ANO 06 - NÚMERO 101 Maricá, 24 de julho de 2014
www.obarao.blogspot.com jornalismopr@hotmail.com
O INFORMATIVO DO MUNICÍPI...
O BARÃO DE INOHAN ano 06 nº 101 - 24 de julho de 2014 Propriedade PR PRODUÇÕES. Diagramação e Fotos: José Pery Salgado Edi...
CIDADE BARÃO DE INOHAN - 3www.obarao.blogspot.com
COMÉRCIO DE MARICÁ AGONIZA E PREFEITO AFIRMA
QUE VAI DESTRUIR AS ESCOLAS...
4 - BARÃO DE INOHAN ESPORTESwww.obarao.blogspot.com
CHAPA IDENTIDADE VASCO VEM A MARICÁ LANÇAR ROBER
denúncias contra a ge...
ESPORTES BARÃO DE INOHAN - 5www.obarao.blogspot.com
RTO MONTEIRO PARA PRESIDENTE DO GIGANTE DA COLINAR O B E R T O
MONTEIR...
6 - BARÃO DE INOHAN EDUCAÇÃOwww.obarao.blogspot.com
OH
B
A
P
Em vários momentos vimos o arquiteto desconfortável coma situ...
EVENTOS BARÃO DE INOHAN - 7www.obarao.blogspot.com
Patrocínio:
www.pintandoasvinte.blogspot.com
Na tarde da segunda feira ...
8 - BARÃO DE INOHAN PAÍSwww.obarao.blogspot.com
TCU analisa negócio da Petrobras na África
RAMONA ORDOÑEZ - O GLOBO
Olíder...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

BARÃO DE INOHAN 101 - 24 de julho de 2014

722 visualizações

Publicada em

- MARCELO DELAROLI LIBERADO PELO TS
- CARTÃO MUMBUCA NÃO É ACEITO NEM NO CAMINHÃO DE PEIXE DA PREFEITURA
- ROBERTO MONTEIRO LANÇA CHAPA IDENTIDADE VASCO
- CDL FAZ REUNIÃO PARA TENTAR CONVENCER SOBRE BENEFÍCIOS DO PORTO
tudo isso e muito mais na edição do dia 24 de julho do Barão de Inohan

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
722
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
368
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

BARÃO DE INOHAN 101 - 24 de julho de 2014

  1. 1. ANO 06 - NÚMERO 101 Maricá, 24 de julho de 2014 www.obarao.blogspot.com jornalismopr@hotmail.com O INFORMATIVO DO MUNICÍPIO DE MARICÁ SARAMARICANDAIA MARCELO DELAROLI ESTÁ LIBERADO PARA CONCORRER COMO CANDIDATO A DEPUTADO FEDERAL. MOEDA MUMBUCA: CARTÃO DE CRÉDITO OU CARTÃO DESCRÉDITO? NEMOCAMINHÃODOPEIXEDAPREFEITURA ACEITAO CARTÃO MUMBUCA A venda de 50% dos ativos da Petrobras na África para o banco de investimentos BTG Pactual, fechada em meados do ano passado por US$ 1,5 bilhão, está sendo analisada pelo Tribunal de Contas da União (TCU). Isso se deve a uma suspeita de que o negócio tenha sido efetuado por um preço bem inferior ao valor efetivo dos ativos. Página 8 TCU analisa negócio da Petrobras na África PETROBRÁS COMPRA CARO E VENDE BARATO Estatal vendeu 50% dos ativos de subsidiárias para BTG Pactual por valor baixo, segundo analistas Em matéria denúncia da TV Copacabana, replicada pelo Barão de Inohan on line e agora naversãoimpressa,vemosoabsurdoquechegou acredibilidadeouaadministraçãoequivocadado moeda social social que poderia ajudar em muito o combalido comércio local mas que hoje cada vez aparece mais como uma grande manobra eleitoreira. Dos 1500 comércios que fariam parte do sistema segundo palavras do prefeito, hoje apenas84comércios(segundositedaprefeitura) estão recebendo a moeda social. OscréditosparaosusuáriosqueeramdeM$ 70 (setenta mumbucas) recebeu um incremento de M$ 15 mumbucas para serem usados exclusivamente para compra de peixes na associaçãodospescadores.Masomunicipeque mora em Ponta Negra ou Itaipuaçu terá mesmo que se deslocar até Zacarias para comprar M$ 15 mumbucas de peixe? Seocaminhãodopeixeédaprefeitura,serve ao povo (aliás, um dos acertos desta administração)evendeaproduçãodaassocialção dos pescadores, porque não aceitar o cartão Mumbuca? O prefeito disse ao jornalista Ricardo Cantareli que resolveria o problema. Página 3 O TSE liberou Marcelo a concorrer nas eleições de 05 de outubro e o TRE foi notificado na tarde da segunda feira 14 de julho. Com o slogan #VAMOS PRA CIMA, a campanha já está rua. Página 7 ROBERTO MONTEIRO VEM À MARICÁ PARA LANÇAR CHAPA IDENTIDADE VASCO A ACEIMabriuasportasparareceberosvascaínosquequeremmudançasnoGigantedaColina. Na foto,Adélio Silva, Cristiane, Roberto Monteiro e o Vereador Filipe Bittencourt, todos vascaínos. Páginas 4 e 5 Marcelo, Tia Verinha e Uilton Vianna durante uma reunião do partido. COMÉRCIO DE MARICÁ AGONIZA E PREFEITO AFIRMA QUE VAI DESTRUIR AS ESCOLAS PARTICULARES Nas duas últimas edições do nosso informativo, voltamos a atacar este problema que vem se agravando a cada dia, sem que a prefeitura crie algum incentivo ao empresariado de Maricá, e sem queasentidadesrepresentativasdocomérciolocalsemovimentememseubenefício.Comotítulo,O COMÉRCIO DE MARICÁ AGONIZA, mostramos os problemas e a quantidade de lojas que estão fechando no nosso município, por falta de incentivos e por falta de clientes.Temos recebido diversos e-mails e comentários na rede social Facebook, mas o que nos chamou atenção foi uma foto enviada para nossa redação da reprodução de uma matéria do extinto jornal O TERMINAL (veiculado ao PT) onde o prefeito afirma que DESTRUIRÁAS ESCOLAS PARTICULARES DE MARICÁ. Página 3 JORNAIS DE MARICÁ NÃO RECEBEM DA PREFEITURA DESDE DEZEMBRO
