Solos e minérios-Tanto os solos, minérios, como a água podem ser classificados como:*Renováveis: ou seja, podem ser utiliz...
Declividade-É a inclinação de um terreno, a qual determina o comportamento da água em relação àrocha-Em áreas pouco incli...
-Pode haver a ocorrência de voçorocas, grandes cavidades envolvendo as váriascamadas do soloLixiviação-Processo responsáv...
-A exportação ou importação de um minério não depende apenas da disponibilidade desuas reservas no país, sendo determinado...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Solos e minérios

3.136 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.136
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Solos e minérios

  1. 1. Solos e minérios-Tanto os solos, minérios, como a água podem ser classificados como:*Renováveis: ou seja, podem ser utilizados numa velocidade menor do que a danatureza, a qual os repõe, disponibilizando-os novamente para o uso*Não renováveis: ou seja, podem ser utilizados numa velocidade maior do que a danatureza, sendo, portanto, finitos para o uso humano, cujo tempo dependerá dadisponibilidade natural e da velocidade do uso-O solo e a água podem ser renováveis ou não renováveis, dependendo da velocidade douso ou da disponibilidade natural. Porém os minérios podem ser apenas não renováveis,uma vez que a natureza demora milhares de anos para formá-los, fazendo com que avelocidade de seu uso seja muito maior que a disponibilidade naturalFormação, uso e conservação dos solos-Definição de solo: camada superficial da crosta terrestre, formada por partículasminerais, matéria orgânica viva (microorganismos) ou morta (decomposição), ar e água-Principais processos de formação dos solos: intemperização e a estruturaçãoIntemperismo e a formação do solo:-Para que haja a formação do solo é preciso que o intemperismo seja maior que otransporte de materiais, fazendo com que a maioria das partículas minerais permaneçano local. O intemperismo é dividido em: físico e químico-Físico: responsável pela desagregação da rocha, ou seja, pela quebra em pedaçosmenores sem alteração química-Químico: responsável pela decomposição dos pedaços da desagregação, através daágua e da temperaturaRocha original-As rochas são formadas por minerais, os quais são compostos por diferentescomposições químicas, físicas e durezas. Portanto, o intemperismo pode ser mais rápidoou lentoClima-O clima é importante em relação ao intemperismo-Em climas secos, as altas amplitudes térmicas diárias colaboram bastante para que hajaintemperismo físico. Porém, apenas o intemperismo físico é insuficiente, já que apenasa fragmentação das rochas sem a decomposição dos pedaços não forma um solo-O intemperismo químico é mais intenso em climas quentes e úmidos
  2. 2. Declividade-É a inclinação de um terreno, a qual determina o comportamento da água em relação àrocha-Em áreas pouco inclinadas, a água fica parada-Em áreas muito inclinadas, a água infiltra pouco na rocha, dificultando o intemperismoe favorecendo processos erosivos que carregam grandes quantidades de matéria emdireção às áreas mais baixas, fazendo com que a água fique em contato com a rocha, aqual ficará saturada dos minerais solúveis, perdendo a capacidade de dissolver novasporções de minerais-O ideal é um relevo de encostas e colinas suavesBiosfera-Sua principal colaboração é a alteração química que as raízes das plantas promovem naágua, assim como a ação de formigas e minhocas, insetos os quais aeram o interior daterraTempo-O intemperismo tende a ser mais intenso conforme o passar do tempo, porém essetempo não pode ser definido, já que essa definição depende dos outros fatoresEstruturação do solo-Horizonte O: superficial, composto por húmus (decomposição de matéria orgânica)-Horizonte A: formado por minerais originados da decomposição da rocha, possuindocolocaraçãoescura-Horizonte E: mais claro que o A, já que possui menos matéria orgânica e sofrelixiviação (lavagem do solo)-Horizonte B: acumulação de material argiloso e minerais de ferro e alumínio, sendopropício à laterização-Horizonte C: formado pela rocha original, chamado de subsoloErosão-Enquanto o intemperismo consiste na desagregação e na decomposição do solo, aerosão consiste no transporte desses materiais originados no intemperismo, o queimpede a formação do solo ou promove a degradação do solo já formado-Sempre ligado ao desmatamento exagerado, já que a cobertura vegetal impede que osprodutos do intemperismo sejam levados pela chuva, vento. Além da inclinação, já quequanto mais inclinado for o solo, maior será a ocorrência da erosão
  3. 3. -Pode haver a ocorrência de voçorocas, grandes cavidades envolvendo as váriascamadas do soloLixiviação-Processo responsável pelo transporte de minerais, ou seja, pela lavagem do solo. Suaprincipal consequência é o empobrecimento do solo, já que vários nutrientes diluídos naágua das chuvas são levadosDesertificação-Processo de expansão de desertos causado pelo desmatamento (diminuindo a umidadedo ar) ou por alterações climáticas, o que pode levar a uma alteração dos ciclos dachuvaArenização-Processo causado pelo alto uso de agrotóxicos, muita mecanização da agricultura oudesmatamento para culturas, fazendo com que o solo se desestruture, perdendo matériaorgânica e sendo lixiviado, promovendo um aumento da areia, superando os outroselementos que o compõe-Não é causado por perda de umidadeSalinização-É o acúmulo exagerado de sais minerais no solo-Exemplo: Mar de Aral, cuja água foi retirada para promover a irrigação da agricultura.Isso ocorreu por ser a única fonte de água em pleno desertoMinérios-São os minerais que apresentam condições técnicas e econômicas para seremexploradosMinérios metálicos e a mineração no Brasil-Minerais metálicos são aqueles que apresentam muitos metais em sua composição,possuindo alta eletricidade e calor. Entre os minérios metálicos mais importantes estão oferro, alumínio (produzido a partir da bauxita), manganês, cobre, estanho, o níquel e onióbio-Brasil é um dos líderes mundiais na exploração de minérios, sendo grande parte desseminério exportada. As indústrias de mineração e de transformação de matérias-primasmetálicas são conhecidas como energointensivas, as quais utilizam muita energia epouca mão-de-obra
  4. 4. -A exportação ou importação de um minério não depende apenas da disponibilidade desuas reservas no país, sendo determinado pela relação entre a produção e o consumo, oque muitas vezes é determinado pelo grau de industrialização-A China, por exemplo, é o maio produtor mundial de minério de ferro, mesmo assim,também é um grande importador do mesmo, comprando-o do Brasil, o qual possui umexcedente de ferro, já que essa falta é causada pelo alto consumo, porém não peladisponibilidade natural-Minas Gerais e Pará são os estados que produzem mais mineraisImpactos ambientais-Uma extração a céu aberto precisa do desmatamento ou da retirada do próprio solo e,após feita essas ações, as formas de relevo também vão sendo alteradas, já que suasestruturas rochosas são retiradas para o aproveitamento de minerais-Porém não há o aproveitamento total desses minerais, fazendo com que há a poluiçãode rios pelos restos inúteis, podendo trazer prejuízos para os animais e a populaçãoribeirinha-Há, também, a poluição do ar, causada pela poeira das escavações-O garimpo de ouro é feito por desmoronamento de encostas através de jatos de água,fazendo com que grandes quantidades de lama caia sobre os rios, causando seuassoreamento, e utilização de mercúrio, o qual causa a morte de animais ou dos homensque consomem essa água-A exploração de minas traz grandes problemas sociais, já que os trabalhadores, osquais permanecem durante muito tempo abaixo da superfície, em ambientes insalubrespela falta de luz solar e pela má qualidade do ar, infestado de poeira saída da extraçãodo carvão

×