O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

SÍNDROME DE OVÁRIO POLICÍSTICO

213 visualizações

Publicada em

SÍNDROME DE OVÁRIO POLICÍSTICO (SOP), UMA ATUALIZAÇÃO RECENTE DAS MAIORES SOCIEDADES E ORGANIZAÇÕES A RESPEITO DO TEMA NO MUNDO, EFETUADA EM FORMA DE RESUMO PROSPECTIVO, DEVIDO A IMPORTÂNCIA, AS IMPLICAÇÕES PARA HUMANOS DO SEXO FEMININO, DOS DIFERENTES TIPOS DE SOP E QUE TIPO DE SOP QUE PODEM OCORRER, INDEPENDENTE DE VARIÁVEIS QUE você PODE APRESENTAR

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

SÍNDROME DE OVÁRIO POLICÍSTICO

  1. 1. OVÁRIO POLICÍSTICO SÍNDROME DE OVÁRIO POLICÍSTICO (SOP), UMA ATUALIZAÇÃO RECENTE DAS MAIORES SOCIEDADES E ORGANIZAÇÕES A RESPEITO DO TEMA NO MUNDO, EFETUADA EM FORMA DE RESUMO PROSPECTIVO, DEVIDO A IMPORTÂNCIA, AS IMPLICAÇÕES PARA HUMANOS DO SEXO FEMININO, DOS DIFERENTES TIPOS DE SOP E QUE TIPO DE SOP QUE PODEM OCORRER, INDEPENDENTE DE VARIÁVEIS QUE você PODE APRESENTAR. EXISTEM QUATRO TIPOS DE SOP: SOP RESISTENTE À INSULINA, SOP INFLAMATÓRIA, SÍNDROME DE OVÁRIO POLICÍSTICO (SOP), DE CAUSA OCULTA. ESTE É O TIPO MAIS COMUM DE SOP. ESTE TIPO DE SÍNDROME DE OVÁRIO POLICÍSTICO (SOP), É CAUSADO TAMBÉM PELO FUMO, AÇÚCAR, POLUIÇÃO E GORDURA TRANS. ESTE TRABALHO DE PESQUISA PROSPECTIVA TENTA EXPLICAR OS RISCOS E OS COMPROMETIMENTO DE UMA PATOLOGIA QUE É UM CAMPO FÉRTIL PARA PESQUISAS EM EVOLUÇÃO, UM PROBLEMA MUITO COMUM NA ENDOCRINOLOGIA, NEUROENDOCRINOLOGIA, POR ENVOLVER UMA GRANDE QUANTIDADE DE HORMÔNIOS, QUE É TIDO COMO UMA SITUAÇÃO FACILMENTE SOLUCIONÁVEL PARA QUEM NÃO AS POSSUI, O QUE NÃO CORRESPONDE A VERDADE ABSOLUTA.