  2. 2. O BARÃO DE INOHAN ano 06 nº 101 - 24 de julho de 2014 Propriedade PR PRODUÇÕES. Diagramação e Fotos: José Pery Salgado Edição e Fotos: Rosemery Oliveira Jornalista Responsável: Edison Torres (R.P. 385 DRT-PA) Impressão: A Tribuna RJ. Distribuição Gratuita e Dirigida ao público de Maricá. CULTURARTE, Culturateen, Culturartween e CulturartKids são marcas de propriedade da PR Produções. Edição mensal. As matérias assinadas são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Contatos: (21) 99281-4037 jornalismopr@hotmail.com INFORMATIVO ESPÍRITA, CULTURARTE, JORNAL DA MICROLINS, INFORMATIVO FRK, INFORMAÇÃO COMPLETA e INFORMATIVO PRofissionalizar, PRETO NO BRANCO, MAIS UM, CADERNO E e o BARÃO DE INOHAN são criações de Pery Salgado. Tiragem 4000 exemplares. 2 - BARÃO DE INOHAN CIDADEwww.obarao.blogspot.com CURTAS E BOAS (Nem sempre tão boas) A Justiça da 2ª Vara Cível de Maricá reconheceu o decreto municipal 183/2011 assinado pelo prefeito e que cria o transporte alternativo, regulamentando a operação de vans ekombisnomunicípio. Segunda a prefeitura, em nota oficial, as concessionáriasdetransportepúblicoqueoperam em Maricá – Viação Nossa Senhora do Amparo eViaçãoCostaLeste,entraramcomaçãojudicial solicitando a suspensão do termo assinado pelo prefeito Washington Siqueira em setembro de 2011. A decisão datada do dia 13 de junho próximo passado, considerou improcedente as ações e derrubou qualquer outra pretensão das concessionárias de receberem indenização por conta da eventual redução os passageiros transportados a partir da assinatura do decreto lei. De acordo com as sentenças, a Prefeitura tomou a iniciativa de regulamentar o transporte alternativo feito com vans e kombis, devido ao fato de que “é público e notório a precariedade do transporte coletivo na comarca”. Segundo ainda a justiça de Maricá, o serviço prestado é diferente da operação regular com os ônibus e deixou claro que a concessão “deve atender ao interesse público, não ao interesse privado”. Aindanoentenderdajustiça,oconcessionário não é dono da concessão tendo apenas o direito de operá-la dentro de um planejamento feito pelo poder público. Desta forma, segue a sentença “o particularqueprestaoserviçopúblicoestásujeito àsadequaçõesdaadministraçãoparaamelhoria, do contrário ficaria o Estado impossibilitado de agir na busca de soluções”. Mas o texto judicial afirma ainda que há confusão “entre os conceitos de exclusividade e monopólio”, derrubando o argumento da prefeito dequeexisteummonopóliodetransportepúblico na cidade. O que nos chama atenção nessa decisão da justiça é que ela simplesmente ignorou a concessão ora em vigor datada de 2005 com prazo de 15 anos e renováveis por mais 15 anos, onde fica bem claro que não poderão existir transportes alternativos no município de Maricá e que a prefeitura se obrigará pelo término dos mesmos. JUSTIÇA DÁ GANHO A PREFEITURA LINHA MARICÁ - RIO DO OURO TERÁ NOVO TRAJETO PRÓXIMO AO PONTO FINAL Começou a vigorar na quinta feira - 24 de julho - novas mudanças no trânsito do centro de Maricá, n o entorno do hospital. Ainda na política de que ruas do centro de Maricá, não aceitam mais mãos duplas, a secretariadetransportecolocaráemmãoúnicao trecho da Rua Domício da Gama da esquina da ruaClimacoPereira(ondeestásituadoaARAKEN RAÇÕES) até a rua PadreArlindo Vieira (rua do Convento) justamente no sentido hospital - convento. A Rua Padre Arlindo Vieira passará a ser também de mão única na direção da rua Domício da Gama até a Climaco Pereira (na esquina em frente ao Posto de Saúde). Neste trecho, da rua PadreArlindo Vieira (do posto de saúde central) até a rua Domício da Gama, a rua Climaco Pereira passará a ser mão únicanosentidopostodesaúdecentral-hospital. A linha Maricá - Rio do Ouro circulará agora apenas na Rua Domício da Gama (não entrará mais pela rua Alferes Gomes - rua do antigo Detran - e pela Avenida Nossa Senhora do Amparo), entrando na rua Padre Arlindo Vieira, Rua Climaco Pereira (a esquerda na direção do hospital, acessando novamente a Domício da Gama indo para o ponto final.Amedida visa dar maior fluidez ao trânsito no local. Todos os postos do país estão proibidos de vender qualquer tipo de combustível líquido de bombas(etanol,dieselegasolina)emembalagens que não sejam as regulamentadas pelo INMETRO. A medida supostamente evitaria a comercialização indevida destes combustíveis e a venda ilegal para fins que não sejam os de abastecimento supostamente a motores estacionários ou veículos em pane seca. As bombonas do INMETRO (de cinco litros, brancas semi transparentes e com o selo da entidade regulamentadora) só podem ser encontradas nos postos de combustíveis e os combustíveis líquidos só podem ser colocados dentro destas bombonas. Qualquer outro recipiente é crime. Porém, o Posto Oceano na avenida Roberto Silveira no bairro do Flamengo em Maricá, não admiteavendadecombustíveisnestasbombonas. Segundo informações dos frentistas daquele estabelecimento, a direção do posto proíbe a venda de qualquer combustível (no caso apenas etanol e gasolina, já que desativaram as bombas dediesel)mesmonasbombonasregulamentadas pelo INMETRO, causando alguns contratempos aosmotoristaslegalizados. POSTO NO FLAMENGO NÃO ATENDE NORMA DA ANP As informações foram dadas pelos frentistas e o gerente não estava no local para confirmar a informação. AANPjá foi informada. BAND FAZ MATÉRIA SOBRE POSTOS QUE FRAUDAM CLIENTES Na noite da segunda feira 21 de julho, a Bandeirantes exibiu matéria sobre postos do Rio, região metropolitana e Itaboraí, que fraudam os clientesnahoradoabastecimento.Algunspostos chegam a fraudar 10% de um tanque de 40 litros, cobrando pelo abastacimento embora apenas 36 litrosentremefetivamentenotanque. JORNAIS DE MARICÁ NÃO RECEBEM DESDE DEZEMBRO Recebemos informações de colegas da imprensadeMaricá,dandocontadequedesdeo mês de dezembro a prefeitura não paga os anúncios e matérias veiculadas em diversos periódicosdomunicípio.Outroinformaçãoquenos passaram é que existe um agente intermediando estas publicações e que 20% do valor pago fica retidocomesteagente. Assim como os artistas de Maricá que ainda não tiveram seus cachês do carnaval pagos, a pobre imprensa de Maricá que ainda acreditou na prefeitura está passando por problemas. O pior é que agora, em época de eleição, com certeza a prefeitura irá honrar os ocmpromissos devidos e todos ficarão felizes como pinto no lixo e novas dividasserãofeitas,paraquemsabeserempagas no início de 2015. Será? APOIO: BARÃO DE INOHAN E CULTURARTEEN
