SlideShare uma empresa Scribd logo

Plano de Ação Pedagogo

PLANO DE AÇÃO, PEDAGOGIA, PEDAGOGO, PROFESSOR

1 de 27
Baixar para ler offline
PLANO DE AÇÃO



    PROFESSOR CÉSAR TAVARES
TRABALHO DO PEDAGOGO
            PRINCÍPIOS:
GESTÃO DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA;
        TRABALHO COLETIVO;
        ÉTICA PROFISSIONAL;
  EDUCAÇÃO PÚBLICA, GRATUITA E DE
             QUALIDADE;
    COMPROMETIMENTO POLÍTICO
            PEDAGÓGICO.
            PROFESSOR CÉSAR TAVARES
CRONOGRAMA DE
   ATIVIDADE
 ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO
PEDAGÓGICO NO COTIDIANO DA
         ESCOLA

         PROFESSOR CÉSAR TAVARES
AÇÃO E DATA




  PROFESSOR CÉSAR TAVARES
AÇÃO E DATA


ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO NO
           COLETIVO DA ESCOLA
         ESCOLA E TEMPO ESCOLAR;
   ORGANIZAÇÃO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA;


  PERÍODO: DURANTE ANO LETIVO
              PROFESSOR CÉSAR TAVARES
AÇÃO E DATA

     FORMAÇÃO CONTINUADA DOS
PROFISSIONAIS DA ESCOLA CRONOGRAMA
         DA MANTENEDORA;
RELAÇÃO ENTRE ESCOLA E COMUNIDADE;


PERÍODO: DURANTE ANO LETIVO

            PROFESSOR CÉSAR TAVARES
Anúncio

Recomendados

Plano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoPlano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoCÉSAR TAVARES
 
Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10
Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10
Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10QUEDMA SILVA
 
Plano de-ac3a7c3a3o-modelo-01
Plano de-ac3a7c3a3o-modelo-01Plano de-ac3a7c3a3o-modelo-01
Plano de-ac3a7c3a3o-modelo-01Eveline Sol
 
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docxPLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docxssuser6c03a6
 
Plano de Ação da Escola Dinare Feitosa Ano 2013
Plano de Ação da Escola Dinare Feitosa  Ano 2013Plano de Ação da Escola Dinare Feitosa  Ano 2013
Plano de Ação da Escola Dinare Feitosa Ano 2013Adilson P Motta Motta
 
Plano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarPlano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarBelister Paulino
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Plano Anual de Ação da Orientação Escolar
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar Plano Anual de Ação da Orientação Escolar
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar LOCIMAR MASSALAI
 
Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021 Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021 muni2014
 
Relatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolarRelatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolarMaryanne Monteiro
 
Plano de ação gestão 2016 2019
Plano de ação gestão 2016 2019Plano de ação gestão 2016 2019
Plano de ação gestão 2016 2019Lindomar Oliveira
 
Plano de ação da Escola João Ferreira da Silva
Plano de ação da Escola João Ferreira da SilvaPlano de ação da Escola João Ferreira da Silva
Plano de ação da Escola João Ferreira da SilvaLucio Lira
 
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli BorgesReunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borgespdescola
 
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regularRelatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regularNethy Marques
 
1 apresentação reunião de pais
1 apresentação reunião de pais1 apresentação reunião de pais
1 apresentação reunião de paisColmanetti
 
Coordenador Pedagógico
Coordenador PedagógicoCoordenador Pedagógico
Coordenador PedagógicoNailson Rocha
 
Projeto reforço escolar
Projeto reforço escolarProjeto reforço escolar
Projeto reforço escolarCLEAN LOURENÇO
 
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar LOCIMAR MASSALAI
 
Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil Luiza Carvalho
 
relatório da educação especial-estágio
relatório da educação especial-estágiorelatório da educação especial-estágio
relatório da educação especial-estágioUFMA e UEMA
 
Planejamento escolar
Planejamento escolarPlanejamento escolar
Planejamento escolarJoao Balbi
 
Slides planejamento escolar
Slides planejamento escolarSlides planejamento escolar
Slides planejamento escolarAnanda Lima
 
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOINSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOEdlauva Santos
 

Mais procurados (20)

Plano Anual de Ação da Orientação Escolar
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar Plano Anual de Ação da Orientação Escolar
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar
 
Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021 Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021
 
Relatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolarRelatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolar
 
Plano de ação 2014 escola
Plano de ação 2014 escolaPlano de ação 2014 escola
Plano de ação 2014 escola
 
