Partes importantes v

127 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
127
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Partes importantes v

  1. 1. Definição conceitual de efeito indutivo. Assim, se o grupo G for elétron-doador, isto é, se tiver a tendência de doar elétrons para o anel benzênico, isso favorecerá a ocorrência da reação de substituição seguinte. Isso ocorre porque o grupo que irá “atacar” o anel benzênico é eletrófilo ou eletrofílico, o que significa que são íons positivos ou alguma outra espécie deficiente em elétrons com uma carga parcial positiva grande, e sua preferência é atacar regiões negativas, com excesso de elétrons. Conforme já dito, o anel benzênico está nessa situação, com alta densidade eletrônica, o que torna a reação mais fácil de ocorrer. Portanto, nesse caso, o grupo dirigente atua como um ativante ou orto-para-dirigente. (Efeito indutivo positivo: repulsão de elétrons em uma ligação sigma. Aumenta a densidade eletrônica da cadeia.Os principais átomos e grupos que promovem esse efeito nas moléculas orgânicas são , em ordem decrescente de intensidade NR- > -O- > -CR3 > –CR2H > –CRH2 > –CH3 . Os principais grupos que promovem efeito indutivo positivo são os grupos alquilas.) Representação de um grupo genérico elétron-doador. Alguns exemplos de grupos elétron-doadores são o metil ou qualquer outro grupo alquila. Já se o grupo dirigente retirar elétrons do anel benzênico, sendo denominado elétron-receptor, isso dificultará a ocorrência da reação, agindo, portanto, como desativante (Efeito indutivo negativo: atração de elétrons em uma ligação sigma. Diminui a densidade eletrônica da cadeia. -F > -Cl > -Br > -I > -OR > - NH2. Os principais grupos que promovem efeito indutivo negativo são os grupos halogênios.) ou meta- dirigente. Isso acontece pelo mesmo motivo explicado para o caso anterior, o anel benzênico fica com uma menor densidade eletrônica e dificulta o ataque do eletrófilo. Diminui a densidade eletrônica da cadeia Representação de um grupo genérico elétron-receptor Exemplos de grupos que puxam o par eletrônico para si são: F, Cl, Br, I, CN e NO2. Os halogênios (F, Cl, Br, I) são todos mais eletronegativos que o carbono e, por isso, exercem um efeito indutivo retirador de elétrons. Já os grupos CN e NO2 também realizam esse efeito porque o átomo diretamente ligado ao anel contém uma carga parcial ou completa, conforme pode ser visto a seguir, no caso do NO2:
  2. 2. O ║ → N+ │ O Condrictes: escamas placoides. Essas escamas consiste de dentina (produzida pela célula mesodérmicas) coberta por uma camada de esmalte (produzida pela epiderme), sendo portanto de origem ectodérmica . O intestino é provido de uma válvula em espiral, denominada tiflossole que aumenta a superfície de absorção. Na união do intestino com a cloaca, existe uma glândula retal, que tem por finalidade remover excessos de sais do sangue. A respiração se dá por um conjunto de cinco pares de brânquias Alcanos possuem baixa reatividade porque as ligações simples C‐H e C‐C são relativamente estáveis, difíceis de quebrar e são apolares. Os alcenos são bem reativos, normalmente com a quebra da ligação dupla e formação de novas ligações, sendo estas chamadas reações de adição. Uma das maiores fontes de etanol é a hidratação (adição de água) à molécula de etileno, preferida até que a produção do álcool pela fermentação em muitos países. Os alcinos sofrem típicas reações de adição eletrofílica, assim como os alcenos, e pela mesma razão: a reatividade dos elétrons pi. Os raios x são obtidos fora do núcleo atômico, com base na desaceleração dos elétrons; Os raios gama são emitidos com base no núcleo atômico. A pressão parcial de um gás em uma mistura é a pressão que o gás exerceria se ele estivesse sozinho, nas mesmas condições da mistura gasosa. Pa = Ptotal Xa. Sendo que Xa é a fração