SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
Lenda do rio ave
Diz-se que certo dia, chegou à Serra Da Agra uma linda
jovem, vinda dos lados da Galiza, com o seu rebanho.
Encantada com a Serra decidiu ficar.
Um dia, um cavaleiro avistou a jovem e, de imediato,
apaixonou-se por ela.
Os dias iam passando e o amor entre ambos aumentava
cada vez mais.
Brincavam, trocavam juras de amor até que... um dia o
cavaleiro teve de partir.
No entanto, prometeu à linda jovem que regressaria porque a amava muito.
A donzela esperava-o, mas o cavaleiro nunca mais aparecia.
Decidida em encontrar o seu cavaleiro, prometeu a si mesma que se transformaria em ave
para voar para junto do seu amado.
O tempo corria e não havia sinal do cavaleiro.
A bela jovem começou a ficar cada vez mais triste até que começou a chorar.
Chorou tanto que as suas lágrimas formaram, com a ajuda de pequenos riachos, um rio: o
Rio Ave.
O rio nascia onde a donzela chorava e desaguava onde o cavaleiro vivia.
Dai o nome serra da cabreira, rio ave e vila do conde.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A ovelhinha-que-veio-para-jantar
A ovelhinha-que-veio-para-jantarA ovelhinha-que-veio-para-jantar
A ovelhinha-que-veio-para-jantar
Ofelia Liborio
 
A fada oriana joaquim santos 5ºg
A fada oriana   joaquim santos 5ºgA fada oriana   joaquim santos 5ºg
A fada oriana joaquim santos 5ºg
IsabelPereira2010
 
O tubarão na banheira
O tubarão na banheiraO tubarão na banheira
O tubarão na banheira
Biblio Tecido
 

Mais procurados (20)

Conto couto viana-versos-de-caracaca
Conto couto viana-versos-de-caracacaConto couto viana-versos-de-caracaca
Conto couto viana-versos-de-caracaca
 
As serras de portugal
As serras de portugalAs serras de portugal
As serras de portugal
 
Ali Babá e os quarenta ladrões
Ali Babá e os quarenta ladrõesAli Babá e os quarenta ladrões
Ali Babá e os quarenta ladrões
 
poemas da mentira e da verdade - Luisa Ducla Soares
poemas da mentira e da verdade - Luisa Ducla Soarespoemas da mentira e da verdade - Luisa Ducla Soares
poemas da mentira e da verdade - Luisa Ducla Soares
 
Autores portugueses literatura infantil
Autores portugueses literatura infantilAutores portugueses literatura infantil
Autores portugueses literatura infantil
 
Versos personalizados para finalistas
Versos personalizados para finalistasVersos personalizados para finalistas
Versos personalizados para finalistas
 
Reis de Portugal
Reis de Portugal Reis de Portugal
Reis de Portugal
 
Piratinha vol1
Piratinha vol1Piratinha vol1
Piratinha vol1
 
O menino recompensado - António Botto
O menino recompensado - António BottoO menino recompensado - António Botto
O menino recompensado - António Botto
 
A ovelhinha-que-veio-para-jantar
A ovelhinha-que-veio-para-jantarA ovelhinha-que-veio-para-jantar
A ovelhinha-que-veio-para-jantar
 
A fada oriana joaquim santos 5ºg
A fada oriana   joaquim santos 5ºgA fada oriana   joaquim santos 5ºg
A fada oriana joaquim santos 5ºg
 
A Menina do Mar - Joana Gomes
A Menina do Mar - Joana GomesA Menina do Mar - Joana Gomes
A Menina do Mar - Joana Gomes
 
Animais que hibernam pp
Animais que hibernam ppAnimais que hibernam pp
Animais que hibernam pp
 
Apresentação fada oriana
Apresentação fada orianaApresentação fada oriana
Apresentação fada oriana
 
Ficheiros de-escrita-criativa-varias-30
Ficheiros de-escrita-criativa-varias-30Ficheiros de-escrita-criativa-varias-30
Ficheiros de-escrita-criativa-varias-30
 
Ficha de trabalho a partir da Lenda da Serra da Estrela
Ficha de trabalho a partir da Lenda da Serra da EstrelaFicha de trabalho a partir da Lenda da Serra da Estrela
Ficha de trabalho a partir da Lenda da Serra da Estrela
 
O ciclo do leite
O ciclo do leiteO ciclo do leite
O ciclo do leite
 
Ciclo do azeite
Ciclo do azeiteCiclo do azeite
Ciclo do azeite
 
O tubarão na banheira
O tubarão na banheiraO tubarão na banheira
O tubarão na banheira
 
O amor é
O amor éO amor é
O amor é
 

Semelhante a Lenda do rio ave

Semelhante a Lenda do rio ave (10)

Powerpoint Lenda Do Rio Ave
Powerpoint Lenda Do Rio AvePowerpoint Lenda Do Rio Ave
Powerpoint Lenda Do Rio Ave
 
Powerpoint Lenda Do Rio Ave
Powerpoint Lenda Do Rio AvePowerpoint Lenda Do Rio Ave
Powerpoint Lenda Do Rio Ave
 
Lendas de Portugal
Lendas de PortugalLendas de Portugal
Lendas de Portugal
 
Lendas de-portugal
Lendas de-portugalLendas de-portugal
Lendas de-portugal
 
Lendas de Portugal
Lendas de PortugalLendas de Portugal
Lendas de Portugal
 
Lendas de-portugal
Lendas de-portugalLendas de-portugal
Lendas de-portugal
 
O Homem E O Rio
O Homem E O RioO Homem E O Rio
O Homem E O Rio
 
O Homem E O Rio
O Homem E O RioO Homem E O Rio
O Homem E O Rio
 
Segredo riocr (2)
Segredo riocr (2)Segredo riocr (2)
Segredo riocr (2)
 
Lendas de-portugal-110326094657-phpapp02 (1)
Lendas de-portugal-110326094657-phpapp02 (1)Lendas de-portugal-110326094657-phpapp02 (1)
Lendas de-portugal-110326094657-phpapp02 (1)
 

Último

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
LindinhaSilva1
 

Último (20)

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 

Lenda do rio ave

  • 1. Lenda do rio ave Diz-se que certo dia, chegou à Serra Da Agra uma linda jovem, vinda dos lados da Galiza, com o seu rebanho. Encantada com a Serra decidiu ficar. Um dia, um cavaleiro avistou a jovem e, de imediato, apaixonou-se por ela. Os dias iam passando e o amor entre ambos aumentava cada vez mais. Brincavam, trocavam juras de amor até que... um dia o cavaleiro teve de partir. No entanto, prometeu à linda jovem que regressaria porque a amava muito. A donzela esperava-o, mas o cavaleiro nunca mais aparecia. Decidida em encontrar o seu cavaleiro, prometeu a si mesma que se transformaria em ave para voar para junto do seu amado. O tempo corria e não havia sinal do cavaleiro. A bela jovem começou a ficar cada vez mais triste até que começou a chorar. Chorou tanto que as suas lágrimas formaram, com a ajuda de pequenos riachos, um rio: o Rio Ave. O rio nascia onde a donzela chorava e desaguava onde o cavaleiro vivia. Dai o nome serra da cabreira, rio ave e vila do conde.