SlideShare uma empresa Scribd logo

O papel da Gestão Estadual no processo de expansão da Planificação da Atenção à Saúde

Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASSConselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS

Apresentação de Raissa Barbieri Ballejo (SES/RS), no seminário "O futuro do Sistema Único de Saúde: a contribuição da Planificação da Atenção à Saúde" e a Reunião Conjunta das Câmaras Técnicas de Atenção à Saúde, Atenção Primária à Saúde e Epidemiologia

O papel da Gestão Estadual no processo de expansão da Planificação da Atenção à Saúde

1 de 14
Baixar para ler offline
O papel da Gestão Estadual na
Planificação da Atenção à Saúde
Coordenação Estadual de Atenção Básica do Rio Grande do Sul
SECRETARIA ESTADUAL DA SAÚDE
População RS = 11.286.500 (2016)
497 municípios;
19 Coordenadorias Regionais de Saúde (CRS);
30 Regiões de Saúde
O estado do RIO GRANDE DO SUL tem cobertura de
Estratégia Saúde da Família de 60% e 75% de AB em
Setembro/2018.
1º Ambulatório de Atenção às
Condições Crônicas criado no
hospital regional de Santa
Maria
Nas demais regiões trabalho
com os AGAR
PLANIFICAÇÃO:
75 municípios diretamente ligados ao
projeto - mais de 3.000 profissionais
envolvidos
3 CRS
5 Regiões de Saúde
Planificação no RS
Inicia em 2015 como Planificação da
Atenção Primária
A equipe da Coordenação de Atenção Básica é
formada em ato e fica responsável pelo projeto na
SES;
Em 2016 ampliação do projeto para Planificação da Rede de Atenção à Saúde
• Articular e Integrar Departamentos na priorização do projeto
Grupo Condutor para Integração gradativa de equipes e operacionalização da Planificação:
Atenção Básica, Saúde da Mulher.
Integração de Departamentos: CEVS, Assistência Farmacêutica, DAHA, Assteplan;
• Organizar sistematicamente a Rede de Atenção: Necessidades em saúde - programação em saúde -
processo de trabalho das equipes - pontos de atenção.
Equipe Gestora da Planificação
Como (re)organizar processos de trabalho internos da SES: Nível Central e Coordenadorias Regionais de
Saúde - Qual a vocação do nível central e CRS na planificação?
CRS - “A Planificação vem trazer método para o trabalho de apoio aos municípios que a gente sempre
quis desenvolver”;
"Estas vivências têm nos levado a lugares, por vezes desconfortáveis, mas não queremos voltar ao ponto
de partida¹".
¹http://www.saude.rs.gov.br/carta-da-equipe-da-4-crs-entregue-a-equipe-da-planificacao-na-18-crs-em-osorio?fbclid=IwAR0xg-
JxhR4h1dEUyUhKLE7_tdHlnaBzivaWRSTnchLid2QPrGw09yQZYwE
Para os Estados que vão iniciar:
Necessidade de (re)apresentação da Proposta, com desafios de reformulação do Nível Central da SES para
trabalho em Rede:
- Alinhamento teórico/prático - Atribuições dos departamentos no processo;
- Método de trabalho;
- Apoio às CRS e aos municípios;
Políticas Prioritárias para o Estado
Definição de Políticas a serem implantadas e implementadas com o apoio do processo de Planificação:
Implantação das Linhas de Cuidado Materno-Paterno-Infantil (AGAR/Regionalização do Parto) e;
Atenção às Condições Crônicas – com ênfase em Diabetes Mellitus e Hipertensão Arterial;
Estabelecimento e divulgação de diretrizes para o Cuidado e Estratificação de Risco aprovadas em
CIB¹;
Produção de notas técnicas sobre atribuições da Atenção Básica (vacinação/ACS no combate a
dengue/TB);
Estabelecimento de Procedimento Operacionais Padrão (sala de vacinação).
Novas necessidades:
Manejo clínico - telessaúde; outros arranjos de matriciamento - articulação da Rede.
Estratificação - exames;
¹ Elaboradas com base nos Cadernos de Atenção Básica, Protocolos do Telessaúde e Ministério da Saúde entre outros;
Condições que favoreceram a implementação da
Planificação
• Apoio da equipe do CONASS – conduzindo/ensinando o processo e indicando para
gestão municipal e estadual necessidades de apoio para o desenvolvimento da
planificação;
• Fundamentação teórica e método no levantamento de necessidades, disponibilização de
ferramentas e plano de ação;
•
• Engajamento de integrantes das equipes (CONASS, Nível Central e Regionais da SES e
Municipais) que assumiram o processo desde o início e continuam comprometidos;
• Participação das Direções do Departamentos em reuniões estratégicas de alinhamento e
encaminhamentos;
• Baixo custo de implementação - viabilizando a continuidade;
• Motivação das equipes nas diferentes esferas;

