O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Pesquisa Home Office 2016

588 visualizações

Publicada em

Pesquisa feita pela SAP Consultoria, SOBRATT E GCONTT

Publicada em: Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

Pesquisa Home Office 2016

  1. 1. Estudo Home Office 2016 maio/ 2016 - Apresentação Evento de Lançamento Soluções em Remuneração
  2. 2. www.pesquisahomeoffice.com.br SAP Consultores Associados SAP Consultoria iniciou as suas atividades em Abril de 1993 e atua no desenvolvimento e implantação de projetos voltados para Soluções em Gestão de Cargos, Funções, Carreira e Remuneração. Descrição e Avaliação de Cargos eSocial, Competências, Clássico, Relatividade Interna Plano de Carreira Critérios, Evidências, Acesso Remuneração Variável PLR/PPR , Bônus, Comissão Pesquisa Salarial Salários, Benefícios, Práticas de Remuneração Presencial e a Distância, Supervisão e Orientação Técnica Pessoa Física e Jurídica Coaching em Remuneração Política Salarial Normas e Procedimentos para Movimentação de Pessoas Treinamentos em Remuneração In Company e Aberto Implantação do Plano de Cargos & Salários Estruturação e Manutenção
  3. 3. www.pesquisahomeoffice.com.br A Pesquisa Home Office Brasil 2014 - 1º Versão 2016 - 2º Versão Amostragem 1º Semestre de 2014 Out/2015 a Mar/2016 Universo de Participantes 221 empresas 325 empresas Tipo de empresas Empresas privadas Empresas público e privadas Foco Home Office • Teletrabalho • Home Office • Mobilidade Urbana Objetivos 1. Perfil das empresas praticantes 2. Principais diretrizes da prática e processos 1. Perfil das empresas praticantes e não praticantes 2. Universo de “home officers” 3. Detalhamento da prática e processos 4. Identificação de ferramentas tecnológicas 5. Aspectos legais e de risco envolvidos 6. Percepção das empresas em relação a estilo e ambiente de trabalho de “home officers” Resultados • Primeiro quadro da prática no Brasil • Principais diretrizes adotadas • Universo da prática de home office nas empresas • Tendências das Práticas e Políticas adotadas • Percepção das empresas não praticantes • Comportamento esperado de teletrabalhadores
  4. 4. www.pesquisahomeoffice.com.br Metodologia de trabalho • Realização da pesquisa entre outubro/2015 a março/2016, a partir de banco de dados da SAP e SOBRATT e empresas que participaram em 2014 • 95% dos questionamento ocorreram através de perguntas de múltipla escolha. • As informações coletadas foram submetidas, quando necessário, a tratamento estatístico. Praticantes e em Implantação Não praticantes e Em Estudo Amostragem 120 empresas 205 empresas (03 já tiveram a prática) Abordagem Detalhamento da prática Percepções da prática 21% 16% 63% Perfil dos Questionamentos – 89 itens Questões comuns Praticantes Não praticantes
  5. 5. www.pesquisahomeoffice.com.br O que foi pesquisado Processo Tecnologia Pessoas Custo & Risco Mobilidade Urbana
  6. 6. Conceitos Praticados
  7. 7. www.pesquisahomeoffice.com.br O conceito de Teletrabalho na pesquisa Atividade fora do escritório Tecnologias Móveis
  8. 8. www.pesquisahomeoffice.com.br Home Office Prática onde os colaboradores de forma constante ou periódica, realizam suas atividades em casa. Trabalhador de Campo Prática onde os colaboradores de forma constante ou periódica, realizam suas atividades em campo. Centro Compartilhado Prática onde os colaboradores realizam suas atividades de forma constante ou periódica, junto ao chamados “centros satélites”, locais disponibilizado pelas empresas, de forma compartilhada ou não, com toda infraestrutura necessária. Trabalho Colaborativo Prática onde os colaboradores realizam suas atividades de forma constante ou periódica, junto à equipes multidisciplinares e/ou internacionais em diferentes locais (Ex.: residência, cliente, campo). Modalidades existentes de Teletrabalho
  9. 9. www.pesquisahomeoffice.com.br Universo pesquisado Teletrabalho Home Office Home Office nas Empresas Organizações Empresariais Profissionais Liberais Demais praticantes Respondente: Entidades Empresariais
  10. 10. www.pesquisahomeoffice.com.br Perfil de participantes Ramo de Atividade Serviços Indústria de Transformação Manufatura Agronegócio Infraestrutura 27% 36% 29% 2% 6% Localização das Empresas 1% 2%2% 85% 10% Sul Sudeste Centro-Oeste Nordeste Norte Tipo NacionalMultinacional 58% 42% 38% 05% 05% Outros Países: 10% Até 1.000 - 60% 5.001 a 10.000 - 31% Acima de 10.000 - 9% Até 500 MM – 60% 501 a 2.500 MM - 14% acima de 2.500 MM - 25% Funcionários Faturamento (US$) 325 empresas 07%93% Privada Pública
  11. 11. Raio-X do HOME OFFICE
  12. 12. www.pesquisahomeoffice.com.br Como o mercado se apresenta Empresas Praticantes • Em implantação • Não formalizadas • Formalizadas Empresas Não praticantes • Inexistente • Em estudo • Desistentes Base: 325 empresas - Recentes - Consolidadas - Sondagem - Ainda não pensaram 03% 17% 17% 53% 09% 01%
