MATERIAL PEDAGÓGICO DE APOIO - BIOÉTICA - Profa. Dra. Marlene BoccattoCARO ALUNOSerá que o papel do professor é só o de tr...
NUNCA DESISTANunca diga que algo é impossível. As coisas são no máximo improváveis, mas nunca são impossíveis.Nunca desist...
fatos que muitas vezes só existem na nossa mente. Aprendemos que é necessário um dia de chuvapara darmos valor ao Sol, mas...
MATERIAL PEDAGÓGICO DE APOIO – BIOÉTICA - Profa. Marlene BoccattoA discussão em torno de questões éticas tem sido retomada...
vontade. A partir dele, a Igreja tem uma Teologia (fundada na revelação) e uma Filosofia (baseada noexercício da razão hum...
A ÉTICA se fundamenta em três pré-requisitos: 1. percepção dos conflitos (consciência); 2. autonomia e3. coerência.Deontol...
- O homem vive em sociedade, convive com outros homens e, portanto, cabe-lhe pensar eresponder à seguinte pergunta: “Como ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Bioética-Aula 1

871 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Bioética-Aula 1

  1. 1. MATERIAL PEDAGÓGICO DE APOIO - BIOÉTICA - Profa. Dra. Marlene BoccattoCARO ALUNOSerá que o papel do professor é só o de transmitir conhecimentos necessários para que você possa setransformar em um profissional de nível superior? As características da sociedade em que vivemosestão se renovando constantemente e exigindo que o indivíduo tenha à capacidade de auto dirigir-se,de identificar e interpretar a situação que o circunda, de recordar experiências passadas, aproveitando oque é útil para determinado momento, de ordenar e reordenar, a partir de novos critérios, de levantarhipóteses, de analisar, de solucionar. É preciso potencializar a intuição, a criatividade e a sensibilidadede cada aluno. Para isto, o professor é um facilitador, um agente de aprendizagem, catalizando as suasdescobertas na área da biologia e assim, você crescerá à medida que nós estaremos estimulando o seupotencial. Portanto, é Importante a busca, a dedicação, o trabalho, o estudo do próprio aluno e aorientação, supervisão e avaliação do educador.DICAS DA CONFERÊNCIA MUNDIAL SOBRE ENSINO SUPERIOR DA UNESCO1. Seja flexível, isto é, não se especialize demais. 2.Invista na criatividade, não só no conhecimento.3. Aprenda a lidar com incertezas (o mundo está assim). 4. Prepare-se para estudar durante toda avida. 5.Tenha habilidades sociais e capacidade de expressão. 6. Saiba trabalhar em grupos, bonsempregos exigem isso. 7. Esteja pronto para assumir responsabilidades.8. Busque ser empreendedor,talvez você crie seu emprego. 9. Entenda as diferenças culturais (o trabalho globalizou). 10. Adquiraintimidade com novas tecnologias, como a Internet.AUTO-AVALIAÇÃO1 - Faço as atividades exigidas em cada disciplina? 2 - Faço atividades complementares que vão alémdo exigido em cada disciplina (leitura, pesquisas, etc)? 3 - Procuro sanar as dúvidas que surgem emrelação a cada disciplina? 4 - Sinto que tenho a formação necessária para o bom desempenho nasdisciplinas? 5 - Procuro participar intensamente das atividades das disciplinas? 6 - Preocupo-me em terum bom desempenho em cada disciplinas em relação ao conteúdo apreendido independentemente danota que vier a obter? 7 - Participo das aulas, para isto devo estar presente? 8 - Sou assíduo e pontualàs aulas? 9 - Sei trabalhar em grupos? 10 - Estudo regularmente para cada disciplina e não só àsvésperas das provas? 11 - Quando preciso faltar às aulas, tomo providências para ficar à par do queocorreu? 12 - Procuro estabelecer relação entre os conteúdos abordados nas disciplinas com osconteúdos ou fatos já conhecidos? 13 - Sociabilidade - habilidade para relacionar-se com os outrosalunos e com os professores? 14 - Não converso quando os professores ou os outros alunos estãofalando sobre a matéria? 