energia das ondas

859 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
859
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

energia das ondas

  1. 1. Escola Básica Integrada da Boa Água En e r g i a d a s On d a s • Trabalho realizado no âmbito da disciplina Educação Tecnológica: • Brenda Letícia nº 1 8ºB • Marta Fernandes nº 15 8ºB • Rúbia D r u m o n d nº 25 8ºB
  2. 2. Índice ▪Introdução………………………………………………… slide 3  Energia das Ondas………………….. ……………slide 4 ▪ Objectivo……………………………………………………slide 5 ▪ Vantagens ………………………………………….……slide 6 ▪ Desvantagens……………………………………………slide 7
  3. 3. Introdução • Os o c e a n o s p o d e m s e r uma fonte de energia para iluminar as nossas casas e empresas. Neste momento, o aproveitamento da energia do mar é apenas experimental e raro. Existem três maneiras de produzir energia usando o mar: as ondas, as marés ou deslocamento das águas e as diferenças de temperatura dos oceanos. Mas neste trabalho só i r e m o s f a l a r d a e n e r g i a d a s o n d a s .
  4. 4. Energia das Ondas • A Energia das ondas, provém do aproveitamento das ondas oceânicas. É uma energia “limpa”, isto é sem quaisquer custos para o ambiente.
  5. 5. En e r g i a d a s On d a s • Ondas possuem energia cinética e energia potencial. Elas possuem cinética devido movimento da água, e possuem também energia potencial devido à s u a a l t u r a .
  6. 6. Ob j e t i v o O o b j e t i v o é acabar com a utilização dos recursos não renováveis, não p o l u i n d o o a mb i e n t e .
  7. 7. Va n t a g e n s É u m a e n e r g i a renovável.  Não produz qualquer tipo de poluição.  Estão menos dependentes das condições d a c o s t a .
  8. 8. De s v a n t a g e n s ▪ É difícil funcionamento e ainda está p o u c o d e s e n v o l v i d a e m t e r mo s d e ma t e r i a i s u s a d o s p a r a u m me l h o r a p r o v e i t a me n t o d a e n e r g i a . Só é possível explorar este recurso em determinadas zonas, para além disso os custos da sua exploração são e l e v a d o s . Ba i x a r e n t a b i l i d a d e .
  9. 9. Utilização r a c i o n a l d a En e r g i a  Redução do consumo, o que implica uma redução significativa da poluição a mb i e n t a l .  C o n s t r u i r casas energéticas. U t i l i z a r lâmpadas d e b a i x o c o n s u mo o u d e a l t o r e n d i me n t o .  E x i g i r as instituições públicas e privadas que “poupem” os recursos energéticos.
  10. 10. Si t i o g r a f i a h c i t o h n p t n c i n t a t t p ://w w w .i n o v a c a o t e o l o g i c a .c o m .b r /n o t i a s /n o t i c i a .p h p ? a r g o =e n e r g i a -d a s d a s &i d =010115110908 t p ://e n e r g i a s a l t e r t i v a s .w e b n o d e .c o m . /e n e r g i a -d a s -o n d a s /

×