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB na Paraíba - Secretaria Estadual de...
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB na Paraíba - Secretaria Estadual de...Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB na Paraíba - Secretaria Estadual de...
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB na Paraíba - Secretaria Estadual de...comunidadedepraticas
 
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Bauru-SP - Secretaria Municipal ...
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Bauru-SP - Secretaria Municipal ...Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Bauru-SP - Secretaria Municipal ...
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Bauru-SP - Secretaria Municipal ...comunidadedepraticas
 
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Caxias-MA - Secretaria Municipal...
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Caxias-MA - Secretaria Municipal...Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Caxias-MA - Secretaria Municipal...
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Caxias-MA - Secretaria Municipal...comunidadedepraticas
 

Mais procurados (20)

Apresentação Centro Colaborador
Apresentação Centro ColaboradorApresentação Centro Colaborador
Apresentação Centro Colaborador
 
Planejamento Regional Integrado
Planejamento Regional IntegradoPlanejamento Regional Integrado
Planejamento Regional Integrado
 
Da adesão aos resultados esperados no PlanificaSUS: um olhar sobre a importân...
Da adesão aos resultados esperados no PlanificaSUS: um olhar sobre a importân...Da adesão aos resultados esperados no PlanificaSUS: um olhar sobre a importân...
Da adesão aos resultados esperados no PlanificaSUS: um olhar sobre a importân...
 
A Política de Atenção Primária à Saúde em Minas Gerais
A Política de Atenção Primária à Saúde em Minas GeraisA Política de Atenção Primária à Saúde em Minas Gerais
A Política de Atenção Primária à Saúde em Minas Gerais
 
O Programa Saúde em Casa e a Diretoria de Estrutura de Atenção Primária à Saúde
O Programa Saúde em Casa e a Diretoria de Estrutura de Atenção Primária à SaúdeO Programa Saúde em Casa e a Diretoria de Estrutura de Atenção Primária à Saúde
O Programa Saúde em Casa e a Diretoria de Estrutura de Atenção Primária à Saúde
 
Pnh junho 13
Pnh junho 13Pnh junho 13
Pnh junho 13
 
Guia do Pré-Natal na Atenção Básica: a Planificação da Atenção à Saúde como E...
Guia do Pré-Natal na Atenção Básica: a Planificação da Atenção à Saúde como E...Guia do Pré-Natal na Atenção Básica: a Planificação da Atenção à Saúde como E...
Guia do Pré-Natal na Atenção Básica: a Planificação da Atenção à Saúde como E...
 
Planificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúde
Planificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúdePlanificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúde
Planificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúde
 
O programa Saúde em Casa_Lisiane Davila
O programa Saúde em Casa_Lisiane DavilaO programa Saúde em Casa_Lisiane Davila
O programa Saúde em Casa_Lisiane Davila
 
Rede Cuidar: A gestão da condição em saúde da população com hipertensão e dia...
Rede Cuidar: A gestão da condição em saúde da população com hipertensão e dia...Rede Cuidar: A gestão da condição em saúde da população com hipertensão e dia...
Rede Cuidar: A gestão da condição em saúde da população com hipertensão e dia...
 
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB na Paraíba - Secretaria Estadual de...
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB na Paraíba - Secretaria Estadual de...Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB na Paraíba - Secretaria Estadual de...
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB na Paraíba - Secretaria Estadual de...
 
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Bauru-SP - Secretaria Municipal ...
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Bauru-SP - Secretaria Municipal ...Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Bauru-SP - Secretaria Municipal ...
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Bauru-SP - Secretaria Municipal ...
 
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Caxias-MA - Secretaria Municipal...
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Caxias-MA - Secretaria Municipal...Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Caxias-MA - Secretaria Municipal...
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Caxias-MA - Secretaria Municipal...
 
Atenção Especializada no Paraná
Atenção Especializada no ParanáAtenção Especializada no Paraná
Atenção Especializada no Paraná
 
Modelo de Atenção às Condições Crônicas no Paraná
Modelo de Atenção às Condições Crônicas no ParanáModelo de Atenção às Condições Crônicas no Paraná
Modelo de Atenção às Condições Crônicas no Paraná
 
Maternidade Balbina Mestrinho
Maternidade Balbina MestrinhoMaternidade Balbina Mestrinho
Maternidade Balbina Mestrinho
 
Experiências - Escola de Saúde Pública do PR
Experiências  - Escola de Saúde Pública do PRExperiências  - Escola de Saúde Pública do PR
Experiências - Escola de Saúde Pública do PR
 
Melhorias na Unidade Laboratório do município de Pimenta Bueno/RO após a plan...
Melhorias na Unidade Laboratório do município de Pimenta Bueno/RO após a plan...Melhorias na Unidade Laboratório do município de Pimenta Bueno/RO após a plan...
Melhorias na Unidade Laboratório do município de Pimenta Bueno/RO após a plan...
 