15 - Honestidade - participo na execução das atividades das disciplinas?Prezado estudante: Quando estiver desanimado com os estudos (provas, trabalhos, etc), lembre-se dequantos que gostariam de estar em seu lugar e não se esqueça que você é um privilegiado, por cursarum nível superior. “DEUS, CONCEDEI-ME A SERENIDADE PARA ACEITAR AS COISAS QUE EU NÃO POSSOMODIFICAR, CORAGEM PARA MODIFICAR ÀQUELAS QUE POSSO E SABEDORIA PARAPERCEBER A DIFERENÇA”.“SE TODOS OS SEUS ESFORÇOS FOREM VISTOS COM INDIFERENÇA, NÃO DESANIMES, POISO SOL, AO NASCER, DÁ UM ESPETÁCULO TODO ESPECIAL E, NO ENTANTO, A MAIORIA DAPLATÉIA CONTINUA DORMINDO”.Conte seu jardim pelas flores, nunca pela folhas caídas... Conte os minutos de sua vida como se fosseviver eternamente... Conte as horas que passam, pelo pulsar do seu coração e não conte pelosponteiros de um relógio. Conte a sua idade pelos amigos verdadeiros que tem, nunca pelos anos quepassaram... E através de toda a sua existência, conte as coisas boas que lhe aconteceram e não ascoisas ruins...“Uma estória sobre 4 pessoas: TODO MUNDO, ALGUÉM, QUALQUER UM e NÍNGUEM, que se intitula– NÃO É COMIGO”. Havia um grande trabalho a ser feito e TODO MUNDO tinha certeza de queALGUÉM o faria. QUALQUER UM poderia tê-lo feito mas NINGUÉM o fez. ALGUÉM zangou-se porqueera um trabalho de TODO MUNDO. TODO MUNDO pensou que QUALQUER UM poderia faze-lo. Aofinal, TODO MUNDO culpou ALGUÉM quando NINGUÉM fez o que QUALQUER UM poderia ter feito”. 1
  2. 2. NUNCA DESISTANunca diga que algo é impossível. As coisas são no máximo improváveis, mas nunca são impossíveis.Nunca desista antes de tentar. E, se você for se arrepender de algo, não se arrependa do que você feze sim do que você deixou de fazer. Porque tentar e errar, é ao menos aprender, enquanto nem mesmotentar, é desperdício. Não desperdice nenhuma chance da sua vida afinal, a sorte não bate todo dia àsua porta. Busque a sua felicidade. Procure-a. Ela está dentro de você! E, com certeza, você a merece!Corra atrás de seus sonhos por que sem eles não chegamos a lugar nenhum. Não se conforme. Váatrás do que você quer. LUTE!!!!Não paute sua vida, nem sua carreira, pelo dinheiro. Ame seu oficio com todo o coração. Persiga fazero melhor. Seja fascinado pelo realizar, que o dinheiro virá como conseqüência. Quem pensa só emdinheiro não consegue sequer ser nem um grande bandido, nem um grande canalha. Napoleão nãoinvadiu a Europa por dinheiro. Hitler não matou 6 milhões de judeus por dinheiro. Michelangelo nãopassou 16 anos pintando a Capela Sistina por dinheiro. E, geralmente, os que só pensam nele não oganham. Porque são incapazes de sonhar. E tudo que fica pronto na vida foi construído antes, na alma.A propósito disso, lembro-me de uma passagem extraordinária, que descreve o dialogo entre uma freiraamericana cuidando de leprosos no Pacifico e um milionário texano. O milionário, vendo-a tratardaqueles leprosos, disse: "Freira, eu não faria isso por dinheiro nenhum no mundo". E ela responde: "Eutambém não, meu filho". Não estou fazendo com isso nenhuma apologia a pobreza, muito pelocontrário. Digo apenas que pensar e realizar tem trazido mais fortuna do que pensar em fortuna. Meusegundo conselho: Pense nos seus Pais. Porque, principalmente hoje, pensar em todos é a melhormaneira de pensar em si. Afinal é difícil viver numa nação onde a maioria morre de fome e a minoriamorre de medo. O caos político era uma queda de padrão de vida generalizada. Os pobres vivem comobichos e uma elite brega, sem cultura e em refinamento, não chega a viver como Homem. Roubam,mas vivem uma vida digna de Odorico Paraguaçu. Meu terceiro conselho vem diretamente da Bíblia:"seja quente, ou seja, frio, não seja morno que eu te vomito" É exatamente isso que está escrito nacarta de Laodicéia: seja quente, ou seja, frio, não seja morno que eu te vomito: é preferível o erro aomissão. O fracasso, ao tédio. O escândalo, ao vazio. Porque já vi grandes livros e filmes sobre atristeza, a tragédia, o fracasso. Mas ninguém narra o ócio, a acomodação, o não fazer, o remanso.Colabore com seu biógrafo. Faça, erre, tente, falhe, lute. Mas, por favor, não jogue fora, seacomodando, a extraordinária oportunidade de ter vivido. Tendo consciência de que, cada homem foifeito para fazer historia. Que todo homem é um milagre e traz em si uma evolução. Que é mais do quesexo ou dinheiro. Você foi criado para construir pirâmides e versos, descobrir continentes e mundos, e,caminhar sempre com um saco de interrogações na mão e uma caixa de possibilidades na outra. Nãouse Ryder, não dê ferias a seus pés. Não se sente e passe a ser analista da vida alheia, espectador domundo, comentarista do cotidiano, dessas pessoas que vivem a dizer: eu não disse! Eu sabia! Todafamília tem um tio batalhador e bem de vida. E, durante o almoço de domingo, tem que agüentar aqueleoutro tio muito inteligente e fracassado contar tudo que ele faria, se fizesse alguma coisa. Chega dospoetas não publicados. Empresários de mesa de bar. Pessoas que fazem coisas fantásticas toda Sextade noite, todo sábado e domingo, mas que na segunda não sabem concretizar o que falam. Porque nãosabem ansiar, não sabem perder a pose, porque não sabem AMAR. Porque não sabem trabalhar. Eudigo: trabalhem, trabalhem, trabalhem. De oito as 12, de 12 as oito e mais se for preciso.Trabalho nãomata. Ocupa o tempo. Evita o ócio, que e a morada do demônio, e constrói prodígios. O Brasil, este paisde malandros e espertos, da vantagem em tudo, tem muito que aprender com aqueles trouxas dosjaponeses. Porque aqueles trouxas japoneses, que trabalham de sol a sol construíram em menos de 50anos, a 2a maior megapotência do planeta, enquanto nós, os espertos, construímos uma das maioresimpotências do trabalho. Trabalhe muito, mas, não se esqueça de AMAR O AMOR. Muitos de seuscolegas dirão que você está perdendo sua vida, porque você vai trabalhar enquanto eles veraneiam.Porque você vai trabalhar, enquanto eles vão ao mesmo bar da semana anterior, conversar as mesmasconversas, mas o tempo, que é mesmo o senhor da razão, vai bendizer o fruto do seu esforço, e só otrabalho lhe leva a conhecer pessoas e mundos que os acomodados não conhecerão. E isso se chamaSUCESSO! "TRABALHE EM ALGO QUE VOCÊ REALMENTE GOSTE E VOCÊ NUNCA PRECISARÁTRABALHAR NA VIDA". O texto acima foi escrito por Nizan Guanaes (um dos melhores publicitários domundo e dono da DM9).- Aprendemos que, por pior que seja um problema ou situação, sempre existe uma saída.Aprendemos que é bobagem fugir das dificuldades. Mais cedo ou mais tarde, será preciso tirar aspedras do caminho para conseguir avançar. Aprendemos que perdemos tempo nos preocupando com 2
  3. 3. fatos que muitas vezes só existem na nossa mente. Aprendemos que é necessário um dia de chuvapara darmos valor ao Sol, mas se ficarmos expostos muito tempo, o Sol queima. Aprendemos queheróis não são aqueles que realizam obras notáveis, mas os que fizeram o que foi necessário eassumiram as conseqüências dos seus atos. Aprendemos que, não importa em quantos pedaços nossocoração está partido, o mundo não pára para que nós o consertemos. Aprendemos que, ao invés deficar esperando alguém nos trazer flores, é melhor plantar um jardim. Aprendemos que amar nãosignifica transferir aos outros a responsabilidade de nos fazer felizes. Cabe a nós a tarefa de apostarnos nossos talentos e realizar os nossos sonhos. Aprendemos que o que faz diferença não é o quetemos na vida, mas QUEM nós temos. E que boa família são os amigos que escolhemos. Aprendemosque as pessoas mais queridas podem