  13. 13. www.pesquisahomeoffice.com.br O retrato do teletrabalho no Brasil TELETRABALHO – 68% HOME OFFICE (Teletrabalho em Domicílio) 37% CENTRO COMPARTILHADO (Teletrabalho em Telecentros) 15% TRABALHADOR DE CAMPO (Teletrabalho Nômade ou Itinerante) 89% EQUIPES TRANSACIONAIS (Teletrabalho Colaborativo ou Situacional) 47% 52%39% 9%Formalizada Informal Em processo n = 325 empresas
  14. 14. www.pesquisahomeoffice.com.br Perfil de praticantes de Home Office • Existência da prática em empresas públicas e privadas • 85% das empresas encontram-se na região Sudeste • 67% são multinacionais • 62% tem até 1.000 funcionários e 55% faturam até 500 milhões de dólares Ramo de Atividade Serviços Indústria de Transformação Manufatura Agronegócio Infraestrutura 48% 32% 12% 6% 2%
  15. 15. www.pesquisahomeoffice.com.br Perfil de praticantes de Home Office • Mais de 60% das empresas que adotam a prática de Home Office são dos setores: 1. Tecnologia da Informação e Telecom (TIC) 2. Químico, Petroquímico e Agroquímico 3. Serviços de Suporte e Provimento 4. Bens de Consumo 5. Máq./Equipamentos & Automação • É uma prática recente • 20% menos de 01 ano • 60% de 01 a 05 anos • 20% Acima de 05 anos
  16. 16. Destaques
  17. 17. www.pesquisahomeoffice.com.br Home Office é um tendência de mercado • 15% de aumentoEstudo • 50% de aumentoImplantação • 28% de aumentoFormalização Aspectos Econômicos Mudanças Culturais Organizacionais Em relação a pesquisa de 2014
  18. 18. www.pesquisahomeoffice.com.br Home Office como estratégia Como a prática do Home Office é vista como estratégia pelas empresas que adotam a modalidade. Atração de colaboradores 89% Otimização de processos internos 87% Retenção de colaboradores Viabilização ou manutenção de planos e estratégias de negócio 85% 74% Enfrentar épocas de crise econômica 66%
  19. 19. www.pesquisahomeoffice.com.br Como as empresas definem a prática Foco no Resultado Emprego da Tecnologia Proporciona Bem estar Exige Mudança de Cultura 71% 66% 62%59% Quais os conceitos associados pelas empresas praticantes quando pensam na prática de Home Office
  20. 20. www.pesquisahomeoffice.com.br Fatores determinantes para adoção da prática Localização • Local físico – escritório ou unidade fabril Segmentação • Tipo de segmento de atuação da empresa Função/Papel • Escopo da função exercida Área • Área funcional onde o pessoa está lotada 1º 2º 3º 4º
  21. 21. www.pesquisahomeoffice.com.br Condicionantes de Elegibilidade Elegibilidade Escopo da Função Superior Imediato Solicitação do Colaborador Para 70% das empresas que adotam a prática de Home Office a mesma está condicionada a critérios de elegibilidade. 71% 28% 44%
  22. 22. www.pesquisahomeoffice.com.br Exercício da prática pelos elegíveis • Eventual • Periódico • Full timeEscolha (Definição pelo Colaborador) • Frequência • Horário Local Designado (Definição da Empresa) • Restrito • Flexibilidade Administrativos Pessoal de Campo 1 a 2 dias por semana 3 a 4 dias por semana Exercício da prática pelos elegíveis
  23. 23. www.pesquisahomeoffice.com.br 34% 39% 40% 54% 85% Sincronismo de atividades e disponibilidade de acesso entre equipes de diferentes localidades Diferencial da empresa no processo de contratação Prática adotada como política de retenção Ganhos de produtividade Aumento da satisfação e engajamento de colaboradores Ganhos de Resultados
  24. 24. www.pesquisahomeoffice.com.br 29% 36% 38% 38% 43% 33% 36% 36% 31% 19% 31% 24% 26% 24% 29% Aspectos tecnológicos/infraestrutura Gestão de atividades em ambiente externo Aspectos legais Aspectos de segurança da informação Conservadorismo por parte da direção Alta Média Baixa Principais barreiras de implantação Posição das empresas que não adotam a prática
  25. 25. www.pesquisahomeoffice.com.br Comportamento esperado de praticantes 51% 54% 58% 80% 61% 66% 83% 51% 51% Produtividade Compreensão de seu trabalho Conhecimento de Ferramentas de Informática Independência Flexibilidade Utilização de Ferramentas de Comunicação Empresas que não possuem a prática de home office Empresas que adotam a prática
  26. 26. www.pesquisahomeoffice.com.br Aspectos Legais e de Risco Principais Fatores de Risco Envolvidos Legal 66% Organizacional 44% Comportamental 42% Respostas Múltiplas Cobertura da prática pela Legislação Posição de Empresas que adotam a prática Posição de Empresas que não possuem a prática 52% 35% 13% Parcial Total Não coberta 61% 35% 5% Parcial Total Não coberta
  27. 27. SAP Consultoria em Recursos Humanos Ltda. Avenida Júlio de Mesquita, 199 – SL Cambuí – Campinas / SP F: 19 3254-1329 / 3253-5865 www.pesquisahomeoffice.com.br Patrocínio: Apoio Institucional: Realização:

×