Iniciativas de Educação à Distância da Escola Municipal d…
Iniciativas de Educação à Distância da Escola Municipal d…Iniciativas de Educação à Distância da Escola Municipal d…
Iniciativas de Educação à Distância da Escola Municipal d…
 
Plataforma de Modernização da Saúde
Plataforma de Modernização da SaúdePlataforma de Modernização da Saúde
Plataforma de Modernização da Saúde
 

Semelhante a O papel da Gestão Estadual no processo de expansão da Planificação da Atenção à Saúde

Por uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Alzira Jorge
Por uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Alzira JorgePor uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Alzira Jorge
Por uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Alzira Jorgecomunidadedepraticas
 
PMAQ Oficina BA
PMAQ Oficina BAPMAQ Oficina BA
PMAQ Oficina BAtmunicipal
 
Trabalho plano municipal
Trabalho plano municipalTrabalho plano municipal
Trabalho plano municipalBi_Oliveira
 
ESTRATÉGIA DE SAUDE INVEST - RAFAEL COSTA.pptx
ESTRATÉGIA DE SAUDE INVEST - RAFAEL COSTA.pptxESTRATÉGIA DE SAUDE INVEST - RAFAEL COSTA.pptx
ESTRATÉGIA DE SAUDE INVEST - RAFAEL COSTA.pptxRAFAEL COSTA
 
21 portaria 1886_de_18_12_1997
21 portaria 1886_de_18_12_199721 portaria 1886_de_18_12_1997
21 portaria 1886_de_18_12_1997Alinebrauna Brauna
 
Especialização em Saúde da Família UNA - SUS
Especialização em Saúde da Família UNA - SUSEspecialização em Saúde da Família UNA - SUS
Especialização em Saúde da Família UNA - SUSSebástian Freire
 
Orientações para cadastro das PICs nos sistemas de informação do ms
Orientações para cadastro das PICs nos sistemas de informação do msOrientações para cadastro das PICs nos sistemas de informação do ms
Orientações para cadastro das PICs nos sistemas de informação do mscomunidadedepraticas
 
ESTAGIO ENFERMAGEM I.pdf
ESTAGIO ENFERMAGEM I.pdfESTAGIO ENFERMAGEM I.pdf
ESTAGIO ENFERMAGEM I.pdfArlenoFavacho2
 
CRAS que temos CRAS que queremos
CRAS que temos CRAS que queremosCRAS que temos CRAS que queremos
CRAS que temos CRAS que queremosCras Macatuba
 
Cras que temos cras que queremos
Cras que temos cras que queremosCras que temos cras que queremos
Cras que temos cras que queremosRosane Domingues
 
Cras que temos_cras_que_queremos-1
Cras que temos_cras_que_queremos-1Cras que temos_cras_que_queremos-1
Cras que temos_cras_que_queremos-1NandaTome
 

Semelhante a O papel da Gestão Estadual no processo de expansão da Planificação da Atenção à Saúde (20)

Por uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Alzira Jorge
Por uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Alzira JorgePor uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Alzira Jorge
Por uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Alzira Jorge
 
Planejamento das ações dos planos de crônicas nos estados – Atenção X Vigilância
Planejamento das ações dos planos de crônicas nos estados – Atenção X VigilânciaPlanejamento das ações dos planos de crônicas nos estados – Atenção X Vigilância
Planejamento das ações dos planos de crônicas nos estados – Atenção X Vigilância
 
PMAQ Oficina BA
PMAQ Oficina BAPMAQ Oficina BA
PMAQ Oficina BA
 
Trabalho plano municipal
Trabalho plano municipalTrabalho plano municipal
Trabalho plano municipal
 
A ORGANIZAÇÃO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE: A EXPERIÊNCIA DE FORTALEZA
A ORGANIZAÇÃO  DA  ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE:  A EXPERIÊNCIA DE FORTALEZAA ORGANIZAÇÃO  DA  ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE:  A EXPERIÊNCIA DE FORTALEZA
A ORGANIZAÇÃO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE: A EXPERIÊNCIA DE FORTALEZA
 
ESTRATÉGIA DE SAUDE INVEST - RAFAEL COSTA.pptx
ESTRATÉGIA DE SAUDE INVEST - RAFAEL COSTA.pptxESTRATÉGIA DE SAUDE INVEST - RAFAEL COSTA.pptx
ESTRATÉGIA DE SAUDE INVEST - RAFAEL COSTA.pptx
 
21 portaria 1886_de_18_12_1997
21 portaria 1886_de_18_12_199721 portaria 1886_de_18_12_1997
21 portaria 1886_de_18_12_1997
 
E88d01a6ec4f4d6b5f0c40ea5eb5d304
E88d01a6ec4f4d6b5f0c40ea5eb5d304E88d01a6ec4f4d6b5f0c40ea5eb5d304
E88d01a6ec4f4d6b5f0c40ea5eb5d304
 
Especialização em Saúde da Família UNA - SUS
Especialização em Saúde da Família UNA - SUSEspecialização em Saúde da Família UNA - SUS
Especialização em Saúde da Família UNA - SUS
 