  3. 3. CIDADE BARÃO DE INOHAN - 3www.obarao.blogspot.com COMÉRCIO DE MARICÁ AGONIZA E PREFEITO AFIRMA QUE VAI DESTRUIR AS ESCOLAS PARTICULARES MOEDA MUMBUCA: CARTÃO DE CRÉDITO OU CARTÃO DESCRÉDITO? Vários moradores estão reclamando que ao fazerem suas comprasnocaminhãodoPeixe,osatendentesnãoestãoaceitando o cartão Mumbuca como relatou a moradora do Bairro do Caju: “ Fui comprar meu peixe e quando apresentei o cartão MUMBUCAorapazdissequenãoaceitasócomdinheiro,mesenti uma PALHAÇA, o prefeito disse que poderíamos usar o cartão para fazer compras no comércio da cidade, como pode se o caminhão de peixe da prefeitura não aceita? O que dizer dos comerciantes? É muita SACANAGEM!” desabafou a moradora. Vários moradores estão reclamando do mesmo problema: o ”Caminhão do Peixe” se recusa a receber a moeda ”MUMBUCA” como pagamento da compra. MoradoresdoBairrodoCajufizeramcontatocomareportagem da TVC, para informar a situação, que entra em choque com as declarações do prefeito Quaquá, onde a moeda social Mumbuca, foi criada com o intuito de combater a pobreza extrema na cidade e aquecer o comércio local. Direcionado à população de baixa-renda, o projeto conta com a Bolsa Mumbuca – uma transferência mensal de 85 mumbucas (que equivalem a R$ 85) para famílias com renda mensal de até um salário mínimo, sendo 70 Mumbucas para compras diversas e 15 Mumbucas para pescados. Para o prefeito, o programa será fundamental na erradicação da pobreza na cidade. ”Nosso desafio é garantir renda mínima para as famílias carentes e também alavancar o desenvolvimento da economia local”. Mais pelo que esta acontecendo algo esta errado deixando o prefeito em situação de ser cobrado pelas pessoas beneficiadas pelo projeto social. O morador do bairro do Caju muito chateado chegou a fazer o seguintecomentário. “Cantarelle”, não me leva a mal não sei que você é amigo do prefeito mas estou me sentindo um idiota, e explico o porquê: no dia 26 ou 27/06 estava com minha esposa presente na reunião ocorrida na Praça Orlando de Barros Pimentel, estava ouvindo atentamente o Secretário de Direitos Humano Miguel Moraes, e lembro muito bem o que falou a respeito da MUMBUCA. Disse ele que a parceria feita com os pescadores iria dar condições de ajudartantoospescadorescomoasfamílias,poisteriamcondições de comprar o pescado com o cartão MUMBUCA a um preço mais barato e com isso levar um alimento indispensável à mesa das famílias, mas não foi isso que aconteceu passei uma vergonha quando fui pagar. Recusaram o meu cartão, diga ao prefeito que sou pobre mais não sou PALHAÇO. Desabafou (Continua na coluna da direita) NEM O CAMINHÃO DO PEIXE DA PREFEITURA ACEITA O CARTÃO MUMBUCA OBarãodeInohan,sempreatentoaosproblemasdanossacidade,háalgunsanosvemveiculando os problemas do comércio de Maricá, com o crescimento da REDE PASSO O PONTO. Nas duas últimasediçõesdonossoinformativo,voltamosaatacaresteproblemaquevemseagravandoacada dia, sem que a prefeitura crie algum incentivo ao empresariado de Maricá, e sem que as entidades representativas do comércio local se movimentem em seu benefício. Com o título, O COMÉRCIO DE MARICÁAGONIZA, mostramos os problemas e a quantidade de lojas que estão fechando no nosso município,porfaltadeincentivoseporfaltadeclientes.Temosrecebidodiversose-mailsecomentários naredesocialFacebook,masoquenoschamouatençãofoiumafotoenviadaparanossaredaçãoda r reprodução de uma matéria do extinto jornal O TERMINAL (veiculado ao PT) onde o prefeito afirma que DESTRUIRÁ AS ESCOLAS PARTICULARES DE MARICÁ. Otrechodamatériadiz:...oprefeitofaloudaimportânciadese investir na educação. - Nós queremos fazer aqui de Maricá, a melhor educação do Brasil (e torcemos para que isso aconteça - nós do Barão de Inohan bateremos palmas). E nós queremos deixar claro que as nossas escolas públicas estão ficando melhores que as escolas particularesdomunicípiodeMaricá(infelizmenteprefeito,issonão é verdade e aliás, está muito longe de ser uma pálida verdade). Eu disse na campanha que ia DESTRUIR AS ESCOLAS PARTICULARES. Meu filho estuda na escola pública Joana Benedita Rangel, porque eu não vou dar dinheiro para empresário enquantonóstemosescolasdeexcelentequalidade- enfatizaQuaquá. O que nos espanta é o tom do prefeito (esperamos que tenha mudado de ideia): VOU DESTRUIR AS ESCOLAS PARTICULARES DE MARICÁ. Prefeito, estas escolas geram empregos(quenãosãopagospelocontribuintecomoosempregos geradospelaprefeitura)ealémdisso,gerammuitosimpostospara queaprefeiturapagueaenormefolhadecomissionadosdeMaricá. Prefeito, não destrua sonhos, não destrua vidas, não destrua os pobres empresários de Maricá. De que adianta trazer novos empreendimentosenovosinvestimentos,seosquejáestãofixados aqui, o senhor tem intenção de destruir. Desde já, o barão de Inohan, disponibiliza o