às vezes nos ferir. E talvez não nos amem tanto quanto nósgostaríamos, o que não significa que não amem muito, talvez seja o máximo que conseguem. Isso é omais importante. Aprendemos que toda mudança inicia um ciclo de construção, se você não esquecerde deixar a porta aberta. Aprendemos que o tempo é precioso e não volta atrás. Por isso, não vale apena resgatar o passado. O que vale a pena é construir o futuro. O nosso futuro ainda está por vir.Então aprendemos que devemos descruzar os braços e vencer o medo de partir em busca dos nossossonhos.BRASIL -Os brasileiros acham que o mundo todo presta, menos o Brasil, realmente parece que é um vício falarmal do Brasil. Todo lugar tem seus pontos positivos e negativos, mas no exterior eles maximizam ospositivos, enquanto no Brasil se maximizam os negativos.Os dados são da Antropos Consulting: 1. O Brasil é o país que tem tido maior sucesso no combate àAIDS e de outras doenças sexualmente transmissíveis, e vem sendo exemplo mundial. 2. O Brasil é oúnico país do hemisfério sul que está participando do Projeto Genoma.3. Numa pesquisa envolvendo 50cidades de diversos países, a cidade do Rio de Janeiro foi considerada a mais solidária. 4. Nas eleiçõesde 2000, o sistema do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) estava informatizado em todas as regiões doBrasil, com resultados em menos de 24 horas depois do início das apurações. O modelo chamou aatenção de uma das maiores potências mundiais: os Estados Unidos, onde a apuração dos votos teveque ser refeita várias vezes, atrasando o resultado e colocando em xeque a credibilidade doprocesso.5.. Mesmo sendo um país em desenvolvimento, os internautas brasileiros representam umafatia de 40% do mercado na América Latina. 6. No Brasil, há 14 fábricas de veículos instaladas e outras4 se instalando, enquanto alguns países vizinhos não possuem nenhuma.7. Das crianças eadolescentes entre 7 a 14 anos, 97,3% estão estudando. 8. O mercado de telefones celulares do Brasilé o segundo do mundo, com 650 mil novas habilitações a cada mês.9. Na telefonia fixa, o país ocupa aquinta posição em número de linhas instaladas. 10. Das empresas brasileiras, 6.890 possuemcertificado de qualidade ISO-9000, maior número entre os países em desenvolvimento. No México, sãoapenas 300 empresas e 265 na Argentina.11. O Brasil é o segundo maior mercado de jatos ehelicópteros executivos.Por que vocês têm esse vício de só falar mal do Brasil?1. Por que não se orgulham em dizer que omercado editorial de livros é maior do que o da Itália, com mais de 50 mil títulos novos a cada ano.2.Que têm o mais moderno sistema bancário do planeta.3. Que suas agências de publicidade ganham osmelhores e maiores prêmios mundiais.4. Por que não falam que são o país mais empreendedor domundo e que mais de 70% dos brasileiros, pobres e ricos, dedicam considerável parte de seu tempo emtrabalhos voluntários.5. Por que não dizem que são hoje a terceira maior democracia do mundo.6. Queapesar de todas as mazelas, o Congresso está punindo seus próprios membros, o que raramenteocorre em outros países ditos civilizados.7. Por que não se lembram que o povo brasileiro é um povohospitaleiro, que se esforça para falar a língua dos turistas, gesticula e não mede esforços para atendê-los bem.Por que não se orgulham de ser um povo que faz piada da própria desgraça e que enfrenta osdesgostos sambando.É! O Brasil é um país abençoado de fato. 3