Plano de ação 2011
Plano de ação 2011Plano de ação 2011
Plano de ação 2011
 
Plano de ação gestão 2016 2019
Plano de ação gestão 2016 2019Plano de ação gestão 2016 2019
Plano de ação gestão 2016 2019
 
Plano de ação da Escola João Ferreira da Silva
Plano de ação da Escola João Ferreira da SilvaPlano de ação da Escola João Ferreira da Silva
Plano de ação da Escola João Ferreira da Silva
 
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli BorgesReunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
 
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regularRelatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
 
1 apresentação reunião de pais
1 apresentação reunião de pais1 apresentação reunião de pais
1 apresentação reunião de pais
 
Coordenador Pedagógico
Coordenador PedagógicoCoordenador Pedagógico
Coordenador Pedagógico
 
Projeto reforço escolar
Projeto reforço escolarProjeto reforço escolar
Projeto reforço escolar
 
Projeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPPProjeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPP
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
 
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
 
Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil
 
relatório da educação especial-estágio
relatório da educação especial-estágiorelatório da educação especial-estágio
relatório da educação especial-estágio
 
Planejamento escolar
Planejamento escolarPlanejamento escolar
Planejamento escolar
 
Slides planejamento escolar
Slides planejamento escolarSlides planejamento escolar
Slides planejamento escolar
 
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOINSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
 

Destaque

Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de CaxiasPnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de CaxiasFabiana Esteves
 
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2miesbella
 
DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2
DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2
DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2Eunice Mendes de Oliveira
 
Corrigido planejando as visitas às salas de aula -
Corrigido planejando as visitas às salas de aula -Corrigido planejando as visitas às salas de aula -
Corrigido planejando as visitas às salas de aula -Eunice Mendes de Oliveira
 
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontro
Pnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontroPnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontro
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontrotlfleite
 
Expandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
Expandindo a qualidade da educação pública de minas geraisExpandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
Expandindo a qualidade da educação pública de minas geraisEunice Mendes de Oliveira
 
Atividade 3 5_eunice slides a formiga e a neve c
Atividade 3 5_eunice slides a formiga e  a neve   cAtividade 3 5_eunice slides a formiga e  a neve   c
Atividade 3 5_eunice slides a formiga e a neve cEunice Mendes de Oliveira
 
PNAIC - Ano 3 unidade 3
PNAIC - Ano 3 unidade 3PNAIC - Ano 3 unidade 3
PNAIC - Ano 3 unidade 3ElieneDias
 
Apresentação1 dia d correto dia dos pais 2013 correto
Apresentação1 dia d correto dia dos pais 2013 corretoApresentação1 dia d correto dia dos pais 2013 correto
Apresentação1 dia d correto dia dos pais 2013 corretoEunice Mendes de Oliveira
 

Destaque (20)

Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de CaxiasPnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
 
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
 
Letra uber
Letra uberLetra uber
Letra uber
 
Dona Licinha conto1
Dona Licinha    conto1Dona Licinha    conto1
Dona Licinha conto1
 
Falarcomdeu sco
Falarcomdeu scoFalarcomdeu sco
Falarcomdeu sco
 
Mensagem dia dos pais
Mensagem dia dos paisMensagem dia dos pais
Mensagem dia dos pais
 
Trabahando com crianças do berçário
Trabahando com crianças do berçárioTrabahando com crianças do berçário
Trabahando com crianças do berçário
 
DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2
DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2
DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2
 
Apresentação flexibilização curricular
Apresentação flexibilização curricularApresentação flexibilização curricular
Apresentação flexibilização curricular
 
Corrigido planejando as visitas às salas de aula -
Corrigido planejando as visitas às salas de aula -Corrigido planejando as visitas às salas de aula -
Corrigido planejando as visitas às salas de aula -
 
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontro
Pnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontroPnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontro
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontro
 
Expandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
Expandindo a qualidade da educação pública de minas geraisExpandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
Expandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
 
1 power~1
1 power~11 power~1
1 power~1
 
Atividade 3 5_eunice slides a formiga e a neve c
Atividade 3 5_eunice slides a formiga e  a neve   cAtividade 3 5_eunice slides a formiga e  a neve   c
Atividade 3 5_eunice slides a formiga e a neve c
 
PNAIC - Ano 3 unidade 3
PNAIC - Ano 3 unidade 3PNAIC - Ano 3 unidade 3
PNAIC - Ano 3 unidade 3
 
Ativ.1ºano exibição modoexib.leit.
Ativ.1ºano exibição modoexib.leit.Ativ.1ºano exibição modoexib.leit.
Ativ.1ºano exibição modoexib.leit.
 