  2. 2. ATUALIZAÇÃO, INTRODUÇÃO, IMPORTÂNCIA, PARA GRAVIDEZ, APARECIMENTO DE ACNE EM MULHER, E OUTROS COMPROMETIMENTOS NA QUALIDADE DE VIDA… CADA TÓPICO NÃO SE TRATA DE REPETIÇÃO DE MATÉRIAS ANTERIORES NA SEQUÊNCIA DESSAS PESQUISAS PROSPECTIVAS, MAS SEU ENDOCRINOLOGISTA OU NEUROENDOCRINOLOGISTA DE CONFIANÇA E EXPERIENTE, PODERÁ COMPLEMENTAR EM CASO DE ALGUNS DETALHES QUE NÃO FOREM CONTEMPLADO COM ESTE RESUMO, DEVIDO A COMPLEXIDADE E EXTENSÃO DO ASSUNTO DE UMA PESQUISA PROSPECTIVA. FISIOLOGIA–ENDOCRINOLOGIA–NEUROCIÊNCIA ENDÓCRINA (NEUROENDOCRINOLOGIA) – GENÉTICA–ENDÓCRINO PEDIATRIA E AUXOLOGIA = CRESCER (SUBDIVISÕES DA ENDOCRINOLOGIA): DR. CAIO JR., JOÃO SANTOS ET DRA. CAIO, HENRIQUETA VERLANGIERI. A hipótese de que a síndrome dos ovários policísticos (SOP) resultou de hiperandrogenismo ovariano funcional (FOH) devido à desregulação da secreção de androgênio em 1989-1995. Ou seja, uma completa desorganização de hormônios envolvidas na gestação não é tão longa como achávamos, na verdade sabíamos pouco sobre um problema comum entre as mulheres, pois as pesquisas continuaram e se constatou uma abrangência incrível nos metabolismos humanos, a bem da verdade se considerarmos o organismo, pouca o nenhuma substância é isolada para resolver problemas únicos,
  3. 3. embora possa eventualmente ocorrer substancias com funções bem especificas. A síndrome dos ovários policísticos (SOP) é o distúrbio endócrino mais comum entre as mulheres em idade reprodutiva e a principal causa de infertilidade devido à anulação. No entanto, essa síndrome abrange a vida das mulheres que as afetam desde a vida no útero até a morte, levando a vários riscos à saúde que podem prejudicar a qualidade de vida e aumentar as taxas de morbimortalidade. A programação fetal pode representar o início da condição caracterizada por hiperandrogenismo (aumento dos hormônios androgênicos) e resistência à insulina, o que leva a uma série de consequências médicas na adolescência, idade adulta e velhice. Problemas menstruais e de fertilidade evoluem para complicações metabólicas à medida que a idade avança. Um diagnóstico precoce e preciso é importante para um gerenciamento adequado da síndrome dos ovários policísticos (SOP), principalmente nos extremos da vida reprodutiva. A síndrome dos ovários policísticos (SOP) é um distúrbio hormonal comum entre mulheres em idade reprodutiva. Mulheres com SOP podem ter períodos menstruais pouco frequentes ou prolongados ou níveis excessivos de hormônio masculino (andrógeno). Os ovários podem desenvolver inúmeras pequenas coleções de líquidos (folículos) e não
  4. 4. conseguem liberar ovos regularmente, além do que, a não liberação do ovulo eventualmente podem ficar mais expressa e não permitir sua liberação por não conseguir rompê-la (capa envoltória do ovulo). A síndrome dos ovários policísticos (SOP) é um problema de saúde que afeta 1 em cada 10 mulheres em idade fértil. Mulheres com SOP têm um desequilíbrio hormonal e problemas de metabolismo que podem afetar sua saúde e aparência. A síndrome dos ovários policísticos (SOP) também é uma causa comum e tratável de infertilidade. A síndrome dos ovários policísticos (SOP) pode causar períodos menstruais irregulares ou ausentes, crescimento excessivo de pelos, acne, infertilidade e ganho de peso. Mulheres com síndrome dos ovários policísticos (SOP) podem ter maior risco de diabetes tipo 2, pressão alta, problemas cardíacos e câncer de endométrio. A hipersecreção de LH – hormônio luteinizante produzido na hipófise é uma característica, característica da síndrome dos ovários policísticos (SOP). Acredita-se que esse aumento na secreção de LH – hormônio luteinizante ocorra como resultado do aumento da frequência de pulsos do hormônio liberador de gonadotrofinas hipotalâmicas (GnRH)(“nosso computador central (SNC) produtor de comandos para fabricar hormônios”). O hormônio luteinizante (LH, também conhecido como lutropina e às vezes lutrofina) é um hormônio produzido pelas células gonadotrópicas na glândula pituitária anterior. Nas mulheres, um aumento agudo do LH (“aumento do LH”) desencadeia a ovulação e o desenvolvimento do corpo lúteo. O aumento do LH – hormônio luteinizante, por sua vez, leva a um aumento na produção de androgênio pelas células da teca (revestimento do ovulo) dentro do ovário. Hormônio luteinizante. … Nas mulheres, um aumento agudo de LH (“surto de LH”) desencadeia a ovulação e o desenvolvimento do corpo lúteo. Nos homens, onde o LH também foi chamado de hormônio estimulador de células intersticiais (ICSH), estimula a produção de testosterona pelas células de Leydig.