  4. 4. MATERIAL PEDAGÓGICO DE APOIO – BIOÉTICA - Profa. Marlene BoccattoA discussão em torno de questões éticas tem sido retomada e ampliada nas últimas décadas nosdiversos espaços da sociedade e, particularmente, no campo da saúde. Isto se deve ao momentohistórico-social de transformação, de substituição de tradicionais valores no mundo ocidental,constituindo uma sociedade pluralista, onde coexistem diferentes compreensões e interpretações sobreos princípios e valores éticos e não se aceita a existência de deveres e princípios absolutos comooutroraSegundo Volnei Garrafa a bioética pode ser:Bioética das Situações Persistentes - (“Cotidianas”) - Exclusão Social, Racismo, Alocação de Recursosem Saúde: priorização, distribuição, controle, Discriminação da mulher, Abandono de crianças e idosos,Poluição ambiental, Fome, Aborto, Eutanásia ...Bioética das Situações Emergentes (de limites ou fronteiras); Doação e transplantes de órgãos etecidos, Engenharia Genética, Fecundação assistida, Clonagem, Alimentos Transgênicos, Controle daBiodiversidade...A Filosofia e as origens da Ética: a importância de Aristóteles/S Tomaz de Aquino/ ImmanuelKant.Mesmo diante de variadas definições e conceitos sobre a ética, o homem tem demonstrado que nãovive sozinho, pois, como ser humano, coexiste com seus hábitos, costumes, tradições, sonhos,trabalhos etc, dentro de uma ordem moral, onde os seus atos, desde que visem o bem, são tidos comoéticos.É ou não ético roubar um remédio, cujo preço é inacessível, para salvar alguém que, sem ele, morreria?Colocado de outra forma: deve-se privilegiar o valor “vida” (salvar alguém da morte) ou o valor“propriedade privada” (não roubar)?Seria um erro pensar que, desde sempre, os homens têm as mesmas respostas para questões dessetipo. Com o passar do tempo, as sociedades mudam e também mudam os homens que as compõem.Na Grécia antiga, por exemplo, a existência de escravos era perfeitamente legítima: as pessoas nãoeram consideradas iguais entre si, e o fato de umas não terem liberdade era considerado normal.Hoje em dia, ainda que nem sempre respeitados, os Direitos Humanos impedem que alguém ousedefender, explicitamente, a escravidão como algo legítimo.As teorias éticas nascem e desenvolvem-se em diferentes sociedades como resposta aos problemasresultantes das relações entre os homens.Os contextos históricos são elementos muito importantes para se perceber as condições que estiveramna origem de certas problemáticas morais que ainda hoje permanecem atuaisCarlos FontesTeorias éticas fundamentaisAristóteles (384-322 a.C.). Aristóteles em sua obra Ética a Nicômaco destacava a indissociabilidade daharmonia entre o homem e o cosmos como premissa ética. Defendia a busca do justo Defende o valorsupremo da felicidade. A finalidade de todo o homem é ser feliz. Para que isto aconteça é necessárioque cada um siga a sua própria natureza, evite os excessos, seguindo sempre a via do "meio termo"(Justa Medida). Ninguém consegue todavia ser feliz sozinho. Aristóteles, à semelhança de Platãocoloca a questão da necessidade de reorganizar a sociedade de modo a proporcionar que cada um doseus membros possa ser feliz na sua respectiva condição. Ética e política acabam sempre por estarunidas. Definia o homem ideal como aquele que consegue pôr em prática tanto a sua animalidadenatural como a sua sociabilidade natural, pois o homem é um animal social por natureza. "Mesmoquando não precisam da ajuda dos outros, os homens continuam desejando viver em sociedade."(Aristóteles. Política: III, 6). Reprimir a animalidade ou a sociabilidade distancia o homem da felicidade.Para encontrar um termo médio entre essas duas naturezas, o homem vale-se da razão. Tomás de Aquino (Roccasecca, 1225 — Fossanova, 7 de março 1274) foi um padre dominicano,filósofo, teólogo, distinto expoente da escolástica, proclamado santo e cognominado Doctor Communisou Doctor Angelicus pela Igreja Católica. Santo Tomás de Aquino (século XVII) retomou a idéia defelicidade da ética aristotélica, pontificou que Deus era fonte dessa felicidade. A ética cristã abandonoua idéia de que é através da razão que se alcança à perfeição moral e centrou-a no amor e na boa 4
