Mamografia

7.405 visualizações

Publicada em

O que é mamografia, suas indicações, contra-indicações, quando realizá-la, exames complementares à mamografia, interpretação de resultados e cuidados de enfermagem pré e pós exame.

Publicada em: Saúde e medicina
1 comentário
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.405
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
60
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
356
Comentários
1
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mamografia

  1. 1. Trata-se de um exame-diagnóstico que avalia as condições das glândulas mamárias em um aparelho chamado mamógrafo, que comprime ligeiramente as mamas. Essa pressão durante o processo tem o objetivo de expor as mulheres à radiação pelo menor tempo possível e assim obter resultados de alta qualidade.
  2. 2. • 30% das mortes por câncer de mama poderiam ter sido evitadas com um diagnóstico precoce. • 95% dos tumores diagnosticados precocemente são passíveis de cura. • Após o tratamento : * 97% de cura no estágio I * 80% de cura no estágio II • 15% dos diagnósticos foram abaixo dos 40 anos
  3. 3.  Mulheres com baixo risco de câncer (15% durante a vida, maioria das mulheres): • Mamografia Anual a partir dos 40 anos. • Outros exames a partir dos achados da mamografia: * Ultrassonografia de mamas * Ressonância magnética de mamas • Acima dos 75 anos de idade: mamografia anual se boa saúde permitir exame e acompanhamento.
  4. 4.  Mulheres com risco moderado de câncer (15% a 20% durante a vida, ou mamas densas à mamografia): • Mamografia anual a partir dos 40 anos. • Outros exames conforme achados da mamografia: * Ultrassonografia de mamas (Sugerido o uso, embora não obrigatório). * Ressonância magnética de mamas.
  5. 5.  Mulheres com alto risco de câncer (>20% durante a vida): • Portadoras de mutação genética BRCA 1 e 2 ou parentes de primeiro grau destes: * Mamografia e ressonância magnética de mamas a partir dos 30 anos. • Mãe ou irmã com câncer na pré-menopausa: * Mamografia e ressonância magnética de mamas a partir dos 30 anos ou 10 anos antes da idade da parente do diagnóstico.
  6. 6.  Mulheres com alto risco de câncer (>20% durante a vida): • História de radioterapia no peito entre 10 e 30 anos de idade: * Mamografia e ressonância magnética de mamas a partir de 8 anos após o tratamento. * Mamografia não é indicada antes dos 25 anos. • História de câncer de ovário ou lesões de risco de câncer de mama: * Mamografia anual a partir do diagnóstico * Considerar ressonância magnética
  7. 7. • Principal exame para avaliação do câncer de mama. • Digital x Analógica. • Usa raios X. • Baixa radiação, pode ser feita na gravidez (Com proteção de chumbo). • A compressão é necessária para boa avaliação do exame. • Realizada em 2 incidências (2 “ângulos de visão”) das mamas.
  8. 8. 1. Tem que apertar ? 2. A mamografia pode dar câncer ou alterar o mesmo ? 3. As próteses de silicone dificultam a visualização de um tumor?
  9. 9. • Conforme achados, pode ser necessário retorno do paciente para a complementação do exame: – Compressão Localizada – Magnificação da mamografia – Outras incidências  Achados: • Nódulos • Assimetrias • Microcalcificações
  10. 10. O radiologista emite um laudo que vai classificar os achados no exame de acordo com uma classificação, de acordo com a classificação o médico decide por continuar ou não a investigação de possíveis lesões mamárias.  Birads 0 = indeterminado, complementar com outros exames.  Birads 1 = Nenhum achado, nem benigno nem suspeito.  Birads 2 = Achados benignos.  Birads 3 = Achados provavelmente benignos  Birads 4 = Achado suspeito para malignidade, biopsiar  Birads 5 = Achado muito suspeito para câncer.  Birads 6 = Câncer já previamente diagnosticado.
  11. 11. Exame complementar mais utilizado Utiliza ondas sonoras, que não machucam o organismo e não tem contraindicações. Também vê integridade de próteses mamárias. Bom para avaliar nódulos, mas ruim para microcalcificações à mamografia.
  12. 12. 1. Este exame substitui a mamografia ? 2. Por que não fazer somente este exame ?
  13. 13. 1 2 3
  14. 14.  Exame complementar recente.  Utiliza radiofrequência e campos magnéticos (não usa radiação).  Usa contraste de aplicação venosa.  É contra indicada em pacientes com marcapasso, clipes em aneurismas cerebrais, objetos ferromagnéticos no corpo.  Deve ser evitada no primeiro trimestre de gestação.
  15. 15. 1. Posso realizar somente este exame ? 2. Quando devo fazer este exame ? 3. E se eu não conseguir realizar este exame ?
  16. 16.  Explicar ao paciente o objetivo, o procedimento, os benefícios e os riscos da mamografia. A paciente deve esperar algum desconforto durante a compressão da mama.  Pesquisar gravidez nas mulheres. Se positiva, comunicar ao serviços de radiologia.  Instruir ao paciente a não usar desodorante, perfume, talcos ou pomada na axila no dia do exame.  Recomendar que a paciente se vista com duas peças, em lugar de vestido, porque a parte superior do tronco será despida.  Sugerir que as pacientes com dor nas mamas evitem o consumo de alimentos e bebidas contendo cafeína (café, chá, Coca-Cola, chocolate) por 5 a 7 dias antes do exame.
  17. 17. Interpretar os resultados do teste e aconselhar a paciente apropriadamente.

×