a criar espaços, em seus projetos pedagógicos, para que as crianças e os adolescentes discutam e opinem sobre suas inquietações e aspirações pessoais e coletivas. A educação em valores começa a ser desenhada e vivenciada como processo social que se desenvolve na escola. A instituição de ensino tem grande relevância na sociedade, principalmente numa como a nossa, sempre marcada por grande desigualdade social um país em que poucos têm acesso a uma boa educação,a um bom atendimento médico-hospitalar e a uma alimentação digna. Somente através da educação poderemos reverter tal quadro formando gerações conscientes de sua função na comunidade e no mundo, como verdadeiros agentes transformadores, que visem ao desenvolvimento de leis que confiram assistência e dignidade aos indivíduos. E que o homem do sertão, o do cerrado, o da floresta e o da favela possam viver usufruindo do que lhes é de direito . A consciência social desenvolvida na escola é a semente de uma sociedade mais justa, em que os filhos das classes menos favorecidas venham a ter as mesmas oportunidades daqueles que fazem parte da minoria privilegiada.
  7. 7. ESTADO BARÃO DE INOHAN - 7www.obarao.blogspot.com INAUGURADO NOVO HOSPITAL MUNICIPAL, EM SAQUAREMA Possui 54 leitos, sendo 27 enfermarias com 2 leitos cada e 2 enfermarias de isolamento, leitos que estarão divididos em alas masculina e feminina além de área neonatal. Terá ainda mais 20 leitos, sendo 10 UTIs Neonatal e 10 de UTIs Geral, além de salas de raio X, tomografia computadorizada, ressonância magnética e sala de ortopedia própria para cirurgia ortopédica. AinfraestruturadoNovoHospitaldaBarreiracontarácomuma modernaáreaadministrativa,laboratório,farmácia,bancodesangue, banco de leite, e demais instalações. A obra foi orçada em R$ 38 milhões e fica situado na bairro da Barreira, próximo a FAETEC. A prefeitura de Saquarema é parceira do Governo do Estado do Rio de Janeiro, através do programa SOMANDO FORÇAS melhorandoaqualidadedevidadomunicípio.IgualzinhoàMaricá. Ai que inveja !!!! AsobrasemSaquaremanãoparameagoraéavezdasaúde. A construção do Novo Hospital da Barreira, através do Programa SOMANDO FORÇAS, em parceria com o governo do Estado do Rio de Janeiro, já está em fase final. O Novo Hospital, estabelecido como referência regional, dará assistênciaclínicaatodaapopulaçãodeSaquaremaedosmunicípios vizinhos, inclusive Maricá que ainda não tem o seu novo hospital municipalprometidopeloprefeitoparaserentregueem26demaio nas comemorações dos 200 anos de Maricá, mas que ainda não saiu da fase terraplanagem. É bom lembrar que essa promessa foi feita em agosto de 2012 durante a campanha da sua reeleição e que segundo analistas, foi o ponto principal na sua vitória. O novo hospital e Saquarema atenderá demandas de média e alta complexidade e constituirá a porta de entrada da Emergência Referenciada,queconsisteemreceberpacientesdetraumatologia, maternidade e cirurgias eletivas. Enquanto isso, aqui em Maricá, a vaca foi literalmente para o brejo e o hospital não tem prazo para ficar pronto LEISECAINTENSIFICABLITIZESDURANTEACOPA OpessoaldaoperaçãoLEISECAestámobilizadoem9equipes emtodooestadorealizandoblitizesmaisintensasnesseperíodode CopadoMundo.Alémdasoepraçõesnormais,asequipesestãose mobilizandoprincipalmentenaregiãometropolitana,lagos,serrana e baixada fluminense para realizar blitizes após os jogos da Copa do Mundo principalmente após os jogos do Brasil. Uma primeiras blitizes aconteceu após a estréia do Brasil na Copa no dia 12 de junho na avenida Roberto Silveira, em frente a Macomar. SegundoAdelaideresponsávelpelaoperaçãoaquiemMaricá, aintençãoésempreretirardasruaspessoasquepossamteringerido álcool durante os festejos da Copa do Mundo, colocando em risco demaiscondutoresdeveículos. Nas blitizes além do teste do bafômetro, são verificados os documentosdosveículoedocondutor,poiséumaoperaçãoconjunta com a PM e do DETRAN. Aqui em Maricá seis veículos foram apreendidos, além de oito motos.Quatrocondutoresforamflagradoscomexcessodeálcoole pagarão multa de quase R$ 2 mil. Daniel Filho que trabalha na Vitória Auto Peças disse que mais operações como esta deveriam acontecer em Maricá