Unidade14
Unidade14Unidade14
Unidade14
 
Orientações para cadastro das PICs nos sistemas de informação do ms
Orientações para cadastro das PICs nos sistemas de informação do msOrientações para cadastro das PICs nos sistemas de informação do ms
Orientações para cadastro das PICs nos sistemas de informação do ms
 
7. CONASS Debate - PPT Governança da Rede Mãe Paranaense
7. CONASS Debate - PPT Governança da Rede Mãe Paranaense7. CONASS Debate - PPT Governança da Rede Mãe Paranaense
7. CONASS Debate - PPT Governança da Rede Mãe Paranaense
 
ESTAGIO ENFERMAGEM I.pdf
ESTAGIO ENFERMAGEM I.pdfESTAGIO ENFERMAGEM I.pdf
ESTAGIO ENFERMAGEM I.pdf
 
Cadastramento e-SUS
Cadastramento e-SUSCadastramento e-SUS
Cadastramento e-SUS
 
Qualifica SUS - DF / Brasília Saudável
Qualifica SUS - DF / Brasília SaudávelQualifica SUS - DF / Brasília Saudável
Qualifica SUS - DF / Brasília Saudável
 
Principios e diretrizes
Principios e diretrizesPrincipios e diretrizes
Principios e diretrizes
 
Aula residencia hrms
Aula residencia hrmsAula residencia hrms
Aula residencia hrms
 
CRAS que temos CRAS que queremos
CRAS que temos CRAS que queremosCRAS que temos CRAS que queremos
CRAS que temos CRAS que queremos
 
Cras que temos cras que queremos
Cras que temos cras que queremosCras que temos cras que queremos
Cras que temos cras que queremos
 
Cras que temos_cras_que_queremos-1
Cras que temos_cras_que_queremos-1Cras que temos_cras_que_queremos-1
Cras que temos_cras_que_queremos-1
 

Mais de Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS

Mais de Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS (20)

Modelo de Distanciamento Controlado - Rio Grande do Sul
Modelo de Distanciamento Controlado - Rio Grande do SulModelo de Distanciamento Controlado - Rio Grande do Sul
Modelo de Distanciamento Controlado - Rio Grande do Sul
 
O enfrentamento da Covid-19 pela Atenção Primária à Saúde em Uberlândia, Mina...
O enfrentamento da Covid-19 pela Atenção Primária à Saúde em Uberlândia, Mina...O enfrentamento da Covid-19 pela Atenção Primária à Saúde em Uberlândia, Mina...
O enfrentamento da Covid-19 pela Atenção Primária à Saúde em Uberlândia, Mina...
 
Banners – II Seminário da Planificação da Atenção à Saúde
Banners – II Seminário da Planificação da Atenção à SaúdeBanners – II Seminário da Planificação da Atenção à Saúde
Banners – II Seminário da Planificação da Atenção à Saúde
 
A introdução de novas tecnologias para o manejo das condições crônicas na UBS...
A introdução de novas tecnologias para o manejo das condições crônicas na UBS...A introdução de novas tecnologias para o manejo das condições crônicas na UBS...
A introdução de novas tecnologias para o manejo das condições crônicas na UBS...
 
PIMENTEIRAS DO OESTE - RO
PIMENTEIRAS DO OESTE - ROPIMENTEIRAS DO OESTE - RO
PIMENTEIRAS DO OESTE - RO
 
CHECKLIST DA IMUNIZAÇÃO: um instrumento de melhoria e monitoramento do proces...
CHECKLIST DA IMUNIZAÇÃO: um instrumento de melhoria e monitoramento do proces...CHECKLIST DA IMUNIZAÇÃO: um instrumento de melhoria e monitoramento do proces...
CHECKLIST DA IMUNIZAÇÃO: um instrumento de melhoria e monitoramento do proces...
 
INCORPORAÇÃO DE ESTRATÉGIAS INOVADORAS NO PROCESSO DE PLANIFICAÇÃO DA ATENÇÃO...
INCORPORAÇÃO DE ESTRATÉGIAS INOVADORAS NO PROCESSO DE PLANIFICAÇÃO DA ATENÇÃO...INCORPORAÇÃO DE ESTRATÉGIAS INOVADORAS NO PROCESSO DE PLANIFICAÇÃO DA ATENÇÃO...
INCORPORAÇÃO DE ESTRATÉGIAS INOVADORAS NO PROCESSO DE PLANIFICAÇÃO DA ATENÇÃO...
 
