LOGÍSTICA E METODOLOGIA DA SECREÇÃO DO GH EM HUMANOS NEONATAL, CRIANÇA, INFANTIL E JUVENIL

384 visualizações

Publicada em

O GH-HORMÔNIO DE CRESCIMENTO É SECRETADO DE MODO PULSÁTIL, DE MODO QUE AS CONCENTRAÇÕES SÉRICAS SÃO BAIXAS NA MAIOR PARTE DO DIA, COM PICOS EM INTERVALOS CURTOS, ENTRETANTO, EM NEONATAL, CRIANÇA, INFANTIL, JUVENIL EXISTEM FATORES ESTIMULANTES NO PERÍODO DO SONO, PRINCIPALMENTE NA FASE 3 E 4 DO PÓS-SONO REM;

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

LOGÍSTICA E METODOLOGIA DA SECREÇÃO DO GH EM HUMANOS NEONATAL, CRIANÇA, INFANTIL E JUVENIL

  1. 1. LOGÍSTICA E METODOLOGIA DA SECREÇÃO DO GH EM HUMANOS NEONATAL, CRIANÇA, INFANTIL E JUVENIL O GH-HORMÔNIO DE CRESCIMENTO É SECRETADO DE MODO PULSÁTIL, DE MODO QUE AS CONCENTRAÇÕES SÉRICAS SÃO BAIXAS NA MAIOR PARTE DO DIA, COM PICOS EM INTERVALOS CURTOS, ENTRETANTO, EM NEONATAL, CRIANÇA, INFANTIL, JUVENIL EXISTEM FATORES ESTIMULANTES NO PERÍODO DO SONO, PRINCIPALMENTE NA FASE 3 E 4 DO PÓS-SONO REM; FISIOLOGIA–ENDOCRINOLOGIA–NEUROENDOCRINOLOGIA–GENÉTICA– ENDÓCRINO-PEDIATRIA (SUBDIVISÃO DA ENDOCRINOLOGIA): DR. JOÃO SANTOS CAIO JR. ET DRA. HENRIQUETA VERLANGIERI CAIO. Seus valores são mais elevados no período neonatal imediato, reduzem durante a infância e elevam-se novamente como resultado de um aumento da amplitude de pulso (mas não em frequência) durante a puberdade. A secreção do GH-Hormônio de crescimento cai novamente na idade avançada. É uma pequena proteína, produzida e secretada pela glândula hipófise anterior, por células especializadas chamadas somatotrófos. Durante a fase de crescimento, sob ação deste hormônio, quase todas as células aumentam em volume e em número, propiciando um crescimento dos tecidos, dos órgãos e, consequentemente, o crescimento corporal. Alguns de seus principais e conhecidos efeitos nos tecidos são: aumento na síntese proteica celular - isso ocorre porque o
  2. 2. hormônio do crescimento aumenta o transporte de aminoácidos através da membrana celular, aumenta a formação de RNA e aumenta os ribossomos no interior das células. Tudo isso proporciona, nas células, melhores condições para que as mesmas sintetizem mais proteínas. Menor utilização de glicose pelas células para produção de energia promove, assim, um efeito poupador de glicose no organismo. O aumento da utilização de gordura pelas células para produção de energia ocorre também, uma maior mobilização de ácidos graxos dos tecidos adiposos para que os mesmos sejam utilizados pelas células. Uma consequência disso é a redução dos depósitos de gordura nos tecidos adiposos. Devido aos efeitos acima citados, observa-se um importante aumento na quantidade de proteínas em nossos tecidos. Em consequência do aumento das proteínas e de um maior armazenamento de glicogênio no interior das células, estas aumentam em volume e em número. Portanto, observamos um aumento no tamanho de quase todos os tecidos e órgãos do nosso corpo. Os genes responsáveis pelo código do hormônio do crescimento humano estão localizados na região q22-24 no braço longo do cromossomo 17 e está intimamente relacionada aos genes da somatotropina coriônica humana (hCS, também conhecida como lactogênio placentário humano). O GH-Hormônio de crescimento, o hCS-somatotropina coriônica humana e a PRL-prolactina constituem um grupo de hormônios homólogos com atividade de promoção do crescimento e
