SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Baixar para ler offline
A SALVAÇÃO REALIZADA
A RESSURREIÇÃO DE CRISTO
Ap 1.18. E aquele que vive; estive morto,
mas eis que estou vivo pelos séculos dos
séculos e tenho as chaves da morte e do
inferno.
Texto Áureo: Mateus 28.1-10.
Introdução: A ressurreição de Cristo é o maior evento da
história da humanidade. Pouco adiantaria tudo que Cristo fez
se Ele não houvesse ressuscitado. A ressurreição é a pilastra
maior do cristianismo. O cristianismo existe por causa da
ressurreição. Cristo cumpriu o que desse: Tenho poder para
dar e tenho poder para tornar a tomá-la. Vejamos agora
algumas dentre as muitas bênçãos da ressurreição
A ressurreição de Cristo é a principal doutrina do
cristianismo
Em 1 Co 15.1-20. Paulo mostra o que aconteceria caso
Cristo não tivesse ressuscitado.
1.A pregação e a fé do cristão seriam vãs: 1 Co
15.14. E, se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa
pregação, e vã, a vossa fé.
2. Os pregadores seriam falsas testemunhas: 1 Co
15.15. E somos tidos por falsas testemunhas de Deus,
porque temos asseverado contra Deus que ele ressuscitou
a Cristo, ao qual ele não ressuscitou, se é certo que os
mortos não ressuscitam.
Atos 13.29-32. E, havendo eles cumprido todas as coisas que dele
estavam escritas, tirando-o do madeiro, o puseram na sepultura 30
Mas Deus o ressuscitou dos mortos 31 E ele, por muitos dias, foi
visto pelos que subiram com ele da Galiléia a Jerusalém, e são suas
testemunhas para com o povo 32 E nós vos anunciamos que a
promessa que foi feita aos pais, Deus a cumpriu a nós, seus filhos,
ressuscitando a Jesus, (Atos 10.39-42)
3. Estaríamos ainda no pecado. 1 Co 15.17. E, se Cristo
não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos
vossos pecados.
4. Os que morreram na fé estariam perdidos: 1 Co
15.18. E ainda mais: os que dormiram em Cristo
pereceram (Ap 2.13 Eu sei as tuas obras, e onde habitas,
que é onde está o trono de Satanás; e reténs o meu nome
e não negaste a minha fé, ainda nos dias de Antipas,
minha fiel testemunha, o qual foi morto entre vós, onde
Satanás habita).
5. Os cristãos seriam os mais infelizes dentre os homens: 1 Co
15.9. Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida,
somos os mais infelizes de todos os homens (Cl 3.1-2 Portanto, se já
ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está
assentado à destra de Deus. 2 Pensai nas coisas que são de cima e não nas que
são da terra).
A ressurreição de Cristo é singular.
Em 1 Co 15.20. Mas, de fato, Cristo ressuscitou dentre os
mortos, sendo ele as primícias dos que dormem. (Primeiro
ressuscitar para não mais morrer).
Nas Escrituras encontramos várias ressurreições:
a.O filho da viúva de Sarepta. 1 Rs 17.17-24.
b.A filha de Jairo. Mc 5.22-43.
c.O filho da Viúva de Naim; Lc 7.11-17.
d.Lázaro: Jo 11.41-44.
Todos estes voltaram a morrer. Só Jesus ressuscitou
para não morrer mais, por isso Ele é as primícias dos
que dormem. O Espírito Santo teve cuidado até na
escolha das palavras – Paulo troca a palavra morte pela
palavra dormir. Isto porque em grego a palavra morte é
thánatos traz em si ideia de separação, miséria, e isso
não acontece com o cristão ao morrer.
Existem especulações e dogmas de que Cristo Jesus haveria
ressuscitado só em espírito! Mas, a Palavra de Deus contesta
mostrando a verdade sobre a ressurreição de Jesus.
Foi uma ressurreição corpórea.
1 Co 15 42. Assim também a ressurreição dos mortos. Semeia-se o
corpo em corrupção, ressuscitará em incorrupção. Nas Escrituras
ressurreição é sempre do corpo
1. Jesus ressuscitou com um corpo de carne e osso:
Lc 24.39-40 Vede as minhas mãos e os meus pés, que sou eu
mesmo; tocai-me e vede, pois um espírito não tem carne nem ossos,
como vedes que eu tenho. 40 E, dizendo isso, mostrou-lhes as mãos
e os pés. 41 E, não o crendo eles ainda por causa da alegria e
estando maravilhados, disse-lhes: Tendes aqui alguma coisa que
comer?
Jo 20.6-7. Chegou, pois, Simão Pedro, que o seguia, e entrou no
sepulcro, e viu no chão os lençóis 7 e que o lenço que tinha estado
sobre a sua cabeça não estava com os lençóis, mas enrolado, num
lugar à parte
2. Podia ser abraçado:
Mt 28.9 E, indo elas, eis que Jesus lhes sai ao encontro,
dizendo: Eu vos saúdo. E elas, chegando, abraçaram os
seus pés e o adoraram.
3. As marcas podiam ser vistas em seu corpo e sentidas
pelo tato.
Jo 20.27. Depois, disse a Tomé: Põe aqui o teu dedo e vê
as minhas mãos; chega a tua mão e põe-na no meu lado;
não sejas incrédulo, mas crente.
4. Estas marcas serão vistas quando Ele voltar
Zc. 13.6. E, se alguém lhe disser: Que feridas são essas nas tuas
mãos?, dirá ele: São as feridas com que fui ferido em casa dos meus
amigos.
5. Era um corpo glorificado revestido de imortalidade
1 Co 15.53-54. Porque convém que isto que é corruptível se revista
da incorruptibilidade e que isto que é mortal se revista da
imortalidade. 54 E, quando isto que é corruptível se revestir da
incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade,
então, cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte
na vitória.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lição 9 - O legado missionário da igreja primitiva
Lição 9 - O legado missionário da igreja primitivaLição 9 - O legado missionário da igreja primitiva
Lição 9 - O legado missionário da igreja primitivaErberson Pinheiro
 
