Pesquisa de Origem e Destino de Cargas no Município de São Paulo

1.215 visualizações

Publicada em

Apresentação da Pesquisa ODC no Workshop realizado em 16/06/2015

Publicada em: Governo e ONGs
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.215
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
388
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pesquisa de Origem e Destino de Cargas no Município de São Paulo

  1. 1. Pesquisa Origem e Destino de Cargas de São Paulo Foto: G1 Foto: R7 Seminário e Workshop São Paulo, 16 de junho de 2015
  2. 2. Pesquisa Origem Destino de Cargas de São Paulo •Contexto, Objetivos e Entidades envolvidas •A quem se dirige •Porque deve responder •Principais Benefícios •Confidencialidade ENQUADRAMENTO •Área de Abrangência e Zoneamento •Amostra •Estrutura do Questionário / Informações a serem coletadas •Metodologia de Coleta de Dados •A experiência do Piloto PRINCIPAIS ETAPAS E ASPECTOS METODOLÓGICOS ASPECTOS CRÍTICOS PARA O SUCESSO DA PESQUISA PRINCIPAIS APLICAÇÕES DIVULGAÇÃO Agenda
  3. 3. ENQUADRAMENTO Pesquisa Origem Destino de Cargas de São Paulo
  4. 4. A Companhia de Engenharia de Tráfego – CET através do Programa de Transporte Sustentável e Qualidade do Ar (STAQ), iniciativa do Banco Mundial, está realizando a primeira Pesquisa Origem e Destino de Cargas no Município de São Paulo com o objetivo de ter um banco de dados que permita racionalizar o transporte de carga, além de estabelecer parâmetros concretos sobre a sua movimentação, contribuindo para reduzir as deseconomias e os impactos atmosféricos dos gases causadores do efeito estufa GEE. Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloContexto
  5. 5. Supervisionada pela Companhia de Engenharia de Tráfego – CET Financiada pelo Banco Mundial através do GEF – Global Environment Facility Planejamento & Gerenciamento Execução da Pesquisa de Campo EntidadesEnvolvidas Pesquisa Origem Destino de Cargas de São Paulo
  6. 6. • Conhecer a matriz OD do transporte de carga em São Paulo • Proporcionar maior racionalidade e eficiência na distribuição de bens e no uso da infraestrutura viária • Reduzir os conflitos e impactos com outros modos de transporte • Analisar alterações na regulamentação da circulação de carga • Reduzir o impacto ambiental pela diminuição do consumo de combustível e emissão de poluentes • Identificar oportunidades para redução de deseconomias e ganhos de produtividade • Ajudar os setores de negócio a adquirir maior eficiência logística • Parceria entre setores público e privado para o desenvolvimento de soluções de logística urbana Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloObjetivosGerais
  7. 7. Caracterização da Carga Tipo Volume - Peso Valor Mercadorias, Bens e Serviços Insumos e Resíduos Utilitário Caracterização dos Veículos Caminhão Tipo de Caminhão Tipo de Carroceria Nº de Eixos Moto Caracterização das Viagens Extensão: Internas e Externas Tempos de Viagem Frequências Faixas horárias Caracterização das Empresas Custos Logísticos Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloObjetivoEspecífico Conhecer a distribuição urbana da carga
  8. 8. • Municipal / Metropolitana • Viagens internas ou com Origem ou Destino no Município de São Paulo Abrangência • Empresas registadas no Município de São Paulo (RAIS 2011)Público Alvo • Por categoria de porte: pequena, média e grande empresa • Por setor econômico (17 setores) Estratificação da Amostra • 3.048 questionários válidosDimensão da Amostra • Combinação entre Método Aleatório e Não Aleatório (RAIS 2011)Seleção da Amostra • 3 métodos possíveis: Entrevista Presencial, Entrevista Telefônica; ou Autopreenchimento via web Método de Coleta de Informação 51 estratos Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloEnquadramento
  9. 9. QUEM É O PÚBLICO ALVO DA PESQUISA • PEQUENAS, MÉDIAS E GRANDES EMPRESAS que na sua atividade diária transacionam mercadorias. A QUEM SE DESTINA O ESTUDO • EMPRESAS que passam a deter maior conhecimento do seu setor. • ENTIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS com interesse na movimentação de cargas e operações logísticas. • SOCIEDADE, em geral, que se beneficia das medidas decorrentes da aplicação dos resultados do estudo. • PODER PÚBLICO que passa a deter informação qualificada para tomada de decisões e implementação de medidas de otimização da logística urbana. Destinatários Pesquisa Origem Destino de Cargas de São Paulo