  5. 5. vontade. A partir dele, a Igreja tem uma Teologia (fundada na revelação) e uma Filosofia (baseada noexercício da razão humana) que se fundem numa síntese definitiva: fé e razão, unidas em suaorientação comum rumo a Deus. Sustentou que a filosofia não pode ser substituída pela teologia e queambas não se opõem. Afirmou que não pode haver contradição entre fé e razão. Explica que toda acriação é boa, tudo o que existe é bom, por participar do ser de Deus, o mal é a ausência de umaperfeição devida e a essência do mal é a privação ou ausência do bem.Segundo Tomás de Aquino, a ética consiste em agir de acordo com a natureza racional. Todo o homemé dotado de livre-arbítrio, orientado pela consciência e tem uma capacidade inata de captar,intuitivamente, os ditames da ordem moral. O primeiro postulado da ordem moral é: faz o bem e evita omal.Segundo Santo Tomás de Aquino o ser humano tem livre arbítrio do contrario seriam inúteis osconselhos, as exortações, os preceitos, as proibições, os prêmios e as penas, a pessoa, porem agecom discernimento, pois pela virtude cognoscitiva, discerneImmanuel Kant (1724-1804) delineia o conceito de critério ético como sendo aquele que pudesse serconcebido como totalmente universal. O caráter absolutamente universal do imperativo ético o esvaziade todo e qualquer conteúdo determinado, fazendo com que a razão prática, ao enunciá-lo, não secomprometa com qualquer motivação que não seja pura e simplesmente forma de lei moral. O quecaracteriza, pois, essa concepção ética é a incondicionalidade do ato moral.Kant descreve a lei moral como imperativo categórico, tem validade para todos, por isso é umimperativo, que deve ser seguido por todos. Por fundamentos que tais, a ética como concebida por Kanté, frequentemente, denominada de ética do dever ou ética da atitude (no sentido de cumprir um dever,de tomar a atitude correta em dada situação).Age de tal modo que a máxima da tua ação se possa tornar princípio de uma legislaçãouniversal. ÉTICA E MORALA pessoa não nasce ética; sua estruturação ética vai ocorrendo juntamente com o seudesenvolvimento. A humanização traz a ética (SEGRE e COHEN, 1999)“Aristóteles tinha designado suas investigações teórico-morais - então denominadas como “éticas” -como investigações “sobre o ethos”, “sobre as propriedades do caráter”, porque a apresentação daspropriedades do caráter, boas e más (das assim chamadas virtudes e vícios) era uma parte integranteessencial destas investigações. A procedência do termo “ética”, portanto, nada tem a ver com aquiloque entendemos por “ética”.No latim o termo grego éthicos foi então traduzido por moralis. Mores significa: usos e costumes. Istonovamente não corresponde, nem à nossa compreensão de ética, nem de moral. Além disso, ocorreaqui um erro de tradução. Pois na ética aristotélica não apenas ocorre o termo éthos (com e longo),que significa propriedade de caráter, mas também o termo éthos (com e curto) que significa costume, eé para este segundo termo que serve a tradução latina.”Tugendhat E. Lições sobre Ética. Petrópolis: Vozes 1997:35.MORAL E ÉTICA eles são introduzidos a partir da experiência da vida.HOMEM SER BIOLÓGICO (produto da natureza) x HOMEM SER SOCIAL (produto da cultura)Natureza – desejo incestuoso x Cultura – proibição “MORAL” (latim) – mos ou mores – costumes, conduta de vida.“ÉTICA” (grego) – ethos – caráter, modo de ser, costumes, conduta de vida.Moral e Ética - etimologicamente são equivalentesMoral – conjunto de princípios, valores e normas que regulam a conduta humana em suas relaçõessociais, existentes em determinado momento histórico.O que é moral em um momento pode ser imoral em outro. Questiona o correto e o incorreto, virtude oumaldade. Exs. Os dez mandamentos, código civil.A MORAL pressupõe três características: 1. seus valores não são questionáveis; 2. eles são impostos e3. a desobediência às regras pressupõe um castigo.