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito SantoLição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito SantoErberson Pinheiro
 
A Necessidade do Novo Nascimento.
A Necessidade do Novo Nascimento.A Necessidade do Novo Nascimento.
A Necessidade do Novo Nascimento.Márcio Martins
 
LIÇÃO_04 Jesus cristo
LIÇÃO_04 Jesus cristoLIÇÃO_04 Jesus cristo
LIÇÃO_04 Jesus cristoPr Neto
 
Lição 5 - Cristo é Superior a Arão e à Ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é Superior a Arão e à Ordem LevíticaLição 5 - Cristo é Superior a Arão e à Ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é Superior a Arão e à Ordem LevíticaÉder Tomé
 
Lição 3 - A maravilhosa e inefável graça de deus
Lição 3 - A maravilhosa e inefável graça de deusLição 3 - A maravilhosa e inefável graça de deus
Lição 3 - A maravilhosa e inefável graça de deusErberson Pinheiro
 
Lição 3 - O batismo de Jesus - Lições Bíblicas Jovens - 1 tri 2018
Lição 3 - O batismo de Jesus - Lições Bíblicas Jovens - 1 tri 2018Lição 3 - O batismo de Jesus - Lições Bíblicas Jovens - 1 tri 2018
Lição 3 - O batismo de Jesus - Lições Bíblicas Jovens - 1 tri 2018Natalino das Neves Neves
 
A santissima trindade
A santissima trindadeA santissima trindade
A santissima trindadePr Neto
 
SÓ JESUS
SÓ JESUSSÓ JESUS
SÓ JESUSPr Neto
 
Lição 4 - O Senhor e Salvador Jesus Cristo
Lição 4 - O Senhor e Salvador Jesus CristoLição 4 - O Senhor e Salvador Jesus Cristo
Lição 4 - O Senhor e Salvador Jesus CristoErberson Pinheiro
 
As manifestaçoes do Espirito Santo
As manifestaçoes do Espirito SantoAs manifestaçoes do Espirito Santo
As manifestaçoes do Espirito SantoHamilton Souza
 
