Os ritmos circadianos e a melatonina uma luz na escuridão

404 visualizações

Publicada em

Ele permanece pouco claro se a fase do pacemaker permanece estável em tais condições.Por pesquisas foi investigada a estabilidade da fase circadiana na luz fraca,avaliando o ritmo de melatonina no plasma durante 9 ciclos circadianos consecutivos.Dez indivíduos foram agendados para dormir 8 hs e ficarem acordados 16 hs todos os dias,exceto nos dias 4 e 8,durante o qual os sujeitos foram privados de sono 40 hs ,quer estando sentados/em pé ou em postura corporal supina.

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Os ritmos circadianos e a melatonina uma luz na escuridão

  1. 1. HÁ MUITO TEMPO SE SABE QUE OS ORGANISMOS EXIBEM UMA MULTIPLICIDADE DE RITMOS FISIOLÓGICOS E COMPORTAMENTAIS QUE SE REPETEM A CADA 24 HORAS E UMA TEORIA 'RELÓGIO' TENHA SIDO ESTABELECIDO. ESTE RELÓGIO É ENDÓGENO, NÃO REATIVO E NÃO SE LIMITA A RESPONDER ÀS MUDANÇAS AMBIENTAIS. A MELATONINA É UM DOS MARCADORES MAIS FIÁVEIS DA ATIVIDADE DESTE SISTEMA. Quão importante é a melatonina na definição do tempo? Quão importante é a melatonina em contribuir para a regulação do eixo neuroendócrino? Ou seja, eixo hipotálamo-hipofisário tendo como ligação o núcleo arqueado, envolvido pelo terceiro ventrículo e estudos em humanos e animais nos fornece um crescente corpo de evidências sobre a relação entre hormônios hipofisários e parâmetros metabólicos. No entanto evidências também foram recolhidas a partir de alterações quantitativas e qualitativas em melatonina em diferentes fases da vida. O pacemaker circadiano humano, com um período intrínseco entre 23,9
  2. 2. e 24,5 horas, pode ser reposto por baixos níveis de luz. Modelos biomatemático do relógio humano podem prever que os ciclos de claro- escuro que consiste em apenas 3,5 lux durante 16 horas de vigília e 0 lux durante 8 horas de sono deve arrastar 45% da população. No entanto, sob condições reais, horários de sono-vigília e as exposições à luz escura associados são muitas vezes irregulares. Ele permanece pouco claro se a fase do pacemaker permanecer estável em tais condições. Por pesquisas foi investigada a estabilidade da fase circadiana na luz fraca, avaliando o ritmo de melatonina no plasma durante nove ciclos circadianos consecutivos. Dez indivíduos foram agendados para dormir por 8 horas (0,03 lux) e ficarem acordados durante 16 horas (5-13 lux) durante todos os dias, exceto nos dias 4 e 8, durante o qual os sujeitos foram privados de sono durante 40 horas (5-13 lux), quer estando sentados/em pé ou em postura corporal supina. Em todos os sujeitos, a fase do ritmo de melatonina ocorreu em um tempo de relógio mais tarde no dia 9 do que no dia 2 (atraso médio: 1,4 h). Foram observados atrasos maiores do aparecimento da melatonina em
  3. 3. indivíduos com ritmos de melatonina de baixa amplitude. A área sob a curva durante a melatonina secreção ativa foi significativamente reduzida quando os indivíduos foram privados de sono por 40-hr na condição de postura corporal supina em comparação quer com 40-hr de estar/de pé a privação do sono (SD) ou em condição ambulatorial, sob condições não de privação do sono (SD). Diferenças de postura não afetar significativamente a posição da fase relativa dos perfis de melatonina. Os dados indicam que, sob condições de força de zeitgeber reduzida, a fase do (pacemaker) marcapasso circadiano humano, utilizando o plasma da melatonina como um marcador, pode ser fase atrasada por uma noite de privação do sono (SD) e a exposição à luz fraca associada. (A zeitgeber é qualquer sugestão externa ou ambiental que arrasta, ou sincroniza, de um organismo ritmos biológicos à luz 24 horas/ciclo escuro e 12 meses ciclo da Terra). O hormônio do crescimento, abreviadamente GH (do inglês growth