espaço que for necessário para que o prefeito esclareça seu comentário feito em entrevista no extinto jornal O TERMINAL(do PT) publicada em 11 de abril de 2011. Continuação da primeira coluna desta página. Após ouvir vários moradores e sem poder também dar algum esclarecimento, o jornalista Ricardo Cantarelle da TVC, tentou váriasvezescontatocomoprefeitomasdevidosuaagendacorrida não teve êxito, sendo assim esperamos que o mesmo passe a ter conhecimento do que esta acontecendo após esta reportagem se tornar pública... Nofechamentodestamatériaondefoifeitaachamadadamesma no faceboock da TVC o prefeito Quaqua ao tomar conhecimento do problema de imediato fez o seguinte esclarecimento: Prefeito Quaqua: E um erro o caminhão não aceitar. Vou segunda corrigir isso. Diante do esclarecimento do prefeito e as providência que irão ser tomadas fica mais uma vez firmado o compromisso que a TVC tem de fazer um jornalismo alinhado com a verdade e com o compromisso levar a voz do povo a quem de direito... Matéria extraída da TVC com inclusões do Barão de Inohan NEM O CAMINHÃO DO PEIXE DA PREFEITURA ACEITA O CARTÃO MUMBUCA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA PROCURA BARÃO DE INOHAN PARA ESCLARECER MATÉRIA Em oficio (194/2014) entregue na Central de Jornalismo sem estardatado,osecretárioMiguelMoraisvemmuirespeitosamente solicitar maiores informações sobre a matéria veiculada na edição 99doBarãodeInohancomotítulo:MOEDAMUMBUCA,CARTÃO DE CRÉDITO OU CARTÃO DESCRÉDITO, que repetimos nesta edição. Na matéria citada, denunciamos a prática de que alguns beneficiários do programa social estariam trocando as M$ 70,00 (70 Mumbucas) por R$ 50,00. Segue o texto dizendo que não há qualquer informação dos envolvidosnasupostafraude,nemgarantiasdequetaisinformações sãoveridicasequeconfirmadasaveracidadedetaisinformações, proporemos abertura de procedimento investigatório para averiguarmososenvolvidosnapráticacitada,descredenciandoos estabelecimentos que se esquivem dos principios da legalidade e moralidsdeinsertosnoscontratosquelhesforamestabelecidos. O jornal Barão de Inohan que pauta sempre pela verdade e pelocrescimentoordenadodonossomunicipio,desdedoiníciodo ano vem denunciando uma série de problemas na moeda Mumbuca, onde usuários não tinham os créditos depositados e lojistasparticipantesnãotinhamsuasvendastambémdepositadas em conta dentro do prazo estabelecido. Mostramos também que dos 1500 estabelecimentos que seriam credenciados segundo o prefeito de Maricá, apenas 80 (aproximadamente, segundo site da prefeitura), hoej participam do programa, o que, convenhamos, mostra o fracasso do programa, não ajudando em nada o fortalecimentodocomérciodeMaricáebeneficiansodemodopouco claroemépocasdeeleições,cercade6milfamíliascomoéalardeado pela própria prefeitura. O Barão de Inohan, que sempre pauta pela correção, desde já, disponibiliza o espaço que for necessário, para que o nobre secretário ou alguém do Instituto Palmas (que já procuramos por diversas vezes, sem nenhum retorno) informe dos supostos problemas, das devidas correções e ações que a prefeitura está tomandoparaofuncionamentoadequadodamoedasocial,veiculada como um grande sucesso em horário nobre estadual na Rede Globo de Televisão durante o RJ TV (segunda edição), mas que infelizmente, não está trazendo o real benefício ao comerciante maricaense.
  4. 4. 4 - BARÃO DE INOHAN ESPORTESwww.obarao.blogspot.com CHAPA IDENTIDADE VASCO VEM A MARICÁ LANÇAR ROBER denúncias contra a gestão anterior foi, em nossa opinião, maléfica, pois essa iniciativa seria de grande simbolismo para inaugurar novos tempos na gestão vascaína, já que a apuração não seria levada adiante por ódio ou desejo de vingança, mas sim para servir de exemplo para qualquer um que, no comando vascaíno, confunda seus interesses privados com os interesses do clube. No entanto, apesar desta e de outras divergências, entendemosqueninguémpode tocarumagestãootempotodo comconsensoabsolutodesua base e também entendemos que toda nova administração necessitadeumtempoparase firmar. Por isso, jamais colocamos em dúvida nosso apoio a Roberto Dinamite e a sua diretoria, como podem comprovar todos que vivem a vida política do Vasco. Mesmo no momento do rebaixamento (2008) nunca faltou ao presidente o apoio dos sócios, do Conselho e da torcida. Roberto Dinamite foi reeleito em 2011 com a esperança de que os erros da primeira gestão fossem corrigidos. Podemos dizer que anossapaciênciacomrelação à administração Roberto Dinamitefoiquaseinfinita.Hoje porém, mesmo com todo o carinho que temos em relação ao ídolo Roberto Dinamite, somosforçadosaassumir,pelobemdoVasco,umanovaposição. Dinamite prestou grande serviço ap Vasco, encabeçando o grupoqueafastoudainstituiçãoumagestãoquetentavatransformar o Clube em um feudo. Mas não se pode negar que no campo administrativo,RobertoDinamitesemostracadavezmaisincapaz, com pouca iniciativa e omisso. O que pareciam pequenos erros de iniciante revelaram-se, em Roberto Dinamite, vícios incorrigíveis. Incapaz de comandar e sem coragem de delegar tarefas, Roberto foi cada vez mais transformando o Vasco em uma barafunda, onde muitos mandam e cada vez menos pessoas obedecem. (...) Isso ressalta em constantes atrasos no pagamento de funcionários e jogadores. Em contratações de ‘reforços’ absurdos, sem quaisquer condições de atuar no Vasco. Em um trabalho de base que carece de apoio. Em um programa