  8. 8. 8 - BARÃO DE INOHAN EVENTOSwww.obarao.blogspot.com PROGRAMA EMPRESA DE PORTAS ABERTAS ACONTECE PELA SEGUNDA VEZ NA VIAÇÃO NOSSA SENHORA DO AMPARO EMPRESA DE PORTAS ABERTAS E foi pensando em melhorar cada vez mais e estreitar o relacionamento cliente - empresa, foi criado o program EMPRESA DE PORTAS ABERTAS, onde aqueles que fazem suas reclamações são convidados a visitarem e conhecerem as empresas no seu dia a dia. Namanhãdaquartafeira11dejunho,aViaçãoNossaSenhora doAmparo abriu suas portas para receber 18 clientes convidados pela FETRANSPOR. Estes clientes tiveram um ônibus a disposição (identificado especialmente para o programa) saindo do Terminal Rodoviário JoãoGoulartemNiterói,dirigidopelomotoristaemonitorHerodice Silva (foto acima). Já na empresa, todos foram recebidos no auditório com um belíssimo café da manhã e logo após a chegada da equipe da FETRANSPOR a apresentação do programa EMPRESA DE PORTASABERTAS começou (às 9:15h). Dra. Edinalva (da Viação Nossa Senhora do Amparo), fez a introdução agradecendo a presença de todos que ali estavam e informando que após a apresentação do filme institucional da empresa,todosiriamfazerumtourparaconhecerasdependências da empresa. Após esse tour, retornariam para uma rodada de discussões sobre os problemas apresentados e as possíveis soluções que a empresa estaria viabilizando. Após Edinalva, Bárbara Caetano - SupervisoraAdministrativa da empresa, representando a diretoria, fez sua apresentação informando ser neta do fundador da empresa - Jacintho Caetano, sendo portanto, a terceira geração da família na administração da empresa. Neste momento, D. Leila (59) uma das clientes convidadas, informou estar muito feliz por estar ali, na empresa criado pelo “SeuJacintho”,queconheceuaindameninaequeeramuitoamigo desuafamília. Um vídeo institucional contando a história da empresa, sua metodologia de trabalho, seu compromisso sócio ambiental, seus trabalhossociaisesuasconquistascomooSELOVERDEfoiexibido e muito aplaudido ao seu término. Apósovídeo,umaclientedisseestarmuitofelizequeaViação Nossa Senhora do Amparo estava de parabéns, pois atende as reclamaçõesesegundoela“estáaísempreparanosouviretentar resolver os problemas o mais rápido possível”. Esta é a segunda vez que a empresa recebe o programa EMPRESADE PORTASABERTAS. Foi falado também sobre os programas voltadas aos funcionários e para o bem estar deles, dos clientes e o bem estar social da comunidade atendida pela empresa. O gerente de tráfego das linhas de Itaipuaçu - Sr. Claudio fez a apresentação dos dados estatísticos do ComparativoAnual de AtendimentoaoCliente. Neste comparativo, são verificadas as falhas e pessoas responsáveis tratam cada tipo de reclamação. Um grande número de reclamações apresentado foi sobre motoristas que não param nos pontos nas rodovias. Pensando em solucionar com a maior brevidade possível este graveproblema,aempresalançouacampanhaVÁPELADIREITA, obrigandoefacilitandoqueosmotoristasparemcommaispresteza para o embarque dos passageiros. Mas com a campanha VÁ PELA DIREITA outros resultados estão sendo também alcançados: menor índice de excessos de velocidade, direção mais