Ética – é um dos mecanismos de regulação das relações sociais do Homem, que visa garantir a coesãosocial e harmonizar interesses individuais e coletivos. A ética estuda as relações entre o indivíduo e asociedade onde está situado.A ética implica opção individual, escolha ativa, requer adesão intima da pessoa a valores, princípios enormas morais. A ética é diferente da moral, pois ela está na percepção de conflitos da vida psíquica(emoção x razão) e na condição, que podemos posicionar, de forma coerente, face aos conflitos. 5
  6. 6. A ÉTICA se fundamenta em três pré-requisitos: 1. percepção dos conflitos (consciência); 2. autonomia e3. coerência.Deontologia - Ciência do dever. Conjunto de normas que indicam como deve se comportar indivíduosna qualidade de membros de determinado corpo sócio- profissional. Habitualmente denominada deética profissional.No Brasil, as diversas categorias atuantes no campo da saúde estão submetidas a normasdeontológicas, inscritas em seus “Códigos de Ética” - normas que servem como padrão de conduta nasrelações com membros da própria categoria e com todas as outras da sociedade como um todo. Diz oque “deve ser” e o que “não se pode fazer”. Suas normas começam freqüentemente com o advérbio “não”; geralmenteexpressam proibições, impedimento à ação dos profissionais.Os Códigos de Ética não se diferenciam em nada da moral, o que poderia ser apontado comodiferença é que a ética serviria de norma para um grupo determinado de pessoas, enquanto que amoral seria mais geral, representada pela cultura de uma nação, uma religião ou época.Conclusão: A MORAL diz respeito a valores consagrados pelos usos e costumes de uma determinadasociedade em determinado momento histórico. Valores morais são valores eleitos pela sociedade ecada membro os respeitam. A ÉTICA é um juízo de valores, é um processo ativo “de dentro para fora”,ao contrário de valores morais que vem “de fora para dentro”. A ética exige um juízo, um julgamento,uma opção diante dos dilemas. Nesse processo de reflexão crítica, é levado em conta seu patrimôniogenético, sua racionalidade, suas emoções e, também seus valores morais. Podemos concluir que:ética é disciplina filosófica que busca refletir sobre os sistemas morais elaborados pelos homens,tentando compreender a fundamentação das normas e das interdições peculiares de cada sistemasocial e cultural. Enquanto que a moral é o conjunto de normas que orientam o comportamento humanocom base em valores próprios tendo em vista certa sociedade e esta varia no espaço e no tempo econstrói e moralidade bem como a sua cultura e identidade.A grande diferença entre a ética e a moral é que para moral funcionar ele deve ser imposta, a ética,para ser atuante, deve ser apreendida pelo indivíduo, vinda de seu interior.A MORAL É IMPOSTA ENQUANTO A ÉTICA É PERCEBIDA.ReferênciasBOCCATTO, M. TITTANEGRO,G.R. Bioética: A questão da interdisciplinaridade e datransdisciplinaridade. In: VIEIRA, T.R. (org.) Bioética nas Profissões.Rio de Janeiro: Vozes, 2005.DURAND, G. A bioetica : Natureza, Princípios, Objetivos. São Paulo: Editora Paulus, 1995.GOLDIM, J. R. http://www.ufrgs.brPESSINI, L.; BARCHIFONTAINE, C.P. Problemas atuais de Bioética. 