Jornada Interdisciplinar em Diabetes, Obesidade e Hipertensão
Jornada Interdisciplinar em Diabetes, Obesidade e HipertensãoJornada Interdisciplinar em Diabetes, Obesidade e Hipertensão
Jornada Interdisciplinar em Diabetes, Obesidade e Hipertensão
 
A Segurança do Paciente na Construção Social da APS
A Segurança do Paciente na Construção Social da APSA Segurança do Paciente na Construção Social da APS
A Segurança do Paciente na Construção Social da APS
 
Estratégias de Melhoria no Processo de Planificação da Região Leste do DF
Estratégias de Melhoria no Processo de Planificação da Região Leste do DFEstratégias de Melhoria no Processo de Planificação da Região Leste do DF
Estratégias de Melhoria no Processo de Planificação da Região Leste do DF
 
Cuidados Paliativos no contexto do avanço das condições crônicas
Cuidados Paliativos no contexto do avanço das condições crônicasCuidados Paliativos no contexto do avanço das condições crônicas
Cuidados Paliativos no contexto do avanço das condições crônicas
 
Sala de Situação Regional de Saúde Sudoeste I
Sala de Situação  Regional de Saúde  Sudoeste I Sala de Situação  Regional de Saúde  Sudoeste I
Sala de Situação Regional de Saúde Sudoeste I
 
Por um cuidado certo - Sociedade Brasileira de Diabetes
Por um cuidado certo - Sociedade Brasileira de DiabetesPor um cuidado certo - Sociedade Brasileira de Diabetes
Por um cuidado certo - Sociedade Brasileira de Diabetes
 
O pediatra e sua presença na Assistência no Brasil
O pediatra e sua presença na Assistência no BrasilO pediatra e sua presença na Assistência no Brasil
O pediatra e sua presença na Assistência no Brasil
 
Notas Técnicas para Organização das Redes de Atenção à Saúde
Notas Técnicas para Organização das Redes de Atenção à SaúdeNotas Técnicas para Organização das Redes de Atenção à Saúde
Notas Técnicas para Organização das Redes de Atenção à Saúde
 
Ministério Público em Defesa da APS
Ministério Público em Defesa da APSMinistério Público em Defesa da APS
Ministério Público em Defesa da APS
 
II Seminário da Planificação da Atenção à Saúde: “Desafios do SUS e a Planifi...
II Seminário da Planificação da Atenção à Saúde: “Desafios do SUS e a Planifi...II Seminário da Planificação da Atenção à Saúde: “Desafios do SUS e a Planifi...
II Seminário da Planificação da Atenção à Saúde: “Desafios do SUS e a Planifi...
 
Usuário do SUS: as primeiras evidências
Usuário do SUS: as primeiras evidênciasUsuário do SUS: as primeiras evidências
Usuário do SUS: as primeiras evidências
 
Desafios do SUS
Desafios do SUS Desafios do SUS
Desafios do SUS
 
Perspectivas da Associação Médica Brasileira
Perspectivas da Associação Médica Brasileira Perspectivas da Associação Médica Brasileira
Perspectivas da Associação Médica Brasileira
 

Último

emagrecimento rápido
emagrecimento rápido emagrecimento rápido
emagrecimento rápido ronyportela00
 
A FÓRMULA NATURAL PARA FIOS MAIS FORTES
A FÓRMULA NATURAL PARA FIOS MAIS FORTESA FÓRMULA NATURAL PARA FIOS MAIS FORTES
A FÓRMULA NATURAL PARA FIOS MAIS FORTESrafinhalucasfeitosa
 
Equilibrando Carreira e Emagrecimento: um guia prático para profissionais ata...
Equilibrando Carreira e Emagrecimento: um guia prático para profissionais ata...Equilibrando Carreira e Emagrecimento: um guia prático para profissionais ata...
Equilibrando Carreira e Emagrecimento: um guia prático para profissionais ata...MelissaArlinda
 
Encontrando o equilíbrio: um guia para mulheres acima dos 40 na busca por um ...
Encontrando o equilíbrio: um guia para mulheres acima dos 40 na busca por um ...Encontrando o equilíbrio: um guia para mulheres acima dos 40 na busca por um ...
Encontrando o equilíbrio: um guia para mulheres acima dos 40 na busca por um ...viviane30gsa
 
Emagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultados
Emagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultadosEmagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultados
Emagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultadosAna Clara
 
Desbloqueando o Poder da Mentalidade Vencedora: Seu Guia para o Sucesso na Pe...
Desbloqueando o Poder da Mentalidade Vencedora: Seu Guia para o Sucesso na Pe...Desbloqueando o Poder da Mentalidade Vencedora: Seu Guia para o Sucesso na Pe...
Desbloqueando o Poder da Mentalidade Vencedora: Seu Guia para o Sucesso na Pe...celyarisio
 
EMAGRECIMENTO SAUDÁVEL
EMAGRECIMENTO SAUDÁVELEMAGRECIMENTO SAUDÁVEL
EMAGRECIMENTO SAUDÁVELbella04santtos
 
Transforme seu Corpo em 30 Dias: Desafio de Emagrecimento
Transforme seu Corpo em 30 Dias: Desafio de EmagrecimentoTransforme seu Corpo em 30 Dias: Desafio de Emagrecimento
Transforme seu Corpo em 30 Dias: Desafio de Emagrecimentocintiarodrigues99609
 
Desafio 7 dias Queime gordura de forma natural
Desafio 7 dias Queime gordura de forma naturalDesafio 7 dias Queime gordura de forma natural
Desafio 7 dias Queime gordura de forma naturalpamelynhaa21girl
 
Desmistificando a Perda de Peso:Um Guia para Alcançar Sucesso Duradouro
Desmistificando a Perda de Peso:Um Guia para Alcançar Sucesso DuradouroDesmistificando a Perda de Peso:Um Guia para Alcançar Sucesso Duradouro
Desmistificando a Perda de Peso:Um Guia para Alcançar Sucesso Duradouromabarbosaoficial
 
Hidratação Magnética.Uma jornada para uma vida mais saudável e Vibrante
Hidratação Magnética.Uma jornada para uma vida mais saudável e VibranteHidratação Magnética.Uma jornada para uma vida mais saudável e Vibrante
Hidratação Magnética.Uma jornada para uma vida mais saudável e Vibrantecleidesofiamary
 
Emagrecimento Gourmet: Desfrutando a Jornada para uma Vida Mais Saudável e Sa...
Emagrecimento Gourmet: Desfrutando a Jornada para uma Vida Mais Saudável e Sa...Emagrecimento Gourmet: Desfrutando a Jornada para uma Vida Mais Saudável e Sa...
Emagrecimento Gourmet: Desfrutando a Jornada para uma Vida Mais Saudável e Sa...sergioforbeck
 
Desvendando os Mistérios da Prevenção de Rugas e Linhas Finas:
Desvendando os Mistérios da Prevenção de Rugas e Linhas Finas:Desvendando os Mistérios da Prevenção de Rugas e Linhas Finas:
Desvendando os Mistérios da Prevenção de Rugas e Linhas Finas:murgarcia20
 
Desvendando a Rosácea
Desvendando a RosáceaDesvendando a Rosácea
Desvendando a RosáceaBeleza em Foco
 
Aula 1. Introdução a Epidemiologia Veterinária.pptx
Aula 1. Introdução a Epidemiologia Veterinária.pptxAula 1. Introdução a Epidemiologia Veterinária.pptx
Aula 1. Introdução a Epidemiologia Veterinária.pptxchrislannebmc
 
Emagrecimento de forma saudável sem perder o paladar.
Emagrecimento de forma saudável sem perder o paladar.Emagrecimento de forma saudável sem perder o paladar.
Emagrecimento de forma saudável sem perder o paladar.psacolaspersonalizad
 
Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!
Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!
Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!Irapoan Dantas
 
Desfrute da Menopausa_ Descubra o Alívio dos Sintomas com Suplementos e Ervas...
Desfrute da Menopausa_ Descubra o Alívio dos Sintomas com Suplementos e Ervas...Desfrute da Menopausa_ Descubra o Alívio dos Sintomas com Suplementos e Ervas...
Desfrute da Menopausa_ Descubra o Alívio dos Sintomas com Suplementos e Ervas...metamorfosemorais
 
Emagrecimento saudavel e boa alimentação
Emagrecimento saudavel e boa alimentaçãoEmagrecimento saudavel e boa alimentação
Emagrecimento saudavel e boa alimentaçãocharlessilveiraadm
 

Último (20)

emagrecimento rápido
emagrecimento rápido emagrecimento rápido
emagrecimento rápido
 
A FÓRMULA NATURAL PARA FIOS MAIS FORTES
A FÓRMULA NATURAL PARA FIOS MAIS FORTESA FÓRMULA NATURAL PARA FIOS MAIS FORTES
A FÓRMULA NATURAL PARA FIOS MAIS FORTES
 
Equilibrando Carreira e Emagrecimento: um guia prático para profissionais ata...
Equilibrando Carreira e Emagrecimento: um guia prático para profissionais ata...Equilibrando Carreira e Emagrecimento: um guia prático para profissionais ata...
Equilibrando Carreira e Emagrecimento: um guia prático para profissionais ata...
 
Encontrando o equilíbrio: um guia para mulheres acima dos 40 na busca por um ...
Encontrando o equilíbrio: um guia para mulheres acima dos 40 na busca por um ...Encontrando o equilíbrio: um guia para mulheres acima dos 40 na busca por um ...
Encontrando o equilíbrio: um guia para mulheres acima dos 40 na busca por um ...
 
Emagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultados
Emagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultadosEmagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultados
Emagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultados
 
Desbloqueando o Poder da Mentalidade Vencedora: Seu Guia para o Sucesso na Pe...
Desbloqueando o Poder da Mentalidade Vencedora: Seu Guia para o Sucesso na Pe...Desbloqueando o Poder da Mentalidade Vencedora: Seu Guia para o Sucesso na Pe...
Desbloqueando o Poder da Mentalidade Vencedora: Seu Guia para o Sucesso na Pe...
 
EMAGRECIMENTO SAUDÁVEL
EMAGRECIMENTO SAUDÁVELEMAGRECIMENTO SAUDÁVEL
EMAGRECIMENTO SAUDÁVEL
 
Transforme seu Corpo em 30 Dias: Desafio de Emagrecimento
Transforme seu Corpo em 30 Dias: Desafio de EmagrecimentoTransforme seu Corpo em 30 Dias: Desafio de Emagrecimento
Transforme seu Corpo em 30 Dias: Desafio de Emagrecimento
 
Desafio 7 dias Queime gordura de forma natural
Desafio 7 dias Queime gordura de forma naturalDesafio 7 dias Queime gordura de forma natural
Desafio 7 dias Queime gordura de forma natural
 
Desmistificando a Perda de Peso:Um Guia para Alcançar Sucesso Duradouro
Desmistificando a Perda de Peso:Um Guia para Alcançar Sucesso DuradouroDesmistificando a Perda de Peso:Um Guia para Alcançar Sucesso Duradouro
Desmistificando a Perda de Peso:Um Guia para Alcançar Sucesso Duradouro
 
Hidratação Magnética.Uma jornada para uma vida mais saudável e Vibrante
Hidratação Magnética.Uma jornada para uma vida mais saudável e VibranteHidratação Magnética.Uma jornada para uma vida mais saudável e Vibrante
Hidratação Magnética.Uma jornada para uma vida mais saudável e Vibrante
 
Emagrecimento Gourmet: Desfrutando a Jornada para uma Vida Mais Saudável e Sa...
Emagrecimento Gourmet: Desfrutando a Jornada para uma Vida Mais Saudável e Sa...Emagrecimento Gourmet: Desfrutando a Jornada para uma Vida Mais Saudável e Sa...
Emagrecimento Gourmet: Desfrutando a Jornada para uma Vida Mais Saudável e Sa...
 
Orlistat Caps
Orlistat CapsOrlistat Caps
Orlistat Caps
 
Desvendando os Mistérios da Prevenção de Rugas e Linhas Finas:
Desvendando os Mistérios da Prevenção de Rugas e Linhas Finas:Desvendando os Mistérios da Prevenção de Rugas e Linhas Finas:
Desvendando os Mistérios da Prevenção de Rugas e Linhas Finas:
 
Desvendando a Rosácea
Desvendando a RosáceaDesvendando a Rosácea
Desvendando a Rosácea
 
Aula 1. Introdução a Epidemiologia Veterinária.pptx
Aula 1. Introdução a Epidemiologia Veterinária.pptxAula 1. Introdução a Epidemiologia Veterinária.pptx
Aula 1. Introdução a Epidemiologia Veterinária.pptx
 
Emagrecimento de forma saudável sem perder o paladar.
Emagrecimento de forma saudável sem perder o paladar.Emagrecimento de forma saudável sem perder o paladar.
Emagrecimento de forma saudável sem perder o paladar.
 
Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!
Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!
Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!
 
Desfrute da Menopausa_ Descubra o Alívio dos Sintomas com Suplementos e Ervas...
Desfrute da Menopausa_ Descubra o Alívio dos Sintomas com Suplementos e Ervas...Desfrute da Menopausa_ Descubra o Alívio dos Sintomas com Suplementos e Ervas...
Desfrute da Menopausa_ Descubra o Alívio dos Sintomas com Suplementos e Ervas...
 
Emagrecimento saudavel e boa alimentação
Emagrecimento saudavel e boa alimentaçãoEmagrecimento saudavel e boa alimentação
Emagrecimento saudavel e boa alimentação
 

O papel da Gestão Estadual no processo de expansão da Planificação da Atenção à Saúde

