DRA. DENISE DIAS SCANDIUZZI             MÉDICA NEUROLOGISTA-UFRJ        MESTRADO EM NEUROLOGIA- UFRJ  MEDICA NEUROLOGISTA ...
ANATOMIA E FISIOLOGIA DA CIRCULAÇÃO CEREBRAL -                            Regulação do fluxo sanguíneo cerebral       Algu...
FLUXO SANGUÍNEO CEREBRAL HIPERÊMICO-pode predispor ao edema e ao sangramento eherniações pois ocorre aumento da pressão in...
A oclusão de uma artéria cerebral provoca um quadro       neurológico correspondente à area suprida, cuja        dimensão ...
ETIOLOGIA                         Trombose                           Embolia                       Hemorragia             ...
Acidente Vascular cerebral IsquemicoTipos: Ataque isquemico transitório, infarto lacunar ,                      isquemia, ...
EXAMES COMPLEMENTARES                                      Exames laboratoriais                       Ecodoppler de caróti...
TRATAMENTO MEDICAMENTOSO(AVE ISQUEMICO)                           Anti-agregantes plaquetários:                           ...
REABILITAÇÃO DAS SEQUELAS                          CUIDADOS GERAISREMOÇÃO E CONTROLE DOS FATORES DE RISCO                 ...
Doença cerebrovascular
Doença cerebrovascular
Doença cerebrovascular
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Doença cerebrovascular

1.949 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.949
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Doença cerebrovascular

  1. 1. DRA. DENISE DIAS SCANDIUZZI MÉDICA NEUROLOGISTA-UFRJ MESTRADO EM NEUROLOGIA- UFRJ MEDICA NEUROLOGISTA DO H.M. PIEDADEPROFESSORA DA UNIVERSIDADE GAMA FILHO
  2. 2. ANATOMIA E FISIOLOGIA DA CIRCULAÇÃO CEREBRAL - Regulação do fluxo sanguíneo cerebral Algumas das principais Artérias Cerebrais a se saber (Polígono de Willis): Polígono de Willis:- 2 artérias vertebrais (atingem o cérebro via tronco cerebral) – são originadas das artérias subclávia direita e esquerda - 1 artéria basilar - 2 artérias cerebrais posteriores - 2 artérias comunicantes posteriores- 2 artérias carótidas internas em anastomose com as 2 artérias comunicantes posteriores dando origem a 2 artérias cerebrais médias - 2 artérias cerebrais anteriores pré-comunicantes - artéria cerebral comunicante anterior - 2 artérias cerebrais anteriores pós-comunicantes Abaixo um corte sagital do córtex.
  3. 3. FLUXO SANGUÍNEO CEREBRAL HIPERÊMICO-pode predispor ao edema e ao sangramento eherniações pois ocorre aumento da pressão intracraniana por vasodilataçaõ para aumentar o fluxo sanguineo cerebral e a pressão de perfusão cerebral OLIGOÊMICO- aumenta a vulnerabilidade a isquemia PPC=PAM-PIC PPC NORMAL= 50-60ml/ 100gr/min Se o FSC cai diminui a função cerebral normal e se persiste assim, ocorre lesão cerebralSe o FSC aumenta, pode ocorrer edema cerebral e hemorragia
  4. 4. A oclusão de uma artéria cerebral provoca um quadro neurológico correspondente à area suprida, cuja dimensão dependerá da circulação colateral, papressão arterial, viscosidade e oxigenaçaõ do sangue. O exame neurológico é fundamental neste diagnóstico Ex: Hemiplegia e hemianospsia contralateral, afasia e amaurose homolateral-AVC de art carótida interna Confusão mental, hemiparesia contralateral mais acentuada em perna e pé- art cerebral anterior. Hemiparesia contralateral pegando face e braço e afasia se lado dominante- art cerebral médiaHemianospia homonina contralateral, dor talamica ou hemianestesia contralateral-art cerebral posterior Se houver lesão de nervos cranianos com hemiplegia ou disfunção cerebelar- sistema vertebro-basilar
  5. 5. ETIOLOGIA Trombose Embolia Hemorragia Estenose SangramentoFATORES DE RISCO PARA AVC AVC ou AIT prévio HAS Doença cardíacaEvidencia clínica de arteriosclerose DMAumento da viscosidade sanguínea Uso de anticoncepcionais hiperuricemia Tabagismo:
  6. 6. Acidente Vascular cerebral IsquemicoTipos: Ataque isquemico transitório, infarto lacunar , isquemia, trombose e embolia Hemorragia intracerebral Tipos: hematoma intraparenquimatoso, hemorragia subaracnoidea, ruptura de aneurismas cerebrais
  7. 7. EXAMES COMPLEMENTARES Exames laboratoriais Ecodoppler de carótidas e vertebrais Ecocardiograma Tomografia computadorizada Ressonancia Nuclear Magnética Arteriografia-Angiorressonancia DIAGNÓSTICO DIFERENCIALTumores, abscessos,uremia, alcoolismo,infecções,uremia,co ma diabético etc.
  8. 8. TRATAMENTO MEDICAMENTOSO(AVE ISQUEMICO) Anti-agregantes plaquetários: AAS – 160 a 325mg Clopidogrel- 75mg/dia Ticlopidina- 250mg 2x/dia Cilostasol- 50 a 100mg/dia TROMBÓLISE: Deve ser realizada em centro de referencia para trombólise comUTI, TC de cranio e laboratório 24hs e preencher oe protocolos de uso de rt-PA. Inclusão: AVE isquemico encefálico de qualquer território, saber hora de início dos sintomas e uso de rt-PA antes de 3h do início dos sintomas.Exclusão: uso de anticoagulantas e/ou heparina, cirurgia grande recente, HAS coagulopatia,crise convulsiva, pericardite ativa, IAM recente entre outros.......
  9. 9. REABILITAÇÃO DAS SEQUELAS CUIDADOS GERAISREMOÇÃO E CONTROLE DOS FATORES DE RISCO Tratamento da Hemiplegia: Baclofeno Aplicação terapeutica de BOTOX Fisioterapia Terapia Ocupacional “Redirecionar as forças mantendo a funcionalidade, adignidade da pessoa e ao máximo sua independencia e capacidade produtiva”

×