segura e maior satisfação do cliente. Instrutores e monitores estão fazendo um intenso trabalho de conscientizaçãodosmotoristasdaempresaqueestãosempre,em constantestreinamentos. Criado em meados de 2013 e tendo empresas da cidade do Rio de Janeiro como empresas piloto, a FETRANSPOR - entidade que representa as empresas e sindicatos no estado do Rio de Janeiro lançou o programa EMPRESA DE PORTAS ABERTAS ondeconvidausuáriosquefazemreclamaçõescontraasempresas detransportecoletivo,paraqueconheçamseusistemadetrabalho eatendimentoaosclientes, Atuandojácommaisde200empresasnoestadoqueatendem linhas municipais, intermunicipais e até mesmo interestaduais, a FETRANSPORtemumcanaldiretocomosclientesqueligampara o CRC - Central de Relacionamento com o Cliente através de ligações gratuitas pelo 0800 886 1000 ou por SMS pelo número 28511. Feita a reclamação, o cliente terá um retorno em no máximo 7 dias. No mesmo dia da reclamação registrada na FETRANSPOR, aentidadeentraemcontatocomasempresasquetem72horas(3 dias) para dar um retorno com a solução do problema. Em mais (no máximo) 48 horas, o cliente que fez a reclamação terá sua solicitação atendida ou receberá a devida informação. COMO FUNCIONA O CRC? A Central de Relacionamento com o Cliente da Fetranspor (CRC) tem o objetivo de facilitar a comunicação e auxiliar o atendimento dos clientes das mais de 200 empresas de ônibus de todo o Estado do Rio de Janeiro. Os passageiros contam com um serviço 24 horas, 7 dias por semana, de atendimento ágil e personalizado, onde é possível solicitar informações, registrar reclamações, sugestões e elogios. O serviço é gratuito e funciona através do telefone 08008861000, do SMS 28511 ou pela Internet, através das redes sociais, do Chat ou do envio de e-mail. As demandas geradas permitem que as empresas possam imprimirmelhoriasnaprestaçãodosseusserviços.OCRCrecebe uma média de mil registros por dia, consolidando um grande indicador das empresas do sistema de transportes de passageiros por ônibus. Além de receber ligações de todo o Estado, as característicasdeatendimentoatendemàsnovasregrasdoServiço deAtendimento ao Consumidor – SAC, que entraram em vigor a partir de 1º de dezembro de 2008, de acordo com o Decreto nº 6523. COMO FUNCIONA O SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente) NA VNSA? Ela é a voz e os ouvidos da empresa. Tânia Maria Cirilo (49) - foto acima -, está há 15 anos na Viação Nossa Senhora do Amparo, onde começou como cobradora. Hoje é a recepcionista da empresa e a voz que atende todos ostelefonemas,quedáinformações,dicas,escutaasreclamações, lê os e-mails que chegam ao SAC, recebe as informações vindas da FETRANSPOR através do CRC e ainda lê os livros de registro localizadosnosquatroterminais(Castelo,Niterói,centrodeMaricá e Itaipuaçu). Ao receber os elogios, sugestões e reclamações, encaminha imediatamente aos setores devidos que com a maior brevidade possível, dão retorno à Tânia, para que ela devolva as informações ao CRC do Fetranspor ou entrando em contato direto com o cliente. Tânia está à frente do SAC há 13 anos. Ela é a alma do SAC da empresa e tem muitas histórias para nos contar: “Há pouco dias um cliente passou um e-mail perguntando quando poderia ir na empresa para ser ressarcido pela cobrança indevida no Bilhete Único, uma vez que afirmava que havia sido descontado R$ 13,00 e não os R$ 5,25. No e-mail passou seus contatostelefônicos. Averiguei tudo e imediatamente entrei em contato, explicando ao cliente que neste dia, ele usou diversas o Bilhete Único no Rio de Janeiro mas não se deu conta pois lá a passagem modal custa R$ 3,00. Só reparou o gasto excessivo ao passar no validador