O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Mecanismo do Sono

61 visualizações

Publicada em

Os resultados desses estudos devem ajudar a esclarecer a relação entre depressão em adultos e crianças, e tudo indica uma interrelação precoce desde criança com deficiência de sono.

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

Mecanismo do Sono

  1. 1. CRESCIMENTO “IN FOCO” E MECANISMO DE LIBERAÇÃO DO HORMÔNIO DE CRESCIMENTO GH DURANTE O SONO; OPINIÃO DE ESPECIALISTAS ENDOCRINOLOGISTAS. CRIANÇAS – INFANTIS – JUVENIS – ADOLESCENTES – PRÉ – PÚBERE. UMA GRANDE QUANTIDADE DE PESQUISAS TEM SIDO EFETUADAS RECENTEMENTE, PRINCIPALMENTE SOBRE CRIANÇAS E ADOLESCENTES, QUE ATÉ ALTAS HORAS ESTÃO LIGADOS NAS REDES SOCIAIS, GAMES, SMARTPHONES, COMPUTADORES, BALADAS, ASSOCIADOS TAMBÉM COM DESEMPENHO ESCOLAR (ACADÊMICO) ETC..., ETC. O QUE ESSAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES NÃO SABEM É QUE ESTE FATO COMPROMETERÁ ALÉM DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL QUE SE RECOMPÕE NESSES HORÁRIOS, O RÍTMO BIOLÓGICO (SISTEMA CIRCADIANO), TAMBÉM ESCOLHEU ESSES HORÁRIOS PARA LIBERAR UMA GRANDE QUANTIDADE DE HORMÔNIOS, COMO POR EXEMPLO, O DE CRESCIMENTO ESTATURAL OU LINEAR E MATURAÇÃO. FISIOLOGIA– ENDOCRINOLOGIA–NEUROCIÊNCIA ENDÓCRINA (NEUROENDOCRINOLOGIA) – GENÉTICA–ENDÓCRINO PEDIATRIA (SUBDIVISÃO DA ENDOCRINOLOGIA): DR. CAIO JR., JOÃO SANTOS ET DRA. CAIO, HENRIQUETA VERLANGIERI. O hormônio do crescimento GH é um hormônio protêico de cerca de 190 aminoácidos que é sintetizado e secretado por células chamadas somatotróficas na pituitária anterior. É um participante importante no controle de vários processos fisiológicos complexos, incluindo crescimento e metabolismo. O hormônio do crescimento também é de interesse estatural (linear) e considerável como substância usada ou produzida em humanos, mas também em animais. O crescimento é um processo muito complexo e requer a ação coordenada de vários hormônios. O principal papel do hormônio do crescimento na estimulação do crescimento corporal é estimular o fígado e outros tecidos a secretar IGF-I. O IGF-I estimula a proliferação de condrócitos (células de cartilagem), resultando em crescimento ósseo, juntamente com outros hormônios e substâncias na placa de crescimento dos ossos. O hormônio do crescimento parece ter um efeito direto sobre o crescimento ósseo ao estimular a diferenciação dos condrócitos. O IGF-I também parece ser o ator principal no crescimento muscular. Estimula a diferenciação e proliferação de mioblastos. Também estimula a absorção de aminoácidos e a síntese de proteínas no músculo e em outros tecidos. Os efeitos diretos são o resultado da ligação do hormônio de crescimento a seu receptor nas células alvo. As células de gordura (adipócitos), por exemplo, possuem receptores do hormônio de crescimento, e o hormônio do crescimento os estimula a quebrar o triglicerídeo e suprime sua capacidade de absorver e acumular lipídios (células de gordura) circulantes. Os efeitos indiretos são mediados principalmente por um fator de crescimento semelhante à insulina I (IGF-I) , um hormônio que é
  2. 2. secretado pelo fígado e outros tecidos em resposta ao hormônio do crescimento. A maioria dos efeitos promotores do crescimento do hormônio do crescimento é, na verdade, devida ao IGF-I que age sobre as células alvo. Entretanto, sua indicação deve ser precisa ao ser utilizado para pessoas com deficiência dessas substâncias (vide consenso). Mas a preocupação dos pesquisadores prospectivos é focar nas consequências que eventualmente podem levar a sua deficiência principalmente em crianças – juvenis – adolescentes – púberes, com repercussão à baixa estatura incluindo a projeção definitiva desse problema no adulto. Tomados em conjunto com evidências anteriores de diminuição do GH após a infusão de GHRH – hormônios liberadores do hormônio de crescimento em crianças gravemente deprimidas e recuperadas, esses resultados indicam que a diminuição da resposta de GH encontrada em indivíduos de alto risco pode representar um marcador de características para diminuição acentuada de produção em crianças e adolescentes. Depressão em crianças tem sinais e sintomas semelhantes aos observados em adultos deprimidos. Anormalidades neuroendócrinas têm sido consistentemente observadas em adultos deprimidos. Agora, anormalidades neuroendócrinas estão começando a ser estudadas em crianças e adolescentes deprimidos. Os resultados desses estudos devem ajudar a esclarecer a relação entre depressão em adultos e crianças, e tudo indica uma interrelação precoce desde criança com deficiência de sono. Em artigos de revisão e crítica, estudos que avaliam a relação entre padrões de sono, qualidade do sono e desempenho escolar de adolescentes que frequentam o ensino fundamental, médio e/ou superior. A maioria dos estudos baseou-se no auto-relato, mas os pesquisadores abordaram a questão com diferentes desenhos e medidas. Especificamente, os estudos analisaram (1) padrões de sono/vigília e notas normais, (2) horário de início e preferência de fase em relação aos hábitos, qualidade do sono e desempenho acadêmico, e (3) padrões de sono e desempenho em sala de aula... Para saber mais acesse: https://crescimentodna.wordpress.com/2019/03/27/crescimento-in-foco-e-mecanismo-de- liberacao-do-hormonio-de-crescimento-gh-durante-o-sono-opiniao-de-especialistas- endocrinologistas-criancas-infantis-juvenis/

×