Sinalética no Trabalho

1.373 visualizações

Publicada em

11 diapositivos -1(capa), sobre sinalética no trabalho

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.373
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sinalética no Trabalho

  1. 1. Sinalética de Proibição no TrabalhoDisciplina: DSP Formadora: Letícia Lopes Formandos: Bruno, Joana, Samuel
  2. 2. Sinais de ProibiçãoCaracterísticasintrínsecas:• Forma redonda;• Pictograma negrosobre fundo branco,margem e faixa (diagonaldescendente daesquerda para a direita,ao longo do pictograma,a 45º em relação àhorizontal) vermelhas.
  3. 3. Proibição de Fumar O objectivo é proteger a saúde das pessoas nos locais de trabalho onde o fumo de tabaco pode ser nocivo. A interdição aplica-se a salas de grande ocupação de trabalhadores, salas de reuniões, refeitórios, hospitais e postos clínicos, escolas, salas de espera, recintos desportivos fechados e locais mal arejados ou confinados como os elevadores.
  4. 4. Proibição de fazerlume e fumar Deve ser usado em locais onde o perigo pode resultar da utilização de uma chama, prevenindo assim os riscos de incêndio, explosão ou decomposição química pelo calor. São alguns exemplos os locais de armazenagem de líquidos inflamáveis, de carboneto de cálcio, ou onde se utilizam solventes clorados, tintas, vernizes e outros revestimentos inflamáveis, ou ainda na proximidade de gases de petróleo liquefeitos armazenados em reservatórios fixos e móveis.
  5. 5. Passagem Proibida a peões Sempre que houver perigo evidente para os peões deve colocar-se este sinal, nomeadamente nos locais onde existem portas batentes destinadas à passagem de carros transportadores e outros equipamentos de manutenção. É de notar que nestes casos devem ser previstas passagens para peões.
  6. 6. Proibição de apagar com água Embora a água seja um meio eficaz de extinção de incêndios, devido à sua grande capacidade de arrefecimento, há no entanto situações em que não deve ser usada. Em todos os casos em que a água é interdita, devem ser colocados na proximidade deste sinal outros meios adequados de extinção, nomeadamente a areia e os extintores.
  7. 7. Água não potável Como nem sempre a água canalizada é potável, pretende-se proibir a sua ingestão. Quando a água não for potável e se destinar a operações industriais ou a combate a incêndio, devem ser afixados avisos junto dos respectivos postos de alimentação, com a indicação de “impróprio para beber”.
  8. 8. Proibida a entrada de pessoas nãoautorizadas Quando se deseja que a interdição seja apenas para certas pessoas, deve complementar-se com um sinal adicional mencionando a quem e dirige a proibição. Por exemplo, a pessoas estranhas ao serviço.
  9. 9. Passagem proibida a veículos demovimento de cargas Nos locais onde é proibida a circulação de carros transportadores de cargas será necessário demarcar passagens sinalizadas para o efeito.
  10. 10. Não tocar Deve ser colocado junto de materiais ou equipamentos sensíveis ao toque podendo alterar a sua qualidade e/ou constituam perigo.
  11. 11. Proibido comer e beber Esta placa tem por função sinalizar e identificar, que não é permitido fazer refeições no local.

×