Redescobrindopaulo3

2.354 visualizações

Publicada em

Primeira viagem missionária de Paulo.

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.354
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
158
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Redescobrindopaulo3

  1. 1. Pr. Brian Kibuuka
  2. 2. Antes da Conversã o Conversã o Viagens Missionári as Redescobrindo Paulo...
  3. 3. 4Romano s Cartas Pastorai s Coríntios Redescobrindo Paulo...
  4. 4. Viagens Missionári as Primeira Viagem Missionária Segunda Viagem Missionária Terceira Viagem Missionária Viagem de Paulo a Roma
  5. 5. Primeira Viagem Missionária Texto: Atos 13:01- 14:27 Período: c. 46-48 d.C. A viagem começa: Antioquia, na Síria e Chipre
  6. 6. Primeira Viagem Missionária Eles, então, cruzaram para o continente (Turquia moderna) desembarcaram no porto mediterrâneo de Atália. A partir daí, passaram para o interior, para as cidades ao longo da estrada militar no sul da Ásia Menor. Atos descreve como Saulo e José (chamado Barnabé, que significa "filho da profecia"), acompanhado por seu primo João Marcos, partiram de Antioquia para Chipre, visitando Salamina e Pafos.
  7. 7. Primeira Viagem Missionária EmPerge • por razões desconhecidas, João Marcos os deixou para retornar a Jerusalém. SauloeBarnabé,emseguida,pararam • em Antioquia da Pisídia, Icônio, Listra e Derbe, todas cidades da província romana da Galácia Refizeramseuspassospara • revisitaram as igrejas que eles haviam fundado. Em seguida, estavam de volta a Perge, onde desta vez eles pregaram o evangelho, e Atália.
  8. 8. Primeira Viagem Missionária • eles navegaram diretamente de volta a Antioquia, Síria Mas, ao invés de retornar ao Chipre Percorreram cerca de 2.300 quilômetros Ficaram ali "um longo tempo" (46-49 dC).
  9. 9. Atos 13 1 Havia na igreja de Antioquia profetas e mestres: Barnabé, Simeão, por sobrenome Níger, Lúcio de Cirene, Manaém, colaço de Herodes, o tetrarca, e Saulo. 2 E, servindo eles ao Senhor e jejuando, disse o Espírito Santo: Separai-me, agora, Barnabé e Saulo para a obra a que os tenho chamado. 3 Então, jejuando, e orando, e impondo sobre eles as mãos, os despediram.
  10. 10. Atos 13 4 Enviados, pois, pelo Espírito Santo, desceram a Selêucia...
  11. 11. Selêucia foi estabelecida como o porto de Antioquia no século 3 aC Chama-se Selêucia ad Piéria para distingui-la de outras nove cidades com o mesmo nome • Fundada por Selêuco I Nicator Piéria é uma alusão a um centro de troca que ganhou o nome de um tipo de asfalto extraído da área • população de 30.000
  12. 12. Antigo porto de Selêucia
  13. 13. Restos das muralhas da cidade Selêucia
  14. 14. Túnel de Tito (ou Gariz), construído na época dos imperadores romanos Vespasiano e Tito, em uma tentativa de desviar o fluxo de água e salvar
  15. 15. Atos 13 4 ...e dali navegaram para Chipre
  16. 16. O Chipre é a terceira maior ilha do Mediterrâneo 140 quilômetros de comprimento 60 quilômetros de largura
  17. 17. em 22 a.C. Os romanos tornaram o Chipre uma província sob a jurisdição do Senado Romano A ilha era governada por um procônsul O procônsul governava a partir de Pafos
  18. 18. Distância: 120 quilômetros
  19. 19. Atos 13 5 Chegados a Salamina, anunciavam a palavra de Deus nas sinagogas judaicas; tinham também João como auxiliar.
  20. 20. Padrão Missionário Aqui se estabeleceu o padrão: primeiro pregar para judeus – havia muitos em Salamina (“sinagogas”)
  21. 21. Salamina (que significa "sal", provavelmente a partir de “salós”, ou significa “mar” (água salgada) Ficava costa leste de Chipre, ao norte da Famagusta moderna Pafos era a capital oficial da ilha e sede do governo romano. Salamis era o centro comercial.
  22. 22. Ginásio de Salamina
  23. 23. Piscina do Ginásio de Salamina
  24. 24. Palaestra – área de exercício
  25. 25. Teatro de Salamina
  26. 26. Atos 13 6 Havendo atravessado toda a ilha até Pafos, encontraram certo judeu, mágico, falso profeta, de nome Barjesus,
