GH-rDNA É USADO COMO TERAPÊUTICA DE DGH DO CRESCER EM CRIANÇA,DGH ADULTO.

477 visualizações

Publicada em

A somatotropina GH de origem de rDNA tem sido disponível comercialmente desde 1985, sendo que este substituiu o GH derivado da pituitária humana, que foi retirado de uso por questões de segurança. Após este avanço fenomenal com a retirada do GH extraído de hipófise de humanos, e a substituição por uso de GH rDNA, ocorreu a redenção da terapêutica para crescimento procurada no meio científico a muitos anos

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

GH-rDNA É USADO COMO TERAPÊUTICA DE DGH DO CRESCER EM CRIANÇA,DGH ADULTO.

  1. 1. OS GENES PARA O HORMÔNIO DE CRESCIMENTO HUMANO, CONHECIDO COMO O HORMÔNIO DE CRESCIMENTO 1 (SOMATOTROFINA) E HORMÔNIO DE CRESCIMENTO 2 , ESTÁ LOCALIZADO NA REGIÃO Q 22-24 DO CROMOSSOMA 17 E ESTÁ INTIMAMENTE RELACIONADO COM SOMATOMAMOTROFINA CORIÔNICA HUMANA (TAMBÉM CONHECIDO COMO GENES DO LACTOGÊNIO PLACENTÁRIO). O GH, SOMATOMAMOTROFINA CORIÔNICA HUMANA, E PROLACTINA PERTENCEM A UM GRUPO DE HORMÔNIOS HOMÓLOGOS COM ATIVIDADE DE PROMOÇÃO DO CRESCIMENTO ESTATURAL INFANTIL, JUVENIL E LACTOGÊNICA ALÉM DE OUTRA FUNÇÕES EM ADULTOS. O hormônio do crescimento humano é uma proteína de 191 aminoácidos com uma massa molecular de cerca de 22.000 daltons. Sua estrutura inclui quatro hélices, necessárias para a interação funcional com o receptor do GH. O GH é homólogo estrutural e evolucionário da prolactina e da somatomamotrofina coriônica. Apesar da marcante similariedade estrutural entre os hormônios de crescimento de diferentes espécies, apenas o GH humano e de primatas têm ação significante emseres humanos. A somatotropina GH de origem do rDNA tem proporcionado uma droga disponível e segura que tem melhorado muito a gestão de crianças e adolescentes com deficiência de DGH e outros distúrbios do crescimento. Nos EUA e na Europa, no Brasil as
  2. 2. agências reguladoras têm dado a aprovação para o uso de GH em crianças e adultos que atendam a critérios específicos. No entanto, controvérsias clínicas e éticas permanecememrelaçãoao diagnóstico de DGH, dosagem de GH, duração do tratamentoe os resultados esperados. Áreas que também necessitam de consenso incluem a gestão de pacientes púberes, pacientes na transição para a vida adulta e pacientes criança, infantil, juvenil e adolescentes, a gestão de crianças com baixa estatura idiopática e o papel do rIGF-1 no tratamento. Além disso, estudos têm demonstrado benefícios anabólicos do GH em crianças que têm doença inflamatória subjacente à base e eficácia do GH na superaçãode atrasos de crescimentoempessoas tratadas cronicamente com corticosteróides. Essas áreas estão abertas para possíveis novos usos desta droga. Estas indicações atuais de uso de GH em crianças discute áreas de debate clínico e potencial anabólico com o uso em doença crônica. A somatotropina GH de origem de rDNA tem sido disponível comercialmente desde 1985, sendo que este substituiu o GH derivado da pituitária humana, que foi retirado de uso por questões de segurança. Após este avanço fenomenal com a retirada do GH extraído de hipófise de humanos, e a substituição por uso de GH rDNA, ocorreu a redenção da terapêutica para crescimento procurada no meio científico a muitos anos, e os efeitos dos milhões de pessoas que as utilizam no
  3. 3. mundo inteirofoi altamente eficientecomessanova terapêutica, semos danos do medicamentoprecárioantes de 1985. As agências reguladoras na Europa e na América do Norte e demais países têm autorizado a sua utilizaçãopara determinadas condições com base em dados que indicam segurança e eficácia. As atuais condições aprovadas nos EUA incluem: DGH, baixa estaturaidiopática(ISS), síndrome de Turner (ST), a síndrome de Prader-Willi (SPW), insuficiência renal crônica (IRC), pequenos para a idade gestacional (PIG) e síndrome de Noonan, e logicamente o crescimento estatural longitudinal ou linear em caso de deficiência. Apesar de autorização de uso, a controvérsia permanece mas sem efeitos negativos relevantes. O GH tem conhecidos efeitos anabólicos que podem ser desejáveis em várias doenças crônicas e têm sido estudadas em vários ensaios clínicos para determinar os potenciais benefícios do GH. MOLÉCULA GH