  5. 5. A acne é uma condição da pele que ocorre quando os folículos capilares ficam obstruídos com óleo e células mortas da pele. Geralmente causa espinhas, cravos ou espinhas e geralmente aparece no rosto, testa, peito, costas e ombros. A acne é mais comum entre os adolescentes, embora afete pessoas de todas as idades. Os sinais e sintomas da acne podem variar de acordo com a gravidade da sua condição: *(POROS FECHADOS) *CRAVOS PRETOS (POROS ABERTOS) *PEQUENAS PROTUBERÂNCIAS VERMELHAS E ACESSÍVEIS (PÁPULAS) *ESPINHAS (PÚSTULAS), QUE SÃO PÁPULAS COM PUS NAS PONTAS *NÓDULOS GRANDES, FINOS E DOLOROSOS SOB A SUPERFÍCIE DA PELE (NÓDULOS) *NÓDULOS DOLOROSOS E QUEIXAS DE PUS SOB A SUPERFÍCIE DA PELE (LESÕES *CÍSTICAS). Poucos profissionais levam a resistência a insulina como parte de um forte e complexo mecanismo. Agora está claro que a síndrome dos ovários policísticos (SOP) está frequentemente associada à profunda resistência à insulina, bem como a defeitos na secreção de insulina. Essas anormalidades, juntamente com a obesidade, com o
  6. 6. sobrepeso, obesidade intra-abdominal, central ou visceral e um comprometimento com a síndrome metabólica em geral, explicam a prevalência substancialmente aumentada de intolerância à glicose na síndrome dos ovários policísticos (SOP). No entanto, vários estudos sugeriram que a resistência à insulina desempenha um papel importante na patogênese da síndrome. Como consequência da resistência à insulina, as mulheres afetadas pela SOP costumam apresentar anormalidades no metabolismo da glicose e no perfil lipídico e têm um risco aumentado de diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares ao longo do tempo. Além da resistência à insulina, foi demonstrado que algumas dessas mulheres também apresentam alterações na função das células beta pancreáticas. Ambos os distúrbios (resistência à insulina e disfunção das células beta) são reconhecidos como principais fatores de risco para o desenvolvimento de diabetes tipo 2. Estudos de longo prazo, A avaliação do sistema glicose-insulina em mulheres afetadas pela SOP mostrou uma maior incidência de intolerância à glicose, incluindo tolerância à glicose diminuída e diabetes tipo 2, em comparação com as populações de controle pareadas por idade e peso. O risco de intolerância à glicose entre os indivíduos com SOP parece ser aproximadamente 5 a 10 vezes maior que o normal e parece não estar limitado a um único grupo étnico. Além disso, foi relatado que o início da intolerância à glicose em mulheres com SOP ocorre mais cedo do que na população normal (aproximadamente na 3ª a
  7. 7. 4ª década de vida). No entanto, outros fatores de risco, como obesidade, histórico familiar positivo de diabetes tipo 2 e hiperandrogenismo, podem contribuir para aumentar o risco de diabetes na SOP. incluindo tolerância à glicose diminuída e diabetes tipo 2, em comparação com as populações controle e com idade e peso compatíveis. O risco de intolerância à glicose entre os indivíduos com SOP parece ser aproximadamente 5 a 10 vezes maior que o normal e parece não estar limitado a um único grupo étnico. Um estudo efetuado no Iran e Turquia o envolvimento das variações gênicas do receptor de vitamina D (VDR) FokI (rs10735810) Exon 2 (C / T) e BsmI (rs1544410) Intron 8 (A / G) na suscetibilidade genética à síndrome do ovário policístico (SOP) em Mulheres turcas azeris iranianas, este fato alerta os fatores da deficiência da vitamina D geneticamente na formação da síndrome metabólica na pesquisa prospectiva. A síndrome dos ovários policísticos (PCOs) é um distúrbio endócrino-metabólico importante. Portanto a comparação da resistência à insulina (RI) e distúrbios metabólicos no sobrepeso / obesidade e peso normal de mulheres jovens com síndrome dos ovários policísticos, faz todo o sentido. Autores Dr. João Santos Caio Jr. Endocrinologista – Neuroendocrinologista CRM 20611