hormone), também chamado somatotrofina ou somatotropina (ST), é uma proteína e um hormônio peptídico sintetizado e secretado pela glândula hipófise anterior. Este hormônio estimula o crescimento e a reprodução celular em humanos e outros animais vertebrados. Os genes responsáveis pelo código do hormônio do crescimento humano estão localizados na região q22-24 do cromossomo 17 e está intimamente relacionado aos genes da somatomamotropina coriônica humana (hCS, também conhecida como lactogênio placentário humano). O GH, o hCS e a prolactina (PRL) constituem um grupo de hormônios homólogos com atividade de promoção do crescimento e da lactogênese. O hormônio do crescimento humano é uma proteína de 191 aminoácidos com uma massa molecular de cerca de 22.000 daltons. Sua estrutura inclui quatro hélices, necessárias para a interação funcional com o receptor do GH. O GH é homólogo estrutural e evolucionário da prolactina e da somatomamotropina coriônica. Apesar da marcante similaridade estrutural entre os hormônios do crescimento de diferentes espécies, apenas o hormônio GH humano e de primatas têm ação significante em seres humanos os peptídeos liberados pelos núcleos neurossecretores
  4. 4. do hipotálamo à veia portal pituitária, que cerca a glândula, são os principais controladores da secreção do GH por parte dos somatotrópos. O Hormônio da Liberação do Hormônio do Crescimento (GHRH em inglês), proveniente do núcleo arqueado, e a grelina promovem a secreção de GH, enquanto que a somatostatina, que vem do núcleo periventricular, a inibe. O IGF-1 atua principalmente na “placa de crescimento”, cartilagem que envolve os ossos e é estimulada a produzir células que os expandam. O hormônio do crescimento também quebra as células de gordura e libera substâncias que são usadas para fabricar os músculos. Entretanto um dos fatores mais importantes esta ligado ao sono, principalmente o fator dia e noite, apesar de ocorrer poucas liberações durante o dia de forma basal, a maior intensidade ocorre 2 horas após o sono profundo, na fase 3 e 4 do sono, onde a liberação do hGH secreta em forma de pulsos ou jatos de 15 minutos a 30 minutos uma média de 6 pulsos. Esse fator impõe uma quantidade mínima de 8 a 10 horas de sono em 24 horas para crianças, infantis, juvenis, adolescentes. Como se pode depreender o ritmo circadiano, a melatonina o sono, hGH – hormônio de crescimento e substâncias afins, tem tudo a ver com o crescimento de humanos. Dr. João Santos Caio Jr. Endocrinologia – Neuroendocrinologista CRM 20611 Dra. Henriqueta V. Caio Endocrinologista – Medicina Interna
  5. 5. CRM 28930 Como saber mais: 1. A baixa estatura em uma criança é definida como uma criança de 2 ou mais DP abaixo da média de altura para crianças de mesmo sexo e idade cronológica... http://hormoniocrescimentoadultos.blogspot.com. 2. O padrão de crescimento em altura ao longo de um período de tempo é mais importante do que uma única medição em um ponto no tempo... http://longevidadefutura.blogspot.com 3. Um padrão de crescimento é anormal se mostra um crescimento mais lento que se desvia de um padrão ou percentil anterior (i.e., cruza linhas percentuais em uma curva de crescimento linear)... http://imcobesidade.blogspot.com AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA. Referências Bibliográficas: Caio Jr, João Santos, Dr.; Endocrinologista, Neuroendocrinologista, Caio,H. V., Dra. Endocrinologista, Medicina Interna – Van Der Häägen Brazil, São Paulo, Brasil; Folk, G. Edgar; Thrift, Diana L.; Zimmerman, M. Bridget; Reimann, Paul (2006-12-01)."Mammalian activity – rest rhythms in Arctic continuous daylight". Biological Rhythm Research 37 (6): 455–469. doi:10.1080/09291010600738551. Retrieved 2014-09-21.Would local animals maintained under natural continuous daylight demonstrate