  27. 27. A evangelização e o sincretismo falso profeta, de nome Barjesus (v. 6) procônsul Sérgio Paulo, que era homem inteligente (v. 7) opunha-se-lhes Elimas, o mágico (v. 8)
  28. 28. Pafos (em grego, "fervendo ou quente") Era uma cidade portuária no extremo oeste de Chipre Ficava cerca de 90 quilômetros de Salamina
  29. 29. Pafos (a de Atos) e Pafos Velha (Paleo Paphos)
  30. 30. Pafos moderna
  31. 31. Templo a Asclépio (deus grego da medicina)
  32. 32. Atos 13.10-12 10 Ó filho do diabo, cheio de todo o engano e de toda a malícia, inimigo de toda a justiça, não cessarás de perverter os retos caminhos do Senhor? 11 Pois, agora, eis aí está sobre ti a mão do Senhor, e ficarás cego, não vendo o sol por algum tempo. No mesmo instante, caiu sobre ele névoa e escuridade, e, andando à roda, procurava quem o guiasse pela mão. 12 Então, o procônsul, vendo o que sucedera, creu, maravilhado com a doutrina do Senhor.
  33. 33. Atos 13 13 E, navegando de Pafos, Paulo e seus companheiros dirigiram-se a Perge da Panfília. João, porém, apartando-se deles, voltou para Jerusalém.
  34. 34. Perge (do grego "terra") é a capital da província da Panfília Secunda Uma bela área entre as Montanhas Taurus e do Mar Mediterrâneo, entre as províncias de Lícia e da Cilícia Fica a 11 km a nordeste de porto mediterrâneo de Atália Foi situada no interior como uma medida defensiva contra bandos de piratas
  35. 35. Perge: teatro (inferior esquerdo), estádio (centro), acrópole (fundo)
  36. 36. Muro situado no sul da cidade, por onde passaram Paulo e Barnabé
  37. 37. Rua principal de Perge, com um canal de água
  38. 38. Atos 13 14 Mas eles, atravessando de Perge para a Antioquia da Pisídia,
  39. 39. GÁLATAS 4 14 E, posto que a minha enfermidade na carne vos foi uma tentação, contudo, não me revelastes desprezo nem desgosto; antes, me recebestes como anjo de Deus, como o próprio Cristo Jesus.
  40. 40. Atos 13 14 Mas eles, atravessando de Perge para a Antioquia da Pisídia, indo num sábado à sinagoga, assentaram-se.
  41. 41. Viajando para o norte a partir de Perge, Paulo e Barnabé seguiram a estrada romana conhecida como a Via Sebaste. Com as montanhas que aparecem na distância, a viagem de 160 quilômetros levou cerca de sete dias e era extremamente perigosa A passagem montanhosa estava infestada por ladrões e atravessada por precipícios assustadores Foram estas montanhas assustadoras a razão de Marcos não continuar a viagem?
  42. 42. Aqueduto que fornecia água para a cidade de Antioquia da Pisídia.
  43. 43. Aqueduto que fornecia água para a cidade de Antioquia da Pisídia.
  44. 44. A cidade de Antioquia foi criada sobre um precipício
  45. 45. Praça Augusto, onde Paulo provavelmente pregou ou transitou.
  46. 46. Praça de Augusto e Praça de Tibério, onde Paulo provavelmente pregou ou transitou.
  47. 47. Teatro para 12 a 15 mil espectadores
  48. 48. Decumanos, principal rua da cidade
  49. 49. Sérgio Paulo (At 13.7) tinha raízes em Antioquia, como mostra a inscrição acima: “Lucius Sergius Paulus, o jovem”
  50. 50. Atos 13 48 Os gentios, ouvindo isto, regozijavam-se e glorificavam a palavra do Senhor, e creram todos os que haviam sido destinados para a vida eterna. 49 E divulgava-se a palavra do Senhor por toda aquela região. 50 Mas os judeus instigaram as mulheres piedosas de alta posição e os principais da cidade e levantaram perseguição contra Paulo e Barnabé, expulsando-os do seu território. 51 E estes, sacudindo contra aqueles o pó dos pés, partiram para Icônio. 52 Os discípulos, porém, transbordavam de alegria e do Espírito Santo.
  51. 51. Icônio era cerca de 60 quilômetros de Antioquia da Pisídia. Ficava na borda ocidental de um grande planalto da Anatólia. Próxima as montanhas do oeste(Bozkr) e do centro (Touro) O nome atual da cidade é Konya.
  52. 52. Icônio Hoje