de sócios caótico. Na venda de jogadores sem cirtério. Em contratação de parentes do presidenterecebendoaltossalários.Nadefesatíbiadosinteresses vascaínos, em favor de uma genérica e ‘ingênua’ (para não dizer covarde) defesa do ‘futebol carioca’. Até aqui expressamos a opinião de um grupo de sócios e conselheiros oriundos das arquibancadas e que reconhecessem em ROBERTO MONTEIRO seu mais representativo porta voz. Mas este manifesto é bem mais amplo do que isto. Não será a opinião sobre nosso passado recente que nos unirá, pos sobre ele é natural existirem diversas leituras. O que nos unirá e o que nos une é o que nós queremos para o futuro do Vasco. No domingo 20 de julho pela manhã, aAssociação Comercial abriusuasportasparareceberumgrandegrupodevascaínosque vieram recepcionar ROBERTO MONTEIRO, candidato a presidênciadoGIGANTEDACOLINA,naseleiçõesqueacontecerão em 06 de agosto na sede social do Vascão se não forem adiadas porforçadoestatuto,umavezqueachapaViraVascoobteveuma liminarqueconcedeuodireitoaoacessoàlistadesócios,atéentão negada pela atual diretoria. De acordo com o estatudo do clube, a partir da posse do cumento, o pleito - marcado para 06 de agosto - só pode ocorrer depois de 60 dias. Abrindo os trabalhos, o presidente da ACEIM - Adélio Silva (quetambémévascaíno),dissequeaACEIMsendoumaentidade apolítica e isenta, estará sempre de portas abertas para receber grupos, associações, entidades, que queiram e precisem usar o espaço do empreendedor mesmo que não sejam sócios da entidade. O CDL, o Movimento Luto por Maricá, as entidades ambientalistas, o CCS (Conselho Comunitário de Segurança) são algunsexemplosdeassociaçõeseentidadesqueutilizamoespaço daassociaçãocomercial. Dando prosseguimento, Adélio apresentou ROBERTO MONTEIROqueveioàMaricálançarsuacandidaturaàpresidência doVascodaGama.Apresentousuapropostaeconclamouaunião dos vascaínos maricaenses para que ajudem a mudar a cara do Gigante da Colina. Além de convidados, o Vereador Filipe Bittencourt (vascaíno) estevenoeventohipotecandosuasolidariedadeeapoioàRoberto Monteiro. O Barão de Inohan foi o único jornal presente à cerimônia. ROBERTO MONTEIRO APRESENTA MANIFESTO Estessãoosprincipaistrechosdomanifestolançadonodia15 de dezembro de 2012, no restaurante Cidade do Porto. Ele marca oiníciodatrajetóriadogrupoquealgunsmesesmaistardeassumiria o nome de IDENTIDADE VASCO. “A grandeza de uma instituição é constituída por diversos aspectos que, unidos, formam o que podemos chamar de sua personalidade. Esses aspectos são a história, as conquistas, os aficionados, as tradições, o patrimônio, etc. A‘personalidade’ do Club de Regatas Vasco da Gama é marcada pelo pioneirismo, pela ousadia e pela vocação para vencer. Por tudo isso (história, conquistas,torcida,tradiçõesepatrimônio)qualquervascaínopode dizer , sem medo de errar, que o Vasco éo maior clube do Brasil, quiçá do mundo. Contudo,mesmoumapotênciacommaisdeonzedécadasde existência passa por crises e fases ruins. Vivemos recentemente longos oito anos nos quais tentaram transformar nosso clube em propriedade privada de um pequeno grupo, enquanto o Vasco afundava em dívidas e perdia terreno para seus concorrentes. Os sóciosquedenunciavamosdesmandoseramperseguidosevários foram expulsos. Muitos vascaínos não se conformaram com esse estado de coisase,tendoàfrenteoídoloRobertoDinamite,conseguiram,em 2008, trazer de volta a democracia ao clube mais popular e democrático do Rio. De lá para cá, o novo presidente do Vasco contou com amplo apoio, tanto da torcida, como do corpo social, para tentar renovar a prática administrativa do clube, com mais profissionalismo,transparênciaecompetência. Mas desde o início da nova administração discordamos da posturadoresidenteemrelaçãoaalgumasquestões.Umexemplo: a decisão de jogar para debaixo do tapete a apuração das NOVOS RUMOS O Vasco não vive hoje apenas uma crise financeira ou esportiva. O Vasco vive uma crise de perspectiva. Diante deste cenário, certos personagens ligados de alguma maneiraàtristestemposdonossoclube,arvoram-seemopçãode poder para o Vasco. Na verdade representam, de forma mais ou menoscamuflada,o‘retornoaopassado’.Noentanto,cresceentre os sócios e torcedores a convicção de que em 2014 será a hora de uma verdadeira renovação. Nemcontinuísmo,nemretrocesso.Chegademaisdomesmo! Precisamos de SANGUE NOVO. Novas ideias, comprometidas com nossas tradições, mas tendo em mente o exemplo de pioneirismo dos vascaínos que construíram nossa história. Precisamosdeousadiasemirresponsabilidadeecoragemsem arrogância. PrecisamosternocomandodoVascoumvascaínoapaixonado, masquesaibatrabalharcomplanejamentoecercadodosmelhores profissionais.Umvascaínoquesecomprometacomaconquistade títulos,masquetenhaemmenteocrescimentopatrimonialdoVasco, equacionando suas dívidas e tornando o Clube autossustentável. Nós, que nos somamos a este manifesto, cremos que o nome que representa essa renovação, com ousadia e coragem, é o nome do ROBERTO MONTEIRO. (...)Confessamostambémquetemospressa.Pressaemfazer o Vasco avançar na direção do seu destino de vitória e títulos, o que as novas gerações vascaínas tanto anseiam. Não temos dúvida de que com ROBERTO MONTEIRO na presidência o Vasco terá sangue novo para novas conquistas. Convidamos todos os vascaínos e vascaínas a se juntarem a nósnestacaminhada.Comcertezateremosobstáculos,masvamos supera-los com serenidade, pois nosso passo é o passo do GIGANTE”.
  5. 5. ESPORTES BARÃO DE INOHAN - 5www.obarao.blogspot.com RTO MONTEIRO PARA PRESIDENTE DO GIGANTE DA COLINAR O B E R T O MONTEIRO (43), é o típico vascaíno carioca. Nascido no Lins de Vasconcelosecriadono Méier, bairro onde reside até hoje. Desde cedo, Roberto aprendeu a amar o Vasco, com o incentivo do pai, português transmontano. Com 18 anos foi presidente da Força Jovem, sendo unânime o reconhecimento de que, a partir daí, a FJV passou a viver sua fase áurea. Com 22 anos, dois fatosmarcaramsuavida: formou-se em Direito e foi eleito para integrar o Conselhor Deliberativo do Vasco. Advogadomilitante,Robertofoiconstruindoumasólidacarreira e hoje é sócio do Escritório Monteiro e Mattos. Com apenas 35 anos foi eleito Conselheiro da OAB-RJ, função para o qual foi reeleito outras duas vezes e atualmente exerce o cargo de Secretário Geral da CAARJ )caixa deAassitênciadosAdvogados doEstadodoRiodeJaneiro)epresidentedaComissãodeDefesa do Consumidor da OAB-RJ. Em2007,com36anos,Robertoassumiuacadeiradevereador da cidado do Rio de Janeiro, onde também deixou a marca da competênciaedinamismoqueocaracteriza.Bastaolharaevolução dasuavotação:assumiucomovereadorem2007com5milvotos. Em 2008 foi reeleito com 14 mil votos e em 2012 alcançou 17.500 votos,sendoo29ºcandidatomaisvotadodaquelepleito(aCâmara do Rio tem 51 cadeiras). Não foi eleito pois a chapa do seu partido não alcançou o chamado coeficiente eleitoral. Quem conhece Roberto Monteiro, sabe do seu amor incondicional pelo Vasco. Casado com uma vascaína, transmitiu seu amor pela cruz de malta para a filha e nunca deixou de colocar o Vasco como uma das paixões principais de sua vida. Escolhido pelo grupo IDENTIDADE VASCO para liderar a caminhada pela recuperação do nosso Clube, Roberto afirma que antes de tudo ele se considera candidato de um grupo que tem um ideal: recolocar o Vasco no seu lugar de destino, a liderança do futebolnacionalesulamericano.“Comaajudadetodosqueamam o vasco, vamos conseguir”, assegura Roberto Monteiro. UM PROGRAMAAVANÇADO PARAUM GIGANTE DE SANGUE NOVO O programa do grupo IDENTIDADE VASCO é fruto de quase doisanosdedebates.Entreencontrosgerais eencontrostemáticos, foram nada menos do que 32 reuniões, realizadas entre janeiro de 2013 e março de 2014. No entanto, é claro que o programa ainda pode e será enriquecido com a colaboração dos novos apoiadores que não param de nos alegrar com a sua confiança.Além disso, o programa não pode ser uma coisa estanque, parada no tempo. Como já dizia o filósofo, “A teoria é cinza, verde é a árvore da vida”. Novos desafios surgem cotidianamente e devem ter novas respostas. Mas é fundamental que exista um programa, que sirva de norte para nossa atuação e coloque à luz do dia a essência das nossaspropostas.Nestesentido,nossoprogramaficouabrangente e seu texto ocupa dezenas de páginas. Aqui, por questões de espaço, apresentamos apenas as ideias força de cada área, indo direto ao ponto, com a alegria de saber que o esforço coletivo para a construção deste programa nos dá suporte para, através de um trabalho conjunto, colocar o Vasco nos oceanos mais avançados onde oAlmirante sempre teve o costume de navegar. Quanto a administração, ela será transparente e socialmente responsável, com a criação de comitês gestores, investimento na qualificação dos funcionários do clube, integração do clube, como umtodo,atravésdoplanejamentoestratégico,visandoracionalizar as atividades, otimizando os recursos e avaliando os resultados. Dinamizar as relações entre os departamentos do clube e colocar em prática a ouvidoria interna e externa para sócios e torcedores. Quanto ao esporte amador, buscar na lei de Incentivo as Esporte,combaseembenefíciofiscal(leinº11438de29/12/2006), apoio para os esportes olímpicos e paralímpicos. Formarequipescompetitivas noremoenobasquete,neste caso independente de patrocínio externo, se este não se viabilizar. Buscar patrocinadores nacionaisetambémregionais levando alguns esportes para outras cidades se necessário. Incentivar a formação de equipes competitivas em outros esportes como: vôlei, futsal, atletismoenatação. Quanto ao futebol profissional, fazer a modernização da estrutura profissional do clube para atender as demandas atuais do futebol (construção do centro de treinamento). Prioridade máxima. Ter o corpo técnico e jogadores com seus salários em dia (prioridade máxima). Montar equipe competitiva para ganhar títulos. Fazer a integração entre categorias de base e o futebol profissional e ter ingressos sempre a preços acessíveis (estádios cheios trazem diversos tipos de retorno que vão além de bilheteria) e mesmo a preços promocionais em caso de jogos de pouco apelo. Quanto ao patrimônio do clube, fazer uma gestão profissional, desenvolvendo eimplantandoumsistemade controle e análise para evitar a perda de bens e valores, informatizando o controle de estoque de materiais esportivos ou não. Otimizar os espaços ociosos em São Januário, calabouço e Lagoa visando a melhoria das condições de trabalho dos empregados, jogadores e demais colaboradores. Viabilizaraconstruçãodeumestacionamentocomestruturase capacidade adequada. Em São Januário, fazer a ampliação da capacidade de público e obras no entorno, em parceria com a prefeitura e o estado, procurando dar acessibilidade ao estádio. Buscar uma construtora parceira. Na Lagoa e no Calabouço, otimizar as atividades nas sedes, proporcionandomelhorutilizaçãodesuasinstalações,comoforma de maior integração dos vascaínos e suas famílias. Revitalização do Parque Aquático e busca de projetos que sejamautosustentáveis.Criaçãodocentrodememóriacomoforma de divulgar a história do Vasco e sua importância na vida de brasileiros e portugueses. Teremos trabalhos voltados a responsabilidade social, futebol amador, finanças, reordenamento do departamento jurídico e revitalização do markting e comunicação, onde um jornal mensal auto sustentável deverá ser um dos produtos. Fortalecer a marca vasco da Gama em todas as camadas sociais, fazer boa interação e parcerias com os licenciados, transformar o torcedor em sócio, aumentar a média de público em São Januário, mudar o hábito que São Januário é só para dias de jogos, divulgar a marca Vasco dentro e fora do Brasil. No próximo dia 28 de julho – segunda feira, na Casa da Vila daFeiranaRuaHaddockLobo195naTijuca,haveráaconvenção da chapa IDENTIDADE VASCO a partir das 18:30h onde serão apresentadas todas estas e outras propostas.Ao término haverá umshowmusical.