Unidade 12 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 2
Unidade 12 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 2Unidade 12 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 2
Unidade 12 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 2Ramón Zazatt
 
Lição 4 - O perfil dos enviados de cristo
Lição 4 - O perfil dos enviados de cristoLição 4 - O perfil dos enviados de cristo
Lição 4 - O perfil dos enviados de cristoErberson Pinheiro
 
A Necessidade de Termos uma Vida Santa.
A Necessidade de Termos uma Vida Santa.A Necessidade de Termos uma Vida Santa.
A Necessidade de Termos uma Vida Santa.Márcio Martins
 
Espírito santo
Espírito santoEspírito santo
Espírito santoPr Neto
 
Lição 3 - A Superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A Superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A Superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A Superioridade de Jesus em relação a MoisésÉder Tomé
 
162 respostas bíblicas a doutrina da trindade
162 respostas bíblicas a doutrina da trindade162 respostas bíblicas a doutrina da trindade
162 respostas bíblicas a doutrina da trindadeASD Remanescentes
 
Lição 13 - O tempo de deus está próximo
Lição 13 - O tempo de deus está próximoLição 13 - O tempo de deus está próximo
Lição 13 - O tempo de deus está próximoErberson Pinheiro
 

Mais procurados (20)

Lição 9 - O legado missionário da igreja primitiva
Lição 9 - O legado missionário da igreja primitivaLição 9 - O legado missionário da igreja primitiva
Lição 9 - O legado missionário da igreja primitiva
 
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito SantoLição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
 
A Necessidade do Novo Nascimento.
A Necessidade do Novo Nascimento.A Necessidade do Novo Nascimento.
A Necessidade do Novo Nascimento.
 
LIÇÃO_04 Jesus cristo
LIÇÃO_04 Jesus cristoLIÇÃO_04 Jesus cristo
LIÇÃO_04 Jesus cristo
 
Lição 5 - Cristo é Superior a Arão e à Ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é Superior a Arão e à Ordem LevíticaLição 5 - Cristo é Superior a Arão e à Ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é Superior a Arão e à Ordem Levítica
 
Lição 3 - A maravilhosa e inefável graça de deus
Lição 3 - A maravilhosa e inefável graça de deusLição 3 - A maravilhosa e inefável graça de deus
Lição 3 - A maravilhosa e inefável graça de deus
 
Lição 3 - O batismo de Jesus - Lições Bíblicas Jovens - 1 tri 2018
Lição 3 - O batismo de Jesus - Lições Bíblicas Jovens - 1 tri 2018Lição 3 - O batismo de Jesus - Lições Bíblicas Jovens - 1 tri 2018
Lição 3 - O batismo de Jesus - Lições Bíblicas Jovens - 1 tri 2018
 
A santissima trindade
A santissima trindadeA santissima trindade
A santissima trindade
 
Lição 5 Hebreus
Lição 5   Hebreus Lição 5   Hebreus
Lição 5 Hebreus
 
SÓ JESUS
SÓ JESUSSÓ JESUS
SÓ JESUS
 
Lição 4 - O Senhor e Salvador Jesus Cristo
Lição 4 - O Senhor e Salvador Jesus CristoLição 4 - O Senhor e Salvador Jesus Cristo
Lição 4 - O Senhor e Salvador Jesus Cristo
 
As manifestaçoes do Espirito Santo
As manifestaçoes do Espirito SantoAs manifestaçoes do Espirito Santo
As manifestaçoes do Espirito Santo
 
Unidade 12 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 2
Unidade 12 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 2Unidade 12 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 2
Unidade 12 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 2
 
Lição 4 - O perfil dos enviados de cristo
Lição 4 - O perfil dos enviados de cristoLição 4 - O perfil dos enviados de cristo
Lição 4 - O perfil dos enviados de cristo
 
A Necessidade de Termos uma Vida Santa.
A Necessidade de Termos uma Vida Santa.A Necessidade de Termos uma Vida Santa.
A Necessidade de Termos uma Vida Santa.
 
