O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
“O sofrimento não nos pode fazer
Desistir”

Bruno Leite Muniz
Psicólogo Clínico
Especialista em Terapia Cognitivo-Comporta...
Muitas vezes o sofrimento tem ficado
companheiro ao nosso coração.
É natural se sentir triste,
derrotado.
Faz parte da vida.
Mas não é natural permanecer
tanto tempo frustrado.
Devemos montar vigília e sermos
sentinela dos nossos pensamentos
de sofrer.
Hoje as pessoas estão indisposta a sofrer, como se o
sofrimento fosse oposição a felicidade.
O sofrimento é o poder
transformador.

O sofrimento quando bem
vivido, bem experimentado,
ele pode nos gerar grandes
trans...
Eu preciso me encorajar a ter coragem.

Preciso disposição para receber a vida e tudo
aquilo que de dificuldade nos trás.
Direito de chorar, sentar,
pedir socorro, estar ao lado
da pessoas que possam me
ajudar naquele momento.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Quando o sofrimento me desafia.

445 visualizações

Publicada em

O que fazer quando o sofrimento nos desafia?

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Quando o sofrimento me desafia.

  1. 1. “O sofrimento não nos pode fazer Desistir” Bruno Leite Muniz Psicólogo Clínico Especialista em Terapia Cognitivo-Comportamental
  2. 2. Muitas vezes o sofrimento tem ficado companheiro ao nosso coração.
  3. 3. É natural se sentir triste, derrotado. Faz parte da vida. Mas não é natural permanecer tanto tempo frustrado.
  4. 4. Devemos montar vigília e sermos sentinela dos nossos pensamentos de sofrer.
  5. 5. Hoje as pessoas estão indisposta a sofrer, como se o sofrimento fosse oposição a felicidade.
  6. 6. O sofrimento é o poder transformador. O sofrimento quando bem vivido, bem experimentado, ele pode nos gerar grandes transformações.
  7. 7. Eu preciso me encorajar a ter coragem. Preciso disposição para receber a vida e tudo aquilo que de dificuldade nos trás.
  8. 8. Direito de chorar, sentar, pedir socorro, estar ao lado da pessoas que possam me ajudar naquele momento.

×