molar, que corresponde ao quociente entre a quantidade de mols do gás analisado pela quantidade total em mols da mistura total. Em símbolos: Xa =na/ntotal Diabetes insipidus: trata-se de uma disfunção na glândula hipófise. Pode levar À diminuição da quantidade do ADH produzido. Esse quadro acarreta perda excessiva de água por meio daurina, desencadeandodesidratação. Diabetes mellitus: corre devido à deficiência de insulina, hormônio produzido no pâncreas e responsável pelo metabolismo da glicose. Ao longo do tempo pode causar alterações irculatórias e neurológicas. O ocelo é um olho simples que é sensível a luminosidade, mas não forma imagem. O olho composto é formado por centenas de unidades, que são chamadas de omatídeos, e formam imagens. Os miriápodes são artrópodes chamados de unirremes, por não possuírem apêndices ramificados. As mandíbulas não são articuladas. Possui um par de antenas, as trocas gasosas são feitas pelas traquéias e os órgãos excretores são ostúbulos de Malpighi. São terrestres, não existindo representantes aquáticos.
  3. 3. Os miriápodes possuem uma cabeça e um tronco alongado, com muitos segmentos, que possuem pernas. Habitam locais terrestres úmidos, pois não possuem cutícula. Vivem escondidos embaixo de pedras, troncos e rochas. Na cabeça há ocelos, alguns representantes possuem olhos compostos, peças bucais na região ventral, voltadas para frente. Estes animais precisam evitar a perda de água, por isso em seu sistema traqueal os estigmas ficam fechados. O coração é um tubo dorsal. O sistema nervoso consiste de um cordão nervoso ventral que tem um gânglio em cada segmento. A sucessão ecológica pode ser definida como um gradual processo no qual as comunidade vão se alterando até se estabelecer um equilíbrio. As fases distintas da sucessão ecológica são: comunidade pioneira, comunidade intermediária e comunidade clímax. - Comunidade pioneira: Em um terreno abandonado, a remoção da cobertura vegetal, expõe o solo a ação da erosão, vento, sol/chuva tornando-o cada vez mais estéril. Porém na natureza existem organismos menos exigentes (cianobactérias e liquens), esses são talvez os primeiros organismos a se estabelecerem em uma área como essa descrita é também um exemplo de comunidade pioneira. As condições ambientais adversas são um fator determinante para esse tipo de comunidade apresentar uma baixa variedade de espécies. - Comunidade intermediária: Após o desenvolvimento da comunidade pioneira, o ambiente vai se transformado favoravelmente ao desenvolvimento de outros organismos. A cobertura vegetal uma vez estabelecida protege o solo tornando-o mais fértil. Considerando nosso exemplo já citado anteriormente após o estabelecimento das gramíneas no solo, surgem ervas diversas que aos poucos serão substituídas por uma vegetação provavelmente arbustiva. - Comunidade clímax: A comunidade arbustiva gradualmente será substituída por uma vegetação arbórea (mais estável). A medida que a comunidade vegetal vai se alterando, a comunidade animal também se altera, por exemplo, passando a abrigar pássaros nas árvores. Assim é consolidada a última comunidade que é mais estável, a partir de uma forte interação entre os animais e vegetais. No interior de pilhas e baterias, as cargas livres (cargas responsáveis pela corrente elétrica) não são elétrons como nos metais; são íons positivos e íons negativos. Mita: exploração do trabalho indígena em troca de baixos pagamentos. Encomienda: permitia a exploração da mão de obra indígena pelo colono espanhol A Revolução Gloriosa restaura a monarquia inglesa, contudo, reafirma o poder burguês com o sistema parlamentarista.
  4. 4. Eletronegatividade é a tendência de um átomo em atrair elétrons compartilhados numa ligação química; de modo contrário, a eletropositividade indica a tendência do átomo em liberar esses elétrons quando ligado a outro.

×