Espírito santo
Espírito santoEspírito santo
Espírito santo
 
Lição 3 - A Superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A Superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A Superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A Superioridade de Jesus em relação a Moisés
 
162 respostas bíblicas a doutrina da trindade
162 respostas bíblicas a doutrina da trindade162 respostas bíblicas a doutrina da trindade
162 respostas bíblicas a doutrina da trindade
 
Lição 13 - O tempo de deus está próximo
Lição 13 - O tempo de deus está próximoLição 13 - O tempo de deus está próximo
Lição 13 - O tempo de deus está próximo
 
Apostasia
ApostasiaApostasia
Apostasia
 

Semelhante a A ressurreição de_ cristo_parte_01

A segunda vinda de Jesus_Lição_original com textos_1332014
A segunda vinda de Jesus_Lição_original com textos_1332014A segunda vinda de Jesus_Lição_original com textos_1332014
A segunda vinda de Jesus_Lição_original com textos_1332014Gerson G. Ramos
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaMárcio Martins
 
O Grande e Terrível dia do Senhor
O Grande e Terrível dia do SenhorO Grande e Terrível dia do Senhor
O Grande e Terrível dia do SenhorMarcos Davi
 
Livreto: Na contramão do verdadeiro Evangelho
Livreto: Na contramão do verdadeiro EvangelhoLivreto: Na contramão do verdadeiro Evangelho
Livreto: Na contramão do verdadeiro EvangelhoDaniela Sipert
 
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
Existe vida apos a morte? O que a Bíblia diz sobre vida pós morte?
Existe vida apos a morte? O que a Bíblia diz sobre vida pós morte?Existe vida apos a morte? O que a Bíblia diz sobre vida pós morte?
Existe vida apos a morte? O que a Bíblia diz sobre vida pós morte?Wesley Alves
 
A caminho do arrebatamento
A caminho do arrebatamentoA caminho do arrebatamento
A caminho do arrebatamentodanyelle souza
 
Lição 5 - O Arrebatamento da Igreja
Lição 5 - O Arrebatamento da IgrejaLição 5 - O Arrebatamento da Igreja
Lição 5 - O Arrebatamento da IgrejaAndrew Guimarães
 
Biblia Acf
Biblia AcfBiblia Acf
Biblia AcfEd Mir
 
Voz da Paróquia Abril 2015
Voz da Paróquia Abril 2015Voz da Paróquia Abril 2015
Voz da Paróquia Abril 2015jesmioma
 
LIÇÃO 05 – O ARREBATAMENTO DA IGREJA
LIÇÃO 05 – O ARREBATAMENTO DA IGREJALIÇÃO 05 – O ARREBATAMENTO DA IGREJA
LIÇÃO 05 – O ARREBATAMENTO DA IGREJALourinaldo Serafim
 
ebd-2o-trimestre-2018-licao-7-jovens.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-7-jovens.pptxebd-2o-trimestre-2018-licao-7-jovens.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-7-jovens.pptxKARINEVONEYVIEIRABAR
 
Jesus cristo é o caminho
Jesus cristo é o caminhoJesus cristo é o caminho
Jesus cristo é o caminhoalvinosete
 

Semelhante a A ressurreição de_ cristo_parte_01 (20)

A segunda vinda de Jesus_Lição_original com textos_1332014
A segunda vinda de Jesus_Lição_original com textos_1332014A segunda vinda de Jesus_Lição_original com textos_1332014
A segunda vinda de Jesus_Lição_original com textos_1332014
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
 
O Grande e Terrível dia do Senhor
O Grande e Terrível dia do SenhorO Grande e Terrível dia do Senhor
O Grande e Terrível dia do Senhor
 
Livreto: Na contramão do verdadeiro Evangelho
Livreto: Na contramão do verdadeiro EvangelhoLivreto: Na contramão do verdadeiro Evangelho
Livreto: Na contramão do verdadeiro Evangelho
 
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
 
Crê na vida eterna
Crê na vida eternaCrê na vida eterna
Crê na vida eterna
 
Triunfo da ressurreicao
Triunfo da ressurreicaoTriunfo da ressurreicao
Triunfo da ressurreicao
 
Triunfo da ressurreicao
Triunfo da ressurreicaoTriunfo da ressurreicao
Triunfo da ressurreicao
 
Existe vida apos a morte? O que a Bíblia diz sobre vida pós morte?
Existe vida apos a morte? O que a Bíblia diz sobre vida pós morte?Existe vida apos a morte? O que a Bíblia diz sobre vida pós morte?
Existe vida apos a morte? O que a Bíblia diz sobre vida pós morte?
 