  3. 3. da lactogênese. O GH-Hormônio de crescimento circula no plasma ligado a uma proteína, a GHBP-proteína ligadora do hormônio de crescimento, com sequência equivalente aquela do domínio da membrana extracelular do GHR-receptor do hormônio de crescimento. Portanto, o sistema de pacotes em forma de vesículas tem um papel de extrema importância em relação às membranas extracelulares e intracelulares, fazendo o papel logístico e entregando com extrema precisão toda e qualquer substância a tempo e hora precisas, pois qualquer intercorrência seguramente levará a um comprometimento fisiológico ou metabólico com graves consequências e suas funções não ocorrerão. LOGISTICS AND METHODOLOGY OF GH SECRETION IN HUMAN NEONATAL, CHILD AND YOUTH: DR. J. S. CAIO ET DRA. H. V. CAIO. THE GH-GROWTH HORMONE IS SECRETED IN A PULSATILE MANNER, SO THE SERUM CONCENTRATIONS ARE LOW IN MOST OF THE DAY, WITH PEAKS IN SHORT INTERVALS, HOWEVER IN NEWBORN, CHILD AND YOUTH ARE FACTORS STIMULATING DURING SLEEP, ESPECIALLY DURING THE STAGE 3 AND 4 POST REM SLEEP. PHYSIOLOGY-ENDOCRINOLOGY-NEUROENDOCRINOLOGY- GENETICS-ENDOCRINE-PEDIATRICS (SUBDIVISION OF ENDOCRINOLOGY): DR. JOÃO SANTOS CAIO JR. ET DRA. HENRIQUETA VERLANGIERI CAIO. Their values are higher in the immediate neonatal period, reduce during childhood and rise again as a result of an increase in pulse amplitude (but not frequency) during puberty. The secretion of GH-Growth Hormone falls again in old age. It is a small protein produced and secreted by the anterior pituitary gland. During the growth phase, under the action of the hormone, almost all cells increase in volume and number, enabling growth of tissues, organs and, consequently, body growth.
  4. 4. Some of its major known effects and tissue is increase in cellular protein synthesis this is because growth hormone increases amino acid transport across the cell membrane enhances the formation of RNA and ribosomes increases within the cells. All this provides, in cells, the best conditions for them to synthesize more protein. Lower utilization of glucose by cells for energy thus promotes a sparing effect of glucose in the body. Increased use of fat by cells for energy production also occurs greater mobilization of adipose fatty for them to be used by the cells tissues acids. One consequence is the reduction of fat deposits in the adipose tissues. Due to the aforementioned effects, there was a significant increase in the amount of proteins in our tissues. As a consequence of increased protein and increased glycogen storage inside the cells, they increase in volume and number. Therefore we observed an increase in the size of almost all tissues and organs of our body. The genes responsible for human growth hormone code are located in the q22-24 region of chromosome 17 and is closely related to genes of human chorionic somatotropin (hCS, also known as human placental lactogen). GH-Growth Hormone, the hCS-human chorionic somatotropin and PRL-prolactin are a group of homologous hormones with growth-promoting activity and lactogenesis. GH-Growth hormone circulates in plasma bound to a protein, GHBP-the binding protein GH-Growth hormone with one equivalent sequence of the extracellular domain of the GHR-GH receptor membrane Growth Hormone.
  5. 5. So the package system in the form of vesicles has a very important role in relation to extracellular and intracellular membranes, causing logistical role and delivering so with extreme precision each and every time and time substantiates the need for any complications surely lead to a physiological or metabolic impairment with serious consequences and their functions will not occur. Contato: Fones: 55 11 5087-4404 ou 96197-0305 Nextel: ID:111*101625 Rua Estela, 515 - Bloco D - 12º andar - Conj. 121/122 Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002 e-mails: drcaio@vanderhaagenbrasil.com drahenriqueta@vanderhaagenbrasil.com vanderhaagen@vanderhaagenbrasil.com Site Van Der Häägen Brazil www.vanderhaagenbrazil.com.br www.clinicavanderhaagen.com.br www.crescimentoinfoco.com www.obesidadeinfoco.com.br http://drcaiojr.site.med.br http://dracaio.site.med.br
  6. 6. Joao Santos Caio Jr http://google.com/+JoaoSantosCaioJr Video http://youtu.be/woonaiFJQwY Google Maps: http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl= pt&sll=-23.578256,46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie =UTF8&ll=-23.575591,- 46.650481&spn=0,0&t = h&z=17

×