As seis-subfases-do-periodo-Sensório-Motor

869 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
869
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
43
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As seis-subfases-do-periodo-Sensório-Motor

  1. 1. AS SEIS SUBFASES DO PERÍODO SENSÓRIO-MOTOR - Jean Piaget
  2. 2. 1º Estágio - DO NASCIMENTO AOS DOIS ANOS DE IDADE Os bebês em seu 1º ano de vida estão restritos aos reflexos inatos. Piaget destaca os reflexos de sucção, visão, audição, preensão e fonação.
  3. 3. 1ª Subfase - Reflexo de Moro – O bebê joga a cabeça para trás, estica as pernas, abre os braços e os fecha depois. Surge quando o recém nascido sente-se desequilibrado ou assustado. Some por volta do segundo ou terceiro mês.
  4. 4. 2ª Subfase REAÇÕES CIRCULARES PRIMÁRIAS -1 A 4 MESES (Ligadas às sensações e ações motoras) Esse evento é chamado primário porque envolve o corpo do bebê. Repete o ato até que seja aprendido até que torne-se habitual. COORDENAÇÃO
  5. 5. Age sobre objetos. O desenvolvimento progride além do aprendizado voltado ao próprio corpo. Nessa fase pode-se oferecer ao bebê objetos de fácil manipulação.
  6. 6. 4ª subfase - 8 A 12 meses REAÇÕES DOS ESQUEMAS SECUNDÁRIOS É um tempo para consolidar e validar as realizações do passado e estendê-las de modo a aplicá-las a novas e diferentes situações. COORDENAÇÃO
  7. 7. 5ª subfase – 12 A 18 meses REAÇÕES CIRCULARES TERCIÁRIAS Crianças em torno de um ano e meio, embora ainda não falem, expressam-se por meio de movimentos, sons e ritmos. EXPERIMENTAÇÃO
  8. 8. 6ª subfase – 18 a 24 meses REPRESENTAÇÃO Invenção de novos meios através da combinação mental. O bebê demonstra intencionalidade em suas ações. (Intencionalidade, critério que Piaget estabelece para reconhecer a inteligência propriamente dita.)
  9. 9. REPRESENTAÇÃO Esse subestágio ou subfase, marca a transição da inteligência sensório-motora para a inteligência simbólica, isto é, quando a criança dispõe de uma representação do objeto e de suas relações espaciais e causais com outros objetos, é capaz de reconstruir, mentalmente, deslocamentos que não tenha visto.
  10. 10. Dessa forma, a função simbólica culmina e resume a evolução da inteligência sensório-motora.
  11. 11. " A educação é uma poesia para os olhos dos que as sabem ler... e a educação infantil é um conto de fadas para os que a sabem viver.“ Por Cíntia, Márcia e Denise

×