A caminho do arrebatamento
A caminho do arrebatamentoA caminho do arrebatamento
A caminho do arrebatamento
 
Lição 5 - O Arrebatamento da Igreja
Lição 5 - O Arrebatamento da IgrejaLição 5 - O Arrebatamento da Igreja
Lição 5 - O Arrebatamento da Igreja
 
Biblia Acf
Biblia AcfBiblia Acf
Biblia Acf
 
Escatologia cap07
Escatologia cap07Escatologia cap07
Escatologia cap07
 
30 mensagem fé vã (inedita)
30  mensagem fé vã (inedita)30  mensagem fé vã (inedita)
30 mensagem fé vã (inedita)
 
Voz da Paróquia Abril 2015
Voz da Paróquia Abril 2015Voz da Paróquia Abril 2015
Voz da Paróquia Abril 2015
 
LIÇÃO 05 – O ARREBATAMENTO DA IGREJA
LIÇÃO 05 – O ARREBATAMENTO DA IGREJALIÇÃO 05 – O ARREBATAMENTO DA IGREJA
LIÇÃO 05 – O ARREBATAMENTO DA IGREJA
 
O que é o evangelho
O que é o evangelhoO que é o evangelho
O que é o evangelho
 
ebd-2o-trimestre-2018-licao-7-jovens.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-7-jovens.pptxebd-2o-trimestre-2018-licao-7-jovens.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-7-jovens.pptx
 
Jesus cristo é o caminho
Jesus cristo é o caminhoJesus cristo é o caminho
Jesus cristo é o caminho
 
O que eu preciso fazer para ser salvo?
O que eu preciso fazer para ser salvo?O que eu preciso fazer para ser salvo?
O que eu preciso fazer para ser salvo?
 

Mais de Pr Neto

Adotados por deuslião_11
Adotados por deuslião_11Adotados por deuslião_11
Adotados por deuslião_11Pr Neto
 
Selição 07 a-salvação_pela_graça
Selição 07 a-salvação_pela_graçaSelição 07 a-salvação_pela_graça
Selição 07 a-salvação_pela_graçaPr Neto
 
Lição 01 uma_promessa_de_salvação
Lição 01 uma_promessa_de_salvaçãoLição 01 uma_promessa_de_salvação
Lição 01 uma_promessa_de_salvaçãoPr Neto
 
Batismo nas águas
Batismo nas águasBatismo nas águas
Batismo nas águasPr Neto
 
INSPIRAÇÃO DIVINA E AUTORIDADE DA BÍBLIA
INSPIRAÇÃO DIVINA E AUTORIDADE DA BÍBLIAINSPIRAÇÃO DIVINA E AUTORIDADE DA BÍBLIA
INSPIRAÇÃO DIVINA E AUTORIDADE DA BÍBLIAPr Neto
 
Revista da escola_bíblica_3_trimestre_2017
Revista da escola_bíblica_3_trimestre_2017Revista da escola_bíblica_3_trimestre_2017
Revista da escola_bíblica_3_trimestre_2017Pr Neto
 
LIÇÃO_01_INSPIRAÇÃO DIVINA E AUTORIDADE DA BÍBLIA
 LIÇÃO_01_INSPIRAÇÃO DIVINA E AUTORIDADE DA BÍBLIA LIÇÃO_01_INSPIRAÇÃO DIVINA E AUTORIDADE DA BÍBLIA
LIÇÃO_01_INSPIRAÇÃO DIVINA E AUTORIDADE DA BÍBLIAPr Neto
 
Escola Bíblica Jônatas Um exemplo de lealdade
Escola Bíblica Jônatas Um exemplo de lealdadeEscola Bíblica Jônatas Um exemplo de lealdade
Escola Bíblica Jônatas Um exemplo de lealdadePr Neto
 
