Covilhã, 06 de Novembro de 2014
Bruno Jorge PereiraMD, FEBU, FECSM
“Antigamente, dizia ele, bastava pensar em fazer amor e
imediatamente o pénis ficava erecto. Desejava ardentemente sair
do...
1. Culto do corpo
2. Performance sexual
3. Controlo da fertilidade
4. Perturbações do desejo
5. Tamanho e forma dos
genita...
• Late Onset Hypogonadism (LOH)
• Androgen Deficiency in the Aging Male (ADAM)
• Parcial Androgen Deficiency in the Aging ...
• Implica cessação da atividade testicular
• Deriva de “menopausa”
• Men = mês / pauien = cessar
• A Menopausa é universal...
International Society for the Study of the Aging Male (ISSAM)
• Prevalência 6% (30 aos 79 anos) (Araújo et al., 2007)
• Declínio 1%/ano após os 35 anos
• Falência progressiva do eixo H...
• EUA: Agressividade publicitária direta ao consumidor
• 14 anos: 4x mais homens americanos a utilizar TT
“Antes imponente e pujante. E agora pequeno e suave, como um frágil
casulo de vida” in “O Amante de Lady Chatterley” 1928,...
• “Tão importante como conhecer o pénis que o homem tem é
conhecer o homem que tem o pénis”
• Alterações fisiológicas e pa...
A DISFUNÇÃO ERÉCTIL É A ANGINA DO PÉNIS!
“ED should prompt investigation and
intervention for cardiovascular risk factors”...
A Teoria do Calibre Arterial
O calibre das artérias cavernosas é
inferior ao das artérias coronárias, logo,
os doentes com...
• Diminuição do desejo sexual
• Redução do número e qualidade de ereções nocturnas
• Redução da sensibilidade peniana
• Re...
• Diminuição da sensação e iminência orgástica
• Anejaculação, ejaculação fraca e ejaculação retrógrada
• Alteração da qua...
• Deixarão os veteranos de andar ou caminhar só porque
deram conta que ao envelhecer correm mais devagar?
• Podem apreciar...
“É evidente que o homem depois dos 50 anos não tem a vitalidade da
juventude, mas este abrandamento da expressão orgânica ...
“O maior drama da velhice não consiste em
ser velho mas sim em ter sido jovem”
Oscar Wilde
“Ganhar idade é um êxito, um su...
32. Palestra O Homem e o Envelhecimento (XI Congresso Hispano-Luso de Gerontologia 2014)
32. Palestra O Homem e o Envelhecimento (XI Congresso Hispano-Luso de Gerontologia 2014)
32. Palestra O Homem e o Envelhecimento (XI Congresso Hispano-Luso de Gerontologia 2014)
32. Palestra O Homem e o Envelhecimento (XI Congresso Hispano-Luso de Gerontologia 2014)
32. Palestra O Homem e o Envelhecimento (XI Congresso Hispano-Luso de Gerontologia 2014)
32. Palestra O Homem e o Envelhecimento (XI Congresso Hispano-Luso de Gerontologia 2014)
32. Palestra O Homem e o Envelhecimento (XI Congresso Hispano-Luso de Gerontologia 2014)
32. Palestra O Homem e o Envelhecimento (XI Congresso Hispano-Luso de Gerontologia 2014)
32. Palestra O Homem e o Envelhecimento (XI Congresso Hispano-Luso de Gerontologia 2014)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

32. Palestra O Homem e o Envelhecimento (XI Congresso Hispano-Luso de Gerontologia 2014)

316 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
316
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • HOMEM MADURO  AGING MALE
  • HOMEM MADURO  AGING MALE
  • HOMEM MADURO  AGING MALE
  • - A atividade gonádica no homem, ao contrário da mulher, não cessa completamente, ainda que se possa manter em níveis baixos.
  • O diagnóstico é difícil pois o hipogonadismo apresenta uma clínica pouco específica. Por outro lado a determinação da normalidade dos valores variam substancialmente de laboratório para laboratório. Interessa então tratar doentes com clínica e valores baixos ou “borderline” de testosterona.
    Os valores de referência foram determinados em indivíduos jovens e saudáveis, o que torna difícil a sua transposição para homens mais velhos e com comorbilidades;
    Não está indicado o tratamento apenas com base no doseamento;
  • Servem como screening mas não estão recomendados para estabelecer o diagnóstico uma vez que não têm especificidade suficiente.
    Exigem doseamento hormonal na mesma.
  • EUA: Agressividade publicitária direta ao consumidor. “Fonte da juventude”
    14 anos: 4x mais homens americanos a utilizar TT
    “Lifestyle product”

  • Num estudo com 300 homens com dor torácica aguda e CAD, 67% dos doentes tinham referido sintomas de DE antes da CAD se manifestar.
    O intervalo médio desde o aparecimento de DE até ao aparecimento dos sintomas de CAD foi de 38.8 meses.
  • 75% das mortes ocorre depois dos 75 anos, logo 75% dos homens podem estar expostos às seguintes alterações:
    - Número de erecções nocturnas: 3-5 de 25-35 minutos
  • 32. Palestra O Homem e o Envelhecimento (XI Congresso Hispano-Luso de Gerontologia 2014)

