DISCIPLINA: FUNDAMENTOS E METODOLOGIA DA                EDUCAÇÃO INFANTIL                        TRABALHO:DIRETRIZES CURRI...
 DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTILResolução nº 5/2009 
A Constituição Federal de 1988,através de seu art. 205 reconhece oatendimento na Educação Infantilcomo dever do Estado, fo...
O Objetivo das Diretrizes Nacionais para aEducação Infantil é a normatização, elaboração,planejamento, execução e avaliaçã...
A proposta pedagógica deverá observaros princípios éticos, tais como aresponsabilidade e respeito; direitos políticosde ci...
Com o propósito de efetivamente aplicar propostaspedagógicas em condições de atender estas crianças, asinstituições de Edu...
As crianças portadoras denecessidades        especiais      serãoprotegidas pela instituição e atendidasde acordo com suas...
Crianças indígenas ou do campo terãoigualmente propostas pedagógicas quegarantam seus direitos, preservando seusvalores, i...
Nas creches e pré-escolas as propostascurriculares deverão promover modos deintegração e experiência com as crianças, a pa...
As instituições de EducaçãoInfantil devem criar procedimentos paraacompanhamento            do      trabalhopedagógico e p...
BIBLIOGRAFIA    Diretrizes Curriculares Nacionais para a         Educação Infantil/ Ministério da         Educação/ Secret...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Resolução 005/2009

1.112 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Resolução 005/2009

  1. 1. DISCIPLINA: FUNDAMENTOS E METODOLOGIA DA EDUCAÇÃO INFANTIL TRABALHO:DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL Resolução nº 5/2009 Acadêmicas: Débora de Azevedo Berenice Cabreira da Costa Gaby Gehrs
  2. 2.  DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTILResolução nº 5/2009 
  3. 3. A Constituição Federal de 1988,através de seu art. 205 reconhece oatendimento na Educação Infantilcomo dever do Estado, fortalecendoo desenvolvimento das crianças egarantindo práticas pedagógicas queassegurem um aprendizadoconsiderado adequado para criançasde 0 a 5 anos de idade.
  4. 4. O Objetivo das Diretrizes Nacionais para aEducação Infantil é a normatização, elaboração,planejamento, execução e avaliação de propostaspedagógicas, observando a legislação estadual emunicipal referente ao assunto. Define-se comoEducação Infantil a primeira etapa da educaçãobásica, oferecida em creches e pré-escolas,obrigatória, gratuita e de qualidade, sem requisito deseleção e oferecidas próximas às suas residências,com uma jornada entre quatro e sete horas. A criança tem o direito de ser educada de acordocom seus aspectos sociais, através de um currículoque articule experiências e saberes e condizentescom uma proposta pedagógica elaboradapreferencialmente pelo coletivo escolar .
  5. 5. A proposta pedagógica deverá observaros princípios éticos, tais como aresponsabilidade e respeito; direitos políticosde cidadania e estéticos: ludicidade eliberdade de expressão, para que esta criançaalcance seu pleno desenvolvimento. Assimcomo o conhecimento global, abrangendo aigualdade de oportunidades educacionaisentre as crianças de diferentes classes sociais,no que se refere ao acesso a bens culturais eàs possibilidades de vivência da infância e àinteração com outras crianças.
  6. 6. Com o propósito de efetivamente aplicar propostaspedagógicas em condições de atender estas crianças, asinstituições de Educação Infantil deverão organizar-seem sua integralidade, observando, além dos aspectosanteriormente citados, a participação, o diálogo e aescuta cotidiana das famílias, sempre respeitando suasformas de organização. Esta relação com a comunidadelocal garante a gestão democrática valorizando ossaberes da comunidade, integrando assim coletividade einserção social. Outro aspecto que também não pode serignorado refere-se às contribuições histórico-culturaisdos povos indígenas, afrodescendentes, asiáticos,europeus e de outros países da América. 
  7. 7. As crianças portadoras denecessidades especiais serãoprotegidas pela instituição e atendidasde acordo com suas especificidades,tanto na área pedagógica como derecursos e acessibilidade, respeitandosua diversidade cultural e social,encaminhando para as instânciascompetentes quando identificarviolação de direitos.
  8. 8. Crianças indígenas ou do campo terãoigualmente propostas pedagógicas quegarantam seus direitos, preservando seusvalores, identidade, atividades, culturas etradições, respeitando as característicasambientais e socioculturais da comunidadeem que estão inseridas.
  9. 9. Nas creches e pré-escolas as propostascurriculares deverão promover modos deintegração e experiência com as crianças, a partirdo conhecimento de si e do mundo através dediferentes linguagens e gêneros, possibilitando ainteração com a linguagem oral e escrita nasatividades individuais e coletivas.Esta interação só será reconhecida a partir doincentivo da curiosidade, da exploração, doquestionamento, do diálogo e conhecimento dadiversidade.
  10. 10. As instituições de EducaçãoInfantil devem criar procedimentos paraacompanhamento do trabalhopedagógico e para avaliação dodesenvolvimento das crianças, criandoestratégias de observação eacompanhamento, registrando osprocessos de desenvolvimento eaprendizagem da criança para permitiràs famílias conhecer o seu trabalho.
  11. 11. BIBLIOGRAFIA Diretrizes Curriculares Nacionais para a  Educação Infantil/ Ministério da  Educação/ Secretaria de Educação  Básica https://www.google.com.br/imghp?hl=pt­ BR&tab=wi

×