Abril de 1971                                                                                                             ...
Março de 1974                                               A aviação executiva sempre foi                                ...
Abril de 1983                                             Uma maquete mostra um                                           ...
Novembro de 1998                Dezembro de 1998                     Fevereiro de 1999         Junho de 1991              ...
Novembro de 2001                                               A Varig traz o 777 e inaugura                              ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Revista FLAP - Capas Históricas

1.915 visualizações

Publicada em

45 anos de Revissta FLAP - 45 capas que fizeram história

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Revista FLAP - Capas Históricas

  1. 1. Abril de 1971 Muitas empresas em- barcaram num proces- so de substituição de turboélices por jatos. A Cruzeiro orgulhava- se de sua maior aerona- ve, o Boeing 727-100. A Flap publicou a foto antes do avião chegar ao Brasil. Por Gianfranco Beting 45 anos de aviação Janeiro de 1971 A Sadia ainda comemorava Setembro de 1971 Pinturas exclusivas, mudan- a chegada do primeiro BAC ças de identidade corpora- relembrados 1-11-500 encomendado, apelidado pela empresa de tiva sempre valeram capas na Flap. É o caso aqui: as novas e chamativas cores através de capas “Jatão”, quando publicamos esta capa, mostrando a ae- ronave ainda durante seus da Pluna, modeladas no primeiro jato operado pela empresa, um 737-200. inesquecíveis da vôos de teste na Inglaterra. Flap Internacional U Uma das tradições da revista Flap Interna- possível, pois a aeronave ainda nem havia cional nestes 45 anos de publicação é a alta voado, mandamos produzir maquetes exclusi- qualidade de suas fotografias. No caso das vamente. Uma vez fotografadas, depois era capas, o puro gráfico e o dinamismo em necessário realizar um elaborado processo de produzir imagens exclusivas sempre foram fusão com um cenário de fundo aplicado es- uma das marcas registradas da revista. pecialmente. Este processo complexo de tra- A Flap Internacional sempre foi além. balho muitas vezes varava madrugadas e Janeiro de 1972 Muitas vezes, para poder dar a cobertura ne- exigia a colaboração de dezenas de profissionais. A Flap sempre homena- cessária a uma grande novidade do setor, a O tempo passou e a revista Flap soube geou a indústria aeroes- revista investiu pesado apenas para conseguir acompanhar as mudanças. Na era digital, pacial brasileira, desde imagens originais, inovadoras, decolando na imagens exclusivas hoje são criadas em com- seus priomórdios até os frente de outras revistas do segmento. putador. O trabalho de fotógrafos e artistas é dias de hoje. Na imagem Ao longo dessas quatro décadas, a revis- usado para criar, em questão de horas, novas em vôo, um dos dois ta não economizou esforços para produzir al- realidades. Ou até mesmo antecipando-se protótipos do primeiro gumas das mais belas capas entre todas as ao futuro, mostrando como uma nova aerona- grande sucesso da revistas de aviação. Em muitas ocasiões, fotó- ve vai ficar nas cores de uma nova operadora, Embraer, o EMB-110 grafos e helicópteros foram contratados para por exemplo. Bandeirante. Julho de 1966 a produção de ensaios de aeronaves em vôo. Seja como for, a Flap tem orgulho desta Uma belíssima imagem exclusiva A Flap não hesitou em alugar aeronaves e sua tradição: trazer a você, leitor, capas que da Flap mostra um Dart Herald da coordenar vôos em formação, em diversos marcam época. E que, sem exagero algum, Sadia em vôo a baixa altura sobre Estados do país, apenas para produzir capas ficam tão bonitas, surpreendentes, inovadoras, o centro da cidade de São Paulo. que fizessem a diferença. que muitas vezes acabam sendo emolduradas. Na época, a aeronave era uma Em outros casos, quando isto não era Vamos a uma seleção com várias delas. das mais modernas de nossa avia- ção comercial. Esta foi a primeira foto aérea da revista. 96 97Materia Capas Historicas - Gian.p65 2-3 22/11/2007, 13:05