  4. 4. GROWTH LOW HEIGHT; GH-rDNA IS USED AS A THERAPEUTIC OF DISORDERS OF GROWTH IN CHILDREN AND ADULTGHD. GENES FOR HUMAN GROWTH HORMONE, KNOWN AS GROWTH HORMONE1 (SOMATOTROPIN) AND GROWTH HORMONE2 IS LOCATED IN THE REGION OF CHROMOSOME24 Q22-17. PHYSIOLOGY- ENDOCRINOLOGY-NEUROENDOCRINOLOGY-GENETICS-ENDOCRINE- PEDIATRICS (SUBDIVISION OF ENDOCRINOLOGY):DR. JOÃO SANTOS CAIO JR. ET DRA. HENRIQUETA VERLANGIERI CAIO. AND IS CLOSELY RELATED TO HUMAN CHORIONIC SOMATOMAMMOTROPIN (ALSOKNOWN AS PLACENTAL LACTOGEN GENES). GH, SOMATOMAMMOTROPIN CHORIONIC HUMAN, AND PROLACTIN BELONG TO A GROUP ACTIVITY WITH HOMOLOGOUS HORMONES GROWTH HEIGHTCHILD AND YOUTH AND BEYOND LACTOGENIC AND OTHER FUNCTIONS IN ADULTS. The human growthhormone is a proteinof 191 amino acids witha molecular mass of about 22,000 daltons. Its structure includesfour helices necessary for functional interactionwiththe GH receptor. The GH is structurally andevolutionary homologue of prolactinand chorionic somatomammotropin. Despite markedstructural similariedade between growthhormones from different species, only humanand primate GH have significant actioninhumans. The somatotropin-GH of rDNA origin has provideda safe and available drug that has greatly improvedthe management of childrenand adolescents withGHD and other growth disorders. Inthe U.S. and Europe, Brazil regulatorshave givenapproval for the use of GH in childrenand adults who meet specific criteria. However, clinical andethical controversiesremainregarding the diagnosis of GHD, serumGH, durationof treatment andoutcomes. Areas that also require consensus includemanagement of pubertal patients, the transitiontoadulthoodpatients, children, juvenile andadolescents,
  5. 5. the management of childrenwithidiopathic short statureandrole of rIGF-1 treatment. Furthermore, studies have shownbenefits of anabolic GH in children who have underlying basis inflammatory disease andefficacy of GH in overcoming growthretardationinpeople chronically treatedwith corticosteroids. These areas are open to possible new uses of this drug. These current indications for use GH in childrenand discusses areas of clinical debate and anabolic potential use in chronic disease. Somatotropin-GH of rDNA originhas beencommercially available since 1985. Replacedderivedfromhuman pituitary GH, whichwas removedfor safety reasons. After this phenomenal breakthroughwiththe withdrawal of GH extractedfrom human pituitary, andthe substitutionof the use of GH made genetically engineeredthroughrDNA, occurredredemptionof therapy for growthin scientific sought throughthe years andthe effects of the millions of people who use worldwide was highly efficient withthis new therapeutic without damage precarious medicinebefore 1985. Regulatory agencies inEurope and NorthAmericaandother countries have authorizedthe use for certainconditions basedondata showing safety and efficacy. Current conditions approvedinthe U.S. include:GH (GHD), idiopathic short stature (ISS), Turner syndrome (TS), the Prader-