  8. 8. Dra. Henriqueta Verlangieri Caio Endocrinologista – Medicina Interna CRM 28930 AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA: Caio Junior, João Santos et Caio, Henriqueta Verlangieri, Sindrome de Ovario Policistico (SOP); Descreve um grupo de sintomas e de alterações nos níveis de hormônios de algumas mulheres. Pacientes com esse transtorno frequentemente apresentam múltiplos policistos nos seus ovários. No entanto, as alterações hormonais provocadas pela síndrome podem causar sintomas importantes, com grande stress emocional para as afetadas. Os achados como: alterações menstruais, menstruações, desreguladas; excesso de hormônios masculinos (acne, pele oleosa, excesso de pelos); infertilidade, os acompanha. vanderhaagenbrazil.com.br, academy.edu 2018, Yildiz BO, Haznedaroglu IC, Kirazli S, Bayraktar M. Global fibrinolytic capacity is decreased in polycystic ovary syndrome, suggesting a prothrombotic state. J Clin Endocrinol Metab. 2002;87(8):3871-5. Grundy SM, Cleeman JI, Daniels SR, Donato KA, Eckel RH, Franklin BA, et al. Diagnosis and management of the metabolic syndrome. An American Heart Association/National Heart, Lung, and Blood Institute Scientific Statement. Executive summary. Cardiol Rev. 2005;13(6):322-7. Fernhall B, Agiovlasitis S. Arterial function in youth: window into cardiovascular risk. J Appl Physiol. 2008;105(1):325-33. Safar ME, London GM. Therapeutic studies and arterial stiffness in hypertension: recommendations of the European Society of Hypertension. The Clinical Committee of Arterial Structure and Function. Working Group on Vascular Structure and Function of the European Society of Hypertension. J Hypertens. 2000;18(11):1527-35. Bots ML, Grobbee DE, Hofman A, Witteman JC. Common carotid intimo-media thickness and risk of acute myocardial infarction: the role of lumen diameter. Stroke. 2005;36(4):762-7. Alice Y. Chang, MD, Rochester, MN Mayo Clinic Hiperplasia adrenal congênita, síndrome dos ovários policísticos, Asma J. Chattha, MBBS; Pediatra Rochester, MN Mayo Clinic Preservação da fertilidade, síndrome dos ovários policísticos; Adrian Vella, MD; Endocrinologista; Interno, Rochester, MN; ÁREAS DE FOCO: Diabetes mellitus,
  9. 9. Distúrbios metabólicos, Síndrome dos ovários policísticos, Mayo Clinic. Organizações envolvidas na produção de guia e diretrizes a respeito do consenso sobre Síndrome dos Ovários Policísticos: Organização: Centro de Excelência em Pesquisa em Síndrome dos Ovários Policísticos Participação na diretriz Ícone de informações adicionais: Desenvolvedor Principal Organização: Sociedade Europeia de Reprodução Humana e Embriologia, Desenvolvedor Organização: Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva, Desenvolvedor Organização: Monash University, Desenvolvedor Organização: Sociedade de Excesso de Andrógenos e Síndrome dos Ovários Policísticos (ASPCOS), Endossante Organização: Sociedade Endócrina Pediátrica Americana, Endossante Organização: Sociedade Endócrina Pediátrica da