  2. 2. Março de 1974 A aviação executiva sempre foi saudada com lindas imagens nas capas da Flap. Esta imagem mostra, em ensaio feito com exclusividade, uma aeronave Cessna Citation I, uma grande novidade na época, operando em pista não pavimentada. Fevereiro de 1974 Maio de 1974 Julho de 1977 Outubro de 1978 A Transbrasil foi a primeira a Meses antes de sua chegada ao Brasil, Flap presta uma homena- Flap antecipa-se aos acreditar na Airbus em nosso a Flap mostra uma foto-montagem gem ao SST francês. fatos e mostra uma país. A companhia tencionava com uma maquete de um McDonnell O Brasil era um dos três maquete com as cores Junho de 1980 encomendar dois jatos para Douglas DC-10-30, a nova “estrela de países que recebiam regu- do Fokker F.27 que a O EMB-120 Brasilia é lançado utilizar em suas rotas principais. primeira grandeza” que era a maneira larmente vôos com a ma- TAM viria a receber. e dá continuidade ao legado A compra foi vetada pelo gover- como a Varig se referia ao seu mais ravilhosa máquina anglo- de aeronaves comerciais da no federal. A imagem foi feita a novo e maior jato. francesa. Bons tempos. Embraer. Flap registra o fato partir de uma maquete do avião com esta imagem de um mo- e o A300 nas cores da TBA ficou delo da aeronave em primeira apenas na capa da Flap. mão, surpreendendo até a Embraer. Agosto de 1974 Impossibilitada de comprar o A300, a Transbrasil optou então pelo Boeing 727. Em suas cores originais, vemos um modelo fotografado em mais um furo de reportagem da revista. Novembro de 1974 Junho de 1977 Outubro de 1980 Março de 1981 Ainda com matrículas norte-ame- O Boeing 727-200 era a maior ae- Outro lançamento da Embraer, Outra fusão fotográfica mos- ricanas, dois Sabre 60 da Atlântica ronave da Vasp e uma das maiores desta vez na área militar: em tra a imagem dos Airbus Janeiro de 1982 Táxi Aéreo foram fotografados du- em uso exclusivo nas rotas domésti- cooperação com a italiana A300 que a Vasp havia A Transbrasil coloca o Brasil rante treinamento de tripulações, cas. A revista destacava um pionei- Aermacchi, o multimissão recém-encomendado. As na terceira geração de antes da entrega oficial dos apare- rismo do jato: fones de ouvido com AMX é lançado. Flap registra aeronaves chegaram em jatos comerciais ao enco- lhos. Estes jatos, dois anos mais seleção individual de canais. Perfei- o fato em mais uma imagem 1982 e 1983, mas já nas mendar os Boeing 767-200. tarde, seriam as primeiras aerona- tos para ouvir os hits da Disco Music, exclusiva, feita a partir de uma novas cores da saudosa A Flap coloca um modelo ves da regional Rio Sul. a sensação musical da época. maquete. empresa paulista. da aeronave na capa. 98 100Materia Capas Historicas - Gian.p65 4-5 22/11/2007, 13:22
  3. 3. Abril de 1983 Uma maquete mostra um novo tipo que entraria em Março de 1988 Janeiro de 1989 Abril de 1990 Maio de 1982 operação no Brasil: o bri- Junho de 1983 A Boeing lançou duas novas Ilustrações também fizeram grande Flap mostra uma maquete da Furo de reportagem da tânico BAe 146-100, entre- A Transbrasil recebe seu pri- aeronaves no mesmo dia: capas para a Flap. Esta mostra uma grande novidade do ano: o pri- Flap: ainda em testes em gue à regional Taba, que meiro Boeing 767-200. O even- o 737-400 e o 747-400. Flap grande novidade na época: um pro- meiro Fokker 100 que a TAM Toulouse, França, o primei- operou com duas unidades to é celebrado com uma bela esteve presente ao evento jeto conjunto entre Brasil e Argen- tinha encomendado. Essa ae- ro A300 que viria a ser do tipo. imagem do PT-TAA, visto du- e presenteou os leitores com tina, que daria origem ao CBA-123 ronave mudaria a sorte da TAM entregue à Vasp. rante um vôo de testes. esta bela imagem, sendo a Vector. – e, por conseqüência, de toda primeira revista no mundo a aviação comercial brasileira. a publicar a foto na capa. Maio de 1986 Junho de 1987 Janeiro de 1983 Julho de 1990 Fevereiro de 1991 Abril de 1991 Um dos primeiros 737-300 A primeira capa a gente nunca Na melhor tradição da Pioneira, Voa o primeiro CBA-123 Vector. A Uma foto raríssima. Belíssima foto noturna de um entregues à Vasp é visto esquece. Esta foi a primeira foto a Rio Sul foi a primeira compa- aeronave era cara e avançada A primeira imagem BAe-146 da Air Brasil. A aero- nesta belíssima imagem feita que fiz e que valeu uma capa na nhia brasileira a operar com os demais para sua época. Apenas do Embraer 145, que nave não chegou a operar ne- ao lado da pista do Aeropor- revista Flap. Ela mostra o EMB-110 EMB-120 Brasilia. Outro furo dois protótipos foram construídos. jamais chegou a voar. nhum vôo para a nova com- to de Viracopos, Campinas. e o F.27 da Brasil Central, nova de reportagem da Flap. panhia, que não passou de empresa regional do grupo TAM, uma boa idéia. fotografados numa bela tarde de outono em Congonhas. 102 103Materia Capas Historicas - Gian.p65 6-7 22/11/2007, 13:25
