Período Homérico

722 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
722
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Período Homérico

  1. 1. Alunos:Bruna Trindade,Letícia Deniz,Thiago Tavares,Guilherme Adami,Sara Letíciae Arthur Russo.Oficina:Invictus 11.Período Homérico.Homero.
  2. 2. Início do Período HoméricoA chegada dos dórios no século XII a.C. provocou a desestruturação dospovoados e espaços urbanos da Grécia Antiga, com o enfraquecimento docomércio, o fim do uso da escrita e a fuga da população para regiões distantes.A sociedade da Grécia Antiga passou a apresentar, então, fortes característicasrurais, caracterizando-se o início do período Homérico, que se estendeu até oséculo VIII a.C.Foi o período na qual a Odisséiae a Ilíada se referiam, estespoemas contavam a historia daguerra dos troianos contra osgregos por Helena, e o tãofamoso cavalo de Tróia feito demadeira.
  3. 3. O período Homérico recebe este nome devido à grande importância cultural queteve o poeta Homero, ao descrever os acontecimentos da época em suas duasgrandes obras: a Ilíada e a Odisséia. O nome "Ilíada" veio da palavra Ilion, queem grego significa Tróia. Temos, assim, a história da Guerra de Tróia. Já onome "Odisséia" vem da palavra Odisseu que em grego significa Ulisses. Essaobra conta as aventuras de Ulisses, ao voltar à sua terra natal após a eclosãoda Guerra de Tróia. É justamente nesse período que começa a divisão dosgrupos familiares na Grécia Antiga. As famílias que tinham um descendentecomum formavam um clã denominado geno Estes se aglomeravam, formandoas fratrias que, unidas geravam as tribos. Quando algumas tribos se aliavam,geralmente pela ameaça de um inimigo comum, era criada uma cidade-estado.
  4. 4. Organização social:GenosA base da organização da sociedade eram as unidades familiaresdenominadas genos, cada qual liderada por um patriarca, quedesempenhava funções de sacerdote, juiz e chefe militar e cujo poder eratransmitido hereditariamente do pai para o filho mais velho. A terra, osequipamentos e todos os bens produzidos pertenciam à comunidade. Asubsistência era garantida por uma produção que envolvia a maior partedos integrantes dos genos, sob a liderança do patriarca.Os membros de cada genos cultuavam um ancestral comum, em geralconsiderado descendente dos deuses ou heróis.
  5. 5. A fragmentação dos genos vai, de fato, colocar a Grécia a frente deoutras práticas e costumes. Ao mesmo tempo, o aparecimento dasclasses e desigualdades sociais será responsável por um duplo processo:a dispersão de populações para outras áreas da Península Balcânica e daÁsia menor; e a formação de instituições políticas oligárquicas controladaspela aristocracia rural. Todo esse conjunto de mudanças encerra o períodohomérico e abre portas para o surgimento das primeiras cidades-Estadogregas.

×