José, o pai_terreno_de_Jesus
José, o pai_terreno_de_JesusJosé, o pai_terreno_de_Jesus
José, o pai_terreno_de_JesusPr Neto
 

Mais de Pr Neto (9)

Adotados por deuslião_11
Adotados por deuslião_11Adotados por deuslião_11
Adotados por deuslião_11
 
Selição 07 a-salvação_pela_graça
Selição 07 a-salvação_pela_graçaSelição 07 a-salvação_pela_graça
Selição 07 a-salvação_pela_graça
 
Lição 01 uma_promessa_de_salvação
Lição 01 uma_promessa_de_salvaçãoLição 01 uma_promessa_de_salvação
Lição 01 uma_promessa_de_salvação
 
Batismo nas águas
Batismo nas águasBatismo nas águas
Batismo nas águas
 
INSPIRAÇÃO DIVINA E AUTORIDADE DA BÍBLIA
INSPIRAÇÃO DIVINA E AUTORIDADE DA BÍBLIAINSPIRAÇÃO DIVINA E AUTORIDADE DA BÍBLIA
INSPIRAÇÃO DIVINA E AUTORIDADE DA BÍBLIA
 
Revista da escola_bíblica_3_trimestre_2017
Revista da escola_bíblica_3_trimestre_2017Revista da escola_bíblica_3_trimestre_2017
Revista da escola_bíblica_3_trimestre_2017
 
LIÇÃO_01_INSPIRAÇÃO DIVINA E AUTORIDADE DA BÍBLIA
 LIÇÃO_01_INSPIRAÇÃO DIVINA E AUTORIDADE DA BÍBLIA LIÇÃO_01_INSPIRAÇÃO DIVINA E AUTORIDADE DA BÍBLIA
LIÇÃO_01_INSPIRAÇÃO DIVINA E AUTORIDADE DA BÍBLIA
 
Escola Bíblica Jônatas Um exemplo de lealdade
Escola Bíblica Jônatas Um exemplo de lealdadeEscola Bíblica Jônatas Um exemplo de lealdade
Escola Bíblica Jônatas Um exemplo de lealdade
 
José, o pai_terreno_de_Jesus
José, o pai_terreno_de_JesusJosé, o pai_terreno_de_Jesus
José, o pai_terreno_de_Jesus
 

Último

O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptxPIB Penha
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaFranklinOliveira30
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoInsituto Propósitos de Ensino
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024RaniereSilva14
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxCelso Napoleon
 
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiaRESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiamaysa997520
 
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxCelso Napoleon
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoInsituto Propósitos de Ensino
 

Último (12)

Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarística
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
 
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiaRESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
 
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
 
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdfO Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
 