the Aschoff effect described in previously published laboratory experiments using continuous light, in which rats' circadian activity patterns changed systematically to a longer period, expressing a 26-hour day of activity and rest? Merlin C, Gegear RJ, Reppert SM; Gegear; Reppert (September 2009). "Antennal circadian clocks coordinate sun compass orientation in migratory monarch butterflies". Science 325 (5948): 1700–4. Bibcode:2009Sci. 325.1700M. doi:10.1126 /science.1176221. PMC 2754321. PMID 19779201.Folk, G. Edgar; Thrift, Diana L.; Zimmerman, M. Bridget; Reimann, Paul (2006-12- 01)."Mammalian activity – rest rhythms in Arctic continuous daylight". Biological Rhythm Research 37 (6): 455– 469. doi:10.1080 /09291010600738551; Kyriacou CP (September 2009). "Physiology. Unraveling traveling". Science 325 (5948): 1629–30. doi:10.1126 /science.1178935.PMID 19779177; Webb AAR (June 2003). "The physiology of circadian rhythms in plants". New Phytologist 160 (160): 281–303. doi:10.1046/j.1469-8137.2003. 00895.x.JSTOR 1514280; McClung CR (April 2006). "Plant circadian rhythms". Plant Cell 18 (4): 792– 803.doi:10.1105/tpc.106.040980. PMC 1425852; PMID 16595397; Mizoguchi T, Wright L, Fujiwara S et al. (August 2005). "Distinct roles of GIGANTEA in promoting flowering and regulating circadian rhythms in Arabidopsis". Plant Cell 17 (8): 2255–70. doi:10.1105/tpc.105.033464. PMC 1182487. PMID 16006578; Kolmos E, Davis SJ; Davis (September 2007). "ELF4 as a Central Gene in the Circadian Clock". Plant Signal Behav 2 (5): 370–2. doi:10.4161/psb.2.5.4463. PMC 2634215. PMID 19704602; Pokhilko A, Fernández AP, Edwards KD, Southern MM, Halliday KJ, Millar AJ; Fernández; Edwards; Southern; Halliday; Millar (2012). "The clock gene circuit in Arabidopsis includes a repressilator with additional feedback loops". Mol. Syst. Biol. 8: 574. doi:10.1038 /msb.2012.6. PMC 3321525. PMID 22395476; Scheer FA, Wright KP, Kronauer RE, Czeisler CA; Wright Jr;
  6. 6. Kronauer; Czeisler (2007). "Plasticity of the intrinsic period of the human circadian timing system". PLoS ONE 2 (8): e721; Bibcode: 2007PLoSO ...2..721S.doi:10.1371/ journal. pone. 0000721. PMC 1934931. PMID 17684566; Duffy JF, Wright KP; Wright Jr (August 2005). "Entrainment of the human circadian system by light". J. Biol. Rhythms 20 (4): 326–38.doi:10.1177 /0748730405277983. PMID 16077152; Benloucif, S.; Guico, M. J.; Reid, K. J.; Wolfe, L. F.; l'Hermite-Balériaux, M; Zee, P. C. (2005). "Stability of Melatonin and Temperature as Circadian Phase Markers and Their Relation to Sleep Times in Humans". Journal of Biological Rhythms 20 (2): 178–188. doi: 10.1177/ 0748730404273983. ISSN 0748-7304. PMID 15834114.Baehr, E.K.; Revelle, W.; Eastman, C.I. (June 2000). "Individual differences in the phase and amplitude of the human circadian temperature rhythm: with an emphasis on morningness-eveningness". J Sleep Res 9 (2): 117–27. doi:10.1046/j.1365- 2869.2000.00196.x. PMID 10849238. Contato: Fones: 55 11 5087-4404 Rua Estela, 515 - Bloco D - 12º andar - Conj. 121/122 Paraíso - São Paulo - SP - Cep 04011-002 e-mails: vanderhaagen@vanderhaagenbrasil.com vanderhaagenbrasil@gmail.com Site Van Der Häägen Brazil www.vanderhaagenbrazil.com.br www.clinicavanderhaagen.com.br www.crescimentoinfoco.com www.obesidadeinfoco.com.br http://drcaiojr.site.med.br http://dracaio.site.med.br Joao Santos Caio Jr http://google.com/+JoaoSantosCaioJr google.com/+JoãoSantosCaioJrvdh google.com/+VANDERHAAGENBRAZILvdh Video http://youtu.be/woonaiFJQwY VAN DER HAAGEN BRAZI Instagram https://instagram.com/clinicascaio/ Google Maps: http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll=- 23.578256,46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie =UTF8&ll=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t = h&z=17

×