  4. 4. Novembro de 1998 Dezembro de 1998 Fevereiro de 1999 Junho de 1991 Janeiro de 1992 A Transbrasil muda sua ima- A TAM avança: ainda em testes A Varig comprou a Nordeste e A Taba trouxe uma frota Com sua configuração definida, gem corporativa e a revista na fábrica de Toulouse, o A330- normatizou sua identidade de Bombardier Dash 8 para a Flap mostra ao Brasil a mais Flap registra o fato numa 200 PT-MVA, a primeira grande corporativa, alinhando-a com as ampliação de sua malha. Dezembro de 1991 nova aeronave regional do foto exclusiva, feita em aeronave da companhia, embele- novas cores da empresa Apesar das qualidades da O Brasil perde seu mais carismático mundo: o EMB-145, depois aeronave paquera sobre za nossa capa. A foto foi publica- controladora. A foto, exclusiva, aeronave, a operação teve tipo em operação. Último represen- rebatizado como ERJ-145. Brasília, especialmente para da antes de qualquer outra revista foi feita sobre o litoral gaúcho, vida curta. tante dos anos dourados de nossa a capa da revista. de aviação no Brasil. no primeiro vôo de teste. aviação, em 6 de janeiro de 1992, com um nó na garganta, o Brasil simplesmente disse: “adeus Electra”. Fevereiro de 2000 A TAM avança rumo ao topo, Fevereiro de 1994 Dezembro de 1994 Abril de 1998 Março de 1999 trazendo agora as mais moder- Fevereiro de 2001 A Transbrasil foi a primeira Cores novas no céu brasileiro. A aviação regional sempre foi Grandes ilustradores foram nas aeronaves para uso nas Um ano depois, outra capa a encomendar – e a primeira a Surgem novas empresas aéreas, tratada com o respeito que me- contratados pela Flap para rotas domésticas, os A320- exclusiva da Flap: a bordo de desistir – do mais novo modelo aproveitando a desregulamentação rece pela Flap. Aqui, a estrela suas capas. Neste caso, 200. O jato também foi o pri- um King Air, fotografei ao sul da Boeing, o 777-200. de nossa aviação. A Passaredo foi é um dos novíssimos Dash 8 Murilo Martins interpreta meiro a exibir as novas cores de Brasília um dos primeiros uma das pioneiras dos vôos char- que a Penta recebeu, fotografa- como ficaria a grande novi- da companhia, em que 737-700 da mais nova e ousada ters no Brasil. do perto de Santarém. dade da Embraer, seu futuro predominava o vermelho. empresa aérea brasileira: a jato regional de 100 lugares. Gol Linhas Aéreas Inteligentes. 106 108Materia Capas Historicas - Gian.p65 8-9 22/11/2007, 13:29
  5. 5. Novembro de 2001 A Varig traz o 777 e inaugura uma nova fase na companhia. Flap presta uma justa home- nagem à Pioneira com esta Junho de 2005 Maio de 2007 Março de 2001 belíssima capa. Agora sim: o projeto do primeiro VLJ Outra imagem retocada mostra o brasileiro que de fato decolou foi Julho de 2005 mais novo gigante da TAM, o O fenômeno low-cost/low-fare Fevereiro de 2002 anunciado em meados de 2005, Nasce uma nova empresa, a A340-500, publicada meses antes chegou ao Brasil com tudo. Voa o EMB-170. Esta foto, feita Webjet. A foto foi tirada minutos Aqui, um 737 da Nacional é quando a Embraer apresentou os dois de a companhia colocar o avião pela revista Flap, foi a primeira depois de sair da pintura. visto em operação no aeroporto Phenom. em operação diária para Frankfurt. a mostrar o avião em vôo, antes de Recife. mesmo de a Embraer o fazer. Junho de 2002 Junho de 2007 Agosto de 2007 Setembro de 2007 Com esta montagem de um 747 Abril de 2005 A imagem digital mostra um A exclusiva imagem retocada digi- Outra exclusiva imagem re- com as cores da Gol, Flap chamou Um projeto que não decolou: o A330-200 nas cores da talmente de um Embraer 195 nas tocada mostra um Phenom a atenção para a principal matéria primeiro VLJ brasileiro teria sido OceanAir. A empresa tem cores da BRA antecipava uma en- 100 voando sobre o em- da revista, sobre como seriam as este EV-20 Vantage, cuja produ- planos ambiciosos de cresci- comenda de até 40 jatos, anuncia- preendimento Terravista, empresas aéreas anos depois. Foi a ção ficaria sob a batuta do mento. da pelo fabricante e pela empresa no litoral sul da Bahia. melhor vendagem da história da competente engenheiro aeronáu- aérea em julho último, durante revista. tico Guido Pessotti. o salão de Le Bourget. 10 1 12 1Materia Capas Historicas - Gian.p65 10-11 22/11/2007, 13:34

×