  6. 6. Willi syndrome (PWS), chronic renal failure (CRF), small for gestational age (SGA) and the Noonan syndrome, and logically the longitudinal or linear height growthincase of disability. Althoughauthorizedtouse, but the controversy remains without significant negative effects. GH is known anabolic effects whichmay be desirable andseveral chronic diseases have beenstudiedinclinical trials todetermine the potential benefits of GH. Dr. João Santos Caio Jr. Endocrinologia – Neuroendocrinologista CRM 20611 Dra. Henriqueta V. Caio Endocrinologista – Medicina Interna CRM 28930 Como saber mais: 1. A deficiênciade hormôniotireoidianoreduz ataxa de crescimento pós-natal e o desenvolvimentoesqueléticocasoseuinícioocorraantes do nascimento... http://hormoniocrescimentoadultos.blogspot.com 2. Nessacondiçãotemos que levar em consideraçãoque tantoa disfunçãomaterno-fetal irácomprometer ocrescimentopós-natal e por consequência todas as outras fases do crescimento, ouseja, criança, infantil, juvenil... http://longevidadefutura.blogspot.com 3. O tratamentoprecoce após odiagnósticono períodoneonatal reduz acentuadamente a insuficiênciadocrescimentoe praticamenteelimina o retardomental ocasionado por este distúrbio... http://imcobesidade.blogspot.com AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO
  7. 7. DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA. Referências Bibliográficas: Caio Jr, João Santos, Dr.; Endocrinologista, Neuroendocrinologista, Caio,H. V., Dra. Endocrinologista, Medicina Interna – Van Der Häägen Brazil, São Paulo, Brasil; Nørrelund H (Abril de 2005). "O papel metabólico do hormônio do crescimento em seres humanos, com particular referência ao jejum". Crescimento Horm. IGF Res. 15(2):. 95-122 doi : 10.1016 /j.ghir.2005.02.005 . PMID 15809014; Kanaley JA, Weltman JY, Veldhuis JD, Rogol AD, Hartman ML, Weltman A (Novembro de 1997). "hormônio do crescimento humano resposta aos repetidos ataques de exercício aeróbico" . J. Appl. Physiol. 83 (5):. 1756-1761 PMID 9375348; Guillemin R, Gerich JE (1976). "Somatostatina: significância fisiológica e clínica". Annu. Rev. Med.. 27 :. 379-88 doi : 10.1146 /annurev.me. 27.020176.002115.PMID 779.605; Allen DB (setembro de 1996). "Supressão do crescimento pela terapia de glicocorticóides". Endocrinol. Metab. Clin. . Norte Am 25 (3): 699-717.doi :10.1016/S0889-8529 (05) 70348-0 . PMID 8879994; Scarth JP (2006)."Modulação da hormona do crescimento insulin-like growth factor eixo (GH-IGF) por farmacêuticos, nutracêuticos e ambientais xenobióticos:. Um papel emergente para as enzimas responsáveis pela metabolização e os fatores de transcrição que regulam a expressão Uma revisão". Xenobiotica 36 (2 -3): 119-218.doi :10.1080/ 00498250600621627.PMID 16702112; Binder G, Wittekindt N, Ranke MB (fevereiro de 2007) "Síndrome de Noonan: Genética e capacidade de resposta para Growth Hormone Therapy" . Horm Res 67(Suplemento 1):. 45-49 doi : 10.1159/000097552 .ISBN 978-3-8055-8255-1; "Açõesde Anterior Hormônios Hipofisários: ações fisiológicas de GH" . Medical College of Georgia. 2007 . Retirado 2008/01/16; ReiMW (2006). "Estrutura e Função dos hormônios: hormônio do crescimento" .Indiana State University . Retirado 2008/01/16; TF Davies (ed.), A Baseado em Casos Guide to Clinical Endocrinology, 2008,pag.16; Molitch ME, Clemmons DR, Malozowski S, Merriam GR, Shalet SM, Vance ML;Clinical Guidelines Subcomissão da Endocrine Society, Stephens PA (maio de 2006). "Avaliação e tratamento da deficiência de hormônio de crescimento de adultos: um Endocrine Society Clinical Practice Guideline". J. Clin. Endocrino. . Metab 91 (5):. 1621-1634 doi : 10.1210/jc.2005-2227.PMID 16636129. Contato: Fones: 55 11 5087-4404 ou96197-0305 Nextel: ID:111*101625 Rua Estela, 515 - BlocoD - 12ºandar - Conj. 121/122 Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002 e-mails:drcaio@vanderhaagenbrasil.com drahenriqueta@vanderhaagenbrasil.com vanderhaagen@vanderhaagenbrasil.com Site Van Der Häägen Brazil www.vanderhaagenbrazil.com.br www.clinicavanderhaagen.com.br www.crescimentoinfoco.com www.obesidadeinfoco.com.br
  8. 8. http://drcaiojr.site.med.br http://dracaio.site.med.br Joao Santos Caio Jr http://google.com/+JoaoSantosCaioJr Video http://youtu.be/woonaiFJQwY Google Maps: http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl= pt&sll=-23.578256,46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie =UTF8&ll=-23.575591,- 46.650481&spn=0,0&t = h&z=17

×