Ásia Pacífico (APPES), Endossante Organização: Iniciativa Ásia-Pacífico sobre Reprodução (ASPIRE), Endossante Organização: Grupo Endócrino Pediátrico Australasiano, Endossante Organização: Sociedade Australiana de Diabetes, Endossante Organização: Sociedade Britânica de Fertilidade (BFS), Endossante Organização: Sociedade Canadense de Endocrinologia e Metabolismo (CSEM), Endossante Organização: Associação de Dietistas da Austrália, Endossante Organização: Sociedade Endócrina (EUA Endo), Endossante Organização: Endocrine Society Australia (ESA), Endossante Organização: Sociedade Europeia de Endocrinologia (ESE), Endossante Organização: Sociedade Europeia de Endocrinologia Pediátrica (ESPE), Endossante Organização: Ciência do Exercício e do Esporte na Austrália (ESSA), Endossante Organização: Federação das Sociedades Obstétricas e Ginecológicas da Índia (FOGSI) Endossante Organização: Sociedade de Fertilidade da Austrália (FSA), Endossante Organização: Sociedade Internacional de Endocrinologia (ISE), Endossante Organização: Federação Internacional das Sociedades de Fertilidade (IFFS), Endossante Organização: Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia, Endossante Organização: Sociedade Italiana de Ginecologia e Ostetrícia (SIGO), Endossante Organização: A Sociedade Japonesa de Endocrinologia Pediátrica (JSPE), Endossante Organização: Fundação Jean Hailes para a Saúde da Mulher, Endossante Organização: Sociedade Latinoamericana de Endocrinologia Pediátrica (SLEP), Endossante Organização: Federação Nórdica de Sociedades de Obstetrícia e Ginecologia (NFOG), Endossante Organização: Desafio PCOS: Associação Nacional da Síndrome dos Ovários Policísticos Endossante Organização: A Sociedade PCOS (Índia), Endossante Organização: Sociedade Endócrina Pediátrica (PSE), Endossante Organização: Associação de Síndrome dos Ovários Policísticos da Austrália (POSAA) Endossante Organização: Royal Australasian College of Physicians, Endossante Organização: Royal Australian College de Clínicos Gerais, Endossante Organização: Faculdade Real de Obstetras e Ginecologistas da Austrália e Nova
  10. 10. Zelândia Endossante Organização: Colégio Real de Obstetras e Ginecologistas (RCOG UK), Endossante Organização: Sociedade Sul-Africana de Ginecologia e Obstetrícia (SASOG) Endossante, Organização: Verity UK, Endossante Organização: Autoridade de Tratamento Reprodutivo Assistido de Victoria (VARTA), Endossante CONTATO: Fones: 55(11) 2371-3337 / (11) 5572-4848 Rua Estela, 515 – Bloco D – 12º andar – Conj. 121 Paraiso – São Paulo – SP – Cep 04011-002 e-mail: vanderhaagenbrasil@gmail.com Site Van Der Häägen Brazil http://www.vanderhaagenbrazil.com.br http://drcaiojr.site.med.br http://dracaio.site.med.br Joao Santos Caio Jr http://google.com/+JoaoSantosCaioJr google.com/+JoãoSantosCaioJrvdh google.com/+VANDERHAAGENBRAZILvdh Redes Sociais https://www.tumblr.com/blog/myjoaosantoscaiojr Joao Santos Caio JrSiga no https://www.slideshare.net/CLINICACAIO https://independent.academia.edu/JoaoSantosCaioJr https://vanderhaagenclinic.wordpress.com/ https://instagram.com/clinicascaio/ https://visitsite.pro/clinicascaio Acesse nosso canal deixe seu like! https://www.youtube.com/user/vanderhaagenbrazil1/videos Google Maps: http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haa gen+Brasil&hl=pt&sll=-23.578256,46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie=UTF8&ll=- 23.575591,-46.650481&spn=0,0&t = h&z=17

×