Apresentação1 dia d correto dia dos pais 2013 correto
Apresentação1 dia d correto dia dos pais 2013 corretoApresentação1 dia d correto dia dos pais 2013 correto
Apresentação1 dia d correto dia dos pais 2013 correto
 
Planejamento anual 2 ano fund
Planejamento anual 2 ano fundPlanejamento anual 2 ano fund
Planejamento anual 2 ano fund
 
Mensagem ao professor
Mensagem ao professorMensagem ao professor
Mensagem ao professor
 
A arte de contar histórias
A arte de contar históriasA arte de contar histórias
A arte de contar histórias
 

Semelhante a Plano de Ação Pedagogo

Plano de ação - Chapa 2
Plano de ação - Chapa 2Plano de ação - Chapa 2
Plano de ação - Chapa 2leilavss
 
EEEF Prof. Olintho de Oliveira - Eleição Direção (Plano Ação)
EEEF Prof. Olintho de Oliveira - Eleição Direção (Plano Ação)EEEF Prof. Olintho de Oliveira - Eleição Direção (Plano Ação)
EEEF Prof. Olintho de Oliveira - Eleição Direção (Plano Ação)Leandro Balejos
 
PPP 2013 e 2014 da escola pr francisco paz
PPP 2013 e 2014 da escola pr francisco pazPPP 2013 e 2014 da escola pr francisco paz
PPP 2013 e 2014 da escola pr francisco pazVeronica Mesquita
 
EEEF Prof. Olintho de Oliveira - Eleição Direção (Plano Ação)
EEEF Prof. Olintho de Oliveira - Eleição Direção (Plano Ação)EEEF Prof. Olintho de Oliveira - Eleição Direção (Plano Ação)
EEEF Prof. Olintho de Oliveira - Eleição Direção (Plano Ação)Leandro Balejos
 
Projeto pesquisa edu. especial
Projeto pesquisa edu. especialProjeto pesquisa edu. especial
Projeto pesquisa edu. especialTati Marques
 
Vote Professora Juçara Diretora E.E.B Lúcia Fernandes Lopes
Vote Professora Juçara Diretora E.E.B Lúcia Fernandes LopesVote Professora Juçara Diretora E.E.B Lúcia Fernandes Lopes
Vote Professora Juçara Diretora E.E.B Lúcia Fernandes LopesJuçara Medeiros Correa
 
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12ANA GRALHEIRO
 
Plano anual actividades 2011 12
Plano anual actividades 2011 12Plano anual actividades 2011 12
Plano anual actividades 2011 12ANA GRALHEIRO
 
Plano de trabalho da formação continuada de orientadores de estudo do pacto ...
Plano de trabalho da formação continuada de orientadores de estudo do pacto  ...Plano de trabalho da formação continuada de orientadores de estudo do pacto  ...
Plano de trabalho da formação continuada de orientadores de estudo do pacto ...Salete Perini
 
Encontro Teoria Pratica e Conhecimento de Gestao Escolar
Encontro Teoria Pratica e Conhecimento de Gestao EscolarEncontro Teoria Pratica e Conhecimento de Gestao Escolar
Encontro Teoria Pratica e Conhecimento de Gestao EscolarJanete Brito
 
Projecto educativo objectivos
Projecto educativo objectivosProjecto educativo objectivos
Projecto educativo objectivosANA GRALHEIRO
 
Slidesdo3encontro2011 110809182748-phpapp01
Slidesdo3encontro2011 110809182748-phpapp01Slidesdo3encontro2011 110809182748-phpapp01
Slidesdo3encontro2011 110809182748-phpapp01Jhosyrene Oliveira
 
Anexo vii paa 2013-2014 (2)
Anexo vii   paa 2013-2014 (2)Anexo vii   paa 2013-2014 (2)
Anexo vii paa 2013-2014 (2)AMG Sobrenome
 
Objectivos do proj educ actualizados
Objectivos do proj educ actualizadosObjectivos do proj educ actualizados
Objectivos do proj educ actualizadosANA GRALHEIRO
 
Apresentação da américa
Apresentação da américaApresentação da américa
Apresentação da américaEdvania Ferreira
 

Semelhante a Plano de Ação Pedagogo (20)

Plano de ação - Chapa 2
Plano de ação - Chapa 2Plano de ação - Chapa 2
Plano de ação - Chapa 2
 