A ressurreição de_ cristo_parte_01

  • 1.
  • 2. A SALVAÇÃO REALIZADA A RESSURREIÇÃO DE CRISTO Ap 1.18. E aquele que vive; estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos e tenho as chaves da morte e do inferno.
  • 3. Texto Áureo: Mateus 28.1-10. Introdução: A ressurreição de Cristo é o maior evento da história da humanidade. Pouco adiantaria tudo que Cristo fez se Ele não houvesse ressuscitado. A ressurreição é a pilastra maior do cristianismo. O cristianismo existe por causa da ressurreição. Cristo cumpriu o que desse: Tenho poder para dar e tenho poder para tornar a tomá-la. Vejamos agora algumas dentre as muitas bênçãos da ressurreição
  • 4. A ressurreição de Cristo é a principal doutrina do cristianismo Em 1 Co 15.1-20. Paulo mostra o que aconteceria caso Cristo não tivesse ressuscitado. 1.A pregação e a fé do cristão seriam vãs: 1 Co 15.14. E, se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa pregação, e vã, a vossa fé.
  • 5. 2. Os pregadores seriam falsas testemunhas: 1 Co 15.15. E somos tidos por falsas testemunhas de Deus, porque temos asseverado contra Deus que ele ressuscitou a Cristo, ao qual ele não ressuscitou, se é certo que os mortos não ressuscitam. Atos 13.29-32. E, havendo eles cumprido todas as coisas que dele estavam escritas, tirando-o do madeiro, o puseram na sepultura 30 Mas Deus o ressuscitou dos mortos 31 E ele, por muitos dias, foi visto pelos que subiram com ele da Galiléia a Jerusalém, e são suas testemunhas para com o povo 32 E nós vos anunciamos que a promessa que foi feita aos pais, Deus a cumpriu a nós, seus filhos, ressuscitando a Jesus, (Atos 10.39-42)
  • 6. 3. Estaríamos ainda no pecado. 1 Co 15.17. E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados. 4. Os que morreram na fé estariam perdidos: 1 Co 15.18. E ainda mais: os que dormiram em Cristo pereceram (Ap 2.13 Eu sei as tuas obras, e onde habitas, que é onde está o trono de Satanás; e reténs o meu nome e não negaste a minha fé, ainda nos dias de Antipas, minha fiel testemunha, o qual foi morto entre vós, onde Satanás habita).
  • 7. 5. Os cristãos seriam os mais infelizes dentre os homens: 1 Co 15.9. Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens (Cl 3.1-2 Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. 2 Pensai nas coisas que são de cima e não nas que são da terra). A ressurreição de Cristo é singular. Em 1 Co 15.20. Mas, de fato, Cristo ressuscitou dentre os mortos, sendo ele as primícias dos que dormem. (Primeiro ressuscitar para não mais morrer).
  • 8. Nas Escrituras encontramos várias ressurreições: a.O filho da viúva de Sarepta. 1 Rs 17.17-24. b.A filha de Jairo. Mc 5.22-43. c.O filho da Viúva de Naim; Lc 7.11-17. d.Lázaro: Jo 11.41-44. Todos estes voltaram a morrer. Só Jesus ressuscitou para não morrer mais, por isso Ele é as primícias dos que dormem. O Espírito Santo teve cuidado até na escolha das palavras – Paulo troca a palavra morte pela palavra dormir. Isto porque em grego a palavra morte é thánatos traz em si ideia de separação, miséria, e isso não acontece com o cristão ao morrer.
  • 9. Existem especulações e dogmas de que Cristo Jesus haveria ressuscitado só em espírito! Mas, a Palavra de Deus contesta mostrando a verdade sobre a ressurreição de Jesus. Foi uma ressurreição corpórea. 1 Co 15 42. Assim também a ressurreição dos mortos. Semeia-se o corpo em corrupção, ressuscitará em incorrupção. Nas Escrituras ressurreição é sempre do corpo 1. Jesus ressuscitou com um corpo de carne e osso: Lc 24.39-40 Vede as minhas mãos e os meus pés, que sou eu mesmo; tocai-me e vede, pois um espírito não tem carne nem ossos, como vedes que eu tenho. 40 E, dizendo isso, mostrou-lhes as mãos e os pés. 41 E, não o crendo eles ainda por causa da alegria e estando maravilhados, disse-lhes: Tendes aqui alguma coisa que comer?
  • 10. Jo 20.6-7. Chegou, pois, Simão Pedro, que o seguia, e entrou no sepulcro, e viu no chão os lençóis 7 e que o lenço que tinha estado sobre a sua cabeça não estava com os lençóis, mas enrolado, num lugar à parte 2. Podia ser abraçado: Mt 28.9 E, indo elas, eis que Jesus lhes sai ao encontro, dizendo: Eu vos saúdo. E elas, chegando, abraçaram os seus pés e o adoraram. 3. As marcas podiam ser vistas em seu corpo e sentidas pelo tato. Jo 20.27. Depois, disse a Tomé: Põe aqui o teu dedo e vê as minhas mãos; chega a tua mão e põe-na no meu lado; não sejas incrédulo, mas crente.
  • 11. 4. Estas marcas serão vistas quando Ele voltar Zc. 13.6. E, se alguém lhe disser: Que feridas são essas nas tuas mãos?, dirá ele: São as feridas com que fui ferido em casa dos meus amigos. 5. Era um corpo glorificado revestido de imortalidade 1 Co 15.53-54. Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade e que isto que é mortal se revista da imortalidade. 54 E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então, cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória.