O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
PEDAGOGO CÉSAR TAVARES (41) 992-122-451 – ATIVIDADES: ESCOLA INCLUSIVA
DIAGNÓSTICO
Ações Pedagógicas:
Desenvolver o Autoco...
PEDAGOGO CÉSAR TAVARES (41) 992-122-451 – ATIVIDADES: ESCOLA INCLUSIVA
Se você pudesse ser muito talentoso em alguma coisa...
PEDAGOGO CÉSAR TAVARES (41) 992-122-451 – ATIVIDADES: ESCOLA INCLUSIVA
Para o professor:
Coloque os alunos em círculos. Ca...
PEDAGOGO CÉSAR TAVARES (41) 992-122-451 – ATIVIDADES: ESCOLA INCLUSIVA
Hoje eu me sinto muito ...
Eu gosto ...
Fico infeli...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

DIAGNÓSTICO - SALA DE RECURSO - INCLUSÃO

10.492 visualizações

Publicada em

Estas atividades auxilia ao professor a realizar um diagnóstico prévio do aluno de sala de recurso - Inclusão.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

DIAGNÓSTICO - SALA DE RECURSO - INCLUSÃO

  1. 1. PEDAGOGO CÉSAR TAVARES (41) 992-122-451 – ATIVIDADES: ESCOLA INCLUSIVA DIAGNÓSTICO Ações Pedagógicas: Desenvolver o Autoconceito em Sala de Aula Elogie o aluno e ressalte suas qualidades sempre que possível; Valorize sempre o aspecto em que o aluno se destaca; Procure ouvir o aluno. Aceite suas opiniões sem julgamentos ou críticas destrutivas; Seja próximo, afetivo e empático com o aluno; Aceite acertos, erros ou dificuldades do aluno; Relacione-se com o aluno como pessoa, merecedor de todo seu afeto e atenção; Evite que o aluno tenha apenas experiências de fracasso. Crie situações que possibilitem seu sucesso, mesmo que seja uma brincadeira ou um jogo; Alimente e fortaleça sua autoconfiança e auto respeito; Conscientize-se que uma simples palavra ou comentário poderá ter um efeito devastador na criança, ou marcá-la positivamente para o resto de sua vida; Mantenha em sala de aula uma postura do tipo “Você é capaz”; Destaque as áreas fortes do aluno; Chame o aluno pelo nome; Considere o erro como etapa do processo de aprendizagem do aluno; Dê tempo para os alunos desenvolverem suas ideias; Ofereça oportunidades para que os alunos vivenciem experiências de sucesso; Tenha uma expectativa positiva acerca do desempenho de seus alunos; Encoraje seus alunos no uso de habilidades de auto avaliação; Valorize os esforços e realizações do aluno; Procure entender o ponto de vista do aluno; Combine tarefas com o ritmo de aprendizagem do aluno; Relacione o conteúdo às experiências e interesses dos alunos; Evite focar nas dificuldades do aluno; Lembre-se de que os alunos diferem entre si em termos de habilidades, estilos, interesses etc; Valorize a diversidade em sala de aula; Encoraje os alunos a apresentarem suas ideias e produções em sala de aula; Instigue no aluno confiança em suas potencialidades; Proteja o trabalho do aluno da crítica destrutiva e das gozações dos colegas.
  2. 2. PEDAGOGO CÉSAR TAVARES (41) 992-122-451 – ATIVIDADES: ESCOLA INCLUSIVA Se você pudesse ser muito talentoso em alguma coisa que você não é talentoso agora, o que seria? Por quê? Se você pudesse ensinar alguma coisa para os outros (um passatempo, um jogo, uma habilidade, um instrumento musical...) o que seria? Se você pudesse aprender alguma coisa de algum colega, o que aprenderia? Quem seria o colega a lhe ensinar? Se você pudesse quebrar qualquer recorde no mundo, qual seria? Por quê? Se você pudesse ser qualquer pessoa no mundo, quem você seria? Por quê? Se você pudesse viver em qualquer lugar do mundo, onde viveria? Por quê? Se você pudesse escolher o tipo de vida que teria agora, o que seria? Por quê? Se você pudesse mudar algum acontecimento da sua vida, o que mudaria? Por quê?
  3. 3. PEDAGOGO CÉSAR TAVARES (41) 992-122-451 – ATIVIDADES: ESCOLA INCLUSIVA Para o professor: Coloque os alunos em círculos. Cada um, em sua vez, fala uma frase sobre si, começando com “eu tenho orgulho de...” Podem-se fazer várias rodadas, enquanto a turma estiver motivada. O aluno que não quiser compartilhar deve dizer “passo”. Para o aluno: Pense um pouco nas boas coisas que você já fez ou conquistou em sua vida. Sentimos bem conosco quando fazemos boas coisas para os outros ou conquistamos coisas através de nossos próprios esforços. Vamos expressar esses sentimentos livremente, falando bem de nós mesmos e das coisas que nos orgulham. A lista abaixo é um guia para ajudá-lo a pensar nas boas coisas que você já fez e das quais se sente orgulhoso. Comece cada frase com: Eu tenho orgulho de... Coisas que você já fez para os seus pais ou em casa; Coisas que você já fez para os seus amigos ou para o bem de outra pessoa; Coisas que você já fez na escola; Coisas que você já fez para a sua cidade/país; Coisas que você fez para você mesma e o deixou particularmente feliz; Coisas que você conquistou com seu próprio esforço.
  4. 4. PEDAGOGO CÉSAR TAVARES (41) 992-122-451 – ATIVIDADES: ESCOLA INCLUSIVA Hoje eu me sinto muito ... Eu gosto ... Fico infeliz quando ... Sinto-me bem quando ... Eu gostaria que minha professora ... Meus colegas pensam que eu ... A escola é ... Gosto de ler sobre ... Eu gostaria que os adultos fossem ... Eu gostaria que os adultos não fossem ... Eu gosto mais de mim quando ... Se eu tivesse escolha, eu... Na escola eu sou ... Eu desejo ... Amanhã, eu gostaria de ... Quando eu quero chamar a atenção, eu ... Quando eu não consigo o que quero eu ... Quando eu me sinto sozinho eu ... Quando estou muito alegre eu ... Quando tenho ciúmes eu ... Quando estou muito triste eu ... Quando estou magoado eu ...

×