Avaliação do Ensino da Administração - Prof. Mauro Kreuz

1.623 visualizações

Publicada em

Palestra ministrada durante II Encontro Estadual da ANGRAD e IV Encontro de Coordenadores de Cursos de Administração, realizado pelo CRA-MG em 18/06/2011.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.623
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
52
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Avaliação do Ensino da Administração - Prof. Mauro Kreuz

  1. 2. Prof. Adm. Mauro Kreuz – Presidente da ANGRAD
  2. 5. IV SENANGRAD “ OS DESAFIOS DO COORDENADOR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FACE A REALIDADE DO ENSINO SUPERIOR BRASILEIRO” PAINEL EMPRESARIAL “ A IMPORTÂNCIA DO ENSINO DE ADMINISTRAÇÃO PARA AS ORGANIZAÇÕES” PAINEL INTERNACIONAL “ O ENSINO DE ADMINISTRAÇÃO: UMA ABORDAGEM COMPARATIVA INTERNACIONAL” ATRATIVOS !!! PAINEL PEDAGÓGICO “ OS DESAFIOS DA APRENDIZAGEM NOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO”
  3. 6. SEMINÁRIO NACIONAL ANGRAD/MEC/CFA “ A AVALIAÇÃO DO ENSINO DE ADMINISTRAÇÃO A PARTIR DOS RESULTADOS DO ENADE” PESQUISA NACIONAL ANGRAD/CPC/ENADE ATRATIVOS !!! BIBLIOGRAFIA BÁSICA DE REFERÊNCIA ANGRAD PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO
  4. 10. O PPC deverá abranger: 1. Concepção do curso, com suas peculiaridades, seu currículo pleno e sua operacionalização e os componentes curriculares. (Parágrafo 1º do Artigo 2º da Resolução 04/2005) 2. Objetivos do curso devidamente contextualizados em relação à inserção institucional, política, geográfica e social da IES. (Inciso I, Parágrafo 1º do Artigo 2º da Resolução 04/2005) 3. Perfil do egresso e as condições de oferta e da vocação do curso, bem como, o regime de oferta do curso. (Inciso II, Parágrafo 1º do Artigo 2º e Artigo 6º da Resolução 04/2005)
  5. 11. O PPC deverá abranger: 4. Cargas horárias das atividades didáticas e da integralização do curso. (Inciso III, Parágrafo 1º do Artigo 2º da Resolução 04/2005) 5. Formas de realização da interdisciplinaridade. (Inciso IV, Parágrafo 1º do Artigo 2º da Resolução 04/2005) 6. Modos de integração entre a teoria e a prática. (Inciso V, Parágrafo 1º do Artigo 2º da Resolução 04/2005)
  6. 12. O PPC deverá abranger: 7. Formas de avaliação do ensino e da aprendizagem. (Inciso VI, Parágrafo 1º do Artigo 2º da Resolução 04/2005) 8. Integração entre a graduação e a pós-graduação, quando for o caso. (Inciso VII, Parágrafo 1º do Artigo 2º da Resolução 04/2005) 9. Iniciação científica, quando for o caso. (Inciso VIII, Parágrafo 1º do Artigo 2º da Resolução 04/2005)
  7. 13. O PPC deverá abranger: 10. Regulamentação do Estágio Curricular e do TC, quando for o caso. (Inciso IX, Parágrafo 1º do Artigo 2º da Resolução 04/2005) 11. Concepção e composição das atividades complementares, quando for o caso. (Inciso X, Parágrafo 1º do Artigo 2º da Resolução 04/2005) 12. Linhas de formação específicas, quando for o caso. (Parágrafo 3º do Artigo 2º da Resolução 04/2005)
  8. 15. Capacidade e aptidão para: 1. Compreender as questões científicas, técnicas, sociais e econômicas da produção e do seu gerenciamento, observados os níveis graduais do processo de tomada de tomada de decisão. 2. Desenvolver o gerenciamento qualitativo e adequado, revelando a assimilação de novas informações. 3. Apresentar flexibilidade intelectual e adaptabilidade contextualizada no trato de situações diversas, presentes ou emergentes, nos vários segmentos de atuação do administrador.
  9. 17. DCN - Competência I Reconhecer e definir problemas, equacionar soluções, pensar estrategicamente, introduzir modificações no processo produtivo, atuar preventivamente, transferir e generalizar conhecimentos e exercer, em diferentes graus de complexidade o processo de tomada de decisões.
  10. 18. DCN - Competência II Desenvolver expressão e comunicação compatíveis com o exercício profissional, inclusive nos processos de negociação e nas comunicações interpessoais ou intergrupais.
  11. 19. DCN - Competência III Refletir e atuar criticamente sobre a esfera da produção, compreendendo sua posição e função na estrutura produtiva.
  12. 20. DCN - Competência IV Desenvolver raciocínio lógico, crítico e analítico para operar com valores e formulações matemáticas presentes nas relações formais e causais entre fenômenos produtivos, administrativos e de controle, expressando-se de modo crítico e criativo diante dos diferentes contextos organizacionais e sociais.
  13. 21. DCN - Competência V Ter iniciativa, criatividade, determinação, vontade política e administrativa, vontade de aprender, abertura às mudanças e consciência da qualidade e das implicações éticas do seu exercício profissional.
  14. 22. DCN - Competência VI Desenvolver a capacidade de transferir conhecimentos da vida e da experiência cotidianas para o ambiente de trabalho e do seu campo de atuação profissional, em diferentes modelos organizacionais, revelando-se profissional adaptável.
  15. 23. DCN - Competência VII Desenvolver capacidade para elaborar, implementar e consolidar projetos em organizações.
  16. 24. DCN - Competência VIII Desenvolver capacidade para realizar consultoria em gestão e administração, pareceres, perícias administrativas, gerenciais, organizacionais, estratégicos e operacionais.
  17. 26. CONTEÚDOS CURRICULARES CAMPO 01: FORMAÇÃO BÁSICA CAMPO 02: FORMAÇÃO PROFISSIONAL CAMPO 03: ESTUDOS QUANTITATIVOS E SUAS TECNOLOGIAS CAMPO 04: FORMAÇÃO COMPLEMENTAR
  18. 27. 1. Conteúdos de Formação Básica: campos interligados de formação <ul><li>Estudos antropológicos; </li></ul><ul><li>Sociológicos; </li></ul><ul><li>Filosóficos; </li></ul><ul><li>Psicológicos; </li></ul><ul><li>Ético-profissionais; </li></ul><ul><li>Políticos; </li></ul><ul><li>Comportamentais; </li></ul><ul><li>Econômicos e contábeis; </li></ul><ul><li>Tecnologias da comunicação e da informação; </li></ul><ul><li>Ciências jurídicas. </li></ul>
  19. 28. 2. Conteúdos de Formação Profissional: relacionados com as áreas específicas <ul><li>Teorias da Administração e das Organizações; </li></ul><ul><li>Administração de: </li></ul><ul><ul><li>- recursos humanos; </li></ul></ul><ul><ul><li>- mercado e marketing; </li></ul></ul><ul><ul><li>- materiais, produção e logística; </li></ul></ul><ul><ul><li>- financeira e orçamentária; </li></ul></ul><ul><ul><li>- sistemas de informações; </li></ul></ul><ul><ul><li>- planejamento estratégico; </li></ul></ul><ul><ul><li>- serviços. </li></ul></ul>
  20. 29. 3. Conteúdos de Estudos Quantitativos e suas Tecnologias <ul><li>Pesquisa operacional; </li></ul><ul><li>Teoria dos Jogos; </li></ul><ul><li>Modelos matemáticos e estatísticos; </li></ul><ul><li>Aplicação de tecnologias que contribuam para a definição e utilização de estratégias e procedimentos inerentes à Administração. </li></ul>
  21. 30. 4. Conteúdos Formação Complementar: <ul><li>Estudos opcionais de caráter transversal e interdisciplinar para o enriquecimento do perfil do formando. </li></ul>
  22. 31. As organizações necessitam de profissionais que: <ul><li>Solucionem problemas; </li></ul><ul><li>Tenham foco global nos negócios; </li></ul><ul><li>Possuam habilidades para lidar com pessoas; </li></ul><ul><li>Sejam criativas, inovadoras e empreendedoras; </li></ul><ul><li>Busquem o auto-conhecimento; </li></ul><ul><li>Busquem o autodesenvolvimento (aprender a aprender e a desaprender). </li></ul>
  23. 32. <ul><li>Assumir responsabilidades. </li></ul><ul><li>Entender as diferenças culturais e incorporá-las. </li></ul><ul><li>Adquirir intimidade com as novas tecnologias. </li></ul><ul><li>. Gerenciar em ambientes de incerteza, ambiguidade e de pressão. </li></ul>As organizações necessitam de profissionais que:
  24. 33. É necessário:
  25. 34. <ul><li>Boa comunicação. </li></ul><ul><li>Flexibilidade. </li></ul><ul><li>Liderança. </li></ul><ul><li>Alta energia. </li></ul><ul><li>Pensamento estratégico. </li></ul><ul><li>Inglês. </li></ul><ul><li>Poder de conectar-se com pessoas. </li></ul><ul><li>Otimismo. </li></ul><ul><li>Capacidade de análise. </li></ul><ul><li>Raciocínio lógico. </li></ul><ul><li>Comprometidos com resultados. </li></ul><ul><li>Liderança. </li></ul><ul><li>Conhecimento técnico e identidade com a empresa. </li></ul><ul><li>Inovador/criativo. </li></ul><ul><li>Aceitar desafios. </li></ul><ul><li>Trabalhar em equipe e conviver com a diversidade. </li></ul>Requisitos
  26. 35. 13,5 mil candidatos Caça ao trainees 192 chamados para a dinâmica de grupo 160 apresentação de um painel a executivos 100 entrevistas 23 selecio-nados TRAINEES
  27. 36. Ensino Aprendizagem + EDUCAÇÃO COMO UM PROCESSO
  28. 37. Mercado Profissão Academia COMPETÊNCIAS
  29. 38. Competências Executivas segundo a FNQ 1. POSICIONAR A ORGANIZAÇÃO: capacidade para mudar o negócio sempre que o mercado assim o exigir. 2. IDENTIFICAR MUDANÇAS EXTERNAS: capacidade para detectar tendências num ambiente complexo, turbulento e descontínuo, para deixar a organização sempre na ofensiva.
  30. 39. Competências Executivas segundo a FNQ 3. REUNIR AS MELHORES CABEÇAS: capacidade para identificar e integrar as melhoras cabeças para tomar decisões rápidas. 4. AVALIAR PESSOAS: capacidade para selecionar e desenvolver líderes.
  31. 40. Competências Executivas segundo a FNQ 5. FORMAR EQUIPES: capacidade para combinar harmonia com elevada eficiência. 6. ESTABELECER OBJETIVOS: capacidade para definir metas equilibradas, realistas e viáveis.
  32. 41. Competências Executivas segundo a FNQ 7. FIXAR PRIORIDADES: capacidade para priorizar o essencial ao invés do acidental. 8. ENFRENTAR FORÇAS EXTERNAS: capacidade para prever e reagir as pressões ambientais que podem afetar a organização.
  33. 42. Competências de acordo com a pesquisa Sistema CFA/CRAs de 2006 1. Atuar com visão sistêmica da organização. 2. Formar, liderar e motivar equipes de trabalho. 3. Articular as diversas áreas da organização. 4. Promover ações inter e intra-departamentais, criando sinergia entre os indivíduos e os recursos disponíveis, gerando processos eficazes. 5. Negociar conflitos e interesses. 6. Otimizar a utilização de recursos. 7. Zelar pelo clima organizacional.
  34. 43. Competências de acordo com a pesquisa Sistema CFA/CRAs de 2006 8. Identificar problemas, formular e implantar soluções. 9. Desenvolver raciocínio lógico, crítico e analítico sobre a realidade organizacional. 10. Assumir o processo decisório das ações de planejamento, organização e controle. 11. Desenvolver e socializar o conhecimento alcançado no ambiente de trabalho. 12. Elaborar e interpretar cenários. 13. Visão do todo.
  35. 44. Competências de acordo com a pesquisa Sistema CFA/CRAs de 2006 14. Relacionamento interpessoal. 15. Adaptação à transformação. 16. Liderança. 17. Criatividade e inovação. 18. Comportamento ético. 19. Profissionalismo. 20. Comprometimento. 21. Aprendizado contínuo. 22. Atitude empreendedora.
  36. 45. Estrutura do curso de ADMINISTRAÇÃO Módulos/Períodos Competências Esperadas Conteúdos Necessários Avaliações Requeridas Atividades Práticas Necessárias Recursos F & T Necessários Nome e Perfil dos Docentes Envolvidos (1) Objetivo do curso contextualizado. (2) Perfil do egresso. 1 I FB+FP+EQT+FC NPA 2 II FB+FP+EQT+FC NPA 3 III FB+FP+EQT+FC NPA 4 IV FB+FP+EQT+FC NPA 5 V FB+FP+EQT+FC NPA 6 VI FB+FP+EQT+FC NPA 7 VII FB+FP+EQT+FC NPA 8 VIII FB+FP+EQT+FC NPA
  37. 46. Lógica Pedagógica do curso de ADMINISTRAÇÃO Competências ( I a VIII ) Conheci-mentos Atitudes Habilidades Conteúdos Atividades Atividades P T Conteúdos de FB Conteúdos de FP Conteúdos de EQT Conteúdos de FC Núcleo da Práticas Administrativas NPA Núcleo de Práticas Administrativas NPA Avaliação “IC” Avaliação Integrada da Competência - AIC Avaliação “IA” Avaliação “IH”
  38. 47. Considerações finais.
  39. 48. Ambientes cada vez mais complexos.
  40. 50. Formação Numa sociedade em constante e intensa transformação.... Formatura Formar Preparação Continuada
  41. 51. Obrigado! [email_address]

×