EEEF Prof. Olintho de Oliveira - Eleição Direção (Plano Ação)
EEEF Prof. Olintho de Oliveira - Eleição Direção (Plano Ação)EEEF Prof. Olintho de Oliveira - Eleição Direção (Plano Ação)
EEEF Prof. Olintho de Oliveira - Eleição Direção (Plano Ação)
 
PPP 2013 e 2014 da escola pr francisco paz
PPP 2013 e 2014 da escola pr francisco pazPPP 2013 e 2014 da escola pr francisco paz
PPP 2013 e 2014 da escola pr francisco paz
 
EEEF Prof. Olintho de Oliveira - Eleição Direção (Plano Ação)
EEEF Prof. Olintho de Oliveira - Eleição Direção (Plano Ação)EEEF Prof. Olintho de Oliveira - Eleição Direção (Plano Ação)
EEEF Prof. Olintho de Oliveira - Eleição Direção (Plano Ação)
 
Projeto pesquisa edu. especial
Projeto pesquisa edu. especialProjeto pesquisa edu. especial
Projeto pesquisa edu. especial
 
Vote Professora Juçara Diretora E.E.B Lúcia Fernandes Lopes
Vote Professora Juçara Diretora E.E.B Lúcia Fernandes LopesVote Professora Juçara Diretora E.E.B Lúcia Fernandes Lopes
Vote Professora Juçara Diretora E.E.B Lúcia Fernandes Lopes
 
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
 
Plano anual actividades 2011 12
Plano anual actividades 2011 12Plano anual actividades 2011 12
Plano anual actividades 2011 12
 
Plano de trabalho da formação continuada de orientadores de estudo do pacto ...
Plano de trabalho da formação continuada de orientadores de estudo do pacto  ...Plano de trabalho da formação continuada de orientadores de estudo do pacto  ...
Plano de trabalho da formação continuada de orientadores de estudo do pacto ...
 
Encontro Teoria Pratica e Conhecimento de Gestao Escolar
Encontro Teoria Pratica e Conhecimento de Gestao EscolarEncontro Teoria Pratica e Conhecimento de Gestao Escolar
Encontro Teoria Pratica e Conhecimento de Gestao Escolar
 
Projecto educativo objectivos
Projecto educativo objectivosProjecto educativo objectivos
Projecto educativo objectivos
 
Plano de gestão CHAPA 1
Plano de gestão CHAPA 1Plano de gestão CHAPA 1
Plano de gestão CHAPA 1
 
Slidesdo3encontro2011 110809182748-phpapp01
Slidesdo3encontro2011 110809182748-phpapp01Slidesdo3encontro2011 110809182748-phpapp01
Slidesdo3encontro2011 110809182748-phpapp01
 
Anexo vii paa 2013-2014 (2)
Anexo vii   paa 2013-2014 (2)Anexo vii   paa 2013-2014 (2)
Anexo vii paa 2013-2014 (2)
 
PEA 2012-13
PEA 2012-13PEA 2012-13
PEA 2012-13
 
Objectivos do proj educ actualizados
Objectivos do proj educ actualizadosObjectivos do proj educ actualizados
Objectivos do proj educ actualizados
 
Proposta Pedagógica 2014
Proposta Pedagógica 2014Proposta Pedagógica 2014
Proposta Pedagógica 2014
 
Ppp 2018 eeb saad sarquis
Ppp 2018 eeb saad sarquisPpp 2018 eeb saad sarquis
Ppp 2018 eeb saad sarquis
 
Plano de gestão escolar 2016
Plano de gestão escolar 2016Plano de gestão escolar 2016
Plano de gestão escolar 2016
 
Apresentação da américa
Apresentação da américaApresentação da américa
Apresentação da américa
 

Mais de CÉSAR TAVARES

Como podemos trabalhar com os alunos que apresentam dificuldades de aprendizagem
Como podemos trabalhar com os alunos que apresentam dificuldades de aprendizagemComo podemos trabalhar com os alunos que apresentam dificuldades de aprendizagem
Como podemos trabalhar com os alunos que apresentam dificuldades de aprendizagemCÉSAR TAVARES
 
Base Nacional Comum Curricular
Base Nacional Comum CurricularBase Nacional Comum Curricular
Base Nacional Comum CurricularCÉSAR TAVARES
 
1) Mediação de Conflito
1) Mediação de Conflito 1) Mediação de Conflito
1) Mediação de Conflito CÉSAR TAVARES
 
