Definição0A placa-mãe é o componente mais importante do micro, pois é ela a responsável pelacomunicação entre todos os com...
simplesmente vão vendendo placas que sabem ser defeituosas até acharem algum cliente que nãoreclame. Muitas vezes os trava...
Depois que todos os componentes são encaixados, a placa passa por um uma câmara de vapor,que faz com que os pontos de sold...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Definição

612 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
612
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Definição

  1. 1. Definição0A placa-mãe é o componente mais importante do micro, pois é ela a responsável pelacomunicação entre todos os componentes. Pela enorme quantidade de chips, trilhas, capacitores eencaixes, a placa-mãe também é o componente que, de uma forma geral, mais dá defeitos. Écomum que um slot PCI pare de funcionar (embora os outros continuem normais), que instalar umpente de memória no segundo soquete faça o micro passar a travar, embora o mesmo pentefuncione perfeitamente no primeiro e assim por diante. A maior parte dos problemas deinstabilidade e travamentos são causados por problemas diversos na placa-mãe, por isso ela é ocomponente que deve ser escolhido com mais cuidado.Em geral, vale mais a pena investir numa boa placa-mãe e economizar nos demais componentes,do que o contrário. A qualidade da placa-mãe é de longe mais importante que o desempenho doprocessador. Você mal vai perceber uma diferença de 20% no clock do processador, mas comcerteza vai perceber se o seu micro começar a travar ou se a placa de vídeo onboard não tiver umbom suporte no Linux, por exemplo. Ao montar um PC de baixo custo, economize primeiro noprocessador, depois na placa de vídeo, som e outros periféricos. Deixe a placa-mãe por último nocorte de despesas. Não se baseie apenas na marca da placa na hora de comprar, mas também nofornecedor.Como muitos componentes entram no país ilegalmente, "via Paraguai", é muito comum que lotesde placas remanufaturadas ou defeituosas acabem chegando ao mercado. Muita gente compraesses lotes, vende por um preço um pouco abaixo do mercado e depois desaparece. Outras lojas
  2. 2. simplesmente vão vendendo placas que sabem ser defeituosas até acharem algum cliente que nãoreclame. Muitas vezes os travamentos da placa são confundidos com "paus do Windows", deforma que sempre aparece algum desavisado que não percebe o problema.Antigamente existia a polêmica entre as placas com ou sem componentes onboard. Hoje em diaisso não existe mais, pois todas as placas vêm com som e rede onboard. Apenas alguns modelosnão trazem vídeo onboard, atendendo ao público que vai usar uma placa 3D offboard e prefereuma placa mais barata ou com mais slots PCI do que com o vídeo onboard que, de qualquerforma, não vai usar.Quanto aos conectores, temos na placa-mãe dois conectores IDE para conectar o HD e o CD-ROM,um slot AGP (o marrom) para a placa de vídeo, vários slots PCI (os brancos) para o modem, placade som e outras placas, soquetes para conectar a memória, o soquete para o processador, oconector para a fonte de alimentação e o painel traseiro, que agrupa os encaixes dos componentesonboard, incluindo o conector VGA ou DVI do vídeo, conectores de som, conector da rede e asportas USB. O soquete (ou slot) para o processador é a principal característica da placa-mãe, poisindica com quais processadores ela é compatível. Você não pode instalar um Athlon X2 em umaplaca soquete A (que é compatível com os antigos Athlons, Durons e Semprons antigos), nemmuito menos encaixar um Sempron numa placa soquete 478, destinada aos Pentium 4 e Celeronsantigos.O soquete é na verdade apenas um indício de diferenças mais "estruturais" na placa, incluindo ochipset usado, o layout das trilhas de dados, etc. É preciso desenvolver uma placa quase queinteiramente diferente para suportar um novo processador. Existem dois tipos de portas para aconexão do HD: as portas IDE tradicionais, de 40 pinos (chamadas de PATA, de "Parallel ATA") eos conectores SATA (Serial ATA), que são muito menores. Muitas placas recentes incluem umúnico conector PATA e quatro conectores SATA.Outras incluem as duas portas IDE tradicionais e dois conectores SATA, e algumas já passam atrazer apenas conectores SATA, deixando de lado os conectores antigos. Existem ainda algumasplacas "legacyfree", que eliminam também os conectores para o drive de disquete, portas seriais eporta paralela, incluindo apenas as portas USB. Isso permite simplificar o design das placas,reduzindo o custo de produção para o fabricante.O componente básico da placa-mãe é o PCB, a placa de circuito impresso onde são soldados osdemais componentes. Embora apenas duas faces sejam visíveis, o PCB da placa-mãe é compostopor um total de 4 a 10 placas (totalizando de 8 a 20 faces!). Cada uma das placas possui partedas trilhas necessárias, e elas são unidas através de pontos de solda estrategicamenteposicionados. Ou seja, embora depois de unidas elas aparentem ser uma única placa, temos naverdade um sanduíche de várias placas.A maior parte dos componentes da placa, incluindo os resistores, MOSFETs e chips em geralutilizam solda de superfície, por isso é muito difícil substituí-los manualmente, mesmo que vocêsaiba quais são os componentes defeituosos.Os menores componentes da placa são os resistores e os capacitores cerâmicos. Eles são muitopequenos, medindo pouco menos de um milímetro quadrado e por isso são instalados de formaautomatizada (e com grande precisão). As máquinas que fazem a instalação utilizam um conjuntode braços mecânicos e, por causa da velocidade, fazem um barulho muito similar ao de umametralhadora. A "munição" (os componentes) também é fornecida na forma de rolos, onde oscomponentes são pré-posicionados entre duas folhas plásticas.
  3. 3. Depois que todos os componentes são encaixados, a placa passa por um uma câmara de vapor,que faz com que os pontos de solda derretam e os componentes sejam fixados, todos de uma vez.Outros componentes, como os slots, capacitores e a maior parte dos conectores utilizam o sistematradicional, onde os contatos são encaixados em perfurações feitas na placa e a solda é feita naparte inferior. Na maioria dos casos, eles são instalados manualmente, por operários. É por issoque a maioria das fábricas de placas são instaladas em países da Ásia, onde a mão de obra ébarata. No final da produção, a placa-mãe passa por mais uma máquina de solda, que fixa todosos componentes com contatos na parte inferior de uma só vez

×