SÍNDROME METABÓLICA, HORMÔNIO DE CRESCIMENTO 
( INFANTIL, JUVENIL E ADULTOS), OBESIDADE (CONTROLADA, DESCONTROLADA, INTRA-...
corporal (IMC) pode ser útil para avaliar outros riscos, tal como as complicações ortopédicas, que os obesos (sobrepeso, o...
Dra Henriqueta V.Caio Endocrinologia e Medicina Interna CRM 28930 
Como Saber Mais: 
1. O que é obesidade controlada... ht...
Site Van Der Häägen Brazil www.vanderhaagenbrazil.com.br www.clinicavanderhaagen.com.br www.crescimentoinfoco.com www.obes...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

SÍNDROME METABÓLICA, HORMÔNIO DE CRESCIMENTO ( INFANTIL, JUVENIL E ADULTOS), OBESIDADE (CONTROLADA, DESCONTROLADA, INTRA-ABDOMINAL, INFANTIL, INTRA-VISCERAL, CENTRAL), GORDURA INTRA - ABDOMINAL

442 visualizações

Publicada em

Foi avaliado, se os médicos deveriam substituir o índice de massa corporal (IMC), pelo da relação cintura-quadril (CQ), para avaliar os riscos cardiovasculares a que os obesos (sobrepeso, obesidade abdominal, obesidade central, obesidade visceral, síndrome metabólica, dificuldade de perder peso) estão sujeitos, mas que o índice de massa corporal (IMC) pode ser útil para avaliar outros riscos, tal como as complicações ortopédicas, que os obesos (sobrepeso, obesidade abdominal, obesidade central, obesidade visceral, síndrome metabólica, dificuldade de perder peso) podem sofrer.

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

SÍNDROME METABÓLICA, HORMÔNIO DE CRESCIMENTO ( INFANTIL, JUVENIL E ADULTOS), OBESIDADE (CONTROLADA, DESCONTROLADA, INTRA-ABDOMINAL, INFANTIL, INTRA-VISCERAL, CENTRAL), GORDURA INTRA - ABDOMINAL

  1. 1. SÍNDROME METABÓLICA, HORMÔNIO DE CRESCIMENTO ( INFANTIL, JUVENIL E ADULTOS), OBESIDADE (CONTROLADA, DESCONTROLADA, INTRA-ABDOMINAL, INFANTIL, INTRA-VISCERAL, CENTRAL), GORDURA INTRA -ABDOMINAL. PARA DETERMINAR O NÍVEL DE RISCO CARDIOVASCULAR NOS OBESOS A RELAÇÃO CINTURA-QUADRIL (CQ) É MAIS EFICAZ DO QUE O ÍNDICE DE MASSA CORPORAL (IMC). Os riscos cardíacos previstos para os obesos: (sobrepeso, obesidade abdominal, obesidade central, obesidade visceral, síndrome metabólica, dificuldade de perder peso), são melhor avaliados através da relação cintura-quadril (CQ) do que através do índice de massa corporal (IMC), é o que mostra uma nova pesquisa. Foi avaliado, se os médicos deveriam substituir o índice de massa corporal (IMC), pelo da relação cintura-quadril (CQ), para avaliar os riscos cardiovasculares a que os obesos (sobrepeso, obesidade abdominal, obesidade central, obesidade visceral, síndrome metabólica, dificuldade de perder peso) estão sujeitos, mas que o índice de massa
  2. 2. corporal (IMC) pode ser útil para avaliar outros riscos, tal como as complicações ortopédicas, que os obesos (sobrepeso, obesidade abdominal, obesidade central, obesidade visceral, síndrome metabólica, dificuldade de perder peso) podem sofrer. Os pesquisadores fizeram avaliações de estudos, que fez o acompanhamento de 10.652 pacientes durante 3 a 8 anos e estes resultados foram relatados em 3 de fevereiro de 2010. No geral, 620 pessoas morreram durante este período, sendo 181 mortes atribuídas a causas cardiovasculares e 325 pessoas atingiram o ápice composto de acidente vascular cerebral (AVC-derrame), ataque cardíaco ou morte por problema cardiovascular. Nos pacientes pesquisados, a melhor avaliação de morte prematura, como por morte por problema cardiovascular e pela combinação de vários fatores, foi através da relação cintura-quadril (CQ). Os resultados foram semelhantes quando os pacientes foram divididos por sexo e idade. AUTORES PROSPECTIVOS Dr. João Santos Caio Jr Endocrinologista e Neuroendocrinologista CRM: 20611
  3. 3. Dra Henriqueta V.Caio Endocrinologia e Medicina Interna CRM 28930 Como Saber Mais: 1. O que é obesidade controlada... http://obesidadecontrolada3.blogspot.com/ 2. O que é obesidade descontrolada... http://obesidadedescontrolada1.blogspot.com/ 3. A obesidade central é a mais grave... http://www.vanderhaagenbrazil.com.br/ Referências Bibliográficas: Da Reuters Health Information Por Dave Levitan Dr. Harald J Schneider da Universidade Ludwig-Maximilians, em Munique, na Alemanha Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism.- 2010 Dr. Cora E. Lewis, da Divisão de Medicina Preventiva da Universidade de Alabama em Birmingham, National Heart, Lung and Blood Institute's. Contato: Fones: 55 11 5087-4404 ou 96197-0305 Nextel: ID:111*101625 Rua Estela, 515 - Bloco D - 12º andar - Conj. 121/122 Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002 e-mails: drcaio@vanderhaagenbrasil.com drahenriqueta@vanderhaagenbrasil.com vanderhaagen@vanderhaagenbrasil.com
  4. 4. Site Van Der Häägen Brazil www.vanderhaagenbrazil.com.br www.clinicavanderhaagen.com.br www.crescimentoinfoco.com www.obesidadeinfoco.com.br http://drcaiojr.site.med.br http://dracaio.site.med.br Joao Santos Caio Jr http://google.com/+JoaoSantosCaioJr Video http://youtu.be/woonaiFJQwY Google Maps: http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl= pt&sll=-23.578256,46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie =UTF8&ll=-23.575591,- 46.650481&spn=0,0&t = h&z=17

×