  10. 10. PORQUE AS EMPRESAS DEVEM RESPONDER A PESQUISA • Oportunidade de participar num estudo único e inovador • Acesso em primeira mão a informações detalhadas sobre a operação logística em São Paulo Principalmente porque • AO PARTICIPAR DA PESQUISA, AS EMPRESAS ESTARÃO SUBSIDIANDO A PREFEITURA PARA QUE NA FORMULAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS SEJAM CONSIDERADAS AS CARACTERÍSTICAS E NECESSIDADES DE SEUS SETORES PROPICIANDO MAIOR CONVERGÊNCIA ENTRE OS OBJETIVOS PÚBLICOS E PRIVADOS • MAIOR CONVERGÊNCIA ENTRE OBJETIVOS PÚBLICOS E PRIVADOS • PLANO DE AÇÃO E MEDIDAS DE ATUAÇÃO MAIS AJUSTADAS AOS SETORES • MELHOR CONHECIMENTO DOS IMPACTOS DAS MEDIDAS • MAIOR EFICIÊNCIA DO TRANSPORTE DE CARGA Destinatários Pesquisa Origem Destino de Cargas de São Paulo
  11. 11. Ganhos para as Empresas Participantes Favorece a determinação de custos logísticos urbanos e impactos por setor relativos a: Estoques, Armazenagem, Transportes e Administração Fornece base de dados analíticos confiáveis para aprimoramento de políticas públicas e privadas Menor impacto das políticas e regulamentações públicas nos negócios Possibilita identificar oportunidades de sinergia entre a formulação de políticas públicas e interesses privados - Cenário “Win – Win” Entender a interação entre o transporte de cargas e de passageiros no cenário urbano – (carga + passageiros X carga ou passageiros) Destinatários Pesquisa Origem Destino de Cargas de São Paulo
  12. 12. A CONFIDENCIALIDADE dos dados estará garantida. • Cada questionário será identificado por um código. • A base de dados não incluirá nem o nome, nem o endereço da empresa que participou na Pesquisa, garantindo o sigilo. • Em toda a Pesquisa não haverá referências a empresas específicas e a informação não será tratada de forma individual. • Será excluído qualquer resultado que permita identificar a empresa que forneceu os dados. Todos os participantes terão acesso aos resultados da Pesquisa. Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloDestinatários
  13. 13. • Empresa = Código Banco de Dados de acesso restrito • Código • Respostas ao Questionário Banco de Dados de Trabalho • Registros anônimos, multiplicados pelo fator de expansão (da amostra para o universo) • Dados agregados (e não empresa a empresa) Banco de Dados Final Produto Zona de Origem Zona de Destino Peso Valor Tipo de Veículo (…) Material de Construção A B Total Ton Total Reais Caminhão, 5 ton … Material de Construção A B Total Ton Total Reais Caminhão Especial … Material de Construção A C Total Ton Total Reais Caminhão, 5 ton … Princípio de confidencialidade e acesso à informação Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloTratamentodosDados Categoria de Produto (múltipla escolha) Peso/Volum e Total Tipo de Veículo Faixa Horária de EXPEDIÇÃO Valor (R$) CEP 1 Eletrônicos 50 VUC Entre as 7:00 e as 10:00 250 12345-123 2 Cosméticos 25 VAN Entre as 7:00 e as 10:00 100 12345-123 3 Roupas 45 VUC Entre as 7:00 e as 10:00 230 45678-456
  14. 14. PRINCIPAIS FASES DO PROJETO e ASPECTOS METODOLÓGICOS Pesquisa Origem Destino de Cargas de São Paulo
  15. 15. PRINCIPAIS ETAPAS DO ESTUDO I - Planejamento da Pesquisa Origem e Destino II - Sistema de Digitação e Consistência dos Dados III - Pesquisa-Piloto IV - Execução da Pesquisa em campo V - Tratamento de dados e Produção de resultados Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloEstruturaçãodaPesquisa
  16. 16. • Definição e Compatibilização do Zoneamento • Definição do Plano Amostral • Definição e Elaboração dos Questionários • Elaboração dos Manuais Supervisor e Entrevistador • Preparação do Treinamento I - Planejamento da Pesquisa Origem e Destino Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloEtapaI:Planejamento
  17. 17. Zoneamento Interno 49 Zonas Homogêneas Uso e Ocupação do Solo • Área construída m² por setor/quadra • Residencial, Comercial, Serviços, Industrial e Armazenagem Sistema Viário • Hierarquia viária • Configuração Sistema Viário Estrutural – Acessibilidade Compatibilidade • Zonas Metrô 2007 ( Pesquisa O/D de Passageiros) • Macrozoneamento da SLT (Secr. Logística e Transportes de SP) • Distritos Municipais Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloZoneamentoInterno
  18. 18. Zoneamento Externo Região Metropolitana e Meso-Região • Relevância econômica dos municípios • Produção / atração de viagens de carga • Acessibilidade em relação aos eixos viários • Zoneamento da SLT 16 Zonas Porto de Santos - 1 Zona Aeroporto Guarulhos - 1 Zona Complementariedade com a O/D de Cargas da SLT Secretaria de Logística e Transportes de SP Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloZoneamentoExterno
  19. 19. Zoneamento Externo Resto do País - 1 Zona Resto do Mundo - 1 Zona Estado de São Paulo - 11 Zonas Aeroporto Viracopos - 1 Zona Complementariedade com a O/D de Cargas da SLT Secretaria de Logística e Transportes de SP Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloZoneamentoExterno • Relevância econômica dos municípios • A produção / atração de viagens de carga • Acessibilidade em relação aos eixos viários • Zoneamento da SLT
  20. 20. Alojamento e Alimentação Transporte Rodoviário de Cargas Transporte Armazenagem e Correios Hospitais Outros: Adm. Pública, Bancos, Justiça, TI Manutenção/Reparação veículos e máquinas – carga pesada Indústria Extrativa – Pedra, Areia Ind. Transf. Alimentícia, Bebidas Cigarros Ind. Transf. Bens de Consumo Ind. Transf. Bens de Capital (máquinas, insumos, combustíveis) Construção Edifícios / Infraestrutura Comércio Atacadista Bens de Consumo Comércio Atacadista Bens de Capital Comércio Atacadista - Outros Comércio Varejista– Supermercados Todos os outros varejistas Resíduos –Perigosos e hospitalares, lixo, terra, entulho, recicláveis e distribuição de água Estratificação por setor 5 Macro-Setores: Serviços – Indústria – Comércio – Construção – Resíduos Empresas de 17 setores econômicos: Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloAmostra Bases de dados: RAIS 2011 e CNAE 2011
  21. 21. Definição e elaboração do questionário Seção 1: Informação Geral sobre a Empresa e Instalações Informações gerais da empresa e detalhes sobre as três maiores instalações de cada um dos tipos considerados (Fábrica, Armazém / Galpão, Centro de Distribuição, Loja, outro tipo de instalação). Seção 2: Coleta de Informações Sobre Movimentos Expedidos e Recebidos Esta seção coleta informação detalhada sobre cada movimento de expedição ou recebimento realizado e associado a cada instalação identificada na seção 1 Seção 3: Planejamento Logístico Informação sobre as opções logísticas adotadas pela empresa e os impactos das políticas existentes nos processos logísticos e nos custo Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloQuestionário
  22. 22. • Desenvolvimento do Instrumento de Coleta de Dados e Testes • Treinamento no uso do Sistema • Implementação da digitação e consistência dos dados II - Sistema de Digitação e Consistência dos Dados Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloEtapaII:Dados
  23. 23. Instrumento de Coleta de Dados Pesquisa Origem Destino de Cargas de São Paulo
  24. 24. III - Pesquisa Piloto Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloEtapaIII:PesquisaPiloto • Pesquisa Piloto • Definição de questionário definitivo • Treinamento dos Supervisores de Equipe • Treinamento dos Pesquisadores • Preparação da Campanha de Divulgação da Pesquisa
  25. 25. Pesquisa-Piloto A pesquisa-piloto foi realizada no último mês de maio. Esta pesquisa permitiu: • Testar o protocolo definido para a pesquisa: agendamento, tempo de resposta, período de resposta, número de contatos para obter um questionário válido, etc. • Perceber o grau de precisão da RAIS: empresas que já não existem, CNPJ errados, etc. • Testar conceitos e períodos de referência • Identificar o método preferido dos respondentes para a coleta de informação • Treinar supervisores e entrevistadores Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloPesquisaPiloto
  26. 26. Definição de questionário definitivo O questionário inicial sofreu um conjunto de alterações no sentido de facilitar a resposta das empresas e incentivar a sua participação na pesquisa, resultando em: • Um único questionário para os três diferentes portes de empresa • Período de referência único (último dia) • Eliminação de algumas questões • Automatização de respostas e inserção de novas funções no instrumento de coleta de informação O QUESTIONÁRIO QUE SE PRETENDE APLICAR NESTA PESQUISA CORRESPONDE À SOLICITAÇÃO MÍNIMA DE INFORMAÇÃO QUE GARANTE CUMPRIR OS OBJETIVOS DO ESTUDO Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloPesquisaPiloto
  27. 27. • Divulgação ao Público-Alvo • Contato prévio com as empresas selecionadas • Pesquisa nas empresas entre junho e setembro • Manutenção da Campanha de Divulgação • Aferição da Pesquisa - Levantamentos Corretivos / Complementares • Validação dos Resultados - Avaliação dos dados pesquisados IV - Execução da pesquisa em campo Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloEtapaIV:Pesquisaemcampo
  28. 28. • Georeferenciamento, Processamento e Análise dos Resultados • Relatórios Descritivos e Geração de Banco de Dados Final • Sistematização de Fluxos e Determinação de Matrizes • Principais Indicadores de Movimentação de Carga V - Tratamento de dados e produção de resultados Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloEtapaV:Resultados
  29. 29. ASPECTOS CRÍTICOS PARA O SUCESSO DA PESQUISA Pesquisa Origem Destino de Cargas de São Paulo
  30. 30. Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloPrincipaisFatoresCríticosdeSucesso A participação de cada empresa é FUNDAMENTAL porque contribui para o AUMENTO DA ROBUSTEZ E PRECISÃO DO BANCO DE DADOS e para a boa REPRESENTATIVIDADE DO SEU SETOR. AO RESPONDER, A EMPRESA: • É convidada A DAR SUGESTÕES QUE CONTRIBUAM PARA MELHORAR A CIRCULAÇÃO DE MERCADORIAS • Tem uma OPORTUNIDADE PARA REPORTAR DIFICULDADES na sua operação quotidiana e de SER OUVIDA PELOS AGENTES QUE TÊM PODER DE DECISÃO NA CIDADE • Ao participar contribui para o bem coletivo da Cidade. A resposta a este questionário é entendida como uma MEDIDA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL E AMBIENTAL DA EMPRESA e AGREGA VALOR À EMPRESA
  31. 31. O correto preenchimento do questionário: • EM CADA EMPRESA RESPONDENTE deve existir um RESPONSÁVEL pelo PREENCHIMENTO DO QUESTIONÁRIO, mesmo que possa haver várias pessoas a responder. • Este responsável deve garantir o CUMPRIMENTO DOS PRAZOS DE RESPOSTA e no caso de surgirem dúvidas de preenchimento, deverá contactar a COMAP, empresa responsável pela coleta de informação. • A CONFIABILIDADE DA INFORMAÇÃO fornecida é muito importante para a qualidade do banco de dados final. Em caso de dúvida ou desconhecimento da informação, interrompa e certifique-se do rigor da mesma. Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloPrincipaisFatoresCríticosdeSucesso
  32. 32. Pesquisa Origem Destino de Cargas de São PauloPrincipaisFatoresCríticosdeSucesso Às entidades responsáveis pelo projetocabe: • Manter a MOTIVAÇÃO DOS RESPONDENTES • Envolver os STAKEHOLDERS na DIVULGAÇÃO DA PESQUISA; por exemplo, as ASSOCIAÇÕES e SINDICATOS • Assegurar a DIVULGAÇÃO DA PESQUISA A TODO O TIPO DE EMPRESAS
  33. 33. Pesquisa Origem Destino de Cargas de São Paulo PRINCIPAIS APLICAÇÕES
  34. 34. PrincipaisAplicações Pesquisa Origem Destino de Cargas de São Paulo Dotar a CET do conhecimento do perfil da distribuição urbana da carga (bens, serviços, mercadorias, insumos e resíduos) para alcançar os objetivos de otimizar a logística urbana, reduzir as emissões pela alteração da frota e melhorar as condições de dispersão dos GEE (Gases de Efeito Estufa).
  35. 35. PrincipaisAplicações Pesquisa Origem Destino de Cargas de São Paulo Principais Aplicações para o Poder Público: • Desenvolvimento de modelos de simulação de carga urbana • Estudos de localização de terminais e plataformas logísticas • Avaliação das medidas vigentes de gestão da carga urbana como VUC (veículo urbano de carga) ou ZMRC (zona máxima de restrição de circulação) • Projeções futuras da demanda de viagens da carga e seus impactos Principais Aplicações para a Iniciativa Privada: • Caracterização dos setores e seu benchmark nacional e internacional • Benchmarking com empresas similares (posicionamento da empresa face ao seu setor) • Estudos de localização e otimização da sua logística
  36. 36. DIVULGAÇÃO Pesquisa Origem Destino de Cargas de São Paulo
  37. 37. Principais Ações de Divulgação: • Página web alojada no website da CET atualizada com os desenvolvimentos mais recentes do estudo • Divulgação junto de Associações Empresariais e Sindicatos • Envio de press release para jornais locais e revistas de especialidade • Artigos técnicos • Apresentação do Estudo em conferências e seminários Divulgação Pesquisa Origem Destino de Cargas de São Paulo
  38. 38. Obrigado! Diretoria de Planejamento e Educação no Trânsito - DP Superintendência de Planejamento e Projetos - SPP Gerência de Planejamento, Logística e Estudos de Tráfego - GPL Departamento de Pesquisa e Estudos de Tráfego - DPT Companhia de Engenharia de Tráfego PREFEITURA DE SÃO PAULO Transportes Pesquisa Origem Destino de Cargas de São Paulo

×