Oficina de Roteiro
Oficina de Roteiro
© copyright - Felipe Neves
O que é Roteiro?
Podemos definir um roteiro de diversas maneiras.
“A forma escrita de qualquer espetáculo áudio
e/ou visua...
O que é Roteiro?
Em francês “La scène”,
Em espanhol “El Guion”,
Em inglês: “Script”,
“Screenplay”, “Screeptyplay”,
“Master...
O roteiro é um
documento narrativo
utilizado como diretriz para
espetáculos de cinema e vídeo
ou programa televisivos, esc...
Narrativa é originária do latim e quer dizer
conhecer, transmitir informações.
A narrativa cerca as pessoas desde o moment...
Dramaturgia é a arte de composição do texto
destinado à representação feita por atores.
A palavra drama vem do grego e sig...
Para alguns um primo pobre, para outros uma
curiosa forma de literatura.
“O roteiro é sem sombra de dúvida uma das formas ...
“Pobre do roteirista, pois ele não pode ser poeta.
Ele não pode usar metáfora, hipérbole...” “Ao
invés disso, seu trabalho...
“Bem, não é um romance e certamente não é uma peça
de teatro”.
“Se você olha um romance e tenta definir sua natureza
essen...
O roteirista precisa se comunicar com
todos os departamentos do audiovisual.
Função do Roteirista
© copyright - Felipe Nev...
• Diretor (Geral)
• Assistente de Direção
• Diretor de Fotografia
• Operador de Câmeras
• Assistente de Câmera
• Eletricis...
Início meio
I
fim
apresentação
págs 1-30
confrontação
págs 30-90
resolução
págs 90-120
ponto de virada I
(plot point I)
pá...
Início meio
I
fim
apresentação
págs 1-3
confrontação
págs 3-9
resolução
págs 9-12
ponto de virada I
(plot point I)
págs 2-...
Segunda Aula
© copyright - Felipe Neves
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Roteiro 0003

427 visualizações

Publicada em

Sobre Roteiro

Publicada em: Arte e fotografia
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Roteiro 0003

  1. 1. Oficina de Roteiro Oficina de Roteiro © copyright - Felipe Neves
  2. 2. O que é Roteiro? Podemos definir um roteiro de diversas maneiras. “A forma escrita de qualquer espetáculo áudio e/ou visual.” ( Doc Comparato) 2. Planta baixa ou um projeto para um filme. 3. Organização das ideias do criador. 4. Um guia. © copyright - Felipe Neves
  3. 3. O que é Roteiro? Em francês “La scène”, Em espanhol “El Guion”, Em inglês: “Script”, “Screenplay”, “Screeptyplay”, “Master Scenes”, “Guide”. Para Televisão: “Televisonplay” “Teleplay”, “TV script” © copyright - Felipe Neves
  4. 4. O roteiro é um documento narrativo utilizado como diretriz para espetáculos de cinema e vídeo ou programa televisivos, escrito por um ou vários profissionais. O que é Roteiro? © copyright - Felipe Neves
  5. 5. Narrativa é originária do latim e quer dizer conhecer, transmitir informações. A narrativa cerca as pessoas desde o momento que consegue compreender a fala e fornece aos indivíduos uma ferramenta, para aprender e ensinar uns aos outros. Estamos constantemente narrando acontecimentos, contando sobre eventos que assistimos ou participamos ou sobre os quais ouvimos falar. O que é Narrativa? © copyright - Felipe Neves
  6. 6. Dramaturgia é a arte de composição do texto destinado à representação feita por atores. A palavra drama vem do grego e significa ação. Desse modo, o texto dramatúrgico é aquele que é escrito especificamente para representar a ação. “ O dramaturgo para mim é sinônimo de roteirista de cinema e/ou televisão, e faz parte de um dos ramos da literatura.” (Doc Comparato) O que é Dramaturgia? © copyright - Felipe Neves
  7. 7. Para alguns um primo pobre, para outros uma curiosa forma de literatura. “O roteiro é sem sombra de dúvida uma das formas mais difíceis e mais mal compreendidas de toda literatura.” (David Howard e Edward Mabley - Teoria e Prática do Roteiro) “Roteiros não são literatura, são apenas uma moldura para a filmagem. Não trabalham a favor da linguagem verbal, como a poesia, o conto, os romances, mas para as cenas de um filme, para que o filme se faça com imagens. Aliás, existem filmes que não têm roteiro, vão se fazendo em blocos de ideias, com apontamentos. Roteiros estão abaixo da literatura, são inferiores à literatura.” (Jean Claude Carrière) Ramo da Literatura © copyright - Felipe Neves
  8. 8. “Pobre do roteirista, pois ele não pode ser poeta. Ele não pode usar metáfora, hipérbole...” “Ao invés disso, seu trabalho deve conter toda a substância da literatura, mas sem ser literário. Um trabalho literário é finalizado e completo dentro de si mesmo. Um roteiro espera uma câmera. Se não é literatura, então qual é a ambição do roteirista? Descrever de uma maneira que quando o leitor virar as páginas, um filme flui através da imaginação ” (Robert McKee – Story p. 368) Ramo da Literatura © copyright - Felipe Neves
  9. 9. “Bem, não é um romance e certamente não é uma peça de teatro”. “Se você olha um romance e tenta definir sua natureza essencial, nota que a ação acontece na mente do personagem principal”. “Numa peça de teatro, a ação, ou enredo, ocorre no palco... ” “Neste caso , a ação da peça ocorre na linguagem da ação dramática; que é falada, em palavras”. “Filmes são diferentes. O filme é um meio visual que dramatiza um enredo. O roteiro é uma história contada em imagens, diálogos e descrições ...”. (Syd Field – Manual do Roteiro) O que não é um Roteiro? © copyright - Felipe Neves
  10. 10. O roteirista precisa se comunicar com todos os departamentos do audiovisual. Função do Roteirista © copyright - Felipe Neves
  11. 11. • Diretor (Geral) • Assistente de Direção • Diretor de Fotografia • Operador de Câmeras • Assistente de Câmera • Eletricista • Direção de arte • Cenógrafo • Figurinista • Maquiagem • Produtor • Assistente de Produção • (Executivo, Locação, Cast, Platô(set)) • Editor Departamentos do Audiovisual © copyright - Felipe Neves
  12. 12. Início meio I fim apresentação págs 1-30 confrontação págs 30-90 resolução págs 90-120 ponto de virada I (plot point I) págs 25-27 ponto de virada II (plot point II) págs 85-90 ATO I ATO II ATO III © copyright - Felipe Neves
  13. 13. Início meio I fim apresentação págs 1-3 confrontação págs 3-9 resolução págs 9-12 ponto de virada I (plot point I) págs 2-3 ponto de virada II (plot point II) págs 7-9 ATO I ATO II ATO III Roteiro de curta-metragemponto © copyright - Felipe Neves
  14. 14. Segunda Aula © copyright - Felipe Neves

×