  53. 53. Atos 14 1 Em Icônio, Paulo e Barnabé entraram juntos na sinagoga judaica e falaram de tal modo, que veio a crer grande multidão, tanto de judeus como de gregos. 2 Mas os judeus incrédulos incitaram e irritaram os ânimos dos gentios contra os irmãos
  54. 54. Atos 14 3 Entretanto, demoraram-se ali muito tempo, falando ousadamente no Senhor, o qual confirmava a palavra da sua graça, concedendo que, por mão deles, se fizessem sinais e prodígios. 4 Mas dividiu-se o povo da cidade: uns eram pelos judeus; outros, pelos apóstolos.
  55. 55. Atos 14 5 E, como surgisse um tumulto dos gentios e judeus, associados com as suas autoridades, para os ultrajar e apedrejar, 6 sabendo-o eles, fugiram para Listra e Derbe, cidades da Licaônia e circunvizinhança, 7 onde anunciaram o evangelho.
  56. 56. Atos 14 8 Em Listra, costumava estar assentado certo homem aleijado, paralítico desde o seu nascimento, o qual jamais pudera andar.
  57. 57. Listra estava localizada na parte oriental das altas planícies da Licaônia, cerca de 19 quilômetros a sudoeste de Icônio. O nome Listra presumivelmente remonta a tempos pré- históricos e pode ser atribuída à língua licaônica O licaônico ainda era falado na região até o século 6 dC
  58. 58. Listra é um montão de ruínas não escavado
  59. 59. Atos 14: • 9 Esse homem ouviu falar Paulo, que, fixando nele os olhos e vendo que possuía fé para ser curado, 10 disse-lhe em alta voz: Apruma-te direito sobre os pés! Ele saltou e andava. 11 Quando as multidões viram o que Paulo fizera, gritaram em língua licaônica, dizendo: Os deuses, em forma de homens, baixaram até nós. 12 A Barnabé chamavam Júpiter, e a Paulo, Mercúrio, porque era este o principal portador da palavra.
  60. 60. Atos 14 19 Sobrevieram, porém, judeus de Antioquia e Icônio e, instigando as multidões e apedrejando a Paulo, arrastaram-no para fora da cidade, dando-o por morto.
  61. 61. Em algum momento, os judeus hostis de Antioquia da Pisídia e Icônio chegaram envenenou os de Listra contra os dois homens a tática funcionou Apedrejaram Paulo acreditando que ele estava morto, arrastaram-no para fora dos muros da cidade
  62. 62. Atos 14 20 Rodeando-o, porém, os discípulos, levantou-se e entrou na cidade. No dia seguinte, partiu, com Barnabé, para Derbe. 21 E, tendo anunciado o evangelho naquela cidade e feito muitos discípulos, voltaram para Listra, e Icônio, e Antioquia
  63. 63. Atos 14 22 fortalecendo a alma dos discípulos, exortando-os a permanecer firmes na fé; e mostrando que, através de muitas tribulações, nos importa entrar no reino de Deus.
  64. 64. Derbe era uma cidade pequena licaônica no limite extremo da província romana da Galácia cerca de 30 km ao sudeste de Listra
  65. 65. Monte Derbe
  66. 66. Inscrição que cita Derbe
  67. 67. Atos 20 4 Acompanharam-no até à Ásia Sópatro, de Beréia, filho de Pirro, Aristarco e Secundo, de Tessalônica, Gaio, de Derbe, e Timóteo, bem como Tíquico e Trófimo
  68. 68. Em sua segunda carta a Timóteo, Paulo menciona as perseguições e sofrimentos "em Antioquia, Icônio e Listra” (2 Timóteo 3:10- 11). Paulo nada diz sobre Derbe Paulo (com Silas) voltou a Derbe na fase inicial de sua segunda viagem missionária (veja Atos 16.1).
  69. 69. Atos 14 22 fortalecendo a alma dos discípulos, exortando-os a permanecer firmes na fé; e mostrando que, através de muitas tribulações, nos importa entrar no reino de Deus. 23 E, promovendo-lhes, em cada igreja, a eleição de presbíteros, depois de orar com jejuns, os encomendaram ao Senhor em quem haviam crido.
  70. 70. Atos 14 24 Atravessando a Pisídia, dirigiram-se a Panfília. 25 E, tendo anunciado a palavra em Perge, desceram a Atália 26 e dali navegaram para Antioquia, onde tinham sido recomendados à graça de Deus para a obra que haviam já cumprido.
  71. 71. Atos 14 27 Ali chegados, reunida a igreja, relataram quantas coisas fizera Deus com eles e como abrira aos gentios a porta da fé. 28 E permaneceram não pouco tempo com os discípulos.
  72. 72. Viagens Missionária s
  73. 73. Redescobrindo Paulo... 4Romano s
  74. 74. Pr. Brian Kibuuka

×