6ed. São Paulo: Loyola, 2002.SEGRE, M.; COHEN, C. Bioética. São Paulo: Universidade de São Paulo, 1999.ROTEIRO DE ESTUDO1. Segundo Volnei Garrafa como pode ser dividida a bioética?2. Conceitue etimologicamente moral e ética.3. Descreva o que significa moral e ética.4. Cite três características pressupostas pela moral. E quais os três pré-requisitos que a ética sefundamenta.5. Discuta sobre o código de ética ser ética ou moral.6. Compare a ética, moral e deontologia.7. Comente:- “O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentospolíticos. Ele não sabe que o custo de vida, os preços do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, dosapato e do remédio dependem das decisões políticas. O analfabeto político é tão burro que se orgulhae estufa o peito dizendo que odeia política. Não sabe o imbecil que da sua ignorância política nasce aprostituta, o menor abandonado, o assaltante e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista,pilantra, o corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais”. BERTOLD BRECHT- “A Bioética é em si mesma um chamado para nos tornarmos livres pensadores, instrumentalizando-nos para a conquista da cidadania plena” (BOCCATTO E TITTANEGRO, 2005).Nesse sentido, se por ora não é possível que todas as pessoas possam exercer o direito a uma vidadigna, devemos continuar, com diálogo, tolerância, responsabilidade, solidariedade, liberdade naconstrução de uma sociedade mais justa, preocupada não só com o ser humano, mas com todos osseres vivos e com o meio ambiente, visto que ao destruir o meio ambiente estamos nos destruindo, poisdependemos dele para “sobreviver” ou “viver” (BOCCATTO, 2007). 6
  7. 7. - O homem vive em sociedade, convive com outros homens e, portanto, cabe-lhe pensar eresponder à seguinte pergunta: “Como devo agir perante os outros?”. Trata-se de uma perguntafácil de ser formulada, mas difícil de ser respondida.- As pessoas não nascem boas ou ruins; é a sociedade, quer queira, quer não, que educa moralmenteseus membros, embora a família, os meios de comunicação e o convívio com outras pessoas tenhaminfluência marcante no comportamento da criança. E, naturalmente, a escola também tem. É precisodeixar claro que ela não deve ser considerada onipotente, única instituição social capaz de educarmoralmente as novas gerações. Também não se pode pensar que a escola garanta total sucesso emseu trabalho de formação. Na verdade, seu poder é limitado. Todavia, tal diagnóstico não justifica umadeserção. Mesmo com limitações, a escola participa da formação moral de seus alunos. Valores eregras são transmitidos pelo professores, pelos livros didáticos, pela organização institucional,pelasformas de avaliação, pelos comportamentos dos próprios alunos, e assim por diante. Então, ao invés dedeixá-las ocultas, é melhor que tais questões recebam tratamento explícito. Isso significa que essasquestões devem ser objeto de reflexão da escola como um todo, ao invés de cada professor tomarisoladamente suas decisões. Daí a proposta de que se inclua o tema Ética nas preocupações oficiais daeducação. Acrescente-se ainda que, se os valores morais que subjazem aos ideais da Constituiçãobrasileira não forem intimamente legitimados1 pelos indivíduos que compõem este país, o próprioexercício da cidadania será seriamente prejudicado, para não dizer, impossível. É tarefa de todasociedade fazer com que esses valores vivam e se desenvolvam. E, decorrentemente, é também tarefada escola. http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/livro082.pdf- SOMENTE UMA MUDANÇA RADICAL DA NATUREZA HUMANA - UM DECLÍNIO DO EGOISMO EDOS DESEJOS DE AQUISIÇÃO - PODERIA SUPERAR A TENDÊNCIA DAS PESSOAS ADESCOBRIREM UM JEITO DE BURLAR QUALQUER SISTEMA QUE SUPRIMA A EMPRESAPRIVADA. COMO NÃO EXISTE NENHUMA MUDANÇA DESSE TIPO À VISTA, É PROVÁVEL QUECONTINUEMOS PAGANDO MAIS ÀQUELES QUE TÊM APTIDÕES INATAS, E NÃO AOS QUE TÊMAS MAIORES NECESSIDADES. ESPERAR ALGO INTEIRAMENTE DIFERENTE É IRREALISTA. POROUTRO LADO, TRABALHAR PARA O MAIOR RECONHECIMENTO DO PRINCÍPIO DO SALARIOCONFORME AS NECESSIDADES E O ESFORÇO, E NÃO CONFORME A APTIDÃO INATA, E TÃOREALISTA QUANTO JUSTO. 7

×