  6. 6. 6 - BARÃO DE INOHAN EDUCAÇÃOwww.obarao.blogspot.com OH B A P Em vários momentos vimos o arquiteto desconfortável coma situação e sem saber responder de modo convincente o que lhe era questionado. Presentes representantes da APALMA e do grupo Luto por Maricá e Jaconé Porto Não, questionaram a localização, o fato de estar dentro de um Geoparque Estadual e de reconhecimento mundial através da UNESCO e o fato de a Petrobrás não se interessar efetivamente pelo Porto, além do grande problema social que será criado com possíveis zonas de prostituição, áreas sem o devido saneamento, sem escolas, postos de saúde e transportes adequados, favelizando o local ou o seu entorno. Mauro deu como exemplo que grandes cidades do mundo tem portos, esquecendo que estamos falando de Brasil. Mauro - parecendo irritado com a informação - e com a afirmação do jornalista Pery Salgado (único veículo da imprensa de Maricá presente à apresentação, uma vez que a Revista Encontro - convidada pelo CDL - ficou apenas nos primeiros dez minutos da reunião) que disse que a Petrobrás já informou em diversas situações que NÃO SE INTERESSA PELO PORTO EM JACONÉ, e que prefere que este porto que atenderá ao COMPERJ seja em Itaguaí ou uma ampliação do TEBIG - Terminal de Ilha Grande emAngra dos Reis, onde a Petrobrás já tem um grande terminal em uso. Foi neste momento que deixou claro que o porto não servirá à Petrobrás, mas sim, as demais petroliferas localizadas na região. Em vários momentos falou também do arco metropolitano e o jornalista Pery lembrou que Maricá não está no arco metropolitano e que as estradas que hoje ligariam o porto à Itaboraí, são estradas de pista simples, de mão dupla e sem acostamento (RJ 118 e RJ 114).Até mesmo a RJ 106 de Ponta NegraatéaentradadaRJ114(Maricá-Itaboraí)temnestetrechopistasimples,mãoduplaenãotem acostamentos. CDL FAZ REUNIÃO PARA AJUDAR A CONVENCER SOBRE BENEFÍCIOS SOBRE O PORTO Secretario de Assistencia Social, Jorge Castor, Adelio Silva presidente da ACEIM, Marisete Cardozo presidente do CDL e o arquiteto Mauro Scazufca da DTA. Naquartafeira09dejulhonasdependências da ACEIM, o CDL realizou (sem convidar a imprensa, o que nos causou espécie) uma “apresentação” sobre as vantagens do PORTO EM MARICÁ. Como o jornal Barão de Inohan teve acesso as informações no dia 03 de julho que haveria a talreunião,passouasinformaçõesaoCCSMaricá e a grupos que defendem a não construção do porto em Maricá. Marcada para as 19 horas, a reunião começou perto das 20 horas, com muito salgadinho, cerveja e refrigerantes e a presença doSecretáriodeAssistênciaSocial,JorgeCastor que abriu a reunião apresentando o Sr. Mauro Scazufca - arquiteto e coordenador de projetos da DTA, empresa proprietária dos terrenos onde a prefeitura pretende que seja construído o Terminal Jaconé.. Logo após a apresentação, pediu licença e se retirou pois tinha outro compromisso já agendado, deixando o Sr. Mauro com a apresentação do projeto. Este fez a apresentação dos possíveis benefíciosdoporto,exaltandoocrescimentolocal, geração de empregos e cuidados ambientais. Aberto para perguntas, foi bombardeado pelos presentes que questionaram toda a legalidade do projeto. Hoje, estas estradas não receberiam os enormes caminhões tanque, graneleiros e caminhões de container, muito menos os caminhões trem, com dois reboques e dez eixos. Estes enormes caminhões não terão condição segura para subir o trecho da serra do Lagarto. Mais uma vez, o representante da DTAficou desconcertado. POUCAS REUNIÕES E PÚBLICO ALVO MUITO AQUÉM DO ACEITÁVEL InformouaindaqueaDTAtemfeito“diversas” reuniõescommoradores,entidades,associações, eapresentouemcercadedezreuniõesumpúblico alvo de 144 pessoas, o que convenhamos é pífio para uma população de cerca de 40 mil pessoas diretamente envolvidas na região e uma população de cerca de 250 mil habitantes que envolve dois municípios: Maricá e Saquarema. PÉROLA FECHA A NOITE Mas o grande momento ainda estava por vir. Quando o grupo de ambientalistas questionava o posicionamento do porto em relação aos beach rocksquefazempartedoGeoparquedaUnesco, Mauro garantiu que em nada eles serão afetados mas se necessário a DTAremoveria as pedras e colocaria em outros locais. Fim de festa! VEM AÍ Miss Maricá Embelleze 2014 Uma realização Patrocínio Em três categorias: TEEN - de 13 a 17 anos MASTER - de 18 a 29 anos SENIOR - de 30 a 45 anos Inscrições no Instituto Embelleze Maricá Rua Ribeiro de Almeida 49 Centro - Maricá Informações pelo telefone: 99281-4037 Fabricia Moreira Miss Maricá 2014 Infelizmente, mais uma reunião pouco produtiva. Poucos presentes e poucos interessados num assunto tão importante para nosso município Flávia Lanari da APALMA assim como outros ambientalistas presentes na reunião (embora não tenham sido convidados) deixaram o representante da DTA embaraçado
  7. 7. EVENTOS BARÃO DE INOHAN - 7www.obarao.blogspot.com Patrocínio: www.pintandoasvinte.blogspot.com Na tarde da segunda feira 14 de julho, o Jornal do Brasil divulgou informação - replicada pelo Barão de Inohan - sobre a impugnação de 35 candidatos do estado do Rio às eleições de 05 de outubro, inclusive o candidato a senador César Maia (DEM), na coligação do governador Pezão. Na lista aparece também o nome de Marcelo Delaroli (PR), candidato a Deputado Federal. Porém, segundo informações da assessoria de imprensa de Marcelo Delaroli, o TSE - Tribunal Superior Eleitoral - julgou e deu ganho ao candidato Marcelo Delaroli no sábado, 12 de julho, último dia de registro eleitoral e esta informação não chegou a tempo do MPE - Ministério Público Estadual - tomar ciência, daí o motivodonomedeMarceloDelaroliaindaconstarnalistadivulgada pelos veículos de imprensa. A ação impetrada pelo prefeito Washington Siqueira dizia que MarceloeUiltonViannateriamsebeneficiadodepublicaçõesfeitas pelo jornal Maricá em Foco que segundo ele fazia propaganda negativas a seu respeito, na verdade, o jornal em questão não faziapropagandanegativadoprefeito,esim,mostravaasdiversas irregularidades de sua gestão, como faz até hoje o mesmo veículo e o jornal Barão de Inohan, sempre na busca pela verdade dentro donossomunicípio. NojulgamentooTSEliberouMarceloaconcorrernaseleições de 05 de outubro e o TRE foi notificado na tarde da segunda feira 14 de julho. MARCELO DELAROLI está LIBERADO para concorrer nas eleições de 05 de outubro como candidato a Deputado Federal. MARCELODELAROLIESTÁLIBERADO PARA CONCORRER COMO CANDIDATO ADEPUTADOFEDERAL. H U M O R