  • 1. O papel da Gestão Estadual na Planificação da Atenção à Saúde Coordenação Estadual de Atenção Básica do Rio Grande do Sul
  • 2. SECRETARIA ESTADUAL DA SAÚDE População RS = 11.286.500 (2016) 497 municípios; 19 Coordenadorias Regionais de Saúde (CRS); 30 Regiões de Saúde O estado do RIO GRANDE DO SUL tem cobertura de Estratégia Saúde da Família de 60% e 75% de AB em Setembro/2018. 1º Ambulatório de Atenção às Condições Crônicas criado no hospital regional de Santa Maria Nas demais regiões trabalho com os AGAR PLANIFICAÇÃO: 75 municípios diretamente ligados ao projeto - mais de 3.000 profissionais envolvidos 3 CRS 5 Regiões de Saúde
  • 3. Planificação no RS Inicia em 2015 como Planificação da Atenção Primária A equipe da Coordenação de Atenção Básica é formada em ato e fica responsável pelo projeto na SES; Em 2016 ampliação do projeto para Planificação da Rede de Atenção à Saúde • Articular e Integrar Departamentos na priorização do projeto Grupo Condutor para Integração gradativa de equipes e operacionalização da Planificação: Atenção Básica, Saúde da Mulher. Integração de Departamentos: CEVS, Assistência Farmacêutica, DAHA, Assteplan; • Organizar sistematicamente a Rede de Atenção: Necessidades em saúde - programação em saúde - processo de trabalho das equipes - pontos de atenção.
  • 4. Equipe Gestora da Planificação Como (re)organizar processos de trabalho internos da SES: Nível Central e Coordenadorias Regionais de Saúde - Qual a vocação do nível central e CRS na planificação? CRS - “A Planificação vem trazer método para o trabalho de apoio aos municípios que a gente sempre quis desenvolver”; "Estas vivências têm nos levado a lugares, por vezes desconfortáveis, mas não queremos voltar ao ponto de partida¹". ¹http://www.saude.rs.gov.br/carta-da-equipe-da-4-crs-entregue-a-equipe-da-planificacao-na-18-crs-em-osorio?fbclid=IwAR0xg- JxhR4h1dEUyUhKLE7_tdHlnaBzivaWRSTnchLid2QPrGw09yQZYwE Para os Estados que vão iniciar: Necessidade de (re)apresentação da Proposta, com desafios de reformulação do Nível Central da SES para trabalho em Rede: - Alinhamento teórico/prático - Atribuições dos departamentos no processo; - Método de trabalho; - Apoio às CRS e aos municípios;
  • 5. Políticas Prioritárias para o Estado Definição de Políticas a serem implantadas e implementadas com o apoio do processo de Planificação: Implantação das Linhas de Cuidado Materno-Paterno-Infantil (AGAR/Regionalização do Parto) e; Atenção às Condições Crônicas – com ênfase em Diabetes Mellitus e Hipertensão Arterial; Estabelecimento e divulgação de diretrizes para o Cuidado e Estratificação de Risco aprovadas em CIB¹; Produção de notas técnicas sobre atribuições da Atenção Básica (vacinação/ACS no combate a dengue/TB); Estabelecimento de Procedimento Operacionais Padrão (sala de vacinação). Novas necessidades: Manejo clínico - telessaúde; outros arranjos de matriciamento - articulação da Rede. Estratificação - exames; ¹ Elaboradas com base nos Cadernos de Atenção Básica, Protocolos do Telessaúde e Ministério da Saúde entre outros;
  • 6. Condições que favoreceram a implementação da Planificação • Apoio da equipe do CONASS – conduzindo/ensinando o processo e indicando para gestão municipal e estadual necessidades de apoio para o desenvolvimento da planificação; • Fundamentação teórica e método no levantamento de necessidades, disponibilização de ferramentas e plano de ação; • • Engajamento de integrantes das equipes (CONASS, Nível Central e Regionais da SES e Municipais) que assumiram o processo desde o início e continuam comprometidos; • Participação das Direções do Departamentos em reuniões estratégicas de alinhamento e encaminhamentos; • Baixo custo de implementação - viabilizando a continuidade; • Motivação das equipes nas diferentes esferas;
  • 7. Desafios • Como potencializar o trabalho integrado do nível central na Planificação? • Como ampliar o Processo de Planificação para as demais Regiões de Saúde? • Como ampliar o processo de tutoria nos Municípios? • Quais as estratégias para manter a educação permanente da Rede? • Como a Planificação da Rede de Atenção vira um projeto prioritário da sociedade?
  • 8. A Planificação desafia a SES para novas conformações que superem departamentos e processos fragmentados, convocando para a reorientação do trabalho com base no território, nas necessidades de apoio dos municípios e organização regional.
  • 9. Frutos Estado • Integração e participação de diversos setores da SES - áreas técnicas mais articuladas; • Projeto de apoio mais integrado e articulado com a necessidade do território; • Reavaliação das estruturas de AGAR; • Abertura do primeiro ambulatório de especialidade as condições Crônicas Municípios • Qualificação do processo de trabalho das equipes: superação do modelo de fichas, instituição de acolhimento, classificação e estratificação de risco. • Notas Técnicas de estratificação de Risco para pré-natal, DM, HAS; • POPs e notas técnicas; Ampliação do modelo e escopo do projeto passando da Atenção Primária à Saúde para planificação da atenção à Saúde; Construção de redes de relações profissionais que garantam o cuidado continuado do usuário, integrando os diferentes níveis de atenção ; 0
  • 10. O que tem sido o papel da Gestão Estadual na Planificação da Atenção à Saúde • Elaboração de diretrizes para o Cuidado e Estratificação de Risco (em formato de nota técnica) com base nos Cadernos de Atenção Básica, Protocolos do Telessaúde e Ministério da Saúde, Portaria de parâmetros 1631 de 2015, entre outros; • Definição de rol de exames conforme condição e apoio na organização das referências regionais; • Apresentação e pactuação destas diretrizes em CIB; • Apoio institucional aos municípios na qualificação da Rede de Atenção; • Articulação da Rede para Matriciamento e Qualificação dos profissionais a partir de demandas das equipes nos processos de tutoria; • Estruturação da Rede de Serviços, atentando a organização regional - apoiando o desenvolvimento de fluxos e acessos;
  • 11. Site
  • 14. Obrigada! Raíssa Barbieri Ballejo Canto Coordenação Estadual de Atenção Básica - SES/RS atencaobasica-esf@saude.rs.gov.br (51) 32885904/5905