    1. 1. Covilhã, 06 de Novembro de 2014 Bruno Jorge PereiraMD, FEBU, FECSM
    2. 2. “Antigamente, dizia ele, bastava pensar em fazer amor e imediatamente o pénis ficava erecto. Desejava ardentemente sair do escritório para chegar a casa e fazer amor com a Annie. Agora, nem a visão da mais bela mulher do mundo me faz reagir”. in “A Sexualidade do Homem depois dos 50 Anos”, Yvon Dallaire
    3. 3. 1. Culto do corpo 2. Performance sexual 3. Controlo da fertilidade 4. Perturbações do desejo 5. Tamanho e forma dos genitais O “AGING MALE”O HOMEM JOVEM 1. Controlo da próstata 2. Alterações do desejo 3. Perda progressiva de capacidades 4. Correção de alterações metabólicas e endócrinas 5. Síndrome metabólico 6. Patologia cardiovascular 7. Alterações psicológicas
    4. 4. • Late Onset Hypogonadism (LOH) • Androgen Deficiency in the Aging Male (ADAM) • Parcial Androgen Deficiency in the Aging Male (PADAM) • Age-Associated Androgen Deficiency (AAAD) • Andropausa / Penopausa • Climatério Masculino
    5. 5. • Implica cessação da atividade testicular • Deriva de “menopausa” • Men = mês / pauien = cessar • A Menopausa é universal e óbvia • A “Andropausa” não é universal e as manifestações são subtis
    6. 6. International Society for the Study of the Aging Male (ISSAM)
    7. 7. • Prevalência 6% (30 aos 79 anos) (Araújo et al., 2007) • Declínio 1%/ano após os 35 anos • Falência progressiva do eixo Hipotálamo-Hipofisário • Clínica pouco específica • Valores de referência laboratorial variáveis e determinados para indivíduos jovens e saudáveis
    8. 8. • EUA: Agressividade publicitária direta ao consumidor • 14 anos: 4x mais homens americanos a utilizar TT
    9. 9. “Antes imponente e pujante. E agora pequeno e suave, como um frágil casulo de vida” in “O Amante de Lady Chatterley” 1928, D.H. Lawrence
    10. 10. • “Tão importante como conhecer o pénis que o homem tem é conhecer o homem que tem o pénis” • Alterações fisiológicas e patológicas do envelhecimento • Patologias locais • Patologias sistémicas • Alterações mentais • Factores sociais • Factores genéticos e hereditários • Hábitos e comportamentos Pepe Cardoso, Presidente da SPA
    11. 11. A DISFUNÇÃO ERÉCTIL É A ANGINA DO PÉNIS! “ED should prompt investigation and intervention for cardiovascular risk factors” ED and Subsequent CV Disease, I. Thompson et al, JAMA, 2005 “ED comes before Coronary Artery Disease in the majority by an average of 2 up to 3 years” COBRA Trial, P. Montorsi et al, Eur Heart J, 2006
    12. 12. A Teoria do Calibre Arterial O calibre das artérias cavernosas é inferior ao das artérias coronárias, logo, os doentes com disfunção eréctil raramente referem queixas compatíveis com coronariopatia, enquanto que os doentes com doença coronária estabelecida apresentam disfunção eréctil com frequência.
    13. 13. • Diminuição do desejo sexual • Redução do número e qualidade de ereções nocturnas • Redução da sensibilidade peniana • Redução do tamanho do pénis • Sensação de pénis frio • Diminuição da elevação testicular • Diminuição do volume testicular
    14. 14. • Diminuição da sensação e iminência orgástica • Anejaculação, ejaculação fraca e ejaculação retrógrada • Alteração da qualidade do orgasmo • Aumento do período refractário • Diminuição da ereção dos mamilos • Diminuição ou ausência do espasmo muscular extra-genital do orgasmo • Impacto de doenças e limitações...
    15. 15. • Deixarão os veteranos de andar ou caminhar só porque deram conta que ao envelhecer correm mais devagar? • Podem apreciar melhor a paisagem • “As mulheres de 30-40 anos preferem homens mais velhos” • Empenham maior sensualidade e criatividade nas fantasias Menos obcecados com a performance sexual • Menor preocupação em atingir sempre o orgasmo in “A Sexualidade do Homem depois dos 50 Anos”, Yvon Dallaire
    16. 16. “É evidente que o homem depois dos 50 anos não tem a vitalidade da juventude, mas este abrandamento da expressão orgânica não anuncia necessariamente sofrimentos, misérias, nem implica muito menos o fim da vida erótica” “Afinal o melhor conselho que se pode dar a um sexagenário é que mantenha a sua atividade física, mental e sexual enquanto puder: é o tripé da longevidade saudável!” “Um idoso (não tem que ser) um homem que já jantou e vê os outros comer” A. Pacheco Palha António Requixa Honoré Balzac
    17. 17. “O maior drama da velhice não consiste em ser velho mas sim em ter sido jovem” Oscar Wilde “Ganhar idade é um êxito, um sucesso que nem todos alcançam” Victor Hugo

    ×