Paradigma do currículo histórico crítico dos conteúdos
Paradigma do currículo histórico crítico dos conteúdosParadigma do currículo histórico crítico dos conteúdos
Paradigma do currículo histórico crítico dos conteúdosCÉSAR TAVARES
 
Atos infracionais ordenamento jurídico
Atos infracionais ordenamento jurídicoAtos infracionais ordenamento jurídico
Atos infracionais ordenamento jurídicoCÉSAR TAVARES
 
Política Educacional e M.P. 746/2016
Política Educacional e M.P. 746/2016Política Educacional e M.P. 746/2016
Política Educacional e M.P. 746/2016CÉSAR TAVARES
 
Legislação: Alunos com Deficiência
Legislação: Alunos com DeficiênciaLegislação: Alunos com Deficiência
Legislação: Alunos com DeficiênciaCÉSAR TAVARES
 
CONVOCAÇÕES DE PAIS/RESPONSÁVEIS
CONVOCAÇÕES DE PAIS/RESPONSÁVEISCONVOCAÇÕES DE PAIS/RESPONSÁVEIS
CONVOCAÇÕES DE PAIS/RESPONSÁVEISCÉSAR TAVARES
 
Estrutura do Sistema da Deficiência Visual
Estrutura do Sistema da Deficiência VisualEstrutura do Sistema da Deficiência Visual
Estrutura do Sistema da Deficiência VisualCÉSAR TAVARES
 
Transtorno do Espectro Autista
Transtorno do Espectro AutistaTranstorno do Espectro Autista
Transtorno do Espectro AutistaCÉSAR TAVARES
 
Políticas Públicas da Educação
Políticas Públicas da EducaçãoPolíticas Públicas da Educação
Políticas Públicas da EducaçãoCÉSAR TAVARES
 
DIAGNÓSTICO - SALA DE RECURSO - INCLUSÃO
DIAGNÓSTICO - SALA DE RECURSO - INCLUSÃODIAGNÓSTICO - SALA DE RECURSO - INCLUSÃO
DIAGNÓSTICO - SALA DE RECURSO - INCLUSÃOCÉSAR TAVARES
 
Avaliação Instituição de Ensino
Avaliação Instituição de EnsinoAvaliação Instituição de Ensino
Avaliação Instituição de EnsinoCÉSAR TAVARES
 
Concepção da Escola Especial e Inclusiva
Concepção da Escola Especial e InclusivaConcepção da Escola Especial e Inclusiva
Concepção da Escola Especial e InclusivaCÉSAR TAVARES
 
Descentralização Curriculares
Descentralização CurricularesDescentralização Curriculares
Descentralização CurricularesCÉSAR TAVARES
 
Conselho de Classe - Participativo
Conselho de Classe  - ParticipativoConselho de Classe  - Participativo
Conselho de Classe - ParticipativoCÉSAR TAVARES
 
Planejamento - Reflexões e Subsídios
Planejamento - Reflexões e SubsídiosPlanejamento - Reflexões e Subsídios
Planejamento - Reflexões e SubsídiosCÉSAR TAVARES
 
Noções e Conceitos - Multi/Inter/Trans - Disciplinaridade
Noções e Conceitos - Multi/Inter/Trans - DisciplinaridadeNoções e Conceitos - Multi/Inter/Trans - Disciplinaridade
Noções e Conceitos - Multi/Inter/Trans - DisciplinaridadeCÉSAR TAVARES
 

Mais de CÉSAR TAVARES (20)

Direito Educacional
Direito EducacionalDireito Educacional
Direito Educacional
 
Como podemos trabalhar com os alunos que apresentam dificuldades de aprendizagem
Como podemos trabalhar com os alunos que apresentam dificuldades de aprendizagemComo podemos trabalhar com os alunos que apresentam dificuldades de aprendizagem
Como podemos trabalhar com os alunos que apresentam dificuldades de aprendizagem
 
Base Nacional Comum Curricular
Base Nacional Comum CurricularBase Nacional Comum Curricular
Base Nacional Comum Curricular
 
1) Mediação de Conflito
1) Mediação de Conflito 1) Mediação de Conflito
1) Mediação de Conflito
 
Paradigma do currículo histórico crítico dos conteúdos
Paradigma do currículo histórico crítico dos conteúdosParadigma do currículo histórico crítico dos conteúdos
Paradigma do currículo histórico crítico dos conteúdos
 
Atos infracionais ordenamento jurídico
Atos infracionais ordenamento jurídicoAtos infracionais ordenamento jurídico
Atos infracionais ordenamento jurídico
 