  8. 8. 8 - BARÃO DE INOHAN PAÍSwww.obarao.blogspot.com TCU analisa negócio da Petrobras na África RAMONA ORDOÑEZ - O GLOBO OlíderdoPSDBnaCâmara,deputadofederal Antônio Imbassahy (BA), enviou requerimento em 29 de maio ao Ministério de Minas e Energia (MME) pedindo esclarecimentos sobre a venda dos ativos da Petrobras na África. Atendendo também a pedido do deputado, o TCU abriu processo para analisar a operação no dia 8 de maio. Essesativossãoparticipaçõesacionáriasem blocosemseispaíses:Nigéria,Tanzânia,Angola, Benin, Gabão e Namíbia. Na Nigéria, já há dois poços produtores e um em desenvolvimento. A produção total da Petrobras na África em abril foi de 29 mil barris diários, a maior parte na Nigéria e um pouco emAngola. PIORA NAAVALIAÇÃO DE ATIVOS A operação com o BTG Pactual, fechada em julhodoanopassado,estáenvolvidaempolêmica desdeoinício.Segundofontesdomercado,antes da posse de Maria das Graças Foster na presidência da Petrobras, que ocorreu em fevereiro de 2012, os técnicos que estudavam a venda de parte dos ativos da Petrobras Oil & Gas BV (POG) — subsidiária com os ativos da África — teriam estimado que o negócio poderia gerar um ganho de US$ 7 bilhões. Mas, com a chegada de Graça ao comando da estatal, saiu o diretor da área internacional José Zelada (PMDB), e os executivos que tratavam da operação também mudaram. Segundofontes,então,aestatalcontratouobanco inglês Standard Chartered para realizar um leilão internacional dos ativos. Teriam sido convidados 14 potenciais compradores, mas apenas nove participaramefetivamente. FATURAMENTO DE US$ 1,2 BI Nessanovaavaliação,ovalortotaldosativos teria sido calculado em US$ 4,5 bilhões, que depois foram reduzidos para US$ 3,05 bilhões, devido aos riscos da operação na Nigéria.Assim, a venda dos 50% dos ativos da Petrobras África acabou sendo fechada por US$ 1,5 bilhão. Segundo revelou uma fonte próxima às empresas,apioranaavaliaçãodovalordosativos levouemcontafatorescomoosriscosdemudança da tributação na Nigéria, os inerentes à atividade deexploraçãodepetróleoeospolíticosejurídicos nospaísesdaÁfricaondeestãoosativos.Também foram levadas em conta as despesas gerais e administrativas do negócio, que foram estimadas em US$ 40 milhões por ano. Mas, apesar de ter sofrido uma redução de quase 50% na sua avaliação antes da venda, o negócio está se revelando promissor para o comprador. Os riscos regulatórios na Nigéria não se concretizaram. E, em março, a subsidiária da Petrobras na África pagou dividendos pela primeira vez a seus acionistas, no valor de US$ 300 milhões. Fontes próximas ao banco confirmaram que o BTG Pactual recebeu US$ 150 milhões de dividendos. O faturamento na África é de US$ 1,2 bilhão por ano e, segundo fontes, a Petrobras corre o risco de o sócio não querer investir mais. — Daqui a três anos, depois de ganhar US$ 1,8 bilhão em (ou seja, a parcela de 50% que o banco terá no faturamento anual da subsidiária na África), nada impede o BTG de pedir para sair do negócio — disse a fonte, lembrando o caso da refinaria de Pasadena. TRÊS POÇOS SEM DESCOBERTAS A operação foi fechada em 28 de junho de 2013.Oconsórciodeinvestidoresélideradopelo BTG Pactual e inclui vários outros investidores. Ainda segundo as fontes, desde a entrada do BTG, a Petrobras Oil & Gas perfurou três poços, sendo dois no Gabão e um em Benin, a um custo de US$ 207 milhões. Mas eles não resultaram em descobertas. O deputado Antônio Imbassahy disse que decidiu pedir explicações sobre a operação depois de ter recebido várias informações de ex- funcionários da Petrobras e empresas de consultoria que apontaram a possibilidade de a venda ter representando um prejuízo para a estatal. — Recebi informações de técnicos da Petrobras e de gente que já não trabalha mais na companhia, de empresas de consultoria e de acionistas minoritários que acham que há algum equívoco nessa operação. Eu não tenho dúvidas de que tem algo estranho. E dizem que o BTG já recuperou esses investimentos. Esse caso da África é muito parecido com o de Pasadena — comparou Imbassahy. O deputado informou que o Ministério de Minas e Energia solicitou, no último dia 29, prorrogação por 30 dias para entregar as informações por ele solicitadas sobre a operação com o BTG. Por sua vez, o ministro José Jorge de Vasconcelos, que cuida do processo noTCU, não quis se manifestar porque as investigações estão correndo sob sigilo. ESTATAL DIZ COOPERAR A Petrobras informou que “vem cooperando com os órgãos de controle e fiscalização competentes” a respeito das indagações sobre a associação com o BTG Pactual. A companhia afirmouquejáforneceuasinformaçõessolicitadas nos requerimentos feitos pela Câmara dos Deputados.APetrobras disse ainda não ter sido informada, até o momento, sobre a abertura de processo relativa à operação no TCU. JáoBTGPactualnãoquiscomentaracompra dos ativos da Petrobras África. PETROBRÁS COMPRA CARO E VENDE BARATO Valor do anúncio: R$ 200,00

×