do ônibus da Amparo ao retornar à Maricá. Expliquei sobre o uso excessivo, o que não lhe deu direito ao valor de R$ 5,25 do Bilhete Único e ele se desculpou dizendo: ‘Minha filha, que explicaçãomaravilhosa,bemdetalhada.Vocêtiroutodasasminhas dúvidas’ agradeceu o professor universitário feliz com o atendimento”. Essa é a Tânia, a voz e os ouvidos da VNSA. Lacerda (que começou como motorista naAmparo), gerente da unidade 3 que atende as linhas de São Gonçalo (Jóquei,Anaia eEng.doRoçado)apresentououtrosdadosestatísticosdaempresa, falando da constante preocupação com os horários e qualidade dos serviços prestados pela viação. Apósessasapresentações,todosseguiramatéagarageauxiliar de Maricá com o gerente de manutenção Sr. Gilmar, que explicou o local onde os ônibus são limpos, higienizados, e conferidos em todos os itens de segurança, onde, caso seja necessário, estes são retirados de circulação para ficarem em ordem e 100% segurosparacontinuarotrabalhodepoisdosproblemasresolvidos. Todos foram conhecer a garage principal onde existe a manutenção, almoxarifados, borracharia, pintura e estofamento, com funcionários especializados em cada setor, verdadeiros “doutores” em seus afazeres. Conheceramtambémasalaondesãoregistradostodosvideos gerados em cada viagem (foto abaixo), videos estes que ajudam a sanar e resolver praticamente todos os problemas durante uma viagem de ônibus, inclusive dando mais segurança aos usuários e ao condutor. O passo seguinte ao a visita a sala do GPS (todos os 297 veículos da frota estão equipados com GPS, que vêem em tempo realondeosveículosseencontram,seestãonavelocidadecorreta e se estão com algum tipo de problema durante a viagem). MOMENTO DE EMOÇÃO NA VISITA AO BUSTO DO FUNDADOR DA EMPPRESA De todos aqueles clientes presentes ao Empresa e Portas Abertas que aconteceu na Viação Nossa Senhora do Amparo, destacamosapresençadobelíssimocasalJoaquimPedroPimentel (78) e Leila Queiroz Pimentel (59). Casados há 38 anos, dona Leila, como já dissemos acima, conheceu ainda menina, Sr. Jacintho, fundador da empresa. “Ele quando vinha de Niterói parava lá em casa, conversava com meu pai e minha mãe. Tomava café conosco. Era uma homem bom, visionário, humilde e de grande coração. Esta edição do Empresa de Portas Abertas foi inicialmente marcado para 29 de maio passado, mas devido a possibilidade de greve dos condutores em Niteroi, a visita foi adiada para 11 de junho de certa forma, frustrando um pouco D. Leila e Sr. Joaquim, que pensavam que iriam comemorar os 38 anos de união no dia 29 de maio visitando a empresa do “Sr. Jacintho”. Mas durante a visita à garage, o jornalista Pery Salgado chamouocasalparatiraremalgumasfotosjuntodobustodeJacintho Caetano e para nossa surpresa, D. Leila se emocionou chegando às lágrimas. RODAS DE DISCUSSÃO AJUDAM EMPRESA A ENCONTRAR SOLUÇÕES Após a visitação as instalações da Viação Nossa Senhora do Amparo, todos retornaram ao auditório para uma segunda rodada do delicioso café servido pela empresa, e para em duas rodas de discussão onde gerentes, a supervisora administrativa e outras pessoas ligadas à empresa e a FETRANSPOR ouviram as reclamações listadas e as sugestões sugeridas pelos usuários ali presentes. Bárbara Caetano deu como meta um retorno o mais breve possível das demandas ali solicitadas. Todos os presentes receberam brindes da Viação Nossa Senhora do Amparo e brindes da FETRANSPOR. O Culturarteen e o Barão de Inohan foram os únicos jornais presentes ao encontro, representando também o Jornal do Município e aAVoz de Maricá. Confira fotos e vídeos de depoimentos acessando http:// obarao.blogspot.com.br/2014/06/amparo-de-portas-abertas.html

×