Política Educacional e M.P. 746/2016
Política Educacional e M.P. 746/2016Política Educacional e M.P. 746/2016
Política Educacional e M.P. 746/2016
 
Legislação: Alunos com Deficiência
Legislação: Alunos com DeficiênciaLegislação: Alunos com Deficiência
Legislação: Alunos com Deficiência
 
CONVOCAÇÕES DE PAIS/RESPONSÁVEIS
CONVOCAÇÕES DE PAIS/RESPONSÁVEISCONVOCAÇÕES DE PAIS/RESPONSÁVEIS
CONVOCAÇÕES DE PAIS/RESPONSÁVEIS
 
Escola Inclusiva
Escola InclusivaEscola Inclusiva
Escola Inclusiva
 
Estrutura do Sistema da Deficiência Visual
Estrutura do Sistema da Deficiência VisualEstrutura do Sistema da Deficiência Visual
Estrutura do Sistema da Deficiência Visual
 
Transtorno do Espectro Autista
Transtorno do Espectro AutistaTranstorno do Espectro Autista
Transtorno do Espectro Autista
 
Políticas Públicas da Educação
Políticas Públicas da EducaçãoPolíticas Públicas da Educação
Políticas Públicas da Educação
 
DIAGNÓSTICO - SALA DE RECURSO - INCLUSÃO
DIAGNÓSTICO - SALA DE RECURSO - INCLUSÃODIAGNÓSTICO - SALA DE RECURSO - INCLUSÃO
DIAGNÓSTICO - SALA DE RECURSO - INCLUSÃO
 
Avaliação Instituição de Ensino
Avaliação Instituição de EnsinoAvaliação Instituição de Ensino
Avaliação Instituição de Ensino
 
Concepção da Escola Especial e Inclusiva
Concepção da Escola Especial e InclusivaConcepção da Escola Especial e Inclusiva
Concepção da Escola Especial e Inclusiva
 
Descentralização Curriculares
Descentralização CurricularesDescentralização Curriculares
Descentralização Curriculares
 
Conselho de Classe - Participativo
Conselho de Classe  - ParticipativoConselho de Classe  - Participativo
Conselho de Classe - Participativo
 
Planejamento - Reflexões e Subsídios
Planejamento - Reflexões e SubsídiosPlanejamento - Reflexões e Subsídios
Planejamento - Reflexões e Subsídios
 
Noções e Conceitos - Multi/Inter/Trans - Disciplinaridade
Noções e Conceitos - Multi/Inter/Trans - DisciplinaridadeNoções e Conceitos - Multi/Inter/Trans - Disciplinaridade
Noções e Conceitos - Multi/Inter/Trans - Disciplinaridade
 

Último

1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfkeiciany
 
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docxPROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docxssuser86fd77
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...azulassessoriaacadem3
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdfkeiciany
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfkeiciany
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOLUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOxogilo3990
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxSlides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
 
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docxPROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOLUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxSlides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
 

Plano de Ação Pedagogo

  • 1. PLANO DE AÇÃO PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 2. TRABALHO DO PEDAGOGO PRINCÍPIOS: GESTÃO DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA; TRABALHO COLETIVO; ÉTICA PROFISSIONAL; EDUCAÇÃO PÚBLICA, GRATUITA E DE QUALIDADE; COMPROMETIMENTO POLÍTICO PEDAGÓGICO. PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 3. CRONOGRAMA DE ATIVIDADE ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO NO COTIDIANO DA ESCOLA PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 4. AÇÃO E DATA PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 5. AÇÃO E DATA ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO NO COLETIVO DA ESCOLA ESCOLA E TEMPO ESCOLAR; ORGANIZAÇÃO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA; PERÍODO: DURANTE ANO LETIVO PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 6. AÇÃO E DATA FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFISSIONAIS DA ESCOLA CRONOGRAMA DA MANTENEDORA; RELAÇÃO ENTRE ESCOLA E COMUNIDADE; PERÍODO: DURANTE ANO LETIVO PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 7. CONSTRUÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 8. AÇÃO E DATA ELABORAR O PLANO DE AÇÃO DA EQUIPE PEDAGÓGICA; PERÍODO: INÍCIO DA ANO LETIVO COORDENAR A ELABORAÇÃO COLETIVA E A IMPLEMENTAÇÃO DO PPP; PERÍODO: DURANTE O ANO LETIVO CRIAR CONDIÇÕES PARA A PARTICIPAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA ESCOLA E COMUNIDADE NA CONSTRUÇÃO DO PPP; PERÍODO: NO INÍCIO DO ANO LETIVO PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 9. ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO NO COLETIVO DA ESCOLA ORGANIZAÇÃO DO ESPAÇO E TEMPO ESCOLAR PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 10. AÇÃO E DATA ORGANIZAR TURMAS, CALENDÁRIO LETIVO, DISTRIBUIÇÃO DAS AULAS E DISCIPLINAS, HORÁRIO SEMANAL DE AULAS, DISCIPLINAS E RECREIO, PLANO DE TRABALHO DOCENTE; PERÍODO: NO INÍCIO DO ANO LETIVO PLANEJAR E ORGANIZAR ESPAÇOS E TEMPOS DA ESCOLA PARA PROJETOS DE RECUPERAÇÃO DE ESTUDOS; PERÍODO: DURANTE O ANO LETIVO ORGANIZAR A HORA ATIVIDADE DO PROFESSOR PARA ESTUDO, PLANEJAMENTO E REFLEXÃO DO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM; PERÍODO: NO INÍCIO DO ANO LETIVO PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 11. ORGANIZAÇÃO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 12. AÇÃO E DATA IMPLEMENTAR A PROPOSTA CURRICULAR DA ESCOLA, DURANTE O ACORDO COM AS POLÍTICAS EDUCACIONAIS DA MANTENEDORA E COM AS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS E DIRETRIZES CURRICULARES ESTADUAIS OU MUNICIPAIS; PERÍODO: DURANTE O ANO LETIVO PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 13. AÇÃO E DATA ELABORAR PROJETOS DE INTERVEÇÕES NA REALIDADE DA ESCOLA PARA A MELHORIA DO PROCESSO EDUCATIVO; PERÍODO: DURANTE O ANO LETIVO ASSESSORAR O PROFESSOR NO PLANEJAMENTO, QUANTO A SELEÇÃO DE CONTEÚDOS E TRANSPOSIÇÃO DIDÁTICA EM CONSONÂNCIA COM OS OBJETIVOS EXPRESSOS NO PPP; PERÍODO: DURANTE O ANO LETIVO PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 14. AÇÃO E DATA ASSESSORAR O PROFESSOR NA IDENTIFICAÇÃO E PLANEJAMENTO PARA O ATENDIMENTO ÀS DIFICULDADES DA APRENDIZAGEM; PERÍODO: DURANTE O ANO LETIVO PLANEJAR EM CONJUNTO COM O COLETIVO DA ESCOLA A INTERVIR AOS PROBLEMAS LEVANTADOS EM CONSELHO DE CLASSE; PERÍODO: DURANTE O ANO LETIVO PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 15. AÇÃO E DATA LEVANTAR E INFORMAR AO COLETIVO DE PROFISSIONAIS DA ESCOLA E COMUNIDADE OS DADOS DO APROVEITAMENTO ESCOLAR; PERÍODO: DURANTE O ANO LETIVO COORDENAR A ESCOLHA E AQUISIÇÃO DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE USO DIDÁTICO-PEDAGÓGICO; PERÍODO: DURANTE O ANO LETIVO PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 16. AÇÃO E DATA INCENTIVAR E ASSESSORAR O PROFESSOR NA SELEÇÃO DE RECURSOS DIDÁTICOS PARA O ENSINO E APRENDIZAGEM DOS CONTEÚDOS ESCOLARES; PERÍODO: DURANTE O ANO LETIVO PARTICIPAR DA ORGANIZAÇÃO E ATUALIZAÇÃO DO ACERVO DE LIVROS E PERIÓDICOS DA BIBLIOTECA DA ESCOLA; PERÍODO: DURANTE O ANO LETIVO DESENVOLVER PROCESSOS DE GESTÃO COLEGIADA ENTRE OS PROFISSIONAIS DA EQUIPE PEDAGÓGICAS; PERÍODO: DURANTE O ANO LETIVO PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 17. FORMAÇÃO CONTINUADA DO COLETIVO DE PROFISSIONAIS DA ESCOLA PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 18. AÇÃO E DATA ELABORAR O PROJETO DE FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFISSIONAIS DA ESCOLA PARA O APRIMORAMENTO TEÓRICO- METODÓLOGICO, NA FORMA DE TROCAS DE EXPERIÊNCIAS, ESTUDOS SISTEMÁTICOS E OFICINAS; PERÍODO: CONFORME A MANTENEDORA PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 19. AÇÃO E DATA DESENVOLVER PROCESSO CONTÍNUO PESSOAL E PROFISSIONAL DE FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA; PERÍODO: HORA ATIVIDADE/PERMANÊNCIA PESQUISAR E FORNECER SUBSÍDIOS TEÓRICOS METODOLÓGICOS PARA O ESTUDO E ATENDER NECESSIDADES DO TRABALHO PEDAGÓGICO; PERÍODO: NO DECORRER DO ANO LETIVO PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 20. AÇÃO E DATA ORGANIZAR REUNIÕES DE ESTUDO PARA A REFLEXÃO E APROFUNDAMENTO DE TEMAS RELATIVOS AO TRABALHO PEDAGÓGICO DA ESCOLA; PERÍODO: A CADA BIMESTRE COORDENAR GRUPOS DE ESTUDOS; PERÍODO: NO DECORRER DO ANO LETIVO PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 21. RELAÇÃO ENTRE ESCOLA E COMUNIDADE PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 22. AVALIAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO ORGANIZAR E COORDENAR CONSELHOS DE CLASSE DE FORMA A GARANTIR UM PROCESSO COLETIVO DE REFLEXÃO-AÇÃO SOBRE O TRABALHO PEDAGÓGICO; AVALIAR O TRABALHO PEDAGÓGICO PELOS PROFISSIONAIS DA ESCOLA E COMUNIDADE; ACOMPANHAR E ASSESSORAR O PROFESSOR NA SELEÇÃO DE PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO DO RENDIMENTO DA APRENDIZAGEM ADEQUANDO-OS AOS OBJETIVOS EDUCACIONAIS PREVISTOS NO PPP. PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 23. RELAÇÃO ENTRE ESCOLA E COMUNIDADE DESENVOLVER PROJETOS DE INTERAÇÃO ESCOLA- COMUNIDADE AMPLIANDO ESPAÇO DE PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE NAS DECISÕES PEDAGÓGICAS DA ESCOLA; PARTICIPAR DO CONSELHO ESCOLAR SUBSIDIANDO TEÓRICA E METODOLOGICAMENTE AS REFLEXÕES E DECISÕES SOBRE O TRABALHO PEDAGÓGICO ESCOLAR; PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 24. RELAÇÃO ENTRE ESCOLA E COMUNIDADE INCENTIVAR E PROPICIAR A PARTICIPAÇÃO DOS ALUNOS NOS DIVERSOS MOMENTOS E ÓRGÃOS COLEGIADOS DA ESCOLA; ELABORAR ESTRATÉGIAS PARA A SUPERAÇÃO DE TODAS AS FORMAS DE DISCRIMINAÇÃO, PRECONCEITO E EXCLUSÃO SOCIAL E DE COMPROMISSO ÉTICO E POLÍTICO COM TODAS AS CATEGORIAS E CLASSES SOCIAIS; PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 25. RELAÇÃO ENTRE ESCOLA E COMUNIDADE FAZER CUMPRIR OS PRECEITOS CONSTITUCIONAIS, A LEGISLAÇÃO EDUCACIONAL EM VIGOR E O ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE, COMO FUNDAMENTOS DA PRÁTICA EDUCATIVA; REPENSAR A NATUREZA DA RELAÇÃO DOS PAIS COM A ESCOLA; PROMOVER REUNIÕES DE CARÁTER FORMATIVO E INFORMATIVO; PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 26. RELAÇÃO ENTRE ESCOLA E COMUNIDADE DESESTIMULAR A CULTURA NÃO- PARTICIPAÇÃO DOS PAIS; DISTINGUIR PRESENÇA DE PARTICIPAÇÃO; DISTINGUIR COLABORAÇÃO DE PARTICIPAÇÃO; TRAZER PALESTRAS QUE AJUDEM OS PAIS OU RESPONSÁVEIS A COMPREENDEREM SEUS FILHOS TAIS COMO: EDUCAÇÃO SEXUAL, DROGAS NA ADOLESCÊNCIA, RELAÇÃO PAI E FILHO NA ADOLESCÊNCIA ENTRE OUTRAS; PROFESSOR CÉSAR TAVARES
  • 27. RELAÇÃO ENTRE ESCOLA E COMUNIDADE QUEBRAR A TRADIÇÃO DE CHAMAR OS PAIS SOMENTE PARA REPRIMIR A ATUAÇÃO DE SEUS FILHOS; LEVAR OS PAIS A CONHECEREM A PROPOSTA DA ESCOLA. PROFESSOR CÉSAR TAVARES